São Paulo aumenta frota de ônibus no domingo para realização do Enem

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Ocorre em todo o Brasil neste domingo, 7, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e, em São Paulo, a Secretaria Municipal de Transportes (SMT), preparou uma operação especial no transporte público da cidade para atender a demanda de estudantes que farão a prova.


A SPTrans aumentará em 20% a frota de ônibus municipais neste domingo, deixando a circulação semelhante à dos sábados, com 70% do total de veículos em operação. Normalmente, nos domingos apenas 50% da frota circula pela cidade.
Além do Enem, a capital também será palco do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, para o qual a SPTrans também armou esquema especial, tanto no sábado quanto no domingo. De acordo com a pasta, ao todo, serão 1.400 agentes para operar e monitorar o trânsito, além de orientar os motoristas.
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) também recomenda aos que prestarão o exame para ficar atento às alterações de tráfego e de itinerário de ônibus nas proximidades do Autódromo de Interlagos. Confira as mudanças aqui.

Fonte: Estadão
READ MORE - São Paulo aumenta frota de ônibus no domingo para realização do Enem

São José dos Campos: Linhas de ônibus têm reforço no fim de semana para provas do Enem

Para facilitar o transporte dos estudantes que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no neste fim de semana (dias 6 e 7), a Prefeitura de São José dos Campos vai reforçar diversas linhas de ônibus da cidade.

Na região sul, vão receber carros extras as seguintes linhas: 302 (Putim), 307 (Morumbi), 308 (Bosque), 310 (Residencial União), 316 (Torrão de Ouro), 322 (Capuava), 323 (Campo dos Alemães).

As linhas da região leste que terão mais ônibus serão a 204 (Novo Horizonte), 206 (Santa Inês), 215 (Tesouro-Aquarius), 231 (Tesouro-Vila Dirce), 232 (Novo Horizonte direto), 244 (Jardim São José).

A linha 129 (Santana), na região norte, será reforçada com um veículo. No total, serão 22 ônibus extras em toda a cidade.

A operação será supervisionada pela Prefeitura, que poderá fazer alterações na programação, conforme a demanda.
 
READ MORE - São José dos Campos: Linhas de ônibus têm reforço no fim de semana para provas do Enem

Curitiba: Urbs tem operação especial para atender candidatos do ENEM

A Urbs, Urbanização de Curitiba S/A vai fazer uma operação especial de trânsito e transporte neste fim de semana para atender os cerca de 100 mil candidatos previstos para as provas do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) em 20 locais.
Agentes da Diretoria de Trânsito (Diretran) estarão em vias de acesso e nas proximidades dos locais de prova, e semáforos de ruas e avenidas do entorno terão o tempo reprogramado de acordo com a previsão de fluxo de veículos.
No caso do transporte coletivo haverá reforço em linhas que têm os locais de prova no trajeto. A orientação para quem vai fazer a prova do ENEM, de carro particular ou de ônibus, é para que saia de casa mais cedo, com tranquilidade, evitando transtornos. Motoristas devem observar e obedecer a sinalização e as orientações dos agentes de trânsito o que inclui locais de proibição de parada e de permissão para embarque e desembarque. 
Confira as linhas de ônibus especiais deste fim de semana

Fonte: URBS
READ MORE - Curitiba: Urbs tem operação especial para atender candidatos do ENEM

Transalvador fará operação especial para ENEM 2010

A Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador – Transalvador fará operação especial para trânsito e transporte, em função da realização do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM 2010, a ser realizado neste final de semana, nos dias 06 e 07de novembro, a partir das 13h.

