Licitação do transporte coletivo de Salvador perto de sair do papel

quinta-feira, 3 de abril de 2014

A Prefeitura de Salvador publica o aviso de licitação do Sistema de Transporte Coletivo de Salvador (STCO) no Diário Oficial do Município desta quinta-feira (3). O edital prevê a exploração dos serviços de transporte público da capital, feitos por ônibus.

Segundo a Assessoria Geral de Comunicação (Agecom), a média de idade da frota de ônibus vai ser reduzida para 3,5 anos até 2016 e o reordenamento das linhas pretende diminuir o tempo de viagem e aumentar a frequência de ônibus nos pontos e terminais.

O secretário de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, afirma que, depois da licitação, os ônibus a serem incorporados à frota terão sistema de ventilação e serão adaptados para utilização de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, de acordo com a Agecom. Os novos veículos também deverão ter motorização padrão Euro V, o que reduz a emissão de gases poluentes.

Entre os aspectos previstos no edital, estão o prazo de exploração dos serviços de 25 anos, sem renovação, pela empresa que apresentar o maior valor de outorga e a adoção do sistema de monitoramento da frota, realizado em tempo real através de GPS. O edital também prevê que as concessionárias terão que prestar informações através de painéis de mensagens, sobre os horários de passagem dos ônibus em tempo real nos terminais, estações e pontos de parada, e que a possibilidade de consulta sobre linhas e horários de ônibus pelo usuário também pelo celular via SMS.

Ainda conforme o edital, a tarifa inicial será de R$ 2,80 com previsão de reajuste anual, baseada na variação no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e o primeiro reajuste deverá ocorrer apenas em janeiro de 2015. Um serviço de call center será criado para prestar informações e receber reclamações, por telefone, e os ônibus ainda terão painéis digitais com informações de linhas e trajetos, complementando o painel dianteiro.

Reportagem iBahia


READ MORE - Licitação do transporte coletivo de Salvador perto de sair do papel

Metrô-DF anuncia esquema especial para greve aprovada para esta sexta

O Metrô divulgou nesta quarta-feira (2) um plano para minimizar os transtornos à população caso ocorra a greve anunciada pelo Sindicato dos Metroviários do Distrito Federal (SindMetrô-DF) para esta sexta-feira (4).

A estratégia da companhia prevê o fechamento de dez estações para embarque e a colocação de no mínimo sete trens nos horários de pico e de quatro veículos fora desse período.

A empresa informou que todas as 24 estações estarão abertas para desembarque de passageiros. O horário de funcionamento será normal, das 6h às 23h30, de segunda a sábado, e das 7h às 19h, aos domingos e feriados. O Metrô diz que já solicitou ao DFTrans reforço da frota de ônibus.

Caso ocorra a paralisação, as estações fechadas para embarque serão 102 Sul, 108 Sul, 112 Sul e Asa Sul, no Plano Piloto, Feira, no Guará, Concessionárias, em Águas Claras, Centro Metropolitano e Taguatinga Sul, em Taguatinga, Guariroba, em Ceilândia, e Samambaia Sul, em Samambaia.

Segundo o Metrô, a companhia está cumprindo integralmente o acordo coletivo de trabalho, firmado junto ao sindicato, com vigência até março de 2015. A empresa disse que apresentou uma contraproposta à categoria, que será retirada em caso de greve.

Entre as propostas feitas pelo Metrô-DF estão reajuste salarial e de benefícios com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), aumento de gratificação adicional de quebra de caixa de 70 para 100 bilhetes e implantação de plano de previdência complementar até 31 de março de 2015. A companhia também diz que mantém conversas semanais com o sindicato para criar um termo aditivo ao acordo vigente.

Segundo o SindiMetrô-DF, a companhia interrompeu as negociações e negou quase todos os pedidos da categoria. “Foram intransigentes o tempo todo. Na última reunião, ficaram de reunir para entregar a proposta e nem quiseram registrar em ata. Dos 43 itens [pedidos da categoria], só concederam o de INPC e os auxílios. INPC é reposição, que é um direito que a gente tem. Os demais itens foram negados todos”, afirma o secretária de Relações Intersindicais do SindiMetrô-DF, Dione Aguiar.

