Prefeito do Rio apresenta sistema BRT na Barra como o principal legado das Olimpíadas

terça-feira, 20 de setembro de 2011

RIO - Foi apresentada, nesta terça-feira, a primeira estação da BRT da Transoeste (Bus Rapid Transit, sistema de pontos de ônibus em faixa exclusiva, com estruturas de estações para embarque de passageiros). O ponto modelo fica na Avenida das Américas, na altura do condomínio Novo Leblon, na Barra da Tijuca (Zona Oeste). O prefeito Eduardo Paes ressaltou que este é o principal legado das Olimpíadas para a cidade.
 - Esse é o pontapé para resolver a mobilidade na cidade. Essa é uma mudança que envolve vários outras questões como a de moradia, por exemplo. Por que muitas das vezes as pessoas moram barracos? Porque em locais com melhores condições, elas iria demorar horas para chegar ao serviço. Esse é um sistema que vao mexer com a logística da cidade - afirmou o prefeito.

A estação do Novo Leblon mede 250 metros e tem capacidade para até cinco mil passageiros por hora. O secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, disse que a próxima estação a ser finalizada será a de Guaratiba, no início de outubro.

- Estamos dentro do prazo e vamos entregar todas as estações dentro do tempo previsto - afirmou.

As obras do BRT Transoeste, no trecho entre Campo Grande/Santa Cruz e o Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, só ficarão prontas no fim do primeiro semestre de 2012. Mas a prefeitura decidiu antecipar a construção de duas das 39 futuras estações de embarque e desembarque, para que a população comece a se familiarizar com o projeto.

O BRT Transoeste faz parte de um projeto maior, coordenado pela Secretaria municipal de Transportes e ainda em estudo, para reorganizar a circulação das linhas de ônibus. Tanto no Transoeste como nos demais BRTs - Transcarioca, Transolímpico e Transbrasil -, não haverá venda de bilhetes nos veículos. Será preciso comprar antes os tíquetes e validá-los nas estações. Os veículos articulados circularão com intervalos entre 60 segundos e 90 segundos.



READ MORE - Prefeito do Rio apresenta sistema BRT na Barra como o principal legado das Olimpíadas

Curitiba poderá ter ônibus ligeirão em todos os eixos

Dez sugestões para tornar o transporte coletivo de Curitiba mais eficiente foram encaminhadas pelas concessionárias que operam o sistema para análise da Urbs, empresa da prefeitura que gerencia o setor. As medidas visam aumentar a velocidade média dos ônibus, principalmente nos horários de maior movimento de passageiros, segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano e Metropolitano de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp).

As principais propostas são a implantação de faixas exclusivas para ônibus nas Ruas Alferes Poli, Nilo Cairo e Conselheiro Laurindo, na região central, e a criação de uma nova linha chamada InterTerminais para dividir o fluxo do ligeirinho Inter 2 e evitar a parada em estações-tubo localizadas entre os terminais. Outras sugestões visam transformar linhas convencionais, como Novo Mundo e Portão, em alimentadoras e melhorar os acessos aos terminais Campina do Siqueira e Pinheirinho, e ao bairro Campo do Santana, onde a demanda é crescente.
Sugerir ideias para melhorar o transporte público se tornou obrigação das três concessionárias vencedoras da licitação do transporte coletivo. De acordo com a Urbs, as sugestões estão em análise pelo setor técnico.

Proprietário da Transcraft, empresa responsável pela análise que culminou com as propostas, o engenheiro civil Alan Cannell considera provável realizar as obras a curto prazo, sem necessidade de grandes intervenções. “Procura­mos minimizar a exposição do ônibus aos congestionamentos. Existe sempre algo a ser feito no transporte coletivo, não se pode parar de investir”, diz. No momento, segundo ele, uma pesquisa com os motoristas está sendo feita para localizar os principais gargalos dos sistema.

Cannell afirma que a medida mais importante para Curitiba é a implantação do ligeirão em todos os eixos. “Não há dúvidas de que atende aos interesses do cliente e aos custos operacionais”, afirma. Membro do Conselho Consultivo do Instituto de Engenharia do Paraná , Luiz Cláudio Mehl compara o transporte público de uma cidade ao sistema circulatório do corpo humano. “As veias e artérias compõem um sistema que transporta produtos que vão alimentar todas as funções do corpo humano. Não é diferente o processo de manutenção da cidade; é preciso mantê-la cuidada em suas funções, e criar instrumentos inovadores que se integrem aos existentes para melhorar o desempenho”, diz.



READ MORE - Curitiba poderá ter ônibus ligeirão em todos os eixos

SPTrans amplia o número de ônibus em operação para Dia Mundial Sem Carro

A SPTrans informa que, visando um aumento da demanda de passageiros no transporte público por ônibus em virtude do Dia Mundial Sem Carro, ampliará o horário de pico do sistema em duas horas, nesta quinta-feira, 22 de setembro.

O pico da manhã, que vai das 5h às 8h30, será ampliado em 30 minutos, indo das 5h às 9h. Esse acréscimo irá gerar uma oferta de 12% a mais de viagens, passando de 95.060 para 106.467 partidas.

