Em São Paulo, Novo terminal Pinheiros entra em operação

sábado, 1 de junho de 2013

Inaugurado pelo então prefeito Gilberto Kassab (PSD) no dia 28 de dezembro do ano passado, o Terminal Pinheiros começou a operar neste sábado, na zona oeste da capital paulista. De acordo com a São Paulo Transportes (SPTrans), cerca de 16 mil pessoas serão atendidas diariamente pelos 80 ônibus, distribuídos em sete linhas.
O terminal começou a operar neste sábado com as primeiras linhas - Foto: Alex Falcão / Futura Press
A partir do hoje teve início a primeira fase da operação do terminal, localizado entre a rua Gilberto Sabino e a avenida das Nações Unidas e com integração com a Linha-4 Amarela do Metrô e Linha 9-Esmeralda da CPTM.

Segundo a prefeitura, a previsão é de que a segunda fase seja implantada em 15 dias e a terceira em 30 dias. "Quando estiver funcionando à plena capacidade, 60 mil passageiros por dia útil circularão pelo terminal distribuídos em 15 linhas municipais e 9 intermunicipais", informou a SPTrans.

Informações: Portal Terra

READ MORE - Em São Paulo, Novo terminal Pinheiros entra em operação

Rio ganhará mais seis corredores exclusivos de ônibus até o final de 2013

Mais seis corredores BRS (Bus Rapid Service) vão ser implatados no Rio de Janeiro ao longo do ano. De acordo com a SMTR (Secretaria Municipal de Transportes), as regiões da zona norte, zona sul e do centro serão contempladas. 

Os corredores exclusivos de ônibus somarão 37,4 km e vão beneficiar os usuários do transporte na Tijuca, Maracanã, Estácio, Méier, Botafogo, Humaitá e Centro. Atualmente, o Rio de Janeiro conta com sete BRS. No total, são 20,2 km de faixas preferenciais de ônibus em funcionamento. De acordo com a CET-Rio, a implantação das vias já reduz as viagens em 25%.

A via que vai ligar a Carioca, no centro, a  Saens Peña, na zona norte, fazendo também o retorno, será a primeira a ser inaugurada, com previsão para agosto. Em seguida, os corredores Maracanã – Méier, via rua 24 de Maio e o retorno Méier – Maracanã, via avenida Marechal Rondon, devem começar a operar em outubro. No mês de dezembro, serão inaugurados os BRS Praia de Botafogo – Humaitá, via rua São Clemente e o retorno Humaitá – Praia de Botafogo, via rua Voluntários da Pátria.

Até 2016 a Prefeitura do Rio pretende implantar novos corredores BRS no Leblon, Copacabana, Flamengo, Laranjeiras, Flamengo, Catete, Gloria, Vila Isabel, Bangu, Campo Grande, além da expansão dos trechos Centro, Tijuca e Méier.

Informações: R7.com

READ MORE - Rio ganhará mais seis corredores exclusivos de ônibus até o final de 2013

Metrô superlotado reflete o caos do transporte público no País

SÃO PAULO - As cenas do metrô superlotado em São Paulo chamam a atenção da imprensa estrangeira. A Agência de notícias Reuters distribuiu uma série de imagens dos trens lotados no horário de pico, destacando que a maior cidade brasileira enfrenta "alguns dos piores engarrafamentos do mundo".

A agência diz que, na cidade com 20 milhões de habitantes, muitos passageiros gastam até três horas para percorrer distâncias de aproximadamente 14 quilômetros na área mais rica e principal centro financeiro do País.


O trânsito da cidade de São Paulo é um dos piores do mundo, comparável ao de Bangcoc (Tailândia), Pequim e Xangai (China), Cairo(Egito), Calcutá e Chennai (Índia) e Jacarta (Indonésia).

A cidade de São Paulo tem somente 7 km por milhão de habitante, enquanto Nova York, por exemplo, tem 45 km. De acordo com estudo da Fundação Getúlio Vargas, a cidade de São Paulo perde em produção R$ 40 bilhões por ano, valor adicional de riqueza que poderia ser gerada, se o tempo perdido no trânsito fosse gasto no trabalho.Com o valor do prejuízo, seria possível construir 80 quilômetros de metrô por ano.

O prejuízo é  distribuído democraticamente entre empresas, governo e população. Como as pessoas desperdiçam entre duas e três horas por dia no trânsito, isso significa que, no decorrer de um mês, elas passaram pelo menos dois dias dentro do ônibus ou do carro.

