Licitação para trem expresso SP-Jundiaí sairá em 15 dias

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, vai lançar nos próximos 15 dias a licitação dos projetos básico e executivo do trem regional expresso que ligará a capital paulista ao município de Jundiaí, de acordo com informações do secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Jurandir Fernandes, que participa na manhã desta quarta-feira de evento no Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo. O valor estimado dos projetos é de R$ 152 milhões.

"Estamos tratando os trens regionais de Jundiaí, Sorocaba e Santos. Deixamos de tratar  do trem de São José dos Campos porque ele poderá ser atendido pelo TAV", afirmou o secretário, em referência ao Trem de Alta Velocidade, projeto do governo federal que deve ligar Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro, passando por São José dos Campos.

Ainda no mês de setembro, deve ser realizada audiência pública sobre o trem que ligará São Paulo a Sorocaba e o edital de licitação dos projetos deve ser lançado até dezembro.
Fonte: Agência Estado
 
READ MORE - Licitação para trem expresso SP-Jundiaí sairá em 15 dias

Ciclistas entregam manifesto de apoio ao Pedala PE

Trinta e dois ciclistas estiveram na sede provisória do governo do estado, no Centro de Convenções, em Olinda, na manhã desta quarta-feira (22) para entregar o manifesto de apoio ao Programa Pedala PE, lançado no último dia 07, ao governador Eduardo Campos.

O documento tem 543 assinaturas virtuais e presenciais de cidadãos que apreciaram a decisão do gestor. O programa está orçado em R$ 22,4 milhões e estimula o uso da bicicleta como meio de transporte na Região Metropolitana e ações que assegurem a convivência pacífica com carros, ônibus e metrô. Está prevista a construção de 100 km de ciclovia nos corredores Norte-Sul, Leste-Oeste, Ramal da Copa, BR-101 e II Perimetral, obedecendo às diretrizes Plano Diretor de Transporte Urbano e da Política Nacional de Mobilidade Urbana.

Durante o encontro, o governador ressaltou os prejuízos causados pelo crescimento desordenado das cidades refletido diretamente na mobilidade urbana.

Os secretários estaduais de Cidades, Danilo Cabral, e de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Sérgio Xavier, também participaram do encontro. As duas pastas trabalham de forma integrada na execução do Pedala PE.
Fonte: Diário de Pernambuco e Blog Mobilidade Urbana
 
READ MORE - Ciclistas entregam manifesto de apoio ao Pedala PE

EMTU/SP publicou nesta quarta-feira edital para sistemas de comunicação e sinalização do VLT na Baixada Santista

O governo do Estado, por meio da EMTU/SP, publica nesta quarta-feira (22/08) no Diário Oficial do Estado e em jornais da capital e Baixada Santista, aviso de licitação para fornecimento de sistemas de alimentação elétrica, sinalização e controle, controle de arrecadação e de passageiros, telecomunicações, controle semafórico e controle centralizado para o trecho integrante da etapa prioritária da rede de Veículos Leves sobre Trilhos - VLT na Baixada Santista. O trecho compreende entre o Terminal Barreiros (São Vicente) e o Terminal Porto (Santos), incluindo a extensão Conselheiro Nébias / Valongo.

O edital completo está disponível a partir de hoje (22/08) na página da EMTU/SP na Internet (
www.emtu.sp.gov.br). Poderá também ser retirado gratuitamente na sede da empresa, à rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto, São Bernardo do Campo, das 8h30 às 16h00, mediante a apresentação de um CD necessário para cópia do arquivo até 24/09. A documentação e propostas de preços deverão ser entregues no dia 25/09, das 10h00 às 10h30, no mesmo local.

O Sistema Integrado Metropolitano (SIM/VLT) da Baixada Santista está em pleno desenvolvimento com avanços em suas diversas etapas que envolvem projetos já em elaboração: licitação em andamento da pré-qualificação das empresas interessadas em participar da licitação de execução das obras; publicação do edital de obras para o trecho de Barreiros (São Vicente) ao Porto de Santos prevista para este mês de agosto; licitação em andamento para a aquisição de 22 VLTs; e, já em fase de avaliação no Conselho Gestor de PPP, a proposta da modelagem preliminar da concessão patrocinada (PPP) para a operação do SIM/VLT Baixada Santista.