Já o pico da tarde, que é das 16h às 20h, nesta quinta-feira será das 15h30 até as 21h, aumentando a oferta de partidas em 22%, passando de 112.500 para 137.252 viagens.

Além da ampliação já programada, todas as linhas do sistema de transporte público municipal serão monitoradas durante o dia e, caso seja constatado aumento maior na demanda, a frota será reprogramada para propiciar adição de veículos e, consequentemente, maior oferta de lugares.

Horários de pico programados para o Dia Mundial Sem Carro:
Manhã: entre 5h e 9h
Tarde: entre 15h30 e 21h



Informações da Prefeitura de São Paulo
READ MORE - SPTrans amplia o número de ônibus em operação para Dia Mundial Sem Carro

Prefeito de João Pessoa vai de ônibus para prefeitura no Dia Mundial Sem Carro

A não ser que saia um pouco mais cedo de casa, é provável que o prefeito Luciano Agra chegue um pouco atrasado em seus compromissos na próxima quinta-feira (22). É que ele vai aderir ao Dia Mundial Sem Carro e usar transporte coletivo pra se deslocar de casa para o trabalho.
Não se espante, portanto, se encontrar o prefeito da Capital dentro de um ônibus nesta quinta. Ele vai sair de Manaíra para o Ponto de Cem Réis, onde faz anúncio de obras referentes à mobilidade urbana. Entre elas, a construção de uma ciclovia de mais de 100 quilômetros.
Depois, pega um ônibus do Centro da Cidade para o Centro Administrativo, em Água Fria, para cumprir o expediente do dia. Pra ele, que vai tentar reeleição em 2012, quanto mais lotado o ônibus melhor.



READ MORE - Prefeito de João Pessoa vai de ônibus para prefeitura no Dia Mundial Sem Carro

População da Grande Vitória pode contar com transporte coletivo durante 24 horas por dia

A Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop), e a Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) lançaram, no dia 15 de setembro, a campanha de divulgação dos horários de circulação das linhas dos serviços Terceiro Pico e Bacurau, do Sistema Transcol.
O objetivo é dar amplo conhecimento a respeito do funcionamento dos dois serviços e esclarecer eventuais dúvidas sobre horários e itinerários.
O Bacurau e o Terceiro Pico são dois serviços implantados pela Ceturb-GV com o objetivo de proporcionar aos usuários do sistema de transporte coletivo urbano da Grande Vitória mais conforto e mobilidade em horários especiais.
A campanha engloba ações de distribuição de folderes informativos nos dez terminais de integração do sistema, afixação de cartazes nos ônibus, instalação de tótens nos terminais com informações a respeito dos itinerários percorridos pelos ônibus nos dois serviços; busdoor, veiculação de anúncios em jornais e spots em rádios, além de ações no Youtube, com veiculação de vídeos mostrando cenas de usuários que utilizam os dois serviços. Esta, a ser iniciada a partir da próxima semana.

Terceiro Pico
Com o objetivo de ampliar a mobilidade das pessoas que estudam e trabalham à noite, o Governo do Espírito Santo mantém o projeto “Terceiro Pico”, que consiste em viagens extras, entre as 21h30 e às 23 horas, faixa de horário correspondente às saídas de estudantes de escolas e faculdades (2ª a 6ª feiras) e ao fechamento de shoppings centers e outros estabelecimentos comerciais (todos os dias da semana).

Atualmente, 19 linhas de ônibus do Transcol operam com 51 veículos extras. A implantação do Terceiro Pico tornou-se necessária devido ao crescimento do número de faculdades, escolas e estabelecimentos comerciais que funcionam à noite e de usuários que precisam voltar para casa mais tarde.

Um estudo realizado pela Ceturb-GV demonstrou que esses usuários representam 10% da demanda atual de passageiros nos dias úteis. Para elaborar a programação das linhas e horários visando atender às necessidades de deslocamento desses usuários, a Companhia realizou pesquisas de campo, que identificaram as demandas das linhas nas diferentes faixas horárias. Neste levantamento, foram detectados 66 pólos geradores de demanda noturna (escolas, faculdades, shoppings, entre outros):

37 pólos em Vitória
17 pólos na Serra
08 pólos em Vila Velha
04 pólos em Cariacica

A partir dos estudos, os horários de partida dos ônibus foram adequados aos locais e horários de saída dos estabelecimentos, proporcionando assim mais conforto e agilizando o embarque dos usuários. A oferta do serviço tem garantido a chegada mais rápida aos terminais de integração, de onde partem as linhas alimentadoras que dão acesso aos bairros.

Bacurau
A população da Grande Vitória pode contar com transporte coletivo durante 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Isto porque, além do serviço diário tradicional, a Ceturb-GV mantém uma programação especial de horários durante as madrugadas, que atende a quem precisa se deslocar nos chamados
horários de exceção, que vão da meia-noite às 04h30.

O serviço, denominado Bacurau, que é uma ave de hábitos noturnos, oferece atualmente 13 linhas que percorrem trechos estratégicos, capazes de atender a todos os que necessitam se deslocar durante as madrugadas.