Ele diz que o acordo coletivo em vigência é de 2013 e previa a discussão de cláusulas econômicas a partir de março de 2014. “A categoria já reprovou isso que eles chamam de proposta. Foi feita uma assembleia domingo [30] e a categoria rejeitou. Se não houver nenhuma proposta, o cenário é esse, a partir da 0h de sexta estaremos em greve.”

De acordo com o sindicato, o sistema conta hoje com 1.080 funcionários sendo 600 do setor operacional. Ao todo, 160 mil pessoas utilizam diariamente este tipo de transporte, segundo o Metrô-DF.

READ MORE - Metrô-DF anuncia esquema especial para greve aprovada para esta sexta

Ônibus elétrico é testado no Rio de Janeiro

Começou a ser testado nesta quarta-feira (2), no Rio de Janeiro, um ônibus elétrico. Ele é silencioso e não polui o meio ambiente. O veículo vai fazer cinco viagens por dia, durante um mês. Depois as empresas vão decidir se vão usar a tecnologia.

Antes de sair da garagem, nem precisa encher o tanque. Em vez do diesel, são baterias de fosfato de ferro, recicláveis, que movimentam o veículo. Com carga máxima, o ônibus elétrico roda mais de 250 quilômetros e não polui.

A equipe do Jornal Hoje participou da primeira viagem teste com passageiros. Em relação aos ônibus convencionais, uma das maiores reclamações dos usuários é justamente o barulho do motor, que fica bem ao lado do motorista.

Mas quem participou da viagem teste estranha até o silêncio. “É uma sensação muito boa. É como se nós tivéssemos andando num elevador na horizontal. Porque não tem ruído e tudo muito bom. Muito bom mesmo”, diz o motorista Cláudio Queiroz.

O ônibus elétrico ainda está em teste. Uma das razões é o custo - de três a quatro vezes mais caro que o convencional, mas os benefícios não têm preço.

“Com os avanços tecnológicos e com a sociedade dando cada vez mais valor a menos poluição, menos aquecimento no planeta e menos barulho, o ônibus elétrico tem vantagens competitivas enormes”, diz o ambientalista Sérgio Besserman.

Por Renata Capucci
READ MORE - Ônibus elétrico é testado no Rio de Janeiro

Expresso DF começa a operar em fase de testes

O trecho do Expresso DF Sul, que liga o Gama ao Plano Piloto, começou a funcionar de forma experimental nesta quarta-feira (2/4). Além do governador Agnelo Queiroz e alguns convidados, moradores da região participaram da inauguração. O Correio testou uma das viagens realizadas entre as 11h e 14h de hoje.

Para entrar no ônibus com o governador, houve um grande tumulto. Deputados distritais, secretários, amigos e parentes destes se acotovelaram para conseguir um lugar no carro. O veículo, que ainda abrigou profissionais da imprensa e cidadãos que queriam ficar próximos ao governante, viajou lotado, depois de muita confusão para ver quem poderia entrar. Por fim, o último a entrar foi um senhor cadeirante, que não teve dificuldades para embarcar: a plataforma está nivelada com a porta adaptada do ônibus.

No geral, os passageiros mostraram-se satisfeitos com o trajeto, apesar de muitos reclamarem que a circulação na área do Plano Piloto continua difícil. A viagem durou 37 minutos, três a menos que a média prevista. Com o sistema tradicional de transporte, a corrida entre o Gama e o Plano costumava ser feita em 90 minutos. De carro, pode chegar a 120 minutos, em horário de pico.

As viagens de teste foram feitas de forma gratuita - e continuarão assim até o final de abril, segundo o governo. Nove ônibus, com capacidade para 130 pessoas, saíram em intervalos de 8 minutos do terminal Expresso DF do Gama, com destino à Rodoviária do Plano Piloto.

O trajeto feito pelo ônibus em que estava a reportagem passaram pela Estação Granja do Ipê, no Park Way, sem parar, seguindo viagem pelo corredor exclusivo até o Eixão.

De acordo com o Governo do Distrito Federal, o período de teste é necessário para que sejam feitos todos os ajustes técnicos que garantirão a segurança do usuário.

READ MORE - Expresso DF começa a operar em fase de testes

No Recife, Mesmo com as obras atrasadas, começam testes do BRT no Corredor Leste/Oeste

Começa na manhã desta quinta-feira o início dos testes para operação dos corredores do BRT (Bus Rapid Transit) nos ramais Norte/Sul e Leste/Oeste.  A ação acontece a partir das 7h na Estação 1 da Avenida Caxangá, sentido cidade/subúrbio, próximo às obras do Túnel da Abolição. O presidente do Grande Recife Consórcio de Transporte, Nelson Menezes, estará presente. 

