VLT de São Vicente começa a operar em caráter de testes

segunda-feira, 27 de abril de 2015

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) inicia nesta segunda-feira (27), em São Vicente, uma operação teste do sistema de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT). Embora em trajeto curto, a operação é importante para ajustes e será das 13 às 16h, de segunda a sexta-feira, sem cobrança de tarifa.

A ação, denominada Operação Precursora pela EMTU, será entre as estações Mascarenhas de Moraes e João Ribeiro, com aproximadamente seis quilômetros, atravessando os bairros de Cidade Náutica, Catiapoã, Centro e Itararé. Segundo a empresa ligada ao Governo do Estado, cerca de 90% dos trabalhos estão concluídos em São Vicente.

A Secretaria de Transportes (Setrans) providenciou a instalação de várias faixas de sinalização ao longo do trajeto, de forma a orientar usuários, pedestres e motoristas.

Santos

Já na parte de Santos, a EMTU estima que ainda este mês serão concluídos os trabalhos de construção das estações Nossa Senhora de Lourdes (perto da Rua Santa Catarina, no José Menino), Pinheiro Machado (Canal 1) e Porto.

Impasse

As obras de implantação deste modal só não avançam mais por problemas judiciais. O Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (Gaema) do Ministério Público do Estado de São Paulo questiona na Justiça o traçado do VLT em um trecho de dois quilômetros na Avenida Francisco Glicério, nas imediações do Mendes Convention Center.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) deferiu uma liminar paralisando os trabalhos desde o dia 13 do mês passado. Dez dias depois, a EMTU, responsável pela implantação do VLT, entrou com recurso para poder continuar os trabalhos — mas ainda aguarda resposta da Justiça.

Segurança

A circulação de um veículo de características operacionais inéditas em cidades brasileiras exigiu da EMTU/SP cuidados especiais com a segurança dos usuários e moradores dos bairros ao longo do trajeto, além da orientação necessária aos motoristas dos veículos que trafegam pela região.

Faixas serão colocadas em 10 cruzamentos ao longo do trecho de operação do VLT e também próximo às sete estações, com os dizeres ATENÇÃO AO CRUZAR A VIA e ACESSO À PLATAFORMA SOMENTE NO LOCAL INDICADO. Folhetos serão distribuídos à população com informações sobre a Operação Precursora e procedimentos de segurança recomendados ao acessar as plataformas e cruzar a via por onde circulará o VLT.

Sete fiscais da Regional da EMTU/SP na Baixada Santista estarão distribuídos nas estações. Outros dois fiscais circularão de carro pelo trecho durante o horário da Operação Precursora. Ao mesmo tempo, agentes de trânsito da Prefeitura de São Vicente darão apoio à operação, principalmente nos cruzamentos, para organização do tráfego e orientação dos pedestres. 

READ MORE - VLT de São Vicente começa a operar em caráter de testes

Motoristas e cobradores de ônibus anunciam paralisaçao em Cascável

O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo Urbano de Cascavel (Sinttracovel) anunciou, nesta segunda-feira (27), que está prevista a paralisaçao dos serviços na próxima semana. O estado de greve já foi protocolado pelo sindicato , que aguarda o comunicado oficial para a empresas Pioneira e Capital do Oeste.

Motoristas e cobradores só poderão cruzar os braços no 72 horas após as empresas receberem notificação de um oficial da justiça. Então, devido ao final de semana e feriado, a paralisação deve iniciar logo na próxima segunda-feira (04).

Os trabalhadores protestam contra a lei para bilhetagem exclusivamente eletrônica, que acaba com a necessidade de cobradores nos ônibus da cidade. O sistema eletrônico, que em Cascavel funciona desde 2008, hoje é responsável por 65% das passagens do transporte coletivo. Em breve, chegará a 100%.

READ MORE - Motoristas e cobradores de ônibus anunciam paralisaçao em Cascável

Em Aracaju, Empresas de ônibus firmam parceria com SMTT para reforma dos terminais

As empresas do transporte público da capital e região metropolitana firmaram uma parceria com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) e iniciaram a reforma dos terminais de integração. “A medida, que visa agilizar o desenvolvimento de uma melhor estrutura, principalmente, nos banheiros, para atender aos usuários do transporte e aos trabalhadores rodoviários, já tem data de conclusão de cada etapa para os próximos meses”, informa o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp), Alberto Almeida.

