SuperVia coloca em operação quatro novos trens

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

A SuperVia iniciou, nesta segunda-feira (19/1), a operação assistida de mais dois trens chineses adquiridos pelo Governo do Estado, chegando ao total de 24 composições do segundo lote em circulação. Desde o início do ano, são quatro novos trens circulando nos trilhos da concessionária, que juntos oferecem 4,8 mil lugares refrigerados aos passageiros por viagem.

Durante uma semana, as composições circulam em operação assistida para análise das equipes técnicas sobre o desempenho dos trens antes que eles sejam inseridos à grade regular do sistema ferroviário. A previsão é de que outras 46 composições novas entrem em circulação ainda este ano, quando se completa o total de 70 trens encomendados pelo Estado. O processo de renovação da frota da SuperVia segue em ritmo acelerado e, desde 2011, 49 trens antigos foram aposentados, dando lugar aos modelos de última geração.

Os trens chineses contam com passagem interna entre os carros, sistema que não permite a abertura de portas durante as viagens, circuito interno de câmera, bagageiro e painéis de LED. Em 2016, o processo de renovação da frota será concluído e os passageiros do trem do Rio contarão apenas com composições refrigeradas e a idade média da frota terá reduzido de 25 para 15 anos.

Informações: Governo do Rio

READ MORE - SuperVia coloca em operação quatro novos trens

Bilhete Único facilita deslocamentos com o transporte público de Campinas

O Bilhete Único é um cartão individual, intransferível (não pode ser utilizado por outra pessoa) e inteligente, que armazena créditos em dinheiro para o pagamento de passagens de ônibus. Com o cartão, o usuário pode fazer integrações, ou seja, utilizar os veículos do transporte público coletivo municipal (Sistema InterCamp) pagando somente uma tarifa, no período de 2h, todos os dias da semana.

O conceito adotado pelo Bilhete Único é o da integração temporal, sem restrição de uso no sistema, proporcionando economia. Além disso, o uso do cartão evita o pagamento da tarifa com dinheiro, aumentando a segurança dos usuários e operadores; e proporcionando maior agilidade operacional.


O Bilhete Único Comum pode ser feito nos postos de cadastramento da Transurc, que estão nos terminais Central, Ouro Verde, Barão Geraldo, Campo Grande, Metropolitano e Mercado; na sede do Poupatempo Centro (Avenida Francisco Glicério, 935); Expresso Bilhete Único; na sede da Transurc (Rua 11 de Agosto, 757) e a nova Loja do Bilhete Único (Avenida Anchieta, 55). O cadastro e emissão são feitos de forma gratuita. É necessário apenas a apresentação do CPF e RG.

Postos de recarga
Os usuários do Bilhete Único encontram postos de recarga do cartão, credenciados pela Transurc, em centenas de pontos, como casas lotéricas, padarias, lanchonetes, farmácias, açougues, bancas de jornais e revistas, e outros estabelecimentos comerciais, espalhados por toda a cidade.

Para saber sobre os postos de recarga, o usuário pode acessar o site da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), no endereço eletrônico www.emdec.com.br, seção “Transporte”, “Bilhete Único”, “Postos de recarga”. Ou no site da Transurc (www.transurc.com.br).

Informações: EMDEC

Leia também sobre:
READ MORE - Bilhete Único facilita deslocamentos com o transporte público de Campinas

Greve chega ao fim e ônibus voltam a circular em Cascavel

Os trabalhadores do transporte público de Cascavel, no oeste do Paraná, vão voltar ao trabalho a partir das 5h da quinta-feira (22). A decisão foi tomada em uma audiência realizada na tarde desta quarta-feira (21), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PR), em Curitiba. Na cidade, 100 mil pessoas utilizam o transporte coletivo diariamente.

A audiência terminou sem acordo e o aumento de salário dos trabalhadores deve ser decidido pela Justiça, em um julgamento que ainda não tem data definida. A categoria pede aumento salarial de 12%, enquanto as duas empresas responsáveis pelo serviço na cidade oferecem aumento de 7,33% e reajuste no valor da cesta básica, que passaria de R$ 150 para R$ 170.

Os “micrões” – ônibus menores do que os convencionais, mas que têm capacidade para 70 passageiros –, que estão sem circular desde novembro, vão permanecer parados até a decisão da Justiça.
Na audiência, as empresas se comprometeram a fazer o pagamento dos dias parados e a liberar o adiantamento salarial dos trabalhadores até segunda-feira (26). As empresas também retiraram o pedido de aplicação de multa no valor de R$ 100 mil por dia, durante o período em que o transporte ficou parado em função da greve.

Informações: G1 PR, em Cascavel

READ MORE - Greve chega ao fim e ônibus voltam a circular em Cascavel

Duas empresas de ônibus deixam de circular em Belém

Desde a última terça-feira (20), as empresas Viação Princesa e Viação Icoaraci deixaram de integrar o sistema de transporte público de Belém. De acordo com a diretora de transporte da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), Evany Alves, a decisão foi tomada em reunião feita no ano passado, definindo que as empresas entregariam as linhas para que uma nova empresa assumisse as operações.

Segundo a Semob, a empresa Transcol Transporte, que já opera as linhas Pratinha – Presidente Vargas, Pratinha II – Ver-o-Peso e a linha seletiva Castanheira – Pátio Belém irá assumir a rota Icoaraci/Paracuri - Castanheira. O itinerário deverá permanecer o mesmo.
“Essas mudanças têm como objetivo melhorar o transporte público e toda alteração no sistema é realizada para causar o menor impacto possível na rotina do usuário”, afirmou Alves.

Na semana passada, a Viação Perpétuo Socorro saiu do sistema de transporte público da capital paraense após entregar a última linha sob sua responsabilidade. Ainda segundo a Semob, já são três as empresas que deixam de operar no trânsito urbano neste mês.

Informações: G1 PA

READ MORE - Duas empresas de ônibus deixam de circular em Belém

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960