Mais seis linhas de ônibus recebem internet wi-fi em Recife

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Os problemas do transporte coletivo por ônibus na Região Metropolitana do Recife são fato. Terminais superlotados, intervalos longos em diversas linhas e, o que é pior: a eterna disputa por espaço nas vias públicas. Mas a chegada da internet wi-fi gratuita no sistema de transporte é algo que merece ser elogiado. Independentemente dos problemas. E a oferta do serviço gratuito nos coletivos está sendo ampliada como prometido pelo Grande Recife Consórcio de Transporte (GRCT). A partir desta segunda-feira (6/6), o serviço entrará em teste em mais seis linhas de ônibus, todas em operação ligando a Zona Norte ao Centro da capital.

No total, quase 17 mil passageiros diários serão beneficiados somente nessas linhas. Serão 23 veículos, todos da empresa Globo. Atualmente, a wi-fi gratuita está em teste nos seis veículos da linha opcional RioMar-Apipucos e nos 45 BRTs (Bus Rapid Transit) que rodam no Corredor Leste-Oeste. No caso dos BRTs, a wi-fi é um investimento direto dos empresários de ônibus – o consórcio MobiBrasil. Já a linha RioMar–Apipucos e as seis linhas que ainda receberão o serviço, representam uma iniciativa do governo do Estado, em parceria com a operadora Vivo. Nos dois casos, entretanto, não há custo para os passageiros. Ainda bem!

O acesso à internet wi-fi nas futuras linhas da Zona Norte se dará do mesmo jeito que acontece na linha opcional RioMar–Apipucos, como explica o diretor de Tecnologia da Informação do GRCT, Fernando Guedes. “A navegação é direta. O passageiro precisa apenas identificar a rede wifibus e navegar. Não é exigido cadastro como no BRT. Mas no futuro iremos exigir”.  No Sistema de BRT, o acesso à wi-fi não é direto. O passageiro precisa, no caso da primeira navegação, fazer um cadastro básico, inserindo email e outras poucas informações para conseguir usar a internet.

A MobiBrasil está investindo R$ 37.800 por ano. São R$ 70 pagos por veículo, por mês. O consórcio investe para fidelizar os passageiros, mas também para somar pontos na avaliação do serviço oferecido, que se reverte na remuneração que a empresa recebe. Mas a navegação na wi-fi gratuita nos ônibus não é totalmente livre. Há limitações. Está configurada para atender apenas no interior do coletivo – o que é lógico –, e impede o acesso a conteúdos com imagens, como filmes, por exemplo. É ideal mesmo para o uso do WhatsApp, Facebook e Twitter.

Informações: De Olho no Trânsito
READ MORE - Mais seis linhas de ônibus recebem internet wi-fi em Recife

Prefeitura inaugura neste domingo o VLT Carioca

A Prefeitura do Rio inaugura neste domingo (05/06) o VLT Carioca e o passeio público da Avenida Rio Branco, duas grandes obras que mudam significativamente o perfil de mobilidade e ambiência do Centro da cidade. Rápido, sustentável e moderno, com rede de 28 Km, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) vai integrar todos os meios de transporte do Centro e da Região Portuária – barcas, metrô, trem, ônibus, rodoviária, aeroporto, teleférico, terminal de cruzeiros marítimos e, futuramente, o BRT Transbrasil. Para a viagem inaugural do VLT, a Avenida Rio Branco será fechada integralmente das 8h às 18h e se transformará numa grande área de lazer para os cariocas que forem até o local neste domingo.

O VLT Carioca inicia a operação de forma progressiva. De acordo com o planejamento da prefeitura, o avanço da operação em ciclos tem como objetivo fazer com que a população se acostume ao movimento de circulação dos bondes. A prioridade é garantir segurança plena aos futuros passageiros e melhor convívio entre pedestres, veículos e VLT. A cada ciclo, gradativamente, horário e trajetos da operação serão ampliados e novos bondes entrarão no sistema. 

