Em Curitiba, Vestibular da UFPR terá reforço de ônibus

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Por causa da realização da segunda fase do vestibular da Universidade Federal do Paraná (UFPR), neste domingo (9), e na segunda-feira (10), a Urbs Urbanização de Curitiba S/A, empresa que administra o sistema de transporte coletivo, elaborou a relação de linhas de ônibus que estarão à disposição dos estudantes, facilitando deslocamentos a partir do centro da cidade ou de terminais de bairros.

Os locais de prova no domingo (9) e segunda-feira (10), são os seguintes: Colégio Estadual Júlia Wanderley; Colégio Estadual Paulo Leminski; Colégio Estadual Presidente Lamenha Lins; Colégio Estadual Professor Elias Abrão; Colégio Estadual Xavier da Silva; Faculdade Padre João Bagozzi; Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC Campus Curitiba; Universidade Federal do Paraná (UFPR) respectivamente, no Centro Politécnico, Reitoria e Hospital de Clínicas (região central) e setores de Ciências da Saúde e Ciências Aplicas, no Jardim Botânico.

Confira os locais das provas, as linhas de ônibus disponíveis e os locais de parada

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ Rua Imaculada Conceição, 1.155 Prado Velho
Transporte
  Bom Retiro/PUC; Raquel Prado/PUC Rua José Loureiro (entre alameda Doutor Muricy e rua Desembargador Westphalen);
  Linha Direta (Ligeirinho) Curitiba/Fazenda Rio Grande estações-tubo Carlos Gomes (rua Lourenço Pinto, entre a rua André de Barros e a avenida Visconde de Guarapuava); Rodoferroviária; Paiol; PUC; Terminal Fazenda Rio Grande.
  Linha Interbairros I  – como a linha é circular, permite embarques em pontos diversos da cidade.
  Linha Direta (Ligeirinho) Aeroporto estações-tubo Centro Cívico, Prefeitura, Círculo Militar, Rodoferroviária, Paiol. PUC, Salgado Filho, Aeroporto Afonso Pena.
  Cabral/Portão Terminais Cabral e Portão.


Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook

FACULDADE BAGOZZI Rua Caetano Marchesini, 952 Portão 
 Transporte 
  Nossa Senhora da Luz Praça Rui Barbosa;
  Linha Interbairros V  – Terminais Fazendinha, Portão, Oficinas;
  Araucária/Portão Terminais Portão e Araucária;
  Curitiba/Araucária (linha troncal) Terminal Araucária e alameda Doutor Muricy (no trecho entre a rua André de Barros e a avenida Visconde de Guarapuava).

COLÉGIO ESTADUAL JÚLIA WANDERLEY Avenida Vicente Machado, 1.643 Batel 
 Transporte
  Detran/Vicente Machado; Itupava/Hospital Militar embarques na praça Zacarias.
  Linha Interbairros I circular, com paradas para embarques em diversos pontos da cidade.