Segundo ele, a reforma deve contar com reestruturação e pintura, sinalização com placas de itinerário e outras informações, sistematização da catraca para acesso rápido, e, em alguns terminais, instalação de câmeras de segurança e disciplinadores de filas. No cronograma está prevista a conclusão da primeira etapa da reforma do Terminal DIA na última semana de maio. A etapa final está marcada para o início de julho. Já as reformas dos Terminais Maracaju e Fernando Sávio serão concluídas até o final de maio, e a do Terminal Atalaia na segunda semana de junho.

A reforma está sendo acompanhada pelo Setransp e também pela Associação dos Trabalhadores Ambulantes dos Terminais de Integração, já que a criação de locais apropriados para o comércio no local também está incluído no planejamento.

“A melhoria do transporte público e, consequentemente, da mobilidade urbana, passa pela melhoria na estrutura dos terminais de integração. A participação da Associação dos Trabalhadores Ambulantes dos Terminais de Integração é essencial nesse processo, na medida em que o diálogo torna-se ponto fundamental no atendimento de demandas e na manutenção de toda a estrutura utilizada pelo usuário do transporte público”, afirmou o superintendente da SMTT, Nelson Felipe.

O setor do transporte quer também humanizar o ambiente dos terminais, tornando-o mais agradável para quem usa o ônibus coletivo, e espera contar com a sensibilidade da sociedade para defesa da preservação do patrimônio público. Uma vez que têm sido sequenciais os casos de vandalismo, mesmo após os reparos.

Informações: Aracajucard

READ MORE - Em Aracaju, Empresas de ônibus firmam parceria com SMTT para reforma dos terminais

Em Manaus, Aplicativo promete acabar com a angústia do usuário de ônibus

Um dos problemas mais importunos para os usuários do sistema de transporte coletivo é não ter expectativa de quando o ônibus irá chegar na parada. Entretanto, esta situação está a pouco mais de 24 horas de ser resolvida. É que nessa segunda-feira (27), foi lançado o aplicativo “Ônibus Manaus”, que dispõe com precisão, informações sobre o tempo de chegada do veículo em cada ponto do seu itinerário. 

Através desse sistema que passou por atualização, o usuário do transporte coletivo saberá em tempo real, a localização e quanto tempo falta para seu ônibus chegar ao ponto esperado. No primeiro momento, o aplicativo será disponibilizado para download, apenas para celulares com o sistema operacional Android.

Lançamento
Quanto ao aplicativo prestes a ser lançado, Luiz Eduardo explica que, a cada ano, a equipe do Trânsito Manaus, composta por Glauber Gomes, Richard Lopes, Claudivan Júnior e Diego Araújo, realiza as atualizações do sistema com novos serviços à população. “Atuamos no desenvolvimento desses benefícios desde dezembro do ano passado. Mudamos ainda toda a interface (ferramenta para uso da conexão) do aplicativo que já existia”, ressaltou.

Em relação aos valores investidos em todo o sistema desde a criação, Luiz Eduardo preferiu não detalhar. Disse apenas que o retorno tem sido “louvável” pelo benefício concedido à população. Com o aplicativo, Luiz espera atingir 80% da população de usuários do transporte coletivo na capital.
1,7 milhão de pessoas já acessaram o site e aplicativo “Trânsito Manaus”, desde a criação, em 2009. Durante esse período, foram feitos cerca de 80 mil downloads, informou Luiz Eduardo. Para outras informações, acesse facebook.com/TransitoManaus.

“O Trânsito Manaus é um canal colaborativo que tem como principal meta ajudar a melhorar o trânsito na cidade de Manaus, usando as redes sociais como meio. A eficiência do sistema direcionado à população vem por meio das experiências adquiridas nos fóruns e seminários. Essa novidade no serviço tende a melhorar a vida das pessoas que utilizam o transporte coletivo. Com essa ferramenta, o usuário não irá perder tempo na parada de ônibus e, com isso, aumentará sua produtividade e terá maior qualidade de vida. Também é uma forma que temos de contribuir para a cidade, principalmente com o apoio que estamos tendo de empresas que abraçaram esse tipo de iniciativa e que, até o momento, vem dando certo”.

