No Recife, Bairro de Boa Viagem terá um novo binário

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Enquanto a Via Mangue não fica pronta, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) espera diminuir o fluxo da Avenida Domingos Ferreira com a implantação de um binário na pista Oeste pela Rua Francisco da Cunha. Também haverá outra rota de fuga pela Capitão Rebelinho, na pista Leste. O estudo da CTTU estima retirar da Domingos Ferreira um fluxo de cerca de 30%, que hoje se dirige à Rua Antônio Falcão. Já na pista Leste, a expectativa é de retirar o fluxo de uma das faixas, o que significa cerca de 700 veículos por hora, que poderão acessar a Capitão Rebelinho. A mudança está prevista para o dia 6 de agosto. Já o binário tem previsão de ser implantado em outubro.

O binário será formado pelas vias Aderval Cunha, Maria Miranda e Francisco da Cunha, paralelas ao corredor principal, na pista Oeste. A implantação será dividida em duas etapas: no mês de outubro, a Rua Maria Miranda passará a ter um único sentido em direção à Francisco da Cunha, que deixará ser mão dupla até a Antônio Falcão. O trabalho incluirá melhoria do pavimento, drenagem e sinalização. “Nessas vias do binário também só será permitido estacionamento em um único lado da via”, disse o diretor de projetos da CTTU, Manoel Damasceno.



A segunda etapa do binário, onde o motorista poderá acessar pela lateral da Casa dos Frios, que dá acesso à Aderval Cunha, está prevista até maio de 2012. Segundo o diretor de projetos da CTTU, essa etapa será mais demorada porque requer mais intervenções. “Aquela área tem um problema de drenagem que precisa ser resolvido e também serão feitas algumas desapropriações, por isso estamos iniciando pela Rua Maria Miranda”, explicou Manoel Damasceno.


A proposta do binário que está no Plano de Ação para o Trânsito do Recife é semelhante ao que já propôs o deputado estadual Henrique Queiroz (PR), que também pedia a implantação de um binário. “A diferença é que o deputado estava propondo a continuação do binário pela 2ª Travessa Benvinda de Farias e essa é uma área onde há uma ocupação. Para nós é mais apropriado pela Francisco da Cunha até porque aquela área será beneficada pela Via Mangue”, explicou.


Com a implantação do binário, os motoristas que hoje utilizam a via no contrafluxo vão ter que fazer o percurso pela Avenida Conselheiro Aguiar. “Eu, que trabalho aqui, vou ter que fazer uma volta maior”, criticou o corretor de imóveis Israel Barbosa, 46 anos, que trabalha na Aderval Cunha.
Por Tânia Passos
Diário de Pernambuco


READ MORE - No Recife, Bairro de Boa Viagem terá um novo binário

SP renova frota de linhas executivas de ônibus da EMTU

Dentro da política do Estado de renovação de frota de ônibus, a diretoria da EMTU/SP realizou nesta quarta-feira, 27, vistoria técnica no primeiro dia de operação de 10 novos ônibus que estão sendo entregues pelo Consórcio Internorte, operador do sistema de ônibus metropolitano Airport Bus Service. Os novos veículos substituirão a frota anterior.  

O serviço de linhas executivas de ônibus da EMTU/SP, parte do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, com destino ao Aeroporto de Congonhas, Praça da República, Terminal Rodoviário do Tietê e da Barra Funda, Itaim Bibi e Circuito dos Hotéis Paulista/Augusta.

Os novos veículos possuem ar condicionado, capacidade para 42 passageiros, motor traseiro ou central, suspensão pneumática ou mista, toalete a bordo, som ambiente, vidros fumê nas janelas laterais e bancos reclináveis, mesas de apoio para algumas poltronas (e uso de laptop), além de manterem identificação visual específica e contarem com serviço de bagagens ilimitadas sem cobrança adicional, atendendo também todas as normas de segurança exigidas na legislação vigente.

