Bilhete Único para crianças em Guarulhos

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

As crianças guarulhenses de três a seis anos poderão usar a versão infantil do Bilhete Único. O prefeito Sebastião Almeida apresentou o Bilhetinho nesta quarta-feira (12), no Bosque Maia, durante as comemorações do Dia das Crianças.
O novo cartão terá identificação fotográfica dos “passageiros-mirins” e validade até os sete anos. O funcionamento seguirá a mesma lógica do Bilhete Único convencional.

“Com este cartão pretendemos incentivar o protagonismo das crianças, fazendo com que desde pequena elas comecem a exercer sua cidadania e garantam a sua autoestima. Ao passar o seu Bilhetinho no aparelho de leitura, a criança não precisará mais passar por debaixo da catraca ou mesmo ser levantada por um adulto, o que também contribuirá para evitar possíveis acidentes que possam acontecer nessa movimentação”, afirma o secretário de Transportes e Trânsito, Atílio Pereira.

A primeira via do cartão, que será gratuita, poderá ser retirada assim que a Câmara Municipal aprovar o projeto de lei que cria o Bilhetinho. Quando isso ocorrer, os pais ou responsáveis interessados deverão procurar a Central do Bilhete Único (rua Silvestre Vasconcelos Calmon, 136, Vila Moreira).

Na ocasião, será preciso levar a criança e o original dos seguintes documentos: RG, certidão de nascimento ou algum documento oficial da criança; RG, certidão de nascimento, casamento ou algum documento oficial do responsável legal; CPF do responsável legal; e declaração ou comprovante de residência em nome do responsável legal.


Informações da Prefeitura de Guarulhos

READ MORE - Bilhete Único para crianças em Guarulhos

No Recife, Virada Multicultural terá reforço nas linhas bacurau

A Virada Multicultural, que acontece entre a sexta-feira (14) e o domingo (16/10), promete agitar 30 pólos culturais do Recife com atrações para todos os gostos. Quem quiser conferir os shows que acontecerão nas noites de sexta e sábado contará com programação especial de ônibus montada pelo Grande Recife Consórcio de Transporte especialmente para a volta para casa. O esquema montado contará com 29 linhas de bacurau, que terão reforço de 126 viagens.

O objetivo do reforço é auxiliar a volta dos usuários para casa nas madrugadas da sexta para o sábado e do sábado para o domingo. Com a programação, o Grande Recife estima que os intervalos das linhas de bacurau sejam reduzidos pela metade, operando com viagens, em média, a cada 30 minutos.

Para informações complementares sobre a operação das linhas, os usuários podem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, pelo telefone 0800 081 0158, ou acessar o site www.granderecife.pe.gov.br.

Linhas com reforço de viagens:

033-Aeroporto (Bacurau)
063-Jardim Piedade (Bacurau)
073-Candeias (Bacurau)
131-UR 02 (Bacurau)
145-Alto Dois Carneiros (Bacurau)
146-UR 11 (Bacurau)
154-Jordão (Bacurau)
172-Conjunto Marcos Freire (Bacurau)
184-Cabo (Bacurau)
233-Cavaleiro (Bacurau)
254-Jaboatão (Bacurau)
322-Jardim São Paulo (Bacurau)
333-Totó (Bacurau)
352-Curado II (Bacurau)
362-Curado IV (Bacurau)
427-CDU/Várzea (Bacurau)
435-Monsenhor Fabrício (Bacurau)
457-São Lourenço (Bacurau)
523-Dois Irmãos (Bacurau)
715-Alto Santa Terezinha (Bacurau)
744-Dois Unidos (Bacurau)
745-Alto José Bonifácio (Bacurau)
846-Águas Compridas (Bacurau)
927-Ouro Preto (Bacurau)
928-Maranguape II (Bacurau)
975-Amparo (Bacurau)
985-Rio Doce (Bacurau)
995-Pau Amarelo (Bacurau)

  • PE FOLIA 2011 contará com programação especial em cinco linhas

O Grande Recife Consórcio de Transporte preparou programação especial de ônibus para o PE FOLIA. O evento, que terá início amanhã e segue até o sábado (15/10), a partir das 15h, na Avenida Beira-Mar, orla de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes. Serão cinco linhas reforçadas com 19 ônibus e 188 viagens extras, representando, no total, 59 veículos e 552 viagens durante os dois dias.

