No Recife, Motoristas de ônibus fazem protesto e prejudicam usuários no centro da cidade

terça-feira, 3 de julho de 2012

A mobilização de motoristas e cobradores de ônibus, realizada no Centro do Recife, nesta terça-feira (03), travou o trânsito. Os manifestantes pararam os coletivos nas faixas da Avenida Conde da Boa Vista e Av.Guararapes, uns dos principais corredores da cidade, complicando o tráfego de veículos nas ruas ao seu entorno. Pneus de ônibus foram furados. Muitos passageiros continuaram o trajeto a pé. O trânsito ficou lento no início da noite.
Imagem: G1 PE
Porém o ponto negativo deste protesto foi atingir quem não tem nada haver com esta confusão, o usuário. Para se ter uma ideia, muitos usuários que pagaram suas passagens para irem para casa depois de um dia cansativo de trabalho foram simplesmente retirados de alguns coletivos, uma situação constrangedora e lamentável.
O Grande Recife Consórcio de Transporte ainda não tem o balanço das avarias. A categoria informou que a greve, por tempo indeterminado, começa à meia-noite desta quarta-feira (04).
Os rodoviários que circulam no Estado decretaram greve na tarde desta terça-feira (03), em assembleia realizada pela categoria.
A região metropolitana do Recife é atendida diariamente por cerca de 3 mil ônibus e hoje são transportados mais de 2 milhões de usuários por dia.
Este ano, a pauta de reivindicações dos rodoviários é composta por 108 reivindicações, sendo o reajuste salarial a principal delas. Desta vez, a categoria quer um aumento de 27% do piso. Com isso, os motoristas passariam a receber R$ 2 mil e cobradores e fiscais teriam um aumento de 60% e 80%, respectivamente, em cima do valor oferecido aos motoristas.



Leia: Greve de ônibus é marcada para quarta-feira




Informações: Blog Meu Transporte e G1 PE



READ MORE - No Recife, Motoristas de ônibus fazem protesto e prejudicam usuários no centro da cidade

Em Goiânia, Motorista em corredor de ônibus será multado

A Companhia Metropolitana de Transportes Públicos (CMTC) e a Agência Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (AMT) anunciaram modificações no trânsito do Corredor Universitário – da Praça Cívica ao Terminal de Integração Praça da Bíblia – que valem a partir de hoje. Com vistas à organização do alto tráfego de veículos e pedestres na região, a Prefeitura de Goiânia criou o corredor exclusivo para circulação de ônibus ao longo dos 2,5 quilômetros do Eixo Universitário.
Foto: Humberto Silva

Câmeras e sensores foram instalados pela AMT ao longo do trajeto para monitorar o uso da faixa preferencial no corredor dedicado ao transporte coletivo. A única circunstância em que os demais veículos poderão acessar a pista exclusiva é para conversão à direita imediatamente seguinte ou parada em garagem. Se o motorista se mantiver no corredor universitário por mais de uma quadra, será multado em 67 reais.

A fiscalização eletrônica terá caráter educativo pelo prazo de 30 dias para só depois entrar em vigor. A proposta é a de que os motoristas adiram à nova lógica de trânsito no Eixo Universitário para que outros 13 corredores sejam submetidos à mesma regra. Cento e dois quilômetros de vias arteriais da capital estão sendo tratadas para receber corredores exclusivos ao transporte coletivo.

A arquiteta e urbanista da CMTC, Ednei Bernardes, apresentou a cartilha ilustrada
 distribuída à população: o Guia da Mobilidade Legal. O guia presta esclarecimentos a pedestres, ciclistas e motoristas em geral e de ônibus. “A mobilidade urbana é prevista no Estatuto das Cidades. Cada município tem a responsabilidade de facilitar o deslocamento de pessoas no espaço urbano”, alerta Ednei, que prevê redução entre 40% e 50% no tempo das viagens dos transportes coletivos que fazem a linha do Eixo Universitário.

Estacionamento

Outra mudança de hábito do condutor diz respeito a estacionar na Praça Universitária. A permissão em estudo deverá impedir que, mesmo nos anéis internos da praça, o lado esquerdo seja ocupado como vaga. A reportagem encontrou a estudante de Nutrição Valéria Martins estacionando do lado esquerdo da pista de um dois anéis internos da Praça Universitária. Avisada do futuro impedimento para aquele tipo de parada, ela reprovou a mudança. “Não tem estacionamento para todo mundo. Se eles dificultarem, a gente não vai ter lugar. O estacionamento da faculdade não comporta todo mundo.”

Acerca da prioridade dada aos ônibus no novo modelo de trânsito do Eixo Universitário, a estudante de Nutrição contesta: “Nem os ônibus comportam todo mundo”.

