Ônibus rodarão normalmente nesta segunda-feira em Porto Velho

domingo, 3 de julho de 2011

A população não ficará mais sem transporte coletivo na segunda-feira (4) e a deliberação de uma possível greve dos trabalhadores no transporte coletivo urbano de Porto Velho foi adiada para terça-feira (5), data em que acontecerá outra assembleia para apresentar nova proposta de reajuste oferecida pelas empresas.
As negociações iniciaram na sexta-feira, com mediação do Ministério Público do Trabalho (MPT), entre representantes das empresas e do sindicato dos trabalhadores. Porém, as partes chegaram a um acordo, somente na manhã deste sábado (2), após outra reunião.

Os trabalhadores exigem reajuste de 10% sobre os salários, ticket-alimentação no valor de R$ 100,00 para toda categoria; adicional de insalubridade incidente sobre o salário da função, inclusive para trabalhadores do setor de manutenção; vale-refeição no valor diário de R$ 8,00 extensivo aos que trabalham na manutenção no turno noturno.
No entanto, a atual proposta das empresas, que devem ser analisadas pelos trabalhadores em assembléia na terça-feira, é um reajuste de apenas 7% sobre os salários e ticket-alimentação no valor de R$ 60,00.
Participaram das negociações, o procurador do Trabalho Aílton Vieira dos Santos, o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes (SET), Márcio Pacele e Edilson Pereira, presidente e secretário geral, respectivamente, do Sindicato dos Trabalhadores (Sitetuperon), Ronaldo Marciano, da empresa Três Marias e Fernando de Castro, da empresa Rio Madeira, todos acompanhados de seus advogados.

READ MORE - Ônibus rodarão normalmente nesta segunda-feira em Porto Velho

Segunda passagem de ônibus agora é gratuita em Porto Alegre

Os cerca de 738 mil usuários dos cartões de transporte coletivo de Porto Alegre podem, a partir desta sexta-feira, fazer duas viagens e pagar apenas uma, desde que o intervalo entre a saída do primeiro ônibus e a entrada no segundo não ultrapasse meia hora.

De acordo com a Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP), o cálculo dos 30 minutos já leva em conta o tempo médio de deslocamento de cada viagem, sem que seja preciso uma segunda roleta para marcar o horário de saída da primeira condução.

O benefício vale para os cerca de 515 mil portadores do cartão TRI (ônibus), de vale-transporte, e para os 223 mil usuários do TRI escolar. O desconto da meia hora já existia, mas era de 50% na segunda passagem. A partir de hoje, a segunda viagem é de graça, inclusive para estudantes, que pagam meia-tarifa (R$ 1,35).
Foto: Bruno Alencastro

Os passageiros podem também usar o TRI para pagar o trem e o vale-transporte da Trensurb (SIM), para andar de ônibus na Capital. Ao utilizar os dois meios de transporte, os usuários ainda ganham 10% de desconto. Quem entrar em qualquer ônibus de Porto Alegre até meia hora depois de descer do trem, ou vice-versa, vai pagar R$ 3,96 e não mais R$ 4,40 - soma atual das tarifas do ônibus (R$ 2,70) e do trem (R$ 1,70). De acordo com a ATP, cerca de 525 mil pessoas poderão se beneficiar com a integração.

Outro benefício é a compra fracionada dos créditos do TRI escolar. Até agora, estudantes e professores podiam recarregar o cartão apenas uma vez por mês. A partir do dia 15 de julho, será possível fazer a compra em até quatro vezes, desde que o total não exceda o limite de 75 passagens ou 150, para quem comprovar necessidade.


Share |
READ MORE - Segunda passagem de ônibus agora é gratuita em Porto Alegre

Projeto de Mobilidade no Recife segue igual ao trânsito da cidade ''Em Marcha Lenta''