Os ônibus do serviço Bacurau circulam por todos os municípios da Grande Vitória e, desde o último domingo (21), as 13 linhas do Serviço Noturno da Grande Vitória passaram a fazer integração no Terminal São Torquato, em Vila Velha, que passou a funcionar 24 horas. Desta forma, esta rede com linhas integradas permitem o pagamento de tarifa única também de madrugada.

Atualmente, 21 ônibus realizam 56 viagens todas as madrugadas. Confira
abaixo as linhas
:
622 - Praia da Costa / Hospital São Lucas – via Lindenberg / Terminal São Torquato
628 - Vale Encantado / Hosp. São Lucas - via Araçás / Terminal São Torquato
634 - Terra Vermelha / Terminal São Torquato
735 - Cariacica / Hosp. São Lucas - via Prolar / AFB / Itaquari / Terminal São Torquato
774 - Nova Rosa da Penha / Hosp. São Lucas - via Bubu / Terminal São Torquato
775 - Jd. Botânico / Hosp. São Lucas - via Castelo Branco / Terminal São Torquato
776 - Flexal II / Hosp. São Lucas - via Porto Velho via Terminal São Torquato
777 - Novo Brasil / Hosp. São Lucas - via Marcílio de Noronha / Terminal São Torquato
835 - Serra / Terminal São Torquato – via BR-101
836 - Serra Dourada I / Terminal São Torquato – via Serra dourada III / Eldorado
837 - Nova Almeida / Terminal São Torquato - via Jacaraípe / Feu Rosa / Camburi
838 - Balneáio de Carapebus / Terminal São Torquato - via Bicanga / Cidade Continental
927 - Viana / Hosp. São Lucas - via Vila Bethânia / Terminal São Torquato



Informações da CETURB

READ MORE - População da Grande Vitória pode contar com transporte coletivo durante 24 horas por dia

Vem aí o Dia Mundial Sem Carro

No dia 22 de setembro, em cidades do mundo todo, são realizadas atividades em defesa do meio ambiente e da qualidade de vida nas cidades, no que passou a ser conhecido como Dia Mundial Sem Carro. Na Europa, a semana que antecede a data é repleta de atividades, na chamada Semana Europeia da Mobilidade (16 a 22 de setembro).

A mobilização que ocorre nesta data é um exercício de reflexão muito bem-vindo sobre a dependência e o uso (muitas vezes) irracional dos automóveis em nossa sociedade, já que boa parte dos brasileiros, principalmente das grandes cidades, recebe um grande número de informações sobre o impacto do uso do carro na nossa vida. Nas notícias, além dos danos sobre a nossa saúde – mais notados na respiração, no sono afetado e no stress de congestionamentos e do transporte público -, vemos frequentemente a influência dos acidentes ocorridos no trânsito como pauta rotineira na sociedade moderna.

O Dia Mundial Sem Carro foi implantado pela primeira vez na França, em 22 de setembro de 1997. Em 2000, a União Européia instituiu a Jornada Internacional "Na Cidade, sem meu Carro", reunindo 760 cidades. Em 2001, 1.683 cidades participaram. Encorajados pelo êxito da iniciativa do Dia Europeu sem Carros, a comissão organizadora lançou, em 2002, a Semana Européia da Mobilidade. O movimento vem crescendo em todo o planeta e ganha novas programações envolvendo prefeituras, ONG’s e a sociedade civil a cada ano no Brasil.

O objetivo principal do Dia Mundial Sem Carro é estimular uma reflexão sobre o uso excessivo do automóvel, além de propor às pessoas que dirigem todos os dias que revejam a dependência que criaram em relação ao carro ou moto. A ideia é que essas pessoas experimentem, pelo menos nesse dia, formas alternativas de mobilidade, tema da campanha em 2011, descobrindo que é possível se locomover pela cidade sem usar o automóvel. Na próxima quinta, deixe o carro na garagem e não deixe de participar!

Por Éverton Oliveira,
da redação Uai Meio Ambiente

READ MORE - Vem aí o Dia Mundial Sem Carro

Em Brasília, Paralisação parcial de ônibus prejudicou parte da população

Chegou ao fim, por volta das 10h, a paralisação relâmpago dos rodoviários das empresas Viplan e Planeta. O atendimento à população foi normalizado, informou Jorge Farias, vice-presidente do sindicato da categoria. Desde às 5h os passageiros de Ceilândia, Gama e Samambaia enfrentavam dificuldades para chegar ao Plano Piloto. No total, 1,2 mil ônibus deixaram de rodar.

Segundo Jorge Farias, a paralisação é um protesto pela assinatura de um acordo coletivo entre os donos das empresas de ônibus do DF e a categoria. “Houve várias conversas, mas eles não assinaram. Eles falam que estão cumprindo o acordo, mas, sem assinatura, não há validade jurídica”, explica.

Em nota divulgada nesta segunda-feira (19/9), o Sindicato dos Empresários, afirmou que todos os itens da pauta de reivindicações dos rodoviários foram cumpridos. “Por esse motivo, achamos um absurdo essa paralisação”.

