Valor da tarifa de ônibus em Natal é reduzido para R$ 2,30

terça-feira, 4 de junho de 2013

A portaria reduzindo o valor da tarifa de ônibus e opcionais em Natal de R$ 2,40 para R$ 2,30 foi publicada no Diário Oficial do Município desta terça-feira (4). O novo valor já está em vigor e foi calculado pela Prefeitura de Natal, após a decisão do Governo Federal de zerar o pagamento do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) para o sistema de transporte público.

A decisão publicada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), chega após vários protestos ocorridos na cidade com a chamada #RevoltadoBusão, que foi contra o reajuste anunciado no dia 18 de maio, que aumentou o valor da passagem de R$ 2,20 para R$ 2,40. No entanto, mesmo com a redução, o movimento pretende realizar um novo protesto na próxima quinta-feira (6), nas proximidades do shopping Via Direta. Segundo os manifestantes, o valor ainda não atende às expectativas da população.


De acordo com a secretária de Mobilidade Urbana (Semob), Elequicina Santos, os técnicos da pasta fizeram um novo estudo do cálculo tarifário que projetou essa tarifa.“A redução no valor da tarifa se deu em virtude da política de desoneração do sistema de transporte urbano incrementada pelo Governo Federal por meio da Medida Provisória 617 publicada no Diário Oficial da União", disse.

No dia 28 de maio uma decisão do juiz Bruno Lacerda Bezerra Fernandes, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou ao Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn) que  apresente à Justiça, as planilhas de custos e lucros do serviço de transporte público na capital potiguar no prazo de 20 dias.

Até o momento, Natal foi a única capital brasileira a reduzir o valor dos ônibus após a publicação da medida federal. 

Por Kívia Soares
Do NE10/Rio Grande do Norte 
READ MORE - Valor da tarifa de ônibus em Natal é reduzido para R$ 2,30

Transporte Urbano de Florianópolis entra em estado de greve

O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano de Florianópolis (Sintraturb) rejeitou a proposta do sindicato patronal e decidiu iniciar o estado de greve a partir desta terça-feira. No próximo domingo, às 22h, a categoria se reúne novamente, na Praça de Luta, para votar se entram em greve ou não. Até lá, o serviço será mantido normalmente. 

Os trabalhadores se reuniram em três turnos nesta segunda-feira, totalizando aproximandamente 1000 participantes. Foi decidido por unanimidade rejeitar a proposta de reajuste salarial composto da inflação (7,16%) retroativo à 1º de maio, acrescido de mais 2,64% de aumento real a partir de agosto. 

Segundo o Sintraturb, o problema é que essa proposta abrange apenas os motoristas e cobradores. As demais funções, mecânicos e setor administrativo, receberiam apenas a inflação.

— Estão querendo dividir a categoria, mas nós não vamos aceitar isso. Mas é preciso que os companheiros parem também nas garagens. Sei que lá é mais difícil fazer greve, mas nós vamos ter que lutar juntos — disse Deonisio Linder, em assembleia, pois em assembleia. Devido a uma medida interna do sindicato, os trabalhadores não concedem entrevistas para a imprensa. 

Segundo Deonisio a proposta dos patrões chegou por e-mail no fim de semana. A categoria está aberta para negociação até a assembleia de domingo.

Informações: Diário Catarinense

READ MORE - Transporte Urbano de Florianópolis entra em estado de greve

Obras na Santos Dumont prometem melhorar trânsito em Fortaleza

Faltando menos de duas semanas para a Copa das Confederações o trânsito em Fortaleza segue complicado, principalmente, em trechos onde estão sendo realizadas obras de mobilidade urbana. São os casos das intervenções nas avenidas Santos Dumont e Washington Soares.

Na Avenida Santos Dumont, a via  ganhará um túnel, no cruzamento na Via Expressa, por onde 33 mil veículos passam diariamente. A obra teve início cerca de três semanas e, por enquanto, os operários trabalham na escavação para levantar os muros para sustentar a base do túnel que terá 230 metros de extensão. "O objetivo dessa obra é transformar a via, de fato, em expressa. Vamos eliminar todos os cruzamentos da Via Expressa com outras ruas e avenidas. Na Santos Dumont, Padre Antônio Tomás e Alberto Sá”, explicou o secretário de Infraestrutura de Fortaleza, Samuel Dias.

Mudança
A prefeitura interditou o trecho entre Avenida Engenheiro Santana Júnior e Rua Jangadeiros. Durante a Copa das Confederações os motoristas precisam ficar atentos e ter paciência devido os desvios. A Via Expressa vai continuar com o fluxo normal. Mas quem trafega na Avenida Santos Dumont sentido Centro/Praia precisa entrar à direita, depois à esquerda na Rua Vilebaldo Aguiar, novamente à esquerda na Avenida Engenheiro Santana Júnior e finalmente à direita na Avenida Santos Dumont. No sentido contrário,  a alternativa para o condutor é entrar à direita na Engenheiro Santana Júnior, à esquerda na Rua Joaquim Lima, de novo, à esquerda na Via Expressa, até chegar a Avenida Santos Dumont.


