Tarifa de ônibus no Recife será reajustada em Janeiro

domingo, 23 de novembro de 2014

Dezessete meses depois de cancelar um aumento de 5,53%, anunciado para as tarifas de ônibus do Grande Recife, o governo pernambucano começa a admitir a possibilidade de reajuste das passagens. Pelos cálculos do empresariado do setor, a tarifa necessária para equilibrar o sistema, hoje, seria de R$ 2,67 para o anel A, que hoje é R$ 2,15 (um aumento de 24,2%). O governo fez contabilidade diferente e chegou a R$ 2,50 (16,3%), valor que seria menor, pois foi calculado sem considerar o subsídio de R$ 13,2 milhões a ser bancado pelo Estado ainda este ano. O fato é que o tema voltou à discussão.

O presidente do Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano, Nelson Menezes, diz que está aguardando informações do empresariado para levá-las ao atual e ao futuro governador, João Lyra e Paulo Câmara, respectivamente. “Até o final do ano teremos definido se haverá aumento de tarifa ou subsídio, mas seja o que for, só deve vigorar no próximo ano”, salienta. Ou seja: caberá ao governador eleito definir se quem vai pagar a diferença entre custo e receita são os usuários (como sempre ocorreu), o governo (como previsto na licitação), ou ambos.

“Se não chegarmos a R$ 2,67, será necessário complementar com mais subsídio”, declara o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE), Fernando Bandeira, lembrando que o setor está há três anos sem aumento e isso repercute na qualidade do serviço. “Estamos utilizando os recursos destinados à depreciação da frota e nossa própria remuneração para cobrir os custos. Ou seja, deixa-se de investir em renovação dos veículos. Não fosse a aquisição de 180 BRTs, a idade média da frota já estaria acima dos 4,3 anos. Há ônibus rodando que são de 2005”, destaca.

SUBSÍDIO
As empresas já tiveram desoneração do PIS/Cofins em maio do ano passado (era 3,65%) e do ICMS sobre o combustível (8,5%) em junho, mas isso não teria sido suficiente para cobrir os custos, que aumentaram com a aquisição de 180 BRTs (ônibus de trânsito rápido), cada um ao custo de R$ 750 mil. A alternativa seria o governo bancar as gratuidades.

Constam, no sistema, mais de 37,8 mil pessoas cadastradas que não pagam passagem e mais 53,1 mil com direito, também, a acompanhante. Desse total, 42% são deficientes físicos e 45%, mentais. O número de novos pedidos de gratuidade se mantém em mais de 1 mil ao mês. Para confirmar que essas pessoas têm direito ao benefício e controlar o uso da gratuidade, esses passageiros estão realizando a biometria. Até o final do ano, todos deverão estar com as digitais cadastradas.

Idosos, policiais, carteiros e estudantes também entram na conta. Só a meia gratuidade para os estudantes representa uma redução na receita bruta de 14,48%.

Por Margarette Andrea
READ MORE - Tarifa de ônibus no Recife será reajustada em Janeiro

São Paulo tem 30 Pontos de Ônibus com Wi-Fi Grátis

Em comemoração de aniversário de 1 ano da Amazon Appstore, a empresa em parceria com a prefeitura de São Paulo esta oferecendo conexão Wi-Fi gratuita em 30 pontos de ônibus na cidade. A empresa divulgou a ação em seu site. Confira os pontos:

Alto de Pinheiros
Av. Profº Fonseca Rodrigues, 1969 Portão 2 – Parque Vila Lobos

Barra Funda
Av. Marquês de São Vicente, 2800 X PC PEDRO CORAZZA – Em frente à UNIP

Av. Auro Soares M. Andrade, 967 – Faculdade Uninove (P) – Terminal Barra Funda

Av. Pacaembu, 967

Bela Vista
Av. Paulista, 1912 – Bob’s Burguer

Campo Belo
Av. Washington Luiz, 6973 X Rua Felix D. Souza (P) – Em frente ao Aeroporto