A festa terá atrações nacionais como Cláudia Leitte, É o Tchan, Molejo e Timbalada. Por isso, amanhã (14), primeiro dia de evento, o Consórcio montou a programação com 32 ônibus e 301 viagens, o que representa nove veículos e 97 viagens a mais que nas sextas-feiras. Já no sábado (15), serão disponibilizados ao público 27 coletivos e 251 viagens, com 10 ônibus e 91 viagens extras.

Os foliões que tiverem dúvidas sobre a programação especial de transporte podem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente (CAC), pelo telefone 0800.081.0158 ou acessar o site http://www.granderecife.pe.gov.br .

  

Informações do CGRT

READ MORE - No Recife, Virada Multicultural terá reforço nas linhas bacurau

Governo Federal anuncia investimentos do PAC da Mobilidade para cidades com mais de 700 mil habitantes

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira (13) os investimentos relativos ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade das Grandes Cidades para as regiões de Curitiba (Paraná) e Porto Alegre (Rio Grande do Sul). No total, o governo quer investir R$18 bilhões para melhorar a mobilidade urbana nas cidades brasileiras. A presidente irá à capital paranaense para anunciar a decisão.

A ideia é investir na melhoria do sistema de transporte público coletivo dos municípios que estão em  regiões metropolitanas e têm mais de 700 mil habitantes. De acordo com novo cronograma, até o fim do mês todos os projetos selecionados em grandes regiões urbanas do país serão conhecidos. Belo Horizonte foi a primeira capital a confirmar recursos desta seleção.

Em Minas Gerais, serão investidos R$ 2 bilhões no metrô da região metropolitana da capital, Belo Horizonte. Para a realização da Copa do Mundo de 2014, serão aplicados R$ 8 bilhões nas cidades-sede dos jogos.

As cidades que sediarão os jogos da Copa são Belo Horizonte (Minas Gerais), Brasília (Distrito Federal), Cuiabá (Mato Grosso), Curitiba (Paraná), Fortaleza (Ceará), Manaus (Amazonas), Natal (Rio Grande de Norte), Porto Alegre (Rio Grande do Sul), Recife (Pernambuco), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), Salvador (Bahia) e São Paulo (São Paulo).

Os recursos do PAC da Mobilidade das Grandes Cidades serão aplicados nos chamados  trânsito rápido de ônibus (BRTs) e veículo leve sobre trilho (VLTs). Além desses, o PAC 2 tem mais R$ 24 bilhões que estão em fase de seleção. As informações são da Presidência da República e do Ministério das Cidades.

Informações do DCI

READ MORE - Governo Federal anuncia investimentos do PAC da Mobilidade para cidades com mais de 700 mil habitantes

Belo Horizonte está implantando o sistema de corredores de ônibus rápido (BRT)

Aos trancos e barrancos, a Prefeitura de Belo Horizonte está implantando o sistema de corredores de ônibus rápido (BRT), buscando melhorar o sistema de transportes, principalmente para atender às demandas da Copa do Mundo de Futebol de 2014. As obras do BRT na Avenida Antônio Carlos já foram vistoriadas pela presidenta Dilma Rousseff. No entanto, as avenidas Pedro II e Carlos Luz, que constavam no projeto inicial, não receberão mais os corredores, já que a Prefeitura da capital mineira alegou um custo muito alto para as desapropriações necessárias.

A construção do BRT faz parte de um pacote de obras de infraestrutura que inclui as obras de ampliação do metrô de Belo Horizonte. A extensão do metrô faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 e deverá consumir R$ 3,16 bilhões do Orçamento da União. Não se sabe, entretanto, se as novas estações de metrô estarão prontas a tempo do Mundial de futebol.

A apresentação inicial das obras de transportes feita pelo presidente da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), Ramon Victor César, já sofreu várias modificações e deverá contemplar menos regiões da capital mineira do que o previsto.

Abaixo é possível conferir um vídeo produzido pela Prefeitura de Belo Horizonte a respeito do BRT e dos benefícios que deverá proporcionar à população local e aos visitantes.