De acordo com Farias, novas paralisações relâmpago podem acontecer ao longo do dia na capital. Também há possibilidade de greve. “Se não houver resultado, vamos fazer uma assembléia da categoria, colocar 72 horas e dar indicativo de greve geral até a assinatura do acordo”, destacou o vice presidente do sindicato.


Informações do Correio Braziliense

READ MORE - Em Brasília, Paralisação parcial de ônibus prejudicou parte da população

No Rio, Transoeste já tem estação BRT pronta

Previsto para ser inaugurado no ano que vem, o corredor expresso Transoeste (que ligará a Barra da Tijuca a Campo Grande e Santa Cruz) já tem sua primeira estação de BRT (do inglês, Ônibus de Trânsito Rápido) pronta. Localizada na Av. das Américas, na altura do condomínio Novo Leblon, na Barra, o ponto de embarque e desembarque terá capacidade para até 5 mil passageiros por hora.
Foto: Fernando Souza / Agência O Dia
Foto: Fernando Souza / Agência O Dia
O corredor vai ter 56 km e contará com linhas expressas e paradoras de BRT. Por causa das obras, serão removidas 1.553 árvores. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente se comprometeu a plantar 19.652 mudas, 13 vezes o retirado.
A estação Novo Leblon tem 250 m² e ficará disponível para visitação. A próxima a ser inaugurada é a do Trevo do Magarça, em Guaratiba. Todas os 39 pontos serão padronizados e terão tamanho adaptado à demanda de cada local, podendo ter entradas com seis ou 12 catracas.
As estações foram projetadas no conceito ecologicamente correto. A ventilação é natural. As plataformas serão compatíveis com a altura do piso dos veículos, reduzindo tempo de embarque. Os bilhetes terão venda antecipada.
O corredor vai racionalizar a frota de ônibus na região: 40% das linhas, como a Barra-Santa Cruz e a Barra-Campo Grande, serão transferidas para o novo sistema.



Fonte: O Dia Online

Share |
READ MORE - No Rio, Transoeste já tem estação BRT pronta

Em São Paulo, SPTrans altera pontos das linhas 917M/10, 917M/31 e 975A/10 na Av. Dr. Arnaldo

A SPTrans informa que as linhas 917M/10 e 917M/31, denominadas Morro Grande – Metrô Ana Rosa, e 975A/10 Vila Brasilândia – Metrô Ana Rosa passarão a atender à Parada 2 – Teodoro Sampaio da Av. Dr. Arnaldo, deixando de parar na Parada 1 – Major Natanael.

A Parada 1 deve ser atendida pelas linhas que têm como destino as Ruas Cardeal Arcoverde e Cardoso de Almeida, e a Parada 2 as linhas com destino à Av. Prof. Alfonso Bovero e Rua Heitor Penteado.

Para informações sobre os trajetos de linhas de ônibus consulte itinerários ou ligue 156.

Linhas e pontos:

Parada 1 – Major Natanael

175P/10 Edu Chaves - Ana Rosa
177H/10 Metrô Santana - Butantã - USP
669A/41 Term. Sto. Amaro – Hospital das Clínicas
701A/10 Pq. Edu Chaves - Metrô Vila Madalena
701U/10 Jaçanã - Butantã - USP
702U/21 Pinheiros - Term. Pq. D. Pedro II
714C/10 Cohab Educandário - Lgo. da Pólvora
719P/10 Pinheiros - Metrô Armênia
719R/10 Rio Pequeno - Metrô Barra Funda
7228/10 Pinheiros - Pça. Ramos de Azevedo
7241/10 Jd. Colombo - Pça. Ramos de Azevedo
724A/10 Cidade Universitária - Aclimação
7566/10 Rio Pequeno – Term. Princesa Isabel
875H/10 Terminal  Lapa - Metrô Vila Mariana
875P/10 Metrô Barra Funda - Metrô Ana Rosa
917M/10 Morro Grande - Metrô Ana Rosa
917M/31 Morro Grande - Metrô Ana Rosa
975A/10 Vila Brasilândia - Metrô Ana Rosa

Parada 2 – Teodoro Sampaio

178L/10 Lauzane Paulista - Hospital das Clínicas
178L/24 Lauzane Paulista - Hospital das Clínicas
478P/10 Sacomã - Pompeia
478P/31 Sacomã - Pompeia
7267/10 Apiacás – Pça. Ramos de Azevedo
7272/10 Mercado da Lapa – Pça. Ramos de Azevedo
7281/10 Lapa - Pça. Ramos de Azevedo
7282/10 Pq. Continental - Pça. Ramos de Azevedo
775N/10 Rio Pequeno - Metrô Vila Mariana
874C/10 Pq. Continental - Metrô Vila Mariana
917H/10 Terminal Pirituba - Metrô Vila Mariana



Informações da SPTrans

READ MORE - Em São Paulo, SPTrans altera pontos das linhas 917M/10, 917M/31 e 975A/10 na Av. Dr. Arnaldo

Obras do metrô de BH terão início em 2012

O prefeito Marcio Lacerda (PSB) afirmou, em entrevista concedida a um telejornal local, nesta segunda-feira, que as obras de expansão da linha do metrô na capital terão início já no ano que vem. “É importante destacar que Belo Horizonte vai receber 10% do total da verba do PAC da Copa e do PAC Mobilidade. Isso é uma vitória para nós”, destacou. Dos R$ 30 bilhões destinados para a infraestrutura no país, BH vai receber R$ 3,16 bi, anunciados pela presidente Dilma Rousseff na semana passada.

