Metrô Rio: cartões especiais para réveillon estão à venda nas estações Central, Carioca e Largo do Machado

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Os cartões especiais para ingresso no metrô na noite de réveillon agora estão à venda apenas nas estações Central, Carioca e Largo do Machado. Os passageiros interessados podem comprar o ingresso das 8h às 21h, com exceção do dia 31, em que a venda será encerrada às 19h.
O Metrô Rio informou que ainda há cartões para todos os horários, mas vale evitar filas e garantir logo o cartão para os horários mais requisitados: 21h e 22h. Cada cliente pode comprar até dez cartões por vez.
Os cartões de ida e volta com desconto custam R$ 5,00 e o cartão apenas de ida ou de volta sai pelo valor normal da tarifa, R$ 2,80. Ao comprar a ida e a volta antecipadamente, o passageiro economiza na tarifa e contribui para causas sociais: toda a renda líquida da venda será revertida para as ONGs Entre Amigas e Ressurgir.
Como todo ano, o embarque para a festa tem horário pré-determinado, entre 19h e meia-noite, e será permitido apenas com os cartões especiais, vendidos por faixa de horário, com validade de uma hora. Já a volta poderá ser feita de meia-noite às 7h do primeiro dia do ano exclusivamente pelas estações Ipanema/General Osório, Cantagalo, Siqueira Campos, Cardeal Arcoverde e Largo do Machado. As demais estações das Linhas 1 e 2 estarão abertas apenas para desembarque neste horário.
Os cartões gratuidade, pré-pago, bilhetes de integração e VT eletrônico não serão aceitos durante a operação especial para o réveillon, das 19h do dia 31 de dezembro às 7h do dia 1º de janeiro. Como todos os anos, os passageiros que têm direito à gratuidade poderão retirar os cartões especiais nas estações onde há venda antecipada, mediante apresentação dos documentos necessários.

Fonte: O Globo
READ MORE - Metrô Rio: cartões especiais para réveillon estão à venda nas estações Central, Carioca e Largo do Machado

DF: O caos no transporte de Planaltina, chove mais dentro do ônibus do que fora

As péssimas condições do transporte do DF foram comprovadas na manhã desta segunda-feira (27). Chovia na BR-020 e os passageiros de dois ônibus que vinham de Planaltina sentido Plano Piloto esperavam um socorro ali mesmo ao relento.

Quem usa o serviço diariamente reclama que cenas como essas são frequentes. “Já tem um monte de ônibus quebrado, mas a gente não pode fazer nada só ficar aqui esperando outro”, diz a cozinheira Vania Venturini. “Justificar no trabalha não tem mais jeito, porque sempre quebra. Eu acho que meu patrão nem acredita mais”, completa a secretária Terezinha Bravo.

O DFTrans diz que faz fiscalizações e que toda semana 500 ônibus são lacrados. Mas como o número de fiscais não é suficiente, os passageiros precisam ajudar.

“É importante o passageiro pegar a numeração, o horário ou a linha. Tentar passar o maior número de informações. A reclamação vai chegar e vamos tomar todas as providências cabíveis para solucionar esses problemas do transporte coletivo em Brasília”, diz o diretor de fiscalização do DFTrans, Pedro Jorge.

Para fazer qualquer tipo de denuncia relacionado aos ônibus é só ligar no 156. (Kenzô Machida / Luis Rodnei)


Fonte: DFTV
READ MORE - DF: O caos no transporte de Planaltina, chove mais dentro do ônibus do que fora

Custo para melhorar transporte chegará a R$ 350 bilhões nos próximos 8 anos

Mais Corredores de Ônibus
O governo Luiz Inácio Lula da Silva realizou muito na área de transportes, algo em torno de R$ 62 bilhões. Mas deixa um desafio ainda maior para a sua sucessora, Dilma Rousseff. Os investimentos previstos para os próximos oito anos somam R$ 350 bilhões. Só no setor de rodovias serão necessários R$ 220 bilhões para colocar todas as estradas em dia até 2018, incluindo obras de restauração, construção e duplicação de vias. Outra demanda pesada está no setor de ferrovias, em que serão necessários R$ 46,8 bilhões para terminar obras como a Norte-Sul e o trem bala Rio-São Paulo e mais R$ 46 bilhões para o Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2). A presidente eleita vai precisar de dois mandatos para fazer tudo isso.

