Em São Paulo, Novas faixas de ônibus beneficiam 2 milhões de pessoas

terça-feira, 10 de setembro de 2013

A cidade de São Paulo alcança nesta segunda-feira, 9, a marca de 150 km de faixas exclusivas de ônibus à direita, uma meta de campanha do prefeito Fernando Haddad (PT). Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), mais 9,9 km de faixas só para os coletivos começam a funcionar.

Ao todo, cerca de 2,2 milhões de passageiros devem ser beneficiados. Diariamente, o sistema transporta 9,8 milhões de usuários. A CET não divulgou quando começa a aplicação de multas nas novas faixas.


Leia também sobre:
·         Metrô São Paulo
·         SPTrans
·         EMTU-SP

Do novo lote, a Avenida Ragueb Chohfi, na zona leste, terá a maior quantidade de quilômetros de faixas exclusivas: 3,5 km, nos dois sentidos de segunda a sexta-feira das 6h às 9h e das 17h às 20h. Outra avenida da região, a Amador Bueno da Veiga, na Penha, terá 1,3 km de faixas exclusivas. No sentido centro, das 6h às 9h. No sentido bairro, das 17h às 20h.

Na Avenida Nordestina, serão 1,2 km de faixas exclusivas que também vão funcionar entre 17h e 20h, nos dias úteis.

Zona sul. A zona sul de São Paulo também receberá novas faixas a partir de hoje. Na Rua Pedro de Toledo, na Vila Mariana, serão 500 metros, de segunda a sexta-feira, entre 6h e 22h. No Ipiranga, a Avenida Dom Pedro 1.º terá faixa de 900 metros. No sentido centro, ela vai ser ativada das 6h às 9h e, no contrário, entre 17h e 20h, somente em dias úteis.

Ali perto, a Rua Clímaco Barbosa, no Cambuci, terá 1,1 km de faixa exclusiva ativa das 6h às 9h, de segunda a sexta-feira.

Motoristas na Avenida Imirim, na zona norte da capital, passarão a ter que respeitar a faixa de ônibus à direita em 1,4 km da via entre 6h e 9h. E das 17h às 20h, no rumo oposto.

A Prefeitura planeja abrir mais 70 km de faixas, totalizando 220 km até o fim de 2013. O objetivo inicial era que os 150 km originais fossem abertos até o fim da gestão Haddad, em 2016. Especialistas em transportes sustentam que as faixas exclusivas são uma opção paliativa para resolver o problema do deslocamento dos ônibus.

Para eles, a velocidade e a pontualidade dos coletivos só irão melhorar de fato com a abertura de corredores de ônibus à esquerda e totalmente segregados dos automóveis. Atualmente, existem 130 km de corredores à esquerda na capital.

Informações: O Estado de SP
READ MORE - Em São Paulo, Novas faixas de ônibus beneficiam 2 milhões de pessoas

No DF, Retomada a fiscalização eletrônica na faixa exclusiva da W3 Sul

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) retoma nesta segunda-feira (9) a cobrança de multas aos motoristas que desrespeitarem a faixa exclusiva para ônibus da W3 Sul, em Brasília.

A fiscalização, que será feita por pardais e fiscais de trânsito, havia sido suspensa porque houve troca do asfalto e a pista ficou sem sinalização.

Na pista da direita só podem trafegar ônibus do sistema público de transporte, táxis e vans escolares.

Motoristas de veículos não autorizados que trafegam na faixa exclusiva cometem infração leve, com multa no valor de R$ 53,20, mais três pontos na carteira. Motoristas de ônibus que usarem as outras pistas estão sujeitos a multa de R$ 85,13 e recebem quatro pontos na carteira.

Projeto

O corredor exclusivo foi estabelecido em dezembro de 2011 na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB), na Estrada Parque Taguatinga-Guará (EPTG), na W3 Sul e na W3 Norte. A criação das faixas tem como objetivo desafogar o trânsito nas principais vias do DF, especialmente nos horários de pico. Na W3 Sul, a faixa exclusiva começou a valer no dia 15 de março de 2012.

Informações: G1 DF

READ MORE - No DF, Retomada a fiscalização eletrônica na faixa exclusiva da W3 Sul

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960