Testes com Expresso-DF começam na semana que vem

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Os testes de segurança e velocidade e o treinamento da equipe de trabalhadores do Expresso-DF - obra de mobilidade urbana que ligará Gama e Santa Maria ao Plano Piloto, por corredores de ônibus exclusivos - deverão começar na próxima semana, no trecho que vai do Gama até o viaduto do Park Way, inaugurado hoje (4).

"Com a inauguração desse viaduto vamos liberando trechos e o ônibus articulado já pode transitar do Gama até aqui para fazer os testes de geometria da pista, velocidade, parada e saída", explicou o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), Fauzi Nacfur.

Segundo o diretor, a previsão é que entre o fim de março e o começo de abril o Expresso-DF passe a circular com passageiros do trecho que vai do Gama à Rodoviária do Plano Piloto.

"Estamos avançando rapidamente na conclusão do Expresso-DF, a maior obra de mobilidade urbana do Brasil", disse o governador Agnelo Queiroz. Após inaugurar o viaduto, o governador experimentou o ônibus especial que fará o transporte de passageiros do Expresso, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, e do vice-governador Tadeu Filippelli.

A obra do Park Way é o quarto complexo de viadutos inaugurado do Expresso-DF. A obra, que custou R$ 13,4 milhões, beneficiará, diariamente, mais de 80 mil veículos que trafegam pela região.

"Esse viaduto é fundamental para garantir um trânsito completamente livre, e a população pode usá-lo de imediato para fazer o acesso ao Park Way", completou o governador.

O Expresso-DF prevê a construção de 35 quilômetros de corredores exclusivos para ônibus, 15 estações de integração, 15 passarelas para pedestres, melhoria da acessibilidade e da infraestrutura viária. Também será implantado sistema de controle centralizado com regularização dos serviços, imagens on-line, fiscalização e tempos de viagem.

O complexo vai atender aproximadamente 270 mil pessoas (cerca de 11% da população). Serão beneficiados moradores das áreas de maior densidade demográfica do DF, além da população dos municípios goianos do Entorno Sul.

O investimento total é de R$ 600 milhões, com contrapartida de financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade. As melhorias começaram em 6 de novembro de 2011.

VEÍCULOS - Os ônibus do Expresso-DF são especiais, com aberturas altas adaptadas à altura da plataforma dos terminais e transportam até 160 passageiros - duas vezes mais que os convencionais. Cada ônibus custa R$ 950 mil.

As linhas farão integração com sistema atual e serão operadas pela empresa Pioneira. O tempo de viagem será reduzido em 40 minutos.

Informações: Agência Brasília  

READ MORE - Testes com Expresso-DF começam na semana que vem

Rodoviários mantêm greve de ônibus em Porto Alegre, paralisação chega a 10 dias

Uma assembleia dos rodoviários realizada neste terça-feira rejeitou a proposta feita pelas empresas e manteve a paralisação do transporte coletivo de Porto Alegre, na manhã desta terça-feira, 04. A categoria não aceitou o reajuste de 7,5% e insistiu na reivindicação de 14%, acabando com a expectativa de que iria colocar os ônibus em circulação durante a tarde.

A paralisação chegou ao seu nono dia nesta terça-feira. Sem os ônibus, o transporte coletivo se tornou precário na capital gaúcha. A prefeitura autorizou o sistema seletivo de microônibus e carregar passageiros em pé e as vans e microônibus escolares a operar no transporte coletivo.

Mesmo não autorizados, transportadores clandestinos também passaram a oferecer serviços nas ruas de Porto Alegre. Essas alternativas, somadas à carona solidária e ao uso de táxis, evitaram que a cidade parasse. Os usuários do transporte coletivo enfrentam longas esperas, mas a maioria tem conseguido chegar ao trabalho.

Informações: Agência Estado


READ MORE - Rodoviários mantêm greve de ônibus em Porto Alegre, paralisação chega a 10 dias

Governo do Pará assina consultoria para construção do BRT

O governo do Pará assinou nesta segunda-feira (3) o contrato com a Troncal Belém, consórcio binacional feito por quatro empresas brasileiras e japonesas que foi vencedor do processo de licitação para a consultoria do projeto Bus Rapid Transit (BRT), que irá integrar a região metropolitana da capital.

A Troncal Belém é composta pelas empresas Concremat Engenharia e Tecnologia S. A., Vetec Engenharia Ltda., Engenharia Ltda., Yachiyo Engineering Co., Ltd.-Yec e Chodai Co., Ltd.. O grupo terá a responsabilidade de elaborar estudos e projetos executivos para a implantação do sistema do BRT.

“Estamos felizes em poder fazer parte de um projeto desse porte que beneficiará a Região Metropolitana de Belém. Vamos trabalhar para que a obra seja implementada da melhor forma possível e atenda aos anseios da sociedade. Vamos dar o melhor das empresas para isso”, disse Arthur Sousa, representante do consórcio vencedor.

Segundo o governo, a iniciativa do BRT faz parte do projeto Ação Metrópole, e só foi possível graças a uma parceria técnica com a Agência de Cooperação Internacional Japonesa (Jica), iniciada nos anos 90, quando começaram os estudos sobre mobilidade urbana em Belém.

“Estamos muito felizes em participar como parceiros técnico e financeiro desse projeto que vai trazer benefícios para muitas pessoas. Também ficamos satisfeitos em saber que foi escolhido o melhor consórcio para desenvolver o trabalho. Desejamos que tudo seja implementado como planejado e que as pessoas consigam ter uma melhor qualidade de vida com a realização desse projeto”, disse o cônsul do Japão, Rei Oiwa.

A expectativa é que, com a conclusão do BRT, o sistema opere em Belém com ônibus de 20 metros e capacidade para 200 passageiros, dobrando a quantidade de pessoas transportadas no corredor da rodovia BR-316, chegando a atender 48 mil pessoas em horários de pico.

Informações: G1 PA

READ MORE - Governo do Pará assina consultoria para construção do BRT

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960