Demorou e vai continuar demorando. Apenas neste final de semana, às vésperas do recesso parlamentar, chegou à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei (PL) 12/2011, que institui o Plano Municipal de Transporte e Mobilidade da Cidade do Recife. É um documento de autoria da Prefeitura que sugere mudanças para melhorar o trânsito caótico da capital, como a instalação de teleféricos nos morros, implantação de corredores exclusivos para transporte coletivo, ciclovias e ciclofaixas, além de transporte fluvial. No entanto, a comissão especial que vai avaliar as propostas deverá ser instalada apenas em agosto, quando os parlamentares voltam ao trabalho. A previsão do presidente da Casa, Jurandir Liberal (PT) é levar o projeto ao plenário até o final do ano.
Sete nomes formam a tal comissão especial:Augusto Carreras (PV), Carlos Gueiros (PTB), Erivaldo da Silva (PTC), Gilberto Alves (PTN), Josenildo Sinésio (PT), Gilberto Alves (PTN) e Múcio Magalhães (PT). Depois de instalada a comissão, os vereadores têm 20 dias para apresentar emendas. O relatório só deve seguir para votação em plenário depois de 180 dias, a contar do início dos trabalhos. “A gente quer ver se vota ainda este ano, no segundo semestre. Vamos tentar compensar (o atraso)”, disse o presidente da Câmara, Jurandir Liberal (PT), que convocou entrevista coletiva na chuvosa manhã deste sábado (2) para anunciar o recebimento do PL.


O documento chega à Casa cinco meses após o presidente do Instituto Pelópidas Silveira, Milton Botler, apresentar as linhas gerais do projeto aos vereadores.
Dentre as propostas está a valorização do transporte coletivo, com implantação de corredores exclusivos. Para facilitar a vida de quem vive nos morros há a proposta de construir teleféricos. O deslocamento com bicicletas também deve ser privilegiado. A Prefeitura pede que a extensão das ciclovias passe de 20 quilômetros para 424 quilômetros.
O Projeto de Lei, no entanto, não trata nem de valores nem de prazos. Sabe-se apenas que algumas ações precisam ser executadas até a Copa do Mundo de 2014. “Algumas ações são de imediato, até 2014, como os principais corredores que serão implantados. Os outros são vias que serão alteradas para serem exclusivas para o transporte coletivo. Poderão ser executadas antes de 2014. A ação que está sendo prevista pode ser a médio/longo prazo. O plano vai sendo ajustado à medida que a cidade vá demandando essas ações”, disse Liberal.



Por Daniel Guedes  -  JC Online (Blog do Jamildo)


READ MORE - Projeto de Mobilidade no Recife segue igual ao trânsito da cidade ''Em Marcha Lenta''

Transporte coletivo de São Carlos ganha 10 novos ônibus

Como gestora do Sistema de Transporte Coletivo da cidade a Prefeitura de São Carlos pediu a empresa Athenas Paulista e conquistou mais um importante investimento para os usuários do serviço na cidade: a compra de 10 novos ônibus com câmbio automatizado (sem embreagem), totalmente acessível (elevador para cadeirantes, bancos para obesos e idosos), lotação 81 passageiros (40 sentados e 41 em pé). O investimento da empresa na compra dos veículos foi de R$ 2,8 milhões.
Os novos veículos foram entregues na sexta-feira (1º/7) pelo prefeito Oswaldo Barba juntamente com o diretor da concessionária Miguel Cimatti e entram em operação a partir desta segunda-feira, dia 4 de julho, nas linhas Vila Prado x UFSCar via praça Itália, Castelo Branco x UFSCar, UFSCar x Redenção via Botafogo, Santa Casa x Cruzeiro do Sul via Bela Vista, Sesi x Santa Maria, Redenção x Jockey Clube via Botafogo, São Rafael x Volkswagen, Jardim Paulistano x Jardim Maracanã, Vila Jacobucci x Jardim Beatriz e Santa Eudóxia x São Carlos.

Os ônibus vão substituir gradativamente os carros mais velhos da frota atual de 130 ônibus. A cidade opera hoje 55 linhas regulares e 170 especiais - em média 50 mil pessoas utilizam o transporte coletivo diariamente nos dias úteis.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito na gestão do prefeito Barba já foram entregues 23 novos ônibus - 13,5 % de renovação da frota - 12 deles em fevereiro/2009, 1 micro ônibus em maio 2011 e 10 em 1º de julho. Com a aquisição dos novos veículos a frota passa a ter 22 ônibus adaptados para portadores de deficiência, mais 4 micro ônibus porta a porta e 1 van. Hoje a cidade tem 309 portadores de deficiência cadastrados que utilizam o serviço com horário marcado.

São Carlos se antecipa ao atendimento da legislação federal, Decreto nº 5.296/2004, que determina que até o ano de 2014 toda a frota nacional deverá ser adaptada para atender os deficientes.