Edital disponível para download no link Licitações

A partir desta quarta (22/08) também está disponível para ser baixado pela internet (
www.emtu.sp.gov.br) o edital completo de pré-qualificação para selecionar empresas ou consórcios que queiram participar de licitações destinadas à execução de obras e projeto executivo em quatro corredores de ônibus.

O aviso engloba o Corredor Guarulhos - São Paulo (trecho Vila Endres-Ticoatira); BRT Perimetral Leste, que ligará o Terminal São Mateus ao Corredor Guarulhos-São Paulo, passando próximo ao Estádio onde haverá a abertura da Copa do Mundo de 2014; Corredor Itapevi-São Paulo (trechos Jandira - Terminal Carapicuíba e Terminal Carapicuíba - Terminal Metropolitano Km 21); e continuação do Corredor Noroeste, na Região Metropolitana de Campinas, incluindo o trecho Nova Odessa - Santa Bárbara D'Oeste e obras complementares no trecho Campinas - Sumaré.

A sessão pública para entrega da documentação de pré-qualificação será no dia 21/09, das 10h às 10h30, na sede da EMTU/SP.

Informações: EMTU SP
 
READ MORE - EMTU/SP publicou nesta quarta-feira edital para sistemas de comunicação e sinalização do VLT na Baixada Santista

Em Cuiabá: Decisão de "barrar" uso de dinheiro em ônibus é ilegal

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso já informou ao Poder Judiciário que as empresas de transporte coletivo de Cuiabá estão impedindo a entrada de passageiros que não possuem cartão eletrônico. O Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania e do Consumidor de Cuiabá esclarece que a posição adotada pelas empresas que operam o sistema de transporte coletivo é ilegal e afronta a decisão judicial proferida na ação civil pública proposta pela 6ª Promotoria Cível.

Segundo o promotor de Justiça Ezequiel Borges de Campos, a liminar proíbe, além da utilização dos motoristas dos ônibus para a cobrança de tarifas, qualquer restrição em relação aos usuários que não tenham conseguido obter acesso ao cartão eletrônico ou de crédito por ausência de pontos de venda/recarga. Nesses casos, a empresas estão obrigadas a receber a tarifa paga com dinheiro.

“Em um primeiro momento, os empresários estavam descumprindo o item da liminar que proibia a utilização dos motoristas para a efetivação da cobrança. Depois que comunicamos o descumprimento ao Poder Judiciário, eles passaram a descumprir um outro item da decisão referente à utilização do cartão eletrônio”, explicou.

O promotor de Justiça esclareceu que, embora exista uma lei municipal, publicada no dia 27 de abril deste ano, disciplinando como obrigatório, após três meses da sua publicação, o uso do cartão eletrônico para o pagamento da tarifa nos ônibus convencionais e alimentadores do transporte coletivo urbano, as empresas concessionárias ainda não se adequaram ao novo modelo.

“Antes de exigir a obrigatoriedade do cartão eletrônico, as empresas concessionárias devem se adequar ao novo modelo, readaptando a frota de veículos para atender com qualidade, eficiência a todos os usuários. Além disso, a MTU terá que disponibilizar pontos de venda/recarga em todos os bairros da Capital para atender a população”, informou o representante do MPE.

Segundo ele, o descumprimento da decisão liminar motivou o Ministério Público a requerer o bloqueio de ativos bancários das empresas concessionárias para garantir o pagamento da multa aplicada em razão do descumprimento da decisão judicial; prisão civil dos proprietários das empresas rés e do presidente da MTU e o afastamento do cargo do Diretor de Transportes de Cuiabá, Antônio Gabriel das Neves Muller.
 