Os testes, no entanto, devem ser realizados sem os passageiros e sem parte das novas paradas do Corredor Leste/Oeste. Na semana passada, duas equipes técnicas do Grande Recife embarcaram para Belo Horizonte e Rio de Janeiro para verificar de que forma se deu a operação nas duas cidades. Mas já há duas definições antes mesmo da conclusão da visita: não haverá mais uma segunda fase, que estava prevista para o dia 26 de abril, e em maio, não entrará todo o sistema em operação, mas apenas uma linha.

As mudanças adotadas na operação tiveram relação direta com o ritmo das obras. Não há como os testes serem iniciados com os passageiros se o trecho previsto para a primeira etapa, no dia 4 de abril, entre o Hospital Getúlio Vargas, na Avenida Caxangá, e a Avenida Conde da Boa Vista, não dispõe, ainda, de todas as estações.

O terminal ao lado do Getulio Vargas não está concluído. No sentido Centro, a situação piora. A estação da Benfica ainda não tem sequer alicerce e, na Avenida Conde da Boa Vista, as seis estações estão sendo construídas fora do padrão BRT e de forma improvisada, enquanto o projeto do município não fica pronto. Segundo o Grande Recife, as seis estações da Boa Vista serão concluídas até o fim de abril.

A segunda etapa da operação que ocorrerá em maio com passageiros, sem data definida, será feita com apenas uma linha. A assessoria do Grande Recife não informou qual linha será escolhida para iniciar a operação do Leste/Oeste. A única informação é que as linhas restantes serão incorporadas aos poucos ao sistema. 

No corredor Norte/Sul, a situação não é diferente. O trecho que deve entrar em testes nessa sexta-feira, da mesma forma sem passageiros, entre o Terminal da PE-15 e a Avenida Dantas Barreto, também está com estações em obras no Parque Memorial Arcoverde, na Cruz Cabugá, na Rua Princesa Isabel e na própria Dantas Barreto. O Grande Recife Consórcio de Transporte Metropolitano decidiu não dar mais datas para as inaugurações dos terminais da 3ª Perimetral, Joana Bezerra. O cronograma anterior previa que eles iriam entrar em operação no dia 26 de abril.

READ MORE - No Recife, Mesmo com as obras atrasadas, começam testes do BRT no Corredor Leste/Oeste

Primeiro acidente com ônibus do Move é registrado no Complexo da Lagoinha

O primeiro acidente envolvendo um ônibus do sistema BRT/Move foi registrado na manhã desta quarta-feira (2), no Complexo da Lagoinha, na região noroeste de Belo Horizonte.

De acordo com a BHTrans, empresa que administra o trânsito na capital mineira, um coletivo que faz a linha 82 (Estação São Gabriel/Savassi) bateu em um  veículo Honda no Viaduto Leste, no sentido bairro/centro.

Segundo o órgão, ninguém ficou ferido e, devido ao necessário registro da ocorrência, os passageiros foram transferidos para outro ônibus.

O acidente chegou a fechar pista do Complexo da Lagoinha, o que causou lentidão nessa região da capital mineira. Entretanto, o fluxo de veículos já foi normalizado.

READ MORE - Primeiro acidente com ônibus do Move é registrado no Complexo da Lagoinha

CTTU Recife implanta faixa de pedestre vermelha na Av. Conde da Boa Vista

Com a finalidade de tornar a travessia dos pedestres mais segura, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) implantou uma faixa de pedestre vermelha e branca entre a Rua Sete de Setembro e a Avenida Conde da Boa Vista, no Centro do Recife.
CTTU inaugura faixa de pedestre vermelho e branca, no Recife (Foto: Luna Markman / G1)
A nova sinalização, aplicada no dia 24 de março, está em fase de testes. Dependendo da forma como o material adere ao pavimento e de como os condutores respondem à iniciativa, a medida será expandida para outras vias da capital.

De acordo com a CTTU, a expectativa é chamar atenção dos motoristas para respeitarem ainda mais o fluxo de pedestres.

READ MORE - CTTU Recife implanta faixa de pedestre vermelha na Av. Conde da Boa Vista

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960