Em Belo Horizonte, Motoristas são multados por invadir corredores de ônibus

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Sete motoristas são multados por hora nas pistas exclusivas para ônibus de Belo Horizonte. A média é feita com base nos números do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran) de janeiro a maio, que revelam um aumento nas autuações depois que radares fixos foram instalados na capital. Nos cinco primeiros meses deste ano foram 26.241 multas. No mesmo período de 2011, 108. O crescimento é de 24.000%.

A Nossa Senhora do Carmo é a única via com radar para faixa exclusiva na cidade e a principal responsável pelas autuações. Ela tem quatro equipamentos, dois em cada sentido. Eles foram instalados em junho do ano passado, em um trecho de 900 m, e fizeram as multas por transitar nas faixas exclusivas saltarem do 94º para o 5° lugar no ranking de infrações do Detran. Elas perdem apenas para as autuações por excesso de velocidade, avanço de sinal vermelho, uso de celular e estacionamento rotativo irregular.

O analista de rede Christiano Grieco, 40, foi multado porque não sabia dos aparelhos nem da existência da pista exclusiva, tampouco reparou nas placas. "Era um domingo e quase não havia ônibus. A sorte foi que meu pai avisou no primeiro radar, porque eu podia ter levado duas multas. É uma ótima fonte de dinheiro para o governo em que a gente não vê retorno nenhum", reclamou.

A assessoria da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) não indicou um representante para falar sobre o assunto, mas informou que o objetivo é dar maior fluidez ao trânsito e priorizar os usuários do transporte público.

Mas especialistas em trânsito questionam o caráter educativo da multa, já que os radares foram instalados há um ano e as pessoas continuam sendo autuadas exaustivamente. "Se os radares estão multando tanto ainda, tem alguma coisa errada nisso. O conceito da multa é educar, mas não está funcionando. É apenas uma ótima fonte de arrecadação para o governo", afirmou o perito de segurança de trânsito Marco Paiva.

Para o também especialista em transito José Aparecido Ribeiro, a pista exclusiva está em um local inadequado. "Ali existe um afunilamento da avenida, que acaba confundindo os motoristas. Quem é multado ali é porque não conhece a região. Os ônibus deveriam transitar nas pistas laterais e não nas centrais. É uma fábrica de dinheiro", disse.

A auxiliar administrativa Taciane Leone, 25, foi multada enquanto seguia um amigo em outro veículo e só percebeu a infração quando recebeu a multa. "A gente sai da trincheira da rua Rio Grande do Norte, cai na avenida e nem percebe que está em uma pista exclusiva".


Fonte: O Tempo Online

READ MORE - Em Belo Horizonte, Motoristas são multados por invadir corredores de ônibus

Mais 10 ônibus são entregues à população de Angra dos Reis

Nesta sexta-feira, 3, 10 novos ônibus foram incorporados à frota de veículos que fazem o transporte coletivo em Angra dos Reis. Com esses, são 140 ônibus que prestam serviço aos usuários municipais, sendo 60 deles novos.

Os ônibus seguem a nova padronização: são pintados na cor verde e, além de serem maiores, eles têm acessibilidade e ar-condicionado. São 30 na frota com ar-condicionado. Vale lembrar que os usuários de Angra não pagam mais por esse conforto, como acontece em outras cidades.

Os 10 veículos foram integrados às linhas do Parque Mambucaba e Ponta Leste, para suprir a demanda, que vem crescendo vertiginosamente por causa do Passageiro Cidadão, que neste mês completou 1 ano e bate a marca dos 101 mil cadastrados. Cerca de 2 milhões de usuários utilizam o transporte coletivo por mês.

-Diante das mudanças no perfil da população, que hoje utiliza mais o transporte coletivo para se locomover, por conta do valor de R$ 1 da passagem, o prefeito Tuca Jordão solicitou à empresa de ônibus que ampliasse a sua frota. Com isso estamos promovendo melhorias no sistema de transporte coletivo – lembrou o superintendente de Transportes e Trânsito, Robson Oliveira, ressaltando que o programa Passageiro Cidadão foi responsável pelo aumento de 30% de usuários.