Em abril, o Estadão mostrou que a superlotação do metrô de São Paulo já chegou às ruas. Na Linha 3-vermelha, os passageiros esperam até 30 minutos do lado de fora para ultrapassar as catracas das estações na zona leste - o trajeto entre Itaquera e Sé é percorrido, em média, em 50 minutos.

As filas gigantescas tomam as passarelas - todas descobertas - e invadem as calçadas. O problema afeta principalmente as estações que dão acesso ao Itaquerão, o estádio do Corinthians que terá jogos da Copa no ano que vem.

Se a situação da cidade já é difícil em dias normais, a vida dos passageiros pode ficar ainda mais complicada na terça-feira, dia 4, quando os funcionários do metrô prometem entrar em greve geral.Juntos, Metrô e CPTM transportam cerca de 7 milhões de pessoas por dia.

Informações: Estadão
READ MORE - Metrô superlotado reflete o caos do transporte público no País

Em Pernambuco, Empresa Itamaracá Transportes reforça interação com seus usuários

Fundada em 1958, a Itamaracá Transportes integra o Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP) da Região Metropolitana do Recife – Pernambuco. Atende oito municípios da zona norte: Recife, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Araçoiaba, Igarassu, Itapissuma e Ilha de Itamaracá.

Atualmente conta com uma frota de 242 veículos e gera mais de 1.450 empregos diretos, realizando diariamente cerca de 2.700 viagens, transportando em média mais de 200.000 passageiros por cada dia útil de operação. 

Pensando em aumentar a interação com seus usuários, a Itamaracá transportes fornece através de seu SITE as principais notícias relacionadas ao sistema de transporte coletivo, onde os usuários podem olhar horários, itinerários e muito mais sobre a empresa.

Hoje a Itamaracá Transportes é uma das empresas de transporte de passageiros mais conceituadas do Brasil pela ANTP, além de já ter ganhado prêmios ISO de Qualidade e Meio Ambiente.

Um grande exemplo são os fóruns regulares com seus clientes, na qual os usuários participam das melhorias e consequentemente do crescimento da empresa.

A empresa também faz campanhas educativas através da sua página do Facebook, onde também é um importante canal com os usuários. 

Blog Meu Transporte

READ MORE - Em Pernambuco, Empresa Itamaracá Transportes reforça interação com seus usuários

Prefeitura do Rio institui tarifa única para ônibus urbanos

A Prefeitura do Rio publicou na edição do Diário Oficial desta quarta-feira, dia 29/05, decreto instituindo tarifa única no sistema público de passageiros por ônibus, integrada ao Bilhete Único Carioca (BUC). Os ônibus urbanos com ar-condicionado passarão a adotar a tarifa modal básica praticada pelos ônibus urbanos sem ar-condicionado. Com isso, a cidade terá apenas uma tarifa para todos os ônibus urbanos, em vez das seis tarifas distintas em vigor. A medida, que passa a valer a partir da 0h (zero hora) do próximo sábado, dia 1º de junho, beneficiará cerca de cinco milhões de passageiros por mês que viajam em ônibus urbanos com ar-condicionado e poderão economizar até R$ 3 por viagem.

Hoje, enquanto a tarifa básica é de R$ 2,75, as tarifas de ônibus urbanos com ar-condicionado variam de R$ 2,85 a R$ 5,40 de acordo com a distância percorrida por cada linha. Moradores da Zona Oeste, que percorrem os maiores trajetos, poderão economizar cerca de R$ 130 por mês no deslocamento de casa para o trabalho. Com a instituição da tarifa única na cidade, apenas os ônibus rodoviários com ar-condicionado (frescões) terão tarifa diferenciada.

Integração plena dos ônibus no Bilhete Único Carioca - BUC

A instituição da tarifa única garantirá que a cidade atinja o objetivo de integração plena do sistema de ônibus urbanos por meio do BUC. Os cariocas poderão fazer qualquer integração ônibus/ônibus através do BUC pagando apenas a tarifa modal básica. Isso aumentará a disponibilidade de transportes e propiciará maior rapidez nas baldeações para todos os trajetos e em todas as regiões da cidade. Além disso, os ônibus com ar-condicionado estarão acessíveis para toda a população que poderá utilizar veículos mais modernos e confortáveis pagando menos. Essa medida ganha ainda mais relevância com a meta estabelecida no Plano Estratégico da Prefeitura de progressivamente dotar toda a frota de ônibus urbanos do Rio de ar-condicionado. 

