O adeus à ciclovia na zona norte do Recife: Prioridade aos carros revolta ciclistas

sábado, 8 de setembro de 2012


Não adiantou o protesto de grupos de ciclistas recifenses, no último dia 4, que reinvindicavam a permanência de um trecho da ciclofaixa implantada na Zona Norte. Aproveitando o feriadão da Independência, quando a cidade ficou “vazia”, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) retirou, durante a madrugada deste sábado, os 350 metros da ciclofaixa localizada na Estrada do Arraial.

Quem passou pela localidade durante o dia de hoje, percebeu que o espaço exclusivo para os ciclistas foi pintado de preto, no trecho entre a Rua Cônego Barata e o Hospital Agamenon Magalhães. A ciclofaixa foi implantada junto com o binário da Zona Norte, que deu sentido único para as Estradas do Arraial e do Encanamento. Desde a implantação, no final de julho, o binário vem provocando polêmica, uma vez que os congestinamentos estavam ocorrendo com frequência.

De acordo com a presidente da CTTU, Maria de Pompeia, a retirada dos 350 metros da ciclofaixa foi a solução mais rápida para tentar melhorar o fluxo de veículos no binário. “Retiramos esse trecho porque percebemos que a Avenida Rosa e Silva também estava passando por problemas no fluxo de veículos. Temos que tomar essa medida", atestou.

Pelo visto, a polêmica ainda vai durar muito tempo. A retirada de parte da ciclofaixa revoltou os ciclistas, que fizeram um protesto contra o ato. Na ocasião, cerca de 40 ciclistas fizeram uma vigília no trecho e impediram a ação da CTTU. Confira o protesto realizado na noite da última terça-feira (4).


Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960