A primeira etapa, Rodoviária Novo Rio – Aeroporto Santos Dumont, terá 18 Km em trilhos, 17 paradas e uma estação (em azul no mapa acima). A ligação entre a Central do Brasil e a Praça XV (em verde) entra em operação no segundo semestre. Inicialmente, o VLT transportará passageiros de segunda a sexta-feira, das 12h às 15h com embarque e desembarque em oito paradas nos dois sentidos: Parada dos Museus, São Bento, Candelária, Sete de Setembro, Carioca, Cinelândia, Antônio Carlos e Santos Dumont. No primeiro mês, período de adaptação, não haverá cobrança, mas agentes da concessionária irão acompanhar o dia a dia da operação para tirar dúvidas dos passageiros sobre o pagamento da passagem, trajetos e demais procedimentos do novo modal. A previsão é a de que o primeiro trecho do sistema entre em operação comercial no dia 1º de julho. A partir de 2017, entrará em operação o trecho que funcionará na Avenida Marechal Floriano.

A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) e a Concessionária do VLT Carioca vão intensificar campanhas educativas e ações nas redes sociais para orientar os usuários a respeito do uso do novo sistema sobre segurança, forma de pagamento, compra dos bilhetes e regras de convivência dentro dos trens, dentre outras informações. Desde março, a campanha#OlhonoVLT trabalha o conceito de segurança com foco na atenção de pedestres e motoristas, já que os trens são silenciosos e vão circular em áreas com grande fluxo de pessoas e automóveis. A campanha ocupa ruas, mídias sociais, mídia mobile e rádio, além de ações corpo a corpo bem-humoradas chamando a atenção de pedestres. No período de testes, o programa distribuiu 50 mil adesivos, 250 mil folhetos e instalou 22 painéis e displays ao longo do Centro e Região Portuária. Nesta nova etapa, mais 200 mil folhetos serão distribuídos nas ruas do eixo de passagem.

Características do sistema

O VLT servirá aos usuários dos diversos sistemas de transporte públicos e distribuirá passageiros nas regiões que compõem a área central da cidade. Na operação plena, funcionará 24 horas com 32 trens, capacidade para transportar 300 mil pessoas e máquinas de autoatendimento para a compra de bilhetes em todas as paradas e estações. Condutores e controladores responsáveis por guiar as composições acumulam desde o ano passado mais de 2 mil horas de treinamentos teóricos, no simulador e habilitação em via. Ao todo, serão 130 profissionais habilitados até o fim de 2016. 

As estações e paradas do VLT ficam a cerca de 20 cm de altura, niveladas às composições, dotadas de rampas suaves e antiderrapantes que facilitam o acesso de pessoas portadoras de necessidades especiais. Cada plataforma disporá de entrada nas extremidades, linha de piso podotátil e faixas em alto relevo que facilitam a locomoção de pessoas com deficiência visual. Internamente, todas as composições reservam local específico para cadeirantes sem prejuízo a outros assentos. Sinalização, validadores e acionamento de portas estarão sempre em alcance adequado. 

Integrado à operação urbana Porto Maravilha, o VLT Carioca será um modelo sustentável de transporte. Movido à eletricidade, preserva a identidade do Rio ao oferecer a opção de Alimentação Pelo Solo (APS), com energia captada por meio de um terceiro trilho instalado entre os trilhos de rolamento do trem, dispensando o uso de fiação aérea (catenárias). A implantação do VLT tem custo de R$ 1,157 bilhão, sendo R$ 532 milhões com recursos federais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade, e R$ 625 milhões viabilizados por meio de uma parceria público-privada (PPP) da Prefeitura do Rio. 

Passeio público 

O novo passeio público da Avenida Rio Branco alterou uma das avenidas mais movimentadas do Centro, entre a Avenida Nilo Peçanha e a Rua Santa Luzia e abrange 14,4 mil metros quadrados, dos quais 9 mil m² de área de convivência ao longo de seus 600 metros. O local ganhou 35 árvores, 1.620 m² em canteiros verdes, bicicletários, 70 bancos e nova iluminação pública.

A área de grande movimento passa a oferecer aos frequentadores do Centro um espaço de circulação exclusiva para pedestres, ciclistas e para o VLT ao longo do caminho cercado de prédios históricos como o Theatro Municipal, o Museu Nacional de Belas Artes e a Biblioteca Nacional.

