Ônibus de São Paulo terão Painéis Indicadores de Velocidade

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

A partir deste ano, os ônibus da cidade de São Paulo passarão a circular com um Painel Indicador de Velocidade, visível a todos os passageiros. A medida vai permitir um maior controle da velocidade praticada pelos motoristas, uma vez que, na cidade, os ônibus devem circular com a velocidade máxima de 60 km/h. Em algumas regiões a velocidade máxima é de 40 km/h e, nos corredores, os coletivos não devam passar de 50 km/h.
O equipamento é uma inovação nos transportes públicos e já está em teste em um veículo híbrido, operado pela Via Sul Transporte. As empresas têm até dois anos para instalá-lo em toda a frota. Após esse período, caso não o tenham feito, serão autuadas.

PNDV
O equipamento é denominado PNDV (Painéis Digitais Numéricos Indicadores de Velocidade). A lei que deu origem ao dispositivo estabelece que ele deva ser ligado ao tacógrafo - que mede a velocidade, o tempo de uso e a distância percorrida pelo veículo - e seja de fácil visualização dos passageiros que estiveram dentro do coletivo.

Os primeiros veículos a terem o equipamento serão os ônibus novos. Pelo contrato firmado com as empresas, um ônibus precisa obrigatoriamente ser trocado toda vez que completar dez anos em circulação.

Caberá à SPTrans estabelecer o cronograma de instalação dos equipamentos. Se o prazo for desrespeitado e o ônibus for flagrado circulando sem o PNDV, terá de pagar multa de R$ 180, que dobra em caso de reincidência (R$ 360).

Dados da SPTrans apontam que a idade média da frota circulante em dezembro de 2010 na cidade de São Paulo era de cinco anos e sete meses (no caso das concessionárias) e de três anos e um mês no caso dos permissionários.

A obrigatoriedade é prevista desde o ano de 2007, após a publicação de uma lei de autoria do vereador Aurélio Miguel (PR), a de número 14.645, mas só agora sairá do papel.

Fonte: SPTrans
READ MORE - Ônibus de São Paulo terão Painéis Indicadores de Velocidade

Prefeitura lança Ciclofaixa Campinas – Cidadania em Movimento

O prefeito de Campinas, Dr. Hélio de Oliveira Santos, lançará nesta quarta, dia 19 de janeiro, às 10 horas, a Ciclofaixa “Campinas – Cidadania em movimento, na Sala Azul da Prefeitura de Campinas, que ligará o Centro ao Taquaral.

 A nova ciclofaixa terá 18 km de extensão (percurso de ida e volta) e funcionará exclusivamente aos domingos e feriados, no período das 7h às 13h.

O início de operação da Ciclofaixa está marcado para o próximo domingo, dia 23 de janeiro.

Participarão da entrevista coletiva o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas – EMDEC, Gerson Luis Bittencourt; e de Esportes e Lazer, Gustavo Petta; pastas que coordenam o projeto.

Durante a entrevista coletiva, serão apresentados detalhes do projeto, mapas, horários, toda a sinalização adotada, as alterações no transporte e trânsito, serviços e atividades de lazer e esportivas que serão disponibilizados.

Fonte: EMDEC
READ MORE - Prefeitura lança Ciclofaixa Campinas – Cidadania em Movimento

Comunicado aos Clientes do Transporte Coletivo de Campo Grande

Devido à necessidade da execução de melhorias no sistema de bilhetagem eletrônica do transporte coletivo, comunicamos que nos dias 22 e 23 de janeiro de 2011 os serviços de venda e recarga de créditos do passe eletrônico ficarão inativos.

A operação será restabelecida normalmente no dia 24 de janeiro, segunda-feira.

Fonte: Assetur
READ MORE - Comunicado aos Clientes do Transporte Coletivo de Campo Grande

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960