Prefeitura do Rio quer incentivar uso da bicicleta no trajeto para o trabalho

segunda-feira, 4 de maio de 2015

A bicicleta pode ser o meio mais rápido de chegar ao trabalho e uma solução para escapar dos congestionamentos. Para incentivar mais pessoas a aderir à prática, uma série de ações de estímulo ao uso da biciicleta como meio de transporte marcará o Dia Mundial de Bicicleta ao Trabalho, na sexta-feira (8), no Rio de Janeiro.

A ideia é buscar alternativas para os problemas de mobilidade, que, além de melhorar o trânsito, promovem mais qualidade de vida.

As atividades fazem parte de uma agenda mundial, que se repetirá em várias cidades brasileiras. No Rio, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, as organizações não governamentais Bike Anjo e Escola de Pedal promovem, a partir de hoje (4), palestras com dicas destinadas àqueles que querem ganhar confiança para enfrentar as movimentadas avenidas da cidade.

“O primeiro passo para ir de bicicleta ao trabalho é escolher uma rota. O ciclista tem de pegar vias menos movimentadas. Ou seja, escolher um roteiro para conquistar segurança”, orientou Ana Luiza Carboni, da Bike Anjo. Segundo ela, é preciso saber um pouco de direção defensiva.

“O ciclista deve ser assertivo, se impor na pista [e não ficar acuado no canto], gesticular e se comunicar com os demais motoristas”, acrescentou.

Para Ana Luiza, a desculpa de não ter vestiário ou bicicletário na empresa não deve impedir ninguém de andar de bicicleta. Como solução para evitar o suor excessivo no trajeto, no caso do Rio, ela sugere pedaladas mais lentas ou o conforto de um estacionamento pago.

Entusiasta das bicicletas, o secretário de Meio Ambiente, Altamirando Fernandes Moraes, que recentemente inaugurou, na sede administrativa da prefeitura, uma estrutura para que os ciclistas tomem banho e troquem de roupa, informou que tem ampliado ciclovias e estações onde é possível alugar uma bicicleta. O desafio é a integração com trens e o metrô, que ainda não permitem passageiros com bicicletas no horário comercial.

“A parceria com a Supervia [empresa que administra os trens] é muito boa. Temos vagas para bicicletas e local para encher pneus. A parceria foi muito boa. Aos sábados e domingos, está liberado o transporte de bicicletas nos trens. No metrô, a liberação inclui sábados, domingos e [o período] após 21h, o que é um avanço”, destacou Altamirando.

Quem usa a bicicleta de casa para o trabalho garante que a prática revigora. Antônio Nunes, consultor de informática, disse que não perde mais tempo procurando vagas e não tem mais o mesmo estresse no trânsito. “Os ônibus, táxis e motos ainda não se acostumaram às bicicletas, mas eles não têm outra opção a não ser nos aceitar”, explicou. “Quanto mais pessoas usando bicicletas por toda a cidade, mais os ciclistas serão notados e respeitados”, completou Nunes.

Para o secretário Altamirando Fernandes, a convivência respeitosa é a única solução para o trânsito. “Não teremos ciclovias em todas as ruas. Temos de baixar a velocidade [dos carros], como fizemos em Copacabana [para 30 quilômetros por hora nas ruas principais]. A bicicleta anda na pista e o carro espera o melhor momento para ultrapassar.”

Por Isabela Vieira
Informações: Agência Brasil

READ MORE - Prefeitura do Rio quer incentivar uso da bicicleta no trajeto para o trabalho

Transporte coletivo de Florianópolis circula com novos horários

A partir desta segunda-feira (4), haverá ajuste no quadro de horários de quinze linhas do transporte coletivo e executivo de Florianópolis.

Devido às interferências no trânsito, algumas mudanças tiveram de ser feitas para que as integrações pudessem ser realizadas, não prejudicando os usuários.