TRÂNSITO – No setor de trânsito, entre motos e carros, estarão à disposição da operação no sábado (dia 6), 50 veículos, com apoio de 96 agentes. No domingo (dia 07), serão 52 veículos, com 96 agentes de trânsito, divididos entre sete áreas de atuação.
1 -) Centro – Barra – Graça – Av. Centenário – Vale do Canela – Av. Centenário – Barris – Ondina – Rio Vermelho – Nordeste.
2 -) Comércio  Garibaldi -  Vasco da Gama – Ogunjá – Dique  – Bonocô -  Brotas – Luis Anselmo -  Sete Portas – Túnel A. Simas.
3 -) Amaralina (Largo das Baianas) – Itaigara – Pituba – Costa Azul – Armação – Pituaçu – Sereia – Dorival Caymin.
4 -) Juracy Magalhães – ACM – Iguatemi – Paralela – Rótula Aeroporto.
5 -) Baixa de Quintas – Barbalho – Lapinha – Liberdade – Pirajá – Calçada – Roma – Ribeira -   todos os bairros à esquerda da BR-324.
6 -) Barros Reis – Rótula Abacaxi – Cabula – Tancredo Neves – Sussuarana – Sete de Abril -Castelo Branco – Águas Claras – Valéria- todos os bairros à direita da BR-324
7 -) Suburbana – São Thomé de Paripe – Tubarão.

TRANSPORTE – As linhas abaixo deverão operar com frota máxima de dias úteis das 10h às 17h. Todos os veículos adaptados com elevadores entrarão em operação em suas linhas a partir das 10h até as 18h.

Fonte: Bahia Press
READ MORE - Transalvador fará operação especial para ENEM 2010

Governo do Dist. Federal apresenta 32 projetos para mobilidade urbana ao Ministério das Cidades

O Governo do Distrito Federal (GDF) apresentou, nesta sexta-feira (5/11), 32 projetos que devem propiciar o aumento da mobilidade urbana, da acessibilidade e do transporte coletivo ao Ministério das Cidades. As propostam somam R$ 4 bilhões, dos quais 95% deverão ser financiados. O governo local entra com os 5% restantes, a título de contrapartida.

De acordo com a subsecretaria de Captação de Recursos da Secretaria de Fazenda do DF, em paralelo à apresentação das 32 cartas-consulta, o GDF está solicitando a renegociação do Programa de Ajuste Fiscal (PAF), de formas a garantir que o governo possa captar os recursos disponíveis no programa Pró-Transporte, do Ministério das Cidades.

Entre as propostas apresentadas estão a complementação de recursos para o Veículo Leve sobre Pneus (VLP), que, por meio de ônibus articulados em faixas exclusivas, vai integrar a linha do metrô às cidades do Gama e Santa Maria; a expansão da Linha 1 do Metrô até o final da Asa Norte; o túnel sob o centro de Taguatinga, que vai ligar a Estrada Parque Taguatinga (EPTG) a avenida Elmo Serejo e a revitalização de corredores de transporte coletivo, tais como as avenidas Hélio Prates, Comercial e Sandu, em Taguatinga.
READ MORE - Governo do Dist. Federal apresenta 32 projetos para mobilidade urbana ao Ministério das Cidades

Transporte coletivo de Anápolis tem boa aceitação pela população

A TCA é referencial de Anápolis pelo seu destaque na grande imprensa especializada como uma das melhores empresas de transporte coletivo do Brasil. Pela satisfação dos clientes e pelo sentir da população, a cidade tem orgulho de seu transporte público: pesquisa divulgada pelo Ecope, no mês em que Anápolis completa 103 anos, aponta que 97,2 por cento dos anapolinos estão satisfeitos com a TCA. A pesquisa repete percentual idêntico a outra, divulgada no ano passado: menos de três dos cem entrevistados querem mudanças no setor. Nenhuma pessoa ou instituição, na história de Anápolis, tivera índice de aceitação popular tão expressivo. À bagagem de experiência, resultante da prática adquirida ao curso desses quase 50 anos de trabalho incessante, além de seus recursos materiais e tecnológicos, acumulados em contínuo investimento, a empresa soma o patrimônio humano de relevância maior: a sua equipe de 870 profissionais de excelência, apreensivos com o processo licitatório, que coloca em risco o seu emprego e a garantia de sobrevivência de um universo de cinco mil pessoas que direta ou indiretamente dependem da TCA.