Além disso, as linhas do Sistema Aeroporto contam com apoio de infra-estrutura específica para venda de passagens no Aeroporto de Congonhas, no Aeroporto Internacional de São Paulo - Cumbica, e na Praça da República, sendo que apenas no Terminal Rodoviário do Tietê, utiliza-se de ponto de venda de passagem de forma conjunta com linhas seletivas do Sistema Regular.
Joaquim Lopes, presidente da EMTU/SP, e Evandro Losacco, Diretor Operacional, acompanham a vistoria.

Linhas beneficiadas com os novos carros
  • 258 GUARULHOS (AEROPORTO INTERNACIONAL DE SAO PAULO)/ SAO PAULO (AEROPORTO DE CONGONHAS)
  • 259 GUARULHOS (AEROPORTO INTERNACIONAL DE SAO PAULO)/ SAO PAULO (PRACA DA REPUBLICA)
  • 316 GUARULHOS (AEROPORTO INTERNACIONAL DE SAO PAULO)/ SP (CIRCUITO DOS HOTEIS)
  • 472 GUARULHOS (AEROPORTO INTERNACIONAL DE SAO PAULO)/ SAO PAULO (TERMINAL RODOVIARIO BARRA FUNDA)
  • 437 GUARULHOS (AEROPORTO INTERNACIONAL DE SAO PAULO)/ SAO PAULO (ITAIM BIBI)
Investimento da concessionária Internorte: R$ 4,8 milhões 


Frota atual: 23 ônibus executivos
Tarifa: R$ 33,00



Da EMTU/SP 

READ MORE - SP renova frota de linhas executivas de ônibus da EMTU

Em Fortaleza, Categoria e empresas não fecham acordo

Mais uma tentativa de acordo envolvendo o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-CE) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) foi frustrada. A situação aumenta as chances de uma nova greve de motoristas, cobradores e fiscais em Fortaleza. A categoria já se encontra em estado de greve desde o começo deste mês.

A reunião entre os representante dos sindicatos foi realizada ontem, das 9 às 13 horas, na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) da 7ª Região. Segundo nota do Sindiônibus, o processo de negociação não evoluiu e, por isso, o sindicato deu entrada em uma ação de dissídio coletivo junto ao TRT.

O objetivo da medida, de acordo com o informativo, "é evitar uma eventual greve e garantir o acesso da população fortalezense ao serviço essencial de transporte coletivo, bastando uma assinatura do Sintro-CE para tal".

O Sintro-CE já havia informado que, caso não houvesse acordo, uma nova assembleia geral aconteceria hoje a fim de decidir as datas de paralisações dos ônibus. As negociações deste ano foram iniciadas no começo do mês de maio. Na última reunião dos sindicatos, ocorrida no dia 20 de julho, o Sintro-CE, que até então pedia um aumento de 33%, reduziu o valor do reajuste para 15%.




READ MORE - Em Fortaleza, Categoria e empresas não fecham acordo

Estação Cinelândia do metrô ficará fechada no final de semana para reformas

A estação de metrô da Cinelândia, no centro do Rio de Janeiro, ficará fechado para reforma neste final de semana. Durante sábado (30) e domingo (31), os trens não farão parada no local e seguirão direto para estação da Glória, no sentido zona sul e direto para o terminal Carioca, no sentido zona norte.

A estação Carioca é a alternativa mais próxima à Cinelândia. A empresa responsável reforçará o atendimento da equipe para orientar os clientes.
Na segunda-feira (1º) a estação Cinelândia voltará a funcionar normalmente às 5h. Apenas os acessos pela Rio Branco e Consulado Americano ficarão fechados dando continuidade às obras de modernização.
A concessionária MetrôRio está investindo R$ 4 milhões em reformas na Cinelândia, que preveem a revitalização total das áreas comuns, com a remodelação dos espaços, recuperação dos acessos, melhorias de infraestrutura e nova iluminação.


