No Rio, Cinco das seis estações da Linha 4 foram inauguradas neste sábado (30)

domingo, 31 de julho de 2016

Apresentada pelo governo do estado como a maior obra de infraestrutura urbana da América Latina nos últimos anos, a Linha 4 do metrô tem números superlativos. Ela custou R$ 9,7 bilhões. Construída em seis anos, demandou concreto suficiente para construir oito estádios do Maracanã - mais de 665 mil metros cúbicos. Os mais de 1,6 milhão de toneladas de explosivos utilizados nas escavações dos túneis dariam para realizar 152 réveillons de Copacabana.

Tempos de viagem da Linha 4
Com a nova linha, os passageiros poderão se deslocar entre a Pavuna (estação terminal da linha 2) à Barra da Tijuca pagando somente uma passagem. Todo o trajeto tem tempo estimado em 1h20, sendo necessário o transbordo entre as linhas. Já entre a Barra da Tijuca e Ipanema, o tempo de viagem é de apenas 13 minutos.

Jardim Oceânico - Nossa Senhora da Paz (Ipanema): 13 minutos
Jardim Oceânico - Botafogo: 23 minutos
Jardim Oceânico - Carioca (Centro): 34 minutos
Jardim Oceânico - Estácio: 42 minutos
Jardim Oceânico - Uruguai (Tijuca): 50 minutos
Jardim Oceânico - Del Castilho: 1 hora com transbordo
Jardim Oceânico - Pavuna: 1h20 com transbordo

Acessos das novas estações
Jardim Oceânico tem três acessos: na Avenida Armando Lombardi, o acesso Lagoa, na pista sentido Recreio, fica entre a Unimed e a antiga Drogasmil. Já o acesso Mar, no sentido Zona Sul, está próximo à esquina da Rua Fernando de Matos. O terceiro fica na área de conexão da Estação Jardim Oceânico com a TransOeste, para receber os passageiros do sistema BRT.

São Conrado tem três acessos: um na Estrada da Gávea, em frente ao supermercado Extra, outro na Avenida Niemeyer (próximo à Igreja Universal da Rocinha), e o terceiro na Avenida Aquarela do Brasil (onde funcionava a antiga concessionária Itavema).


Antero de Quental, no Leblon, tem dois acessos: um pela Rua General Urquiza e outro pela Avenida Bartolomeu Mitre.

Jardim de Alah, também no Leblon, tem dois acessos: um na esquina da Avenida Borges de Medeiros com a Avenida Ataulfo de Paiva, em frente ao canal do Jardim de Alah, e outro na Ataulfo de Paiva próximo à Rua Almirante Pereira Guimarães.

Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, tem dois acessos na praça: um pela Rua Joana Angélica e outro pela Rua Maria Quitéria.

Informações: G1 Rio
READ MORE - No Rio, Cinco das seis estações da Linha 4 foram inauguradas neste sábado (30)

Linha 4 do Metrô do Rio é inaugurada

O governo do Rio de Janeiro, enfim, inaugura neste sábado (30) a Linha 4 do Metrô da capital fluminense. Orçada em R$ 9,7 bilhões, a obra sofreu atrasos e quase foi paralisada por falta de recursos. Apesar de tudo isso, foi concluída a tempo da Olimpíada, assim como todos os sete projetos de mobilidade urbana incluídos no plano de legado dos Jogos Olímpicos de 2016.

Ao todo, governo estadual e municipal executaram mais de R$ 14,5 bilhões em investimentos em mobilidade visando à Olimpíada –o governo federal ajudou com financiamentos. Só o metrô consumiu cerca de dois terços de todo esse valor. Com o restante, porém, o Rio ainda ganhou um VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos), dois corredores de ônibus expressos do tipo BRT, reformas em estações de trem e obras em avenidas da cidade.

Assim como ocorreu com metrô, todas as obras passaram problemas ou tiveram entregas adiadas. Juntas, entretanto, elas compõem um conjunto de melhorias superior ao prometido em 2009, quando o Rio ainda era cidade candidata a sede dos Jogos.

No dossiê de candidatura do Rio à sede da Olimpíada, não constava o plano de construção da Linha 4 do Metrô, por exemplo. Segundo o documento, os 16 km quilômetros entre Ipanema e a Barra da Tijuca que serão percorridos de trem durante a Rio-2016 seriam interligados por um corredor de ônibus expressos. No dossiê, também estava prevista a construção do VLT.

Obras de mobilidade da Olimpíada

VLT do Centro – R$ 1,2 bilhão
TransOlímpica – R$ 2,2 bilhões
BRT TransOeste (trecho zero) – R$ 115 milhões
Novo Elevado do Joá – R$ 458 milhões
Viário do Parque Olímpico – R$ 514 milhões
Linha 4 do Metrô – R$ 9,7 bilhões
Reforma de estações de trem – R$ 259 milhões

Operação restrita até o fim da Rio-2016
Levando em conta todas essas obras, a prefeitura do Rio estima que o percentual da população que usa o transporte público para se locomover na cidade vai mais que triplicar. Em 2009, 18% dos moradores da capital fluminense usavam ônibus, metrô ou trens em seu transporte diário. Com a conclusão de todas as obras, esse percentual deve chegar a 63%.

Essa mudança, contudo, só poderá ocorrer após a Olimpíada. Isso porque, durante os Jogos, o metrô e outros sistemas de transporte construídos para o evento terão acesso restrito a portadores de ingresso e profissionais credenciados pela organização.

O metrô começará a funcionar na segunda-feira (1º) transportando somente portadores de credenciais olímpicas. No dia 5, dia da cerimônia de abertura da Rio-2016, ela passará a atender torcedores donos de bilhetes olímpicos. A população só poderá usar o novo meio de transporte após o fim dos Jogos Paraolímpicos, em setembro.

Os dois novos BRTs do Rio, TransOeste e o da TransOlímpica, terão operações semelhantes à do metrô. Os serviços terão acesso restrito na Olimpíada. Após o fim dos Jogos Olímpicos, ainda agosto, serão abertos a toda a população.

Cartão de Transporte Olímpico a R$ 25
Espectadores que pretendem usar os BRTs ou a Linha 4 do Metrô para se deslocarem durante a Rio-2016, além de apresentarem seus ingressos para eventos olímpicos, precisarão portar um cartão de transporte especial válido para o período das Olimpíadas. O bilhete único olímpico custará no mínimo R$ 25 e dará direito a viagens ilimitadas por um dia. Uma passagem de metrô no Rio custa hoje R$ 4,10.

O bilhete já está à venda pela internet e em estações ou pontos credenciados. É possível também comprar um cartão válido por três dias (R$ 70) ou sete dias (R$ 160).

O Cartão de Transporte Olímpico também dará acesso a linhas de ônibus expressas criadas justamente para levar torcedores a arenas olímpicas. 