Posição diferente têm as estudantes de Ciências da Computação Nathália Guimarães e Larissa Martins. Ambas usuárias do transporte coletivo, elas esperam que as mudanças signifiquem melhora no ir e vir de todos os dias, no trajeto de casa à faculdade. “Os ônibus são sempre lotados, tem vez que eles nem param e atrasam”, conta Nathália. “Quase todo dia a gente se atrasa por causa dos ônibus”, completa Larissa.

Obras

Cerca de 400 funcionários das áreas de obras, remoção de entulhos, parques e jardins e iluminação trabalham em rodízio para a conclusão das obras da Praça Universitária até a inauguração do Eixo Universitário, na noite desta quarta-feira. Na ocasião, o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, deve anunciar qual e quando será o próximo lançamento de corredor exclusivo. Em seguida, às 20h30, a Orquestra Sinfônica de Goiânia faz apresentação.

Fonte: O Hoje
READ MORE - Em Goiânia, Motorista em corredor de ônibus será multado

Prefeitura discute implantação de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) que ligará Várzea Grande a Cuiabá

Discutir a implantação do novo modal de transporte público para a Copa do Mundo. Com este objetivo, membros da Prefeitura de Várzea Grande estiveram reunidos, nesta segunda-feira (02.07), na Secopa. Parte do projeto de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014, o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) ligará Várzea Grande a Cuiabá. O primeiro passo será a elaboração de um estudo de impacto de vizinhança nas regiões atingidas pelas obras. 
“Hoje, tivemos uma prévia do que é o projeto para implantação do VLT. Muito válida a reunião de trabalho porque, além de termos conhecimento de quais serão nossas responsabilidades, poderemos informar, com mais exatidão, os empresários sobre as mudanças futuras”, explica a secretária de Desenvolvimento Urbano, Flávia Petersen Moretti.
Ela afirma que todo o trabalho será realizado em conjunto entre prefeitura e Secopa. Inclusive, adianta que a próxima discussão já tem data marcada: 10 de julho, na própria Secopa. “Estamos apenas no começo. Até a execução da obra, propriamente dita, serão realizados outros encontros técnicos e audiências públicas”, completa Flávia Petersen Moretti.
O assessor de Mobilidade Urbana da Secopa, Rafael Detoni, detalhou o projeto do VLT, apresentando o trajeto e estudos técnicos acerca de licença ambiental e urbanística, e possíveis áreas de desapropriação e reintegração de posse no percurso das avenidas João Ponce de Arruda e FEB.
Ele conta que serão necessárias construções de viadutos (aeroporto), trincheiras (FEB e Zero Quilômetro) e ponte. Além disso, Várzea Grande abrigará sete estações de embarque e desembarque de passageiros do VLT: aeroporto, Avenida Couto Magalhães, Auto Shopping Fórmula, Trevo de acesso ao Cristo Rei, Avenida Dom Orlando Chaves, Rua Abelardo Azeredo e Vila Mariana.
O Executivo Municipal esteve representado pela equipe da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, de Infraestrutura e Guarda Municipal.

Fonte: O Documento
READ MORE - Prefeitura discute implantação de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) que ligará Várzea Grande a Cuiabá

Empresas de ônibus em Niterói são punidas por desrespeitar gratuidade de idosos

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro  (MPRJ) obteve sentença que obriga nove empresas de ônibus de Niterói a permitir, de forma gratuita e sem discriminação, o ingresso de idosos e de pessoas com deficiência de locomoção, incluindo seus acompanhantes, nos veículos de transporte público, mediante apresentação do documento de identidade. 

A decisão da 5ª Vara Cível de Niterói, com base em Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pela Promotoria de Justiça de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência do Núcleo Niterói, determina multa de R$ 2 mil para cada descumprimento.

A proposta foi feita em 2002, por conta de denúncias feitas contra as empresas Viação Pendotiba Ltda, Auto Lotação Ingá Ltda, Santo Antônio Transportes Ltda, Auto Ônibus Brasília Ltda, Transportes Peixoto Ltda, Viação Araçatuba Ltda, Expresso Miramar Ltda, Expresso Barreto Ltda e Viação Fortaleza Ltda.
 
A ação requereu a permissão do ingresso de idosos que apresentem a carteira de identidade e de pessoas portadoras de deficiência com reconhecida dificuldade de locomoção e acompanhante. A gratuidade está garantida pelas Constituições Federal e Estadual, pela Lei 3.339/99 e pela Lei Orgânica do Município de Niterói.

As empresas recorreram da decisão proferida pela 5ª Vara Cível de Niterói, mas o recurso foi rejeitado por unanimidade pela 6ª Câmara Cível, no último dia 27 de junho.