Share |

READ MORE - Belo Horizonte está implantando o sistema de corredores de ônibus rápido (BRT)

Dilma oficializa repasse de verba para a primeira fase do metrô de Curitiba

A presidente Dilma Rousseff oficializou nesta quinta-feira (13), em Curitiba, o repasse de R$ 1 bilhão a fundo pedido para a construção da primeira fase do metrô da cidade, chamada de Linha Azul, que vai ligar a região Sul à Norte. Haverá ainda R$ 750 milhões financiados que, segundo a presidente, terá juros acessíveis. A prefeitura ficará responsável pela o pagamento de R$ 450 milhões e o governo estadual por R$ 300 milhões. Ao todo, são necessários R$ 2,25 bilhões para a construção  da primeira fase. O restante do dinheiro virá dos governos municipal e estadual e da inciativa privada.

O critério para se definir o trecho da primeira fase do metrô foi a necessidade dos bairros. De acordo com a prefeitura, o eixo Norte/Sul opera atualmente no limite com 400 mil usuários por dia. Segundo o prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), as obras do metrô devem gerar dois mil novos empregos na cidade.

O dinheiro faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade Urbana Grandes Cidades, com R$18 bilhões para as 24 maiores cidades do país aplicarem em sistemas de transporte público. Na avaliação da presidente, o projeto do metro de Curitiba está entre os melhores apresentados ao governo federal e é de qualidade. "O governo federal está muito preocupado com as questões urbanas", afirmou.

Dilma afirmou que o governo federal pretende acabar com a segregação do transporte público no país, no qual as pessoas de menor poder aquisitivo andam de ônibus e as com renda superior utilizam o carro próprio para se locomover. Segundo ela, o projeto se tornou viável porque os governos municipal, estadual e federal  se uniram.

De acordo com Ducci, o valor do bilhete do metrô será o mesmo cobrado pela passagem do ônibus, atualmente R$ 2,50, e as pessoas farão a integração entre o ônibus e o metrô onde atualmente existem terminais. A previsão é que a viagem da Linha Azul dure 25 minutos.

Ducci afirmou ainda que a licitação vai prever data de início e fim das obras. Com relação a segunda fase do metro, que deve ligar a futura estação Rua das Flores à Estação Santa Cândida, de acordo com o Instituto de Pesquisa e Planejamento de Curitiba (Ippuc), não há previsão orçamentária, mas o departamento de engenharia já desenvolveu o projeto.

O Metrô
A primeira etapa da Linha Azul terá 13 estações, da Cidade Industrial de Curitiba (CIC-Sul) à Rua das Flores, no Centro da cidade. Serão 14,2 quilômetros de extensão. As estações estarão cerca de um quilômetro de distância uma da outra e o metrô deve levar seis minutos para percorrer essa distância.

O trajeto realizado pelo metrô nessa primeira fase é mesmo da linha eixo Norte/Sul dos ônibus expressos. Quando a totalidade do trajeto estiver pronta, a canaleta (rua exclusiva para o transporte público) será transformada em um calçadão exclusivo para pedestre e também haverá ciclovia.



Share |
READ MORE - Dilma oficializa repasse de verba para a primeira fase do metrô de Curitiba

Nova tarifa do transporte urbano de Maceió deverá ser de até R$ 2,30

O Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) se reuniu, na tarde desta quinta-feira (13), para discutir a proposta feita pelos empresários para aumentar as passagens de ônibus para R$ 2,49 em Maceió, um reajuste de 0,39%. Os empresários do setor de transporte coletivo alegam defasagem nos preços das passagens e querem um reajuste de R$ 0,39 no valor atual, que é de R$ 2,10, mas a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) estuda uma proposta menor. O último aumento aconteceu em julho do ano passado.

Após o encontro, que teve início ainda às 14 horas, a assessoria de comunicação da SMTT informou que uma nova reunião deverá ser realizada, a fim de que novas planilhas sejam apresentadas e, com isso, o debate seja ampliado. Contudo, a nova tarifa deverá ser de até R$ 2,30, conforme contraproposta apresentada nesta tarde.

A proposta, mesmo inferior à requerida pelos empresários, não satisfaz os usuários. É o que garante José Torquato, que integra o Comtu e diz que os governos deviam ter maior participação. "Querem é diminuir a frota porque a população está fugindo deste transporte, devido à deficiência do serviço e por não terem condição financeira. E só existe transporte alternativo porque o urbano não é suficiente", criticou Torquato, lembrando o exemplo do trem, cuja tarifa é de apenas R% 0,50 'por conta dos benefícios fiscais que recebe'.