Informações: Portal Uol
READ MORE - Linha 4 do Metrô do Rio é inaugurada

No Recife, Agentes da CTTU orientam motoristas sobre mudanças na Cruz Cabugá

No primeiro dia de proibição de giros à esquerda para acessar os dois sentidos da avenida Norte pela avenida Cruz Cabugá, no bairro de Santo Amaro, agentes da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) orientaram os motoristas sobre as mudanças.

Placas foram instaladas pela Secretaria de Mobilidiade e Controle Urbano (Semoc) indicando as proibições. Agora, o motorista que vier de Olinda e terá que seguir pela avenida Cruz Cabugá, entrar à direita na Rua Frei Cassimiro e fazer volta pela Rua Treze de Maio.

Já os motoristas que sairem do Centro vão entrar na Rua Vinte e Quatro de Agosto (confira na ilustração). Apesar do dia tranquilo, o grande teste das novas mudanças será nesta segunda-feira (1), primeiro dia útil das alterações e também dia de volta às aulas da rede particular de ensino.

Informações: Folha PE
READ MORE - No Recife, Agentes da CTTU orientam motoristas sobre mudanças na Cruz Cabugá

VLT e ônibus se chocam no Rio

Um  ônibus e uma composição do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) se chocaram na noite desta sexta-feira (29/7), no centro do Rio de Janeiro.

De acordo com testemunhas, o ônibus bateu contra o VLT após avançar o sinal vermelho. A composição teve a frente destruída no impacto, mas nenhum passageiro de ambos os veículos se feriu

Esse é o primeiro acidente envolvendo o VLT, que começou a operar no início do mês de junho na cidade. Por volta das 17h30 desta sexta-feira, porém, uma interrupção na energia do sistema parou o sistema parcialmente durante cerca de meia hora.

Informações: Estadão
READ MORE - VLT e ônibus se chocam no Rio

Grande Recife implanta parada provisória na Av. Conde da Boa Vista devido a obra

quinta-feira, 28 de julho de 2016

A Avenida Conde da Boa Vista, no centro do Recife, terá um trecho da via interditado pela a Prefeitura do Recife, a partir da próxima quarta-feira (27). O serviço de troca de placas de concreto será realizado no sentido cidade/subúrbio, em frente à parada nº180309, Estação Padre Inglês e deverá durar 20 dias. 

Com essa interdição, o Grande Recife irá implantar uma parada provisória na calçada na Av. Conde da Boa Vista, em frente ao Edf. Reina, nº1288, um pouco antes do cruzamento com a Rua Oswaldo Cruz/Rua Gonçalves Maia para atender as linhas que paravam nos pontos da Estação Padre Inglês. Devido a mudança, todo o trecho da Av. Conde da Boa Vista, no sentido cidade/subúrbio, compreendido entre a Rua da Soledade e a Rua Dom Bosco, será misto, ou seja, compartilhado entre os automóveis particulares e os ônibus do STPP/RMR.

Confira abaixo as linhas que atendem a Estação Padre Inglês e passarão a parar no ponto provisório:

014 – Brasília (Conde Da Boa Vista)
032 – Setúbal (Conde da Boa Vista)
042 – Aeroporto (Opcional)
053 – Shopping RioMar (Opcional)
061 – Piedade
071 – Candeias
100 – Circular (Conde da Boa Vista/Prefeitura)
101 – Circular (Conde da Boa Vista/Rua do Sol)
121 – Vila da Sudene
168 – TI Tancredo Neves (Conde da Boa Vista)
243 – Vila Dois Carneiros
313 – San Martin (Abdias de Carvalho)
314 – Mangueira
315 – Bongi
321 – Jardim São Paulo (Abdias de Carvalho)
324 – Jardim São Paulo (Piracicaba)
331 – Totó (Jardim Planalto)
341 – Curado I
346 – TI TIP (Conde da Boa Vista)
413 – Avenida do Forte
414 – Torre
415 – Sítio das Palmeiras
416 – Roda de Fogo
421 – Torrões
422 – Monsenhor Fabrício
423 – Engenho do Meio
425 – Barbalho (Detran)
431 – Cidade Universitária
432 – CDU (Várzea)
433 – Brasilit
437 – TI Caxangá (Centro)
516 – Casa Amarela (Nova Torre)
521 – Alto Santa Isabel
524 – Sítio dos Pintos (Dois Irmãos)
531 – Casa Amarela (Rosa e Silva)
624 – Brejo
644 – Largo do Maracanã
726 – Alto Santa Terezinha (Conde da Boa Vista)
731 – Beberibe (Espinheiro)
1981 – Rio Doce (Conde da Boa Vista)
2446 – UR-07

Para mais informações, os usuários dispõem da Central de Atendimento ao Cliente, no 0800.081.0158. 

Informações: GRCT
READ MORE - Grande Recife implanta parada provisória na Av. Conde da Boa Vista devido a obra

No Rio, Circulação do VLT é interrompida duas vezes no primeiro dia de cobrança da tarifa

Os passageiros do VLT enfrentaram uma série de problemas nesta terça-feira, primeiro dia de operação do sistema com a cobrança da tarifa no valor de R$ 3,80. A primeira dificuldade, segundo os passageiros, foi no embarque da viagem inicial, na Rodoviária Novo Rio. O bondinho que deveria partir às 7h saiu quase uma hora depois, por conta de problemas nas máquinas de venda dos bilhetes. Por volta do meio dia, uma queda de energia parou o sistema por cerca de 20 minutos. Antes, um protesto de servidores do Instituto Nacional do Câncer (Inca) também havia prejudicado a circulação dos bondinhos na Avenida Rio Branco.

O funcionário público José Luiz Correa, de 34 anos, contou que partiu da rodoviária por volta das 11h, mas ao chegar na altura da Cidade do Samba, o bondinho parou e, sem ter como solucionar o problema, o condutor pediu que os passageiros descessem. Ele teria dito também que não tinha como colocar os usuários num ônibus, por ser outro modal. O passageiro reclamou de ter de pagar nova passagem para completar a viagem de ônibus até a Praça Mauá, seu destino final, já que a tarifa do VLT só pode ser paga com uso do Bilhete Único.

— Para começar, enfrentei uma fila gigantesca para recarregar o bilhete. Depois de cerca de vinte minutos embarquei no VLT, mas quando chegou na altura da Cidade do Samba ele parou. Como eu estava perto do condutor vi quando ele relatou o problema à central de operações, pelo rádio. Em seguida abriu a porta e pediu para os passageiros descerem — contou o funcionário público que chegava de uma viagem à Sapucaia, no interior do Estado do Rio de Janeiro, e usava o sistema pela primeira vez.

O Bilhete Único Carioca dá direito ao usuário de fazer até duas viagens de ônibus municipais e uma de VLT, mas é necessário esperar o intervalo de duas horas e meia, para o novo uso sem desembolsar outro valor. Os bondinhos não possuem catracas nem cobradores. O próprio usuário que tem de validar o cartão no interior do veículo. Atualmente o VLT liga a Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont, com 16 paradas no percurso. A partir desta segunda-feira, o horário de operação foi ampliado, passando a ser das 7h às 21h.