Reajuste da tarifa modal para ônibus urbanos

De acordo com o contrato de concessão, o reajuste anual de tarifas de ônibus na cidade do Rio de Janeiro deveria ter sido concedido no dia 1º de janeiro deste ano. Por solicitação do Governo Federal, a Prefeitura do Rio decidiu adiar o reajuste. Também na edição do Diário Oficial desta quarta-feira, o decreto municipal autoriza a mudança da tarifa modal para R$ 2,95, com vigência a partir da 0h do próximo sábado, dia 1º de junho de 2013.

O reajuste da tarifa, calculado com base em índices da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) cuja fórmula está prevista no contrato de concessão, foi feito a partir da variação de preço dos itens que compõem a planilha tarifária, como insumos (pneus, combustível, etc.) e mão de obra. Além disso, o cálculo considerou a unificação da tarifa dos ônibus urbanos com e sem ar-condicionado e a desoneração do PIS/CONFINS para operadores de transportes de passageiros, anunciada pelo Governo Federal.

Informações: Prefeitura do Rio

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook


TARIFA CALCULADA (fórmula prevista no contrato, variação jan2012-mai2013)
 R$ 3,039 
Unificação Tarifa com Ar-Condicionado
 R$ 0,029
Desoneração PIS/COFINS
 R$ (0,112)
TARIFA FINAL
 R$ 2,956
TARIFA ARREDONDADA
 R$ 2,95
READ MORE - Prefeitura do Rio institui tarifa única para ônibus urbanos

Após greve, Trens do Subúrbio de Salvador voltaram a operar nesta sexta

Os trens do Suburbúbio Ferroviário de Salvador voltaram a operar nesta sexta-feira (31), após a greve de 21 dias dos ferroviários. Segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviários e Metroviário dos Estados da Bahia e Sergipe (Sindiferro), os ferroviários voltaram ao trabalho na quarta-feira (29), mas exercem atividades administrativas enquanto os trens passam por inspeção antes de voltarem a operar.

Greve
Na quarta-feira, os ferroviários da capital baiana decidiram encerrar a greve da categoria. Segundo o Sindiferro, o salário de abril, os tickets alimentação de maio e junho, assim como os vales transportes de junho, foram entregues aos 129 funcionários da quarta.


O sindicato informou na ocasião que os trilhos e os vagões passariam por inspeções de segurança antes da liberação para o funcionamento. Durante o período, os funcionários trabalham em funções administrativas e de manutenção da rede. Os trens do Subúrbio atendem a pelo menos 11,5 mil usuários por dia em Salvador.

Novo presidente
Em cerimônia de posse, realizada na segunda-feira (27), o novo presidente da Companhia de Transporte de Salvador (CTS), Carlos Martins, afirmou que o pagamento dos salários atrasados dos trabalhadores iria acontecer na quarta. "O primeiro passo é concluir a greve. Já nos reunimos com o Sindiferro e oferecemos a possibilidade do pagamento do mês de abril até a quarta [29] e o pagamento do mês de maio no dia 5 de junho. Em contrapartida, solicitamos ao Sindiferro que suspenda a greve imediatamente", apontou Martins.

Transferência de gestão
No dia 15 de maio, o prefeito ACM Neto sancionou a transferência da gestão das ações da Companhia de Transportes de Salvador (CTS) para o Governo da Bahia. A CTS é responsável pela administração dos trens do subúrbio da capital baiana, que fazem o trajeto entre a Calçada e Paripe.

Durante a cerimônia de posse, que ocorreu no canteiro do metrô, localizado na Rótula do Abacaxi, Carlos Martins prometeu ações voltadas para o desenvolvimento dos trens. "Acho que as ferrovias devem ter papel importante no desenvolvimento do estado. Nós vamos tentar fazer com que essa linha Calçada-Paripe se estenda a algumas cidades da região metropolitana de Salvador, como Candeias, Dias D'Ávila e Camaçari", aponta.

Informações: G1 Bahia
READ MORE - Após greve, Trens do Subúrbio de Salvador voltaram a operar nesta sexta

Chega a Maceió a 3ª composição do VLT

A terceira composição do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) chegou a Maceió. Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), o trem está na Estação Central de Maceió e vai passar por ajustes antes de entrar em operação.
Foto: Sandro Lima
Um caminhão que se desloca pelos trilhos ajudou os funcionários da CBTU a reunir as três partes componentes da terceira composição do VLT no pátio da Estação Central de Maceió.