"Vários estados estão fazendo isso, menos Alagoas. Se eles se sensibilizassem, conseguiríamos reduzir a tarifa, reduzindo ICMS sobre o diesel, já que os empresários se reportam aos gastos com pneu, por exemplo, como justificativa para o aumento", opinou.

Ainda segundo Torquato, outro complicador é o fato de os usuários ‘comuns’ pagarem pela meia entrada dos estudantes. "Se existem alguns veículos para levá-los à escola, porque então penalizar tanto o trabalhador? Do jeito que está, se não derem prioridade ao transporte coletivo, não dou cinco anos para Maceió parar", alertou.

Prefeito: 'Só depois da licitação'

Já no final da tarde desta quinta, o prefeito Cícero Almeida (PP) disse, por meio de sua assessoria, que não vai autorizar nenhum aumento de tarifa neste momento. A prioridade dele, segundo informou o secretário municipal de Comunicação, Marcelo Firmino, é com o processo de licitação que vai definir a contratação de novas empresas de transporte coletivo na capital, considerando-o uma meta da administração municipal.

Ainda segundo o secretário, a sociedade deverá conhecer os termos do processo licitatório, quando deverá ser publicado o edital no Diário Oficial do Município e nos jornais de grande circulação. “O prefeito até entende as necessidades das empresas que estão operando o sistema, mas não assumirá esta causa com um processo de licitação em andamento”, afirmou o secretário.

Os membros da Comissão de Licitação da Prefeitura, garante Firmino, estão trabalhando em regime de mutirão, para que o cronograma do processo seja cumprido sem atropelos de prazo. A expectativa é a de que tudo esteja resolvido até o final do ano.

Participaram da reunião, no auditório da Escola de Trânsito da SMTT, no bairro Tabuleiro do Martins, em Maceió, todos os integrantes do Comtu: Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU); Superintendência Municipal de Obras e Urbanização (SOMURB); Secretaria Municipal de Saúde (SMS); Sindicato dos Taxistas de Alagoas (Sintaxi); Sindicato dos Transportadores Rodoviários de Alagoas (Sinttro); Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado de Alagoas (Sintran); Sindicato dos Transportes Urbanos de Maceió; Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Câmara Municipal de Maceió; Universidade Federal de Alagoas (UFAL); Câmara de Dirigentes Logistas (CDL); e Movimento Estudantil (UESA).

Fonte: Gazeta

READ MORE - Nova tarifa do transporte urbano de Maceió deverá ser de até R$ 2,30

Rio e Curitiba têm melhor mobilidade urbana sustentável, diz estudo

Rio de Janeiro e Curitiba são as capitais brasileiras com melhores indicadores de mobilidade urbana sustentável, segundo o “Estudo Mobilize 2011”, realizado pela equipe de jornalistas do Mobilize Brasil e do Portal 2014. Foram tomadas como base informações de órgãos governamentais, institutos de pesquisa, universidades e entidades independentes.

Ao Rio de Janeiro foi atribuída nota 7,9 , em uma escala de zero a dez, especialmente pelo expressivo uso de transporte coletivo na cidade (em torno de 65% das viagens) e em função do recente programa de implantação de ciclovias, que já soma 240 km. Especialmente pela acessibilidade em transportes coletivos, a capital paranaense ganhou nota 7, conquistando a segunda colocação.

As piores notas foram obtidas pelas cidades de São Paulo (2) e Cuiabá (2,4), pelo uso excessivo de automóveis e motocicletas na locomoção urbana nessas capitais. Brasília, terceira colocada no ranking, ficou com a nota 5,1. Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre e Natal ficaram com notas entre 3 e 4.

A proposta foi comparar o desempenho das capitais brasileiras. Por isso, a escala de pontuação tomou como parâmetro as próprias cidades, e não referências internacionais de sustentabilidade em mobilidade urbana, explica o economista e jornalista Thiago Guimarães, consultor editorial do Mobilize, que coordenou o estudo.


Fonte: Mercado e Eventos



READ MORE - Rio e Curitiba têm melhor mobilidade urbana sustentável, diz estudo

Mobilidade urbana sustentável: Salvador fica em 5º entre nove capitais brasileiras, aponta estudo

Salvador ficou em 5º lugar entre nove capitais brasileiras no quesito mobilidade urbana sustentável, segundo estudo feito pelo portal "Mobilize Brasil". A capital baiana teve nota 4 no estudo e está entre as piores na questão.