BLOG: Luiz Eduardo Leal
READ MORE - Em Manaus, Aplicativo promete acabar com a angústia do usuário de ônibus

Grande Cuiabá: Trajeto de ciclovia com 10 km será inaugurado em maio

A partir do dia 9 de maio o Governo do Estado deve inaugurar a primeira parte da ciclovia do projeto “PedalaMT”. A rota, de aproximadamente 10 quilômetros, tem início no complexo da Arena Pantanal, em Cuiabá, e segue até o Distrito da Passagem da Conceição, em Várzea Grande e completa a programação de comemoração dos 267 anos de Mato Grosso. 
Foto: Portal Eu Vou de Bike
A primeira etapa do projeto contará também com a instalação de flutuantes no rio Cuiabá para suporte à prática de canoagem. A ideia de unir o ciclismo e o esporte aquático é um diferencial do projeto PedalaMT, desenvolvido pela equipe da Secretaria de Cidades (Secid). Os flutuantes serão instalados na região que compreende a Passagem da Conceição e também o Porto, na Capital.

O projeto, que desde janeiro vinha sendo elaborado pela Secid, contempla um total de 47,1 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas, além de 19,1 quilômetros para a prática de canoagem no rio Cuiabá. A proposta está dividida em diversas etapas. 

De acordo com o superintendente de Projetos Especiais, Carlos Oseko, que também é coordenador do projeto, o PedalaMT compreende as principais vias de Cuiabá e Várzea Grande. Segundo ele, são trechos que poderão ser utilizados para a prática de atividades de lazer e também por aquelas pessoas que utilizam a bicicleta como meio de locomoção. 

Trajeto 

Conforme o projeto, a primeira etapa tem início no Complexo Arena Pantanal. A rota se estende até a Rodovia Mário Andreazza e tem como ponto de chegada o Distrito da Passagem da Conceição, em Várzea Grande. É também nesta região em que será instalado o primeiro flutuante para a prática da canoagem. (com assessoria)

READ MORE - Grande Cuiabá: Trajeto de ciclovia com 10 km será inaugurado em maio

Linha T6 da Carris sofre mudanças no fim do itinerário em Porto Alegre

A linha T6 da Carris terá seu itinerário alterado a partir desta segunda-feira (27) em Porto Alegre. A mudança ocorre no fim do trajeto, na Região do Bairro Rubem Berta, na Zona Norte da capital. Todos os ônibus passarão por toda a extensão da Rua Wolfram Metzler, via conhecida popularmente como “ferradura”.

Uma variação da linha T6, o T6.2, que tem 26 viagens por dia de um total de 231 da linha, já realiza este trajeto atualmente. Porém, as mudanças atendem a um pedido antigo da comunidade local, já que a alteração deixará mais seguro o acesso até o terminal de ônibus, localizado na Avenida Adelino Ferreira Jardim.

READ MORE - Linha T6 da Carris sofre mudanças no fim do itinerário em Porto Alegre

Pequenas intervenções e obras garantem segurança e maior fluidez ao trânsito de Rio Branco

Pequenas soluções tem feito grande diferença no trânsito de Rio Branco, especialmente nas zonas de conflito – cruzamentos em geral sem sinalização e muito causadores de acidentes. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Rio Branco (RBTRANS) mapeou 20 pontos de conflitos e até o final deste ano promoverá intervenções em quinze deles, reduzindo drasticamente os problemas em praticamente toda a cidade.

De outro lado, as recentes intervenções têm produzido efeitos muito positivos e, segundo a comunidade, devem ser permanentemente atualizadas para não ocorrer revezes. Entre as ações bem-sucedidas, o superintendente da RBTRANS, Nélio Anastácio, registra as mini rotatórias que se espalham pela cidade e, mais recentemente, a obra do bairro Montanhês. “Aqui melhorou muito porque o pessoal não sabia qual lado ir e um parava ´em cima´ do outro”, avaliou o comerciante Mauro Jorge, que está instalando uma pequena churrascaria em frente à rotatória da Avenida Flaviano Melo, lembrando que os conflitos eram constantes na região. O estudante Leandro Carlos observa que ainda nem todos obedecem ao desenho da rotatória, mas os problemas já não são tão constantes.

