Metrô, CPTM e EMTU/SP vão operar uma hora a mais com o fim do horário de verão a 0h00 de domingo (26)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012


Com o fim do horário de verão neste fim de semana, Metrô, CPTM e ViaQuatro (concessionária da Linha 4-Amarela) irão funcionar uma hora a mais de sábado (25/2) para domingo (26/2), ou seja, até a 1h00 do horário novo (2h00 no horário antigo). Vale lembrar que o término da operação comercial do sistema metroferroviário aos sábados ocorre à 1h00 de domingo.

O horário de verão termina a 0h00 de domingo, quando os relógios deverão ser atrasados em uma hora. Já as linhas de ônibus metropolitanos gerenciadas pela EMTU/SP que operam entre às 23 e 24h00 de sábado (25/2), realizarão novamente as partidas previstas para essa faixa horária.

Metrô
Os usuários do Metrô poderão contar com o serviço por uma hora a mais de sábado (25) para domingo (26). Com a ampliação do horário de circulação dos trens, o número de viagens ofertadas será maior. Na Linha 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi), serão 17 viagens a mais; na Linha 2-Verde (Vila Prudente-Vila Madalena), 20; na Linha 3-Vermelha (Corinthians-Itaquera/Palmeiras-Barra Funda), 22; e na Linha 5-Lilás (Capão Redondo-Largo Treze), 24. Na Linha 4-Amarela (Luz-Butantã), operada pela ViaQuatro, serão realizadas 26 viagens a mais.

CPTM
As seis linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) irão operar uma hora a mais na madrugada de domingo (26). A operação será iniciada normalmente às 4h00 do novo horário no domingo (26).

EMTU
As linhas de ônibus metropolitanos gerenciadas pela EMTU/SP que operam entre 23 e 24 horas, realizarão novamente as partidas previstas para essa faixa horária.

READ MORE - Metrô, CPTM e EMTU/SP vão operar uma hora a mais com o fim do horário de verão a 0h00 de domingo (26)

No Recife, Bloco dos vândalos danificou mais de 600 ônibus durante o carnaval

No Recife, 612 ônibus foram depredados durante o carnaval, de acordo com dados do Grande Recife Consórcio de Transporte. Algumas empresas de transporte da Região Metropolitana do Recife divulgaram nesta quinta-feira (23) imagens que flagram passageiros destruindo os ônibus durante o carnaval. Uma dessas empresas teve 140 veículos depredados.

Os vândalos quebraram para-brisas, vidros, bancos e entrada de ar. “Esse ano nós tivemos 140 ônibus depredados com um valor de aproximadamente R$ 20 mil de prejuízo”, afirmou diretor de empresa de ônibus, Gibson Pereira. Sempre que um ônibus é atingido, ele sai de circulação e volta para a garagem. Até que ele seja reparado ou a substituído, as ruas ficam com um veículo a menos.


Imagens do circuito interno de TV mostraram como os vândalos se comportam. Um grupo forçou a porta e entrou sem pagar, enquanto outros seguiram viagem em cima do banco. Um rapaz que percebeu estar sendo filmado, resolveu tampar a câmera. Sem o registro, os companheiros dele quebraram as janelas do ônibus

O problema é ainda é maior quando faltam peças de reposição. Em uma das empresas, quase a metade dos ônibus que circularam no carnaval sofreu vandalismo e alguns ainda não estão em condição de voltar às ruas. “Isso representa um prejuízo financeiro para a empresa e um prejuízo moral para a população, que fica sem equipamento de uso cotidiano”, disse o diretor de empresa de ônibus, Almir Buonora.
 
READ MORE - No Recife, Bloco dos vândalos danificou mais de 600 ônibus durante o carnaval

Na Grande Vitória, Projeto de corredor de ônibus (BRT) ficará pronto no final de 2013, diz governo

O projeto da primeira etapa do sistema Bus Transit Rapid (BRT), que vai criar corredores exclusivos para ônibus nas principais vias da Grande Vitória, tem estimativa para ficar pronto no final de 2013, segundo a secretária estadual dos Transportes e Obras Públicas em exercício, Luciene Becacici. O edital de licitação para a contratação do projeto foi publicado no Diário Oficial do dia 16 de fevereiro. O valor do projeto é de R$ 27 milhões.

Nos municípios de Vila Velha e Serra algumas obras viárias já estão sendo feitas nos moldes do BRT. "Em 18 meses após assinado o contrato estaremos prontos para licitar obras. Enquanto isso, já tem algumas obras acontecendo prevendo a vinda do BRT. Nas obras em que o estado é parceiro das prefeituras, já vem preparando as vias para a chegada do BRT. E também a Quarta Ponte, que já será contemplada com o BRT passando sobre ela", afirma a secretária em exercício.
A primeira etapa do sistema BRT Grande Vitória compreende um trecho de 32 quilômetros de extensão. "Essa primeira etapa contempla o trecho viário mais carregado, onde circula um maior volume de passageiros todos os dias. O trecho vai desde o Terminal de Carapina, na Serra, passando pelas avenidas Fernando Ferrari e Reta da Penha, em Vitória, seguindo para Vila Velha pela Cinco Pontes, interligando os terminais de São Torquato e Jardim América e passando pelo terminal do Ibes até chegar ao terminal de Vila Velha", explica Becacici.

