Rio de Janeiro: Conheça o Ligeirão, a nova opção de transporte para o carioca

sábado, 12 de maio de 2012

Em breve o carioca vai poder usufruir de um novo sistema de transporte. O Ligeirão vai fazer com que o usuário de transporte público ganhe duas horas a mais no dia graças à diminuição do tempo de deslocamento pela cidade. Serão, ao todo, quatro corredores expressos: Transoeste, Transcarioca, Transbrasil e Transolímpica.

Os ônibus do BRT, o Ligeirão, farão paradas apenas em estações específicas. Pode parecer simples, mas é uma grande mudança. Para que o sistema corra segregado do resto do trânsito e tenha as estações à sua disposição, um novo modelo de ônibus vai circular pelas ruas do Rio de Janeiro. “Esse carro é automático, possui seis velocidades e consegue colocar a 6ª marcha com 40km/h. Isso significa uma viagem segura e econômica”, conta Aldeir Lopes Pereira, gerente operacional do Consórcio Santa Cruz, um dos que vai operar o sistema.

Com 18,3m de extensão e capacidade para transportar 160 passageiros, o Ligeirão conta com um sistema de câmeras internas para total controle do que acontece no carro. Uma delas está logo acima do motorista e é bastante importante. “Ela auxilia nas manobras de marcha à ré e também nas laterais quando há algum obstáculo”, explica Aldeir. Como é comum em aviões, o Ligeirão tem portas de emergência, independentes das portas usuais. “Quando o veículo enguiça, ela é usada para o desembarque dos clientes”, continua.

Isto porque há uma grande diferença para o ônibus comum. No BRT, o embarque é feito pelo lado esquerdo do carro, o mesmo do motorista. “E elas só abrem se as do lado direito, de emergência, estiverem fechadas”, esclarece Aldeir. Embora as portas de emergência sejam rigorosamente iguais às dos outros ônibus, as de embarque e desembarque são mais altas. “Aqui nós temos uma altura de 90cm, então impossibilita o embarque e desembarque fora das estações”, afirma.

Para Aldeir, todas essas diferenças são exatamente o que vai garantir o sucesso do Ligeirão. “O BRT vai ser muito importante para a população de modo geral. Você vai ter uma viagem rápida, segura e barata. Isso é importante”, encerra Aldeir.

Fonte: Cidade Olimpica

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - Rio de Janeiro: Conheça o Ligeirão, a nova opção de transporte para o carioca

Ministro garante licitação do trem-bala até o fim do ano

O ministro dos Transportes, Paulo Passos, afirmou que o governo fará a licitação do trem-bala até o fim deste ano. Em audiência na Câmara, Passos disse que o projeto do trem de alta velocidade, que ligará Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro, está em fase de conclusão. “Estamos finalizando alguns estudos com os ministérios do Planejamento e da Fazenda. Vamos concluir esses últimos ajustes e faremos a licitação.”

A licitação será feita em duas etapas. Nesse primeiro leilão, será contratada a empresa que fará a operação do trem. Em 2013, será feita uma segunda licitação, para contratar a companhia que assumirá a construção civil do projeto.

Paulo Passos admitiu que a saída de Bernardo Figueiredo do comando da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) paralisou o andamento do projeto. Figueiredo teve sua recondução barrada pelo Senado. “A saída de Bernardo produziu algum tipo de descontinuidade, mas estamos trabalhando no projeto”, disse Passos, que está na Câmara nesta quarta-feira para debater as condições das estradas do Rio de Janeiro, em audiência da Comissão de Viação e Transportes.

Fonte: Valor, Por André Borges

READ MORE - Ministro garante licitação do trem-bala até o fim do ano

Em Belo Horizonte, TCE suspende obras do BRT Antônio Carlos/Pedro I

A promessa feita há três meses pela BHTrans, de entregar as obras do BRT até a Copa das Confederações, em julho do ano que vem, caiu por terra. Apesar de não precisar quanto tempo a mais as intervenções vão durar, a empresa já admite que a decisão do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE), que manteve suspensa na quinta-feira a licitação da obra na Pampulha, vai alterar o cronograma. O atraso foi confirmado pelo presidente do órgão, Ramon Victor Cesar, que em fevereiro afirmou haver tempo hábil para que a nova aposta de transporte público entrasse em operação. Para o BRT da Área Central, o secretário municipal de Obras, Murilo Valadares, já adianta: “O cronograma é outubro de 2013”.

A suspensão determinada pelo TCE se refere ao processo licitatório da Estação da Pampulha do BRT Antônio Carlos/Pedro I, equipamento fundamental para que a operação do sistema comece. Será nela, bem como na Estação São Gabriel (Cristiano Machado) que os usuários de linhas alimentadoras, vindas dos bairros, poderão acessar o BRT em direção à Região Central. A interrupção da concorrência pública foi decidida em sessão plenária na quarta-feira por três votos a um. O problema identificado no edital da licitação, conforme é tribunal, é o critério de pontuação da proposta técnica, apontado como irregular pelo órgão.

Na semana passada, a Justiça liberou a licitação da Estação São Gabriel, que também havia sido suspensa pelo TCE. Na ocasião, a PBH afirmou que, caso o impasse continuasse, as obras poderiam atrasar em até três meses. Apesar da mudança de prazo, Ramon Cesar é categórico em afirmar que não haverá atrasos para a Copa do Mundo. “Temos prazo suficiente para a realização das obras e os projetos já estão todos prontos e o recursos disponível”, diz.

O procurador-geral do Município, Marco Antônio Rezende, informou ontem que a PBH entrará hoje com mandado de segurança no Tribunal de Justiça para retomar o processo licitatório do BRT da Estação Pampulha.

