Prefeitura do Rio vai eliminar 700 ônibus da Zona Sul; serão 78 linhas a menos

sexta-feira, 13 de março de 2015

As linhas de ônibus que cruzam a Zona Sul do Rio vão passar por uma profunda reformulação a partir de julho. Serão criados dois corredores principais (troncais) por onde passarão apenas oito linhas até o Centro. Outra novidade será a grande circular turística, que percorrerá toda a orla de Leblon, Ipanema e Copacabana, passando pela Urca e Cosme Velho, onde fica a estação do trem do Corcovado. 

Em vez das 123 linhas que hoje atravessam os bairros da Zona Sul, os passageiros serão atendidos por apenas 45, ou seja, uma redução de 78 itinerários — 20 serão criadas para atender o novo modelo e 24 terão seus trajetos alterados. Uma deve ser mantida. Com a reformulação, a expectativa é de retirar 700 ônibus, reduzindo o número de coletivos que passam na região de 2 mil para 1.300. As mudanças serão implantadas em fases, de julho até dezembro. 

O plano é polêmico, mas o secretário municipal de Transportes, Rafael Picciani, garante que a racionalização da frota vai reduzir os engarrafamentos e o tempo das viagens, já que haverá menos ônibus nas ruas. A medida também foi motivada pela baixa ocupação nos coletivos da região (50%, em média, no rush). A meta é elevar a ocupação dos veículos nos horários de pico para 75%. “Hoje, mais da metade das linhas se sobrepõe.

Com poucos passageiros em cada viagem, a operação se torna muito cara e, no fim, quem paga por isso é o passageiro. Com a racionalização, os custos são reduzidos e as empresas poderão investir mais na melhoria do serviço”, explica o secretário Rafael Picciani, ressaltando que a prefeitura pretende criar faixa exclusiva para ônibus (BRS) no Jardim Botânico. No futuro, ele diz que há a possibilidade até de transformar os corredores troncais em BRTs. “Mas isso não é para esse governo”, reconhece.

O subsecretário Alexandre Sansão garante que os intervalos entre os ônibus não aumentarão. No pico, quando as frequências são menores, ele estima, no máximo, 10 minutos de espera. Das oito linhas troncais, quatro partirão de São Conrado ou da Gávea via Jardim Botânico e praias de Botafogo e Flamengo. Duas terão os mesmos pontos de partida e seguirão por Leblon, Ipanema, Copacabana e Aterro. Uma sairá da Praça General Osório, em Ipanema, indo por Copacabana e pelas pistas internas das praias de Botafogo e Flamengo. Uma última deixará a General Osório, passando por Copacabana e Aterro. 

Haverá também sete linhas de integração que ligarão a Zona Sul ao Terminal Maracanã e à Rodoviária, via túneis Rebouças e Santa Bárbara, e à Barra. Serão criadas linhas alimentadoras para conectar Rocinha, Vidigal, Horto e Leme aos corredores troncais.

Especialistas aprovam racionalização

Os especialistas concordam que a diminuição da frota vai gerar ganho de tempo nas viagens, mas a maior necessidade de baldeações divide opiniões. “Todas as cidades do mundo com planejamento em mobilidade têm um tronco principal com ramais alimentadores. Na Barra, por exemplo, muita gente vai pegar o BRT até o metrô para o Centro. Se o BRT absorver a demanda, o fim das linhas diretas é válido”, diz o especialista em mobilidade da UFF Aurélio Murta. “Com a baldeação, quem vem sentado disputa espaço para entrar em outro ônibus”, ressalva o professor Alexandre Rojas, da Uerj, que elogia, no entanto, o fim da sobreposição de linhas. O sindicato dos motoristas não prevê demissões.

Alterações mexem com toda cidade

Os ônibus dos corredores troncais que saírem da Zona Sul terão ponto final ao lado da Central (Terminal Procópio Ferreira), na região da Rodoviária Novo Rio e uma das linhas vai parar perto da Praça 15, em local a ser definido ainda. “A ideia é reduzir o número de pontos finais no Centro”, explica o subsecretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão. 

Outro terminal importante no plano de reformulação será instalado ao lado da futura rodoviária de São Cristóvão, que terá conexão com a Estação Multimodal do Maracanã (trens e metrô). Sansão prevê que a rodoviária começará a funcionar até a Olimpíada e o terminal receberá as linhas de integração da Zona Sul que cruzarão os túneis Santa Bárbara e Rebouças.

