Em Florianópolis, Setuf convoca rodoviários para cumprirem determinação do TRT-SC

domingo, 9 de junho de 2013

Enquanto aguarda uma decisão dos trabalhadores do transporte coletivo sobre a proposta apresentada na última sexta-feira (8/6), o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo da Grande Florianópolis (Setuf) age para cumprir à determinação do Tribunal Regional do Trabalho que estabeleceu manutenção de frota mínima de ônibus caso seja deflagrada greve da categoria.

Neste domingo (9/6), as empresas fixaram nos quadros de aviso dos terminais rodoviários o acordão da justiça trabalhista e um edital de convocação para que todos os funcionários se apresentem normalmente no seu posto de trabalho nesta segunda-feira (10).


A convocação nominal aos trabalhadores tem por finalidade o cumprimento à decisão do TRT, explica o presidente do Setuf, Waldir Gomes. “Estamos tomando todas as medidas cabíveis para cumprir o que o Tribunal estabeleceu e evitar que a população da Grande Florianópolis que depende do transporte coletivo seja prejudicada em caso de greve. Para isso, os trabalhadores do sistema devem se apresentar nesta segunda (10) para dar cumprimento as escalas de trabalho que serão estabelecidas”, ressalta.

Além de publicação da convocação nos murais, um comunicado do Setuf e do SETPESC com o mesmo objetivo será veiculado nas principais emissoras de rádio da região a partir deste domingo (9).

Informações: Portal da Ilha
READ MORE - Em Florianópolis, Setuf convoca rodoviários para cumprirem determinação do TRT-SC

Em BH, Avenida Amazonas terá BRT e ônibus seguirá até Contagem

Ainda correndo contra o tempo para concluir as obras atrasadas do BRT (sigla para transporte rápido por ônibus) até o fim deste ano, a Prefeitura de Belo Horizonte anunciou, ontem, que estuda a implantação de duas novas linhas do transporte na cidade. A primeira será construída pela extensão da avenida Amazonas até a divisa com Contagem, na região metropolitana. A outra, chamada de BRT Metropolitano, deverá fazer a ligação da rodoviária da capital a Betim, na mesma região.

Os estudos, anunciados ontem durante o 3º Congresso da Associação Latino Americana de Sistemas Integrados e BRT, começaram em abril. Não há data ainda para o início das obras, mas a previsão é de que os estudos de viabilidade sejam finalizados em até 18 meses, segundo a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans). 

Linhas.
Na avenida Amazonas, o BRT será construído ao longo dos 9 km de extensão da via, a partir da ligação com o BRT da avenida Paraná, no centro da capital, até o bairro Vila São José, no liminte com Contagem, pouco antes da via se transformar na BR–381.


Com 60 mil veículos circulando por dia na avenida, a BHTrans acredita que o fluxo pode ser reduzido em 40% no local, a mesma estimativa para as outras linhas do BRT na capital. “Na Amazonas, faltam só confirmações técnicas”, frisou o diretor de planejamento da BHTrans, Célio Freitas. A estimativa de custos é de R$ 300 milhões. Serão 121 ônibus de 33 linhas da capital e 88 metropolitanas. Devem ser 20 estações e 340 mil usuários.

Em Contagem, a previsão da Autarquia de Trânsito e Transporte de Contagem (Transcon) é de que o BRT desafogue em 50% o tráfego em toda a cidade.

O BRT Metropolitano ainda não é consenso entre as prefeituras envolvidas e está em estágio mais inicial. Enquanto a BHTrans planeja uma rota para ligar a rodoviária da capital até Betim, passando pela Via Expressa e pela avenida Tereza Cristina, por onde circulam cem mil veículos diariamente, a Prefeitura de Betim estuda implementar o monotrilho para melhorar a mobilidade.

“Nós também estamos estudando o projeto de 24 km de monotrilho para ligar Contagem ao centro de Betim, e parece viável. Mas vamos esperar as análises do BRT”, disse o presidente da Transcon, Agostinho Silveira.

O engenheiro Juan Carlos Horta Gutiérrez, da UFMG, afirma que o BRT não deve ser suficiente para solucionar o problema do trânsito na capital. “Ele é um transporte que alivia o trânsito. Mas, a longo prazo, as vias movimentadas em que ele é implementado podem sofrer de novo com congestionamentos”.

Por Lucas Simões
Informações: O Tempo
READ MORE - Em BH, Avenida Amazonas terá BRT e ônibus seguirá até Contagem

Prefeitura do Recife estuda implantação de 10 novos corredores de ônibus

O sistema de circulação da rede integrada de transporte público da Região Metropolitana do Recife é composto de 12 corredores radiais e quatro perimetrais. Até 2014, dois desses corredores radiais serão beneficiados com o modelo do corredor exclusivo de ônibus nos moldes do BRT (Bus Rapid Transit), os corredores Norte/Sul e Leste/Oeste, que integram radiais como as avenidas Caxangá e Cruz Cabugá. Mas quais as perspectivas de melhora nos outros 10 corredores?