Fonte: R7.com
READ MORE - Estação Cinelândia do metrô ficará fechada no final de semana para reformas

Aumento na tarifa de ônibus em Teresina é confirmada para o dia 1º de agosto

O secretário de Governo Paulo César Vilarinho confirmou hoje (27) que o aumento na passagem de ônibus será concedido pelo prefeito Elmano Férrer e passa a valer a partir de 1º de agosto. Em entrevista ao Jornal do Piauí, o secretário explicou que o estudo da Strans estima aumento para R$ 2,14 e os empresários pedem R$ 2,20.

"Estamos com 14 meses do último aumento. Todos os prazos que a prefeitura tinha com os empresários esgotaram-se. Foi feito estudo na Strans e chegamos a R$ 2,14. Os empresários querem R$ 2,20", disse.

Elmano Férrer tenta resolver o impasse em torno do valor para evitar açoes judiciais. "O Ministério Público do Estado e beneficiários querem congelamento. Se for levar em consideração que tudo aumentou, esse congelamento é praticamente impossível e a situação é difícil. Se a prefeitura der menos, os empresários entram na justiça. Se der qualquer aumento, o MPE também entra na justiça. Esse impasse o prefeito tem dito que vai decidir e o novo valor passa a valer em 1º de agosto. Se ele não der qualquer aumento pode diminuir a qualidade do serviço. Mas não vai ser o que os secretários querem", assegurou.


READ MORE - Aumento na tarifa de ônibus em Teresina é confirmada para o dia 1º de agosto

No Rio, BRS Ipanema e Leblon terá 40 ônibus novos mega e piso baixo

Menos sacolejos, ruídos, trancões e nada de jeitinho na hora de entrar e descer dos ônibus. Com a chegada do BRS em Ipanema e Leblon, desembarca por lá também novo modelo de veículo, batizado de Mega BRS. Ele colocará um ponto final no hábito de pegar o ônibus fora do ponto: sensor só permitirá a abertura da porta nas paradas demarcadas. A medida, pondera a secretaria, vai ordenar o entra e sai de passageiros e contribuir para a diminuição do tempo de viagem.>> INFOGRÁFICO: Confira as paradas de ônibus a partir de 20 de agosto

Os novos modelos também terão o piso mais baixo, quase da altura do meio-fio, para melhorar o acesso para idosos e deficientes. O motor, que atualmente fica na parte frontal do ônibus, vai para a traseira, diminuindo o barulho que tanto incomoda os passageiros. A suspensão, atualmente composta por molas, será com sistema de ar, o pneumático. O veículo vai balançar menos.

Mas o conforto para por aí: os 40 novos ônibus não terão ar condicionado. As janelas são maiores e a capacidade é para 35 passageiros sentados e 47, em pé.

A expectativa é de que até o ano da Copa do Mundo no Brasil, em 2014, todos os 600 ônibus que vão circular no esquema de BRS já sejam do modelo Mega. Para ajudar a organizar o novo sistema, mais três câmeras foram instaladas no trajeto Ipanema-Leblon.

Menos engarrafamento à vista no caminho da praia. Dia 20 de agosto entra em operação o corredor expresso de ônibus (BRS) em Ipanema e no Leblon. Como o ‘Informe do DIA’ antecipou dia 8, ele será interligado ao de Copacabana e levará à redução de 10,6% da frota de coletivos que circulam nas ruas Ataulfo de Paiva e Visconde de Pirajá. O BRS virá com outra novidade: veículos com sensor que impede a abertura da porta fora do ponto.

“Sabemos que vai diminuir (o tempo de viagem), mas não podemos esperar o mesmo resultado de Copacabana. O novo BRS terá apenas uma faixa”, explicou Alexandre Sansão, secretário Municipal de Transporte. Segundo ele, houve aumento de 5% de passageiros de ônibus após o início do BRS em Copa.

