Prefeitura do Rio anuncia novos veículos, corredor exclusivo e Bilhete Único sem burocracia

sábado, 17 de setembro de 2011

Começa a funcionar no próximo dia 24 o terceiro corredor exclusivo de ônibus da Zona Sul. O novo BRS passará pelas ruas Prudente de Moraes (Ipanema), General San Martin (Leblon) e Avenida Princesa Isabel (Copacabana). Dois dias antes, começam a circular nos três bairros 16 ônibus da nova frota padronizada pela prefeitura. E usuários dos coletivos no município poderão contar com outro benefício: decreto publicado no Diário Oficial hoje cria o Cartão de Bilhete Único Pré-Pago, que pode ser comprado direito no caixa de agências bancárias cadastradas sem burocracia.

Para adquirir o Bilhete Único tradicional é preciso antes que o usuário faça cadastro fornecendo dados como CPF. O modelo pré-pago, não.Será vendido no Banco Itaú com valores de créditos pré-fixados: R$ 20, R$ 40 e R$ 60. “Estamos estudando disponibilizar a venda em bancas de revista. Mas isso ficará para o fim do ano. Com o pré-pago, vamos saltar de 350 mil viagens/dia de ônibus com Bilhete Único para meio milhão”, prevê o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão.

Os 16 novos ônibus que começam a circular dia 22, Dia Mundial Sem
Carro, terão piso baixo para facilitar embarque de cadeirantes —, suspensão especial para que sacolejem menos e mecanismo que impede a abertura da porta fora do ponto. Mas não terão ar-condicionado. A expectativa é de que, até dezembro, haja 60 deles. Os impactos do 3º BRS deverão ser sentidos no Centro e Botafogo.
Cartão não recarregável


Ao contrário do Bilhete Único (BU) tradicional, o pré-pago só poderá ser usado em conexões entre ônibus e não é recarregável. Mas a prefeitura pretende ampliar a função para o transporte alternativo.

No novo BU, valor que sobrar do crédito, mesmo sem completar uma tarifa, valerá como uma passagem, mediante a entrega do cartão no momento do embarque, não integrando com a segunda viagem do Bilhete Único. No caso de coletivo com o valor mais alto do que a tarifa modal, será necessária a complementação em dinheiro.






READ MORE - Prefeitura do Rio anuncia novos veículos, corredor exclusivo e Bilhete Único sem burocracia

Cidade de João Pessoa vai participar do ''Dia Mundial sem Carro''

João Pessoa vai participar no dia 22 de setembro da Jornada Mundial “Na Cidade Sem Meu Carro”, que procura sensibilizar as pessoas para a utilização de meios de transportes mais sustentáveis, proporcionado cidades mais saudáveis, sem poluição e com acessibilidade.

A carta de adesão, onde o signatário se compromete a cumprir e seguir orientações para realizar o evento, foi assinada no dia 6 deste mês pelo superintendente de Transportes e Trânsito, Nilton Pereira de Andrade, após determinação do prefeito da Capital, Luciano Agra.

“Na Cidade Sem Meu Carro” é um movimento internacional em defesa do meio ambiente e da qualidade de vida, que nasceu na França e se espalhou por várias cidades do mundo. No Brasil, o evento foi trazido pelo Instituto de Mobilidade Sustentável Ruaviva, e conta com a participação de mais de 60 municípios.  O objetivo principal desta iniciativa é instigar a reflexão sobre o modelo de mobilidade vigente no país, onde o modo individual de locomoção, o automóvel, ganha cada vez mais espaço em detrimento aos modos alternativos de transportes como ônibus ou bicicleta.

O uso excessivo do automóvel traz enormes prejuízos não só para o meio ambiente como também diminuiu a qualidade de vida da população. A poluição do ar, poluição sonora, congestionamentos e estresse são algumas dessas conseqüências.

No próximo dia 22, milhões de pessoas em todo o mundo vão participar deste grande movimento, deixando seus carros em casa e indo ao trabalho ou à escola de ônibus, bicicleta, caminhando ou pegando uma carona solidária. Por isso a partir desta sexta a PMJP desencadeia uma campanha que tem slogan “Na Cidade Sem Meu Carro. Faça diferente. Faça a diferença”, para conclamar os motoristas de veículos particulares a deixarem seus carros na garagem e buscar meios mais sustentáveis para chegar ao destino desejado.

