Linha 2 do metrô de Salvador terá 13 estações e 23 km

segunda-feira, 16 de março de 2015

Serão 13 estações, cinco terminais de integração com ônibus e 23 quilômetros de extensão percorridos em 31 minutos em qualquer hora do dia. Este é o projeto da Linha 2 do metrô de Salvador, que está em construção e envolve, atualmente, 755 trabalhadores, dos 7 mil previstos nos momentos de maior volume.

Em contato com a CCR e Governo do Estado, responsáveis pela gerência do metrô, o G1 detalha como está a situação desta linha, prevista para operar somente em 2017 e que irá ligar a Estação Acesso Norte, na capital baiana, a Lauro de Freitas, na região metropolitana.

Salvador já conta com a operação de parte da Linha 1, que tem 7,3 quilômetros de extensão e cinco estações já inauguradas - Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Acesso Norte e Retiro. A Linha 1 foi inaugurada em 2014: 14 anos após iniciar as obras.

No dia 9 de abril de 2015, o governo deverá liberar a Estação de Bom Juá e o sistema da Linha 1 passará a ter, ao todo, 8,7 quilômetros. Em junho, será a vez da Estação Pirajá ser entregue. Também está em obra a Estação Bonocô, localizada entre as estações Brotas e Acesso Norte. As intervenções de ampliação da Linha 1 devem ser finalizadas até julho deste ano, segundo previsão do presidente da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), Eduardo Copello, órgão ligado a Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur).

"Hoje, até o Retiro, estamos transportando em torno de 26.270 mil pessoas por dia útil. Na última segunda-feira (9), tivemos o recorde de acessos por dia, que foi 31.134 pessoas em um único dia. O metrô, desde o início da operação, já carregou, aproximadamente, 3,9 milhões de passageiros", afirma o presidente da CTB Eduardo Copello. O sistema ainda realiza operação assistida, sem cobrança de tarifa.

As treze estações previstas para a Linha 2 são: Acesso Norte, Detran, Rodoviária, Pernambués, Imbuí, CAB, Pituaçu, Flamboyant, Tamburugy, Bairro da Paz, Mussurunga, Aeroporto e Lauro de Freitas. Segundo a CCR Bahia, atualmente, a Linha 2 passa por intervenções de infraestrutura como terraplanagem, drenagem e pavimentação, além de obras na região da alça de acesso da BR-324 à Avenida Antônio Carlos Magalhães.

O trajeto do metrô na Linha 2 não será subterrâneo, mas em superfície. Quando ficar pronto, o transporte irá sair da Estação Acesso Norte e seguirá sob as alças da BR-324 e da Avenida Bonocô. A partir deste ponto, no sentido Salvador Shopping, a linha avançará ora pelo canteiro central, ora pela marginal da Avenida ACM, parte na superfície e parte em nível elevado, chegando à futura Estação Detran.

A partir da Estação Detran, o metrô seguirá em via elevada por cerca de 200 metros, acompanhando a margem esquerda do Rio Camurujipe, até chegar à Estação Rodoviária. A partir desta, o sistema segue em superfície passando sob o elevado dos Rodoviários e Nelson Dahia, até a Estação Pernambués, que será localizada em frente ao Supermercado Macro. Já na Avenida Paralela, o metrô seguirá na superfície pelo canteiro central indo até a Estação Aeroporto. Posteriormente, os trens chegarão à Estação Lauro de Freitas.

Informações: Ruan Melo
Do G1 BA


READ MORE - Linha 2 do metrô de Salvador terá 13 estações e 23 km

Grande Recife: Linhas do BRT VIA LIVRE ganham acréscimo de viagens

A partir desta segunda-feira (16) duas linhas do BRT Via Livre tiveram o acréscimo de viagens. As linhas 2450 - TI Camaragibe (Centro) e 2480 - TI Camaragibe/Derby tiveram acréscimo de oito e 11 viagens, respectivamente apenas nos dias úteis. 

A ação será realizada pelo Grande Recife para melhorar atender a demanda de passageiros. Para mais informações, os usuários podem entrar em contato com a Central de Atendimento, no 0800 081 0158.

Informações: GRCT

READ MORE - Grande Recife: Linhas do BRT VIA LIVRE ganham acréscimo de viagens

BRT do Entorno do DF custará R$ 901 milhões

O secretário de Cidades e Meio Ambiente, Vilmar Rocha, recebeu na última quarta-feira (11), em seu gabinete, o secretário nacional de Transporte e Mobilidade Urbana, Dário Reis, e a diretora da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Ana Patrizia Gonçalves de Lira. A pauta era avançar no projeto de instalação do BRT do Entorno do DF, que liga Santa Maria, no Distrito Federal, a Luziânia.

O BRT do Entorno Sul está orçado em R$ 901 milhões e terá uma extensão de 30 quilômetros, interligando a Rodoviária do Plano Piloto à Unidade Administrativa dos municípios de Luziânia, Valparaíso, Cidade Ocidental e Novo Gama, através da BR-040. Atualmente, a demanda para este trecho é de 147 mil passageiros por dia e as previsões é que em 10 anos chegue a mais de 197 mil passageiros por dia.

“Foi uma reunião objetiva, profissional e de um valor muito importante porque estamos padronizando as informações e as medidas em conjunto entre o governo de GO e do DF com a ANTT para que possamos avançar na viabilização deste projeto”, explicou o secretário Vilmar Rocha.

Para o secretário nacional de Mobilidade Urbana, o projeto é de extrema importância e o Ministério das Cidades está empenhado para ajudar e garantir a implantação do BRT na região. “A nossa vinda para Goiânia demonstra o quanto estamos interessados em ajudar o governo de Goiás e o valor que damos a este projeto”, afirmou Dário Reis. “É um projeto importante para Goiás, para o Distrito Federal e para o Brasil”, completou.

Informações: Diário da Manhã

READ MORE - BRT do Entorno do DF custará R$ 901 milhões

Blumenau perderá prazo para mobilidade urbana

A prefeitura de Blumenau vai perder o prazo exigido pelo governo federal para concluir o Plano Municipal de Mobilidade Urbana. A afirmação é do secretário municipal de Planejamento, Juliano Gonçalves.

De acordo com a lei 12.587 de 2012, os municípios com mais de 20 mil habitantes que não apresentarem o documento até abril não poderão receber verba federal para obras de mobilidade.

O secretário diz que há uma expectativa em relação a uma possível prorrogação do prazo. Ele reconhece o risco, mas explica que o mais coerente é incluir a discussão da elaboração do plano de mobilidade na revisão do plano diretor de Blumenau, que deve começar em breve. Segundo ele, uma coisa não pode ser separada da outra.

Informações: Zero Hora

READ MORE - Blumenau perderá prazo para mobilidade urbana

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960