Na faixa da direita, exclusiva para os ônibus e táxis com passageiros, carros e táxis desocupados só poderão invadi-la para circular na distância de um quarteirão caso precisem dobrar à direita. Quem desrespeitar estará sujeito a multa de R$ 53,20. As baias desse lado da rua deixarão de servir como vaga para automóveis, serão só parada de táxi, local de carga e descarga e estacionamento de motocicletas. Não haverá redução de linhas, apenas cinco terão parte do itinerário alterado.

“Mais gente vai andar de ônibus e deixar o trânsito menos engarrafado”, opina o morador de Ipanema, Sintos Romano, 72 anos, que se preocupa, no entanto, com a redução de vagas para carros.

Por Fernanda Alves


READ MORE - No Rio, BRS Ipanema e Leblon terá 40 ônibus novos mega e piso baixo

Na Grande Vitória, Faixa exclusiva registra 101 notificações no primeiro dia da fiscalização

Foto: Carlos Antolini
No primeiro dia da fiscalização intensificada na faixa exclusiva para ônibus de Vitória, foram feitas 101 notificações, sendo 48 por uso indevido da via exclusiva para ônibus e 53 por conversão proibida à esquerda para a Reta da Penha.

A medida visa reduzir o número de infrações no local e está sendo realizada até esta quinta-feira (28), de 7h às 12h30 e de 13h às 19 horas, pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana (Semsu).

A faixa exclusiva foi criada em outubro de 2010 para garantir uma economia de, no mínimo, dois minutos nas viagens com transportes públicos, beneficiando centenas de pessoas que utilizam diariamente as linhas do transporte coletivo urbano.

O motorista que insistir em trafegar na via exclusiva para ônibus pode perder cinco pontos na carteira e receber uma notificação, de acordo com o artigo 184 do Código de Trânsito Brasileiro, que considera a infração grave.

Caso ele ainda faça a conversão indevida para a Reta da Penha, infringindo o artigo 207 do mesmo Código, os pontos e o valor da notificação dobram e o condutor perde 10 pontos na carteira de habilitação.


Fonte: ES Hoje

READ MORE - Na Grande Vitória, Faixa exclusiva registra 101 notificações no primeiro dia da fiscalização

Em Aracaju, Setransp lança Portal do Usuário

Inovando o seu canal de atendimento, o Setransp está preparando o lançamento do Portal do Usuário Mais Aracaju. No espaço, acessado via Portal Setransp, os usuários do transporte coletivo têm acesso simplificado a um completo menu de opções que compõem o histórico dos cartões da bilhetagem eletrônica. Do mesmo modo, podem ser acessados serviços como o bloqueio do cartão e outros especificamente voltados aos estudantes, tais como a cota disponível para compra e o formulário de recadastramento do cartão Mais Aracaju Escolar.
No Portal, o usuário cria uma conta na qual informa seus dados para compor um perfil próprio. Através desse canal, em breve, será possível também receber mensagens do sindicato por meio de uma Caixa de Entrada. “Trata-se de um espaço virtual no qual os usuários dos cartões da bilhetagem eletrônica encontram registradas todas as movimentações realizadas, seja de utilização nos ônibus, seja de compra de créditos”, explica Paulo Alexsandro Freitas, analista de sistemas sênior do Setransp.
O Portal ainda facilita o dia a dia dos estudantes e dos usuários do cartão Mais Aracaju Vale-Transporte, já que disponibiliza o acompanhamento do status de produção dos cartões solicitados. “Estão disponíveis informações referentes às etapas de produção. Com isso, o usuário sabe, em tempo real, quando o cartão está pronto para resgate, na sede do Setransp”, acrescenta Paulo.
Outra vantagem para os usuários dos cartões Vale-Transporte e do Mais Aracaju Suburbano (usado nos ônibus que servem aos municípios de Itaporanga d’Ajuda, Laranjeiras, Riachuelo e Maruim) é a possibilidade de unificar as informações de ambos cartões, visualizando-as de modo simultâneo.
Fonte: Infonet

READ MORE - Em Aracaju, Setransp lança Portal do Usuário

Veja aqui imagens do Metrô Curitibano


Não há dúvidas sobre os benefícios da construção do metrô. O fluxo de trânsito será bem melhor e teremos mais qualidade de vida em nossa cidade.