Visto isso, presume-se que as mini rotatórias apresentam muito mais vantagens e se configuram em uma intervenção simples, objetiva e eficiente para a política de mobilidade social de uma capital que não para de crescer. “Eu estou sempre por aqui, trabalho aqui e sei que nesse cruzamento ocorriam acidentes por falta de sinalização. Agora esses problemas não existem mais”, garantiu Dona Meire, líder comunitária no bairro vizinho, o Jorge Lavocat, e que mantém uma loja de confecções no Montanhês, nas proximidades da rotatória.

Outro exemplo foi apresentado pelo diretor de Trânsito da RBTRANS, engenheiro Marcos Lourenço, em relação à abertura de uma via ligando as ruas dos Engenheiros e Manaus. O acesso aberto tem cerca de 100 metros de extensão e para fazê-lo a Prefeitura adquiriu dois terrenos visando a ligação da Rua dos Engenheiros II à Rua Manaus com implantação da rede de drenagem. Essa nova rua, lembrou Lourenço, abriu importante acesso para todos os moradores da região, especialmente os do Residencial Rio Branco, na Rua dos Engenheiros, um grande condomínio com mais de dois mil moradores, aos bairros da parte alta da cidade. “Antes, para chegarem a bairros como o Xavier Maia, os moradores tinham de passar pela Isaura Parente”, lembrou Marcos Lourenço.

Esse projeto foi elaborado pela Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB), foi aprovado pelos moradores antes e depois de sua inauguração, sempre acompanhado pela RBTRANS. A linha de drenagem tem 390 metros e o projeto custou cerca de R$350 mil em recursos próprios. Além de tudo, o acesso desafogou o trânsito na Rua Isaura Parente na região da sede do CREA, resultando em uma melhor fluidez nos dois sentidos da via.

REVI vem reconfigurando trânsito com resultados positivos

Todas essas mudanças fazem parte do Programa de Readequação da Malha Viária (REVI), executado pela RBTRANS. As três ruas citadas passaram de duplo sentido de circulação para sentido único de direção. “A proposta é dar maior fluidez e segurança a condutores e pedestres. Nesses pontos vinham ocorrendo muitos conflitos e acidentes de pequena monta. Com a intervenção, teremos menos conflitos”, avaliou o superintendente da autarquia responsável pelo trânsito e o transporte na capital. O REVI foi lançado no ano de 2011 e ganhou sequência na gestão do atual prefeito Marcus Alexandre.

O programa facilitou o acesso a hospitais, instituições de ensino e outros importantes pontos da capital, como o acesso ao bairro da Base no cruzamento da Avenida Floriano Peixoto com Epaminondas Jácome. A RBTRANS implantou uma mini rotatória muito bem sinalizada com tachão reflexivo determinando um novo tempo para aquela região, conhecida pelos constantes conflitos especialmente nos horários de rush. As intervenções seguirão, confirma Nélio Anastácio, nos pontos mais conhecidos, como o da Rua Silvestre Coelho nas proximidades da Igreja Universal do Reino de Deus, no bairro do Bosque, onde será também feito um deslocamento de eixo com estacionamento proibido de um lado e liberado de outro (hoje, se pode estacionar em ambas as margens).

Reforma e construção de abrigos para maior conforto e comodidade dos usuários

A gestão de Marcus Alexandre estabeleceu uma nova dinâmica na implantação e recuperação de abrigos de ônibus em Rio Branco. Os novos estão sendo construídos com colunas em concreto e telhas de plástico reciclado, e os antigos terão as colunas em parte revestidas de concreto e as telhas, que também são em madeira, serão trocadas por plástico reciclado.

De acordo com a engenheira Aline Louise, diretora de Mobilidade Urbana da RBTRANS, foram reformados 16 abrigos de ônibus nos últimos meses, em que pese, citou ela, a grande dificuldade imposta pela alagação em 2015 e o rigoroso inverno. Dois foram construídos este ano. Reformados ou implantados, os novos abrigos garantem maior comodidade ao usuário dos ônibus coletivos.

