Transporte público e mobilidade urbana é problema em seis sedes da Copa

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Mário Negromonte, ministro das Cidades, admitiu nesta quarta-feira que seis das 12 cidades que sediarão jogos da Copa do Mundo de 2014 apresentam problemas com o sistema de transportes. Falando durante a cerimônia de formatura de novos diplomatas, em Brasília, ele alegou que o papel da União “é mobilidade urbana e vamos ter que ter a responsabilidade de levar o torcedor até a catraca” dos estádios, sendo que a redução da burocracia nas licitações pode solucionar o problema.

Evitando citar os municípios que apresentam problemas, Negromonte (que pediu atuação mais forte de prefeituras e governos municipais) salientou que os problemas são diferentes, ocorrendo do ponto de vista jurídico, ambiental ou para a realização das licitações. Se o ministro não citou as cidades, uma pista pode vir de recente relatório do Tribunal de Contas da União, que inclui a possibilidade de atraso em construções em Brasília, São Paulo, Recife, Fortaleza e Manaus.

Fonte: Uol

READ MORE - Transporte público e mobilidade urbana é problema em seis sedes da Copa

No Recife, Empréstimo para construção da Via Mangue é assinado

Foi assinada, nesta quarta-feira (20), a liberação do empréstimo do governo federal para a construção do complexo viário, que é esperança de desafogar o trânsito do Recife. A informação foi repassada pelo Ministério das Relações Institucionais, Luiz Sérgio Nóbrega de Oliveira, ao deputado federal Fernando Ferro (PT). O valor não foi divulgado.

Na semana retrasada, o prefeito João da Costa esteve em Brasília para viabilizar o aporte dos recursos para este projeto. Como a licitação já foi feita, este é o passo que faltava para o começo das obras. Em março, a construtora Queiroz Galvão venceu o processo licitatório para a construção da Via Mangue.

O viário da Via Mangue, com 4,75 km de extensão, será composto por faixas de rolamento para veículos, calçadas para pedestres e ciclovia. No sentido Centro / Boa Viagem, a via terá 4,75km. Já no sentido Boa Viagem/Centro, a extensão é de 4,37km. Esta obra engloba ainda a construção de dois elevados por sobre a Rua Antônio Falcão, em Boa Viagem; de oito pontes (sendo cinco para manutenção do mangue); duas alças de ligação, alargamento da Ponte Paulo Guerra e do Viaduto Capitão Temudo, além de uma passagem semi enterrada.

Esta será a primeira via expressa do Recife, com velocidade média de 60km/h. Ela não possuirá semáforos ou cruzamentos de tráfego e contemplará ainda a acessibilidade para deficientes e idosos.





READ MORE - No Recife, Empréstimo para construção da Via Mangue é assinado

Em São Paulo, Corredor de ônibus na Domingos de Moraes será ativada em horários de pico, somente no sentido do centro

A Prefeitura de São Paulo vai inaugurar na segunda-feira um corredor de ônibus reversível e pela metade na Rua Domingos de Moraes, entre as Ruas Santa Cruz e Afonso Celso, nos bairros de Vila Mariana e Paraíso, zona sul. A faixa exclusiva para coletivos será ativada nos horários de pico apenas no sentido centro.


No sentido bairro, as obras de alargamento da Domingos de Moraes, necessárias para viabilizar o corredor, devem demorar de dois a três meses para ser concluídas, de acordo com o que informou ontem a Secretaria Municipal de Transportes.

O corredor tem quatro quarteirões - cerca de 700 metros -, servirá a 12 linhas de ônibus municipais e funcionará seis horas por dia, das 6h às 9h e das 17h às 20h. Aproximadamente 145 mil passageiros são usuários dos coletivos que vão trafegar no corredor reversível - modelo já usado em outras faixas exclusivas para coletivos da capital, afirma a gestão Gilberto Kassab.

Segundo a Secretaria de Transportes, as mudanças têm como objetivo "dar maior fluidez ao transporte coletivo e ao tráfego local, minimizando um crítico gargalo no trânsito".

Questionada sobre o porquê de a faixa exclusiva ser aberta apenas em um sentido, a pasta disse que, mesmo que parcial, a medida já terá um impacto significativo para a fluidez do trânsito na região, especialmente com a desativação da conversão à esquerda da Rua Afonso Celso para a Domingos de Moraes, com o fechamento do cruzamento no sentido Ibirapuera.

Para ativar a faixa reversível destinada aos ônibus, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) alargou a pista da Domingos de Moraes no sentido da região central e anunciou algumas mudanças viárias.

A travessia de pedestres no cruzamento da Domingos de Moraes com a Afonso Celso será desativada e um semáforo exclusivo para pedestres será colocado na Domingos de Moraes com a Rua Francisco Cruz.