Fico na torcida para que o sistema de metrô seja igual à cidade Munique, na Alemanha, onde morei por quase dois anos.

O Carro é totalmente desnecessário, pois a linha do metrô corta a cidade em todos os sentidos. O melhor de tudo que você pode se locomover sem stress e ainda sobra tempo para colocar a leitura em dia.
Linha Azul

O Governo Federal protocolou uma proposta da prefeitura de Curitiba, leia-se Luciano Ducci, que solicita recursos do PAC da Mobilidade das Grandes Cidades, para a construção das primeiras linhas estruturais do metrô curitibano. Se tudo der certo, a primeira fase do projeto, denominada Linha Azul, deverá ficar pronto em 2017, com uma extensão de 22 quilômetros e 21 estações, irá conectar o bairro Santa Cândida, região norte, a Cidade Industrial de Curitiba – (CIC), região sul da capital.
Havia uma expectativa de que a primeira fase do projeto ficasse pronta para a Copa do Mundo de 2014, mas pelo andar da carruagem...

Dentro do Plano de Mobilidade Urbana, o Transporte Integrado irá fazer a conexão das estações do metrô com o sistema de transporte coletivo.

A primeira fase do metrô curitibano poderá transportar cerca de 1.450 passageiros.

Amanhã vou comentar sobre custos e a geração de empregos que a obra vai representar em Curitiba. Enquanto isso, vamos acreditar que, futuramente, o sistema de transporte curitibano seja tão bom quanto o europeu.



READ MORE - Veja aqui imagens do Metrô Curitibano

Passe livre estudantil em Cuiabá está ameaçado

A Comissão de Estagiários da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso manifestou-se contrária a extinção do passe livre estudantil, benefício concedido aos estudantes das redes particular, estadual e federal de ensino.
“Após debates entre os membros da comissão, ficou deliberado que devemos nos posicionar a favor dos estudantes e que em caso de confirmação da extinção do passe livre, devemos levar a reivindicação à OAB/MT para providências junto às autoridades locais”, informou o presidente da Comissão, Jonilson Anelli.

A lei que instituiu o passe livre estudantil em ônibus e micro-ônibus urbanos foi sancionada em 2001, após aprovação pela Câmara Municipal. Com a sanção, Cuiabá tornou-se a terceira capital brasileira a implantar o transporte gratuito de estudantes. Anteriormente, esse benefício somente era concedido no Rio de Janeiro e Campo Grande.
Somente têm direito ao passe livre os estudantes que residem a, no mínimo, dois quilômetros de distância da escola ou faculdade,  comprovadamente.

Novos integrantes – Durante a última reunião ficou acordado sobre as inclusões dos acadêmicos Érika Borges Soler, que passa a ser a vice-presidente da Comissão de Estagiários da OAB/MT, e de Pedro Rodrigues da Silva Neto, que ocupa o cargo de secretário-geral. Eles estão, respectivamente, no nono e décimo semestres de Direito do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag) e da Universidade de Cuiabá (Unic-Beira Rio).

Além deles, também integra a Comissão, na condição de colaborador, o acadêmico Márcio Augusto Fernandes Tortorelli, que está no sexto semestre do curso e estuda na Faculdade Afirmativo.





READ MORE - Passe livre estudantil em Cuiabá está ameaçado

Ônibus do Rio vão rodar a diesel de cana

A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), o governo do estado e a Prefeitura do Rio lançaram, nesta terça-feira, o Projeto Diesel de Cana. Nos próximos 12 meses, 20 ônibus vão rodar pelas ruas da cidade movidos a diesel de cana, em vez de diesel fóssil.

A Fetranspor vai monitorar para saber se as emissões de gazes poluentes será menor do que as geradas por ônibus movidos a diesel normal, além de acompanhar o desempenho do combustível. As linhas selecionadas para o projeto experimental são a 125 (Central-Praça General Osório) e 409 (Saens Pena - Jardim Botânico) - ambas pertencem à Viação Saens Pena.