A segunda etapa do PAC reserva R$ 109 bilhões para transportes, sendo R$ 50,4 bilhões para o sistema rodoviário. No PAC 1, que vai até 2014, foram executados 70% dos R$ 37 bilhões previstos para rodovias. O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) afirma que foi muito pouco. Seriam necessários R$ 183 bilhões para atender a toda a demanda do setor. O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagout, considera esses números irreais. Ele afirma que será preciso R$ 220 bilhões para atender o atual deficit.

Os desafios de Dilma

1) Para colocar todas as rodovias em dia, será necessário investir R$ 220 bilhões até 2018, incluindo restaurações, adequações, duplicações e novas estradas;

2) No setor ferroviário, será preciso gastar mais R$ 46,8 bilhões para terminar a Norte-Sul, a Leste-Oeste, a Transnordestina e o Trem-Bala, além de executar mais R$ 46 bilhões do PAC 2;

3) Na área de mobilidade urbana, o PAC 2 prevê investimentos de R$ 18 bilhões, incluindo os metrôs de Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte;

4) A ampliação e a modernização em portos vão consumir R$ 5,1 bilhões do PAC 2;

5) Investir R$ 5,3 bilhões em aeroportos até a Copa de 2014. Para atender toda a rede de 67 aeroportos será preciso R$ 9 bilhões.

Fonte: Correio Braziliense
READ MORE - Custo para melhorar transporte chegará a R$ 350 bilhões nos próximos 8 anos

Passagens de ônibus ficam mais caras em Belo Horizonte

Depois de dois anos com os preços congelados, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Políticas Urbanas (SMURBE) e da BHTRANS, informa que a partir da zero hora de quarta-feira, 29/12, as tarifas do serviço público municipal de transporte coletivo de passageiros serão reajustadas por um índice médio de 6,5%.

Nos últimos dois anos a variação do INPC foi de 10,5% e o salário mínimo teve um aumento de 22,9% (veja quadro abaixo), ou seja, índices superiores ao reajuste das tarifas, que vão ter os seguintes valores: a tarifa de R$ 2,30 passa para R$ 2,45; a de R$1,65 para R$ 1,75; e a R$ 0,55 para R$ 0,60. Confira abaixo as linhas e os serviços e seus novos valores tarifários:

 · Linhas perimetrais, diametrais, semi-expressas e troncais (ônibus nas cores laranja, azul e verde): R$ 2,45;
· Linhas circulares e alimentadoras (ônibus cor amarela): R$ 1,75;
· Linhas de vilas e favelas (microônibus cor amarela): R$ 0,60
· Tarifa de integração com o metrô: R$ 2,45;

O último reajuste tarifário ocorreu há dois anos, em 29.12.08. Para efeito comparativo, as variações do INPC e do valor do Salário Mínimo foram bem acima do presente reajuste tarifário.

Os novos valores tarifários foram calculados de acordo com critérios estabelecidos nos Contratos de Concessão do Serviço Público de Transporte de Passageiros por Ônibus de Belo Horizonte.

 Cartazes serão afixados nos ônibus informando o valor das tarifas

A partir de 28 de dezembro, cartazes informativos com os novos valores estarão afixados dentro dos ônibus. As informações também estarão disponíveis no portal da BHTRANS http://www.bhtrans.pbh.gov.br/ e na Central de Relacionamento Telefônico da Prefeitura, pelo número 156.

Serviço Suplementar

Também as tarifas das linhas do Sistema de Transporte Suplementar de Belo Horizonte terão seus valores reajustados a partir de quarta-feira, dia 29/12: a tarifa de R$ 1,65 passa para R$ 1,75; a de R$ 1,85 para R$ 2,00 e a de R$ 2,30 para R$ 2,45.
 Cartão BHBUS

Os créditos válidos do Cartão BHBUS Vale-Transporte (cartão amarelo) terão seu valor de compra mantido até o fim de sua validade. Caso queira, o usuário poderá trocar seus créditos antigos pelos valores das tarifas reajustadas em até 30 dias após a data do atual reajuste.

