Em Manaus, Ônibus vão circular durante a madrugada até o dia 23

domingo, 18 de dezembro de 2011

A Superintendência Municipal de Transporte Urbanos (SMTU) acatou, ontem, ao pedido feito pela Associação dos Lojistas do Amazonas Shopping (Alasc) de estender o horário do transporte coletivo, em Manaus, durante a semana que antecede o Natal. De acordo com o diretor-presidente da SMTU, Marcos Cavalcante, todas as empresas já foram notificadas.

“Do dia 17 (hoje) ao dia 23 a frota normal de 1.631 ônibus estará disponível aos usuários até mais tarde”, disse.

Conforme a proposta, a partir de hoje, os ônibus comuns passam a circular até 1h da manhã e os alimentadores dos terminais até as 2h.

“As pessoas agora não precisam mais ter pressa. Terão uma hora para pegar o ônibus e mais uma hora para chegarem em casa”, afirmou o diretor-presidente.

Na manhã da última quinta-feira, 15, representantes da Alasc e membros da equipe técnica SMTU se reuniram para discutir a viabilidade da extensão.

O pedido, de acordo com a presidente da Alasc, Mercedez Braz, tem o propósito de facilitar a locomoção de clientes e funcionários do shopping.

“Nossa preocupação é evitar que as pessoas façam suas compras correndo ou deixem de comprar por medo de perderem o horário do ônibus”, disse.
A medida proposta pela Alasc vai beneficiar também os demais shoppings da capital que estão funcionando até 0h para atender à demanda das compras de final de ano.
Segurança

As empresas de ônibus, contudo, não vão solicitar um reforço no policiamento, tanto nas paradas quanto nos coletivos. Segundo Cavalcante, os ônibus já circulam até a 0h e uma hora a mais não fará diferença em relação à segurança dos passageiros.



READ MORE - Em Manaus, Ônibus vão circular durante a madrugada até o dia 23

Em BH, Abertura de viadutos desata nó e abre caminho para BRT

Local de constantes congestionamentos em horário de pico, o entroncamento das avenidas Antônio Carlos com Abraão Caram, na Pampulha, ganhou um presente ontem, dia do aniversário de Belo Horizonte. Foi entregue pela prefeitura o complexo José Alencar, que consiste em uma trincheira e dois viadutos de 123 m de extensão. O nome homenageia o ex-vice-presidente, morto em março deste ano.

A intervenção faz parte do PAC da Mobilidade Urbana, voltado para a Copa de 2014, e custou, ao todo, R$ 52,5 milhões, incluindo desapropriações. Do total de famílias removidas, 61 foram indenizadas e 27 foram reassentadas em apartamentos do programa Vila Viva.
Foto: SAMUEL AGUIAR
A intenção da prefeitura é melhorar o trânsito na região e evitar que o acesso ao Mineirão dependesse de pequenas vias nos arredores. "A obra vai facilitar o acesso ao estádio, ao aeroporto e à universidade, além de favorecer todo o tráfego da região", disse o prefeito Marcio Lacerda durante a cerimônia de inauguração, que contou também com a presença do ministro Aldo Rebelo (PC do B) e da viúva de José Alencar, Mariza Gomes.

Iniciada em junho de 2010, a construção do complexo possibilitou a eliminação do cruzamento com semáforos entre as duas avenidas. Agora, também é possível fazer ligação direta entre as avenidas Abraão Caram e Professor Magalhães Penido. Somente na avenida Antônio Carlos, passam 80 mil veículos por dia.

A obra também favorecerá a implantação do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) nas avenidas Antônio Carlos e Pedro I. As intervenções encontram-se em andamento e irão beneficiar os trechos Centro-Pampulha e Pampulha-Vilarinho. Juntas, as obras deverão beneficiar cerca de 650 mil pessoas das regiões Pampulha, Venda Nova e Norte, além de cidades da região metropolitana como Ribeirão das Neves, Santa Luzia e Vespasiano.

Fonte: O Tempo

READ MORE - Em BH, Abertura de viadutos desata nó e abre caminho para BRT

Em Salvador, Estação da Lapa será toda reformada

O prefeito de Salvador, João Henrique, assinou nesta quinta-feira (15) a Ordem de Serviços para a reforma da Estação da Lapa. Segundo o diretor de obras da Sucop (Superintendência de Conservação e Obras Públicas), Edson Bastos, a estação não será interditada durante a execução das obras. "O trabalho será realizado por etapas, deve haver remanejamento, mas o funcionamento da Lapa não será interrompido", pontua Bastos.

A obra tem duração prevista de seis meses. Já na próxima segunda-feira (19) começa a implantação do canteiro de obras e recrutamento do pessoal, estrutura que demora cerca de 15 dias para ser concluída, segundo o representante da Sucop.