“As linhas dois e três terão início daqui a um ano e devem acabar em até quatro ou cinco anos. É um projeto para a cidade de BH e para a Região Metropolitana”, disse Lacerda. Segundo o prefeito, os investimentos no Boulevard Arrudas, na Via 710 (Andradas/Cristiano Machado) e nos BRTs (Antônio Carlos/ Pedro I e Cristiano Machado) são da ordem de R$ 1,5 bilhão. Além disso, a BHTrans tem o plano de Mobilidade Urbana.



Fonte: Estado de Minas


READ MORE - Obras do metrô de BH terão início em 2012

No Rio, Corredor da Alameda está sem manutenção

Um ano e meio após sua inauguração, o Corredor Metropolitano da Alameda São Boaventura, no Fonseca, precisa de manutenção. Os equipamentos instalados nas plataformas são danificados ou destruídos por vândalos sem que haja fiscalização ou manutenção. Nas plataformas, adesivos com informações sobre linhas e itinerários colados nos abrigos e nos totens informativos foram arrancados, e não houve, até hoje, reposição. Em alguns desses pontos, as chapas de metal com informações em braile também foram retiradas.

Segundo acordo firmado em 2007, caberia ao governo estadual a construção do corredor, orçado em R$ 6,9 milhões. A prefeitura de Niterói, por sua vez, é a responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos urbanos.

Mas, na prática, a realidade é outra. Os equipamentos das plataformas estão em más condições de uso. Os piores casos são os das estações Bairro Chic, João Brasil e Nossa Senhora das Mercês, onde alguns adesivos foram completamente removidos. Nesta última, um dos abrigos chegou a ser retirado do local e até hoje não foi substituído. Nas estações Horto, Riodades Brasil e Getulinho, a situação não é tão ruim, e os adesivos com informações foram removidos apenas parcialmente.

A prefeitura de Niterói, por meio da Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) acrescentou que está verificando o estado de conservação do Corredor Metropolitano da Alameda São Boaventura. O levantamento servirá para definir ações de remodelação que serão promovidas nas plataformas e nas pistas, com o objetivo de proporcionar melhorias para o conforto e a segurança dos usuários do Corredor Viário. A prefeitura não informou em que fase está o trabalho nem quando será concluído.


Fonte: O Globo

READ MORE - No Rio, Corredor da Alameda está sem manutenção

EMTU SP abre inscrições para 70 vagas de estágio

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos - EMTU/SP está disponibilizando 70 vagas de estágio, por meio de “Seleção Pública para Estágio Curricular” que será aplicada pelo Centro de Desenvolvimento Profissional – CEDEP, na cidade de São Paulo.

São 34 vagas e a substituição de 36 para alunos do nível superior e médio técnico de diversas áreas como administração, secretariado, engenharia, arquitetura, direito, entre outras.

As inscrições ocorrem até 16 de outubro e devem ser feitas exclusivamente pela Internet no endereço eletrônico www.cedep.org.br. O valor da inscrição é de R$ 15 (quinze reais).

As informações sobre a data, horário e locais das provas objetivas, com questões relacionadas às matérias de língua portuguesa, matemática, informática e atualidades, serão publicadas no Diário Oficial do Estado de São Paulo e divulgadas no site www.cedep.org.br a partir do dia 3 de novembro.

Para os estagiários do ensino superior, o valor da Bolsa Auxílio será de R$ 6,25 por hora estagiada. Para os de educação profissional de nível e médio técnico, R$ 5,25 por hora estagiada. Os benefícios incluem cartão refeição, cartão alimentação, vale-transporte, se necessário, assistência médica opcional, recesso remunerado, seguro de acidentes pessoais e gratuidade nas linhas de ônibus do Sistema Regular Metropolitano.


Da Secretaria dos Transportes Metropolitanos

READ MORE - EMTU SP abre inscrições para 70 vagas de estágio

Empresas de ônibus podem parar caso não haja acordo com a Transalvador

A direção do Sindicato dos Rodoviários e a Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) reuniram-se nesta segunda-feira (19), na sede do órgão, após dois dias de manifestações da categoria, que ocasionou piora nos engarrafamentos da cidade, e discutiram o suposto excesso de multas aplicadas pelo órgão aos rodoviários, que tem os valores descontados do salário pelas empresas de ônibus.

De acordo com informações passada pelo presidente da Transalvador, Marcos Flores, a reunião ocorreu normalmente, mas nenhuma solução foi apresentada, já que muitas reivindicações são de ordem trabalhista e novas reuniões foram marcadas. Nesta sexta-feira (23), os rodoviários se reúnem com os fiscais da Transalvador para falar das multas, agentes e fiscalizações em geral. Já na próxima terça-feira (27), a categoria se reúne com representantes do Sindicado das Empresas de Transportes Públicos do Estado da Bahia (Seteps), para discutirem assuntos dessa competência.