 Os portadores do Cartão BHBUS Usuário (cartão azul), com créditos adquiridos até 28/12/2010, poderão utilizar esses créditos até o dia 11/02/2011, com cobrança da tarifa antiga. A partir de 12 de fevereiro de 2011 será cobrada a nova tarifa, automaticamente.
 O Cartão BHBUS Retornável passa a ser vendido por R$ 7,35, com R$ 4,90 pode ser utilizada em pagamento de uma nova passagem ou recebida em espécie.

 Táxi-Lotação

A tarifa do serviço de táxi-lotação, em operação nas avenidas Afonso Pena e do Contorno, será reajustada em 8,33%, passando de R$ 2,40 para R$ 2,60.

Dados do Sistema

. Belo Horizonte possui uma frota de 2.832 ônibus, distribuídos em 296 linhas e operados por quatro concessionários;
· Em 2010, entraram para o sistema 900 veículos novos, equipados com ventiladores, janelas que possibilitam mais arejamento, vidros escuros para amenizar o calor e assentos para obesos. Mais de 60% da frota já está equipada com elevadores de acessibilidade;
. A média de passageiros pagantes em 2010 é de 1 milhão e 493 mil usuários/dia útil;
·  A média de passageiros pagantes/mês em 2010 é de 37 milhões;
· Cerca de 56% dos passageiros pagantes utilizam o cartão BHBUS ;
· 285 veículos do Sistema Suplementar, distribuídos em 25 linhas, transportam, em média, 110 mil usuários/dia útil;
· Percentual de uso das tarifas pelos usuários em 2010: R$ 2,30 (80%); R$ 1,65 (18%); R$0,55 (2%);
· Número de Táxi-Lotação: 124 veículos, sendo 106 na Av. Afonso Pena e 18 na Av. do Contorno.

Fonte: BHTrans
READ MORE - Passagens de ônibus ficam mais caras em Belo Horizonte

Tarifa de ônibus em João Pessoa sobe para R$ 2,10 em janeiro

Aconteceu na manhã de hoje, a reunião que definiu o reajuste da tarifa de ônibus, o conselho municipal de trânsito aprovou por unanimidade e a passagem vai custar, a partir do dia dois de janeiro, R$ 2,10.

De acordo com Laura Farias, superintendente da STTrans, foram apresentadas duas planilhas, durante a reunião, uma da Associação de Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC) que propunha o valor de R$ 2,16, e a da STTrans com tarifa de ônibus a R$2,10.

Laura Farias disse ainda que o reajuste beneficiará João Pessoa, segundo ela, “Serão implantados cinquenta ônibus, todos adaptados, construção de novas paradas e um novo terminal de ônibus no conjunto Nova Mangabeira”.

O reajuste segue agora para homologação do prefeito de João Pessoa, Luciano Agra.

Fonte: ClickPB
READ MORE - Tarifa de ônibus em João Pessoa sobe para R$ 2,10 em janeiro

São José dos Campos terá corredor de ônibus em 9 avenidas

Pelo menos nove grandes avenidas de São José dos Campos devem receber uma faixa preferencial para a circulação de ônibus em 2011.
Em estudo há um ano pela prefeitura, o projeto prevê aumentar a velocidade média dos coletivos na zona urbana --que hoje é de 18 km/h. A meta é atingir uma circulação média de 21 km/h inclusive nos horários de pico.

Estão no projeto da pasta a colocação dos corredores nas avenidas Juscelino Kubitschek --que só tem uma faixa em cada sentido-- Benedito Friggi, Pedro Friggi e Tancredo Neves (na zona leste), Estrada Velha (sul) e na região central: Adhemar de Barros, José Longo, João Guilhermino e São José.

O secretário de Transportes, Anderson Farias Ferreira, disse que a proposta esta em fase final de estudo.