Pense nisso: Um ônibus transporta cerca de 60 pessoas e ocupa o espaço de dois carros, que leva em média 1,5 pessoas.

Programação – Em João Pessoa, a Prefeitura Municipal, por meio da STTrans, vai realizar atividades no Centro da cidade para chamar a atenção das pessoas de como um simples ato pode melhorar a qualidade de vida.

Entre as ações propostas para o dia está o bloqueio da Avenida Visconde de Pelotas que será transformada em uma rua de lazer e contemplação, reservada somente para pedestres durante todo o dia. Na Praça Vidal de Negreiros (Ponto de Cem Réis), no trecho entre a lateral da Assembléia Legislativa e a Rua Barão do Abiai, haverá oficinas de arte, apresentações de teatro, música e dança, jogos educativos, painéis ilustrativos e um passeio ciclístico.

As escolas da rede municipal de ensino  também vão participar do evento no Ponto de Cem Réis. Os estudantes vão apresentar e expor um vasto material com informações relacionadas ao trânsito.

Na Avenida Epitácio Pessoa, entre a Praça da Independência e o entroncamento da Avenida Rui Carneiro, uma faixa exclusiva será destinada aos ônibus. Nesse dia, os pessoenses terão oportunidade de redescobrir a sua cidade, seu patrimônio, num ambiente mais saudável e aprazível.

A STTrans já definiu com as  operadoras de transportes coletivos o reforço da frota, aumentando a disponibilidade e a frequência dos ônibus, de forma a não restringir  a mobilidade das pessoas.

“Queremos provocar uma reflexão sobre a presença determinante dos automóveis nas cidades, os acidentes de trânsito, aumento da poluição e a valorização da cultura individualista, o ruído e o congestionamento do tráfego resultante da dependência dos automóveis particulares na mobilidade dos centros urbanos”, disse Nilton Pereira, ao falar sobre o evento. Ele convocou a população a organizar ações em seu bairro, escola e trabalho para aderir ao movimento e fazer a diferença no dia 22.

Melhorias – Na opinião de Nilton Pereira, a participação de João Pessoa “Na Cidade Sem Meu Carro” mostra a preocupação do poder executivo em despertar nos cidadãos a consciência sobre o uso racional e solidário do automóvel.

Essa conscientização também vem na forma de medidas a curto e longo prazos que a PMJP está tomando para organizar o trânsito e o transporte coletivo na cidade. O prefeito Luciano Agra lançou o Programa “Caminho Livre”, um conjunto de obras e ações que vão ampliar, duplicar e alterar sentido de vias em seis áreas da cidade para aumentar a capacidade de circulação dos veículos, disciplinar estacionamentos, aumentar o espaço para pedestre, reduzir congestionamentos e tempo de viagem dos ônibus.

Luciano Agra também apresentou ao Ministério das Cidades o Plano de Mobilidade Urbana, que irá modificar a estrutura do sistema de transporte público, priorizando a circulação dos ônibus nos corredores e elevando a qualidade do serviço para o usuário.  João Pessoa registra cerca de 240 mil veículos em circulação.

Parcerias- O evento já conta com vários parceiros que estão apoiando a idéia encampada pela PMJP, entre eles, com a Câmara dos Diretores Logistas (CDL), Associação das Empresas de Transportes Coletivos (AETC-JP), Movimento pela Paz (Movpaz), Embratel e a Porto Seguro.


Fonte; Secom JP

READ MORE - Cidade de João Pessoa vai participar do ''Dia Mundial sem Carro''

Motoristas de ônibus de Salvador não respeitam as leis, diz a Transalvador

Para os rodoviários há excesso de fiscalização, (de multas) para a Transalvador as autuações comprovam que a categoria não está respeitando as leis, o que prejudica a população. De acordo com o órgão, de primeiro de janeiro a 31 de agosto de 2011 foram lavradas 50.246 autuações na área de transporte.