Os problemas desta terça-feira não foram os primeiros enfrentados pelos uusários do VLT, que começou a operar no início de junho. No primeiro dia útil de circulação uma pane elétrica provocou a interrupção das viagens em direção ao Santos Dumont. No último sábado, uma pane mecânica interrompeu, por cerca de três horas, a viagem de uma composição que também seguia para o aeroporto.

Por Geraldo Ribeiro
Informações: Extra Globo
READ MORE - No Rio, Circulação do VLT é interrompida duas vezes no primeiro dia de cobrança da tarifa

Alstom fornecerá novos trens e composições Metropolis para a Linha 1 do Metrô de Lima

quarta-feira, 27 de julho de 2016

A Alstom assinou um contrato no valor de €200 milhões com a Graña y Montero Ferrovias para fornecer 120 carros Metropolis (20 trens) para a Linha 1 do Metrô de Lima, assim como 19 novos carros para complementar as composições já existentes em operação na mesma linha.  A entrega dos 139 carros Metropolis está programada para finalizar em 2019.

A Linha 1 da capital peruana tem 34 quilômetros de distância e inclui 26 estações. Ela cruza a cidade do sul em “Villa El Salvador” ao norte em “San Juan de Lurigancho”. A lotação da linha, que vem crescendo desde que foi aberta em 2011, gira em torno de 320 mil pessoas por dia.

Com as novas composições Metropolis compostas por seis carros cada, assim como os 19 carros que ampliarão os trens de cinco para seis carros, a Graña y Montero Ferrovias mais que dobrará sua capacidade de transporte, de 20 mil passageiros por hora para 48 mil.

“Nós gostaríamos de agradecer a Graña y Montero Ferrovias por mais um voto de confiança. Com esta nova encomenda, mais passageiros terão a oportunidade de embarcar numa solução confiável, confortável e ecoamigável. Bem estabelecidos na América Latina, estamos comprometidos em fazer deste projeto um sucesso e de acompanhar o Peru e a região em seus diferentes projetos de mobilidade”, afirma Michel Boccaccio, Vice Presidente Sênior da Alstom na América Latina.

Os trens Metropolis serão produzidos na fábrica da Alstom localizada em Santa Perpetua, Barcelona (Espanha), onde as composições que já estão em serviço em Lima foram feitas.

Informações: Alston
READ MORE - Alstom fornecerá novos trens e composições Metropolis para a Linha 1 do Metrô de Lima

VLT do Rio começa a cobrar passagem na terça (26)

domingo, 24 de julho de 2016

A gratuidade do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) do Rio de Janeiro está com dias contados. Inaugurado com oito estações e horários restritos no último dia 5 de junho, o serviço vai começar a operar comercialmente a partir de terça-feira (26), apesar de ainda contar com 16 das 32 estações previstas para o trajeto final e trechos ainda em obras.

O valor da passagem será de R$ 3,80, mesmo preço da tarifa de ônibus. O usuário que tiver o cartão Bilhete Único Carioca terá direito a fazer até duas viagens de ônibus municipais e uma de VLT no intervalo de duas horas e meia.

Atualmente, o modal liga a Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont, no centro da cidade, e faz conexão com ônibus intermunicipais, metrô e terminal de cruzeiros. A partir de segunda (25), o horário de operação será ampliado e passa a ser das 7h às 21h.

Como o trem não possui catracas ou cobradores, o usuário deve validar o cartão em um dos 28 equipamentos instalados no interior do veículo. Quem não possuir Bilhete Único pode adquirir o bilhete expresso nas paradas do VLT, que possuem terminais de autoatendimento.

Pagamento
Na aquisição do Bilhete Único Carioca Pré-Pago, será cobrado o valor de R$ 3 referente ao custo unitário do cartão recarregável. A carga inicial mínima é de R$ 3,80. As máquinas aceitarão cédulas e moedas.

Segundo a Prefeitura do Rio, a previsão é que até o dia 5 de agosto, dia de início dos Jogos Olímpicos, as máquinas também passem a aceitar cartão de débito. Os terminais, no entanto, não dão troco --todo o valor carregado será revertido em créditos. O cartão RioCard Jogos Olímpicos 2016, específico para os traslados durante o evento, também poderá ser utilizado no modal.

Na primeira semana de cobrança, haverá equipes de fiscalização em todos os trens para checar o pagamento da passagem em caráter educativo. Já a partir do dia 2 de agosto, uma terça-feira, começa a valer a multa de R$ 170 aplicada por guardas municipais que acompanharão agentes da concessionária. Em caso de reincidência, o valor da punição aumenta 50%, para R$ 255.

Mas nem todos os passageiros terão que começar a pagar pelo serviço. A gratuidade no VLT Carioca está assegurada para alunos da rede pública de ensinos fundamental e médio do Rio uniformizados e portadores do cartão de gratuidade para estudante; estudantes de universidades portadores do Passe Livre Universitário; maiores de 65 anos; pessoas com deficiência e acompanhantes legalmente autorizados; e doentes crônicos e acompanhantes legalmente autorizados.

Mesmo assim, os passageiros nestas condições devem obrigatoriamente validar o cartão. Apenas menores de cinco anos acompanhados de adulto portador de cartão com passagem validada não precisam do procedimento.

Informações: Portal Uol
READ MORE - VLT do Rio começa a cobrar passagem na terça (26)

ANPTrilhos lança aplicativo de mobilidade urbana

Os secretários de Transportes, Rodrigo Vieira, e de Turismo, Nilo Sergio Felix, e o presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), Joubert Flores, lançaram nesta sexta-feira (22/7) o aplicativo de mobilidade urbana Metro Mapper Turismo Brasil, que alia o transporte sobre trilhos aos deslocamentos nas cidades.

O app disponibiliza mapas de metrô, trens urbanos e Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) das cidades brasileiras, além dos centros urbanos e os principais pontos turísticos, permitindo, ainda, personalizar as rotas.

– Desenvolvemos um aplicativo que possa ser usado por qualquer pessoa, permitindo que ela se localize, encontre o ponto turístico a que quer se dirigir e saiba a rota que vai percorrer. De preferência, utilizando o sistema de transporte sobre trilhos, inclusive o VLT e a Linha 4, para chegar nos pontos turísticos tradicionais e também nos novos, inclusive as arenas dos Jogos Olímpicos – explicou Joubert Flores.

Com o auxílio da ferramenta, brasileiros e visitantes poderão traçar os melhores caminhos para conhecer as principais atrações.

– Esse vai ser o guia de bolso de quem vier ao Rio. Vamos trabalhar para que se torne uma referência, porque esse aplicativo permite que o passageiro se decida pelo meio de transporte mais eficiente – afirmou Rodrigo Vieira.