 
READ MORE - Em Cuiabá: Decisão de "barrar" uso de dinheiro em ônibus é ilegal

Após acordo, Termina a greve de ônibus em Maceió

Terminou nesta quarta-feira a greve dos ônibus em Maceió, que deixou 300 mil pessoas sem transporte coletivo durante três dias na capital alagoana. Houve impasse nas negociações entre o Sindicato dos Trabalhadores dos Rodoviários (Sintro) e os empresários.
 
Após uma reunião entre o sindicato e os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho, os trabalhadores ameaçaram não retornar ao trabalho, porém a promotora do Ministério Público Estadual, Fernanda Moreira, afirmou que entraria com uma ação contra a categoria devido aos prejuízos causados à população pela ausência de coletivos.
 
De acordo com o presidente do sindicato, Écio Ângelo, a categoria aceitou, então, a proposta dos empresários. Foi oferecido 5% de aumento nos salários até a votação do dissídio, que será no dia 30 de agosto. Os dias de paralisação não serão descontados do salário. O total que a categoria pede é 8% de reajuste mais 12,5% no vale alimentação.
 
Com a segunda paralisação dos rodoviários em duas semanas, o maceioense chegou a pagar R$ 5 pelo transporte clandestino e motoristas do interior do Estado aproveitam para faturar. Na noite de segunda-feira, funcionários das empresas de ônibus e policiais militares entraram em confronto. Oito foram detidos e liberados.
 
O presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), desembargador Severino Rodrigues dos Santos, declarou a greve ilegal e determinou o pagamento de multa diária no valor de R$ 50 mil ao sindicato da categoria, em caso de descumprimento. Contando com a paralisação passada, a multa está acumulada em R$ 250 mil.
 
Informações: Terra
 
READ MORE - Após acordo, Termina a greve de ônibus em Maceió

No Rio, Acidente com 02 ônibus do BRT Transoeste e carro complica o trânsito na Barra


Um acidente entre ônibus do BRT e um carro complicou o trânsito na Avenida das Américas, em frente a Estação Américas Park, na altura do Rio Design, no sentido Alvorada. Três pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave. O trecho já foi liberado.

Equipes do quartel da Barra da Tijuca foram acionadas para a ocorrência e socorreram Leonardo B. Martins, que foi encaminhado em estado grave para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a vítima deu entrada na unidade com traumatismo craniano e seu quadro inspira cuidados. O paciente não tem previsão de alta. Outras duas vítimas, que estavam dentro do ônibus, foram atendidas e liberadas no local, seguindo viagem em outro coletivo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes, o carro teria invadido a faixa exclusiva para fazer o retorno em direção ao Recreio e colidido com o ônibus que passava no momento. A estação Américas Park está interditada para realização de perícia. O retorno existente no Rio Design está fechado no sentido Alvorada e um desvio é realizado no local. CET-Rio orienta o tráfego no trecho.

Fonte: O Dia Online

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - No Rio, Acidente com 02 ônibus do BRT Transoeste e carro complica o trânsito na Barra

Fortaleza vai ganhar mais corredores de ônibus

A população em geral avaliou de forma positiva a primeira semana de implantação do Serviço Rápido de Ônibus de Fortaleza (BRS-FOR) na Avenida Bezerra de Menezes. Tanto que, conforme anuncia o presidente da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), Ademar Gondim, o BRS-FOR será ampliado para as avenidas Tristão Gonçalves e Imperador nos próximos dias. E não fica por aí. As avenidas José Bastos, Leste/Oeste, Perimetral e o trecho Terminal da Lagoa/Centro também terão as faixas preferenciais para o transporte público.

Parte do comércio ainda reclama. Muitos veículos particulares desrespeitam as faixas preferenciais e os passageiros de ônibus e topiques começam a se adaptar com as novidades. Assim é a situação da Bezerra de Menezes. De acordo com Gondim, são necessários pequenos ajustes, como chamar a atenção das vans e ônibus metropolitanos que ignoram as paradas seletivas. No mais, afirma, tudo está "correndo de acordo com o previsto".
Ontem, táxis sem passageiros e veículos que realizam transporte escolar passaram a utilizar o corredor preferencial para transporte coletivo da Bezerra de Menezes. A medida, informa o presidente da AMC, atendeu a um pedido das duas categorias e foi adotada para ampliar a capacidade de circulação de todas as faixas da avenida.

