Greve de ônibus em Ribeirão Preto será definida nesta quarta-feira

terça-feira, 7 de junho de 2011

Os motoristas de ônibus de Ribeirão Preto decidem nesta quarta-feira (8) se entram em greve ou aceitam o reajuste de 8% oferecido pelas empresas responsáveis pelo transporte público da cidade.

O vice-diretor do Sindicato dos Empregados de Empresas de Transporte Urbano (Seeturp) Alcídes Lopes de Souza Filho descarta uma nova manifestação, como a ocorrida na última sexta-feira (3). “Aquela manifestação foi para chamar a atenção. As negociações já se esgotaram. Ou a categoria aceita o reajuste proposto, ou entramos em greve”, disse. Os motoristas poderão participar da assembleia, na sede do Seeturp, em dois horários: 9h30 ou 16h30.

Segundo o vice-diretor, caso a maioria opte pela greve, um documento informando os usuários e as empresas, incluindo a Justiça do Trabalho, será enviado na quinta-feira (16) pela manhã. “Se todos decidirem pela greve, é provável que a gente cruze os braços no início próxima semana. Assim que cumprirmos 72 horas”, comentou.

Funcionamento
Diferente do ocorrido na última sexta-feira (3), quando as linhas que passavam na região central ficaram paradas, a Justiça do Trabalho deve definir um contingente mínimo que deve continuar em funcionamento.
De acordo com o advogado e diretor da OAB, Daniel Rondi, o transporte público não pode parar 100%. “Por se tratar de um serviço essencial, a Justiça determina um porcentual que deve continuar em operação para que a população não seja totalmente prejudicada”, disse.

Para o promotor Carlos Cezar Barbosa, independente da nomenclatura – greve, manifestação ou paralisação – os usuários não podem ficar sem ônibus. Segundo ele, o Ministério Público aguarda uma decisão da Justiça. “O nome não pode servir como pretexto. A Justiça do Trabalho deve manifestar se a paralisação é legal ou ilegal. Ou seja, para que haja uma ação civil pública, é preciso ter uma declaração da Justiça”, explicou.

Fonte: EPTV

READ MORE - Greve de ônibus em Ribeirão Preto será definida nesta quarta-feira

No Recife, Sem Corredor de Ônibus, passageiros ficam mais de 40 minutos presos na Av. Domingos Ferreira

Estamos falando da falta de mobilidade da cidade, e o blog meu transporte depois de publicar uma matéria sobre a falta de corredores exclusivos para ônibus na av. Mascarenhas de Moraes, chegamos a av. domingos ferreira, por lá trafegam nada mais, nada menos que 30 linhas, que transportam milhares de pessoas todos os dias.
Uma concorrência desigual é o que acontece em muitas vias na cidade do Recife, com um aumento de frota assustador todo o dia na cidade é praticamente impossível trafegar na cidade sem que haja engarrafamentos, e o que poderia estimular a mobilidade urbana na cidade, como corredores de ônibus, não vem sendo feito pelo governo do estado, para se ter uma idéia, já faz mais de 03 anos que não se constrói um corredor de ônibus sequer na cidade, e é assim o que acontece na avenida domingos ferreira, uma via com 06 faixas em único sentido e nem uma sequer exclusiva para ônibus, os coletivos ficam presos no meio dos carros e não existe no momento nenhum para resolução deste problema.
Estes ônibus que se tivessem um corredor de ônibus poderiam fazer o todo o percurso em apenas 10 minutos, porém devido à concorrência desleal com os carros, esse percurso de apenas 6 km é realizado em 40 minutos em média, isso em horários normais, pois na hora do pico a situação piora ainda mais.
Falta de planejamento
E para deixar a população e os usuários de ônibus mais revoltosos, não existe um projeto sequer de corredor de ônibus para esta via, pena que não temos um Jaime Lerner recifense, pois se tivéssemos, concerteza está via hoje já teria um corredor de ônibus, no qual faria com que muitas pessoas deixassem seus carros nas garagens e usaria o transporte coletivo, pois está é a idéia, fazer com que o ônibus se movimente e os carros fiquem nos engarrafamento dá prioridade ao transporte de massa.