Destas, 2.179 foram de motoristas, cobradores e despachantes. A maioria esmagadora das autuações, 48.247, foram contra as empresas.

 As principais autuações na área de transporte em relação a motoristas, conforme o órgão
público, são: não parar no ponto solicitado pela população usuária de ônibus; parar de maneira incorreta; utilizar aparelho sonoro; fumar no ônibus.

“Muitas multas refletem a falta de respeito da categoria com os usuários, muitos motoristas não querem parar em todos os
pontos, principalmente quando há filas, eles passam a mil pela outra faixa deixando a população em pânico. Fazer manifestação para protestar excesso de fiscalização é um absurdo”, pontuou a assessoria da Transalvador.        

De acordo com o diretor social do Sindicato dos Rodoviários, Cleber Maia, os motoristas são treinados e orientados a respeitarem as normas de circulação, como parar corretamente nos pontos, não circular com a porta aberta, esperar os idosos de acomodarem para deslocar o veículo.

“Fazemos um trabalho de conscientização para que essas e outras normas sejam respeitadas, mas infelizmente há motoristas que descumprem essas leis e eles são punidos por isso. Além de pagar a multa, quando esta é autuada por descumprimento das leis de trânsito, os motoristas recebem advertência e suspensão por parte da
empresa”, explicou Maia.

Quem precisa ou já precisou utilizar o transporte público sabe como é difícil ficar horas a fio esperando um ônibus, e esse, passar pela faixa da esquerda e não parar é um absurdo.

Assim como já presenciei grávidas se equilibrando para sentar com o ônibus em movimento, parar na faixa de pedestres para os rodoviários é perda de tempo. “Vamos fazer cumprir a lei, andar pela direita, parar na faixa de pedestre, andar com baixa velocidade, esperar idosos e gestantes sentarem, parar em todos os pontos. O que irá gerar mais congestionamento. A manifestação é contra o excesso de multas emitidas pela Transalvador”, disse o tesoureiro do sindicato dos rodoviários, Hélio Ferreira.

Entre várias reclamações contra a categoria, não parar nos pontos destinados é o mais corriqueiro, entre 10 pessoas que dependem do transporte, todas, algum dia, já passaram por isso.

“Esse tipo de atitude é inadmissível, não importa quantos ônibus tem na fila de passageiros, é obrigação parar, mas isso não acontece, todos os dias eu passo por isso ou presencio cenas como essa. Aqui no ponto da Rotula do Abacaxi é comum esse tipo de coisa, o que dá uma raiva”, disse brava a
operadora de telemarketing Adriana dos Santos Cardoso.

No movimentado ponto localizado em frente ao Iguatemi, a rotatividade de ônibus é grande e a fila também, por isso muitos passageiros saem dos pontos e andam para encontrar o ônibus para não perder. “No horário de movimento isso aqui fica um inferno, e muitos motoristas quando veem a fila muito grande passam direto pela esquerda e não param.

Então, temos que ficar atentos, quando avistamos saímos correndo para encontrar o ônibus. Uma falta de respeito com uma população que paga uma das mais altas tarifas e com as piores condições”, disse a gerente de uma loja Valentina Duarte, que mora em Salvador há sete anos.

Os usuários que se sentirem lesados ou presenciarem algum ato irregular praticado pelos motoristas de ônibus, como dirigir em alta velocidade, não parar nos pontos, dirigir fumando, conversando no celular ou outra prática incorreta, poderá ligar para o disque denúncia da Transalvador e registrar a ocorrência, com o número da placa do veículo, ou nome da empresa, horário e roteiro, através do telefone:2109-3600.





READ MORE - Motoristas de ônibus de Salvador não respeitam as leis, diz a Transalvador

Edital de licitação das obras do BRT em Manaus sai em 15 dias

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura- Seminf, vai publicar em 15 dias, o Edital de Licitação das Obras do Sistema Bus Rapid Transit - BRT. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 16,  pelo Prefeito Amazonino Armando Mendes, ao ter em mãos a aprovação do projeto pela Caixa Econômica Federal e aceite de órgãos como, Tribunal de Contas da União- TCU, Ministério Público Federal- MPF e Controladoria Geral da União - CGU.