Descrições sumárias, trazendo informações como horário de funcionamento, endereço, telefone de contato e a estação de metrô ou trem mais próxima são listadas ao lado da foto de cada um dos pontos turísticos.

– Estamos na expectativa pelos Jogos, quando vamos receber 540 mil turistas, e os transportes são fundamentais para o sucesso do evento – disse Felix. 

Informações: Jornal do Brasil
READ MORE - ANPTrilhos lança aplicativo de mobilidade urbana

No Recife, Trânsito muda em dois importantes corredores

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Uma série de intervenções viárias vai beneficiar a circulação, sobre­­­tudo do transporte público, em dois importantes corredores do Recife nas próximas sema­­­nas. Na avenida Norte, gi­­­ros à esquerda serão extintos em três pontos. Um deles é o cruzamento com a Cruz Ca­­­bu­­­gá, em Santo Amaro.

Já na avenida Marechal Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, será o contrário - a cria­­­ção de um giro à esquerda - que vai facilitar o acesso de ônibus ao Terminal Integrado (TI) Tancredo Neves, beneficiando 10,6 mil passageiros por dia. As ações vêm sendo feitas de forma conjunta pela Empre­­sa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) e pela Companhia de Trânsito e Trans­­porte Urbano (CTTU).

Na Cruz Cabugá, a proibição será nos dois sentidos. Nesta quinta-feira (21), quem vem de Olinda pode convergir à esquerda na avenida Norte rumo à Ponte do Li­­­moeiro. Agora, terá que seguir em frente pela Cabugá e entrar à direita na rua Frei Casimiro, fazendo o giro de quadra pela rua 13 de Maio até a avenida Norte (ver arte). Já quem sai do Centro pela Cabugá terá que fazer a conversão à direita na rua 24 de Agosto e fazer o looping de quadra até a avenida Norte.

Para permitir o cruzamento, o canteiro central foi aberto, perto da Contax. A intersecção Norte-Cruz Cabugá recebeu nova sinalização e foi recapeada. Até setembro, giros também serão extintos nos cruzamentos da avenida Norte com a Praça Cas­­tro Al­­ves (Encruzilhada) e com a avenida Professor José dos Anjos (Casa Amarela).

“No caso da Cruz Cabugá, existe o terceiro tempo sema­­­fórico. Em breve, passará a ser feito um giro de quadra, beneficiando linhas de ônibus e, sobretudo, o BRT Norte-Sul”, ex­­­plica a presidente da CTTU, Taciana Ferreira. É nesse trecho que o modal tem a menor velocidade média ao longo do corredor: 4 km/h. A medida antecede planos de implantação de uma faixa exclu­­­siva na avenida. “Para a opera­­­ção do BRT, será uma inter­­­ven­­ção fantástica. O transpor­­­te pú­­­blico agradece”, diz o diretor de operações do Grande Recife Consórcio, André Melibeu.

Tancredo Neves
No acesso ao TI Tancredo Neves, é o oposto. Ôni­­­bus de três linhas que seguem para o Centro (avenida Conde da Boa Vista, rua do Príncipe e Imip) perdem tempo fazendo giros de quadra para retornar ao terminal, mesmo passando praticamente ao lado dele. São 2,1 km que serão con­­­vertidos em menos de 600 metros com a abertura de um giro à esquerda na altura da rua Coro­­­nel Fabri­­­ciano, que dá acesso ao TI. 

Para isso, um trecho do canteiro central da Mascarenhas de Morais está sendo aberto pela Emlurb desde o dia 11 e tem conclusão prevista para a primeira quinzena de agosto. Um semáforo foi implantado. Além dos ônibus, que terão uma redução entre cinco e se­­­te minutos no tempo de viagem, veículos menores poderão usar a nova estrutura. Devido à mu­­­dança, um ponto de retorno me­­­tros antes será desativado.

“Isso vai trazer mais rapidez ao transporte público. Era uma demanda antiga de moradores do Ibura, que integram naquele terminal e vêm sendo beneficiados com a Faixa Azul da Mascarenhas e da avenida Recife”, diz Taciana.

André Melibeu, do Grande Re­­­cife, afirma que a mudança terá impacto direto no atendi­­­mento aos passageiros. “Essas linhas terão uma redução em torno de 10% em sua extensão, o que significa, já de saída, um ganho de até sete minutos no tempo de viagem. Para a operação, é algo bastante expressivo”, declara. 

Informações: Folha de PE
READ MORE - No Recife, Trânsito muda em dois importantes corredores

Bilhete Único agora pode ser recarregado pelo aplicativo CittaMobi

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Os milhões de usuários de ônibus, metrô e trem em São Paulo passam a contar nesta segunda-feira, 25 de julho, com duas novas opções para recarga do Bilhete Único. Em parceria com a Prefeitura de São Paulo (via SPTRANS), a Cittati, empresa de soluções tecnológicas com foco em sistemas de transporte, lança a recarga via aplicativo CittaMobi e por canal de voz (ligação telefônica), 24 horas por dia.

Em 2015 o CittaMobi chegou a São Paulo como um aplicativo para smartphones que monitora em tempo real os horários de chegada e partida de ônibus.

As novas funcionalidades, desenvolvidas pela Cittati e pelo Recarga Fácil, permitem que os cidadãos tenham a facilidade de realizar a recarga 24 horas por dia, de qualquer lugar, com comodidade e segurança. Elas ainda oferecem mais segurança aos passageiros de ônibus pela ausência e diminuição de dinheiro em espécie a bordo, pois vincula o uso do Bilhete Único.

Para alcançar tais inovações, a Cittati desenvolveu o CittaPag, plataforma de retaguarda flexível que permite a conexão do usuário aos diversos fornecedores de sistemas de bilhetagem e emissão de créditos em cada cidade. Funcionando nos bastidores das operações de recarga, assegura o controle e a liberação da compra de créditos, agilizando esse processo aos usuários, permitindo que as recargas sejam realizadas a qualquer hora do dia.

Recarga por telefone, canal de voz – Recarga Fácil
Para os usuários que não dispõem de um smartphone ou um celular com acesso à internet, está sendo disponibilizado um canal de voz para fazer a recarga de maneira ágil, prática e segura, bastando para isso digitar *32245 ou *FACIL no celular. A ligação é gratuita. Uma mensagem de voz orienta o usuário, passo a passo, de forma didática e simples o processo de recarga. É possível realizar recargas do cartão COMUM e ESTUDANTE. Após a confirmação do pagamento pelo sistema, que chega ao usuário via SMS, a validação pode ser efetivada, na mesma hora, em qualquer terminal de recarga.