Prejuízos


Devido a falta de planejamento e investimentos, quem paga com tudo isso são as pessoas que muitas vezes não chegam no horário, estudantes que chegam atrasados nas escolas.
Para Especialistas, um dos principais problemas a serem enfrentados pelos motoristas e passageiros de ônibus é o "stress", ou seja, há uma mudança de comportamento.
Para a Psicanalista Priscila Gaspar, O stress no trânsito predispõe as pessoas a acidentes e, sem dúvida, aumenta a violência urbana. São freqüentes as agressões físicas (até casos de homicídio) cujo início está na simples “fechada” que um motorista cometeu...Se pudéssemos utilizar a razão, a qual acreditamos ser atributo do ser humano, nada disso ocorreria. Nossa mente, racional, nos diz o quanto são incoerentes os atos agressivos no trânsito diário.. E será que o motorista que comete tais atos é menos racional? Ou estamos todos nós sujeitos a cometer tais agressões pela incapacidade de controlar os impulsos agressivos de um organismo estressado, preparado fisiologicamente para lutar ou fugir?...
Falta Coragem politíca
Para o ex-prefeito de Bogotá, Henrique Penalosa (video), falta coragem para enfrentar o problema da mobilidade urbana, como tirar os carros estacionados nas ruas e substituir por ciclovias, como priorizar o transporte coletivo, é o que acontece com muitas vias do Recife.
Pensar em colocar vias exclusivas para ônibus em uma das vias mais importantes de Boa Viagem seria enfrentar as classes altas da cidade, essas classes que entulham as vias de carros e prejudicam as classes mais baixas.


Fonte: Meu Transporte

READ MORE - No Recife, Sem Corredor de Ônibus, passageiros ficam mais de 40 minutos presos na Av. Domingos Ferreira

Saiba quais os tipos de Bilhete Único existentes em SP

O Bilhete Único é um cartão que armazena valores em reais para ser utilizado no pagamento de passagens no transporte público da cidade de São Paulo: ônibus, Metrô e trens da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Nos ônibus, é possível pagar apenas uma tarifa e fazer quatro embarques no prazo de até três horas utilizando o Bilhete Único comum, e durante até duas horas utilizando o Bilhete Único Vale-Transporte. Caso o passageiro utilize, além do ônibus, a integração com Metrô ou trem, ele paga apenas a diferença para completar o valor da tarifa integrada.

Existem alguns tipos específicos de Bilhete Único. Veja abaixo as diferenças entre eles:

Comum
Pode ser adquirido por qualquer cidadão nas lojas físicas, postos autorizados da SPTrans, pontos de venda (bancas de jornal, padarias, mercados etc) e em casas lotéricas. Para obter o seu, é preciso fazer uma carga inicial de, no mínimo, cinco tarifas.

Estudante Para obter o benefício, além de estar matriculado em cursos reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação), o aluno deve morar a uma distância superior a 1 km da escola, e nesse trecho deve operar uma linha de ônibus, Metrô ou CPTM que cumpra o percurso residência-escola. O primeiro cartão custa o equivalente a cinco tarifas integrais para o bilhete.

Quem pode utilizar: Estudantes do ensino fundamental, médio e superior, técnico e profissionalizante, mediante cadastramento da escola e solicitação do aluno. Os alunos de cursos pré-vestibular, técnicos e profissionalizantes não reconhecidos pelo MEC, e estágios não têm direito ao Bilhete Único Estudante.

Especial O Bilhete Único Especial Idoso pode ser utilizado no transporte público municipal (ônibus, micro-ônibus). Sua utilização não é válida no Metrô e CPTM. Quem pode utilizar: Homens com 65 anos ou mais e mulheres com 60 anos ou mais.