COLÉGIO ESTADUAL PAULO LEMINSKI -   Avenida Coronel Augusto de Almeida Garret, 135 Tarumã 
 Transporte
  Tarumã Praça Carlos Gomes;
  Linha Direta (Ligeirinho) Bairro Alto/Santa Felicidade Praça Tiradentes. Terminais Bairro Alto e Santa Felicidade.
  Detran/Vicente Machado praças Tiradentes e Santos Andrade;
  Linha Interbairros II Terminais Cabral, Capão da Imbuia, Campina do Siqueira, Capão Raso, Hauer.
  Linha Direta (Ligeirinho) Inter 2 – Terminais Cabral, Capão da Imbuia, Portão, Campina do Siqueira, Capão Raso, Hauer.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR) Centro Politécnico Jardim das Américas Setores: Ciências da Terra, Exata e Química.
 Transporte
  Linha Direta Especial Centro Politécnico a partir das 10h, com saídas do tubo Círculo Militar às 10h; 10h18; 18h36; 10h54; 11h12; 11h30; 11h48; 12h06; 12h24; 12h42 e 13h. Após às 13h, ônibus serão liberados pela fiscalização da Urbs no Centro Politécnico e sedes da UFPR no Jardim Botânico para retorno ao centro.
Petrópolis; Santa Bárbara Praça Rui Barbosa;
  Estudantes Passeio Público;
  Linha Direta (Ligeirinho) Inter II Terminais Campina do Siqueira, Capão Raso, Capão da Imbuia, Cabral.
  Linha Direta Centro Politécnico embarque na estação-tubo do Largo Bittencourt, defronte ao Círculo Militar, sentido centro/bairro saída dos ônibus pela rua Tibagi.
  Linha Interbairros II Terminais Campina do Siqueira, Portão, Capão Raso, Hauer, Capão da Imbuia, Cabral.
  Linha Interbairros V Terminais Fazendinha, Portão, Oficinas.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR) Agrárias Rua dos Funcionários Juvevê 
 Transporte
   Linha Direta (Ligeirinho) Inter 2; Terminais Cabral, Capão da Imbuia, Hauer, Capão Raso, Portão e Campina do Siqueira;
   Linha Interbairros II – Terminais Cabral, Capão da Imbuia, Hauer, Capão Raso, Portão e Campina do Siqueira;
   Juvevê/Água Verde Avenida Marechal Floriano (entre as ruas Marechal Deodoro e XV de Novembro), ou na face sul da praça Tiradentes.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ  (UFPR) Botânico - (Setor de Ciências de Saúde; Setor de Ciências de Saúde Didático II; Setor de Ciências Sociais Aplicadas) – Avenida Prefeito Lothário Meissner, 632 Jardim Botânico 
Transporte
  Linha Direta Especial Centro Politécnico a partir das 10h, com saídas do tubo Círculo Militar às 10h; 10h18; 18h36; 10h54; 11h12; 11h30; 11h48; 12h06; 12h24; 12h42 e 13h. Após às 13h, ônibus serão liberados pela fiscalização da Urbs no Centro Politécnico e sedes da UFPR no Jardim Botânico para retorno ao centro.

Linha Direta (Ligeirinho) Centenário Rua Marechal Deodoro (entre as ruas Mariano Torres e Tibagi) e Terminal Centenário;
Petrópolis; Santa Bárbara Praça Rui Barbosa;
Solitude Praça Carlos Gomes;
Cabral/Portão Terminais Cabral e Portão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ REITORIA  (UFPR) -  Rua General Carneiro, 460 Centro 
Transporte
Candidatos dispõem de inúmeras linhas convencionais que passam defronte à Reitoria, na rua XV de Novembro, ou nos fundos, quando sobem a rua Amintas de Barros, ou ainda de linhas que param nas praças próximas (Santos Andrade, Tiradentes).

COLÉGIO ESTADUAL XAVIER DA SILVA Avenida Silva Jardim, 613 Rebouças
 Transporte
Expresso Santa Cândida/Capão Raso desembarcar preferencialmente na estação-tubo da praça Eufrásio Correia e caminhar cerca de duas quadras até a escola embarques também nos terminais Central (rua Presidente Faria, ao lado do Correio Velho); Santa Cândida; Boa Vista; Cabral; Portão e Capão Raso;
Expresso Pinhais/Rui Barbosa praça Rui Barbosa e terminais Capão da Imbuia e Pinhais. Desembarcar preferencialmente na estação-tubo da praça Eufrásio Correia e caminhar cerca de duas quadras até a escola
Expresso Centenário/Campo Comprido – desembarcar preferencialmente na estação-tubo da praça Eufrásio Correia e caminhar cerca de duas quadras até a escola embarques também nos terminais Capão da Imbuia, Oficinas, Centenário, Campo Comprido, Campina do Siqueira e, no centro, na praça Rui Barbosa (sentido Centenário).
Expresso Pinheirinho embarques nos terminais Portão, Capão  Raso e Pinheirinho. No centro, o Terminal Rui Barbosa é o mais próximo para se alcançar o endereço da escola.
Expresso Boqueirão Praça Carlos Gomes, ou terminais Boqueirão, Carmo e Hauer. Quem procede do bairro, tem como ponto de desembarque mais próximo da escola a estação-tubo UTFPR (antigo Cefet), que fica na avenida Marechal Floriano, a poucos metros da esquina com a avenida Sete de Setembro.

COLÉGIO ESTADUAL PRESIDENTE LAMENHA LINS Rua Lamenha Lins, 2.185 Rebouças
 Transporte
Linha Interabairros I A linha, circular, permite embarques em pontos variados da cidade;
Jardim Mercês/Guanabara Rua José Loureiro (ponto fica no trecho entre a alameda Doutor Muricy e a rua Desembargador Westphalen);
Linha Interbairros V Terminais Fazendinha, Portão, Oficinas;
Cabral/Portão Terminais Cabral e Portão;
Alferes Poli; Lindóia; Dom Ático; Vila Cubas; Vila Rex; Novo Mundo praça Rui Barbosa.

COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR ELIAS ABRAHÃO Avenida Senador Souza Naves, 1.221 Alto da Rua XV
 Transporte
  Cabral/Portão Terminais Cabral e Portão;
  Cajuru Praça Carlos Gomes;
  Palotinos Praça Rui Barbosa.

READ MORE - Em Curitiba, Vestibular da UFPR terá reforço de ônibus

Linha Turismo de Curitiba funcionará às segundas

A partir do dia 3 de dezembro, os ônibus double decker da Linha Turismo, que normalmente atendem apenas de terça-feira a domingo, também circularão às segundas-feiras, até a época do Carnaval, em fevereiro. Os ônibus de dois andares completam quatro anos de serviço, e foram colocados em operação em 15 de novembro de 2008.

Além de os turistas e visitantes desfrutarem do serviço durante toda a semana, os ônibus, que normalmente rodam das 9h às 17h00, com saídas regulares a cada 30 minutos defronte à Catedral Metropolitana, na praça Tiradentes, a partir do dia 3 iniciam o serviço às 8h45, realizando as duas últimas viagens às 17h30 e 17h45.

Linha Turismo,  mantida pelo Instituto Municipal de Turismo (IMT) e operada pela Urbs – Urbanização de Curitiba S/A, empresa que gerencia o sistema de transporte público, de janeiro a meados de novembro já transportou 537.476 passageiros no circuito que percorre 25 pontos de interesse turístico em cerca de duas horas e meia.

Durante todo o ano, o maior movimento foi registrado no mês de janeiro, durante as férias de verão, quando 96.459 pessoas conheceram os principais pontos turísticos de Curitiba do alto dos double deckers com capacidade para até 55 passageiros por viagem. O segundo maior movimento anual foi registrado nas férias de julho, quando os embarques somaram 65.329. 

A passagem, que dá direito a quatro reembarques durante o percurso, custa R$ 27,00.  Assim, quem faz o passeio, pode desembarcar até quatro vezes, percorrer demoradamente o ponto turístico de interesse, embarcando novamente em um dos ônibus que passam em média a cada 30 minutos pelos respectivos locais, entregando ao cobrador uma das passagens. Na parte superior da carroceria, os ônibus dispõem de uma cobertura de lona, removível, usada em dias de clima instável, permitindo passeios sem risco.

De 1º a 18 de novembro, o movimento na linha gerenciada pela Urbs foi de 40.494 turistas. Em virtude de dois feriados – Finados, dia 2, e Proclamação da República, dia 15, os embarques foram, respectivamente, de 3.879 e 7.042 pessoas nos ônibus.
Percurso – Os ônibus da Linha Turismo passam, além da região central, em mais 11 bairros da cidade, durante o percurso que privilegia a passagem por 25 diferentes pontos de interesse. 

Saindo do centro, no sentido anti-horário, os ônibus percorrem os bairros Prado Velho; Jardim Botânico;Centro Cívico; Vista Alegre; Pilarzinho; São Lourenço; Taboão, Santa Felicidade, Mercês e São Francisco, retornando à praça central ao fim do circuito.
Para melhor orientar o turista, a Urbs  informa o primeiro e último horário de passagem em cada um dos pontos descritos abaixo. Esses horários são os das tabelas normais, não incluindo a saída extra, pela manhã, às 8h45, nem as saídas com reforço, à tarde, às 17h45 e 18h.

Preço da passagem: R$ 27,00

READ MORE - Linha Turismo de Curitiba funcionará às segundas

Saída das ciclovias das calçadas em Sorocaba, gera polêmica

O prefeito Vitor Lippi (PSDB) afirmou que vai entrar com uma Ação Direita de Inconstitucionalidade (ADIN) para garantir o veto ao projeto de lei, de autoria de Marinho Marte (PPS), que proíbe a criação ciclovias sobre calçadas.
Foto Reprodução TV TEM
Para o prefeito, cabe a a Urbes – Trânsito e Transportes a discussão de instalar e utilizar as ciclovias. "A decisão do Executivo tem base no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que dá poderes ao órgão municipal para regulamentar os espaços e áreas de circulação para ciclistas dentro de seu plano de mobilidade. Portanto, a propositura, além de inconstitucional, contém vício de iniciativa, pois adentra à competência do Poder Executivo".