E não apenas no momento presente, mas essa política trará resultados em conforto e durabilidade para o usuário do transporte público. Não há cálculos precisos, mas é possível que os novos durem até cinquenta anos. A intensa oscilação da umidade relativa do ar, o sol e o vento colaboram com a rápida degradação da madeira reduzindo para dois ou três anos sua durabilidade. Com a concretagem, a durabilidade é muito maior.

A RBTRANS enfrenta dificuldades trazidas pela crise financeira e pelos impactos da cheia do Rio Acre, mas mesmo assim mantém intensas ações relacionadas aos abrigos de ônibus. Há frentes de trabalho por toda a cidade, mas principalmente nas regiões de maior carência.

Informações: Prefeitura de Rio Branco

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - Pequenas intervenções e obras garantem segurança e maior fluidez ao trânsito de Rio Branco

Florianópolis pretende implantar sistema BRT em até cinco anos

Ações de curto, médio e longo prazo para melhorar a mobilidade da região metropolitana da Grande Florianópolis foram discutidas pela equipe da Superintendência da Região Metropolitana da Grande Florianópolis no Seminário de Integração do Plano de Mobilidade Urbana da Grande Florianópolis (Plamus) na última quinta-feira (23), em Florianópolis.

Entre as propostas de curto prazo estão integrar os órgãos de gestão de trânsito nos níveis federal, estadual e municipal para dar respostas rápidas a problemas de tráfego e incidentes na região metropolitana. Será elaborado um protocolo de ação para aproveitar melhor a estrutura que se tem hoje. Outra medida é melhorar a sinalização e eliminar os entrelaçamentos nas pontes. Já na Via Expressa, as sugestões de curto prazo são implantação de terceiras faixas, melhorias na geometria dos acessos e integração da operação com as pontes.

A principal proposta da Superintendência da Região Metropolitana da Grande Florianópolis é reestruturar o transporte público coletivo com implantação do BRT em 87 quilômetros na região metropolitana em até cinco anos. O investimento previsto é de R$ 1,4 bilhão. Outras medidas são oferecer maior mobilidade para pedestres com implantação de 30 quilômetros de Zonas 30 e 146 quilômetros de ruas completas (pedestres, ciclistas, transporte coletivo e automóveis), além de criar 14 quilômetros de ciclovias para ligar as existentes, formando uma rede coesa.

A longo prazo, a Superintendência da Região Metropolitana irá definir diretrizes para o plano diretor de uso do solo metropolitano com incentivos públicos para a abertura de serviços e empregos próximo a áreas residenciais.

READ MORE - Florianópolis pretende implantar sistema BRT em até cinco anos

No DF, Sobradinho e Brazlândia ganharão novas ciclovias

Recomeçam nesta segunda-feira (27) as obras de pavimentação asfáltica da rodovia vicinal 533, que liga ao setor rural de Padre Lúcio à Brazlândia. Serão construídas ainda duas ciclovias em Brazlândia e Sobradinho. As obras custarão R$ 5,7 milhões e são de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem  do DF (DER). O valor será custeado por recursos oriundos do empréstimo de R$ 500 milhões contraído pelo governo de Brasília junto ao Banco do Brasil, em janeiro, com destinação exclusiva para investimentos em mobilidade e infraestrutura.

A vicinal 533 liga a ponte do Rio Descoberto, no setor rural Padre Lúcio, em Águas Lindas de Goiás (GO), à BR-080, em Brazlândia. A pavimentação deste trecho vai facilitar o escoamento da produção agrícola dos chacareiros, tornará o trajeto mais rápido e seguro para os motoristas, além de melhorar o tráfego de ônibus escolares que transportam as crianças do setor rural para Brazlândia. No trecho entre o entroncamento da vicinal 533 com as rodovias BR-080/251/DF-180 e a divisa com o estado de Goiás também será construído uma ciclovia. O custo da pavimentação e da ciclovia é de R$ 5,4 milhões e a previsão é que fiquem prontas em 90 dias.

Na manhã desta segunda-feira o governador de Brasília também assina a ordem de serviço para o início das obras da ciclovia que ligará a DF-001 à Vila Basevi, em Sobradinho. A obra, orçada em R$ 330 mil, beneficiará cerca de três mil pessoas. 