No trecho do corredor reversível, o horário de funcionamento da zona azul passará a ser entre 9h e 17h. O lado esquerdo da Rua Afonso Celso, entre as Ruas Monsenhor Manuel Vicente e Domingos de Moraes, será liberado para estacionamento de veículos.

No próximo sábado, como preparação para abrir o corredor na segunda-feira, a CET vai instalar na região 2,1 mil m² de sinalização horizontal e 30 placas de sinalização vertical.

A companhia diz que acompanhará as mudanças viárias e orientará motoristas e usuários, que podem obter mais informações pelos telefones 156, da SPTrans, e 1188, da CET, que gerencia o trânsito na capital.


Fonte: Estadão

READ MORE - Em São Paulo, Corredor de ônibus na Domingos de Moraes será ativada em horários de pico, somente no sentido do centro

Em Campo Grande, Entrou em operação ônibus executivo saindo do aeroporto da Capital

Entrou em circulação no aeroporto internacional de Campo Grande, dois ônibus executivos que transportam os passageiros que chegam ao local, para os hotéis onde ficarão hospedados. O serviço executado pela Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano (Assetur) foi determinado pela Prefeitura de Campo Grande, por meio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran). Ontem o primeiro trajeto levou 11 turistas para os hotéis.

A tarifa terá valor diferenciado, no valor de R$ 8, porém o trajeto dos veículos será combinado entre os motoristas e passageiros que embarcarem, a fim de levá-los aos hotéis em que estiverem hospedados.

De acordo com o diretor-presidente da Agência, Rudel Espíndola Trindade Júnior estão em funcionamento dois ônibus e devido aos eventos que estão em acontecendo em Campo Grande, a partir de hoje, mais um veículo fará o reforço da linha. “Desde o início da semana a Capital conta com eventos como a Expogrande, congresso médico e temos ainda o feriado de páscoa, por isso a solicitação de ônibus reserva”, explica.

Para o presidente da Assetur, João Rezende o compromisso firmado com a Prefeitura é oferecer ao visitante um transporte ágil e confortável, já que o aeroporto é um dos cartões de visita da cidade. “Cumpriremos assim a determinação do prefeito Nelsinho Trad de disponibilizar um serviço de qualidade, a principio realizando somente o serviço de desembarque dos passageiros nos hotéis e, posteriormente estamos planejando o serviço de embarque dos hotéis para o aeroporto de Campo Grande”, detalha Rezende.



READ MORE - Em Campo Grande, Entrou em operação ônibus executivo saindo do aeroporto da Capital

Curitiba: Passageiros aprovam Ligeirão azul e destacam rapidez e segurança

A pontualidade, rapidez e o conforto dos Ligeirões agradaram os usuários do sistema de transporte público de Curitiba nos primeiros dias de uso dos novos biarticulados na linha Expresso Boqueirão. “Os ônibus, além de maiores, são rápidos e chegam ao meu destino em 20 minutos”, disse a dona de casa Zenilda que fez sua primeira viagem no Ligeirão nesta terça-feira.

O novo ônibus usou o tempo notado por Zenilda nos 10 quilômetros entre o Terminal do Boqueirão e a Praça Carlos Gomes – centro de Curitiba. Zenilda usa ônibus até quatro vezes por dia e fez questão de usar o novo ônibus. “Eu tenho duas amigas que não usam ônibus, mas já pegaram os filhos para viajar no Ligeirão”, disse.

Conforto - O diretor de Transporte da Urbs, Lubomir Ficinski, adianta que o tempo de viagem dos biarticulados, com parada em todos os tubos, é de 30 minutos, e os novos Ligeirões com viagem de 20 minutos, atendem as “expectativas de quem precisa se deslocar com conforto e rapidez”, diz. Os ligeirões têm apenas quatro paradas: terminais Carmo e Hauer e nas estações-tubo do TRE e da UTFPR.

A pedagoga Natalie, que diariamente se desloca no eixo, também gostou da novidade. “Jamais andei em um ônibus com tanto conforto, de cores claras, e que é o maior do mundo, mas desde já sou passageira cativa”, disse.

Surpresa – A primeira viagem a bordo do novo ônibus surpreendeu o motorista José, que duas vezes por semana visita a filha, que mora no Boqueirão. “Durante 20 anos, dirigi ônibus urbanos, acompanhei o desenvolvimento dos carros, mas estou surpreso com o conforto e a tecnologia, além do uso da eletrônica dos motores, o que facilita bastante o manuseio com os ônibus atualmente fabricados”, relata.

A rapidez também foi notada por Miriam, comerciária que trabalha no centro e estuda, à noite, no Boqueirão. Miriam disse que a frota de biarticulados com 28 metros soluciona o problema dos constantes horários superlotados. “Ideias e propostas neste sentindo deve ser estendida em todo sistema de transporte coletivo”, sugere.