Recarga pelo CittaMobi
O aplicativo CittaMobi, disponível gratuitamente nas lojas da Google e da Apple, permite recarregar créditos para o Bilhete Único de um jeito rápido, fácil e seguro. Após baixar o aplicativo e realizar um cadastro básico prévio, é possível fazer recargas para o Bilhete Único. A funcionalidade já está disponível para os cartões COMUM e ESTUDANTE, e as formas de pagamento são: débito (sem taxa de conveniência) e crédito (com taxa de conveniência de R$3,80).

Após a confirmação do pagamento pelo sistema, que envia uma mensagem de confirmação via “push” para aplicativo e por e-mail, a validação pode ser efetivada em qualquer terminal de recarga.

Informações: Cittamobi
READ MORE - Bilhete Único agora pode ser recarregado pelo aplicativo CittaMobi

Em Teresina, Mais de 200 mil usuários foram pegos de surpresa com greve de motoristas

Após reunião entre empresários e representantes do Sindicato dos Trabalhadores de Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro), motoristas e cobradores decidiram voltar ao trabalho no início da tarde desta quinta-feira (21) e pôr fim à greve. A paralisação da categoria pegou de surpresa mais de 200 mil passageiros durante a manhã.
Foto: Fernando Brito/G1

De acordo com o presidente do Sintetro Fernando Feijão, os empresários concordaram em pagar a segunda parcela do acordo firmado em janeiro deste ano.
"Os pagamentos serão feitos até as 18h de hoje. O que queremos agora é que o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) faça a mediação entre o Sintetro, a Prefeitura de Teresina e o Setut para que esse problema não aconteça novamente. Sabemos do transtorno, mas pedimos também a compreensão dos passageiros", falou Fernando Feijão.

Durante toda a manhã, muitos trabalhadores do sistema de transporte público de Teresina estavam de braços cruzados. Enquanto nas paradas de ônibus, passageiros esperaram mais de uma hora pelo ônibus. A reclamação é de que os 30% exigido por lei não estava circulando.

A Prefeitura de Teresina informou por meio de nota, que tem honrado todos os compromissos com o sistema de transporte público e que a pendência financeira alegada pela categoria não ultrapassou 24 horas, conforme acordo firmado com os concessionários.

A nota também diz que a administração municipal pagou ainda na manhã desta quinta-feira, o valor de R$ 610.388, 21 e que a justificativa de não pagamento dos salários dos trabalhadores que operam no sistema por atraso no repasse não se sustenta, tendo em vista que o sistema arrecada R$ 10 milhões por mês.

Informações: G1 PI
READ MORE - Em Teresina, Mais de 200 mil usuários foram pegos de surpresa com greve de motoristas

Trensurb volta ao horário normal nesta sexta-feira, mas promete nova paralisação

A partir desta sexta-feira, o trensurb volta ao horário normal de funcionamento, depois da paralisação de 24 horas. Uma nova paralisação, porém, é prometida pela classe para 1º de agosto. Nesta quinta-feira à tarde, os trens circularão apenas entre 17h30min e 20h30min - horário considerado de pico. 

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários e Conexas do RS (SindimetrôRS), Clóvis Nei Pinheiro, uma nova paralisação de 24 horas está marcada para 1º de agosto. A decisão de formalizar um calendário de paralisações até que as exigências da categoria sejam aceitas pela Trensurb surgiu na assembleia ocorrida por volta do meio-dia desta quinta-feira. 

— Junto com a reposição salarial, de acordo com a inflação de 9,28%, exigimos a contratação de cerca de 200 funcionários para a segurança e de profissionais para as bilheterias — sustenta Clóvis Nei.

Na manhã desta quinta-feira, passageiros foram surpreendidos com as portas fechadas nas estações da Trensurb, a partir das 8h30min. A paralisação, mesmo avisada com antecedência, prejudicou quem dependeria do trem para circular entre a Capital e a Região Metropolitana. 

Na estação Mercado, apenas uma das quatro portas de acesso tinha um cartaz orientando os horários de funcionamento. Na estação Rodoviária, em dez minutos, a reportagem orientou mais de 20 pessoas que encontraram na porta apenas um cartaz escrito à mão informando do serviço provisório.

A maioria vinha do interior e dependia do serviço de trem para chegar às cidades da Região Metropolitana. O comerciário Diogo dos Santos Rangel, 30 anos, foi informado da morte da avó nesta manhã. Apressado, saiu do trabalho, no Centro de Porto Alegre, para ir ao Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Canoas, onde ainda estava o corpo da familiar. Chegou à Rodoviária e, só então, lembrou da paralisação.

— Queria chegar o mais rápido possível. Mas vou ter que pegar um ônibus. Nestas horas, parece que tudo dá errado — lamentou.

Por Aline Custódio
Informações: Diário Gaúcho
READ MORE - Trensurb volta ao horário normal nesta sexta-feira, mas promete nova paralisação

No Rio, Dois serviços olímpicos do BRT são abertos

terça-feira, 19 de julho de 2016

Nesta segunda-feira (18/07), foram abertos dois dos quatro serviços olímpicos do BRT: Jardim Oceânico – Terminal Olímpico (Centro Olímpico) e Terminal Paralímpico (Recreio) – Vila Militar. Neste primeiro momento, a operação será apenas para a família olímpica e credenciados (pessoas que vão trabalhar nos equipamentos olímpicos). Os dois serviços entrarão em operação de forma gradativa até 1º de agosto, quando os quatro serão totalmente abertos aos espectadores que tiverem o Cartão RioCard Jogos Rio 2016. Inicialmente, o serviço Recreio - Vila Militar sairá do Recreio e irá até Marechal Fontenelle. Já o serviço Terminal Olímpico (Centro Olímpico) – Jardim Oceânico, sairá do Terminal Olímpico indo até a estação Bosque Marapendi.

Ao todo, foram criados quatro serviços especiais de BRT para atender o espectador olímpico e não alterar a rotina da cidade. As estações Madureira-Manaceia e Vicente de Carvalho, que fazem parte da operação especial e também atendem usuários do corredor BRT Transcarioca, terão módulos independentes de embarque para os espectadores olímpicos.

Esses serviços estarão disponíveis para quem tiver o RioCard Jogos Rio 2016, (confira a relação no quadro abaixo). A expectativa é de que 27 mil passageiros utilizem esse sistema nos horários de pico durante este período. No período das Olimpíadas, os serviços regulares do BRT Transoeste e Transcarioca não serão afetados e ficarão disponíveis normalmente aos passageiros.

SERVIÇOS OLÍMPICOS

18/07:

- Terminal Paralímpico (Recreio) x Marechal Fontenelle

Estações atendidas: Recreio, Olof Palme, Riocentro, Morro do Outeiro, Marechal Fontenelle

Horário de funcionamento do serviço: 24h

- Bosque Marapendi x Terminal Olímpico (Centro Olímpico)

Estações atendidas: Bosque Marapendi, Barra Shopping e Centro Olímpico

Horário de funcionamento do serviço: 24h

* Estes serviços serão ampliados até o dia 1/08.