Plano para a Copa 2014

A BHTrans prepara um plano operacional para gerenciar o transporte e o trânsito durante a Copa do Mundo de 2014. Os trabalhos, iniciados em janeiro, estão sendo elaborados por uma empresa de consultoria de experiência internacional, a Logit. Entre as ações estão previstos planos de contingência para identificar gargalos, alterações de tráfego e fechamento de vias. Uma das saídas capazes de melhorar o trânsito foi aprovada pelo Congresso Nacional anteontem. De acordo com a Lei Geral da Copa, estados e municípios poderão decretar feriado nos dias de jogos, o que vai diminuir o fluxo de veículos na cidade.


Fonte: Estado de Minas

READ MORE - Em Belo Horizonte, TCE suspende obras do BRT Antônio Carlos/Pedro I

Metrô terá a 1ª estação fora da capital paulista só em 2016

A inauguração da primeira estação de Metrô fora da capital paulista deve ocorrer só daqui a quatro anos, em 2016, segundo anúncio feito nesta quinta-feira pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). A licitação para a contratação do projeto básico da terceira fase da Linha 4-Amarela, a extensão até Taboão da Serra, está em fase final. O projeto inclui uma nova estação, a Jardim Jussara, nas proximidades da Avenida Francisco Morato. Haverá, ainda, a Taboão, no centro da cidade.

Atualmente, a linha tem seis estações. Sai da Luz, na região central, e vai até o Butantã, na zona oeste. Quando estiver pronta, terá 13 paradas e cerca de 16 km de extensão. As próximas inaugurações, Morumbi e Vila Sônia, devem ocorrer em 22 meses. Mas, segundo Alckmin, o governo já trabalha em sua extensão. "O Estado está executando o túnel em direção a Taboão da Serra. Há 800 metros em obras", disse o governador.

No último dia 3, em visita ao pátio de manobras da Vila Sônia, o secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, afirmou que o trajeto extra até Taboão terá cerca de 3 km e será todo subterrâneo. E deve custar R$ 1,2 bilhão. Os estudos geotécnicos já começaram e devem ficar prontos dentro de seis meses.

A localização exata das duas novas estações ainda não está definida. A previsão, porém, é que a parada do Jardim Jussara fique no cruzamento das Avenidas Francisco Morato e Guilherme Dumont Villares. Já a parada de Taboão deve ser construída nas proximidades da Praça Nicola Viviléchio, no centro.
O trecho vai beneficiar mais de 700 mil moradores de Taboão da Serra e outros cinco municípios: Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, Embu das Artes, São Lourenço e Juquitiba. "O Metrô não tem uma estação fora de São Paulo. E se chama Metropolitano. Agora, pela primeira vez, vai sair de São Paulo, chegando até Taboão da Serra", afirmou Alckmin.

Acabamento

O Metrô desenvolve atualmente a implementação da segunda fase da Linha 4- Amarela, que consiste na execução de obras de acabamento e instalação de sistemas operacionais, como escadas rolantes e programas de comunicação visual em quatro estações: São Paulo-Morumbi, Fradique Coutinho, Oscar Freire e Higienópolis-Mackenzie. Nenhuma, porém, será inaugurada neste ano.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

READ MORE - Metrô terá a 1ª estação fora da capital paulista só em 2016

Curitiba: Quatro Barras inaugura linha do Ligeirão nesta segunda-feira

Começa a funcionar na próxima segunda-feira (14) o articulado “Ligeirão” no transporte coletivo de Quatro Barras. A linha adicional vai se chamar “Curitiba - Quatro Barras Rápido” e terá dois horários de saída pela manhã e um à tarde, partindo de Quatro Barras. No retorno, o Ligeirão terá mais três horários, partindo de Curitiba, e com isso, desafogando o fluxo dos ônibus que transitam nos horários de pico.
“Sem dúvida é um grande avanço para o transporte coletivo, que vai melhorar o atendimento dos passageiros que circulam na cidade e se deslocam à Curitiba. Quando pleiteamos esta linha, nossa proposta foi garantir mais qualidade e um bom serviço para quem utiliza o transporte e que certamente merece todo o respeito”, disse o prefeito Loreno Tolardo.

Os testes com o Ligeirão ocorreram já no início de março, com técnicos da Urbs, Prefeitura e Viação Castelo Branco, que juntas conseguiram viabilizar esta conquista. Desde então, foram realizadas obras e ajustes tanto nas vias públicas quanto no próprio terminal para a boa circulação do articulado, que apresenta dimensões bem maiores do que os ônibus convencionais. Nele podem ser transportados 43 passageiros sentados e 95 em pé, somando 138 lugares.

Itinerário
O Ligeirão terá duas linhas saindo de Quatro Barras pela manhã, às 6h55 e 7h25, e outra no período da tarde, às 17h40. Haverão dois itinerários: um deles parte do Terminal, passa pelo Jardim Menino Deus, atravessa a trincheira, e segue com destino à Curitiba; e o outro parte do Terminal em direção à Colônia Maria José, acessando a BR 116 com destino à Curitiba, via Bacacheri. O articulado fará paradas nos bairros e também nos pontos em Curitiba, exceto ao longo da BR 116.
No sentido de retorno, serão mais três linhas, às 16h40, 17h50 e 19h, sentido Curitiba - Quatro Barras. Um dos principais diferenciais da linha é que entrará em bairros onde os ônibus não entravam anteriormente, como o Menino Deus e a Colônia Maria José.   

Fonte: Agora Paraná

READ MORE - Curitiba: Quatro Barras inaugura linha do Ligeirão nesta segunda-feira

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960