Fonte: O Dia Online
READ MORE - Empresas de ônibus em Niterói são punidas por desrespeitar gratuidade de idosos

Greve de ônibus no Recife confirmada, Rodoviários rejeitaram acordo feito pelo próprio sindicato e param os serviços por tempo indeterminado


Quando tudo pafecia está resolvido entre os sindicatos, a voz da categoria falou mais alto e insatisfeitos com a proposta oferecida, motoristas e cobradores de ônibus resolveram entrar em greve amanhã por tempo indeterminado.

Os rodoviários que circulam no Estado decretaram greve na tarde desta terça-feira (03), em assembleia realizada pela categoria. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários no Estado de Pernambuco (STTRE-PE), Patrício Magalhães, assegura que apenas 30% da frota vai circular nas ruas do Grande Recife a partir da 0h desta quarta-feira (04), garantindo o mínimo de transporte à população. A categoria não aceitou o aumento salarial proposto de 8%, entre outras propostas.

Neste momento o clima é tenso no centro da cidade, com ônibus parados e engarrafamentos que estão sendo feitos pela categoria. Atos inapropriados de retirada de usuários dentro dos coletivos pela categoria, para que motoristas participem do protesto e deixem os ônibus vazios, lamentável.


Nota do Grande Recife Consórcio de Transportes
O Grande Recife Consórcio de Transporte informa que promoverá ações a partir desta quarta-feira (04), como a alternância de veículos, que serão retirados das linhas menos deficitárias e relocados nas que apresentarem maior demanda. Ao todo, 390 linhas operam na RMR.

As equipes de fiscalização e programação também estarão nas ruas no início da madrugada e permanecerão durante todo o dia da paralisação. O esquema será mantido até o final da greve. Ao todo, são três mil ônibus cadastrados, que fazem 26 mil viagens por dia. Dezoito empresas prestam serviço no Sistema de Transporte Público.

A concessionária também disse que contará com o apoio da Polícia Militar para garantir a segurança dos motoristas, cobradores e fiscais que optarem por não aderir à greve e se apresentarem para trabalhar, além dos usuários que irão utilizar os coletivos.

REFORÇO - Com a paralisação, a CBTU-Metrorec vai prolongar o horário de pico nas linhas Centro e Sul. O horário de movimento normalmente funciona das 5h às 8h e das 16h às 20h, mas com a greve este horário é estendido, de acordo com a demanda de usuários no local. Outros trens também serão disponibilizados para atender a demanda de passageiros, que deve aumentar com a paralisação dos rodoviários.

Mais informações em instatantes


Blog Meu Transporte

READ MORE - Greve de ônibus no Recife confirmada, Rodoviários rejeitaram acordo feito pelo próprio sindicato e param os serviços por tempo indeterminado

Chegam a Campinas novos e modernos ônibus articulados para o sistema BRT

Os primeiros ônibus de média capacidade, que serão o padrão de veículos que circularão nas cidades-sede da Copa do Mundo de futebol, começaram a chegar em Campinas. Dos 15 veículos previstos, oito chegaram ontem e a previsão é que até o final do mês os BRTs (da sigla em inglês de trânsito rápido de ônibus), com desenho futurista, inspirado nos modernos trens de alta velocidade, comecem a circular na região do Campo Grande.

Enquanto o corredor Campo Grande não é construído — a previsão é que a obra ficará para 2013 — os BRTs atuarão como ônibus comum. A mudança e as plenas vantagens do sistema só serão sentidas quando puderem circular em via segregada, de forma que haverá redução dos tempos de embarque e desembarque de passageiros, por ser composto de veículos com grande número de portas e de plataformas niveladas ao piso do ônibus. Outra vantagem é o pagamento fora do veículo, as estações fechadas e seguras e os mapas de informação em tempo real.

Os BRTs adquiridos pela empresa Itajaí irão circular em três linhas, a 2.12, 2.10 e 2.11 que ligarão o Terminal Itajaí ao corredor central, o Terminal Campo Grande ao Parque D. Pedro Shopping e Unicamp, e o Terminal Campo Grande ao Shopping Iguatemi. Trata-se de um sistema de transporte coletivo sobre pneus, rápido, flexível, de alto desempenho, com capacidade para 145 passageiros e que agrega mais conforto, como por exemplo, acesso à internet por sistema wireless. Os veículos têm câmeras para o motorista monitorar a entrada de passageiros e o ônibus não parte com portas abertas. Além de internet, eles terão também televisão.

Os BRTs têm carroceria Marcopolo montada sobre chassis Volvo. Esses ônibus são articulados e irão trafegar em canaleta específica, no Corredor Campo Grande, que será construído na Avenida John Boyd Dunlop e irá ligar o Terminal Central ao Terminal Campo Grande. 