Sede e integraçãoAlcançadas estas metas, construiu sua nova sede ao lado do trevo de saída para Brasília, de concepção arrojada, ampla, com 20 mil metros quadrados de edificações, moderna, funcional e aprazível, com belas sacadas, extensos jardins e gramados, clube dos funcionários, campo de futebol e pomar. Muito verde e muito espaço numa extensão total de 38 mil metros quadrados. Trata-se da maior área verde empresarial da cidade.
Com vistas ao aperfeiçoamento da logística do sistema radial integrado centralizado no Terminal Urbano, edificou-se a Garagem Nasson, na região norte da cidade, ao mesmo passo em que implantou-se o estratégico pátio de estacionamento na Avenida Universitária. Estas duas concepções atendem à imposição das intenções de viagens manifestadas em pesquisa técnicas. Ao construir o Terminal Urbano no centro da cidade, na década de 80 (ampliado nos anos 90) para a implantação da integração total das linhas com o segundo embarque gratuito, a TCA criou um dos maiores benefícios sociais das últimas décadas em Anápolis, gerando qualidade de vida e economia para as pessoas que dependem do transporte coletivo para seus deslocamentos.

A era tecnológicaA TCA ingressou na era tecnológica já na década de 90. Em outras palavras, adaptou os métodos tradicionais de trabalho ao uso de sistemas computadorizados. E para colocar-se em paralelo aos crescentes avanços dessa tecnologia, investiu forte no setor. Graças a essa visão, implantou o controle informatizado das viagens, sem participação humana, sistema único no mundo que garante a realização de todas as viagens, sem falhas. Um programa criado em Anápolis que exporta tecnologia para diversos Estados e para o exterior. Em 2005, já sob a direção do Sr. Lacy Martins da Silva, funcionário da empresa desde a sua fundação, a TCA marcou mais um avanço em tecnologia, disponibilizando aos seus clientes embarque mais fácil, mais rápido e mais seguro através do SAIT – Sistema Anapolino Inteligente de Transporte.
Naquele mesmo ano, iniciou a era da frota ecológica, adquirindo ônibus “amigáveis” ao meio ambiente. Hoje, 30 por cento da frota de 190 veículos com motor eletrônico, pertencem à denominada “geração verde”. Modelos de última geração, sempre bem cuidados, que garantem conforto e segurança. A TCA destaca-se pelo atendimento de qualidade acima da média nacional, conhecida pela sua eficiência e pela segurança que oferece à cidade, impulsionando o crescimento urbano, o desenvolvimento econômico e a geração de empregos. Anápolis nunca registrou crise em seu transporte coletivo. Nenhuma greve e nenhuma quebra de contrato. A empresa sempre buscou o que há de melhor no mundo, em transporte coletivo, e mantém cotidiana atuação de cidadania na priorização de projetos e ações de responsabilidade social, cultural e ambiental. Um exemplo de cidadania é a construção de modernos abrigos nos pontos de parada, contribuindo com o embelezamento da cidade e a melhoria da qualidade de vida.
Na esteira da modernidade, segue a ótica das pesquisas e soluções para os problemas do transporte de massa nas cidades de grande e médio portes. Com este fito, a TCA, em parceria com a CMTT—Companhia Municipal de Trânsito e Transportes, implantou com sucesso faixas exclusivas de ônibus na Rua João Buta, perto do Terminal Urbano, e na Avenida Brasil Sul, trecho entre o cruzamento com a Rua Engenheiro Portela e o Kartódromo Internacional.

Fonte: Jornal Contexto
READ MORE - Transporte coletivo de Anápolis tem boa aceitação pela população

Em Cascável, Usuários do transporte coletivo reclamam de problemas com cartão do Vale Sim

Os usuários do transporte coletivo de Cascavel estão enfrentando um transtorno. Desde o dia 1º de outubro cartões do Vale Sim estão sendo retidos nas catracas e mais de 500 usuários tiveram o mesmo problema. A empresa que administra o serviço informou que os cartões sem crédito estavam sendo retidos, para facilitar a recarga.
Mas os usuários reclamam que mesmo com créditos os cartões estavam ficando nas catracas. Para recuperar o cartão é preciso comparecer à sede da empresa, munido de um documento com foto. A assessoria de imprensa do Vale Sim informou que vai deixar de reter os cartões e o usuário vai apenas pagar o valor da passagem, caso não tenha créditos.