A Secretaria de Mobilidade do Recife está estudando a implantação de faixa exclusiva de ônibus para cinco vias radiais. Além das avenidas Domingos Ferreira e Conselheiro Aguiar, também deverão receber faixa exclusiva para ônibus, as avenidas Abdias de Carvalho, Beberibe e Mascarenhas de Morais. A instalação da faixa exclusiva para o transporte público nos corredores poderá representar um ganho entre 20% a 30% na velocidade e melhoria na regularidade das viagens.

A ideia é implantar nas cinco avenidas o mesmo modelo que já faz sucesso no Rio de Janeiro, denominado BRS (Bus Rapid Service), uma versão mais simples do BRT. Numa analogia simples, o BRT estaria para as ciclovias, assim como BRS para as ciclofaixas. O primeiro é segregado e o segundo tem a sinalização horizontal e vertical na faixa.

De acordo com a presidente da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), Taciana Ferreira, a Avenida Norte ficou de fora porque já está contemplada com um projeto do governo do estado. “Já existe um projeto de BRT para a Avenida Norte, que não foi contemplado agora, mas está entre as prioridades, por ser uma linha troncal que faz ligação com o Terminal da Macaxeira”, explicou. Já o binário Rui Barbosa/Rosa e Silva será beneficiado com o projeto de navegabilidade.


A melhoria dos corredores que integram o sistema de transporte público é considerado um avanço para os especialistas. “Qualquer melhora para o transporte público irá significar ganho para a população, mesmo quando gera insatisfação do usuário do transporte individual com a redução das faixas”, ressaltou Maurício Pina, especialista em mobilidade e professor do departamento de engenharia das universidades Federal e Católica de Pernambuco.

“Já que o BRS é um modelo mais simples de ser implantado poderia ser adotado na Avenida Norte, enquanto o BRT não chega. Da mesma forma que será feito na Avenida Domingos Ferreira”, ressaltou. Atualmente o Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP) realiza 26 mil viagens por dia e transporta cerca de dois milhões de passageiros em um frota de três mil ônibus. “O que vai fazer a diferença também será o investimento nas perimetrais dois, três e quatro. A quarta perimetral na BR-101 liga Abreu e Lima a Prazeres. É de uma importância fundamental”, detalhou Oswaldo Lima Neto, doutor em mobilidade urbana.

Por Tânia Passos
Informações: Blog Mobilidade Urbana
READ MORE - Prefeitura do Recife estuda implantação de 10 novos corredores de ônibus

Em Curitiba, Obra desativa estação Antônio Cavalheiro, na Av. Paraná

A Prefeitura de Curitiba desativa na manhã desta quarta-feira (5) a estação tubo Antônio Cavalheiro, que fica na Avenida Paraná, dando continuidade aos trabalhos de desalinhamento das estações para a futura linha do Ligeirão Norte. Com a desativação, os usuários da linha expressa Santa Cândida/Capão Raso farão os embarques e desembarques na estação tubo Holanda, ou no Terminal Cabral.

Durante o período de obras, os ônibus expressos dessa linha, no sentido Capão Raso/Santa Cândida, desviam para a via lenta da Avenida Paraná na saída da canaleta após a Rua Quintino Bocaiúva, retornando para a canaleta bem próximo ao trilho de trem. Já no sentido Santa Cândida/Capão Raso, os ônibus desviam para a via lenta da Avenida Paraná na saída da canaleta perto do trilho, no cruzamento da rua Vereador Garcia Rodrigues Velho.

Informações: URBS

READ MORE - Em Curitiba, Obra desativa estação Antônio Cavalheiro, na Av. Paraná

Justiça exige frota mínima em caso de greve de ônibus em Florianópolis

O Tribunal Regional do Trabalho estabeleceu manutenção de frota mínima de ônibus caso seja deflagrada greve do transporte coletivo em Florianópolis (confira os horário abaixo). A Justiça determinou multa diária de R$ 100 mil se a determinação não for respeitada.

A decisão foi tomada a partir de uma ação do Ministério Público do Trabalho e atinge os sindicatos que representa empresários e os motoristas e cobradores. O desembargador Gilmar Cavalieri considerou que em paralisações anteriores houve transtorno a população por causa do não cumprimento da frota mínima.


A decisão também estipula que sejam garantidas condições de segurança dos trabalhadore e dos ônibus usados para cumprir a determinação. As empresas devem convocar nominalmente os empregados em número suficiente para a operação das linhas.

Índices

Horários de pico - 100% 

Das 5h30min as 8h - 50% 

Das 17h30min as 20h- 50%

Informações: Diário Catarinense
READ MORE - Justiça exige frota mínima em caso de greve de ônibus em Florianópolis

Prefeitura de Goiânia anuncia bilhete único que permite ao usuário fazer até três viagens pagando o valor de uma passagem

O prefeito Paulo Garcia  (PT) anunciou nesta sexta-feira (7) a implantação do programa "Ganha Tempo".

A partir da próximo segunda-feira (10) os cartões de acesso aos ônibus passam a funcionar com o novo sistema, que permite ao usuário fazer até três viagens pagando o valor de uma passagem, durante um período de 2h30. 

O novo método de utilização dos cartões funcionará em toda região metropolitana da capital. As mudanças prevêem mais qualidade de vida para quem usa o transporte coletivo. Primeiro porque o passageiro vai ter um ganho de tempo de viagem, já que poderá optar pelas linhas de ônibus que desejar sem ter que passar por terminais de integração para evitar o pagamento de uma segunda tarifa.


