Novas composições do metrô de BH já deveria estar nos trilhos

domingo, 26 de julho de 2015

O metrô de Belo Horizonte deveria operar, no mês que vem, com uma capacidade ampliada de 50% no volume de passageiros, ou seja, dos 220 mil ao dia para 340 mil. Pelo cronograma de aquisição de dez novos trens, anunciado pelo governo federal em novembro passado, todos estariam nos trilhos em agosto. Até agora, porém, não transportaram ninguém.
Lucas Prates/Hoje em Dia
Um investimento de R$ 171,9 milhões destinado a desafogar o sistema, mas que ainda não resultou em benefícios. Os veículos, adquiridos de uma empresa espanhola e montados em São Paulo, estão estacionados nos pátios de manutenção das estações São Gabriel e Eldorado. 

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) argumenta que as composições estão em teste e insiste em dizer que o processo segue dentro do programado. No entanto, quando a suplementação da frota foi anunciada, a promessa era colocar as composições em operação da seguinte forma: uma em janeiro, uma em março, uma em abril, duas em maio, duas em junho, duas em julho e a última em agosto.

Enquanto isso, passageiros se espremem nos vagões de composições antigas, com mais de 30 anos de uso, principalmente nos horários de pico. Fora o desconforto: quanto mais cheio, mais quente. Os trens não têm ar-condicionado. 

“A sensação é que estamos em um forno. Não tem passagem de ar, e o aperto é grande”, diz a auxiliar administrativa Patrícia Mourão, de 26 anos.

De acordo com a assessoria de imprensa da CBTU, que não disponibilizou nenhum técnico para explicar a demora na instalação dos novos vagões, as composições passam por testes de comissionamento, obrigatórios antes da entrada em operação. 

Segurança

Nos testes, são verificados sistemas de freios, conjuntos pneumáticos, portas, iluminação, performance, informações ao passageiros, dentre outras especificações técnicas. Agora, em uma nova estimativa, a CBTU pretende colocar as composições em atividade “no segundo semestre deste ano, de forma gradativa”, mas não especifica datas.

Para o Sindicato dos Metroviários (Sindimetro), a demora é resultado de falha no cronograma. “Os testes são imprescindíveis para que o novo dispositivo comece a operar. Isso requer tempo para que os ajustes necessários sejam feitos de forma a garantir a segurança de usuários e funcionários”, explica o vice-presidente Romeu José Machado Neto. 

Além de mais modernas, as novas composições têm ar-condicionado e vagões integrados. Painéis eletrônicos informam aos passageiros o nome da estação que se aproxima.

Os veículos têm, ainda, tecnologias sustentáveis, como iluminação por LED, mais econômica e durável que a convencional. 

READ MORE - Novas composições do metrô de BH já deveria estar nos trilhos

Grande Recife: Linhas do BRT Norte/Sul passam a operar de forma semi-expressas

A partir deste sábado (25), os usuários que utilizam as linhas 1915 – TI PE-15 (Dantas Barreto) e 1979 – TI Pelópidas (Dantas Barreto), do Corredor Via Livre Norte/Sul, chegarão mais rápido a seus destinos. É que essas duas linhas passarão a operar de forma semi-expressa, diminuindo o tempo de viagem dos passageiros. 

A operação funcionará da seguinte maneira: As linhas seguirão expressas a partir do TI PE-15 até a Estação Tacaruna, ou seja, deixarão de atender as estações em funcionamento Bultrins, Quartel, Sítio Histórico, Mathias de Albuquerque e Kennedy. A mudança acontecerá tanto no sentido subúrbio/cidade quanto no cidade/subúrbio.

É importante lembrar que as demais estações do corredor continuarão sendo atendidas normalmente por essas linhas. 

Para mais informações os usuários dispõem da Central de Atendimento ao Cliente no número 0800.081.0158. 

Informações: GRCT

READ MORE - Grande Recife: Linhas do BRT Norte/Sul passam a operar de forma semi-expressas

Prefeitura de Maceió publica edital do transporte público nesta segunda

A Prefeitura de Maceió publica segunda-feira (27), no Diário Oficial do Município, o Edital de Licitação do Transporte Público Coletivo, que vai regulamentar o sistema de transporte público da capital. Para esclarecer o que estabelece o edital, o prefeito Rui Palmeira, acompanhado do superintendente Municipal de Transportes e Trânsito, Tácio Melo, e do secretário Municipal de Governo, Ricardo Wanderley, concede entrevista à imprensa a partir das 9h no Salão Água Viva do Hotel Ponta Verde.
Foto: Adailson Calheiros - Tribuna Hoje

A publicação do edital, inédita na administração maceioense, tornará públicas as condições de participação de empresas no sistema de transporte público municipal, informando também o cronograma das outras etapas do processo, como os períodos de entrega, apresentação e análise de propostas.

Para o prefeito Rui Palmeira, a publicação do edital marca a implantação de um modelo mais eficiente de gestão do transporte público em Maceió. “As empresas terão metas a cumprir para assegurar a qualidade do serviço, conforme as condições estabelecidas no edital, que serão fiscalizadas pela SMTT. O sistema será redimensionado, com a oferta de novas linhas para atender ao crescimento da cidade e haverá renovação da frota, com pelo menos 20% de carros zero quilômetro ao final do primeiro ano de operações. Considerando a frota atual, de 700 ônibus, isso representa 140 novos veículos já no primeiro ano de implantação do sistema”, informa o prefeito.