O Bilhete Único Especial da Pessoa com Deficiência garante o transporte gratuito nos veículos públicos municipais (ônibus, micro-ônibus) e metropolitanos (Metrô e CPTM). Quem pode utilizar: Pessoas com deficiência física, mental, auditiva ou visual, residentes na cidade ou na região metropolitana de São Paulo, que atendam às exigências da legislação vigente.

O Bilhete Único Gestante (Lei nº 11216 de 20/05/92) e Especial/Obeso (Lei nº 11.840 de 28/06/95) é válido para o transporte público municipal (ônibus e micro-ônibus) e apenas permite o desembarque pela porta dianteira, mediante o pagamento da tarifa. Quem pode utilizar: Gestantes a partir do quinto mês de gravidez e obesos também fazem jus à condição de passageiro especial, com a diferença de que ambos pagam a tarifa, podendo embarcar e desembarcar pela porta da frente do veículo.

Mãe Paulistana O Bilhete Único Mãe Paulistana é um benefício que garante o transporte gratuito nos coletivos da cidade de São Paulo (ônibus, micro-ônibus, Metrô e CPTM) para a gestante que faz o pré-natal na rede municipal de saúde.

Quem pode utilizar: Somente as gestantes cadastradas nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) e beneficiadas pelo programa Mãe Paulistana, da Secretaria Municipal de Saúde.

Vale-Transporte É um benefício do trabalhador, fornecido pela empresa. Permite fazer até quatro viagens no período de duas horas, ao custo de apenas uma tarifa. Não há restrição quando o bilhete for utilizado por apenas uma pessoa no ônibus, garantindo integração por duas horas e de até quatro embarques, ao custo de apenas uma tarifa. Mas, para utilizar um mesmo cartão, no mesmo veículo, é preciso aguardar 30 minutos, após a primeira passagem pela catraca. Quem pode utilizar: Qualquer trabalhador tem direito ao Bilhete Único Vale-Transporte.

São Paulo: Justiça dá novo prazo para que rodoviários entrem em acordo

Começa a integração entre CPTM e metrô na estação Pinheiros

Fonte: R7.com

READ MORE - Saiba quais os tipos de Bilhete Único existentes em SP

Em Brasília, Rodoviária fica lotada após paralisação dos ônibus

Após cerca de 30% da frota de ônibus ter parado durante a tarde desta segunda-feira (06), muitas pessoas estão concentradas na Rodoviária do Plano Piloto. Os passageiros se deparam com filas enormes e ônibus lotados. Apesar do grande número de pessoas, nenhuma confusão foi registrada até o momento.

Os ônibus voltaram a circular normalmente no início da noite desta segunda-feira (06) após uma parte frota suspender a meia viagem, que é o momento em que ônibus adicionais circulam nos horários de pico, de 5h às 7h30 e das 16h às 18h. As paralisações devem continuar acontecendo no decorrer da semana, como ficou definido durante assembleia ocorrida no último domingo (05). Os rodoviários reivindicam aumento de 16,69%, jornada de trabalho corrida de seis horas, vale-alimentação além de cesta-básica.

O Sindicato dos Rodoviários decretou que a categoria entrará em greve por tempo indeterminado, a partir da segunda-feira da semana que vem, dia 13 de Junho.

Na última sexta-feira (03), uma reunião, onde se encontravam o secretário dos Transportes, Walter Vasquez, e o diretor do DFtrans, Antônio Campanella, aconteceu para estudar o assunto. Os empresários haviam dito que o aumento salarial dos rodoviários só ocorreria se o GDF reajustasse o preço das passagens. Porém, de acordo com o GDF, a qualidade do serviço é ruim para os passageiros para que pudesse haver um aumento no preço das passagens.

Uma das alternativas analisadas, foi a de que o governo passasse a bancar uma parcela maior do valor pago para o passe estudantil e, com isso, diminuiria os gastos arcados pelos empresários para que pudessem reajustar o salário dos funcionários. O valor pago atualmente pelo GDF varia entre R$ 3 milhões a R$ 4 milhões mensais. Caso a proposta seja aceita, esse valor pode subir para, aproximadamente, R$ 10 milhões mensais. 