Fiscalização
Fiscais da Etufor e agentes da AMC continuam ao longo da avenida, nas paradas de ônibus e circulando em viaturas, dando orientação. Com esta alteração, os dois tipos de veículos ficaram proibidos de circular fora das faixas preferenciais.
Ademar informa que os carros ainda não estão sendo multados por conta da utilização ou não da faixa exclusivas. "Ainda é um período de adaptação e, por conta disso, não há uma fiscalização, mas uma orientação. Vamos continuar avaliando nesta semana se os veículos estão se adequando", ressalta.
"Estamos cumprindo a Lei Federal da Mobilidade Urbana, que prevê prioridade do transporte coletivo sobre o individual e do público sobre o privado. Aproveitamos a estrutura da Bezerra de Meneses, que foi reformada, e racionalizamos o trânsito na via", frisa Gondim.

O presidente da AMC explica, ainda, que os veículos particulares só poderão entrar nas faixas preferenciais para estacionar ou fazer conversões. "Eles vão ter até 100 metros para entrar e dobrar à direita", explica.

Reações
O empresário Alexandre Pereira acredita que as faixas preferenciais de ônibus e vans deveriam ser no canteiro central no contra-fluxo. "Quando o projeto foi apresentado, ainda em 2008, era assim. Não sei porque mudou. Para o comércio, é muito ruim e dá prejuízo", opina.

Já para a aposentada Dáurea Martins, a mudança veio beneficiar as pessoas da terceira idade. "Agora, na parada certa, eles são obrigados a parar e a gente não precisa ficar um tempão esperando", afirma.

O contabilista José Pereira Sales reclama que as faixas liberadas para os outros veículos deveriam ser ampliadas. "São duas faixas apenas. Na hora do rush fica uma loucura isso aqui e obriga a gente a entrar na preferencial senão não anda".

Por Lêda Gonçalves / Diário do Nordeste

 


READ MORE - Fortaleza vai ganhar mais corredores de ônibus

Serviço para aluguel de bicicletas em Porto Alegre tem cinco concorrentes

Cinco empresas apresentaram na manhã desta terça-feira (21) propostas para a operação do serviço de aluguel de bicicletas em Porto Alegre. A expectativa da Empresa de Transporte Público e Circulação (EPTC) é que a vencedora seja conhecida até o final deste mês, com funcionamento do sistema até o final do ano.
Serviço de aluguel em São Paulo

A intenção da EPTC é que o serviço de aluguel de bicicletas em Porto Alegre seja semelhante aos existentes em Paris, em Londres e no Rio de Janeiro. Os usuários deverão ser atendidos por no mínimo 250 veículos. O deslocamento dos ciclistas ocorrerá a partir de 30 estações localizadas, em uma primeira etapa, no Centro da cidade, com possibilidades de implantação em outros pontos da capital.

As primeiras estações devem ser criadas no Mercado Público, na Casa de Cultura Mário Quintana, na Usina do Gasômetro, na Praça da Matriz, na Câmara de Vereadores, na UFRGS, entre outros. A distância entre as estações está projetada em cerca de 500 metros, no mínimo.

"De seis a 12 bicicletas estarão disponíveis para uso em cada estação. Os interessados deverão realizar previamente seus credenciamentos no sistema, com um pagamento mensal para uso das bikes, que garantirá a liberação inicial de deslocamento em até 30 minutos. O uso de um tempo maior poderá ser pago até por cartão de transporte coletivo. A gestão do sistema acontecerá de forma totalmente eletrônica", afirma o gerente de projetos da EPTC, Antônio Vigna.