Segurança - “A nova cor azul chama a atenção, é bonita, e mesmo nas horas de maior movimento, quando mais pessoas usam ônibus, o atendimento continua bom. Isto porque a freqüência entre um e outro coletivo não é maior que cinco minutos, o que mostra o bom funcionamento da linha”, diz a dona de casa Glaci, que faz até quatro deslocamentos diários, em companhia da sobrinha Luana e da neta Rafaela, de dois anos.

Glaci chamou a atenção para o detalhe do embarque do carrinho de Rafaela, feito em nível, sem necessidade de uso de degraus. “O carrinho fica na área destinada aos deficientes físicos, mas muda de lugar se um deles ocupa o espaço, mas é importante lembrar que os motoristas redobram os cuidados no caso desses embarques, o que é uma tranquilidade para quem conta com ônibus cada vez mais seguros e confortáveis”, destacou.

Fonte: ABN News




READ MORE - Curitiba: Passageiros aprovam Ligeirão azul e destacam rapidez e segurança

Empresas de ônibus e de avião disputam passageiros no feriadão

Nos últimos anos, tem crescido muito o número de passageiros de avião, no Brasil. Em março, foi 25% maior do que em março do ano passado. Isso acabou provocando uma reação das empresas de ônibus e uma guerra de preços.

Sala vip com ar condicionado, água e cafezinho. O bilhete pode ser comprado pela internet e retirado na máquina de autoatendimento. Na hora de embarcar, tapete vermelho, lanchinho, segurança reforçada e conforto garantido. Na rodoviária de São Paulo, as empresas de ônibus estão fazendo de tudo para conquistar os viajantes.

“A ideia toda é essa mesmo, realmente competir com o avião com serviço diferenciado”, explicou o gerente de empresa de ônibus Marcelo Correia.

“Estamos mimando o passageiro. A gente tem quase que carregar ele no colo”, disse o gerente de empresa de ônibus Marcos Antonio Porto.

Andréia saiu do Rio de avião, não achou passagem na volta e resolveu pegar o ônibus leito. Não ficou nem um pouco chateada. “No avião, as poltronas são mais estreitas e o ônibus, sem comparação, é bem mais confortável, as poltronas são largas e sem contar o espaço que tem”.

Conforto é bom e todo mundo gosta, mas para muitos passageiros o tempo de duração da viagem é muito importante e o preço da passagem também.

As companhias aéreas fazem promoções e as empresas de ônibus contra-atacam com descontos. Assim os preços ficam cada vez mais próximos.

Na a comparação de algumas tarifas promocionais, é possível ir de São Paulo para o Rio de Janeiro de avião por cerca de R$ 119,00, o mesmo preço do ônibus leito. A passagem de ônibus comum pode sair por R$ 64,50.

Com sorte dá até para voar de São Paulo para Florianópolis por R$ 69. A tarifa promocional do ônibus sai mais cara: R$ 91.

E para Fortaleza a passagem aérea com desconto pode custar R$ 209 contra R$ 329 do ônibus. Para ir longe assim, o tempo de viagem faz muita diferença 3 horas de voo contra 44 horas de estrada.

“Em um hora e quinze eu estou em Porto Alegre. De ônibus são 18 horas. Faz muita diferença”, lembrou o gerente comercial Marcelo Barreta.

Mas quando o assunto é conforto e pontualidade: “Poltrona nada confortável, lanche a gente chega a ficar enjoado, nem gosto mais de comer”, contou a professora Edneia Lopes.

Fonte: Jornal Nacional

READ MORE - Empresas de ônibus e de avião disputam passageiros no feriadão

Ponta Grossa: Usuários sem cartão podem pagar R$ 2,50 pela tarifa

Com a proposta de que sejam criadas duas tarifas distintas para os usuários do transporte coletivo municipal, as pessoas que não usam o sistema de bilhetagem eletrônica poderão pagar até R$ 2,50 pelo embarque, conforme acredita o presidente do Sindicato dos Transportadores de Passageiros de Ponta Grossa e Região e membro do Conselho Municipal do Transporte (CMT), Noel Machado da Silva. Em contrapartida, os usuários que possuem o cartão com créditos deverão pagar R$ 2,35 pelo serviço, seguindo o reajuste definido pelo CMT em março.
Ainda ontem, no final da tarde, o Sindicato dos Transportadores de Passageiros definiu que o reajuste na remuneração da categoria será de 7,5%, elevando o piso dos trabalhadores para R$ 1.220,98. Com a definição, a Viação Campos Gerais (VCG), responsável pelo transporte coletivo municipal, poderá encaminhar um novo estudo para a Prefeitura, propondo aumento no valor da tarifa para os usuários, que hoje é de R$ 2,20.