As empresas de ônibus não vão realizar qualquer manifestação até novas providências serem tomadas. “Vamos dar uma trégua até a próxima reunião. Se na sexta não tiver solução, vamos parar as 18 empresas nas garagens de madrugada. Mas vamos avisar com antecedência para que a população não saia de casa”, diz o diretor financeiro do sindicato. 

Fonte: Atatu Online

Share |
READ MORE - Empresas de ônibus podem parar caso não haja acordo com a Transalvador

Curitiba: Empresas de transporte coletivo propõem criação do "Interterminais"

As empresas de transporte coletivo de Curitiba estão propondo a criação do "Interterminais", para reforçar o transporte entre os terminais dos eixos principais: Cabral, Capão da Imbuia, Hauer, Portão e Campina do Siqueira.
Além disso, as empresas sugerem a construção de mais trechos de faixas exclusivas, inicialmente na continuidade da canaleta da Rua Alferes Poli e no acesso ao terminal do Guadalupe, pela Rua Conselheiro Laurindo. A ideia é facilitar a movimentação de pedestres, ônibus e veículos e melhorar a fluidez no trânsito.
Foto: Luizz 27 (Term. do Cabral)
Estas e outras propostas fazem parte de um estudo realizado por um grupo técnico e o consórcio CWBBUS (assessoria técnica dos consórcios), denominado "Projeto 24 Meses".
O estudo foi um item exigido pela Urbanização de Curitiba S/A (Urbs) no contrato que as empresas de ônibus coletivo assinaram durante a nova licitação ocorrida no ano passado. Os consórcios que ganharam a licitação para operar no município foram: Transbus, Pioneiro e Pontual.
"A ideia é fazer um melhor aproveitamento da infraestrutura já instalada para ônibus no município", explica o engenheiro de transportes, Alan Cannell, um dos integrantes do grupo de estudo.
De acordo com o engenheiro, o estudo será um novo marco no transporte coletivo da cidade e apresentará soluções baratas e simples com o objetivo de aumentar a velocidade média e a eficiência do sistema.
O estudo já foi entregue ao presidente da Urbs, Marcos Isfer. A Urbs está avaliando as propostas das empresas e colocará em prática as de resultado viável para o município.
Com relação às canaletas de ônibus, a Urbs já tem alguns projetos para o transporte coletivo em vários pontos da cidade. "O projeto das empresas de ônibus coletivo é um avanço para a cidade", disse a Urbs por meio de sua assessoria de imprensa.

Informações do Paraná Online

READ MORE - Curitiba: Empresas de transporte coletivo propõem criação do "Interterminais"

Em Palmas, Justiça acata pedido de liminar e suspende o reajuste

A juíza da 3ª Vara das Fazendas e dos Registros Públicos, Ana Paula Toribio, acatou o pedido de liminar na ação popular para suspender o aumento da tarifa do transporte coletivo de Palmas até o julgamento final do processo. A decisão foi publicada no sistema eletrônico da justiça estadual.

No despacho, a juíza decidiu por manter o valor da tarifa em R$2,20. “Analiso, nesta decisão, tão somente o pedido liminar de suspensão do aumento da referida tarifa, para que seja mantido, até decisão final, o seu valor atual de R$2,20 (dois reais e vinte centavos)” diz trecho da decisão.

Participação
A ação popular com pedido de liminar que questiona ao aumento da tarifa foi mobilizada pelo deputado estadual Marcelo Lelis (PV), juntamente com classes representativas da sociedade. A ação foi protocolada na justiça no dia 23 de agosto. Aproximadamente de 16 mil assinaturas dos palmenses foram coletadas para fortalecer a ação.
Na análise, a juíza levou em consideração a porcentagem do aumento aplicado à tarifa, “ou seja, se de fato o aumento representa a realidade dos gastos das empresas concessionárias ou se foi abusivo e, portanto, causará prejuízo aos usuários do serviço”.

Superficial
Dentre as argumentações, a juíza Ana Paula Toribio sustenta que não houve estudo técnico aprofundado que justificasse o aumento. “Emerge da prova dos autos que o município não realizou o estudo técnico (sua própria planilha) de forma detalhada e imprescindível para a conclusão do aumento das tarifas em epígrafe, agindo, assim em desacordo com o art. 101, da lei Municipal n.º 1173/2003” consta.
Além disso, a juíza questiona também que o relatório final da comissão responsável pela análise da revisão da tarifa do transporte coletivo de Palmas acolhe as pretensões do Sindicato dos Empresários dos Transportes Coletivos Urbanos (Seturb) e que não houve justificativa técnica para isso. O não cumprimento da decisão prevê multa diária no valor de R$10.000,00.



READ MORE - Em Palmas, Justiça acata pedido de liminar e suspende o reajuste

Em Ribeirão Preto, Transerp esclarece exigências para licitação do transporte público

A Transerp realizou neta terça-feira (19) uma audiência pública para discutir mudanças no transporte coletivo da cidade. Foram esclarecidas as exigências e obrigações para as empresas de interessadas em prestar o serviço em Ribeirão Preto. Desde 1984 a Prefeitura não abre licitação para o transporte público.