Ciclovias
 Dentro do Plano Diretor Cicloviário de Porto Alegre já estão em funcionamento as seguintes ciclovias ou ciclofaixas: Restinga, 4,6 km; Ipanema, 1,25 km; Diário de Notícias, 2,1 km; Icaraí, 1,7 km.

Estão em construção a Ciclovia da Av. Ipiranga, 9,4k m, e da Beira-Rio, 6,35 km.

Estão projetadas ciclovias para as seguintes obras da Copa do Mundo: Av. Tronco, 5,6 km; Severo Dullius, 1,6 km; Sertório, 12 km, e Voluntários da Pátria, 3,5 km.

Do G1 RS

READ MORE - Serviço para aluguel de bicicletas em Porto Alegre tem cinco concorrentes

Carro dobrável: vendas começam no próximo ano

Vagas de estacionamento viraram sinônimo de raridade nos grandes centros urbanos. Se você está cansado de ficar circulando em busca de um lugar para estacionar, mas não se arrisca a trocar o carro por moto, bicicleta, taxi ou transporte público, não tema: uma possível solução está a caminho.

Fruto de uma parceria entre o grupo Changing Places, do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts, EUA), e da agência DENOKINN (País Basco), o carro elétrico Hiriko Fold poderá ser estacionado em vagas “minúsculas”.

Quando o motorista aciona um comando, o veículo (que já é ultracompacto) “se dobra” para reduzir seu comprimento em cerca de 25%. Outra vantagem do Hiriko Fold são suas rodas que podem ser giradas e permitem que o carro seja manobrado lateralmente – para alegria de quem detesta fazer baliza. Em tempo: com uma carga, ele percorre aproximadamente 120 km.

Atualmente, já há protótipos do Hiriko Fold sendo testados em cidades da Europa, e o fabricante pretende iniciar as vendas em 2013, com preços na faixa de £ 10.000 (cerca de R$ 31.600). O projeto foi visto com otimismo pelo presidente da Comissão Europeia, Jose Manuel Barroso, que o considera uma boa iniciativa para combater a atual crise econômica da Europa, uma vez que “combina novas possibilidade de negócios com a criação de empregos e de inovação social”.


Informações: Hype Science

READ MORE - Carro dobrável: vendas começam no próximo ano

Terminal de ônibus da Matriz em Manaus recebe novos abrigos

A primeira etapa da montagem de abrigos no Terminal Central da Matriz, Centro de Manaus, foi concluída nesta terça-feira (21). A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) informou que até o dia 24 todo o processo deverá estar concluído. O Terminal da Matriz foi fechado em maio deste por causa da invasão das águas do Rio Negro devido a cheia histórica. O local voltou a receber o tráfego de ônibus nno dia 1º de agosto, após decisão da Prefeitura.
Foto: Ingrid Formoso /ASCOM

Segundo o chefe da divisão de manutenção e obras da SMTU, Walter Rego, ainda falta alguns ajustes e pintura. Ele explicou que os novos abrigos vão proporcionar uma maior ventilação aos usuários do transporte coletivo da capital. “Os abrigos foram fixados mais afastados e estão mais altos para que o ar circule melhor entres os abrigos e diminua a sensação de calor”, declarou.

A Superintendência informou que todos os abrigos do Terminal receberam cobertura com telhas ecológicas, feitas de garras Pet, que possuem uma resina resiste às variações térmicas, o que representa maior durabilidade e menor necessidade de troca.

Polêmica
O terminal da Matriz voltou a receber o tráfego de ônibus depois de decisão da Prefeitura de Manaus. Esburacado, o local foi alvo de críticas tanto pelos usuários do transporte coletivo quanto pelos rodoviários, apesar do laudo de liberação do terminal de integração expedido pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

Na época, a Prefeitura anunciou que o terminal de ônibus seria extinto e que, no lugar das paradas de ônibus, seria construída uma feira de artesanatos onde iriam trabalhar os artesãos que se aglomeram na Praça Teodureto Souto, ao lado do Hotel Amazonas.

Fonte: G1 Manaus

READ MORE - Terminal de ônibus da Matriz em Manaus recebe novos abrigos

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960