A prefeitura montou esquema especial de trânsito e transportes para o fechamento de toda a Avenida Rio Branco, das 8h às 18h deste domingo, que funcionará como área de lazer entre o Aterro do Flamengo e a Orla Prefeito Luiz Paulo Conde. As linhas de ônibus que circulam pela Avenida Rio Branco serão desviadas para a Avenida Passos. Painéis de mensagens e 55 operadores de trânsito da CET-Rio e agentes da Guarda Municipal orientarão os motoristas.  

Informações: Jornal do Brasil
READ MORE - Prefeitura inaugura neste domingo o VLT Carioca

Coletivos de Cuiabá terão sinal de internet gratuito aos usuários em 30 dias

Aprovada no final do ano passado, uma lei obriga o Poder Executivo a disponibilizar, gratuitamente, o sinal de internet móvel através do sistema de Wi-Fi aos usuários do transporte público. Nos próximos 30 dias, os passageiros cuiabanos poderão bater-papo, fazer self ou enviar e receber fotos, em tempo real, dentro do coletivo.

A lei estabelece que a conexão do sinal Wi-Fi será disponibilizada nos veículos e nos terminais do transporte coletivo dentro de Cuiabá, sendo que para a conexão, o usuário poderá utilizar celular, smartphone, tablet, notebook e demais aparelhos que possuam dispositivos compatíveis com o padrão Wi-Fi de conexão á internet, com controle de acesso de alguns serviços e sites.

“Estamos muito satisfeitos porque já sabemos que dentre os cinqüenta e cinco novos ônibus que estarão em Cuiabá, até o final deste mês, 29 já estão adequados com ar condicionado e Wi-Fi, apenas aguardando a liberação para começar a rodar”, comemora o vereador Marcrean Santos, autor do projeto.

Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Porto Alegre e Natal já oferecem este benefício em pelo menos algum de seus transportes públicos e, agora, Cuiabá passará a integrar este seleto grupo.

“O trabalhador cuiabano passa horas dentro do transporte público, em trajetos para o trabalho ou escola, pagando uma das mais altas tarifas de transporte de ônibus do país, nada mais justo que tenha a oportunidade de acessar uma conexão a internet para se informar, comunicar ou mesmo se divertir para passar o tempo, além disto, em ambiente climatizado”, argumenta o vereador.

Caberá à Secretaria de Mobilidade Urbana regulamentar as condições de uso deste sistema, assim como a forma de acesso dos usuários ao programa, através de um cadastramento para estabelecer a conexão de acesso.

O Executivo Municipal também irá informar os usuários do transporte público, por meio de placas, que serão afixadas em local de fácil visualização, a disponibilidade do serviço gratuito, além de prestar todas as orientações para a utilização do sistema.

Informações: O Documento
READ MORE - Coletivos de Cuiabá terão sinal de internet gratuito aos usuários em 30 dias

No Recife, Novo Terminal Integrado Joana Bezerra já funciona normalmente

O novo Terminal Integrado Joana Bezerra já funciona normalmente neste domingo (5). A estrutura fica na Ilha Joana Bezerra, próxima ao Viaduto João Paulo II e à estação de metrô. Segundo o Grande Recife, ele deverá substituir o antigo, inaugurado em 1994, e que funcionava em um espaço limitado e não comportava a demanda de usuários do transporte público. No local, funcionários do Grande Recife estão orientando os usuários sobre a localização das paradas dos ônibus e tiram eventuais dúvidas.

A obra foi orçada em R$ 11 milhões. O TI foi feito em uma área de 4.336,93 m² dentro dos padrões da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e oferece uma estrutura moderna e funcional com 12 plataformas (sendo 8 de embarque e 4 de desembarque), lanchonete, boxes, banheiros acessíveis para os usuários, Central de Atendimento ao Cliente e piso tátil (que facilita a orientação de pessoas com deficiência visual e visibilidade reduzida).

O TI Joana Bezerra permanecerá com a operação atual, ou seja, 10 linhas, 115 veículos e as 1.200 viagens realizadas diariamente. Atualmente o terminal atende cerca de 48 mil passageiros/dia.

