Com ou sem greve, ônibus circulam lotados no Grande Recife

quarta-feira, 5 de agosto de 2015

O alerta de paralisação dos rodoviários não se confirmou na manhã desta quarta-feira (5). Mesmo assim, os transtornos para os usuários do transporte coletivo na Região Metropolitana do Recife continuaram os mesmos: superlotação, desconforto e atrasos.
Foto: Ana Maria Miranda/NE10
A paralisação desta manhã havia sido convocada pela oposição ao sindicato que representa a categoria, liderada pelo ex-rodoviário Aldo Lima. O ato, anunciado nessa terça (4), foi mantido apesar da ameaça da entidade patronal, Urbana-PE, de ação judicial contra os trabalhadores. No entanto, ao chegarem às garagens e se depararem com muitos carros da Polícia Militar, motoristas e cobradores desistiram da mobilização.

Carros do Batalhão de Choque estavam na Pedrosa, em Nova Descoberta, na Zona Norte, por exemplo. "Não vou levar a categoria ao confronto sem necessidade", afirmou Aldo Lima. De acordo com a Polícia Militar, a operação teve o objetivo de garantir a tranquilidade na saída dos ônibus.

Apesar da decisão desta quarta, a oposição não descarta novos protestos nos próximos dias. Já nesta manhã, dois ônibus pararam na Avenida Castelo Branco, em Ouro Preto, Olinda, na Região Metropolitana. "A categoria está revoltada com o que aconteceu mais cedo. A nossa orientação (que é a mesma que a do sindicato) é de não haver paralisação hoje, mas não podemos controlar", explicou o líder da oposição sindical.

PROTESTO - A mobilização é contra a decisão do do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de suspender o reajuste concedido à categoria no julgamento do dissídio coletivo, há duas semanas, de 12% nos salários e 59,57% no tícket alimentação. Com a determinação federal, que é provisória e ainda aguarda julgamento, o aumento ficou para 9% nos dois itens. O Urbana-PE pediu à Justiça a redução do aumento sob alegação de que não poderia arcar com a despesa.

Informações: NE 10

READ MORE - Com ou sem greve, ônibus circulam lotados no Grande Recife

Levantamento mostra as 10 linhas com mais reclamações em São Paulo

Um levantamento do site “Fiquem Sabendo” apontou as 10 linhas com maior número de reclamações a cidade de São Paulo entre os meses de Abril e Junho deste ano.

Encabeça a lista a Linha 574J, que liga o Metrô Conceição até o Terminal Vila Carrão, operada pela Via Sul, que corta os bairros do Jabaquara, Vila das Merces, Sacomã, Ipiranga, Vila Prudente e Vila Formosa. “É uma linha que faz um trajeto longo, que chega a levar duas horas e meia durante o horário de pico. Como alguns ônibus ficam presos no trânsito, é comum formar comboio, que é quando um coletivo fica atrás do outro” – disse um funcionário da Via Sul ao portal.

Em segundo lugar aparece a Linha 9032, que liga o Jardim Damasceno ao Terminal Vila Nova Cachoeirinha. Em terceiro aparece a linha 917H (Terminal Pirituba/Metrô Vila Mariana).

O levantamento aponta ainda que seis das dez linhas com mais reclamações no segundo trimestre cortam bairros da zona leste. Confira lista completa da tabela extraída do site:

Queda no número de reclamações

A publicação da conta ainda de que caiu o número de queixas no sistema paulistano de ônibus, com queda de 36,3% nas reclamações entre janeiro e junho de 2015, comparando com o mesmo período de 2014″. “Vale destacar que, entre 2013 e 2014, já havia sido constatada redução no número de queixas, passando de 120.107 para 67.488, ou seja, 43,8%.” – diz nota da SPTrans ao site.

READ MORE - Levantamento mostra as 10 linhas com mais reclamações em São Paulo

Teresina licita 34 estações de passageiros como parte do projeto de mobilidade urbana

A Prefeitura de Teresina vai realizar nos próximos dias licitações para a construção de 34 estações de passageiros. Esse projeto está incluso nas obras de construção dos corredores exclusivos para ônibus, com o objetivo de promover a mobilidade urbana.

“As 34 estações de passageiros estão inclusas dentro das obras dos corredores da Barão de Gurgueia e da Miguel Rosa. Por isso, conforme sejam executadas as construções dos corredores, Teresina ganhará muito mais estações. A maior preocupação é oferecer conforto aos usuários do transporte público, começando desde a estação, que é ampla, protegida do sol e climatizada, até o trajeto do ônibus, que vai ser mais rápido por conta dos corredores exclusivos”, avalia José João Braga, secretário executivo de Captação de Recursos e Monitoramento da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN).


As novas estações serão climatizadas e vão contar com portas automáticas, fechamento em vidro, forro de gesso e piso granilite. Cada estação de passageiro terá aproximadamente 500 metros de distância uma das outras.

O corredor exclusivo da Avenida Miguel Rosa terá 7,74 km de extensão e contará com 22 estações de passageiros. Essa obra está orçada em R$ 13.826.508,04 e o processo licitatório está marcado para o próximo dia 14. Já o corredor exclusivo para ônibus da Avenida Barão de Gurgueia terá 5,5 km de extensão e contará com 12 estações de passageiros. A obra deverá ser licitada no início de setembro e está orçada em R$12.655.229,33.

Ambas as obras serão executadas com recursos do Programa de Financiamento das Contrapartidas do Programa de Aceleração do Crescimento (CPAC) e a previsão para conclusão é de 12 meses cada, a contar da assinatura da ordem de serviço.