READ MORE - Ponta Grossa: Usuários sem cartão podem pagar R$ 2,50 pela tarifa

Integração do transporte coletivo de Ipatinga acontece a partir do dia 29

A partir do dia 29 de abril, o transporte coletivo de Ipatinga será integrado. A Prefeitura de Ipatinga e a Autotrans, empresa concessionária do serviço no município, já deram início a divulgação. Nos últimos dias representantes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) estiveram reunidos com lideranças comunitárias, empresários, Polícia Militar, Conselho de Trânsito e também os vereadores para apresentar o projeto.
Para o prefeito de Ipatinga, Robson Gomes a população tem muito a ganhar com esta mudança. “O sistema integrado permite uma economia considerável para quem usa o transporte público. Por exemplo, se a pessoa vem do Taúbas e quer ir ao Bom Retiro e não tem uma linha direta. Hoje, ele tem que pagar duas tarifas. Com o sistema, ele poderá integrar em qualquer ponto da cidade pagando apenas uma tarifa”, explica. Além disso, Robson destaca outro benefício. “Se o cidadão mora no São Francisco e quer ir à região central do Bethânia ele fará o percurso de ida e volta e pagará também uma tarifa”, informa.
A população vai perceber de imediato os benefícios que o novo sistema trará para todos. A programação funcionará em todos os bairros e deve passar por ajustes de acordo com a necessidade de cada localidade. O estudo que orientou e definiu as mudanças foi realizado com base em um diagnóstico do atual sistema de transporte.
O sistema de transporte público está sendo reestruturado para melhor atender à população. O projeto a ser implantando prevê o sistema de integração que vai possibilitar aos usuários maior mobilidade para chegar ao destino pagando apenas uma tarifa. A mudança vai tornar o transporte coletivo ainda mais eficiente. De acordo com a Sesuma, para este sistema o usuário deve usar a bilhetagem eletrônica. Todas as informações de novos itinerários serão disponibilizados em sites e panfletos da administração Municipal e empresa concessionária do serviço.
O secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Rodrigo Resende lembrou que o projeto de reestruturação do transporte também vai redimensionar as linhas aumentando a oferta de horários aos usuários. “Vamos redimensionar as linhas e horários. Juntamente com a comunidade e o Legislativo foi feito um levantamento para atender a necessidade da cidade”, frisa. Outras informações pelo 3823-9190 ou pelos sites: ipatinga.mg.gov.br e autotrans.com.br. A partir desta quarta-feira (20) haverá tendas em pontos estratégicos para informar a comunidade: Bom Jardim (Praça Central), Bethânia (em frente ao Bretas), Canaãzinho (Praça Central ), Cariru (em frente ao Hospital), Centro (Praça 1º de Maio) .


READ MORE - Integração do transporte coletivo de Ipatinga acontece a partir do dia 29

Em Cascável, Tarifa de ônibus vai custar R$ 2,40

O valor da passagem do transporte coletivo urbano de Cascavel passará de R$ 2,20 para R$ 2,40 a partir do dia 29 de abril, uma diferença de 9,1%. O reajuste foi publicado nesta quarta-feira (20) no Diário Eletrônico do Município, sob o Decreto 9.885/2011.
 “O aumento é necessário para reposição de valores dos insumos que compõem a planilha de preços do transporte coletivo, que sofreu aumento, nos últimos dois anos, na ordem de 10,41%”, disse o presidente da Cettrans, Jorge Lange.
O último aumento na tarifa em Cascavel foi em novembro de 2008 e, desde então, a Companhia já registrou dois aumentos nos salários dos funcionários do transporte coletivo, além de enfrentar reajustes em insumos como pneus, combustíveis, lubrificantes e o valor dos novos ônibus, sem repassar os valores à população.

Fonte: CGN




READ MORE - Em Cascável, Tarifa de ônibus vai custar R$ 2,40

Em São Paulo, Domingos de Morais ganha faixa só para ônibus

Começa a funcionar na próxima segunda-feira uma faixa exclusiva de ônibus na rua Domingos de Morais, na Vila Mariana (zona sul de SP), durante o horário de pico. O corredor estará disponível no sentido centro, do lado direito da via, e terá 750 metros de comprimento --entre as ruas Santa Cruz e Doutor Afonso Celso.
Carros de passeio e motos não poderão invadir a faixa de segunda a sexta, das 6h às 9h e das 17h às 20h. De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o objetivo da medida é dar "maior fluidez ao transporte coletivo e ao tráfego local".
O espaço para o corredor foi aberto com obras de alargamento da pista, que diminuíram o canteiro central. As obras no sentido bairro da rua Domingos de Morais ainda não foram concluídas.


Fonte: Agora São Paulo

Share |
READ MORE - Em São Paulo, Domingos de Morais ganha faixa só para ônibus

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960