A reorganização das linhas da Zona Sul mudará a rotina dos passageiros de toda a cidade. Quem vai da Zona Norte para a Zona Sul em um ônibus atualmente terá de fazer baldeação nos pontos do Centro ou no Terminal Maracanã. O mesmo acontecerá para os passageiros que costumam pegar ônibus da Barra para o centro, via Zona Sul. “Vai ter ligação do Alvorada via Sernambetiba ou Avenida das Américas até pontos de integração na Siqueira Campos e no shopping Rio Sul. De lá a pessoa pega uma linha troncal o metrô”, diz Sansão, ressaltando que a demanda dessas linhas cairá muito após a inauguração da Linha 4 do metrô.

Por Claudio Souza e Gustavo Ribeiro
Informações: O Dia

READ MORE - Prefeitura do Rio vai eliminar 700 ônibus da Zona Sul; serão 78 linhas a menos

Estudantes da região metropolitana de Campinas terão passe livre nos transportes intermunicipais

Em Campinas, o governador Geraldo Alckmin falou nesta sexta, 13, sobre o benefício do passe livre concedido aos estudantes da região metropolitana de Campinas que utilizam os transportes intermunicipais. A medida atinge cerca de cinco mil alunos da região. "Para usar o beneficio, o estudante precisa procurar a escola para fazer seu cadastro e a escola passará as informações para a EMTU", explicou Alckmin.

Sobre a lei

A resolução da Secretaria dos Transportes Metropolitanos que regulamenta o passe livre estudantil, benefício aprovado pela Assembléia Legislativa e sancionado pelo governador Geraldo Alckmin, foi publicada no final de fevereiro, no Diário Oficial do Estado.

A nova lei vale no Metrô, na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e nos ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) para alunos da rede pública. Na rede privada, o benefício será estendido aos estudantes que comprovem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo nacional (R$ 1.182).

O objetivo do Governo do Estado é incentivar o acesso ao transporte público, beneficiando 615 mil estudantes na capital e nas quatro regiões metropolitanas de São Paulo (São Paulo, Baixada Santista, Campinas e Vale do Paraíba/Litoral Norte).

No caso das linhas intermunicipais gerenciadas pela EMTU/SP, estima-se que 118 mil estudantes serão beneficiados, sendo 101 mil na Grande São Paulo, cinco mil no Vale do Paraíba / Litoral Norte, sete mil na Baixada Santista e cinco mil na Região Metropolitana de Campinas.

Como obter o benefício na EMTU/SP

Para obter o benefício no sistema de transporte intermunicipal da sua região metropolitana, o estudante deve:

- procurar sua instituição de ensino para fazer o cadastro e solicitar o cartão que dará direito ao passe livre;

- a área restrita às escolas no portal da EMTU/SP (www.emtu.sp.gov.br) já está habilitada a receber o cadastro dos estudantes que têm direito ao benefício e que será enviado pelos estabelecimentos de ensino;

- os alunos habilitados têm acesso, no portal da EMTU/SP, ao formulário de solicitação do benefício e ao boleto no valor de R$ 17,50 a ser pago na rede bancária;

- após o pagamento, o aluno deverá entregar a documentação exigida - relacionada no portal - ao estabelecimento de ensino, que encaminhará à EMTU. Validada a documentação, a EMTU/SP emitirá o benefício e o encaminhará de volta à escola, onde o passe livre será retirado pelo estudante.

Até o dia 10 de março, este era o número de estudantes cadastrados pelas escolas no Portal de Relacionamento (www.emtu.sp.gov.br/parceiros), divididos por região metropolitana:

- Grande São Paulo: 44.280
- Campinas: 2.007
- Baixada Santista: 1.851
- Vale do Paraíba / Litoral Norte: 945
- TOTAL: 49.083

O cadastramento começou simultaneamente, em 27 de fevereiro, nas quatro regiões metropolitanas do Estado.

A Carteira Passe Livre terá validade somente a partir de 30/03.

O Passe Livre pode ser solicitado até o dia 31/10/2015 e a EMTU/SP receberá os formulários e boletos pagos e entregues pela escola até 30/11/2015.

Quem tem direito 

Têm direito ao benefício os estudantes do ensino Fundamental e Médio da rede pública (sem necessidade de comprovação de renda). Já os estudantes de curso de ensino superior da rede pública e privada e dos cursos públicos e privados técnicos, tecnológicos e profissionalizantes terão o benefício mediante a comprovação de renda familiar per capita até 1,5 salário mínimo nacional, assim como os bolsistas do Prouni (Programa Universidade para Todos), os financiados pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), integrantes do Programa Bolsa Universidade (Programa Escola da Família) e os estudantes atendidos por programas governamentais de cotas sociais.

READ MORE - Estudantes da região metropolitana de Campinas terão passe livre nos transportes intermunicipais

Ônibus articulado reforça transporte em São José dos Campos

A prefeitura de São José dos Campos está reforçando as operações da linha 121 – Urbanova – Esplanada/Terminal Central. O objetivo é adaptar a oferta do transporte coletivo ao aumento de demanda de novos condomínios na região.

