No Recife, Prefeitura revitaliza corredor de ônibus da Cde. da Boa Vista

sábado, 10 de março de 2012

 
A avenida Conde da Boa Vista, que tem o principal corredor de ônibus da cidade, onde circulam aproximadamente 100 linhas de ônibus passara por uma revitalização neste fim de semana.

Paradas de ônibus desgastadas e muitas sem iluminação

A revitalização chega em boa hora, pois além de ser o mais movimentado da cidade, ele ultimamente vinha sendo alvo de muitas reclamações por parte dos usuários e pedestres, pois além da insatisfação de seu projeto, onde as paradas são estreitas deixando os passageiros sem conforto nenhum, as paradas estão se desgastando e faltando até iluminação, isso sem falar da sujeira que é visível deixando um aspecto de completo abandono.
A Prefeitura do Recife, por meio da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), realiza neste sábado (10) ações de manutenção e limpeza na avenida Conde da Boa Vista. O trabalho tem investimento de R$ 29.500 mil e prevê a recuperação do gradil que separa a Avenida, execução de poda, limpeza das paradas de ônibus, canteiro e calçada, além do plantio de 19 mudas nos alegretes que compõem a via.
Foto: Blog Meu Transporte

“O serviço consiste na manutenção de um importante corredor viário para cidade. Pretendemos melhorar o aspecto da avenida e as condições de tráfego para os pedestres“, explicou o diretor de manutenção urbana da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana, Fernando Melo. Para a intervenção, serão mobilizados cerca 20 servidores, um caminhão de elevação e um triturador. Os serviços seguem no domingo (11) com término programado para o final da tarde.

Blog Meu Transporte



READ MORE - No Recife, Prefeitura revitaliza corredor de ônibus da Cde. da Boa Vista

População de Macaé-RJ comemora a chegada do VLT(Veículo Leve sobre Trilhos)

Chegou a primeira composição do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Macaé. O projeto Metrô Macaé do governo municipal que busca ampliar a oferta de transporte público no município cumpriu com mais uma parte do cronograma de implantação, cujos estudos tiveram início em março de 2009. A operação de desembarque durou cerca de três horas na passagem de nível no acesso ao Bairro da Glória, logo em seguida, o VLT seguiu para a antiga Estação Ferroviária onde ficará durante os testes operacionais. Por todo o percurso, centenas de pessoas pararam para ver de perto a composição.
Depois de totalmente implantado, o Metrô Macaé será ligado ao Sistema Integrado de Transporte, que neste final de semana recebeu mais 40 novos ônibus para reforçar as principais linhas. Será possível usar o Metrô e os ônibus usando a penas uma passagem, que desde sábado teve o preço reduzido de R$ 2,50 para R$ 2 pela Prefeitura.

De acordo com o prefeito Riverton Mussi, o compromisso do governo com a qualidade de vida da população vem sendo cumprido e o Metrô Macaé faz parte deste processo de melhorias.

- Sabemos das demandas que o nosso município tem por ampliação da oferta de transporte. Estamos trazendo a primeira composição e até o final do ano outras duas estarão na cidade, afirmou o prefeito, acrescentando que os investimentos feitos para aquisição dos veículos e obras operacionais estão sendo feitos integralmente pela prefeitura, uma vez que a verba do governo federal de R$ 47 milhões destinados ao Metrô Macaé ainda não foi liberada.

Segundo o cronograma de ação, após o recebimento da máquina serão iniciados os testes necessários à operação, que começam a ser agilizados de imediato. O trabalho será realizado pela Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central), órgão ligado à Secretaria de Estado de Transportes, cujos técnicos já estão na cidade. As composições, movidas a diesel e equipadas com ar condicionado, têm capacidade para atender a 368 passageiros cada uma.
Para o secretário de Mobilidade Urbana, Jorjão Siqueira, este é um momento ímpar para o transporte de Macaé.

- Desde 2009 viemos trabalhando em parceria com o Estado, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Ferrovia Centro-Atlântica a fim de contribuir para que Macaé tenha cada vez mais transporte de massa eficiente e de qualidade e hoje podemos constatar que todo esforço está valendo a pena, comemorou Jorjão.

A partir deste momento, serão realizadas ações de relacionamento com a comunidade do entorno da linha férrea com alertas sobre medidas de segurança a convivência com o VLT. O secretário de Governo, André Braga, destacou ainda a importância do bom planejamento para o alcance de ações integradas que tragam benefícios à população.