Edson Bastos informou ainda que este projeto não inclui integração com outras estações de Salvador ou com outros sistemas de transporte, como o metrô.

O projeto inclui novos boxes de serviços padronizados, a manutenção dos cabos de sustentação da estação e do viaduto de acesso à Lapa, a troca do piso, a instalação de um poço de ventilação para o subsolo, a impermeabilização e pintura da área da cobertura, além da instalação de quatro novos banheiros e da reforma dos que já existem.

Sobre as dificuldades para a execução da obra, Bastos diz que o maior desafio será realizar os serviços ao mesmo tempo em que o funcionamento da Lapa será mantido. "Faremos o possível para minimizar os transtornos e garantir a segurança para os usuários", conclui o diretor de obras da Sucop.

A Estação
Localizada no Vale dos Barris, em Salvador, a Estação da Lapa é o maior terminal rodoviário da capital, recebendo por dia mais de 460 pessoas com mais de 71 linhas urbanas de ônibus. Ao todo são 325 veículos por hora. A estação é chamada assim por conta de sua proximidade com o Convento da Lapa, localizado na região. O projeto original do local é do arquiteto e urbanista João Filgueiras Lima, mais conhecido como Lelé.


Fonte: G1 Bahia


READ MORE - Em Salvador, Estação da Lapa será toda reformada

Em São Paulo, Terminais de ônibus ganham wi-fi grátis

Quem espera por ônibus nos terminais da cidade de São Paulo, terá agora a internet como aliada. A SPTrans, empresa ligada à Prefeitura, vai iniciar na segunda-feira um projeto-piloto para estrear a novidade na capital que faz seus moradores gastarem, em média, 2h43 minutos no trânsito diário.

Os passageiros poderão usar celulares, notebook e tablets para se conectar de graça dentro dos terminais. Inicialmente, a velocidade da banda é de 4 megabytes, com possibilidade de ampliação para 5 ou 6. "Os testes vão durar dois meses. Ao final desse período, vamos fazer um relatório bastante circunstanciado, ou seja, determinando o tamanho da banda (de acesso) necessária", diz Alexandre Pelegi, coordenador do núcleo de comunicação da Secretaria Municipal dos Transportes, em entrevista ao Jornal da Tarde.

Por enquanto, a tecnologia está liberada apenas para o Terminal Santo Amaro, na zona sul, mas, em janeiro, será levada ao do Sacomã, também na zona sul, e ao da Lapa, na oeste. Se o projeto vingar, a expectativa é estender o acesso gratuito para os 27 terminais de ônibus da cidade, por onde circulam cerca de 2 milhões de pessoas diariamente.

Para que o passageiro consiga usufruir da conexão, é necessário que ele faça um cadastro com o número do CPF. Cada pessoa terá internet livre por até 15 minutos. Passado este tempo, o acesso só será restabelecido depois de uma hora. Não será permitido acessar conteúdo pornográfico e baixar arquivos.

A iniciativa é bancada por empresas que já operam nos três lugares que recebem o projeto-piloto. Uma delas é a Rede Ponto - Certo, que mantém máquinas de recarga do Bilhete Único.

Se a medida realmente emplacar, haverá licitação para escolher as empresas que vão oferecer o serviço. Nesta etapa, os terminais serão equipados com telas seníveis ao toque, com informações dos itinerários dos ônibus. 



Fonte: ADM News


Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook

READ MORE - Em São Paulo, Terminais de ônibus ganham wi-fi grátis

Trens sofrem um incidente grave a cada 75 dias no Rio

Os problemas com os trens da manhã desta sexta-feira no Rio Janeiro não foram um episódio isolado. Isto é o que mostra um levantamento feito pelo Jornal do Brasil com o noticiário dos últimos três anos envolvendo denúncias de irregularidades no serviço prestado pela SuperVia. De acordo com ele, um acidente grave acontece a cada 75 dias.

(Genílison Araújo/Ag.O Globo)
Desde 2009, quando imagens de passageiros sendo chicoteados por funcionários contratados pela concessionária feitas pela TV Globo chocaram o Brasil, houve ao menos 14 ocorrências graves na linha férrea da região metropolitana, entre descarrilamentos, atropelamentos, panes e outros problemas em um intervalo de 36 meses.

O episódio das chicotadas aconteceram em 15 de abril de 2009. Menos de um mês depois, em 6 de maio, foi a vez de uma composição que seguia da Central do Brasil em direção à estação de Campo Grande descarrilar na altura do Méier, apenas uma semana depois do governo estadual anunciar a prorrogação do contrato de concessão dos trens e prometer um investimento, dividido com a Supervia, de R$ 2,3 bilhões na melhoria do serviço. Por sorte, ninguém ficou ferido no acidente, que ocorreu apenas 10 m da plataforma onde os passageiros esperavam para embarcar.