O trabalho de levantamento foi feito pesquisando e comparando informações de órgãos governamentais, institutos de pesquisa, universidades e entidades independentes. As duas primeiras cidades na questão foram Rio de Janeiro (7,9) e Curitiba (7). Na outra ponta, as piores cidades foram São Paulo e Cuiabá. A escala da nota vai de 0 a 10. 

Segundo o economista e jornalista Thiago Guimarães, que coordenou o estudo, a ideia era comparar as cidades entre si e não tomando as referências internacionais como parâmetros.

A intenção era avaliar 13 capitais brasileiras, mas Goiânia, Fortaleza, Manaus e Recife foram excluídas por carência de dados. Cinco indicadores foram avaliados: extensão de vias adequadas ao trânsito de bicicletas em relação à extensão do sistema viário; razão entre a renda média mensal e a tarifa simples de ônibus urbano; razão entre o número de viagens por modos individuais motorizados de transporte e o número total de viagens; porcentagem de ônibus municipais acessíveis a pessoas com deficiência física; e mortos em acidentes de trânsito (por 100.000 habitantes) por ano.



READ MORE - Mobilidade urbana sustentável: Salvador fica em 5º entre nove capitais brasileiras, aponta estudo

Em Manaus, Tarifa de ônibus volta a R$ 2,25

A Prefeitura Municipal de Manaus (PMM) confirmou que, a partir desta sexta-feira (14), a passagem de ônibus voltará a ser de R$ 2,25. A redução atende ao pedido da Justiça que determinou a suspensão da nova tarifa de R$ 2,75, cobrada desde quarta-feira (12).

De acordo com informações da Secretaria de Comunicação da PMM, o sistema está sendo reprogramado para atender a determinação judicial. As empresas de ônibus já foram informadas a respeito dos procedimentos necessários para que a passagem de ônibus volte a R$ 2,25 a partir de 0h00 desta sexta-feira.

O pedido da Justiça em suspender o incremento na cobrança da tarifa de ônibus, concedido na terça-feira (11), pelo juiz plantonista Rosselberto Himenes, não foi cumprido pela Prefeitura. Segundo a Secretaria Municipal de Tranportes Urbanos (SMTU), o não-cumprimento imediato da decisão da justiça ocorreu por conta do tempo mínimo de 48 horas, necessário para reprogramar o sistema.

A SMTU recorreu da decisão da Justiça apresentando notas fiscais dos ônibus novos, porém o descumprimento da ordem judicial por cobrança indevida da tarifa pode acarretar no pagamento de multa, baseada no art.14 do Código de Pocesso Civil.

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM) já apresentou uma petição da Justiça informando o descumprimento da decisão liminar tendo como responsáveis a Prefeitura de Manaus (PMM) e a SMTU, e pediu que as empresas concessionárias também sejam notificadas.


Fonte: G1.com.br

READ MORE - Em Manaus, Tarifa de ônibus volta a R$ 2,25

Detro fiscaliza ônibus intermunicipais em Niterói

A fiscalização do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) realizou operação em diversos pontos de Niterói, para verificar as condições dos ônibus intermunicipais da frota regular que circulam na região. O resultado foi a apreensão de seis coletivos, todos por alteração de característica. Foram aplicadas ainda outras 13 multas.

A Viação Estrela foi a empresa com maior número de irregularidades flagradas pelos fiscais, com dois ônibus recolhidos, duas multas por excesso de passageiros e uma por paralisação da linha Niterói - Antonina.

A Nossa Senhora do Amparo teve dois veículos recolhidos e ainda três multas por publicidade no vidro traseiro sem permissão. A Viação 1001 teve um coletivo apreendido, além de uma infração por alteração de itinerário. A Expresso Garcia teve um ônibus recolhido e uma multa por descumprimento de horário. A Viação Fagundes recebeu três multas por publicidade sem permissão e a Rio Ita duas pela mesma irregularidade.

Detro recolhe 30 veículos irregulares no estado
Paralelamente à fiscalização dos ônibus intermunicipais, o Detro seguiu no combate ao transporte irregular de passageiros, especialmente na Baixada Fluminense. O resultado foi a apreensão de 30 veículos.

Deste total, 21 foram recolhidos na Baixada, sendo duas vans e quatro kombis em Nova Iguaçu, três vans, duas kombis e um táxi em São João de Meriti, uma van e duas kombis em Seropédica, uma Kombi em Belford Roxo, duas kombis em Queimados e uma Kombi e dois carros de passeio em Magé.