- O Metrô Macaé faz parte das ações do programa Planejando Macaé, que cada vez mais vão sendo traduzidas em realidade no dia a dia do cidadão. Ficamos satisfeitos em poder fazer parte deste momento único para Macaé, que desponta no cenário estadual pelo pioneirismo em adotar uma tendência mundial, o VLT, como uma alternativa que irá integrar o transporte já existente, ressaltou André.
Informações: Prefeitura de Macaé


READ MORE - População de Macaé-RJ comemora a chegada do VLT(Veículo Leve sobre Trilhos)

Belo Horizonte sem ônibus, Rodoviários entram em greve a partir desta segunda-feira

A segunda assembleia dos rodoviários de Belo Horizonte confirmou a greve de ônibus que vai começar na segunda-feira. Em reunião na tarde desta sexta-feira, os trabalhadores votaram a favor da paralisação. Logo depois, saíram em passeata pela Avenida Amazonas e ocuparam duas faixas da via no sentido bairro/Centro.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Belo Horizonte (STTRBH), Ronaldo Batista, os trabalhadores vão respeitar as 72h impostas pela lei de greve e na segunda-feira às 17h já começarão a reduzir a circulação de veículos. De acordo com o presidente, apenas uma escala mínima de 30% de ônibus será mantida na capital e região metropolitana.

Depois da reunião no Colégio Pio XII, no Bairro Gutierrez, Região Oeste da capital, cerca de 400 motoristas e cobradores saíram numa passeata em direção à Praça Sete, no Centro de BH. Alguns colegas de trabalho, que estão em serviço, seguiram o grupo formando o famoso “linguição” de ônibus pela Avenida Amazonas.

Os rodoviários ocuparam duas faixas da avenida, sendo a terceira liberada para motos e carros pequenos. O Batalhão de Eventos da Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal acompanham a manifestação. Houve tumulto no cruzamento com a Rua Araguari, quando o motorista de um ônibus da Estação Barreiro tentou passar à frente dos manifestantes para fazer uma conversão à esquerda. Ele foi cercado e barrado pelos colegas. A PM conteve a confusão.

Os problemas no trânsito refletiram em toda Região Central, principalmente nas ruas que cortam a Amazonas. Alguns motoristas de carro buzinaram demonstrando apoio ao protesto dos rodoviários. Além de engarrafamento, o belo-horizontino encarou barulheira no fim da tarde. De acordo com o Batalhão de Trânsito da PM, motoristas devem evitar as avenidas Amazonas, Contorno e Afonso Pena.
Muitos passageiros desistiram de chegar ao Centro de ônibus por causa da lentidão e engarrafamento. Alguns desceram dos coletivos e seguiram a pé. Os rodoviários revindicam reajuste salarial de 49%, 30 folhas de tíquete-alimentação de R$ 15, a instalação de banheiros femininos nos pontos finais, participação nos lucros e resultados (PLR) e uma jornada de trabalho de seis horas diárias. Os sindicatos das empresas de ônibus propõem reajustar em 13% o salário dos motoristas e trocadores - condicionado ao aumento de 20 minutos na jornada de trabalho diária - e de 9% para a manutenção e administração.

As empresas também oferecem um aumento de 6% no ticket-alimentação, R$ 150 na participação dos lucros (para quem ganha até R$ 1.000), e R$ 300 para quem recebe acima desse valor. Outra proposta aos motoristas e trocadores é o aumento de 6%, sem mudança na carga horária.

No fim da manhã desta sexta-feira, logo depois da primeira assembleia às 11h, também houve protesto. O trânsito complicado na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. A Avenida Amazonas, Praça Raul Soares e Avenida Afonso Pena foram os pontos de maior retenção.

Mais problemas no trânsito

Além da manifestação e dos problemas na Região Central, o trânsito na Avenida Presidente Antônio Carlos ficou muito lento por causa de uma acidente na barragem da Lagoa da Pampulha. Os dois sentidos da via ficaram praticamente parados, conforme informou a BHTrans. Um veículo com problemas mecânicos complicou o tráfego no Anel Rodoviário, no viaduto da Avenida Amazonas. Segundo a BHTrans, no fim da tarde também houve grande retenção na Avenida Cristiano Machado, do Túnel da Lagoinha até a Rua Jacuí.

Tumulto

De acordo com PM, um grupo de sindicalistas tentou barrar a saída de ônibus na Estação Eldorado, em Contagem. Desde 14h, um grupo de manifestantes ocupou o terminal e, segundo a polícia, iniciaram um tumulto. O Batalhão de Choque e a cavalaria da corporação foram ao local para controlar a confusão. Por volta de 18h, dois ônibus tiveram os pneus furados, um da linha 1630 (Cascata/ Estação Eldorado) e outra da 6981 (Cachoeira /Estação Eldorado).


READ MORE - Belo Horizonte sem ônibus, Rodoviários entram em greve a partir desta segunda-feira

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960