A acessibilidade e a integração temporal unidirecional estão entre os principais benefícios para os usuários do transporte coletivo. “O edital estabelece 100% de acessibilidade e implantação da integração temporal, que permite a troca de ônibus sem pagamento de nova tarifa, no período de uma hora e meia, feito na mesma direção, em qualquer ponto de ônibus. Hoje isso é permitido apenas nos terminais Benedito Bentes, Colina e Rotary. Com o novo modelo, a integração poderá ser feita em qualquer ponto, seguindo os critérios de tempo e direção estabelecidos no edital”, explica Rui.

De acordo com o presidente da Comissão de Licitação, Jorge Bezerra, o edital a ser lançado vem precedido da primeira etapa do processo licitatório, realizado conforme a Lei nº 8.666/93, que rege as licitações. A fase inicial, já concluída, inclui estudo técnico, pesquisa de origem e destino realizada pelo Governo do Estado e consultas realizadas através de seis audiências públicas.

O superintendente do órgão, Tácio Melo, explica que além de ajudar na construção do edital, as audiências tiveram um papel importante no planejamento de ações para o período posterior ao processo licitatório. “Foi a partir do que recebemos durante as duas primeiras audiências e por e-mail, no período de uma semana após cada uma, que atendemos demandas que se mostravam urgentes”, avalia.

Dentre as principais medidas tomadas pelo órgão para atender as demandas apresentadas durante e após a audiência pública de 2014, destacam-se a implantação da faixa exclusiva para ônibus nas partes baixa e alta da cidade, a sincronização de semáforos, a colocação de abrigos, construção e revitalização de terminais de ônibus.

“Identificamos que algumas solicitações da população já poderiam ser resolvidas antes da conclusão da licitação, como por exemplo, o acréscimo de trinta veículos novos à frota da cidade e Maceió tornou-se uma das poucas capitais brasileiras a ter todos os ônibus com GPS”, detalhou Tácio Melo.

Informações: Tribuna Hoje
READ MORE - Prefeitura de Maceió publica edital do transporte público nesta segunda

Em São José dos Campos, Implantação de novo corredor de ônibus é adiado para o dia 16 de agosto

Antes previsto para segunda-feira (27), o início do funcionamento dos corredores de ônibus na Avenida dos Astronautas, na zona sudeste de São José dos Campos, foi adiado para o dia 16 de agosto.
Foto: Carlos Santos/G1

De acordo com a prefeitura, em um dos trechos da via, que dá acesso ao bairro Jardim Uirá, existem três postes de energia elétrica que precisam ser retirados antes das faixas entrarem em funcionamento. “Por se tratar de rede primária, essa remoção exige o agendamento prévio, o que impossibilitou a retirada no prazo”, justifica a prefeitura.

Além das faixas exclusivas e preferenciais, a avenida dos Astronautas receberá uma faixa extra para facilitar o fluxo de veículos no acesso ao Jardim Uirá, e o ponto de ônibus que dificultava o acesso ao Jardim Souto foi deslocado para uma baia na avenida.

A prefeitura acredita que as mudanças melhorem a fluidez no trânsito e o acesso ao transporte público dos moradores dos bairros do Jardim da Granja, Jardim Uirá, Jardim Souto e região. Também estão em projeto a readequação de linhas e horários de coletivos na área.

A via recebe um fluxo de 40 mil veículos diariamente e, de acordo com a prefeitura, grande parte desta demanda é formada pelo transporte coletivo, que atende a mais de 35 mil trabalhadores nas empresas e instituições instaladas na região, como Embraer, Aeroporto e o Inpe.

Faixa exclusiva e preferencial
O corredor na zona sudeste da cidade é o primeiro a ser planejado fora da região central e, diferente dos implantados anteriormente, funcionará somente em horários de pico. O sentido bairro da avenida dos Astronautas terá faixa exclusiva de segunda a sexta-feira das 6h às 8h e das 16h às 18h. Nestes dois períodos poderão circular no corredor somente os veículos do transporte público e ônibus fretados. Os demais veículos poderão utilizar a faixa apenas para realizar conversões ou acessar estacionamentos e garagens.

Já no sentido centro da avenida, inicialmente será implantado o corredor preferencial para que seja avaliado o desempenho dos ônibus na via. A faixa preferencial pode ser utilizada por todos, desde que respeitada a preferência ao transporte de passageiros. Na Avenida Brigadeiro Faria Lima, que se conecta com a Astronautas, também serão implantadas faixas preferenciais nos dois sentidos da via.

O governo municipal salientou que as avenidas serão sinalizadas e placas com os horários de funcionamento do corredor serão instaladas para orientar os motoristas. A faixa azul contínua será utilizada para sinalizar a faixa exclusiva e a linha azul seccionada para indicar as faixas preferenciais.

Informações: G1 Vale do Paraíba e Região
READ MORE - Em São José dos Campos, Implantação de novo corredor de ônibus é adiado para o dia 16 de agosto

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960