Recife: Prazo de validade da carteira de estudante é prorrogado até 30 de Junho

segunda-feira, 18 de maio de 2009


Com o intuito de garantir aos 360 mil alunos do ensino médio, fundamental e de cursinhos pré-vestibulares o direito de utilizar a carteira de estudante, o Grande Recife Consórcio de Transporte ampliou o prazo de validade das carteiras de estudante até 30 de junho. A decisão do consórcio foi tomada através do grande número de carteiras solicitadas no curto período de tempo, ao todo, 282 mil carteiras foram requeridas pelas instituições de ensino até o presente momento. O consórcio já entregou às escolas cerca de 57 mil carteiras, outras 9 mil estão prontas, aguardando o resgate por parte das instituições de ensino. Vale salientar que mais de 216 mil carteiras estão em processamento e ficarão prontas no prazo hábil para que todos os estudantes possam adquirir o documento. Essa é a segunda vez que o Grande Recife prorroga o prazo de validade da carteira de estudante este ano. Da primeira vez, o consórcio ampliou o prazo que seria até 31 de março, para 31 de Maio, em função do atraso na atualização do cadastro e do envio da documentação feito pelas escolas do Grande Recife. Nesse momento, em decorrência do grande número de carteiras que estão em fase de confecção, o Grande Recife preferiu garantir aos estudantes o direito de utilizar o documento antigo, ampliando o prazo de validade.
READ MORE - Recife: Prazo de validade da carteira de estudante é prorrogado até 30 de Junho

Cuiabá e Várzea Grande podem ficar sem transporte a partir de quinta-feira


Em duas assembléias, uma pela manhã e outra à tarde, motoristas e cobradores de ônibus rejeitaram a proposta das empresas e decidiram paralisar as atividades a partir de zero hora da próxima quinta-feira, dia 21. As empresas ofereceram 2% de reajuste salarial e pagamento de 50% de um plano de saúde para os profissionais.A categoria pediu reajuste de 13% e o pagamento do plano de saúde extensivo a esposas, maridos e filhos. Segundo o presidente do sindicato da categoria, Olmir Fêo, o reajuste de dois por cento é inaceitável, pois desde a última negociação, em maio do ano passado, a inflação do período foi superior a seis por cento. A categoria quer 13% de reajuste para repor perdas acumuladas nos últimos anos. Na questão do plano de saúde, boa parte da categoria até admite ficar sem reajuste, desde que as empresas estendam o benefício para os familiares, mas que seja feito convênio com uma empresa que possa oferecer bons serviços. Hoje, parte do salário de motoristas e cobradores é descontado a título de atendimento à saúde. Só que ele é feito no ambulatório de sindicato e para marcar uma consulta chega a levar semanas, caso o profissional precise de atendimento médico especializado.
READ MORE - Cuiabá e Várzea Grande podem ficar sem transporte a partir de quinta-feira

Passagem de ônibus em Fortaleza subirá para R$ 1,80


Os fortalezenses passarão a pagar mais pela passagem de ônibus a partir do dia 25 de maio. A tarifa passará dos atuais R$ 1,60, que se manteve valor mantido durante os últimos quatro anos, para R$ 1,80. A Etufor explica que estava “insustentável” manter a passagem a R$ 1,60, devido à alta dos custos do transporte


A tarifa de ônibus de Fortaleza vai ficar 20 centavos mais cara. A partir do próximo dia 25, os usuários do transporte público municipal vão gastar R$ 1,80 pela passagem inteira e R$ 0,90, meia. A tarifa social aos domingos foi mantida, mas também foi reajustada em R$ 1,20 a inteira e R$ 0,60 a meia. Este é o primeiro aumento em quatro anos e cinco meses de gestão atual. Para quem utiliza o transporte público pelo menos duas vezes ao dia (ida e volta), de segunda a sexta, o incremento semanal nos gastos será de R$ 2. É o caso do vendedor Silvio Cavalcante, que diariamente pega o ônibus no terminal do Papicu para ir até a Vila União, onde trabalha. "Vai ser R$ 8 a mais por mês que dá para comprar uma quentinha, que custa R$ 5, e mais uma passagem", queixa-se o vendedor. Quem paga meia passagem também reclama do reajuste. O estudante Paulo Henrique Holanda Guimarães, 17, afirma que qualquer aumento agora vai onerar muito as finanças domésticas. "Lá em casa, estamos passando por dificuldades e esse aumento acaba fazendo a diferença nas despesas", afirma. Justificativa O reajuste de 12,5% no preço da passagem, segundo o presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza S/A (Etufor), órgão ligado à Prefeitura da capital cearense, José Ademir Gondim, era necessário neste momento já que estava "insustentável" manter o valor de R$ 1,60. "Com a crise (financeira mundial) que ocorreu, com a redução no valor de repasse do Fundo de Participação dos Municípios para a prefeitura, a queda de arrecadação de tributos e a não sinalização do Governo Federal para a desoneração tributária, só teve um jeito de manter o equilíbrio: reajustar a tarifa", explica Gondim. Ele afirma que mesmo com o reajuste, Fortaleza continua a ter o menor valor de passagem em relação às cidades de mesmo porte. Ele cita como exemplo Belo Horizonte e Salvador, cujas passagens custam R$ 2,30 e R$ 2,20, respectivamente. O valor da nova tarifa, entretanto, não agradou o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), que pressionavam para a passagem a R$ 1,90. "Ficamos decepcionados, pois ainda há uma defasagem muito grande. Todos os insumos tiveram aumento nestes últimos quatro anos e continuaremos a ter perdas com o novo valor", afirma o diretor técnico da entidade, Dimas Barreiro. Segundo ele, as empresas de ônibus de Fortaleza calculam prejuízos mensais de R$ 2 milhões com a nova tarifa.
READ MORE - Passagem de ônibus em Fortaleza subirá para R$ 1,80