O edital de licitação deve ser publicado a partir do dia 10 de outubro. De acordo com a direção da Transerp, deverá vencer a empresa que apresentar proposta com o menor reajuste para a tarifa. A previsão é de investir R$ 143 mi em melhorias, sendo 60% desse valor só para renovar e aumentar a frota.

A prefeitura deve arcar com parte do custo, mas o valor do subsídio ainda não foi definido. “Nós queremos aumentar o mínimo possível a atual tarifa. Então nós estamos compondo esse custo com possível subsidio público”, explica o superintendente da Transerp, Willian Latuf.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte, Luís Gustavo Viana, as melhorias exigem um reajuste nos preços cobrados atualmente. “Você aumentando a frota e tendo investimento na parte de corredores, infraestrutura, lógico que você tem um aumento de tarifa, se não essa conta não fecha. Agora precisamos saber qual o valor desse subsidio”, diz.

Quem ganhar terá prazo de dois anos para atingir metas projetadas pela prefeitura. Entre elas estão à construção de dois terminais centrais e oito terminais menores - nos bairros - instalação de corredores de ônibus, criação de centrais de atendimento e ampliação da frota - com carros novos e mais modernos.

Um dos responsáveis pelo estudo sobre a qualidade do transporte coletivo na cidade Arlindo Fernandes, diz que o projeto, que dará origem a licitação, levou em conta o quanto deverá aumentar a procura pelo serviço nos próximos anos. “Nós fizemos uma projeção de demanda que leva em conta um crescimento da demanda de ônibus compatível com o crescimento futuro da população de Ribeirão Preto. Agora a população tem que corresponder, tem que andar, tem que se deslocar, tem que sentir que o transporte melhorou de fato”, relata.

READ MORE - Em Ribeirão Preto, Transerp esclarece exigências para licitação do transporte público

Governo de Alagoas realiza conscientização no Dia Mundial Sem Carro

Os problemas causados pelo intenso aumento na frota de veículos automotivos têm preocupado cada vez mais pessoas em todas as partes do planeta. Pensando nisso, no final do século passado a Europa instituiu um dia de conscientização, que logo depois passou a ser conhecido como o Dia Mundial Sem Carro, comemorado em 22 de setembro. Maceió iniciou sua participação em 2006 e neste ano o Governo de Alagoas está presente nas ações desse importante dia.

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e o Instituto do Meio Ambiente (IMA), em parceria com a Associação Alagoana de Ciclismo (AAC) e o Serviço Social do Comércio de Alagoas (SESC/AL), preparam para a próxima quarta e quinta-feira (21 e 22) ações relacionadas ao Dia Mundial Sem Carro. Palestras sobre alternativas no transporte público, instalação de kits de segurança para ciclistas e ações de conscientização com motoristas serão algumas dessas ações.

Para a quarta-feira (21), a AAC está realizando no Auditório da Faculdade Maurício de Nassau, na Ponta Verde, o 2° Encontro Alagoano da Bicicleta. O espaço contará com palestras sobre diversos temas ligados a temática do Dia Mundial Sem Carro como mobilidade urbana, ciclismo, educação no trânsito e outras temáticas. A inscrição para participar custa R$ 10 e mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3034-0356.

Na quinta-feira (22), outros parceiros entrarão em ação para ajudar numa campanha de conscientização do Dia Mundial Sem Carro. Além de SEMARH, IMA, AAC, SESC/AL, equipes da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), do Coletivo Popfuzz, do Coletivo Bicicletada e da Atlântica Motos estarão conversando com motoristas, ciclistas e pedestres em vários pontos da cidade.

Além do trabalho de conscientização, a parceria com o SESC/AL, garantiu a instalação de aproximadamente 400 kits de segurança para ciclistas que estiverem transitando em dois pontos específicos: Via Expressa (próximo a entrada do Conjunto José Tenório) e Rua Cabo Reis. A SMTT também estará realizando uma grande ação de conscientização do Dia Mundial Sem Carro na Rua Cincinato Pinto, também na quinta-feira (22).

O Dia Mundial Sem Carro ocorre em diversos lugares do planeta e em Alagoas as ações estão concentradas na capital Maceió. O evento está sendo realizado em parceria e o Governo de Alagoas participa com ações da SEMARH, da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), o Instituto do Meio Ambiente (IMA), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e o Departamento de Trânsito de Alagoas (DETRAN). A Universidade Federal de Alagoas também apóia o evento.