Segundo o gerente de Planejamento e Operação da Fetranspor, Guilherme Wilson, toda a parte de manutenção ficará a cargo da federação. Ele diz que o combustível está sendo produzido por um laboratório em Piracicaba, cidade de São Paulo. Como a produção não é em larga escala, o diesel da cana será misturado a outros combustíveis. A proporção será: 30% de diesel de cana; 5% de biodiesel; e 65% de diesel fóssil.
-Estamos esperando uma redução de gazes poluentes em 30% - diz Guilherme.

Também nesta terça-feira, o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, anunciou o início da operação de corredores expressos em Ipanema e Leblon. O funcionamento será semelhante ao de Copacabana, porém, os novos corredores contarão com apenas uma faixa para os ônibus, que terão que fazer ultrapassagens em locais determinados e usando uma das duas pistas destinadas aos carros. Além disso, cinco linhas deixarão de circular entre as avenidas Visconde de Albuquerque e Bartolomeu Mitre: 438, 439, 512, 522 e 574.

Segundo o diretor de Comunicação e Marketing da Fetranspor, Edmundo Fornasari, essas linhas terão os itinerários alterados para reduzir o fluxo de ônibus nos dois novos corredores expressos. As linhas 438, 439 e 574 deixarão de passar pela Visconde de Pirajá, em Ipanema, e pela Ataulfo de Paiva, no Leblon. O trajeto vai prever agora passagem pela Visconde de Albuquerque, no Leblon. Já as linhas 512 e 522 não vão mais entrar na Avenida General San Martin, seguindo até o final do Leblon, voltando pela Ataulfod e Paiva. Os ônibus vão entrar pela Bartolomeu Mitre.

Das 55 linhas que passam atualmente nas duas avenidas, 50 permanecerão circulando no BRS e serão separadas em três grupos: BRS1, BRS2 e BRS 3, com 16 pontos, seis no Leblon, dez em Ipanema, distantes cerca de 250 metros entre si no caso de pontos de BRS diferentes.



READ MORE - Ônibus do Rio vão rodar a diesel de cana

Obras de acesso à Fonte Nova começam em outubro, diz governo

As obras no sistema viário do entorno da Arena Fonte Nova, em Salvador, composta por requalificação de 4,8 km de vias, rotas para exclusivas para pedrestres,  sinalização horizontal e vertical, além da construção de quatro viadutos promovendo fluidez ao tráfego local e acesso ao estacionamento serão iniciadas em outubro próximo. 

A informação é da diretora de mobilidade urbana e interurbana da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Grace Maria França Gomes, em resposta à crítica feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em nota à imprensa, divulgadas na última segunda-feira (25), que aponta ausência de investimentos de microacessibilidade no projeto da Arena Fonte Nova. 

A crítica do ministro Valmir Campelo, relator dos projetos da Copa no TCU, enviada como alerta ao Ministério do Esporte, é resultado da inspeção feita pelo órgão no canteiro de obras do estádio, no início de julho. Durante a visita, o ministro identificou a ausência de tais projetos, em relação aos indicativos de acessibilidade destacados na Matriz de Responsabilidade.  


Licitação em agostoA licitação para as obras de acessibilidade será lançada em agosto. O valor total do projeto é de R$ 41 milhões --R$ 34,6 mil de recursos da União e R$ 6,4 mi do governo do estado. Os recursos oriundos do Ministério das Cidades foram aprovados pela Caixa Econômica Federal. As obras estão previstas para iniciar em outubro próximo, com duração de um ano.

Segundo Grace Gomes, da Sedur, o programa de microacessibilidade da Fonte Nova é dividido em  dois projetos, um voltado para veículos e outro voltado para pedestres. O projeto foi feito para atender as recomendações da Fifa de evacuação total da arena em, no máximo, oito minutos.
“Este projeto foi planejado à partir de uma avaliação do número de veículos que passam na região em dias normais, comparado com a projeção para os dias de grandes eventos, entre eles, os jogos da Copa do Mundo”, afirma Gomes. 