O usuário escolherá a rota mais conveniente para fazer o trajeto mais curto até o destino. Com isso, os terminais que hoje estão lotados tendem a se esvaziar, porque o passageiro que utiliza o local só para a integração vai ter os cerca de seis mil pontos de ônibus para embarcar sem o pagamento de uma nova tarifa.

A solicitação dos novos cartões do programa é gratuita e pode ser feita nos mais de 400 pontos de venda e recarga do sitpass, bastando informar o CPF e o RG. Os cartões já utilizados pelos 570 mil usuários já cadastrados, como Cartão Fácil, Passe Escolar e Cartão de Integração, serão incluídos automaticamente no sistema sem necessidade de troca.

Informações: Diário da Manhã
READ MORE - Prefeitura de Goiânia anuncia bilhete único que permite ao usuário fazer até três viagens pagando o valor de uma passagem

Prefeitura de Fortaleza anuncia Plano de Mobilidade Urbana para Copa das Confederações

A Prefeitura de Fortaleza apresentou, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (5/6), o Plano de Mobilidade Urbana para a Copa das Confederações FIFA 2013, que acontece entre os dias 15 e 30 de junho. Também foi feito detalhamento sobre o andamento das obras que envolvem a realização da Copa das Confederações e da Copa do Mundo FIFA 2014.

De acordo com o Plano, as áreas no entorno do estádio Castelão terão circulação restrita ao transporte público. O efetivo operacional da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) identificará as vias restritas à circulação comum, bem como a permissão e proibição de estacionamentos em áreas do entorno.

Por sua vez, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) ficará responsável pela disponibilização de oito linhas especiais para transportar os torcedores até a Arena Castelão nos dias de jogos da Copa das Confederações. A operação foi montada pensando na agilidade do serviço e na comodidade da população, que não terá que se preocupar com estacionamento e com custos, pois o transporte será gratuito para quem tiver o ingresso das partidas.


O acesso aos ônibus especiais se dará em cinco bolsões de estacionamento, onde a população poderá deixar o carro: Universidade de Fortaleza, Shopping Via Sul, Centro Administrativo do Cambeba, Supermercado Extra (Antônio Bezerra) e Shopping Parangaba (R. Germano Frank, próximo ao terminal da Parangaba).

Desses locais, partirão as linhas expressas até a Arena Castelão, sem paradas no meio do caminho. Essa medida irá garantir a circulação dos coletivos, que poderão fazer diversas viagens até que toda a demanda de público seja atendida. Serão disponibilizados 250 ônibus somente para o deslocamento bolsões > Arena Castelão.

Além dos ônibus que sairão dos bolsões de estacionamento, também sairão linhas especiais do Aeroporto Internacional de Fortaleza, da estação de metrô da Parangaba e dos pontos de paradas da Av. Abolição (a partir da Av. Barão de Studart). Todos os pontos de embarque e desembarque estarão identificados e contarão com a presença de fiscais da Etufor para ajudar com informações.

Na chegada ao estádio, os coletivos farão o desembarque dos passageiros por três avenidas: Av. Paulino Rocha, Av. Alberto Craveiro e Av. Dedé Brasil. Os torcedores deverão realizar o embarque de volta nos mesmos locais onde desembarcaram e deverão ficar atentos ao nome das linhas para que retornem ao lugar de onde partiram. No retorno aos bolsões de estacionamento, as únicas mudanças serão nas linhas Unifor/Arena Castelão e Via Sul/Arena Castelão, que serão unificadas para atender a demanda dos bolsões da Av. Washington Soares. Desta forma, no percurso de volta passará a circular a linha Unifor/Via Sul/Arena Castelão.

Participaram da coletiva de imprensa o secretário Extraordinário da Copa de Fortaleza, Domingos Neto, o secretário de Infraestrutura, Samuel Dias, o gerente de Transporte do Comitê Organizador Local da FIFA em Fortaleza, Paulo Rodrigues, o titular da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, João Pupo, e o presidente da Etufor, Rogério Pinheiro.

Obras da Copa
O secretário municipal extraordinário da Copa, Domingos Neto, apresentou o avanço das obras de mobilidade urbana. O compromisso firmado a ser concluído até a Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 é a construção da rotatória que dá acesso à Arena Castelão e o trecho da Avenida Alberto Craveiro, que vai da Ponte do Riacho Martinho ao estádio.

Até maio de 2014, será concluída a construção do túnel da Avenida Paulino Rocha que será ligada à avenida Dedé Brasil, e ainda os canteiros centrais e a padronização das calçadas em todas as vias. Os serviços executados até junho deste ano foram alargamento da via e da ponte, pavimentação, drenagem. Atualmente, estão concluídos 82% da Avenida Alberto Craveiro, 78% da Avenida Paulino Rocha.

Segundo Domingos Neto, as obras mais complexas já foram concluídas e atualmente somente a pavimentação está pendente na Alberto Craveiro e na rotatória. As desapropriações (128 na Alberto Craveiro e 37 na Paulino Rocha) e as interferências da Embratel, Oi, Coelce e Cagece, que eram o maior entrave para o andamento da obra, foram resolvidas pela atual gestão.