Na Zona Norte do Rio, os fiscais recolheram uma van em Madureira, quatro kombis na Pavuna e outra no Méier. Ainda na Região Metropolitana, foi recolhido um carro de passeio em Itaboraí. Já na Região dos Lagos, em Araruama, uma van e uma kombi foram encaminhadas ao depósito público.



Share |
READ MORE - Detro fiscaliza ônibus intermunicipais em Niterói

Pontualidade e preços são prioridades para paulistanos sobre o transporte público

Os paulistanos querem que o poder público priorize o transporte público nas demandas de 2012, aponta a pesquisa Você no Parlamento, divulgada esta semana.

A pesquisa mostra que 77,41% dos 33.430 entrevistados querem prioridade no transporte público para diminuir o tempo de espera e instituir a pontualidade nos terminais e pontos de ônibus. Outros 58,95% disseram que os preços das passagens do transporte público precisam diminuir.
Já para 48,84% dos entrevistados é importante implantar ciclovias e promover o transporte cicloviário em todas as regiões da cidade.

Mobilidade

No que diz respeito à mobilidade, 39,85% disseram que é preciso fiscalizar e desenvolver ações e campanhas pela qualidade das calçadas em toda a cidade, enquanto que 37,13% acreditam que devem ser priorizadas pelo poder público ações e campanhas para prevenir acidentes e a violência no trânsito.

Regulamentar e fiscalizar o tráfego de motocicletas foi citado por 33,68% dos participantes, enquanto que para 23,62% o que deve ser priorizado em 2012 são ações, campanhas e maior fiscalização em respeito ao pedestre nas vias públicas.

Influência da pesquisa

Segundo a Agência Brasil, o presidente da Câmara, José Police Neto, informou que as demandas da sociedade paulistana não chegam a ser novidades, mas a sistematização conseguida com a consulta vai facilitar a viabilização de projetos que sejam convertidos em benefícios para a população.

O coordenador-geral da Rede Nossa São Paulo, Oded Grajew, disse que a organização vai comparar as propostas do orçamento para o próximo ano com as demandas expostas na consulta. Segundo ele, até o momento, as ações do Poder Público não têm atendido as expectativas da sociedade.

“Há muito investimento em túneis, avenidas, nas vias marginais e, comparando com os investimentos em transportes coletivos, a gente vê que há uma incoerência entre o que a população demanda e os investimentos” disse Grajew.


Fonte:  IbfoMoney

READ MORE - Pontualidade e preços são prioridades para paulistanos sobre o transporte público

Curitiba ganha 26 novos biarticulados na linha leste-oeste

Os passageiros da linha biarticulado Centenário/Campo Comprido, em Curitiba, passaram a ter acesso a 26 novos ônibus. O veículo, considerado maior ônibus do mundo, entrou em operação no trecho que atravessa a cidade de leste a oeste.

O novo ônibus é do mesmo modelo do ligeirão que atende as linhas Boqueirão (que possui 10 veículos) e Pinheirinho/Praça Carlos Gomes (com outros 14 ônibus). O veículo possui 28 metros de comprimento e tem capacidade para 250 passageiros. A linha Centenário/Campo Comprido atende, diariamente, 100 mil passageiros.

O novo ônibus, apesar de ser do mesmo modelo dos ligeirões, continuará com a linha convencional (sistema parador), atendendo todas as estações tubo e terminais do trecho. A inclusão dos 26 novos biarticulados não substitui, de imediato, todos os veículos da antiga frota. De acordo com a prefeitura, a substituição será gradativa.

O investimento total para a compra da frota foi de R$ 26 milhões, além de R$ 400 mil para a adequação do eixo leste-oeste e ampliação das estações tubo da Praça Eufrásio Correia, no Centro de Curitiba. A melhoria foi necessária, segundo a prefeitura, para que as estações e as vias por onde passam os biarticulados possam receber os ônibus maiores.

A prefeitura também informou que, em 2012, está programando a inclusão de novos ônibus em outras linhas de expresso, como o eixo norte-sul, por onde passa o biarticulado Santa Cândida/Capão Raso.