Confira:

154 – UFSC Semidireto / Sul

Dias úteis
Saída TICEN
Exclusão do horário de 11h30

162 – Saco dos Limões

Dias úteis
Saída TICEN
O horário de 08h30 passa para 08:35
O horário de 12h30 passa para 12:35
O horário de 13h30 passa para 13:35
O horário de 14h30 passa para 14:35
O horário de 16h30 passa para 16:35

185 – UFSC Semidireto

Dias úteis
Saída TICEN
Inclusão do horário de 11h28
O horário de 11h15 passa para 11h12
O horário de 11h25D passa para 11h20D
O horário de 11h45 passa para 11h44
O horário de 11h55 passa para 11h54

267 – Rio Vermelho

Dias úteis
Saída TICAN
O horário de 11h20D para 11h15D
D = Horário veículo adaptado

D267 – Rio Vermelho Direto

Dias úteis
Saída Bairro
O horário de 11:55 para 11:50

320 – Lagoa da Conceição Semidireto

Dias úteis
Saída TILAG
Dias úteis
O horário de 13h25D passa para 13h27D
D = Horário veículo adaptado

333 – TITRI/TILAG

Dias úteis
Saída TILAG
O horário de 13h27 passa para 13h25

469 – Tapera Rio Tavares

Dias úteis
Saída TIRIO/TIRIO
O horário de 05h25 passa para 05h20

661 – Balneário

Sábado
Saída TICEN
O horário de 12h10 passa para 12h15

760 – Morro do Geraldo

Dias úteis
Saída TICEN
O horário de 07h19 passa para 07h15

840 – Canasvieiras Lagoa da Conceição

Dias Úteis
Saída TICAN
O horário de 11h15 passa para 11h35

Saída TILAG
O horário de 18h45 passa para 19h

Sábado
Saída TILAG
O horário de 12h40 passa para 12h45

Domingo ou feriado
Saída TILAG
O horário de 12h40 passa para 12h45

842 – Canasvieiras / Lagoa

Dias úteis
Saída TILAG
O horário de 11: 25 para 11:40
Saída TICAN
O horário de 12:45 para 13:15

1120 – Executivo Canasvieiras

Dias úteis
Saída Bairro
O horário de 07h para 06h50

2124 – Executivo Sambaqui

Dias úteis
Saída Terminal Cidade Florianópolis
O horário de 14h passa para 14h10 

4124 – Executivo Caieira da Barra do Sul via Tapera

Dias úteis
Saída Bairro
O horário de 12h passa para 11h50

Informações: Floripa Notícias

READ MORE - Transporte coletivo de Florianópolis circula com novos horários

Em Salvador, paralisação de ônibus é suspensa após acordo

Rodoviários, empresários e representantes da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) entraram em acordo durante reunião realizada na tarde desta segunda-feira (4), em Salvador. Com isso, a paralisação de 24 horas de motoristas e cobradores, prevista para esta terça-feira (5) em diversas cidades da Bahia, foi suspensa.

O encontro, que também contou com representantes da Associação das Empresas de Transportes Coletivos do Estado da Bahia (Abemtro), discutiu, entre outros pontos, a questão da licitação da integração com o metrô da capital e a segurança de motoristas e cobradores da capital e da região metropolitana.

O Sindicato dos Rodoviários da Bahia informou que a Agerba garantiu que, por enquanto, não haverá licitação no setor de transporte metropolitano e que, se houver, futuramente, nenhum trabalhador será desempregado.
"Fizemos acordo e a Agerba se comprometeu em nao fazer nenhuma licitação na área da RMS. Não havendo licitação, ficam garantidos os postos de trabalho e, sendo assim, a paralisação de amanhã [terça] foi suspensa", garantiu, em contato com o G1.

"Além disso, caso alguma empresa por acaso deixe de operar em alguma linha de ônibus, a empresa que assumir a linha vai absorver 100% dos trabalhadores para que eles nao fiquem sem trabalho. Definido isso, a gente agora vai tratar da nossa campanha salarial", informou. Conforme Hélio, a assembleia marcada para esta quinta-feira (7) está mantida.

Segundo o adimintrador-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários da Região Metropolitana de Salvadir (Sindimetro), Mario Cléber Costa, também ficou acordado a intensificação de blitze para coibir os transportes clandestinos operados por cooperativas e associações sem concessões.

"Com relaçao à segurança, ficou definido que as blitze serão intensificadas em Lauro de Freitas e Simões Filho, e ampliadas para as cidades da Camaçari, Dias D'Ávila e Alagoinhas. Também será criado bilhete único com sistema de metrô e o Integra Salvador, para não haver corte de trabalhos. Além disso, a relocação de 100% de profissionais de empresas que desistam de fazer determinada linha deverá ser obrigatório em qualquer licitação" afirmou.

A assessoria de comunicação da Agerba foi procurada pelo G1 nesta segunda para falar sobre o resultado da reunião, mas informou que só poderia enviar informações sobre o encontro nesta terça-feira (4).

Informações: G1 BA

READ MORE - Em Salvador, paralisação de ônibus é suspensa após acordo

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960