O Edital será publicado nos diários Oficiais do Município e da União, possibilitando, que empresas de todo Brasil possam participar do certame. Apesar de ter sido aprovada a lei federal 12462/2011 para permitir que as obras da Copa 2014 tivessem um regime diferenciado, como é o caso BRT.  Por determinação do Prefeito Amazonino Mendes, essa concorrência vai seguir rigorosamente a Lei de Licitação nº 866/93 para que haja total transparência no processo de contração dessa obra tão importante da cidade.

Outra orientação determinada por Amazonino Mendes é que esse processo licitatório seja acompanhado diretamente pelos seguintes órgãos: Ministério Público Federal, Controladoria Geral da União e Tribunal de Contas da União- TCU, que serão convidados a acompanhar passo a passo todo o processo licitatório desde a elaboração do Edital.

A conclusão do processo licitatório deve ocorrer até o início de novembro e a previsão para assinatura do contrato com a empresa vencedora deverá ser feito até dezembro de 2011. Como esses prazos são previsões, não significa que as datas não possam ter alterações, devido a procedimentos inclusos em processos licitatórios. Exemplo: se nenhuma empresa se interessar em participar do certame e a sessão for  deserta, a Prefeitura vai ter que republicar esse edital e então serão dados outros prazos.

O valor da obra está orçado pelo projeto básico em R$ 290 milhões e o prazo de conclusão será de 36 meses após o início das edificações.

O sistema será implantado iniciando em parte do Terminal de ônibus T-4, localizado na Avenida Camapuã, Bairro Jorge Teixeira, paralela à direita da Avenida Autaz Mirim, indo em direção ao Shopping São José, onde se integra ao Terminal de ônibus T-5 para em seguida adentrar à Avenida Cosme Ferreira, a qual através de Obra de Arte se integrará com a Avenida José Romão, desafogando o tráfego para a Cidade Nova e continuando até a Rótula do Coroado onde sofrerá uma deflexão à esquerda, adentrando na Avenida do Contorno, passando próximo a UFAM e chegando ao Bairro do Japiim, onde ao atingir a Avenida Manaus Moderna, integra-se com os acessos dos Bairros adjacentes, chegando finalmente no Largo da Matriz, onde se situa o T-0.  



Fonte: D24 Am

READ MORE - Edital de licitação das obras do BRT em Manaus sai em 15 dias

DFTrans instala sistema de informação ao usuário na rodoviária do Plano Piloto

Funciona desde o dia 12/09, segunda-feira, na Rodoviária do Plano Piloto, um novo serviço de informação ao usuário. Foram instalados 107 monitores, de 40 polegadas cada um, contendo informações sobre as linhas de ônibus e a localização dos boxes. Esse serviço faz parte das ações da Secretaria de Transportes do Distrito Federal para que os passageiros tenham mais informações e comodidade.

Além disso, espera-se tornar menos cansativo o período que os passageiros aguardam pela saída dos ônibus. Os painéis possuem espaço reservado para a transmissão de notícias das cidades do DF, do Brasil e exterior. Terão também lugar para conteúdo de utilidade pública, como vagas de empregos, concursos públicos, dicas de saúde e bem estar.

Essa melhoria no sistema de informação da Rodoviária não acarretou nenhum custo ao Governo do Distrito Federal. As despesas com a implantação e manutenção ficarão a cargo da empresa vencedora da licitação. E, ainda, a concessão do espaço vai render aos cofres públicos uma renda fixa mensal de  9 (nove) mil reais ou 20% da receita líquida arrecadada por meio dos anúncios publicitários.

O serviço beneficiará os mais de 700 mil usuários do Sistema de Transporte Público Coletivo (STPC) que passam diariamente pelo local.



Fonte: DFTrans


READ MORE - DFTrans instala sistema de informação ao usuário na rodoviária do Plano Piloto

No Rio, Prefeitura cria Bilhete Único Pré-Pago para transporte público de passageiros

O Município do Rio cria o Bilhete Único Pré-Pago, que será vendido contendo créditos para o transporte público de passageiros nos valores prefixados em R$ 20; R$ 40 e R$ 60. O decreto que disciplina e amplia o sistema de bilhetagem eletrônica está publicado na edição desta sexta-feira do Diário Oficial. 