Caruaru recadastra deficientes para livre acesso a transporte público

Começa neste sábado (16) o recadastramento das pessoas portadoras de deficiência para o livre acesso ao sistema de transporte coletivo de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O novo cadastro será iniciado com os portadores de deficiência física, seguidos dos deficientes sensoriais e por último, os portadores de deficiência mental (veja calendário abaixo). O recadastramento será realizado sempre aos sábados, das 8h às 17h, no Centro de Referência ao Portador de Deficiência, no bairro de Maurício de Nassau.Para o cadastro devem ser apresentados os seguintes documentos: - duas fotos 3x4 coloridas e recentes; - atestado médico, emitido por médico credenciado pelo Sistema Único de Saúde – SUS, informando o código e o nome da deficiência e se é necessário acompanhante; - CPF; - RG ou documento valorativo equivalente, reconhecido por lei; - cópia da Certidão de Nascimento, RG ou documento equivalente reconhecido por lei do beneficiário e do representante legal (apresentar procuração). - comprovante de residência (conta de água, luz, telefone etc) no nome do beneficiário ou, se menor, no nome dos pais. (caso não possua comprovante de residência, poderá apresentar declaração do Conselho de Moradores do bairro).
READ MORE - Caruaru recadastra deficientes para livre acesso a transporte público

Teresina: Greve nos ônibus confirmada:Só quem sofre é o povo


Agora não tem mais jeito. Está confirmada a greve nos ônibus de Teresina! Inicia à 0h desta segunda-feira (17/05). Como a maioria da população da capital depende deste tipo de transporte, prevê-se uma confusão na cidade: muita gente nas paradas de ônibus, trânsito caótico, gente chegando atrasado no trabalho, escola e outros compromissos e muitos tendo sérios prejuízos.
E o pior: todo ano, sempre no mês de maio, é a mesma coisa! A decisão dos motoristas e cobradores foi acertada na tarde de sábado, como já divulgou o 180graus, após o indicativo aprovado em assembleia do Sindicato (Sintetro) e após a falta de acordo tentada em reunião pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PI) até a noite de sábado, em plantão.
O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (SETUT) apresentou a proposta de reajuste em 7%, mas o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários (SINTETRO) reivindica 9% de reajuste, com ainda parte do pagamento de ticket alimentação e plano de saúde. Hoje, os motoristas ganham salários de cerca de R$ 800 e os cobradores recebem R$ 600. A frota, no entanto, deve circular em um mínimo de 30%.
READ MORE - Teresina: Greve nos ônibus confirmada:Só quem sofre é o povo

Empresários querem solução para transporte coletivo em Manaus


O diretor executivo do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Sinetram), César Teixeira, declarou ontem que a Prefeitura de Manaus tem dois meses para regularizar o uso da meia passagem estudantil, acabar com o transporte clandestino e melhorar o sistema viário da cidade. De acordo com ele, sem essas medidas, os empresários não poderão arcar com o reajuste de 7% no salário dos rodoviários a partir de agosto.A promessa do reajuste de 7% fez com que os rodoviários acabassem com a greve que prejudicou milhares de pessoas esta semana em Manaus.Estudo feito pelo Sinetram aponta que a tarifa deveria ser de R$ 2,64 em fevereiro. Teixeira informou que o estudo foi enviado para a Prefeitura de Manaus, mas os empresários não tiveram resposta.Conforme balanço do ano passado, existe uma dívida de mais de R$ 50 milhões por parte das empresas.Para o deputado estadual Francisco Praciano o estudo feito pelo Sinetram deveria ser imparcial. "O empresário não pode fazer auditoria dele mesmo. A prefeitura é que deveria fazer isso", alegou.
READ MORE - Empresários querem solução para transporte coletivo em Manaus

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960