As melhorias viárias no entorno da Arena Fonte Nova serão articulados com os investimentos de mobilidade urbana previstos para integrar o novo estádio às duas estações do metrô (Brotas e Campo da Pólvora), além de interligar o estacionamento da Fonte Nova às avenidas Vasco da Gama e Bonocô, principais vias de acesso ao estádio, além do Pelourinho e Porto de Salvador.
A diretora da Sedur informou ainda que estavam previstas duas passarelas, uma para ligar o bairro Engenho Velho de Brotas ao Jardim Baiano, passando por cima do Dique do Tororó, e outra para ligar o bairro da Saúde ao Pelourinho. A primeira foi embargada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e a segunda ainda está em estudo. 

READ MORE - Obras de acesso à Fonte Nova começam em outubro, diz governo

Em Curitiba, Obras da Linha Verde Norte já começaram

Autorizada pelo prefeito Luciano Ducci na última terça-feira (26), a primeira fase de obras da Linha Verde Norte já começou.
A antiga BR-116 que hoje conta com quatro faixas, vai ficar com dez faixas para veículos e duas faixas para o transporte coletivo.
Nesta etapa da Linha Verde Norte, que vai até a Avenida Victor Ferreira do Amaral, no bairro Tarumã, serão investidos R$ 52 milhões. Os recursos são da Prefeitura e da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). No total, são 8 quilômetros que passam por seis bairros onde vivem 160 mil pessoas. As obras serão divididas em quatro fases.

READ MORE - Em Curitiba, Obras da Linha Verde Norte já começaram

Empresas de ônibus pressionam para que Cuiabá tenha BRT

O presidente da Agência Estadual de Execução dos Projetos da Copa de 2014 (Agecopa), Eder Moraes, revelou a existência de pressão velada por parte de empresas fornecedoras de pneus, combustível e biodiesel para que o modelo de transporte a ser implementado em Cuiabá e Várzea Grande como obra de mobilidade urbana seja o Bus Rapid Transit (BRT).
O diretor da autarquia afirmou que o governo estadual não cederá à pressão e defenderá a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). “São pressões veladas pelas empresas, em função da manutenção que o BRT envolve. Mas vamos defender tecnicamente e politicamente que a União autorize a alteração do BRT para o VLT”, afirmou.
Denúncias de pressão quanto a escolha do modelo de transporte não são novidades no Estado. Em outras oportunidades o próprio presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PSD), já havia denunciado lobby das empresas de transporte coletivo para a implantação do BRT.
Mesmo com a enorme pressão, o Poder Executivo estadual continua defendendo a implantação do veículo sobre trilhos e aguarda a resposta do Comitê Gestor da Copa 2014 do governo federal sobre a alteração do modelo de transporte.
O prazo solicitado pela União foi de 10 dias e Eder Moraes acredita que a definição sai no início da próxima semana. Outro argumento utilizado pelo Estado para a mudança do modelo é em função do alto custo para as desapropriações, além do pedido ser pelo financiamento, o que não representará em prejuízos para o governo federal. “Não estamos pedindo um centavo para a União, não estão colocando dinheiro no modal, pois vamos financiar o montante. A aplicação do recurso é possível e teremos folga para investimentos com a capacidade de endividamento na ordem de R$ 2,5 bilhões. Aumentar o valor para implementar o VLT representa em deixar um legado para a sociedade, ou seja, um transporte de qualidade, confortável, futurista, ecologicamente correto, que irá transformar a realidade de Cuiabá e Várzea Grande”, defendeu Eder Moraes.
Nessa esteira, o comandante da agência argumenta que não vê motivos para não haver a alteração do modelo para o VLT.


READ MORE - Empresas de ônibus pressionam para que Cuiabá tenha BRT

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960