O que difere essa nova modalidade é que este cartão não terá seguro, dispensa a apresentação do CPF e não é recarregável. Além disso, o novo bilhete aceitará apenas integrações ônibus-ônibus.

Dentro das alterações para facilitar e tornar mais econômicas as viagens dos passageiros que utilizam o sistema de bilhetagem eletrônica, o decreto determina que o valor residual da carga que não completar uma tarifa modal valerá como uma passagem, mediante a entrega do cartão no momento da viagem.




READ MORE - No Rio, Prefeitura cria Bilhete Único Pré-Pago para transporte público de passageiros

Motoristas de ônibus de Goiânia terão cursos de requalificação profissional

A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) vai investir R$ 4 milhões em cursos de requalificação para os motoristas do transporte coletivo de Goiânia, de acordo com o  promotor de Justiça Érico de Pina Cabral.  "Os cursos para melhorar a eficiência do transporte iniciam em outubro", diz o promotor.

Segundo o representante das empresas de ônibus, o fator de acidente com culpabilidade do motorista, é em média 14 por um milhão de km rodados. A meta da RMTC é baixar para no máximo 10.

Fiscais
A Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC), anunciou nesta quinta-feira (15), que vai completar o quadro de fiscais, com a convocação e treinamento dos concursados, até o final de 2011. Segundo o presidente da CMTC José Carlos Xavier, há um quadro previsto de 43 fiscais. “Estamos fazendo esforços para que esse quadro seja mantido", afirma.

Mortes
Em julho de 2011, dois acidentes fatais no embarque e desembarque de passageiros, levaram o Ministério Público Estadual a exigir melhorias no transporte coletivo de Goiânia. O garoto Gabriel Henrique Ferreira, de 7 anos, foi arrastado na plataforma do Terminal Vera Cruz, segundo testemunhas, por que o motorista abriu a porta antes de parar o ônibus. A criança morreu dias depois no hospital. Outro acidente tirou a vida da diarista Maria Zulmira, de 57 anos. Ela estava no terminal Garavelo, quando ia subir no ônibus se desequilibrou, caiu e acabou sendo atropelada.


Fonte: G1.com.br

READ MORE - Motoristas de ônibus de Goiânia terão cursos de requalificação profissional

Dia Mundial sem Carro é celebrado em todo o mundo

No dia 22 de setembro é comemorado, anualmente, o Dia Mundial sem Carro (Car Free Day). Criado em 1997 e primeiramente organizado em cidades europeias, o movimento cresceu e ganha novos adeptos a cada ano. Como é uma iniciativa descentralizada, é difícil contar quantas cidades participam, mas o alcance do movimento é grande.

A ideia do Dia Mundial sem Carro é chamar a atenção dos cidadão - especialmente daqueles que não se separam de seus carros particulares - sobre outros meios de transportes, que podem ser tão ou mais eficazes que os automóveis. Para isso, o instrumento mais comum é o desafio intermodal: diversos meios de transportes 'competem' para saber qual deles realiza um determinado trajeto em horário de pico em menos tempo e com menos interferência ambiental. O desafio acontece há anos nas principais capitais brasileiras. Quase sempre o modal vencedor é a bicicleta.

Além disso, acontecem debates para estimular medidas de incentivo aos diferentes modais. Em São Paulo, por exemplo, a Rede Nossa São Paulo organizou a Semana da Mobilidade. Entre hoje e dia 24, vários eventos convidarão à reflexão sobre o uso do espaço público preferencialmente por carros. No Rio de Janeiro, motoristas tiveram a oportunidade de se cadastrar para receber em casa um Bilhete Único com crédito de R$ 10 para ser usado no dia 22. O motorista tem que se comprometer a deixar o carro em casa. Em Belo Horizonte, um passeio ciclístico de 15 quilômetros marcará a data. Diversas outras cidades, grandes ou pequenas, participam de alguma forma desse dia de conscientização. Entre leas estão Osasco, Manaus, Araxá, Cabo Frio e Londrina.


READ MORE - Dia Mundial sem Carro é celebrado em todo o mundo

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960