1/08: 

- Terminal Paralímpico (Recreio) x Vila Militar

Estações atendidas: Recreio, Olof Palme, Riocentro, Morro do Outeiro, Marechal Fontenelle, Magalhães Bastos e Vila Militar

Horário de funcionamento do serviço: 24h

Tempo de viagem entre Recreio e Vila Militar: 32 minutos

- Jardim Oceânico x Terminal Olímpico (Centro Olímpico)

Estações atendidas: Jardim Oceânico, Bosque Marapendi, Barra Shopping e Centro Olímpico

Horário de funcionamento do serviço: 24h

Tempo de viagem entre Jardim Oceânico e Centro Olímpico: 20 minutos

- Terminal Olímpico (Centro Olímpico) x Vicente de Carvalho

Estações atendidas: Olof Palme, Riocentro, Morro do Outeiro, Madureira-Manacéia e Vicente de Carvalho

Horário de funcionamento do serviço: 05h às 02h

Tempo de viagem entre Vicente de Carvalho e Olof Palme: 40 min

- Jardim Oceânico x Golfe Olímpico

Estações atendidas: Jardim Oceânico, Bosque Marapendi, Barra Shopping e Golfe Olímpico

Horário de funcionamento do serviço: 05h às 18h

Tempo de viagem entre Jardim Oceânico e Golfe Olímpico: 20 minutos

*Serviço operante somente nos dias de competição de golfe. Nos dias de competição no Pontal, será estendido até a estação Gilka Machado.

Informações: Jornal do Brasil
READ MORE - No Rio, Dois serviços olímpicos do BRT são abertos

Em Goiânia, Prazo para fazer cadastro do Cartão Metrobus iniciou nesta segunda

Os usuários do transporte coletivo que desejam continuar pagando meia passagem no Eixo Anhanguera poderão fazer o cadastro para receber o Cartão Metrobus. O cadastro poderá ser feito pela internet, pelos sites www.segov.go.gov.br e www.juventude.go.gov.br ou pelo aplicativo Cartão Metrobus, disponível para todas as plataformas, e em qualquer unidade do Vapt Vupt.

O cadastro é gratuito. Para fazê-lo, os usuários deverão apresentar Carteira de Identidade, CPF, comprovante de endereço e uma foto 3x4. No caso do cadastro feito por meios eletrônicos, os documentos e a foto deverão ser scaneados.

De acordo com a Secretaria de Governo de Goiás (Segov), o cadastramento é permanente e não tem data para encerramento. No entanto, a partir de 23 de setembro já haverá alteração no pagamento da passagem no Eixo Anhanguera. Quem não tiver o Cartão Metrobus, pagará o valor total da passagem, R$ 3,70. Os que fizeram o Cartão, pagarão meia passagem, R$ 1,85.

Segundo o secretário de Governo, Tayrone Di Martino. O cartão ficará pronto em 15 dias e o usuário deverá escolher em qual unidade do Vapt Vupt irá pegá-lo. Além disso, o Cartão terá um limite de viagens.

“O limite pode ser de 60, 90 ou 120. A pessoa vai chegar lá e escolher. Se ela precisar de mais de 120 é preciso justificar para nós. Mas se ela pedir 120 e não utilizar, a gente vai conseguir rastrear”, explicou o secretário em coletiva para apresentação do Programa na última sexta-feira (15).

Usuários
A expectativa é de que 80 mil pessoas, no mínimo, façam o cadastro, uma vez que o número de pessoas que passam pelo Eixo Anhanguera é de 300 mil, mas os usuários que já possuem algum benefício não poderão fazer o Cartão Metrobus. Entre os beneficiários que deverão optar por um dos benefícios são os que possuem Passe Livre destinado a idosos, deficientes e crianças, Passe Livre Estudantil, Passe Escolar e Cartão Fácil.

“Tinha gente que estava utilizando o Cartão [Fácil] por duplicidade, ou seja, utilizada o Cartão tendo um benefício [vale-transporte cedido pelo empregador] e recebia outro benefício, que seria o social, do Estado. Então, a gente também vai acabar com essa duplicidade”, ressaltou o Tayrone Di Martino.

O objetivo da alteração é reorganizar o sistema para que o governo estadual tenha mais controle sobre o pagamento que faz ao Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de Goiânia (SET).

Informações: Diário de Goiás
READ MORE - Em Goiânia, Prazo para fazer cadastro do Cartão Metrobus iniciou nesta segunda

Avenida Recife ganha faixa exclusiva para ônibus nesta segunda-feira

domingo, 17 de julho de 2016

As linhas de ônibus da Região Metropolitana ganharão mais um corredor exclusivo. A partir da próxima segunda-feira (18), a Av. Recife, na Zona Sul da cidade, receberá, nos dois sentidos da via, a Faixa Azul da Prefeitura do Recife. 

No sentido Boa Viagem/IPSEP a faixa exclusiva se inicia na Rua Gonçalves de Magalhães e termina na Rua São Nicolau, e no sentido inverso, IPSEP/Boa Viagem, o início ocorre na Av. Dom Hélder Câmara e termina na Rua Gonçalves de Magalhães. Ao todo, 80 mil passageiros que utilizam as 28 linhas de ônibus que trafegam na avenida serão beneficiados. 

Confira abaixo as linhas que circularam pela Faixa Azul: 

040 - CDU/Boa Viagem/Caxangá  
060 - TI Tancredo Neves/TI Macaxeira  
102 - Ibura/TI Santa Luzia 
106 - Parque Aeronáutica/TI Santa Luzia  
110 - Ibura/IPSEP 
120 - IPSEP/Shopping Recife 
121 - Vila da Sudene 
122 - Vila do IPSEP 
123 - Três Carneiros Baixo/TI Tancredo Neves
124 - Vila do SESI/TI Tancredo Neves 
125 - Córrego da Gameleira/TI Tancredo Neves 
126 - UR-03/TI Tancredo Neves
132 - UR-02 (Ibura)/TI Tancredo Neves  
133 - Três Carneiros/TI Tancredo Neves  
134 - Lagoa Encantada/TI Tancredo Neves 
135 - UR-10/TI Tancredo Neves 
136 - UR-05/TI Tancredo Neves 
137 - UR-11/TI Tancredo Neves 
138 - Zumbi do Pacheco/TI Tancredo Neves 
141 - Jardim Monte Verde/TI Tancredo Neves 
142 - Alto Dois Carneiros/TI Tancredo Neves
143 - UR-06/TI Tancredo Neves 
144 - UR-04/TI Tancredo Neves 
190 - UR-11/IPSEP
214 - UR-02/Ibura (Opcional) 
360 - Totó/Boa Viagem  
370 - TI TIP/TI Aeroporto  
440 - CDU/Caxangá/Boa Viagem 

Informações: GRCT
READ MORE - Avenida Recife ganha faixa exclusiva para ônibus nesta segunda-feira

Metrô inaugura mais uma estação da Linha 4, no Rio

Da estação Antero de Quental ao Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, o tempo de viagem será de pouco mais de nove minutos. Já para ir ao Centro, o passageiro que sair do Leblon levará 23 minutos.