Números

Ônibus (bolsões > Arena Casteão): 250
Ônibus (Fan Fest): 25
Bolsões: 5 - Universidade de Fortaleza, Shopping Via Sul, Centro Administrativo do Cambeba, Supermercado Extra (Antônio Bezerra) e Shopping Parangaba (R. Germano Frank, próximo ao terminal da Parangaba). Serão disponibilizadas 15 mil vagas de estacionamento gratuito nos bolsões.
Pontos de paradas das linhas especiais: 3 - Aeroporto Internacional de Fortaleza, da estação de metrô da Parangaba e dos pontos de paradas da Av. Abolição (a partir da Av. Barão de Studart)
Fiscais de trânsito da Etufor: 120 (espalhados pelos bolsões, paradas e Praia de Iracema)

Informações: Pref. de Fortaleza
READ MORE - Prefeitura de Fortaleza anuncia Plano de Mobilidade Urbana para Copa das Confederações

BRT extinguirá mais de 210 linhas de ônibus em BH

Pelo menos 213 linhas de ônibus de Belo Horizonte deixarão de existir com a implementação do BRT (sigla em inglês para transporte rápido por ônibus). Os 937 coletivos, que hoje passam pelas avenidas Cristiano Machado e Antônio Carlos em direção ao Hipercentro, terão os itinerários adaptados. Passageiros acostumados a apenas um embarque vão enfrentar baldeações.
Carlos Rhienck/Hoje em Dia
A proposta é reformular o sistema de ônibus, com integrações. O resultado seria proporcionar maior fluidez aos coletivos, com ganhos de até 35 minutos no tempo das viagens. O projeto de transição do sistema convencional para o BRT começará em 1º de janeiro, segundo o diretor de planejamento da BHTrans, Célio Freitas.


As mudanças afetariam cerca de 700 mil passageiros nas duas avenidas. Inicialmente, nem todos os 200 ônibus do BRT irão operar. A transição levará 90 dias, divididos em nove etapas.

Mudanças

Segundo Célio Freitas, um grande trabalho de divulgação será feito para os passageiros, mas espera-se desinformação nos primeiros momentos. Linhas que ligam bairros, com passagem pelo Centro, serão alteradas. Os usuários se direcionarão às estações principais para, então, embarcar em outros coletivos para o destino final.

“No entanto, nem todas as linhas ficarão restritas ao corredor central do BRT. Alguns coletivos circularão nas pistas exclusivas e também entrarão dentro dos bairros”, observou o diretor. Para esses trajetos, serão usados ônibus especiais – menores dos que os articulados –, de 13 metros de comprimento e portas nos dois lados.

O sistema irá funcionar entre 5 horas e 24 horas. Durante a madrugada, coletivos convencionais farão o transporte pela pista mista. Ao iniciar as operações, apenas coletivos com portas à esquerda poderão circular pela pista central.

Táxis

Táxis também serão proibidos de transitar pelos corredores e serão instalados radares de avanço de faixas, semelhantes aos da avenida Nossa Senhora do Carmo.

Para especialistas em trânsito, a baldeação é comum em outros países, além de ser necessária e benéfica, pois racionaliza o sistema. “Aproveitamos as experiências de outras cidades para minimizar os erros. Porém, falhas acontecerão”, disse, quinta-feira (6), o prefeito Marcio Lacerda, durante o III Congresso de Melhores Práticas SIBRT na América Latina, no Ouro Minas Palace Hotel.

Por Danilo Emerich
Informações: Hoje em Dia
READ MORE - BRT extinguirá mais de 210 linhas de ônibus em BH

Governo de Pernambuco apresenta plano de Mobilidade Urbana para a Copa das Confederações

O Governo do Estado de Pernambuco apresentou durante entrevista coletiva, na manhã de quarta-feira (05/06), na sede da Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa), o Plano de Mobilidade Urbana para a Copa das Confederações. No encontro com os jornalistas estavam presentes o Secretário Extraordinário da Copa, Ricardo Leitão, a Secretária Executiva da Secretaria das Cidades, Ana Suassuna entre outras autoridades da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), Companhia de Transporte e Trânsito Urbano (CTTU) e Grande Recife Consórcio de Transporte (GRCT).  

O objetivo do Plano de Mobilidade para a Copa das Confederações da FIFA Brasil 2013 é fazer com que a torcida priorize a utilização de ônibus e metrô para chegar e retornar da Arena Pernambuco. "O plano mantém as diretrizes básicas do jogo-teste do dia 22, entre Náutico e Sporting de Portugal, que é estimular o uso do metrô como principal transporte público de acesso à Arena Pernambuco", afirmou o secretário Extraordinário da Copa, Ricardo Leitão.

O principal diferencial nesta nova fase será a gratuidade do torcedor ao embarcar nas 10 estações do circuito da Copa. Para isso, basta apresentar o ingresso. O torcedor também tem a opção de embarcar em uma das linhas de ônibus com integração ao metrô. Neste caso, o usuário deverá pagar uma das duas tarifas praticadas: R$ 2,25 (tarifa anel A) e R$ 3,45 (tarifa anel B). Os terminais funcionarão até quatro horas após o término do jogo. Após esse horário, o desembarque do metrô será exclusivamente na Estação Recife.