Segundo a secretária em exercício, também está em estudo com a concessionária Rodosol que o trajeto passe pela Terceira Ponte, deixando uma faixa exclusiva para os ônibus, pelo menos nos horários de pico.

A proposta, segundo a Secretaria dos Transportes e Obras Públicas (Setop), é integrar a rede metropolitana com um conjunto único de linhas. "Isso engloba os sistemas municipais. Será uma única rede gerenciada de forma integrada. As linhas serão revistas", afirmou a secretária.

De acordo com os estudos preliminares, as estações serão conjugadas, no canteiro central das vias. Excepcionalmente na área da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), na Avenida Vitória, em Vitória, e na Avenida Carlos Lindenberg em Vila Velha, as estações serão alternadas.

Os ônibus serão articulados, com portas dos dois lados e com piso na altura das plataformas, para agilizar o embarque e desembarque dos passageiros. Segundo Luciene Becacici, o sistema vai contar com rastreamento por GPS e imagens de videomonitoramento. Nos ônibus, nos terminais e nas estações, a comunicação com os usuários será feita por painéis eletrônicos apresentando os horários de chegada dos veículos de cada linha. "Os usuários contarão também com informações pela internet e pelo celular", afirmou a secretária.
 
Fonte: G1 ES


READ MORE - Na Grande Vitória, Projeto de corredor de ônibus (BRT) ficará pronto no final de 2013, diz governo

São Paulo: Justiça mantém integração da EMTU em Diadema

Se depender da Justiça, a integração gratuita entre os ônibus municipais e os trólebus e ônibus da Metra, que prestam serviços intermunicipais, vai continuar nos Terminais Piraporinha e Diadema.
O juiz André Mattos Soares, da Comarca de Diadema aceitou nesta quinta-feira, dia 23 de fevereiro de 2012, liminar ingressada pelo Ministério Público de Diadema para que a integração gratuita que ocorre desde 1991 continue.
O auto do pedido é o promotor de Cidadania de Diadema, Daniel Serra Azul Guimarães.
Ele também pediu que fosse estipulada multa diária de R$ 248 mil contra a gerenciadora de transportes intermunicipais, EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos.
A EMTU pode entrar com recurso.
A polêmica sobre a cobrança da integração gratuita vem desde outubro do ano passado. O Governo do Estado diz que a cobrança na transferência é necessária para cobrir custos de modernização do corredor ABD e da rede elétrica dos trolebus.
Desde o início, o prefeito de Diadema, Mário Reali se mostrou contra o fim da integração.
Adamo Bazani, jornalista da CBN especializado em transportes

READ MORE - São Paulo: Justiça mantém integração da EMTU em Diadema

Passagens de ônibus intermunicipais da Paraíba são reajustadas


As tarifas dos ônibus intermunicipais, urbanos e rodoviários, da Paraíba sofrem reajuste a partir desta quinta-feira (23). O aumento varia entre 5% e 9% e foi determinado por uma resolução do Conselho Executivo do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), publicado na edição do Diário Oficial do Estado do sábado (18). O reajuste também vale para a balsa que faz a travessia Cabedelo-Costinha.

O índice do aumento das passagens varia de acordo com o tipo de transporte oferecido. As linhas de ônibus intermunicipais que trafegam apenas em vias urbanas, como os da região metropolitana de João Pessoa, sofrerão aumento de 5%. Já as empresas que oferecem serviço de transporte coletivo utilizando as rodovias podem elevar o valor das passagens em 9%. Na balsa entre Cabedelo -Costinha o aumento é de 6,9%.

Com o reajuste, os passageiros que trafegam entre João Pessoa e Campina Grande que pagavam R$ 20 terão que pagar R$ R$ 21,80. A passagem entre a capital e a cidade de Patos, no Sertão, passará de R$ 49,07 para R$ 53,50.

Os novos valores das passagens entram em vigor depois de seis meses do último reajuste, que foi aplicado no dia 13 de agosto de 2011.A Resolução 017/2012 do DER foi tomada de maneira unânime em sessão do Conselho Executivo realizada ainda no dia 2 de fevereiro.

Informações: G1 PB

READ MORE - Passagens de ônibus intermunicipais da Paraíba são reajustadas

Nova Parceria, Blog Meu Transporte e Canal do Ônibus


O Blog Meu Transporte tem o prazer de informar a seus leitores a parceria com o Site Canal do Ônibus, está parceria tem como objetivo trocar informações e ideias que visem melhorar as informações aos nossos l eitores.
Hoje em dia, o tema mais falado é a questão da mobilidade urbana, e nada melhor que está nova parceria, onde o principal objetivo é informar mais e mais os problemas a serem enfrentados nesta questão.
Afinal, levar informações aos leitores de forma atualizada o que vem acontecendo com o transporte público nas cidades brasileiras e também do mundo, seus avanços, problemas, horários, direitos e deveres entre outros e o nosso lema.
Blog Meu Trasnporte

READ MORE - Nova Parceria, Blog Meu Transporte e Canal do Ônibus

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960