Informações Agência Brasília
READ MORE - No DF, Sobradinho e Brazlândia ganharão novas ciclovias

Congresso Internacional Cidades & Transportes com inscrições abertas

Começam hoje as inscrições para o Congresso Internacional Cidades & Transportes realizado pela EMBARQ Brasil com o apoio institucional da Prefeitura do Rio de Janeiro e do Ministério das Cidades. Especialistas de reputação internacional, cidades com projetos inovadores, organizações da sociedade civil estarão juntos em dois dias de painéis e debates focados em cidades sustentáveis, dias 10 e 11 de setembro, na Cidade das Artes, Rio de Janeiro.

Mais de 80 palestrantes irão compartilhar ideias e projetos de sucesso na construção de soluções inovadoras. “O Congresso será uma grande oportunidade para toda a sociedade recriar as cidades. Diversas iniciativas para melhorar as áreas urbanas já foram aplicadas pelo mundo, com resultados concretos e positivos. Os especialistas apresentarão ideias e estudos para o desenvolvimento sustentável que os tomadores de decisão poderão utilizar na gestão de suas cidades”,  destaca Luis Antonio Lindau, diretor-presidente da EMBARQ Brasil.

Os tópicos abordados serão: transporte e mobilidade urbana; vulnerabilidade, resiliência e adaptação; desenvolvimento urbano sustentável; políticas públicas inovadoras; equidade econômica e novas tecnologias. Além de fóruns e debates simultâneos, o Congresso irá oferecer palestras com ex-prefeitos de renome internacional que conseguiram inovar no governo de suas cidades.

O Congresso Internacional Cidades & Transportes faz parte das comemorações dos 10 anos da EMBARQ Brasil, que também incluem a Cúpula de Prefeitos em que líderes locais de várias partes do mundo dividirão o palco em uma conversa inédita e interativa sobre o futuro das cidades. Jaime Lerner, Ken Livingstone, Enrique Peñalosa e Mary Jane Ortega irão compartilhar experiências  e oferecer caminhos para melhorar a qualidade de vida nas áreas urbanas. A Cúpula será um evento fechado, destinado a uma audiência de 300 prefeitos convidados dos cinco continentes. Estes eventos reforçam a visão da EMBARQ Brasil de cidades para todos. Há dez anos a organização auxilia grandes e médias cidades brasileiras a desenvolverem e implementarem soluções de mobilidade urbana sustentável.

“Vamos celebrar os 10 anos de atuação da EMBARQ Brasil reforçando nosso compromisso com as cidades. Nosso maior presente será ver os municípios investirem em mais projetos que melhorem a qualidade de vida da população”, comenta a Diretora de Relações Estratégicas & Desenvolvimento da EMBARQ Brasil, Rejane D. Fernandes.

Serviço: A inscrição para o Congresso Internacional Cidades & Transportes deve ser feita pelo site www.cidadesetransportes.org. Técnicos, funcionários e gestores das prefeituras, governos estaduais e federal não pagam a inscrição. Professores de universidades e estudantes têm desconto de 50%. Membros de organizações não governamentais têm desconto de 25%.


Mais informações com assessoria de imprensa:
Caroline Donatti, (51) 3312-6324 ou (51) 9645-9393

READ MORE - Congresso Internacional Cidades & Transportes com inscrições abertas

Itinerários de oito linhas de ônibus são alterados pela SMTU

Oito linhas de ônibus tiveram seus itinerários alterados pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). Os ajustes passaram a vigorar no último sábado, segundo o órgão, com o objetivo de otimizar a operação do transporte público na capital. Nesta segunda-feira (27), os usuários ainda estavam confusos com a mudança e criticavam as alterações realizadas pelo órgão.
Foto: Marcio James
Entre as linhas que tiveram modificações estão os ônibus que atendem os bairros de Santo Agostinho, São Raimundo, Ouro Verde, Vale do Sinai e Monte Sinai.

Em atendimento às reclamações dos passageiros, a linha 118 que teve a rota alterada no dia 28 de fevereiro, passou a cumprir o itinerário normal. Os usuários do transporte público reclamam da falta de comunicação sobre a mudança.

Para a estudante, Laís Pinheiro, a informação deveria ser amplamente divulgada antes de entrar em vigor. Segundo ela, não houve mudanças significativas que justificassem a alteração do órgão.