Na ida até ao estádio, os torcedores devem seguir até a Estação Cosme e Damião, de onde sairão ônibus circulares — também gratuitos — até o estádio. Ao final do jogo, o público também voltará nesses ônibus gratuitos, que deixarão as pessoas na Estação Cosme e Damião, localizada a 2,5 km do estádio.

Expresso da Copa: Além da gratuidade do metrô mediante apresentação do ingresso do jogo do dia em questão (Espanha x Uruguai, em 16 de junho; Itália x Japão, no próximo dia 19; e Uruguai e Taiti, no dia 23 deste mês), o Plano de Mobilidade conta com outra novidade para os torcedores: o Expresso da Copa.

Serão três linhas: uma do Shopping Recife até a Estação Antônio Falcão, outra do Shopping RioMar até a Estação Recife e outra do Shopping Guararapes até a Estação Cajueiro Seco. O serviço começa a funcionar 4 horas antes do início do jog. A tarifa é única (ida e volta) custa R$ 5,00, devendo ser paga na ida.

Tíquetes do estacionamento já em campo – Como apenas os veículos credenciados terão passagem nos Pontos de Verificação Veicular (PVVs), não é recomendável ir de carro até a Arena Pernambuco nos dias de jogos. Não será permitido estacionar na BR-408, bem como no perímetro de 3 km da Arena, sob pena de multa e reboque do veículo. No entanto, o torcedor pode fazer de carro parte do trajeto até a estação de metrô de sua conveniência. Próximo às estações de metrô Aeroporto, Shopping, Recife, TIP e Joana Bezerra, também haverá estacionamentos pagos, onde o público poderá deixar o seu carro. Como há limite de vagas, o ideal é chegar ao local com antecedência.

O estacionamento mais próximo à Arena Pernambuco é o do Parqtel, vizinho ao TIP. O custo para estacionar no local será de R$ 40,00. De lá, ônibus circulares levarão os torcedores até a Arena, gratuitamente. Os tíquetes para o estacionamento do Parqtel serão vendidos antecipadamente no site www.nepark.com.br. Com relação à acessibilidade, no estacionamento do Parqtel e no Terminal Cosme e Damião, haverá vans do Projeto PE Conduz, do Governo do Estado, à disposição para transportar torcedores com mobilidade reduzida, deficientes físicos e idosos até a Arena Pernambuco.

Informações: Governo de Pernambuco

READ MORE - Governo de Pernambuco apresenta plano de Mobilidade Urbana para a Copa das Confederações

Bilhete Único em Santo André fará 350 mil viagens por mês

O Bilhete Único Andreense, apresentado ontem pelo prefeito Carlos Grana (PT), deverá ser usado, inicialmente, em 350 mil viagens por mês. Isso equivale a cerca de 7% do total de passageiros do sistema municipal de transporte de Santo André. O cartão eletrônico começará a ser aceito nas catracas a partir de segunda-feira.

O petista avalia que a demanda irá crescer conforme a população for se acostumando com o sistema. “Serão feitos diversos ajustes ainda neste ano, mas, no primeiro momento, ainda não estão previstas alterações em linhas.”

O secretário de Obras e Serviços Públicos, Paulinho Serra, informa que a SATrans – gestora do transporte municipal – irá contratar empresa para fazer pesquisa de origem e destino na cidade. Os resultados desse estudo irão apontar a necessidade de modificações nos 48 itinerários, que hoje são feitos por 404 veículos. A previsão é de que as primeiras mudanças comecem a entrar em prática no começo do ano que vem.

“A tendência é criarmos linhas circulares e acabarmos com as que cruzam a cidade como um todo. Como a integração será gratuita, não será mais necessária a existência de itinerários tão longos”, comenta Paulinho. Outro objetivo da Pasta é diminuir a sobreposição de trajetos. “Temos 380 ônibus municipais que vão para o Centro todos os dias, sendo o dobro disso de linhas intermunicipais. Isso representa cerca de 800 coletivos que vão para a região central diariamente. Não tem como falar de mobilidade se não mudarmos isso.”


O cadastramento de usuários do Bilhete Único começa na segunda-feira. Pessoas enquadradas na categoria especial, como idosos e deficientes, devem fazer o requerimento no saguão do Teatro Municipal, no Centro, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h. Para passageiros comuns – sem nenhum tipo de benefício – a adesão deve ser feita na Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André), cuja sede fica no estacionamento do Grand Plaza Shopping, na Avenida Industrial. O posto funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Para estudantes, o cadastramento será feito em agosto. No caso de vale-transporte, os cartões serão enviados para as empresas, que devem fazer a redistribuição aos funcionários.

COMO FUNCIONA

Com o Bilhete Único, o passageiro poderá fazer até três viagens em ônibus municipais com o pagamento de apenas uma passagem. O período de integração gratuita será de uma hora e meia em dias úteis e duas horas aos fins de semana e feriados. Para que a conexão seja feita sem custos adicionais, todos os coletivos utilizados precisam estar no mesmo sentido. Ou seja, se o passageiro embarcar no Terminal da Vila Luzita em direção ao Centro e no meio do caminho subir em coletivo sentido bairro, será debitada outra passagem, mesmo que o segundo embarque seja feito dentro do período determinado.