Segundo ele, está sendo feita a medição da velocidade média dos ônibus nos principais corredores nos dias de semana e finais de semana. Ele afirmou ainda que estão sendo estudados os semáforos de cada corredor para verificar pontos com necessidade de alteração.

“Em 2011 começa a nascer em São José o conceito de corredor de ônibus que serão as faixas preferenciais durante todo o dia, ou somente alguns trechos das faixa em determinados horários do dia”, afirmou Ferreira.

]Sinalização. Segundo ele, o corredor exclusivo de ônibus será identificado através da sinalização vertical e horizontal. Ferreira disse que só em alguns trechos a pista dos ônibus será separada das demais por meio de tachões.

“Já está certo que o corredor de ônibus é a melhor solução para a melhoria do transporte público. Até porque tem ruas em São José hoje em que já se formam corredores naturais de ônibus”.

Ele afirmou que paralelo a instalação do corredor, outras medidas estão sendo estudadas pela secretaria para tentar diminuir o tempo de viagem dos usuários do transporte público. Entre elas, está a segregação dos pontos de ônibus para diminuir o tempo de embarque e desembarque.

A ideia é que diferentes pontos de uma mesma avenida passem a receber somente os ônibus que atendem linhas de determinadas regiões da cidade.

Avaliação. O presidente do Sindicato dos Condutores, José Carlos de Souza, disse que para ter uma melhoria no sistema de transporte público a implantação dos corredores de ônibus precisa vir acompanhada de mais ônibus nas ruas.

“A prefeitura está atrasada com a colocação dos corredores pois essa era uma promessa de campanha. Agora, de nada vai adiantar se não vier novos ônibus. Pelo menos 50 novos ônibus precisam circular em São José”, disse.

Fonte: O Vale
READ MORE - São José dos Campos terá corredor de ônibus em 9 avenidas

Pequim reduzirá drasticamente registro de carros em 2011

A China anunciou nesta quinta-feira que em 2011 reduzirá drasticamente o número de novos registros de automóveis na capital, Pequim.
A partir do próximo ano, a cidade permitirá o registro de apenas 240 mil veículos, cerca de um terço do número de novas licenças emitidas em 2010.
O porta-voz do governo local de Pequim, Zhou Zhengyu, disse que '88% da quota será destinada a donos de carros de passeio, 2% a veículos comerciais e 10% a empresas'.
Com as novas regras, Pequim deve ter no máximo cinco milhões de carros nas ruas no próximo ano. Em 2005, a frota era de 2,6 milhões.
Correspondentes dizem que os congestionamentos pioraram nos últimos anos, com o aumento do poder aquisitivo da classe média.

AumentoConsumidores chineses anteciparam a mudança nas regras e aqueceram o mercado.
Segundo a agência de notícias Xinhua, 30 mil veículos foram registrados na semana passada, três vezes mais do que a média semanal da cidade.
Uma pesquisa encomendada neste ano pela IBM sugere que Pequim, com 17 milhões de habitantes, empataria com a Cidade do México no posto de metrópole com o pior trânsito.
A China ultrapassou os Estados Unidos em 2009 como o maior mercado consumidor de automóveis do mundo.

Fonte: G1.com
READ MORE - Pequim reduzirá drasticamente registro de carros em 2011

João Pessoa com aumento de tarifa nos ônibus em janeiro

O valor da passagem de ônibus em João Pessoa será decidido nesta segunda-feira (27), durante uma reunião do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito (CMTT).

De acordo com a assessoria de imprensa da Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans), se o reajuste seguir a tendência dos últimos anos, o aumento deve ser de R$ 0,10, fazendo com que a tarifa passe de R$ 1,90 para R$ 2, já a partir do dia 3 de janeiro.

Na reunião, a STTrans vai apresentar a proposta de tarifa dos ônibus para o próximo ano, com base em estudos econômicos. Na semana passada, a superintendente da autarquia, Laura Farias, afirmou que a reunião seria realizada antes do Natal, mas a dificuldade de conciliação de agenda entre os componentes do conselho foi responsável pelo adiamento.

Fonte: Correio da Paraíba
READ MORE - João Pessoa com aumento de tarifa nos ônibus em janeiro

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960