Ainda na reunião, o secretário dos Transportes assinou um termo para a compra de 1200 ônibus novos. Trezentos seriam voltados para a Linha Verde e 900 para a substituição dos veículos velhos. 



READ MORE - Em Brasília, Rodoviária fica lotada após paralisação dos ônibus

Em Goiânia, Corredor Norte-Sul terá 43 estações

O corredor Norte-Sul do transporte coletivo terá 43 estações e passará por 7 terminais de integração. Este será o segundo corredor exclusivo para ônibus em Goiânia. O primeiro é o Eixo-Anhanguera, construído há 30 anos. A intervenção é considerada fundamental para elevar a velocidade média do transporte coletivo, que caiu de 19,6 para 14,1 quilômetros por hora nos horários de pico na capital. Andando mais devagar, apenas 59% das viagens são cumpridas no horário, segundo estudo elaborado pelo Consórcio da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC).

No eixo Norte-Sul, serão construídos três novos terminais: nos Correios da Vila Brasília, na Rodoviária e na Avenida Perimetral. Outros quatro serão adaptados. Conforme a Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC) divulgou ontem, as estações serão construídas no centro das vias, a 90 centímetros do solo, e serão fechadas com vidro. Quando os ônibus pararem, as portas se abrirão ao passageiro por meio de dispositivo eletrônico. As estações serão bidirecionais, tais como as do Eixo-Anhanguera. O espaço será climatizado, possuirá câmeras de vídeo e painéis de informação eletrônica.

O corredor Norte-Sul será operado com a tecnologia BRT (ônibus de trânsito rápido, pela tradução do inglês), modalidade tida como a evolução do metrô. Terá 27 quilômetros, entre a capital e Aparecida de Goiânia. A CMTC também informou que os 14 corredores preferenciais em Goiânia somarão 102 quilômetros, com 546 pontos de embarque e desembarque e outro três pontos de conexão.


Fonte: O Popular

READ MORE - Em Goiânia, Corredor Norte-Sul terá 43 estações

Ministério autoriza crédito de R$ 293 milhões para obras de mobilidade em Natal

O Ministério da Fazenda e a Secretaria do Tesouro Nacional enviaram, nesta segunda-feira, carta à prefeita de Natal, Micarla de Sousa, com o aval positivo e a aprovação da operação de crédito entre a Prefeitura do Natal e a Caixa Econômica Federal para a execução das obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014. O documento constata o cumprimento de todos os prazos e requisitos prévios à contratação e, ainda, garante que a Prefeitura do Natal está apta a contratar os R$ 293 milhões destinados à execução de empreendimentos integrantes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) voltados para o Mundial da Fifa.

A Prefeitura vem cumprindo todas as etapas e, com esta garantia, Natal dá mais um passo para a realização deste evento que vai beneficiar toda a população natalense. A cidade foi contemplada com o maior volume de investimentos de mobilidade urbana para a Copa de 2014 (R$ 338 milhões), o que garante obras de infraestrutura necessárias para a realização do evento. "Este é mais um passo importante. Estamos lutando para acelerar a conclusão dos projetos executivos para o início das obras. Ultrapassamos etapas mais complicadas. Temos a garantia dos recursos", destacou a prefeita Micarla de Sousa.

A contratação dos R$ 293 milhões envolve a construção do corredor estrutural Oeste, com faixa exclusiva para ônibus na BR-226, do Complexo Viário em frente à Urbana; reestruturação geométrica da Av. Capitão Mor Gouveia, incluindo a construção de pontilhão elevado e viaduto; entroncamento da Av. Capitão Mor Gouveia com a Av. Prudente de Morais; entroncamento da Av. Prudente de Morais com a Rua Raimundo Chaves; entroncamento da Av. Prudente de Morais com a Av. Lima e Silva; entroncamento da Av. Lima e Silva com a Av. Romualdo Galvão; entroncamento da Av. Sen. Salgado Filho com a marginal da mesma via; entroncamento da Av. Capitão Mor Gouveia com a Av. Sen. Salgado Filho.