A Secretaria de Transportes determinou a utilização de um ônibus articulado, com capacidade de transportar 130 passageiros por viagem, em substituição ao veículo comum, que circulava no horário das 7h15 (saindo do Terminal Central). Além disso, o usuário passará a ter uma nova opção de horário, a partir desta quinta-feira (12), às 7h20.

Com este reforço, a linha passa a contar com nove partidas no horário de maior fluxo, entre 7h e 8h05. As alterações são permanentes.

A utilização de ônibus articulados em São José dos Campos começou no segundo semestre de 2013. Atualmente são nove veículos em operação nas linhas de maior fluxo da cidade. Eles dão mais conforto ao usuário do transporte coletivo, diminuindo a lotação dos carros nos horários de pico.

A Prefeitura realiza estudos constantes de demanda para adaptar a oferta do transporte coletivo e atender às mudanças que ocorrem na configuração urbana e de população em diversas regiões da cidade. Os usuários podem contribuir com estas informações por meio do canal de relacionamento 156.

Informações: Portal R3

Leia também sobre:
READ MORE - Ônibus articulado reforça transporte em São José dos Campos

Prefeitura de Uberlândia entrega mais 34 ônibus novos à população

Trinta e quatro novos ônibus foram entregues nesta quarta-feira (11) pela Prefeitura de Uberlândia e representantes da empresa Transporte Urbano São Miguel de Uberlândia.

O objetivo é oferecer mais conforto, facilidade e acessibilidade aos passageiros do Sistema Integrado de Transportes (SIT).

Ainda este ano serão entregues mais ônibus totalizando 130 novos veículos como parte do processo de renovação e aumento da frota. O evento aconteceu na Praça Clarinda Freitas, mais conhecida como Praça Paris, no bairro Roosevelt.

O prefeito de Uberlândia, Gilmar Machado, ressalta que para se consolidar o projeto da Cidade Educadora é necessário investir também no transporte coletivo. “A educação não acontece somente na sala de aula. Os usuários do transporte terão veículos com mais conforto e menos ruído”, disse.

Os 34 novos ônibus chegam com grandes benefícios para a população. Contam com elevadores para transporte de pessoas com mobilidade reduzida e têm um dispositivo que impede que os ônibus trafeguem com as portas abertas. Dispõem de câmeras, GPS, freio ABS, piso antiderrapante e motor que reduz a emissão de poluentes para a atmosfera. Também contam com suspensão a ar no lugar de molas, o que diminui o barulho e aumenta o conforto para o usuário.

Outra novidade é que os novos veículos têm carroceria de 13 metros com capacidade para transportar 35 passageiros sentados e 55 em pé. Os antigos que estão sendo substituídos têm 12 metros.

Frota acessível

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran), as conquistas no transporte público de Uberlândia são parte do planejamento estratégico da Prefeitura de Uberlândia para a melhoria do sistema. Uberlândia já tem índice de 100% no número de ônibus com recursos que permitam o acesso de pessoas com mobilidade reduzida. A frota atual é composta por 421 veículos que atendem 126 linhas, e parte deles será substituída até julho deste ano, quando as empresas Autotrans e Viação Sorriso de Minas entregam cada uma 25 novos ônibus, totalizando os 130 que serão renovados.

As empresas que prestam o serviço de transporte urbano têm um período de no máximo 10 anos para utilizarem os veículos, no entanto, a renovação tem ocorrido num intervalo menor. A idade média da frota do transporte coletivo em Uberlândia é de quatro anos de uso.

Uberlândia é considerado um dos municípios de referência nacional no quesito transporte público. Tal fato se deve ao seu moderno sistema integrado. São mais de 120 mil viagens por mês realizadas pelas três empresas concessionárias com 99,7% de eficiência e 100% da frota acessível. Até o final de 2016, estão previstos a implantação de cerca de 60 km de corredores exclusivos de ônibus para o transporte coletivo, garantindo regularidade no serviço e redução do tempo de viagem, atraindo número cada vez maior de usuários para o sistema.

Linhas que serão beneficiadas com os 34 veículos

A109 – Marta Helena/Terminal Central

A110 – São José/Terminal Central

A123 – Maravilha/Terminal Central

A144 – Jardim Brasília/Terminal Central

A145 – Maravilha/Terminal Central

A107 – Pacaembu/Terminal Central

A146 – Liberdade/Terminal Central

A510 – Terminal Industrial/Cargill /União Atacadista

A511– Terminal Industrial/Valparaíso

A531 – Terminal Industrial/Interfest / Spasso

I251 – Terminal Industrial/Terminal Umuarama

I252 – Terminal Industrial/Terminal Umuarama

Informações: Prefeitura de Uberlândia

READ MORE - Prefeitura de Uberlândia entrega mais 34 ônibus novos à população

Empresa Itamaracá Transportes renova sua frota com mais 30 novos ônibus

Já está a caminho os 30 novos ônibus da Itamaracá Transportes, os veículos são da Volkswagen e carroceria comil e possuem câmbio automático e todos adaptados para cadeirantes. O objetivo da empresa é continuar modernizando sua frota para atender melhor os operadores e clientes.