Inicialmente, o único ponto de recarga será na Aesa. A Prefeitura pretende criar, em breve, outros postos pela cidade. Não haverá carga máxima. No entanto, será necessário carregar valor mínimo correspondente a cinco passagens.

Urban Pass será aceito até o fim do ano, garante diretor da SATrans

Mesmo com a implantação gradual do Bilhete Único a partir de segunda-feira, o Urban Pass – tíquete eletrônico vigente – continuará sendo aceito até o fim do ano. A garantia foi dada pelo diretor da SATrans, Leandro Petrin. “A ideia é que continue valendo até que todos os cartões tenham sido trocados, para não causar nenhum prejuízo e transtorno aos usuários”, explica.

Durante o período de transição, diz Petrin, também será possível fazer conexões gratuitas com o Urban Pass. Usuários do antigo cartão beneficiados com algum tipo de gratuidade serão chamados para as trocas gradativamente, conforme o mês de aniversário.

Passageiros do Bilhete Único Especial, como idosos e deficientes, ou estudantes terão de cadastrar a impressão digital. A biometria evitará que demais pessoas utilizem a gratuidade ou a meia passagem de forma indevida. “A diminuição de fraudes melhora o sistema como um todo”, comenta Petrin. 

Por Fábio Munhoz 
READ MORE - Bilhete Único em Santo André fará 350 mil viagens por mês

Projeto libera cães e gatos nos ônibus de São Paulo

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal aprovou projeto de lei que libera o transporte de cães e gatos domésticos de até 10 quilos nos ônibus coletivos de São Paulo. Hoje apenas o “cão-guia”, utilizado para auxiliar deficientes visuais, pode entrar nos ônibus e nos vagões do Metrô.

De autoria do governista e líder evangélico David Soares (PSD), a proposta prevê que o passageiro apresente a carteira de vacinação do animal, que deve estar em dia. O cão ou gato será transportado em uma caixa que não deve ter “dejetos, água e alimentos”, igual à usada nas viagens de avião nos aeroportos.

O projeto deve entrar na pauta de votação a partir de terça-feira (11). “A iniciativa beneficia principalmente a população de baixa renda que, muitas vezes, não tem condições financeiras de custear o transporte até o posto de vacinação ou mesmo ao veterinário”, argumenta Soares.

A CCJ do Legislativo avaliou que a proposta tem fundamento jurídico. “A Constituição Federal atribuiu ao Município competência para organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, os serviços públicos de interesse local”, diz o parecer pela legalidade da nova regra emitido pela CCJ.

Informações: Estadão


READ MORE - Projeto libera cães e gatos nos ônibus de São Paulo

Plano prevê 100km de ciclovias em Campinas

O Plano Cicloviário de Campinas, apresentado nesta terça-feira (4) pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), prevê a construção de 100 km de ciclovias na cidade até 2016. 

A primeira intervenção será transformar a ciclofaixa Norte-Sul/Taquaral em uma ciclovia permanente, passando pelo canteiro central da avenida. O investimento neste trajeto será de R$ 2,5 milhões, mas a economia em relação ao custo das ciclofaixas da Norte-Sul e Ouro Verde será de R$ 450 mil por ano.
Foto: Gustavo Tilio/Especial para AAN
Além da obra, o plano prevê transferir a gestão e domínio do solo usado no sistema de trânsito e transporte da Serviços Técnicos Gerais (Setec) para a Emdec, que irá comercializar os espaços publicitários como fonte de receita.


O mobiliário urbano reivindicado pela Emdec para comercialização de espaços publicitários inclui ruas, terminais e pontos de ônibus, estações de transferência e sinaleiros. Para que haja a transferência de gestão do solo será necessária uma mudança legislativa. 

“Vamos precisar de investimentos e pretendemos ter o apoio da Câmara para alterar a legislação atual”, afirma o secretário de Transportes, Sérgio Benassi. “A Setec está distante da tratativa de lida diária desse trecho e do transporte. Enquanto isso, vivemos um drama diário e estamos precisando fortemente desse recurso”.

A medida vai permitir que a Emdec faça Parceria Pública Privada (PPP) com investidores para construção das ciclovias. “A implantação e manutenção da qualidade das ciclovias será feita por quem ganhar a licitação, pelos parceiros econômicos e com recursos da propaganda. Nós vamos dividir os custos do investimento”, explicou. Além disso, o recurso arrecadado será, futuramente, aproveitado como fonte de receita para financiamentos e investimentos no setor de transporte.

Informações: Correio Popular
READ MORE - Plano prevê 100km de ciclovias em Campinas

Prefeitura de Belo Horizonte disponibilizará 300 ônibus para os torcedores

Os planos de mobilidade urbana em Belo Horizonte para a Copa das Confederações só será divulgado no dia 12, mas durante tour no Mineirão, na última quinta-feira, o secretário municipal extraordinário para a Copa do Mundo Camilo Fraga adiantou que 300 ônibus estarão à disposição dos torcedores.

Com poucas vagas de estacionamento e o entorno do estádio restrito a veículos autorizados, as autoridades responsáveis pelo evento querem incentivar o públicar a investir em transporte pública para facilitar o trânsito na cidade.