De acordo com o gerente operacional da CBTU, Flávio Tenório, o caminhão rodo ferroviário, que também funciona na pista, iça até 40 toneladas. “O caminhão faz parte da modernização do sistema. Com ele, é possível podar árvores, carregar trilhos e dormentes”, disse o engenheiro.

Informações: Tribuna Hoje

READ MORE - Chega a Maceió a 3ª composição do VLT

Taxa de retorno do trem-bala brasileiro será de 7,2%

O Trem  de Alta Velocidade (TAV) terá a maior rentabilidade entre as concessões em transportes que o governo está preparando. Após a Taxa Interna de Retorno (TIR) das rodovias ter sido elevada de 5,5% para 7,2%, o governo prepara medida semelhante para as ferrovias e o trem que ligará Rio de Janeiro a São Paulo e a Campinas.

"Vai ter de ser uma taxa boa, para o leilão ser competitivo", disse ao Estado o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo. Ele acrescentou que as ferrovias terão uma TIR "igual ou maior" do que as rodovias e disse que o trem-bala, por envolver um risco mais elevado, dará um retorno ainda mais polpudo ao investidor. O número ainda será fechado, mas deverá ficar abaixo dos 10%.


O aumento da rentabilidade das concessões em rodovias teve como consequência a elevação das tarifas máximas que servirão de referência para os leilões. Segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), os novos preços ficaram de 33,4% a 62,3% maiores do que o previsto anteriormente.

"Se com esses pedágios novos os investidores não se animarem, pode mandar para o psiquiatra", brincou Figueiredo. Ele acredita que os leilões de rodovias, que ocorrerão de forma pulverizada entre setembro e outubro, vão atrair muitos concorrentes. "Vão bombar." Foi para garantir uma concorrência mais acirrada que o governo concordou em elevar a TIR e ofereceu melhores condições de financiamento.

Deságio

O presidente da EPL avalia que as tarifas efetivamente cobradas dos usuários das rodovias concessionadas ficarão abaixo dos níveis previstos no edital. A tendência é que, havendo competição, as empresas aceitem cobrar menos do que a tarifa máxima. "Essa tarifa é o teto, mas vai haver deságio", apostou.

Ele explica que as tarifas máximas são ajustadas para garantir a participação até dos investidores menos competitivos. Quanto mais apertada é a rentabilidade, menor é o número de participantes do leilão e, portanto, menor a concorrência.

De acordo com a ANTT, vencerá o leilão e terá concessão por 30 anos a empresa que concordar em cobrar a menor tarifa a cada 100 km. O lote 1 é um trecho de 772,3 km da BR-101 na Bahia.

O valor de pedágio máximo a cada 100 km foi elevado para R$ 11,51. O valor divulgado na audiência pública havia sido de R$ 7,45.

Para o lote 2, que são 376,9 km da BR-262 no Espírito Santo e em Minas Gerais, o novo preço é R$ 11,38, ante R$ 7,82.

No lote 3, que são 751,9 km da BR-153 em Goiás e Tocantins, o pedágio ficou em R$ 9,48, quando anteriormente era de R$ 5,84 na audiência pública. Esse foi o maior aumento.

Valor máximo

O lote 4 é um trecho de 425,8 km da BR-050 em Goiás e Minas Gerais. O valor máximo de pedágio a cada 100 km aumentou para R$ 8,17, ante R$ 5,21 na audiência pública.

Já o lote 5, 1.176,5 km das BR-060/153/262 no Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais, ficou em R$ 5,43, ante R$ 3,36.

No lote 6, 1.423,3 km das BR-163/267/262 em Mato Grosso do Sul, a tarifa-teto subiu de R$ 7,10 para R$ 9,47. Esse foi o menor reajuste.

O lote 7 é um trecho de 821,6 km da BR-163 em Mato Grosso. O valor máximo de pedágio a cada 100 km foi elevado para R$ 4,66, ante R$ 3,17 na audiência pública.

Os preços podem sofrer mudanças, pois ainda precisam passar pelo crivo do Tribunal de Contas da União (TCU). 

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
READ MORE - Taxa de retorno do trem-bala brasileiro será de 7,2%

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960