Os trabalhos só deverão terminar em abril de 2014. Dois meses antes da Copa do Mundo. A maquete eletrônica da prefeitura de Fortaleza mostra que além do encontro com a Santos Dumont outros dois túneis serão construídos na Via Experessa. Um deles na Avenida Alberto Sá, no Bairro Papicu  e outro na Avenida Padre Antônio Tomas. As obras devem transformar a Via Expressa em corredor livre para passagens de carros, ônibus e do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Com o fim dos trabalhos, a Avenida Santos Dumont terá sentido único - Centro/Praia. Para os motoristas que quiserem fazer o sentido contrário Praia/Centro, a opção será a Avenida Dom Luís.

Enquanto as obras não terminam motoristas reclamam dos engarrafamentos. “Nós chegamos atrasados e fica complicado. Temos que se antecipar para chegar a tempo nos nossos compromissos. Está bem complicado”, diz o universitário, Marcelo Pinheiro.

Já o dentista Carlos Bezerra relata que o comércio é que mais sofre com as intervenções. “Muitos transtornos. Os pacientes reclamam todos reclamam principalmente o comércio”, disse.

Túneis na  Washington Soares
Já na Avenida Washington Soares estão ocorrendo a ampliação da avenida e a construção de dois túneis. Segundo o Departamento Estadual de Rodovias (DER), 80% das obras estão concluídas. Tanto a ampliação da Washington Soares como também a construção de dois tuneis, próximo ao Shopping Iguatemi, no Bairro Edson Queiroz.

No momento, na avenida, já tem pista nova e três faixas já estão liberadas melhorando o trânsito da via. A ampliação é necessária segundo o DER porque passam pelo local 60 mil carros por dia. Sobre os prazos o DER diz que a previsão de entrega é no primeiro semestre de 2013.

Informações: G1 Ceará
READ MORE - Obras na Santos Dumont prometem melhorar trânsito em Fortaleza

Terminal de ônibus de Pinheiros abre sem estacionamento

Aberto para o público neste sábado, 1, cinco meses após a "inauguração" pelo ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD), o Terminal Pinheiros, na zona oeste, teve nesta segunda-feira o primeiro dia útil de operação, ainda incompleto. A garagem subterrânea sob o espaço, com 400 vagas, segue fechada. Apenas alguns moradores do entorno podem estacionar os carros lá porque as vias onde moram passam por obras de reurbanização.

Quando funcionar plenamente, a garagem será o terceiro estacionamento público subterrâneo da capital - os outros dois são o que fica ao lado do Parque Trianon, na região da Avenida Paulista, e o do complexo do Hospital das Clínicas, os dois construídos na década de 1990.

A reportagem visitou o subsolo do terminal e constatou que o estacionamento está pronto. Alguns automóveis - cerca de 30 - foram vistos parados no local na manhã desta terça-feira. De acordo com a São Paulo Obras (SPObras), empresa da Prefeitura que construiu a garagem, a decisão sobre o início da operação depende da São Paulo Transporte (SPTrans), outra estatal municipal, que é responsável pelo terminal.

Procurada, a SPTrans informou que priorizou a entrega da área destinada aos ônibus e que não tem prazo para a abertura da garagem, que tem a função de promover o uso do transporte público entre quem usa automóvel. A empresa ainda definirá qual será o modelo para a concessão do estacionamento.

"Já deveria estar aberto para estimular ainda mais o uso do transporte público", disse o engenheiro civil Rene Oliveira, de 29 anos, que parou o carro em um estacionamento da região, a custo de R$ 6 a primeira hora. A recepcionista Priscila de Souza Costa, de 21 anos, reclama da falta de cobertura no acesso entre o terminal e a estação de metrô, ao lado. "Em dia de chuva, todo mundo vai se molhar." Por enquanto, só sete linhas de ônibus operam no local. Até julho, serão 22 municipais, além de 11 intermunicipais, transportando 60 mil passageiros por dia. 

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

READ MORE - Terminal de ônibus de Pinheiros abre sem estacionamento

No Recife, Ônibus opcional do Aeroporto passa a operar aos domingos

Para atender a solicitação de passageiros, o Grande Recife ampliou o atendimento da linha 042 – Aeroporto (Opcional). A novidade é que essa linha passa a operar aos domingos, já começando a valer para este, dia 02 de junho. 

O Consórcio informa que, da mesma forma que as linhas opcionais não aceitam o VEM Estudante (com o pagamento da meia tarifa), também não será reduzida a passagem dos domingos. Os passageiros desta linha continuarão pagando o valor de R$ 2,80 para utilização da mesma. 


Linhas do Aeroporto terão novos pontos de terminais 

A partir deste sábado (1º de junho) as linhas 033 – Aeroporto, 042 – Aeroporto (Opcional) e 043 – Aeroporto/Tacaruna (Derby) terão seus terminais alterados. A alteração se dará devido ao novo atendimento dessas linhas à área interna do Aeroporto nos dois sentidos. 