Share |
READ MORE - Curitiba ganha 26 novos biarticulados na linha leste-oeste

Em Belo Horizonte, Projeto de Mobilidade da Copa de 2014 muda avenidas na Região da Pampulha

O projeto de mobilidade para a Copa de 2014 começa a dar novos ares na Região da Pampulha, em Belo Horizonte. De acordo com a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), 20% das intervenções previstas já começaram, e três obras do projeto estão em andamento. Quarenta e seis imóveis já foram desapropriados e 43, demolidos paras as reestruturações
Segundo a Sudecap, na Avenida Pedro I, duas pistas centrais vão ser exclusivas para o Transporte Rápido por ônibus (BRT), um sistema com transportes maiores e mais rápidos. O canteiro central ampliado é para receber as plataformas da estação de integração do BRT Antônio Carlos/ Pedro I. Ela vai ficar onde hoje tem uma área verde, perto da barragem da Pampulha.


A Avenida Santa Rosa também passa por uma reforma na pavimentação, por causa do novo modelo de transporte. Já na Avenida Abraão Caram, a reestruturação é para construir dois viadutos e uma trincheira que facilitem o acesso ao Mineirão, informou a Superintendência.
De acordo com a BHTRANS, 45 mil veículos passam todos os dias só na Avenida Pedro I. Ainda segundo a Sudecap, a previsão é que as obras na interseção das Avenidas Antônio Carlos e Abraão Caram sejam concluídas até o mês que vem.



Fonte: G1 Minas


READ MORE - Em Belo Horizonte, Projeto de Mobilidade da Copa de 2014 muda avenidas na Região da Pampulha

Ônibus movido a etanol hidratado foi operado no Corredor Metropolitano ABD

O ônibus brasileiro urbano movido a etanol hidratado combustível foi operado no Corredor Metropolitano ABD (São Mateus – Jabaquara), gerenciado pela EMTU/SP e operado pela Concessionária Metra. Os testes que aconteceram entre 2008 e 2010 mostraram que o ônibus é altamente confiável, não tendo havido nesse período a ocorrência de problemas relacionados ao sistema de tração.  

Essa nova tecnologia no transporte é o principal foco do Projeto BEST (BioEthanol for Sustainable Transport ou Bioetanol para o Transporte Sustentável), programa internacional coordenado no Brasil pelo Centro Nacional de Referência em Biomassa (Cenbio). Trata-se de um projeto financiado pela União Européia, cuja finalidade é estimular o uso do etanol como combustível alternativo ao óleo diesel e à gasolina, e que tem na EMTU/SP, uma importante parceira para realização dos testes de viabilidade dessa tecnologia.
O Brasil é primeiro país das Américas a ter ônibus movido a etanol em circulação pelo Best. Outras oito cidades da Europa e Ásia participam do programa: Estocolmo (Suécia), Madri e  a região basca (Espanha), Roterdam (Holanda), La Spezia (Itália), Somerset (Inglaterra), Nanyang (China) e Dublin (Irlanda).

A ação é uma iniciativa do Cenbio em parceria com mais oito entidades:
BAFF/SEKAB, Copersucar, EMTU/SP, SPTrans, Marcopolo, Petrobras, por meio do Conpet (Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural) e da Petrobras Distribuidora, Scania e Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), com incentivo da União Européia. O investimento no Projeto BEST é da ordem de R$ 1,6 milhão.

Sustentabilidade

possui índices de redução de mais de 90% da emissão de material particulado (fumaça preta) e de 50% de óxidos de nitrogênio (NOx);  
 não contribui para o aquecimento global como os combustíveis fósseis (90% de redução na emissão de gás carbônico fóssil - CO2); 
é uma alternativa viável com benefícios imediatos ao meio ambiente;
pode ser manuseado sem riscos em moderna infraestrutura de abastecimento;
é usado em veículos já incluídos na linha de produção de diversos fabricantes de carros.


Além dos benefícios, a utilização do etanol em motores a etanol possui outros pontos favoráveis, são eles: diversificação da matriz energética no setor de transportes, uso de um combustível nacional, infraestrutura de distribuição compatível com a existente no Brasil e interesse de vários setores do governo em apoiar o produto.

Cabe lembrar que o Brasil é hoje o segundo maior produtor de etanol, atrás apenas dos EUA, que extrai o produto do milho. A safra nacional é de 17,8 bilhões toneladas de etanol e deve chegar a 2012 com 37,5 bilhões, segundo a Unica.

Informações da EMTU SP

READ MORE - Ônibus movido a etanol hidratado foi operado no Corredor Metropolitano ABD

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960