Consolação
Av. Drº Arnaldo, 440

Av. Angélica, 1905 X Rua Pará – Em frente à Escola Panamericana de Artes

Itaim Bibi
Av. Eng. Luís Carlos Berrini, 356

Av. Nove de Julho, 5229 X Rua Renato Paes de Barros

Av. Pres. Juscelino Kubitscheck X Av. Santo Amaro – Sentido Marginal

Av. Santo Amaro X Av. Antônio Joaquim M. Andrade – Sentido Centro

Av. Hélio Pellegrino, 1241 – Açaí Bar

Liberdade
Av. 23 de Maio X Viaduto Paraíso

Moema
Av. Pedro Álvares Cabral – Antigo DETRAN

Av. Ibirapuera X Largo Mestre de Aviz

Paraíso
Rua Vergueiro, 1505 – Metrô Paraíso

Pinheiros
Av. Brigadeiro Faria Lima, 1795

Av. Pedroso de Morais, 1594 X Rua Ferreira de Araújo

Perdizes
Av. Pompéia, 924 X Rua Cel. Melo de Oliveira

Av. Sumaré, 840 X Rua Caetes

Rua Heitor Penteado, 1230 – Em frente ao Metrô Vila Madalena

República
Praça da República, 365 X Av. Vieira de Carvalho

Rua Cel. Xavier de Toledo – Em frente ao Teatro Municipal

Saúde
Av. José Maria Whitaker, 290 – Próximo à UNIP

Av. Jabaquara, 2443 X Metrô São Judas

Santo Amaro
Av. Adolfo Pinheiro, 318 – Metrô Adolfo Pinheiro – Plataforma-A

Vila Formosa
Av. Regente Feijó, 1295 – Faculdade UNICSUL

Vila Leopoldina
Av. Imperatriz Leopoldina, 550 – Faculdade UMC

Vila Mariana
Av. 23 de Maio X Praça Toronto – Rua Estela – Sentido Centro

Informações: Viatrolebus

Leia também sobre:
READ MORE - São Paulo tem 30 Pontos de Ônibus com Wi-Fi Grátis

Metrô de Porto Alegre é prioridade da União, diz ministro

Os recursos para a implementação do metrô em Porto Alegre pautaram o encontro entre o prefeito José Fortunati e o ministro das Cidades, Gilberto Occhi, em Brasília, nesta quinta-feira. O prefeito ouviu do ministro que a obra na Capital é tratada com prioridade pelo governo federal. No momento, uma comissão formada na prefeitura analisa as Propostas de Manifestação de Interesses (PMIs), que subsidiarão o Edital de Licitação do metrô previsto para ser lançado em março de 2015. As PMIs foram entregues por cinco empresas. Uma delas – Queiroz Galvão – atualmente é alvo de investigação na Operação Lava Jato. 

Apesar de ainda estar em fase de investigação a participação da Queiroz Galvão em esquemas de corrupção na Petrobras, a presença dela na futura execução do projeto do metrô poderá ser barrada se for declarada inidônea, na forma da lei, de acordo com a Controladoria-Geral da União (CGU). Entretanto, o coordenador do projeto MetrôPoa, o engenheiro Luiz Cláudio Ribeiro, diz que o metrô não sofrerá qualquer tipo de prejuízo em função disso. “Quando o edital de licitação for lançado, qualquer empresa poderá participar da licitação, independente se entregou PMIs ou não”, explica.

Na conversa com o ministro, Fortunati informou que o governador eleito do RS, José Ivo Sartori, já garantiu que o governo do Estado irá honrar a sua parte no arranjo financeiro para a construção do metrô – aporte de R$ 1,080 bilhão em financiamento. Occhi reconheceu que Porto Alegre tem sido ágil no cumprimento das etapas necessárias ao bom andamento da obra. Fortunati também teria agenda com a presidente Dilma Rousseff, que foi cancelada em função da morte do ex-ministro Márcio Thomaz Bastos. Mas o prefeito aproveitou o voo da presidente de Brasília a São Paulo, onde acontecia o enterro, para conversar sobre o assunto. 

Na próxima terça-feira, o secretário municipal de Gestão, Urbano Schmitt, irá a Brasília para uma reunião com o corpo técnico do ministério. O projeto técnico do metrô, que embasará o edital de licitação, deve ser apresentado até o final do ano. Para viabilizar a construção, o governo federal destinará R$ 1,770 bilhão; a prefeitura R$ 1,385 bilhão e o parceiro privado participará com R$ 1,303 bilhão.

Informações: Correio do Povo


READ MORE - Metrô de Porto Alegre é prioridade da União, diz ministro

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960