“Teremos uma operação diferenciada no que tange à mobilidade urbana para a Copa das Confederações. Teremos 300 ônibus exclusivos para aqueles que têm ingressos, partindo de cinco pontos da cidade que terão condições melhores de estacionamento. Também teremos transporte para pessoas com necessidades especiais. Então, este é indiscutivelmente o melhor meio para vir ao Mineirão. As pessoas que quiserem vir de carro terão de estacionar em ruas distantes, porque teremos uma área de exclusão”, exlpicou Fraga.

Por Débora Ferreira
Informações: O Tempo
READ MORE - Prefeitura de Belo Horizonte disponibilizará 300 ônibus para os torcedores

Estação Cosme e Damião do metrô do Recife é inaugurada

A Estação Cosme e Damião do metrô do Recife foi inaugurada, oficialmente, na tarde deste sábado (8), com a obra inacabada. Na parte externa da plataforma, em Camaragibe, na Região Metropolitana, há materiais de construção e um trator. No prédio, aberto público, ainda serão instalados a escada rolante e o corrimão de uma das escadas. No local, operários também terminam o serviço da parte elétrica. A área que dá acesso ao terminal integrado está fechada por tapumes.
Imagem/Reprodução NETV
A plataforma Cosme e Damião fica entre as estações Rodoviária e Camaragibe e está situada a cerca de dois quilômetros da Arena Pernambuco, estádio que vai receber os jogos da Copa das Confederações a partir do próximo dia 16. A expectativa é que 3.000 passageiros utilizem a estação diariamente. Na primeira semana de funcionamento, não será cobrada a tarifa de embarque dos usuários, segundo a assessoria do metrô.


Devido às fortes chuvas que atingiram a Região Metropolitana nos dias 17 e 27 de maio, foram necessárias novas intervenções na estação, para minimizar as ocorrências de alagamento na área de acesso. No prédio também foram instaladas várias placas de sinalização, inclusive com informações em inglês.

De acordo com a assessoria do metrô, o prédio não está completamente pronto porque a estação vai funcionar de forma experimental. As obras devem ser concluídas nas próximas semanas. “Quando a gente entrega um trem novo, uma estação nova, fazemos esse sistema experiemntal para ver o que está precisando consertar”, explicou o diretor de operações do metrô, Sérgio Murilo.

O Grande Recife Consórcio de Transporte informou que não há previsão para inauguração do Terminal Integrado Cosme e Damião. Na Copa das Confederações, o esquema de deslocamento dos torcedores será o mesmo montado para o amistoso entre Náutico e Sporting. Os passageiros desembarcam na estação e, de lá, seguem para a Arena Pernambuco em ônibus expressos que serão disponibilizados gratuitamente.

Informações: G1 PE
READ MORE - Estação Cosme e Damião do metrô do Recife é inaugurada

Manaus reduz passagem de ônibus para R$ 2,90 após isenção de tributos

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, anunciou que vai reduzir o valor da tarifa de ônibus. Atualmente, a passagem custa R$ 3, mas agora o preço será reduzido em 10 centavos para R$ 2,90. 

O anúncio aconteceu em entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira (7). O novo valor da tarifa passa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (10). 

Segundo o prefeito, a análise da planilha permitiu ver que a redução da tarifa era possível. A tarifa do transporte coletivo em Manaus era de R$ 2,75 até 27 de março deste ano, quando foi reajustada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto para R$ 3,00.

Ainda de acordo com Arthur, o preço da passagem deve passar por uma nova avaliação em abril de 2014.

A redução se deu após revisão da planilha de despesas do sistema de transporte coletivo da capital por conta da Medida Provisória n° 617, de 31 de maio de 2013 e publicada no Diário Oficial da União em 1º de junho, assinada pela presidente Dilma Rousseff, que reduz a zero as alíquotas da Contribuição para o PIS/PASEP e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social – COFINS - incidentes sobre a receita decorrente da prestação de serviços regulares de transporte coletivo municipal rodoviário, metroviário e ferroviário de passageiros.

“Vou ligar ainda hoje para a presidente Dilma Rousseff e comunicar a ela a nossa postura. Não sei quantas outras cidades já fizeram isso, mas eu estou fazendo porque o cálculo aponta que é possível a redução. Depois de 17 meses de demora, tive que fazer o reajuste da tarifa porque o sistema estava descapitalizado, desequilibrado. Algumas empresas tinham ótimas linhas e outras tinham péssimas linhas e para resolver essa situação criamos a Câmara de Compensação, onde quem ganha mais ajuda quem ganha menos. Com a medida provisória assinada em maio, vimos que a redução não vai prejudicar o sistema”, declarou Arthur Neto.

A tarifa deve ser reavaliada novamente em abril de 2014. Para dar celeridade ao sistema de transporte coletivo, Arthur declarou que a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) vai intensificar o combate ao transporte clandestino além de limitar a entrada de novos veículos no sistema alternativo e executivo. Segundo ele, o número de mototaxistas deve ser reduzido após a regulamentação da categoria, que vai discutir as regras do sistema em audiência pública na próxima segunda-feira, 10.

“Adotando essas medidas nós vamos conseguir aumentar o Índice de Passageiros por Quilômetro (IPK). Isso significa que cada ponto de aumento do IPK vai possibilitar a redução da tarifa. Pode ser que daqui um ano, quando formos reavaliar a tarifa do sistema, esse valor seja diminuído”, afirmou Arthur.