Várias cidades do Brasil, como Curitiba, Goiânia, São Paulo e Rio de Janeiro adotaram o BRT como um meio de transporte público mais barato a um sistema metropolitano (metrô), com capacidade de transporte de passageiros similar à de um sistema de veículo leve sobre trilhos (VLT). O primeiro BRT do País foi implantado em 1979, em Curitiba.

O investimento nessa frota, feito pela empresa Itajaí, foi de R$ 10 milhões, 90% financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo a Marcopolo, a Itajaí adquiriu o modelo Viale BRT. Os ônibus têm vidros laterais colados que garantem maior visibilidade e proporcionam uma visão panorâmica aos passageiros. Além disso, contam com conjuntos óticos dianteiro e traseiro com LEDs, que garantem melhor iluminação.

Também é o primeiro ônibus urbano no mercado brasileiro a contar com Daytime Running Light, dispositivo de acendimento automático dos faróis mesmo durante o dia. Internamente, o Viale BRT inova nos conceitos de ocupação de espaço e de ergonomia. A maior largura interna, associada à configuração das poltronas, tem maior área livre e facilita a circulação dos passageiros. A altura interna também foi aumentada, permitindo a inclusão de dutos de ar, alto-falantes e espaço para propaganda nas laterais.

Os novos ônibus irão substituir os padrões da frota e ampliar sua capacidade de transporte na região do Campo Grande. A empresa irá retirar de circulação 20 ônibus padrão e colocar 15 BRTs no lugar. A Itajaí opera hoje com quatro veículos de grande capacidade, os biarticulados, e parou os investimentos nesse tipo de veículo porque os testes realizados mostraram que sem corredores exclusivos, eles não são viáveis.

Fonte: correio.rac.com.br / Foto: Cesar Rodrigues

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - Chegam a Campinas novos e modernos ônibus articulados para o sistema BRT

Greve de ônibus no Recife está praticamente descartada


Terminou por volta das 17h de ontem, mais uma reunião entre o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviários de Pernambuco e o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana/PE). Patrões e empregados chegaram a um acordo que pode acabar com a expectativa de greve, prevista para a próxima quarta-feira (04), nesta tarde. O reajuste para a categoria foi firmado com uma média de 8% de aumento, mais vale-refeição no valor de R$ 160. Está agendada para esta terça-feira (03), uma assembleia da categoria para o repasse das informações da negociação entre os trabalhadores.

A reunião foi mediada pelo Ministério Público do Trabalho. Participaram os presidentes do Urbana/PE, Fernando Bandeira de Melo, e do Sindicato dos Rodoviários, Patrício Magalhães. O encontro começou às 15h e ficou acertado que o salário dos motoristas passará a ser de R$ 1,5 mil, o dos cobradores vai para R$ 690 e dos fiscais e despachantes para R$ 970. Outros trabalhadores que não tem sindicato próprio terão aumento de 7% e também, receberão vale-refeição no mesmo valor. O reajuste passará a valer já no salário de julho. 

Outro informação acertada entre patrões e empregados é que os trabalhadores que aderiram à greve de advertência, paralisação de 24 horas, organizada no último dia 27, não serão penalizados. Não haverá desconto no salário por dia perdido de trabalho.

Atualmente, circulam pela Região Metropolitana do Recife 360 linhas de ônibus, operadas por 18 empresas privadas. São 2,9 mil veículos realizando, em média, 24.350 viagens por dia que beneficiam aproximadamente 2,2 milhões de usuários diariamente.


Informações: Diário de Pernambuco

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - Greve de ônibus no Recife está praticamente descartada

No Distrito Federal, Rodoviários ameaçam entrar em greve

Os rodoviários do Distrito Federal ameaçam parar as atividades nesta quinta-feira (5/7) se o acordo entre as empresas de ônibus e o Sindicato dos Rodoviários não for cumprido. A decisão foi tomada na manhã desse domingo (1º/7). O sindicato cobra reajuste de quase 8% no salário, além de benefícios para a melhoria do emprego.

Segundo a assessoria do sindicato, não existe mais esperança que o acordo saia até quinta. Caso a paralisação se confirme, nova assembleia está prevista para o próximo domingo para decidir se a greve se estenderá.
O Correio não conseguiu contato com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Coletivos do Distrito Federal (Setransp).

A Secretaria de Estado de Transportes do Distrito Federal relatou que o Governo do Distrito Federal ainda não tem uma posição sobre o assunto, mas que está acompanhando atentamente as medidas dos rodoviários, uma vez que a paralisação irá penalisar a população do DF.

Fonte: Correio Braziliense


READ MORE - No Distrito Federal, Rodoviários ameaçam entrar em greve

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960