Prefeitura Mun. de Angra dos Reis

READ MORE - Mais 10 ônibus são entregues à população de Angra dos Reis

No Recife, Já é possível carregar o cartão VEM nos postos credenciados espalhados pela cidade

 
Já é possível carregar os  cartões VEM (Vale Eletrônico Metropolitano) Estudante, Trabalhador e Comum  em pontos de venda autorizados espalhados pela cidade. Isso faz com que muitos usuários possam recarregar seus cartões VEM sem precisar se deslocarem para o novo posto situado na Rua da Soledade.
Em algumas das principais vias do centro, já é possível vê bancas de revistas e papelarias com banner’s da Rede Ponto Certo avisando o ponto de recarga.
A ideia é possibilitar a recarrega dos cartões com dinheiro de forma moderna, ágil e segura, reduzindo-se assim o tempo de permanência na agência e as possíveis filas em períodos de pico.
Além da solução de autoatendimento, cerca de 600 pontos comerciais – lanchonetes, padarias, papelarias, entre outros – serão credenciados para a carga e recarga dos cartões VEM Comum e Estudante (a do VEM Trabalhador continua no posto e Internet). Com isto, a capilaridade aumentará sensivelmente o que facilitará ainda mais o uso dos créditos eletrônicos de transporte para a população da Região Metropolitana de Recife. A opção de recargas pela Internet também continuam.

Blog Meu Transporte


Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - No Recife, Já é possível carregar o cartão VEM nos postos credenciados espalhados pela cidade

Em João Pessoa, CBTU anuncia licitação para aquisição dos VLTs

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) vai realizar no dia 13 Audiência Pública em que abre oficialmente o processo de licitação para aquisição de oito Veículos Leves Sobre Trilhos (VLT’s) para a cidade João Pessoa. A audiência ocorrerá às 14h no Auditório da Associação dos Engenheiros Ferroviários (AENFER), localizado à rua Presidente Vargas, nº 1733, 6º andar, no Rio de Janeiro.

De acordo com informações do Ministério das Cidades serão disponibilizados cerca de R$ 96 milhões, oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Equipamentos, para aquisições desses novos trens para João Pessoa. Com esse medida, o Governo Federal agilizará o processo de modernização do Sistema de Trens Urbanos da Capital paraibana, que necessita de melhores condições para promover a mobilidade e o acesso da população ao transporte público de passageiros.

 Para o superintendente da CBTU João Pessoa, Lucélio Cartaxo, essa compra trará uma nova realidade para o transporte público de passageiros na Região Metropolitana da capital. “Com essas aquisições teremos condições de oferecer um transporte com a melhor qualidade, rapidez, segurança, economia e conforto do Estado, implantar a integração entre trem e ônibus, retirando veículos das ruas, melhorando o tráfego e trazendo mais gente para se locomover de trem”, afirma.

 Ao todo, o PAC Equipamentos liberará R$ 721 milhões, para compra de novos trens para João Pessoa (PB), Natal (RN), Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS).

Segundo a presidenta Dilma Rousseff, uma política de compras governamentais, neste momento, é uma afirmação de que o nosso país tem mecanismos para enfrentar a crise. A aquisição de novos trens é uma maneira de estimular o investimento no setor como também o consumo e, melhorar o transporte público da população.

O PAC Equipamentos é uma iniciativa que visa estimular o crescimento econômico do país. No total serão investidos R$ 8,4 bilhões. Ele é um programa de compras que visa agilizar as compras governamentais dando preferência a aquisição de produtos da indústria nacional. O objetivo é estimular o crescimento econômico. Além da compra de novos trens, o novo programa também será destinado para adquirir novos caminhões, patrulhas agrícolas, ambulâncias, ônibus, retroescavadeiras, motoniveladoras, furgões, blindados e móveis para escolas.

Fonte: PB Agora

READ MORE - Em João Pessoa, CBTU anuncia licitação para aquisição dos VLTs

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960