“A mudança, para mim, não fez nenhum sentido, porque tirou o trânsito da péssima Avenida Constantino Nery e levou para péssima Avenida Djalma Batista”, critica. “Hoje, no ônibus, descobri que a rota foi mudada de novo. Um rapaz no ônibus que ficou na parada, entre a Constantino e a Djalma, que gritou quando viu o ônibus tomar o rumo antigo. Aparentemente, ninguém sabia”.

Outro itinerário alterado foi dos ônibus 100, 439 e 442, que conforme a SMTU, deixam de atender as Ruas Marciano Armond, Teresina e praça Chile, na zona centro-sul da cidade.

A partir de agora, os passageiros seguem no sentido bairro, pela Avenida Mário Ypiranga Monteiro, antiga Recife; passam pela Avenida Boulevard Álvaro Maia e após a Rua Comendador Clementino, seguem a rota normalmente. O trajeto dos ônibus 016 e 541, também deixa de atender as mesmas ruas, no entanto, segundo a SMTU, deve seguir no sentido bairro, Avenida Mário Ypiranga Monteiro, em seguida o Boulevard, a Avenida Kako Kaminha.

De acordo com a SMTU, os ajustes foram divulgados na semana passada por meio da página da Superintendência no Facebook e foram anexados os novos itinerários no interior dos veículos. Segundo a assessoria do órgão, um estudo foi realizado nos locais a fim de garantir uma diminuição no tempo de viagem principalmente nas linhas circulares como os ônibus da rota 056, 058 e 016.

Ainda conforme a superintendência, as alterações realizadas após os estudos podem ser desfeitas, conforme o desempenho das linhas, segundo o órgão, o trânsito é uma atividade dinâmica que permite este tipo de ajuste.

Após aguardar cerca de uma hora e meia o ônibus da rota 056, Mayra Ferreira, 26, teve que andar cerca de 20 minutos com a mãe, para chegar ao ponto de ônibus que a linha passou a atender, porque não tinha conhecimento da mudança. A estudante que é moradora da comunidade Vale do Sinai, no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus, relata que perdeu a consulta com a mãe por causa da falta de informação.

“A parada tava lotada, tinha criança, tinha idoso e ninguém sabia de nada, ficamos esperando, sendo que não tinha um aviso na parada, nem passou nada na TV, desse jeito a gente não tem como saber. E o pior é que eles mudam sem consultar a gente. O resultado é que perdi a consulta da minha mãe que já estava marcada desde janeiro. Acho uma falta de respeito”, disse.

Conforme a SMTU, a mudança na linha do 058, que atende a Nova. Cidade rumo ao Terminal 3, é para dar mais uma opção de deslocamento aos moradores do Conjunto Cidadão XII, tendo em vista que a linha 029 deixou de atender aquela localidade. A rota do 056 que atende os usuários do transporte coletivo no Monte Sinai e Vale do Sinai até o Terminal 3, passou a circular em mais vias dentro dos bairros e menos na avenida principal.

Por Gisele Rodrigues
Informações: d24am.com

READ MORE - Itinerários de oito linhas de ônibus são alterados pela SMTU

Aplicativo dá informação em tempo real sobre linhas de ônibus em Cuiabá

Um aplicativo de celular que deverá auxiliar os usuários do transporte coletivo e que já é utilizado em mais de 55 países agora está disponível em Cuiabá. Chamado de "Moovit", a ferramenta oferece informações em tempo real sobre as linhas de ônibus da capital. O aplicativo é gratuito, está disponível nas plataformas Android, IOS e Windows Phone, e foi lançado pela prefeitura da capital.

As informações contidas no aplicativo são alimentadas pelos usuários. Assim, quanto mais pessoas utilizarem o Moovit, melhor e mais precisas serão as informações relacionadas a horário e local do ônibus passar. Os passageiros também podem informar as condições de determinados veículos, dizendo se está limpo ou lotado, por exemplo.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Associação Mato Grossense dos Transportes Urbanos (MTU), em Cuiabá cerca de 330 mil pessoas utilizam o transporte coletivo diariamente.

O número reduz entre 30% e 50% aos fins de semana, feriados e ferias escolares. Estima-se que 17 mil pessoas na capital utilizem o Moovit.

READ MORE - Aplicativo dá informação em tempo real sobre linhas de ônibus em Cuiabá

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960