O veto do prefeito foi derrubado, na sessão desta quinta-feira (6), com 12 votos favoráveis e cinco contrários. 

Proibição - A proposta aponta que a Prefeitura de Sorocaba fica proibida de criar ciclovias no lugar de calçadas. A medida recebeu uma emenda, do vereador José Francisco Martinez (PSDB). Com isso, fica estabelecido que, nas avenidas cuja largura do canteiro central comporte a ciclovia, fica proibida a pintura das calçadas.

O poder executivo deverá, em 90 dias, adequar as ciclovias que foram feitas sobre as calçadas.

Adequação - O presidente da Urbes - Transito e Transporte, Renato Gianolla, disse existe a possibilidade de haver algumas alterações, mas ele garante que é possível conciliar ciclovia e calçada. 

Sorocaba tem mais de 80 quilômetros de ciclovia. A quantidade garante para o município o título de segunda maior ciclovia do Brasil, atrás apenas do Rio de Janeiro.

Informações: Jornal Ipanema

READ MORE - Saída das ciclovias das calçadas em Sorocaba, gera polêmica

No Grande Recife, Corredor Leste-Oeste será prolongado até a Av. Doutor Belmino Correia, em Camaragibe

A chegada do Corredor Leste-Oeste a Camaragibe, prevista para o início do ano, promete transformar a cara do Centro da cidade metropolitana. O corredor exclusivo de ônibus, que começa na Praça do Derby, área central do Recife, e segue pela Avenida Caxangá, será prolongado até a Avenida Doutor Belmino Correia (PE-05). A principal via de Camaragibe ganhará cinco estações elevadas de embarque e desembarque de passageiros. Como a obra foi idealizada para facilitar o percurso entre a capital e a Arena da Copa, em São Lourenço da Mata, haverá ligação entre a quinta estação do corredor na Belmino Correia com o Ramal da Cidade da Copa, importante acesso para os jogos do mundial.

Para viabilizar a obra, será necessário desapropriar 86 imóveis localizados à margem da avenida, no sentido Camaragibe–Recife. É para esse lado que a avenida será alargada para a construção do corredor. A Procuradoria-Geral do Estado ficou encarregada das negociações com os proprietários das edificações. A maioria funciona com atividade comercial. “Já tivemos a primeira reunião com os donos dos imóveis para explicar o projeto e o funcionamento do processo de desapropriação. Agora, estamos preparando os laudos, que devem ficar prontos em dezembro. Depois disso, haverá uma apresentação mais detalhada e vamos negociar os valores com os proprietários”, afirma o procurador-geral do Estado, Thiago Norões.

As 22 estações de ônibus do Corredor Leste-Oeste, incluindo as cinco que ficarão em Camaragibe, foram pensadas para o modelo BRT (Bus Rapid Transit). Serão fechadas, climatizadas e elevadas para facilitar o transbordo e com serviço de pagamento antecipado das passagens.

A Belmino Correia tem quatro faixas: duas no sentido Recife, duas no sentido São Lourenço da Mata. “Durante o período de obras, acho que vai ficar complicado. O desmantelo que está na Caxangá vai chegar a Camaragibe. Mas quando o serviço for concluído, acredito que a cidade vai mudar para melhor”, opina a técnica em enfermagem Kátia Regina de Castro, usuária de ônibus. “A Caxangá está muito travada por causa das obras. Antes, levava 25 minutos entre o Centro de Camaragibe e o Hospital Getúlio Vargas (Cordeiro, Zona Oeste do Recife). Agora, a viagem demora até 1h30”, relata.

A expectativa é maior para quem tem comércio no lado da via que vai sofrer mais impacto das obras, por causa do alargamento. “A gente ainda não sabe o valor das desapropriações. Já vieram medir a loja, mas as informações ainda são pouco claras. É um prejuízo grande para a gente porque foram anos investindo na loja. Tenho medo de não conseguir encontrar um espaço tão bom quanto esse com o preço que o Estado vai oferecer”, pondera o comerciante Luciano Miranda de Andrade, que vai se desfazer da loja de autopeças que tem na avenida para dar espaço ao Corredor Leste-Oeste.

READ MORE - No Grande Recife, Corredor Leste-Oeste será prolongado até a Av. Doutor Belmino Correia, em Camaragibe

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960