No PAC II, Natal também já possui a garantia de recurso, junto ao Governo Federal, na ordem de R$ 180 milhões para obras de drenagem, urbanização e pavimentação em diversas áreas de Natal. O projeto contempla o túnel de drenagem a ser localizado na área onde será construído o estádio Arena das Dunas. O projeto está orçado em R$ 126 milhões. A Prefeitura do Natal aguarda resposta do Governo Federal sobre a aprovação de novos projetos nas áreas de mobilidade urbana e drenagem, que somam mais de R$ 371 milhões. Para a construção de creches, praças, unidades de saúde e quadras, também são aguardados R$ 21 milhões.


READ MORE - Ministério autoriza crédito de R$ 293 milhões para obras de mobilidade em Natal

Após queixas de usuários, Curitiba vai mudar suas ciclovias

Curitiba tem cem quilômetros de ciclovias, uma das maiores malhas do País - esse trecho representa, por exemplo, a distância entre São Paulo e Campinas ou Rio de Janeiro e Teresópolis. O uso de bicicletas está incorporado ao cotidiano da cidade. Porém, ao longo dos últimos meses tem havido um número crescente de reclamações e protestos contra as condições das vias, principalmente por conta de falta de segurança e ausência de ligação entre elas. A prefeitura concorda com algumas delas e prepara mudanças no desenho das faixas.
Na capital paranaense, essas críticas levaram ao surgimento de um grupo interessado em mudar a concepção do uso da bicicleta, chamado "Bicicletada Curitiba". Vista geralmente como meio de lazer, o que os membros da Bicicletada pretendem é que o setor público seja, de fato, um meio de transporte.
“Temos uma rede mal cuidada, sem sinalização adequada e falta de uma política que mostre que o carro tem que respeitar a bicicleta e o pedestre”, critica o professor Jorge Brand, que prefere utilizar a bicicleta sempre que possível.
Para outro participante da Bicicletada de Curitiba, Gabriel Nogueira, resolver a questão não é complicado. “A infraestrutura já existe, com as milhares de ruas asfaltadas podem ser compartilhadas com as bicicletas. Só falta a prefeitura pintar algumas baratas e seguras ciclofaixas”, reforça. Ele cita ainda exemplos de cidades como Bogotá, Barcelona e Londres que incluíram a bicicleta no projeto urbanístico.
A fiscalização das ciclovias de Curitiba é feita pela Ciclo Patrulha, um grupo da guarda municipal. O problema é que, em muitos pontos, a ciclovia é um espaço compartilhado com o pedestre.

READ MORE - Após queixas de usuários, Curitiba vai mudar suas ciclovias

Teste da linha Sul do Metrô de Fortaleza está previsto para este mês

Está agendado para o próximo dia 20 o teste da Linha Sul do Metrô de Fortaleza e dia 20 a entrega de trens da Linha Oeste, segundo o Governo do Estado. A data foi definida nesta segunda-feira em reunião no Palácio da Abolição entre o governador do Ceará, Cid Gomes, e o secretariado.
Definida também a data de inauguração do Terminal de Múltiplo Uso do Porto do Pecém (TMUT), que será 5 de agosto deste ano. O investimento do empreendimento é avaliado em R$ 410 milhões, e irá atender a demanda de movimentação de contêineres.
Na reunião ficou marcado para dia 4 de agosto o início da terraplanagem do terreno onde será implantada da Siderúrgica do Pecém. O investimento previsto da Compania Siderúrgica do Pecém (CSP) é da 4 bilhões de dólares.
Além das datas, foram apresentados projetos a serem executados até 2014, último ano de gestão do governador Cid Gomes. Entre os projetos estão universalização do abastecimento de água potável, formação de médicos especialistas para hospitais públicos e desenvolvimento da pesca.