O prefeito Oswaldo Barba ressalta que o sistema de trânsito da maioria das cidades brasileiras só será eficiente e terá melhoria de fluidez se houver investimentos no transporte coletivo de qualidade. "Essa tem sido a nossa meta permanente e a empresa tem atendido as nossas reivindicações que permitiu melhoramos a atenção aos usuários de uma maneira geral mais em especial as pessoas com deficiência e idosos. Esperamos que a empresa transporte os passageiros sempre com carinho porque eles vão utilizar o serviço", disse o prefeito.

Ao comentar os investimentos que a Prefeitura tem feito para melhorar o transporte coletivo o prefeito Barba citou a instalação de 50 novos abrigos de passageiros, a reforma de 32 antigos e outros R$ 500 mil/ano que a Prefeitura vai investir na implantação e operação do sistema GPS de monitoramento de linhas que permite conferir em tempo real horários, tempo de deslocamento, número de passageiros, manutenção entre outros itens, promovendo o estabelecimento do índice de acertabilidade. "É importante lembrar que os investimentos e a modernização da frota estão sendo feitos a um custo de tarifa que é a menor da região", frisou Barba.

O secretário municipal de Transporte e Trânsito, Nilson Carneiro, explicou que hoje 19% da população se locomovem através do transporte coletivo. "O nosso desafio é atrair novos passageiros para melhorar a mobilidade urbana da cidade e fazer com que o transporte coletivo possa ser uma boa opção de transporte com conquista de melhoria na circulação do trânsito e diminuição dos congestionamentos", disse Carneiro.

Para o diretor da Athenas Paulista, Miguel Cimatti, embora tenha custos significativos é uma satisfação para a empresa poder melhorar e aprimorar o transporte coletivo da cidade em benefício da população de São Carlos. "Os veículos vão facilitar o trabalho dos nossos motoristas já que possuem câmbio automático e vão dispensar a média diária de 3 mil trocas de marchas que é extremamente cansativo e prejudicial. Os novos ônibus pretendem dar maior conforto e ampliar o grau de satisfação dos nossos usuários", detalha Cimatti.



READ MORE - Transporte coletivo de São Carlos ganha 10 novos ônibus

Em Curitiba, Prefeito veta horários dos ônibus nos pontos

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), vetou o projeto de lei que determinava que em todos os pontos de ônibus da cidade houvesse uma espécie de cartaz para informar o cidadão dos horários dos veículos. Isso porque a prefeitura já estudava e começou a testar um sistema para monitorar eletronicamente os horários na quinta-feira (30).

O projeto do vereador Julião Sobota (PSC), aprovado em junho deste ano, obrigava a prefeitura a fixar em estações-tubo, pontos de ônibus e dentro dos coletivos o horário em que os veículos saem dos terminais e chegam ao ponto final.

Atualmente, os horários do transporte coletivo da capital estão disponíveis nos terminais e no site da Urbanização de Curitiba (Urbs). O veto deve ser analisado pela Câmara em agosto, porque parlamentares entraram em recesso, por 30 dias, nesta sexta-feira (01).

Ducci afirmou que o projeto foi vetado porque parte dos recursos do PAC da Copa serão destinados a aquisição de um sistema eletrônico que informa, por meio de um painel digital, a localização do ônibus da linha e o tempo que o veículo vai demorar para chegar à estação onde o usuário está. “É o que é usado hoje em alguns países”, afirmou o prefeito.

O sistema está sendo testado na estação tubo da Rua Marechal Floriano da Linha Verde. De acordo com o prefeito, a tecnologia também será testada em outros pontos da Linha Verde e, ainda este ano, o edital e licitação será aberto para que o sistema seja comprado.

A implantação da tecnologia é uma parceria entre a Prefeitura e Curitiba e a empresa Pública de Transportes de Perugia, na Itália. Foi firmado um protocolo de transferência de tecnologia.


