Cidades da Região de Curitiba devem ganhar canaletas de ônibus expresso

domingo, 1 de setembro de 2013

Quatro municípios da Região Metropolitana de Curitiba devem ganhar canaletas de ônibus, tais como as existentes na capital nos próximos anos. O projeto foi apresentado pelo governo do Paraná à União, para tentar levantar os recursos das obras. Ao todo, são quatro obras, que devem atender cerca de 350 mil pessoas diariamente.

Todas as obras devem custar, juntas, cerca de R$ 550 milhões, mas ainda não foi liberado. “O mais importante é a obra ficar para as futuras gerações e também levando mais qualidade para o transporte urbano da Região Metropolitana e de Curitiba”, avalia o secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior.
As obras vão ajudar a interligar alguns dos principais terminais urbanos nessas cidades a outros grandes eixos do transporte coletivo de Curitiba. Com isso, espera-se que o tempo das viagens de ônibus seja reduzido.

A primeira obra, com 2,5 quilômetros de extensão, deve ligar o Terminal Capão da Imbuia ao Terminal de Pinhais. Atualmente, uma linha de ônibus expresso faz esse trajeto e um ligeirinho cumprem esse trajeto, mas não têm corredor exclusivo em todo o trecho.

Outra obra, de 3,5 quilômetros, vai ligar o Trevo do Atuba, no limite leste de Curitiba, ao Terminal do Alto Maracanã, em Colombo. Já a terceira vai ligar o Terminal Afonso Pena, em São José dos Pinhais ao Terminal Boqueirão. Essa obra terá cinco quilômetros de extensão.

A maior delas, com 12 quilômetros de extensão,  sairá do Terminal Pinheirinho e seguirá até o terminal da cidade de Fazenda Rio Grande.

Informações: cbnfoz.com.br

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960