Confira abaixo as linhas do Terminal Integrado Joana Bezerra:

021 - TI Joana Bezerra / Shopping Riomar
026 - TI Aeroporto / TI Joana Bezerra
080 - TI Joana Bezerra / Boa Viagem
100 - Circular (Conde Da Boa Vista /Prefeitura)
101 - Circular (C. Boa Vista/ Rua Do Sol)
104 - Circular (Imip)
1909 - TI Pelópidas / TI Joana Bezerra
1913 - TI PE - 15 / TI Joana Bezerra
825 - Jardim Brasil / TI Joana Bezerra
861 - TI Xambá / TI Joana Bezerra

Informações: Diário de Pernambuco
READ MORE - No Recife, Novo Terminal Integrado Joana Bezerra já funciona normalmente

Mercedes-Benz desponta no BRT do Rio de Janeiro

De olho na crescente demanda do transporte público, a Mercedes-Benz amplia sua participação com a venda de 50 ônibus superarticulados exclusivos para o sistema de BRT do Rio de Janeiro, cidade sede dos Jogos Olímpicos que serão realizados em agosto próximo. Somados aos 18 novos ônibus também negociados para a capital fluminense no fim do ano passado, o sistema será acrescido de 68 novos veículos da marca. Além disso, até o fim de julho, o sistema terá 158 novos veículos previstos para operar até as Olimpíadas.

O novo volume chega em momento propício para a montadora, que entre janeiro e maio deste ano acumula fatia de 55,3% do mercado total de chassis, considerando urbanos e rodoviários e modelos a partir de 8 toneladas de PBT. Em 2015, a Mercedes-Benz encerrou o ano com 52,5% de market share, sendo a líder do segmento urbano, com 71,6% das vendas no período.

“Acreditamos que apesar da retração do mercado de ônibus, que caiu 42% no acumulado até maio, nos manteremos neste patamar de participação este ano”, afirma Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing de ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. Segundo o executivo, as baixas do mercado previstas para este ano no segmento urbano estão concentradas na faixa de micro-ônibus e escolares, incluindo os do programa Caminho da Escola, exatamente os segmentos onde a empresa tem pouca participação.

Com o anúncio da encomenda destes novos 50 veículos, a Mercedes-Benz soma 271 ônibus de grande capacidade rodando em vias do BRT carioca, entre modelos padron, articulados e os superarticulados, o que garante participação de mais de 80% da frota exclusiva para o sistema, que conta com 367 ônibus.

Barbosa defende que este é o resultado do trabalho dedicado ao negócio de ônibus: na cidade do Rio de Janeiro, onde a montadora tem 20 concessionárias de veículos pesados, quatro delas são inteiramente voltadas para o segmento. “Oferecemos não só no Rio de Janeiro mas em todo o Brasil e América Latina uma consultoria especializada em transporte de passageiros fazendo o papel de intermediários entre o produto e a infraestrutura local”, comenta Gustavo Nogueira, gerente de marketing para BRT.

Segundo ele, há 14 projetos de BRT aprovados no Brasil com previsão de serem concluídos em até cinco anos: “Dez deles estão em estágio avançado e a Mercedes-Benz participa de todos eles”, acrescenta.

Para Nogueira, o superarticulado é uma alternativa inteligente para o operador do transporte público urbano: “Prova disso é que em três anos, desde o seu lançamento, já vendemos mais de mil unidades em todo o País”, relembra.

Com seus 23 metros de comprimento, o modelo O 500 MDA de piso alto tem capacidade para transportar entre 200 e 220 passageiros, dependendo da configuração da carroceria. “Um ônibus biarticulado que tem um pouco mais de capacidade, além de não encontrar essa demanda ao longo do dia e ter de ficar parado no fim de semana, tem um custo operacional mais alto, fora o valor da aquisição. Acredito que o sucesso do superarticulado se dá por essas diferenças, pela demanda de transporte e pelo custo operacional mais baixo”, defende. Segundo ele, o preço final do veículo depende da configuração da carroceria: “Em média, o biarticulado custa de 35% a 40% mais caro que o superarticulado”, revela.

Os novos veículos rodarão no terceiro corredor do sistema BRT no Rio de Janeiro, a linha Transolímpica, com previsão de ser inaugurada a tempo das Olimpíadas, informa Alexandre Castro, gerente de infraestrutura do consórcio que opera o sistema. O BRT do Rio já opera com as linhas Transoeste, desde 2012, e com a Transcarioca, desde 2014. Para 2017, está prevista a inauguração do quarto corredor, o Transbrasil.

Informações: Automotive Business
READ MORE - Mercedes-Benz desponta no BRT do Rio de Janeiro

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960