Fonte: G1

Share |
READ MORE - Em Curitiba, Prefeito veta horários dos ônibus nos pontos

Usuários do transporte coletivo de Campo Grande passam a ser atendidos em nova central

A partir de segunda-feira (04) a venda de créditos e o atendimento aos idosos e portadores de necessidades especiais, que fazem uso do transporte coletivo de Campo Grande terá novo endereço.
O novo local de atendimento fica na Rua Visconde de Taunay, 318, no Bairro Amambaí, quase em frente à sede administrativa da Assetur.
Haverá mudanças também com relação ao atendimento aos estudantes, que hoje são atendidos em posto localizado no antigo Terminal Rodoviário. A partir de 11 de julho os alunos também passarão a ser atendidos na nova central no Bairro Amambaí. O posto da rodoviária deixará de funcionar.



READ MORE - Usuários do transporte coletivo de Campo Grande passam a ser atendidos em nova central

Oficializada licitação para exploração do transporte coletivo em Natal

A Prefeitura de Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), apresentou à justiça o cronograma para a consolidação do processo de concorrência pública para admissão de concessionárias ou permissionárias de transportes coletivos de Natal. Após concluir o Plano de Mobilidade Urbana de Natal, a Prefeitura pediu deferimento, na 4ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal (RN), dos prazos previstos pelo Município para convocação e realização do certame. O processo será deflagrado de imediato. O resultado deve ser conhecido até setembro de 2012.

Esta é a primeira vez na história que a Prefeitura de Natal realizará concorrência pública para a escolha das concessionárias para operar o transporte coletivo. Também é a primeira vez que Natal tem um Plano de Mobilidade Urbana, concebido e concluído pela atual gestão, com mapeamento dos problemas e estudo para solução dos mesmos. O Plano de Mobilidade Urbana, que já é adequado às obras de mobilidade da Copa do Mundo da Fifa de 2014 em Natal, será utilizado para elaboração do Termo de Referência do processo licitatório dos serviços de transporte público de Natal.

Na Justiça, a Prefeitura de Natal informou o planejamento e cronograma da concorrência pública. Justificou que, antes de deflagrar a licitação, foi necessário concluir o Plano de Mobilidade Urbana que norteará o modelo do certame. A Prefeitura, através da Procuradoria Geral do Município, também argumentou que, pela relevância e singularidade do tema, deverá contratar uma empresa especializada para elaboração do modelo jurídico-financeiro da concessão, com especial atenção ao prazo da concessão, motivo que justifica contratação de consultoria.

PRORROGAÇÃO

Fixado junto à Justiça o cronograma detalhado da concorrência, com objetivo de manter o serviço de transporte coletivo prestado à população até que a licitação seja concluída, a Prefeitura prorrogou, por nove meses, através de decreto publicado no Diário Oficial do Município deste sábado (2), o Termo de Permissão de Serviços de Transporte Coletivo em Natal. No decreto, fica determinado ainda que o Secretário Municipal de Mobilidade Urbana adotará medidas urgentes com o propósito de finalizar o processo licitatório dos serviços de transporte público da cidade do Natal.
          Mais Notícias do Rio Grande do Norte

READ MORE - Oficializada licitação para exploração do transporte coletivo em Natal

Atenção estudantes de Fortaleza, Meia passagem só com carteira nova

Os estudantes cearenses que utilizam transportes coletivos intermunicipais devem ficar atentos, pois o prazo das carteiras estudantis do ano passado chegou ao fim, no último dia 30. Agora para obter o benefício da meia passagem nos transportes coletivos intermunicipais os estudantes deverão utilizar as carteirinhas intermunicipais emitidas em 2011.

Para que os alunos tivessem mais tempo para fazer a renovação da sua carteira de estudante a Comissão Gestora da Meia Passagem Estudantil (Cogempe) já havia feito a prorrogação do prazo de validação por mais 30 dias. Mais de 13 mil estudantes dispõem do benefício. As novas carteiras são válidas até maio do próximo ano.

Os estudantes podem, ainda, requerer suas identidades bastando solicitá-las junto às entidades credenciadas no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE). Desde janeiro deste ano, mais de 12 mil alunos solicitaram o documento.

Possuem direito ao benefício os estudantes regulamente matriculados em escolas públicas ou privadas no Ensino Fundamental, Médio, Superior ou Tecnológico que residam em outro município da mesma macrorregião.

Para solicitar a carteira, o estudante deve apresentar uma foto tamanho 3x4, cópia da cédula de identidade (RG), do comprovante de endereço e de matrícula, e do recibo de taxa a ser paga mediante depósito bancário no valor de R$ 18,00.