Fonte: G1.com.br

READ MORE - Teste da linha Sul do Metrô de Fortaleza está previsto para este mês

Em Aracaju, Cadastramento biométrico é para usuários acima dos 60 anos que utilizam o transporte coletivo

Teve início na manhã desta segunda-feira, 6, o cadastramento biométrico para usuários do sistema de transporte coletivo acima de 60 anos. O primeiro local que está recebendo o cadastro é o Centro de Referência de Assistência Social localizado na Avenida Canal 4, no conjunto Augusto Franco. O cadastramento biométrico é realizado a partir das 7h30 às 17h30.
No ato do cadastramento as atendentes irão solicitar, automaticamente, o cartão Mais Aracaju Gratuidade, o novo passaporte dos idosos para o transporte público. A previsão do Sindicato das Empresas de Transporte (Setransp) é que a partir do segundo semestre o Finger (equipamento que está sendo instalado nos ônibus para realizar a leitura da digital) já esteja em pleno funcionamento. Dessa forma, os idosos não utilizarão mais a carteira de identidade e poderão transitar livremente pelo interior dos ônibus.
O usuário Eduardo Conceição Farias conta que utiliza o ônibus coletivo diariamente. “Praticamente todos os dias em uso o coletivo, com esse cadastramento vai melhorar porque aí a gente irá passar direto. Sempre tem lugar, mas às vezes a gente não encontra e o jeito é ficar em pé mesmo. Acredito que esse sistema vai facilitar já que poderemos nos descolar para o fundo do ônibus também”, afirma.
De acordo com a gerente de produtos da Setransp, Andréa Aragão, a previsão é que todo o cadastramento na cidade seja realizado até o mês de agosto. “Estamos iniciando o cadastramento hoje aqui no Cras do Augusto Franco e devemos realizar esse trabalho em todos os Cras até o mês de agosto. Estamos cadastrando inicialmente 100 pessoas por dia. O horário de funcionamento é das 7h30 às 17h30”, ressalta.
Por Bruno Antunes (Infonet)

READ MORE - Em Aracaju, Cadastramento biométrico é para usuários acima dos 60 anos que utilizam o transporte coletivo

Em Fortaleza, Terminal de Messejana recebe mutirão de organização de filas

O terminal de ônibus de Messejana recebe, a partir desta segunda-feira, 6, um “mutirão de organização de filas”. Até a próxima sexta-feira, 10, de 5h às 9h, cerca de 60 agentes estarão de prontidão nas plataformas do terminal para tentar garantir o embarque seguro dos passageiros.

O projeto, de iniciativa da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), já mobilizou mais de 500 mil usuários dos terminais de ônibus do Siqueira, da Parangaba e do Papicu. O objetivo é estimular o respeito entre os usuários do serviço de transporte coletivo, enfatizando o cuidado com idosos, gestantes e crianças.

Fonte: O Povo Online

READ MORE - Em Fortaleza, Terminal de Messejana recebe mutirão de organização de filas

Araraquara lança campanha contra música alta sem fone em ônibus

Uma campanha lançada no início de junho pela Companhia Tróleibus de Araraquara (CTA), administradora do transporte coletivo da cidade, tenta coibir a música alta sem fone em ônibus. O passageiro que estiver incomodando os demais com o som será obrigado a desligar o aparelho. Se não respeitar a determinação, será convidado a se retirar do veículo.

“O motorista não vai prosseguir viagem enquanto a pessoa não desembarcar ou desligar o aparelho”, disse Nelson Brito dos Santos, diretor técnico da CTA. A ideia surgiu após constantes reclamações dos usuários do transporte coletivo da cidade. “Algumas músicas têm palavras obscenas”, completou dos Santos.

Adesivos no interior dos ônibus alertam os passageiros sobre as novas medidas e também buscam incentivá-los a usar os fones. Segundo dos Santos, cada passageiro terá o papel de fiscal, a exemplo de motoristas e cobradores.



Projeto de leiUm projeto de lei em discussão na Câmara Municipal se propõe a tratar do incômodo do som em vias públicas.