A Itamaracá Transportes integra o Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP) da Região Metropolitana do Recife – Pernambuco. Atende oito municípios da zona norte: Recife, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Araçoiaba, Igarassu, Itapissuma e Ilha de Itamaracá.

Cada ônibus tem 43 lugares para passageiros, possui GPS, câmera de segurança e oferece suporte para deficientes físicos, idosos e gestantes, seguindo a lei de acessibilidade do transporte de passageiros. 

Além das linhas convencionais, a empresa também opera com ônibus novos no Sistema BRT Norte/Sul.

Blog Meu Transporte

READ MORE - Empresa Itamaracá Transportes renova sua frota com mais 30 novos ônibus

Cuiabá vai implantar 400 pontos de ônibus

O prefeito Mauro Mendes anunciou, hoje, a implantação de 400 pontos de ônibus, ano que vem. Hoje há 2.200 e a grande parte deles não apresenta as condições, ou padrão ideal de conforto à população. A colocação dos pontos é uma obrigação das empresas. Cada uma, pelo contrato de concessão, é responsável pela colocação de 25 pontos de ônibus por ano, mas isso não tem sido feito ao longo do tempo. “Vamos fazer e cobrar das empresas, descontando aquilo que a prefeitura teria que repassar às empresas”, disse. 

A Secretaria de Mobilidade Urbana que vai inspeção toda a frota de ônibus. “Os veículos que não apresentarem condição de circulação e conforto serão retirados. Os que apresentarem defeitos menores terão que ser recuperados para voltarem a circular”, afirmou. Além dessas duas ações, duas outras estão sendo executadas para que no médio e longo prazos o sistema de transportes da capital seja aprimorado. Uma comissão nomeada por Mauro Mendes está trabalhando num novo processo para licitar as concessões para operar o sistema. 

Enquanto isso, outra trabalha na elaboração no novo Plano de Mobilidade Urbana, dando ênfase à melhoria no tráfego dos ônibus que circulam em Cuiabá. Ambas têm prazo de 180 dias para apresentar resultados, contados a partir de 23 de janeiro.

Informações: So Notícias

READ MORE - Cuiabá vai implantar 400 pontos de ônibus

BRT custa um décimo do metrô; 61 projetos estão em andamento

No Brasil, existem 61 projetos de BRT em implantação, segundo a Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU). Implantado na década de 1970, em Curitiba, o modal voltou a ser visto como uma boa opção de transporte público nas grandes cidades por conta da organização da Copa do Mundo de 2014. Capitais como Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Recife apostaram no transporte para facilitar a vida dos torcedores e agora a população usufrui do legado.

“No Rio, por exemplo, uma viagem que se fazia em duas horas, agora é feita em 40 minutos”, comenta o diretor administrativo e institucional da NTU, Marcos Bicalho. Além do impacto direto na mobilidade de grandes centros urbanos, ele pontua que a implantação do BRT é muito mais rápida do que a de um metrô, por exemplo.

“Você consegue operar uma linha de BRT em dois, três anos após o início das obras. O metrô demora uns 10 anos para iniciar a operação”, compara. O custo é outro ponto que conta a favor do BRT. Segundo Bicalho, geralmente, o modal custa um décimo do valor orçado para se construir linhas de metrô.

Em todo o Brasil, já são 144 km de BRT em nove cidades: Belém, Belo Horizonte, Curitiba, Goiânia, Recife, Rio, São Paulo, Uberaba (MG) e  Uberlândia (MG). 

Por Amanda Palma
Informações: Correio 24 Horas

READ MORE - BRT custa um décimo do metrô; 61 projetos estão em andamento

Grande Recife: Venda de bilhetagem do CARTÃO VEM será interrompida temporariamente

Os usuários do transporte público devem ficar atentos quanto à venda dos créditos do Vale Eletrônico Metropolitano (VEM). 

Devido a atualização do sistema do cartão, a comercialização da bilhetagem será interrompida, a partir das 22h desta sexta-feira (13) até às 6h do domingo (15). 

A venda dos bilhetes será interrompida nas estações do BRT, nos pontos descentralizados, Expressão Cidadão e na internet. 

Informações: GRCT


READ MORE - Grande Recife: Venda de bilhetagem do CARTÃO VEM será interrompida temporariamente

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960