Emissão
Três entidades credenciadas recebem as solicitações das carteiras: Associação Metropolitana dos Estudantes (AME); Associação dos Estudantes de Fortaleza (Asesf) e a Associação dos Estudantes do Ceará (Asesc) e conveniadas.

Em seguida, elas fazem o repasse para a Cogempe, responsável pelo processo de credenciamento, fiscalização e gestão dos procedimentos relativos à expedição dos documentos.



READ MORE - Atenção estudantes de Fortaleza, Meia passagem só com carteira nova

Mauá e Santo André estão agora com linhas de ônibus 24 horas

Passageiros de ônibus moradores dos bairros Itapeva e Zaíra, em Mauá, ganharam opção de transporte coletivo durante a madrugada. A Prefeitura criou as chamadas Linhas Corujão, que irão atender toda a extensão das avenidas Castello Branco e Barão de Mauá. O preço da passagem é R$ 2,50, mesmo valor cobrado nas tarifas convencionais dos coletivos municipais.
Os ônibus das Linhas Corujão farão três partidas durante a madrugada, de hora em hora, da 1h às 3h, em todos os dias da semana. A Prefeitura ainda não tem estimativa de quantos passageiros utilizarão o serviço. No entanto, o secretário de Mobilidade Urbana, Renato Moreira dos Santos, acredita que haverá número suficiente de pessoas para que os coletivos saiam com todos os bancos preenchidos. Na avaliação da Prefeitura, o número de usuários tende a ser crescente conforme a população tomar conhecimento sobre o novo serviço.
Uma das linhas, a que chega ao Terminal Itapeva, será operada pela Viação Cidade de Mauá, enquanto a Leblon será a responsável pela linha do Jardim Zaíra.
"O objetivo da criação dessas linhas é captar o residual de demanda de pessoas que precisam utilizar o transporte público durante a madrugada de uma forma geral, como trabalhadores que têm jornada de trabalho estendida", explica o secretário.
Outro tipo de público que as linhas pretendem atender, principalmente nos feriados e fins de semana, são os frequentadores de bares e restaurantes no Centro. Moreira dos Santos avalia que o serviço pode contribuir para reduzir o número de acidentes automobilísticos ocorridos durante a madrugada.
"O pessoal que estiver em um bar no Centro e tomar uma cerveja não precisará pegar o carro ou pagar um táxi para voltar para casa." Na avaliação do secretário, a iniciativa é importante para alertar a população de que "o ônibus é o melhor meio de transporte".

O titular da Pasta explica que os dois bairros foram escolhidos por abrigarem grande concentração de moradores. Após avaliação do funcionamento do serviço, a administração estudará a necessidade de expansão do Corujão para outros bairros do município.
Para garantir a segurança dos passageiros durante a viagem, a Prefeitura diz ter feito contatos com a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal, de modo que as corporações tenham conhecimento da novidade.

Sto.André também tem itinerários noturnos

Além de Mauá, Santo André já disponibiliza ônibus durante as madrugadas. No município, cinco itinerários funcionam após o encerramento das atividades dos trajetos convencionais, por volta da 1h.
As linhas que fazem esse serviço são a I-02 (Cidade São Jorge/Jardim Ana Maria), I-04 (Jardim Las Vegas/Parque Capuava), T-15 (Hospital Mário Covas/Estação de Santo André), T-29 (Vila Suíça/Estação de Santo André - Via Condomínio Maracanã) e AL-115 (Represa/Estação de Santo André - Via Clube de Campo). Os ônibus partem de uma em uma hora, da 0h às 4h. Segundo a Prefeitura, aproximadamente 242 pessoas utilizam o serviço diariamente nas cinco linhas.

A Prefeitura de São Bernardo disponibiliza serviço noturno em duas faixas de horário, da 0h à 1h e das 4h às 5h. No primeiro horário, quando funcionam 14 linhas, a demanda diária é de 1.500 pessoas, enquanto no segundo, com 38 linhas, o movimento é de 6.000 passageiros por dia.
Em Diadema, apenas uma linha, a 11EP (Vila Paulina-Terminal Piraporinha) começa a operar antes das demais. A partida é às 3h50, e os ônibus deixam de circular à 0h50.
O serviço noturno não existe em São Caetano. As cidades de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não informaram se o transporte é realizado durante a madrugada.


READ MORE - Mauá e Santo André estão agora com linhas de ônibus 24 horas

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960