As linhas 033 – Aeroporto e 043 – Aeroporto/Tacaruna (Derby) terão como novo ponto de terminal a Praça Diário de Pernambuco de onde já partem as linhas 044 – Massangana (Boa Vista) e 161 - Brigadeiro Ivo Borges/TI Aeroporto e realizarão o seguinte itinerário: 

Terminal/Ponto de Retorno: 

Os veículos sairão do novo terminal na Praça Diário de Pernambuco, seguindo pela Rua Quatro de Outubro, Rua Dona Maria de Souza, retornando ao seu itinerário normal a partir da Rua Armindo Moura em direção ao Centro do Recife. 

Ponto de Retorno/Terminal: 

No itinerário de retorno, após seguir do Centro do Recife em direção ao subúrbio, a linha fará seu itinerário normal até a Rua Armindo Moura. A partir daí, os veículos tomarão a Rua Dona Maria de Souza, Rua Quatro de Outubro, encerrando o percurso na Praça Diário de Pernambuco. 

Já no caso da linha 042 – Aeroporto (Opcional), seu ponto terminal será transferido para a Rua Copacabana, no bairro de Setúbal, onde já operam as linhas 032 – Setúbal (Cde. Boa Vista) e 039 – Setúbal (Príncipe) e realizará o seguinte itinerário: 

Sentido subúrbio/cidade: 

A linha sairá do novo terminal na Rua Copacabana, seguindo diretamente para a Rua 21 de Janeiro, retornando ao seu itinerário normal em direção ao Centro do Recife. 

Sentido cidade/subúrbio: 

No trajeto de retorno, os veículos dessa linha não mais seguirão pela Estrada da Batalha, mas farão o retorno no Viaduto Sul do Aeroporto, seguindo pela Rua 10 de Julho, Vinte de Janeiro, encerrando o percurso na Rua Copacabana. 

Em caso de dúvidas, o Grande Recife disponibiliza sua Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 081 0158. 

Informações: GRCT



READ MORE - No Recife, Ônibus opcional do Aeroporto passa a operar aos domingos

Em Ribeirão Preto, Trabalhadores reclamaram da falta de transporte na volta para casa

Os usuários do transporte coletivo de Ribeirão Preto (SP) reclamaram nesta segunda-feira (3) da falta de ônibus no município. A greve dos motoristas por aumento salarial de 17% afetou cerca de 100 mil pessoas, que sem opção de transporte público tiveram que recorrer a caronas, táxis e mototáxis. Com a demanda, o preço da corrida dos mototáxis inflacionou. Segundo trabalhadores, a demanda fez com que mototaxistas cobrassem até R$ 45 por corridas que normalmente custam R$ 10.

Em meio à falta de ônibus na cidade, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou no final da tarde a volta da circulação de 50% da frota dos ônibus a partir da manhã de terça-feira (4) - no mesmo dia está prevista, pela manhã, a votação de uma nova proposta de reajuste e, à tarde, uma audiência entre empregadores e empregados.


Os pontos de ônibus do Centro estavam praticamente vazios no início da noite desta segunda-feira. Algumas pessoas, no entanto, circulavam pelo local na esperança de que algum ônibus aparecesse. "Hoje de manhã fiquei duas horas no ponto de ônibus. O mototáxi estava cobrando um absurdo para vir para o Centro, por volta de R$ 30. Tive que vir de carona, senão eu não teria conseguido chegar ao trabalho. Agora não sei como vou fazer para voltar para casa. (...) As impressões que estou tendo sobre a cidade são as piores", afirmou o atendente de crédito Jhonathan Silva Xavier, que é de São Luis (MA) e mora em Ribeirão há um mês.

Liminar
No final da tarde desta segunda-feira, o TRT da 15ª Região concedeu uma liminar que obriga as empresas integrantes do Consórcio Pró-Urbano a retomar a circulação de 50% da frota dos ônibus do município. A multa diária para cada empresa que descumprir a determinação é de R$ 10 mil. O Tribunal designou ainda uma audiência de tentativa de conciliação entre as empresas e os empregados para a tarde desta terça-feira (4), às 15h30, em Campinas (SP).

Mas antes da audiência os trabalhadores votarão, em assembleia marcada para as 5h30, uma nova contraproposta apresentada pelo consórcio após uma reunião com representantes da Prefeitura e do sindicato dos motoristas na noite de segunda.

As empresas propuseram um aumento de 9% no piso salarial e nos benefícios, 2% a mais do que foi oferecido inicialmente, antes da confirmação da greve. Porém, a categoria exige reajuste de 17% - 7% referente à inflação do último ano mais 10% de aumento real -, além de prêmio de R$ 500 pelo acúmulo de função de cobrador e aumento no vale refeição de R$ 500 para R$ 600.

Informações: G1 Ribeirão Preto
READ MORE - Em Ribeirão Preto, Trabalhadores reclamaram da falta de transporte na volta para casa

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960