Corredor

Outra medida anunciada durante a manhã foi a criação de um corredor exclusivo para ônibus na Avenida Epaminondas, no Centro, a partir da próxima semana. A localização de outros corredores exclusivos já está em estudo, pela SMTU.

“O Manaustrans vai começar a fazer a pintura desse corredor exclusivo além da sinalização. Isso vai fazer com que o ônibus faça aquele trajeto mais rápido e os outros veículos vão utilizar a Rua Luís Antony, que hoje está praticamente inutilizada. Pedimos aos motoristas que não invadam o corredor exclusivo. Se todos contribuírem um pouquinho, vai dar tudo certo. Estamos acreditando na educação da população”, afirmou o superintendente da SMTU, Pedro Carvalho.

Informações: D24am

READ MORE - Manaus reduz passagem de ônibus para R$ 2,90 após isenção de tributos

Frota acessível de Vinhedo ajuda moradores com dificuldades de locomoção

Incluir significa integrar um elemento a um todo. À pessoa que tenha algum tipo de deficiência – tal como a limitação de mobilidade – o termo é ainda mais abrangente e garantido em Lei Federal, estendendo em sua descrição o direito à igualdade, à dignidade, a não discriminação, à acessibilidade e aos demais outros direitos garantidos como básicos pela Constituição Federal, tais como educação, saúde, trabalho, lazer, entre outros. 

O transporte também faz parte dos direitos básicos à pessoa com deficiência e ainda contempla outro termo à sua correta oferta: a acessibilidade, a fim de permitir que o deficiente possa chegar mais facilidade e comodidade ao local que precisa se deslocar. “A acessibilidade é primordial quando se trata da pessoa com deficiência, pois permite que tenha garantido seu direito de ir e vir, de forma facilitada e de uma maneira que respeite suas características individuais”, afirmou a presidente do Conselho Municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência de Vinhedo, Tatiana Saes Steiner. 
Em Vinhedo, o direito ao transporte e a oferta do serviço com acessibilidade têm avançado com a ajuda da Prefeitura de Vinhedo, que por meio de suas secretarias municipais de Transporte e Defesa Social e Assistência Social – juntamente aos conselhos municipais e entidades do segmento – têm trabalhado na ampliação da frota de atendimento à população que tenha dificuldade de locomoção. “A mais recente conquista nesse sentido em Vinhedo, e que demonstra o respeito e a inclusão que há na cidade à pessoa com deficiência, é que, ao fim de abril desse ano, passamos a ter quase 80% da frota do transporte público municipal composta por veículos adaptados ao pleno atendimento desse público, o maior percentual da Região Metropolitana de Campinas [RMC]”, disse o prefeito de Vinhedo, Milton Serafim.

O alto índice de acessibilidade da frota municipal tem permitido, inclusive, que as entidades que atendem a esse público na cidade possam estimular a criação de mais autonomia de mobilidade entre seus usuários, a partir do uso do transporte coletivo municipal. “O município lutou e transformou em realidade o aumento de oferta do transporte adaptado e esse recurso, que em tanto valoriza a inclusão social na cidade. O importante agora é as famílias utilizarem este recurso, também como forma de, principalmente, colaborar na independência de seus filhos”, afirmou a gestora social do Centro Educacional Integrado de Vinhedo (Ceivi), Cristina Mazon.

Outros benefícios

As pessoas com deficiência são isentas do pagamento de tarifa no transporte coletivo. O benefício está previsto na Lei Complementar nº 666/1991 e isenta do pagamento de tarifas nos serviços de transporte coletivo urbano as pessoas que tenham deficiência e cuja gravidade comprometa sua capacidade de trabalho, bem como o menor de 14 anos, portador de deficiência que igualmente justifique o benefício; e as pessoas com mais de 65 anos. A isenção também se estende ao acompanhante do deficiente. 

A frota 

Além de mais modernos e menos poluentes, os ônibus da nova frota em Vinhedo são do modelo Mercedes Benz e têm carroceria Induscar Apache Vip. Os veículos têm bancos com identificação a deficientes, aos seus acompanhantes e também para idosos e gestantes, além de encostos altos que proporcionam mais conforto e comodidade aos usuários. 

Ao atendimento de cadeirantes e pessoas com dificuldades de locomoção, os veículos adaptados dispõem de elevadores e atendimento especial ao deficiente. Ao parar no ponto de embarque ou desembarque, o motorista se desloca até a porta traseira do veículo e aciona o elevador, atendendo durante todo o processo a pessoa com necessidades especiais. Nesse momento, o ônibus fica automaticamente travado, sem riscos, portanto, de se movimentar durante a operação. 

Com a chegada dos oito ônibus Vinhedo em abril a cidade tem, atualmente, a frota mais nova da RMC e que tem apenas 1,4 ano de uso, bem como um percentual de acessibilidade que chega aos 78,75%, com onze ônibus com acessibilidade para uma frota urbana de 14.

Informações: Prefeitura de Vinhedo
READ MORE - Frota acessível de Vinhedo ajuda moradores com dificuldades de locomoção

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960