Com dois acessos na praça, um voltado para a Avenida Bartolomeu Mitre e outro para a Rua General Urquiza, ambos nas esquinas com a avenida Ataulfo de Paiva, a estação vai atender a cerca de 35 mil pessoas por dia, segundo demanda estimada.

A estação é acessível a pessoas com deficiência motora, sendo equipada com rampas e elevadores, inclusive até às plataformas de embarque e desembarque, além de piso tátil. A estação também conta com banheiros masculino e feminino na área pagante, que têm cabines adaptadas. 

Segundo o secretário estadual de Transportes Rodrigo Vieira a fase de testes termina nesta sexta-feira. A partir de agora, começa a fase de treinamento de pessoal, dos pilotos, que se estende até dia 31 de julho, sem passageiros. No dia 1º de agosto, os usuários já poderão começar a usar a Linha 4.

“Na Olimpíada, a operação vai ser com todas as estações abertas, no horário normal e com trens a cada oito minutos, para que possamos atender 11 mil passageiros por hora, por dia de serviço. Essa estação foi construída no coração da avenida, debaixo da Ataulfo de Paiva, e dos acessos na praça para a estação é muito rápido. E em cima da estação uma praça novinha, remodelada, que todos poderão usar”, destacou Vieira.

A praça ganhou novo projeto paisagístico será devolvida à população com árvores replantadas -  além do ipê roxo adotado pelo escritor Rubem Fonseca, uma das árvores preservadas durante as obras. Também tem novos brinquedos de madeira no parquinho infantil, inclusive um balanço adaptado a crianças com deficiência. O espaço dedicado à terceira idade conta com novos equipamentos. A praça ganhou bancos reformados e iluminação reforçada.

O destaque arquitetônico desta estação é o painel de azulejos coloridos homenageando o surfista carioca. O trabalho do arquiteto Urbano Iglesias colore uma parede de dez metros de largura por 3,10 metros de altura com tons de azul, branco, preto e laranja e pode ser observado na descida ao mezanino.

A partir de sábado as ruas do Leblon que estavam interditadas por causa das obras da Linha 4 do metrô vão ser liberadas ao trânsito. São vias importantes, como a Avenida Ataulfo de Paiva e a Avenida Borges de Medeiros, entre a Lagoa e a Avenida Delfim Moreira.

E com volta ao normal do corredor BRS na região, 31 linhas de ônibus vão ter mudanças no itinerário. Além disso, as ruas de Ipanema e Leblon que estavam com o sentido invertido também vão voltar ao que eram antes.

Informações: G1 RJ
READ MORE - Metrô inaugura mais uma estação da Linha 4, no Rio

Terminal de ônibus da Berrini começa a funcionar

A estação de transferência do corredor da Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, na Zona Sul de São Paulo, começou a funcionar neste sábado (16), quase sete meses após as obras terem sido concluídas.

Onze linhas vão servir a estação, sendo quatro com pontos finais e sete de passagem, incluindo uma do Noturno, distribuídas em três plataformas (veja lista abaixo). O local contará com bilheteria para recarga do Bilhete Único, sanitários masculino, feminino e para pessoas com deficiência, bicicletário e área administrativa.

No começo de junho, a Prefeitura de São Paulo decidiu refazer parte do terminal para permitir a entrada de ônibus articulados. Vias tiveram que ser alargadas para que os ônibus possam fazer curvas.

A SP Obras, que é da prefeitura, disse que a reforma é um pedido da SPTrans para atender adequações nas ilhas de embarque e desembarque e que os ônibus articulados não estavam previstos inicialmente. Diz ainda que não houve erro na execução do projeto.

Mesmo após a alteração desse detalhe, o terminal poderá começar a operar com serviços ainda não totalmente prontos. Quem anda pelas avenidas Chucri Zaidan e Roque Petroni Junior nesta sexta-feira (15), um dia antes da inauguração, encontra pinos ao longo das calçadas. Eles vão receber semáforos voltadas ao funcionamento dos ônibus.

Segundo o departamento de sinalização da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), esse serviço deverá acontecer até o final da madrugada. Outra mudança será em relação aos pontos de ônibus. Alguns deles estão abandonados e terão que ser retirados.

Veja as linhas que vão trafegar no terminal e outras que passam na região e sofrerão alterações:

Linhas com ponto no interior da Estação:
517J/10 Jd. Selma – E.T. Água Espraiada
607G/10 Metrô Conceição – E.T. Água Espraiada
607M/10 Term. Grajaú – E.T. Água Espraiada
7600/10 E.T. Água Espraiada – Estação Armênia
Linhas com ponto de passagem na Estação:
N633/11 Metrô Jabaquara – Morumbi Shopping (NOTURNO)
648P/10 Term. Capelinha – Term. Pinheiros
5154/10 Term. Santo Amaro – Term. Princesa Isabel
675N/10 Term. Santo Amaro – Metrô Ana Rosa
709P/10 Est. Santo Amaro/Av. Guido Caloi – Term. Pinheiros
677A/10 Term. Jardim Ângela – Metrô Ana Rosa
7710/10 Term. Guarapiranga – Metrô Ana Rosa
Linhas que atenderão o trecho da Rua Funchal do Corredor Berrini:

Também neste sábado as 10 linhas de ônibus que circulam pelo trecho do corredor da Rua Funchal, entre a Av. dos Bandeirantes e a Rua Gomes de Carvalho, passam a atender os novos pontos à esquerda. As linhas são as seguintes:
607C/10 Jardim Miriam – Itaim Bibi
607G/10 Metrô Conceição – E.T. Água Espraiada
648P/10 Term. Capelinha – Term. Pinheiros
675N/10 Term. Santo Amaro – Metrô Ana Rosa
677A/ Term. Jardim Ângela – Metrô Ana Rosa
709M/10 Term. Santo Amaro – Term. Pinheiros
709P/10 Est. Santo Amaro/Av. Guido Caloi – Term. Pinheiros
7245/10 Term. Santo Amaro – Hosp. Das Clínicas
7600/10 E.T. Água Espraiada – Estação Armênia
7710/10 Term. Guarapiranga – Metrô Ana Rosa

Novos itinerários
Para que as linhas pudessem acessar a nova Estação de Transferência, foi necessário realizar ajustes em alguns dos itinerários, detalhados abaixo:
517J/10 Jd Selma – E T Água Espraiada
Ponto Inicial: Sem alteração.
Ponto Final: Estação de Transferência Água Espraiada
Ida: Normal até a Rua Baltazar Fernandes, Av. Jurubatuba, Av. Morumbi, Lateral da Ponte do Morumbi, Avenida das Nações Unidas, Av. Jornalista Roberto Marinho, Acesso, Estação de Transferência Água Espraiada.
Volta: Estação de Transferência Água Espraiada, Acesso, Av. Jornalista Roberto Marinho, Av. Jurubatuba, R. Francisco Dias Velho, Av. Jurubatuba, prosseguindo normal.