O texto, de autoria do vereador Elias Chediek, sugere “a proibição do uso de aparelhos de som, portáteis ou instalados em veículos automotores estacionados ou em movimento, nas vias e logradouros públicos, nos horários e nas condições que estabelece e dá outras providências”. O assunto ainda não foi votado.

Fonte: EPTV

Share |
READ MORE - Araraquara lança campanha contra música alta sem fone em ônibus

Estudo da viabilidade do sistema de transporte VLT em Cuiabá sai esta semana

O presidente da Agecopa, Éder de Moraes, afirmou, hoje, que esta semana deve ser entregue o laudo técnico de uma empresa especializada para analisar a implantação do veículo leve sobre trilhos (VLT) em Mato Grosso. Para ele, esta modalidade de transporte é mais moderno e vai proporcionar um transporte coletivo de qualidade para os moradores de Cuiabá e Várzea Grande. Outro benefício deste sistema de transporte é o número menor de desapropriações.

O estudo encomendado pelo governador Silval Barbosa (PMDB) tem como finalidade analisar o número de desapropriações, valor da tarifa e a real viabilidade do sistema visando a Copa do Mundo de 2014. O maior receio do governo é com relação ao valor da tarifa do transporte, que é um fator que poderia inviabilizar o projeto, segundo o próprio Silval Barbosa anteriormente.

Conforme Só Notícias já informou, o presidente da Assembleia Legislativa e principal defensor deste sistema de transporte, José Riva (PP), disse que a principal saída para a implantação do novo sistema de transporte seria viável em uma Parcerias Público-Privadas (PPP) entre o governo do Estado e a iniciativa privada. O empreendimento, segundo ele, poderia ser realizada dentro de 24 meses.



READ MORE - Estudo da viabilidade do sistema de transporte VLT em Cuiabá sai esta semana

Fortaleza: Projeto proíbe motoristas de transporte coletivo acumular função de cobrador

Várias empresas de ônibus em Fortaleza e outras capitais utilizam dispensaram o trocador em algumas linhas e o próprio motorista passa a receber o pagamento das passagens. 
Mas, essa prática pode estar com os dias contatos, caso vire lei um projeto (PL-2163/03) em tramitação na Câmara dos Deputados. A proposta é do deputado Vicentinho, do PT paulista, e está pronta para ser votada na Comissão de Trabalho.
Segundo o autor, os motoristas de ônibus que acumulam a função correm mais risco de acidentes e são submetidos a situações-limite de estresse, porque além de se preocuparem com o trânsito devem dar atenção aos passageiros.
Vicentinho argumenta ainda que o acúmulo da função de cobrador elimina um número importante de postos de trabalho no país.
Relator do projeto na Comissão de Trabalho, o deputado Assis Melo, do PCdoB gaúcho, apresentou parecer favorável à proposta. Assim como Vicentinho, Assis Melo também acredita que o acúmulo de funções coloca em risco a vida dos passageiros.
Para o presidente da Associaçao Nacional das Empresas de Transportes Urbanos, Otavio Cunha, a proposta é um retrocesso. Mas ele explica que a tendência mundial é o fim da função de cobrador para a adoção de sistemas mais modernos, como o de cartões magnéticos, já implantados em cidades brasileiras como Goiânia, Recife e Florianópolis.
"Esse projeto é uma volta ao passado. Hoje, com a tecnologia da informação, com os sistemas de bilhetagem eletrônica que estão sendo implantados, com os novos corredores agora - os corredores exclusivos - essa figura do cobrador não vai existir mais. Não quer dizer que nós vamos pegar os cobradores e mandar embora. Eles serão aproveitados em outras atividades."
Como o projeto foi rejeitado em 2007 pela Comissão de Transportes, caso seja aprovado na Comissão de Trabalho e na CCJ, precisará ser votado pelo Plenário da Câmara dos Deputados.


READ MORE - Fortaleza: Projeto proíbe motoristas de transporte coletivo acumular função de cobrador

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960