Em 2010, mais problemas. Em janeiro passageiros ficaram apavorados depois que um trem do ramal Japeri percorreu o trajeto entre as estações de Ricardo de Albuquerque e Oswaldo Cruz sem maquinista, episódio que ficou conhecido como o "trem-fantasma". Em março, problemas técnicos fizeram com que um trem lotado tivesse um princípio de incêndio. Aqueles que tentavam embarcar na estação Saracuruna se revoltaram e depredaram as instalações do local. Em abril do mesmo ano, um descarrilamento nas imediações da estação de Deodoro deixou mais de 60 feridos, alguns com gravidade como fraturas.

Mesmo com a previsão de investimentos e a promessa da chegada de trens mais modernos, comprados da China, o ano de 2011 também foi marcado por acidentes e desrespeito com os usuários dos trens. Em junho, um trem se chocou com um carro em uma passagem de nível no bairro de Austin, em Nova Iguaçu. Apenas um mês depois, novo acidente no ramal Japeri: um trem que seguia da estação de Austin para a de Queimados descarrilou e se chocou de frente com outra composição. Mais uma vez, uma tragédia foi evitada por pouco e não houve feridos.

O mês mais problemático foi outubro, quando em dois dias seguidos ocorreram dois acidentes. No dia 5, dois vagões de um trem que seguia para Santa Cruz se soltaram e trafegaram sem controle por um trecho. O acidente provocou interrupção na circulação e grandes atrasos. Na noite do dia 6, mãe e filho morreram atropelados por uma composição na altura de Manguinhos. No dia seguinte, um trem descarrilou a poucos metros da estação Japeri. Outro descarrilamento foi registrado no dia 24, no ramal Saracuruna, e os passageiros foram obrigados a caminhar pela linha férrea até a estação de Jardim Primavera.

Em novembro, mais dois casos. No dia 3, um trem descarrilou nas proximidades da estação de Anchieta, obrigando os passageiros a caminharem mais de 200 m pelos trilhos. Já no dia 7, um passageiro caiu entre no vão entre o trem e a plataforma na estação do Méier.


Fonte: Terra



READ MORE - Trens sofrem um incidente grave a cada 75 dias no Rio

SPTrans: Informativo de criação de linhas na Zona Leste

Informamos que a partir do dia 07 de janeiro de 2012, os moradores dos bairros Jd. Nova Vitória e Jd. Recanto Alegre, localizados na Zona Leste, terão a disponibilidade de uma nova linha de ônibus.

O serviço funcionará de forma circular, nos dias úteis e aos sábados, com ponto terminal na Rua Lucas Fildes, n° 06.
Linha e itinerário:

4401/10 Jd. Nova Vitória – Circular
Horário de Funcionamento:
4h às 23h
Sentido Único: Rua Lucas Fildes, Rua Prof. Pedro Antonio Pimentel, Rua Anecy Rocha, Rua Vitória, Rua do Ensino, Rua Artur Pereira, Rua da Fábrica, retorno, Rua da Fábrica, Rua Artur Pereira, Rua do Ensino, Rua Vitória, Rua Anecy Rocha, Rua Prof. Pedro Antonio Pimentel, Rua Sertão dos Mapaxós e Rua Lucas Fildes.

Com o propósito de melhorar o atendimento de transporte coletivo na Estação CPTM Guaianazes, na zona leste, a SPTrans informa que a partir do dia 07 de janeiro de 2012 será criada uma linha complementar da já existente 312N/10.

O atendimento do novo serviço será inicialmente na Estação CPTM Guaianazes, de forma circular e restrito ao pico da tarde dos dias úteis.

Para informações sobre linhas e trajetos de linhas consulte itinerários ou ligue 156.

Linha e itinerário:

312N/21 Est. Guaianazes CPTM - Term. Cid. Tiradentes – Circular
Sentido Único: Term. Est. CPTM Guaianazes – Plataforma “B”, R. Dr. Meira Pena, R. Salvador Gianetti, R. Otelo Augusto Ribeiro, Av. Miguel Achiole da Fonseca, R. Dr. Alcides da Costa Vidigal, R. Onofre Leite Meireles, R. Pedro de Seabra, Av. José Higino Neves, R. Vitalina Maria de Jesus Schalch, R. Inácio Monteiro, R. Igarapé da Bela Aurora, Av. Cachoeira Morena, R. Regresso Feliz, R. Dr. Guilherme de Abreu Sodré, R. Inácio Monteiro, Av. Souza Ramos, Term. Cid. Tiradentes.



Informações da SPTrans

READ MORE - SPTrans: Informativo de criação de linhas na Zona Leste

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960