“As estações de passageiros terão de 3m a 3,5m de largura, por 30m a 45m de comprimento, dependendo da quantidade de passageiros. Nós fizemos um estudo antes de apresentar esse projeto, contendo todos esses detalhes. Por isso algumas ficarão mais próximas e maiores a fim de atender toda a demanda de passageiros com conforto e segurança”, finaliza José João Braga.

Informações: Capital Teresina
READ MORE - Teresina licita 34 estações de passageiros como parte do projeto de mobilidade urbana

Confira imagens do interior do novo trem da CPTM

Após um mês de chegada do primeiro de um lote de 65 composições que a CPTM adquiriu para substituir trens antigos, imagens da nova composição circulam em grupos de discussão no facebook, e no fórum Skyscrapercity. O trem fabricado pela Caf chegou em São Paulo no ultimo dia 4 de julho.

Nas imagens compartilhadas na página “Funcionário CPTM“, é possível ver as diferenças do salão na composição em relação as demais séries já em operação, como os modelos dos assentos.  Segundo a CPTM, todas as linhas devem receber os novos trens.

Dos 65 trens novos, 35 estão sendo produzidos pela Caf em Hortolândia, e outros 30 pela Hyundai Rotem. A CPTM não apresentou oficialmente o novo trem. Veja as imagens:

Informações: Portal Via Trolebus

Leia também sobre:
READ MORE - Confira imagens do interior do novo trem da CPTM

Metrô de Salvador começa a cobrar tarifa em outubro

O secretário de Desenvolvimento Urbano da Bahia, Carlos Martins, confirmou, nesta segunda-feira, 3, que o metrô de Salvador entrará em operação comercial (com cobrança de tarifa) no mês de outubro.

O início da nova fase de operação, segundo Martins, está condicionado à inauguração da Estação Pirajá do sistema metroviário - marcada para setembro, de acordo com a CCR Metrô Bahia, concessionária do modal de transporte urbano.

Sem valor de tarifa definido para as integrações urbanas e metropolitanas, pelo menos uma decisão já foi tomada, segundo a assessoria de comunicação da Sedur: os ônibus que saem das cidades da Grande Salvador para a capital terão a Estação Retiro como destino final. A partir dali o passageiro terá que usar o modal sobre trilhos para seguir caminho.

O que não está definido é o valor da tarifa nem quanto custará a integração com os ônibus de Salvador e dos municípios vizinhos.

Pontos sensíveis
Apesar de dizer que "a cobrança do metrô não precisa da prefeitura", o secretário Carlos Martins garantiu, via assessoria, que "o governo trabalha apenas com a possibilidade de um acordo pleno, que envolva a prefeitura municipal de Salvador".

Ele descarta, portanto, o uso de ônibus da CCR para promover a integração. Essa possibilidade está prevista no contrato que transferiu o metrô da prefeitura para o governo estadual e chegou a ser cogitada na gestão do ex-governador Jaques Wagner, quando Manuel Ribeiro ocupou o lugar de Martins.

"Nós só precisamos de um acordo com as  empresas de ônibus. Com os [empresários] metropolitanos já estamos fechando um acordo. E agora estamos discutindo com os ônibus urbanos", explicou o atual secretário.

Por Yuri Silva e Luan Santos
READ MORE - Metrô de Salvador começa a cobrar tarifa em outubro

Túnel do BRT Transolímpica é totalmente perfurado na zona oeste do Rio

Um dos túneis do BRT Transolímpica terminou de ser perfurado nesta terça-feira (4), no Maciço da Pedra Branca, galeria Engenho Velho, sentido Jacarepaguá, zona oeste do Rio. O governador Luiz Fernando Pezão, o prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, estiveram presentes na última detonação. São mais de 3 km de travessia. No total, foram 350 m³ de rocha escavados, o que equivale a 32 mil caçambas de caminhão.

Este material será reutilizado como aterro nas obras de urbanização para adequação das pistas do BRT. A previsão é de sejam consumidos 500 mil kg de explosivos durante toda a perfuração.

O terceiro BRT da cidade ligará o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro, passando por Barra da Tijuca, Curicica, Colônia Juliano Moreira, Taquara, Jardim Sulacap, Vila Militar e Magalhães Bastos. O tempo de viagem deve ser reduzido em 60%: de duas horas e meia para 30 minutos. A previsão é de que 70 mil passageiros sejam beneficiados, com 55 mil veículos por dia.

A implantação do corredor expresso será uma opção alternativa à estrada do Catonho. O BRT será interligado com as outras duas linhas já construídas: a Transoeste e a Transcarioca. 

Informações: R7.com
READ MORE - Túnel do BRT Transolímpica é totalmente perfurado na zona oeste do Rio

EMTU suspende viagens teste do VLT por tempo indeterminado

As viagens teste do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) entre as cidades de Santos e São Vicente, ambas no litoral de São Paulo, estão suspensas desde a manhã desta segunda-feira (3) por tempo indeterminado.

A interrupção no serviço é motivada pela paralisação dos agentes de trânsito, que são  vinculados à secretaria municipal de Transportes de São Vicente. Segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), estão suspensas as viagens entre as estações Pinheiro Machado, em Santos e a Mascarenha de Moraes, em São Vicente até que a situação seja normalizada.

A companhia informou por meio de nota que os agentes são responsáveis pelo apoio à organização do trânsito, além de ajudar na orientação dos pedestres nos cruzamentos por onde o VLT circula.

READ MORE - EMTU suspende viagens teste do VLT por tempo indeterminado

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960