607G/10
Metrô Conceição – E T Água Espraiada
Ponto Inicial: Sem alteração.
Ponto: Estação de Transferência Água Espraiada
Ida: Av. Leonardo da Vinci, R. Conduru, Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, Viad. Jabaquara, Av. Jabaquara, Av. Itacira, Al. dos Guaiós, Av. Indianópolis, Viad. República Árabe Síria, Av. Indianópolis, Al. dos Guaramomis, Av. Moema, Al. dos Maracatins, Av. Irai, Al. dos Jurupis, Av. Aratas, Ac. Acesso, Av. Rouxinol, Al. dos Arapanes, Av. Cotovia, R. Prof. Vahia De Abreu, R. Ribeirão Claro, R. Gomes de Carvalho, R. Funchal, Ac. Acesso A, Av. Eng. Luiz Carlos Berrini, Pça. José Anthero Guedes, Av. Dr. Chucri Zaidan, Av. João Doria, Avenida das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), Av. Jorn. Roberto Marinho (Av. Água Espraiada), Pça. José Anthero Guedes, Acesso, Estação de Transferência Água Espraiada.
Volta: Estação de Transferência Água Espraiada, Acesso, Av. Jorn. Roberto Marinho (Av. Água Espraiada), Av. Eng. Luiz Carlos Berrini, R. Ulisséia, R. Funchal, Av. Dr. Cardoso de Melo, Av. Sto. Amaro, Ac. Acesso A, Ac. Retorno (Av. Sto. Amaro), Av. Gil de Campos Sales, Av. Sto. Amaro, Av. dos Eucaliptos (Av. João Castaldi), Al. dos Arapanes, R. Jacira, Ac Acesso, Av. Carinas, Al. dos Pamaris, Av. dos Imares, Al. dos Nhambiquaras, Av. Indianópolis, Viad. República Árabe Síria, Av. Indianópolis, Av. Jabaquara, Viad. Jabaquara, Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, Ac. Acesso, Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, R. Conduru, Av. Leonardo da Vinci, Pça. Vítor Godinho, R. Domiciano Leite Ribeiro, Av. Leonardo Da Vinci. Ver mapa.

607M/10 Grajaú – E T Água Espraiada
Ponto inicial: Sem alteração
Ponto final: Estação de Transferência Água Espraiada
Ida: Normal até a Avenida Dr. Chucri Zaidan, Acesso e Estação de Transferência Água Espraiada.
Volta: Estação de Transferência Água Espraiada, Av. Jorn. Roberto Marinho e Av. Dr. Chucri Zaidan, prosseguindo normal. Ver mapa.

N633/11 Metrô Jabaquara – Shopping Morumbi
Sentido único: Normal até a Avenida Jornalista Roberto Marinho, Estação de Transferência Água Espraiada e Av. Dr. Chucri Zaidan, prosseguindo normal até a Rua Prof. José Leite Oiticica, Av. Dr. Chucri Zaidan, Acesso, Estação de Transferência Água Espraiada, Acesso e Av. Jornalista Roberto Marinho, prosseguindo normal.

7600/10 E T Água Espraiada – Estação Armênia
Ponto Inicial: Estação de Transferência Água Espraiada
Ponto Final: Sem alteração.       
Ida: Estação de Transferência Água Espraiada, Av. Jorn. Roberto Marinho, Av. Engº Luiz Carlos Berrini, prosseguindo normal.
Volta: Normal até a Av. Engº Luiz Carlos Berrini, Av. Jornalista Roberto Marinho, retorno sob a Ponte Octávio Frias de Oliveira, Av. Jornalista Roberto Marinho, Acesso, Estação de Transferência Água Espraiada.

Informações: G1 São Paulo
READ MORE - Terminal de ônibus da Berrini começa a funcionar

Prefeitura inaugura Transolímpica, primeira via expressa da cidade com BRT

domingo, 10 de julho de 2016

O prefeito Eduardo Paes inaugurou, neste sábado, um dos principais legados dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 para a mobilidade dos cariocas: a Transolímpica. A via expressa incorpora o sistema BRT e interliga os bairros Recreio dos Bandeirantes e Deodoro.

O BRT da Transolímpica é o terceiro corredor exclusivo para ônibus rápidos do Rio e o segundo a atravessar a cidade transversalmente, somando-se aos serviços BRT Transoeste e Transcarioca – em funcionamento desde 2012 e 2014, respectivamente. Juntos, os três corredores serão responsáveis pelo transporte de mais de meio milhão de pessoas por dia.

“Nosso sonho sempre foi tornar esta cidade mais integrada e mais justa. Com o BRT Transolímpica, uma importante parcela da população vai se deslocar com mais rapidez e conforto ganhando qualidade de vida no trajeto de casa para o trabalho. Essa foi uma das principais obras do legado olímpico”, comemorou o prefeito.

Na cerimônia, estiveram presentes o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, o Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, além do secretário executivo de governo do Rio, Rafael Picciani, e deputados federais como Carlos Lupi e Laura Carneiro.

O prefeito disse ainda que acredita que se o BRT não estiver aberto ao público no dia 22, seguinte as olimpíadas, fica aberto na mesma semana. “Tem algumas coisas provisórias que temos que ajeitar, mas acreditamos que na mesma semana conseguimos inaugurar”, disse.

BRT Transolímpica

O BRT Transolímpica funcionou de graça de 12 as 15h de ontem (9) e 10 às 15h de hoje. O serviço, depois disso, será aberto no dia 18 de julho para os que vão trabalhar nos Jogos. O BRT funcionará para o público em geral após os Jogos.

De acordo com a prefeitura, 12 ônibus do BRT estarão à disposição neste fim de semana para que a população conheça a via. Nesta operação especial de inauguração da Transolímpica, os passageiros só poderão embarcar e desembarcar no Terminal Paralímpico, no Recreio, na estação Marechal Fontenelle, e na estação São José de Magalhães Bastos, que tem integração com a Supervia. Não será permitido o desembarque de passageiros nas demais estações da via.

Até o começo dos Jogos Olímpicos do Rio, em 5 de agosto, a Transolímpica ficará fechada pra treinamento dos motoristas do BRT. Durante a Olimpíada, somente poderá embarcar no BRT do novo corredor quem possuir o cartão Riocard Olímpico. A via, por sua vez, será de uso exclusivo da família olímpica – contingente de atletas, profissionais e turistas relacionados aos jogos. A Transolímpica só será aberta à população em geral no dia 22 de agosto.

Informações: Manchete Online
READ MORE - Prefeitura inaugura Transolímpica, primeira via expressa da cidade com BRT

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960