A parceria conta ainda com a participação da Prefeitura de Maceió com a SEMPMA, a SMMT e a Superintendência Municipal de Controle e Convívio Urbano (SMCCU). A sociedade civil organizada está participando e conta com a Associação Alagoana de Ciclismo, o SESC/AL, a Faculdade Maurício de Nassau, a Atlântica Motos, o Coletivo Popfuzz, o Coletivo Bicicletada e a Sete Rochas Promoções e Eventos.

por Ascom/MMA

READ MORE - Governo de Alagoas realiza conscientização no Dia Mundial Sem Carro

Petrolina realiza ações em comemoração à Semana Nacional de Trânsito

Até a próxima sexta (23), diversas atividades de conscientização como blitzes educativas, distribuição de panfletos, simulações e palestras fazem parte da programação da Semana Nacional de Trânsito, preconizada pelo Conselho Nacional de Trânsito. Em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, o roteiro de atividades será desenvolvido pela Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), em parceria com órgãos como as Polícias Militar e Rodoviária Federal, Detran, Sesc e Sest/Senat. 
foto: Gilson Pereira
O principal objetivo é alertar condutores de veículos sobre  a importância de obedecer às regras de trânsito e, com isso, reduzir consideravelmente as estatísticas. No município sertanejo, um dos focos da campanha serão os motociclistas.

“Estamos trabalhando a temática proposta pelo Denatran e como em Petrolina temos registrados acidentes envolvendo motocicletas, daremos maior ênfase na conscientização dos motociclistas. Esta semana, de modo mais intenso, estaremos realizando várias ações educativas com blitzes e palestras, e distribuindo material educativo. Nossa meta é reduzir em 80% o número de acidentes nas ruas de Petrolina”, explica o diretor presidente da EPTTC, Paulo Valgueiro.


NE 10
Núcleo SJCC/Petrolina

READ MORE - Petrolina realiza ações em comemoração à Semana Nacional de Trânsito

Cidades se mobilizam para Dia Mundial sem Carro

Nesta quinta-feira (22), celebra-se o DiaMundial sem Carro. A ideia é deixar o automóvel particular em casa eprocurar meios alternativos para se locomover: pode ser a pé, de bicicleta, ônibus, metrô, trem ou qualquer outra forma alternativa ao carro. Cidades de várias partes do mundo já iniciaram ações de sensibilização e mobilização para a data.

Cidade do México, por exemplo, realiza atividades relacionadas ao Dia Mundial sem Carro desde ontem (18), quando promoveu o encontro no Monumento da Revolução para convidar a população mexicana a participar da programação da Semana Bicicultural Dia Mundial sem Carro, Cidade do México, D.F, preparada para a data.

Na manhã da quinta-feira, organizações realizarão um “Parking Day” nas ruaspróximas ao Monumento ao “Ángel de la Independencia”. À noite, promoverão um”Passeio de Todos”. As atividades seguirão na sexta-feira, com conferências emesas de debate sobre a segurança de ciclistas.

O encerramento ocorrerá no domingo (25), com o Primeiro Encontro Bicicultural por um México Melhor, o qual terácomo tema: “Pedalando com inteligência, evitamos a violência”. Na Argentina, o Dia Mundial sem Carro será lembrado compasseios de bicicletas, skates e patins pelas ruas do país.

As atividades também já começaram no Brasil. Em São Paulo (SP), diversos eventosaté o próximo sábado (24) chamam a atenção sobre os carros no espaço público. Na própria quinta-feira, motoristas da cidade do Rio de Janeiro (RJ)previamente cadastrados receberão R$ 10 de crédito no “Bilhete Único” para usar na passagem.

Belo Horizonte, em Minas Gerais, realizará um passeio ciclístico de 15 quilômetros para celebrar a data. Em Fortaleza, capital cearense, vereadores e ciclistas se concentrarão às 8h na Praça da Imprensa para ir até a Câmara Municipal de bicicleta. Às 9h, a Câmara da cidade sediará a abertura de uma exposição fotográfica e o lançamento da Campanha porum Trânsito gentil e sustentável.

Dia Mundial sem Carro

Iniciado em 1997, na França, o Dia Mundial sem Carro chama a população mundial a refletir sobre a mobilidade humana e osmeios alternativos ao carro particular para se locomover. Assim, no dia 22 desetembro de cada ano, cidades de várias partes do mundo se mobilizam paradebater sobre o assunto.

Em Bogotá, Colômbia, além do dia 22 de setembro, a cidade celebra, em fevereiro, oDia sem Carro em Bogotá. Instituídapelo Decreto 124, de 24 de fevereiro de 2000, a iniciativa restringe acirculação de veículos na capital colombiana das 6h30 às 19h30 da primeiraquinta-feira do mês de fevereiro.

Informações Minuto Notícias

READ MORE - Cidades se mobilizam para Dia Mundial sem Carro

Em Goiânia, CMTC participará do Dia Mundial sem Carro

Ideia é incentivar a carona, a caminhada, o uso da bicicleta e do ônibus para reduzir o número de carros, favorecendo o transporte coletivo
Na quinta-feira, 22, a equipe da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) adotará diferentes formas de deslocamento com o objetivo de colaborar com o Dia Mundial sem Carro. A ideia é incentivar a carona, a caminhada, o uso da bicicleta e do ônibus para reduzir o número de carros e motos no nosso trânsito, favorecendo o transporte coletivo.
Lembramos e reforçamos que 90% dos funcionários da CMTC utilizam o transporte coletivo diariamente, sendo esses funcionários multiplicadores de ações voltadas para o sistema e observadores e fiscais do serviço prestado.
 

Informações: O Hoje


Mais Notícias de Goiás
READ MORE - Em Goiânia, CMTC participará do Dia Mundial sem Carro

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960