Fonte: RPCTV
READ MORE - Em Cascável, Usuários do transporte coletivo reclamam de problemas com cartão do Vale Sim

Prefeitura de Uberaba descarta aumento de tarifa nos ônibus

Empresas de transporte coletivo tentam antecipar revisão da tarifa de ônibus para este ano. Pedido chegou ao gabinete do prefeito esta semana, justificando a demanda por causa do peso da mão-de-obra nos custos, embora denúncias deem conta de redução no quadro de funcionários.
No ofício, dirigentes da Líder e Viação Piracicabana atestam que agosto é a data-base para negociação com os funcionários e este ano a questão foi solucionada sem paralisar serviços e causar transtornos à população.
Entretanto, as empresas alegam que o acordo trouxe um desequilíbrio econômico-financeiro e as despesas com pessoal pesaram nos custos. Por isso, é solicitado o adiantamento do estudo sobre a tarifa para este ano. O documento não especificou índice para aumento da passagem de ônibus.
Por meio da assessoria de imprensa, o prefeito Anderson Adauto (PMDB) posicionou apenas que não há condições de tratar o assunto este ano e descartou a possibilidade de conceder reajuste agora, bem como a antecipação de estudos para o aumento da passagem. Hoje o usuário paga R$ 2,20 para andar de ônibus.

READ MORE - Prefeitura de Uberaba descarta aumento de tarifa nos ônibus

Joinville terá novamente ''transporte coletivo'' depois da meia-noite

Ainda este mês os “táxis amarelos” como são chamados pela população voltarão a circular em alguns horários depois da meia-noite, quem comemora muito essa iniciativa são os funcionários de barzinhos, restaurantes e lanchonetes da cidade, finalmente poderão ir de novamente de ônibus para casa.
Na manhã desta sexta haverá reunião entre as empresas concessionárias do serviço de transporte coletivo (Gidion e Transtusa) e a Seinfra para acertar detalhes do projeto.
A princípio, seis ônibus vão fazer as linhas, que terão saída do terminal em três horários: 1h30, 2h30 e 3h30. Segundo Keufner, as novas linhas começam no dia 16. Segundo o gerente da Seinfra, o novo Madrugadão terá diferenças em relação ao modelo que funcionou até maio.
Antes, os ônibus saíam do Centro para os bairros. Eram usados 11 veículos. O novo esquema deve ter seis ônibus e as linhas serão circulares, com saída e retorno ao Terminal Central.
O Madrugadão foi suspenso em maio com a justificativa de baixa demanda. A decisão prejudicou, principalmente, funcionários de bares e restaurantes que trabalhavam até tarde.

READ MORE - Joinville terá novamente ''transporte coletivo'' depois da meia-noite

São Paulo: Jacu terá um corredor de ônibus exclusivo

Outro plano da gestão Geraldo Alckmin para o transporte na Região Metropolitana é a criação de um corredor exclusivo de ônibus na Jacu-Pêssego, avenida que liga Guarulhos a Mauá, passando por São Paulo. A ideia da nova equipe é fazer um corredor no estilo Bus Rapid Transit (BRT) - nele, o passageiro paga a passagem antes de embarcar em plataformas elevadas e faz quantas baldeações quiser. O sistema ficou famoso em cidades como Bogotá, na Colômbia, e Curitiba.
A ideia da equipe é dotar a zona leste da capital - que deverá ser palco da abertura da Copa do Mundo - de um meio de transporte de média capacidade que atravesse o eixo norte-sul. Atualmente, as linhas de metrô e trem (Linha 3-Vermelha, 11-Coral e 12-Safira) cortam a região de leste a oeste, direção que também será seguida pelo monotrilho da Cidade Tiradentes.
O projeto do BRT visa a aproveitar os 13,6 km da Nova Jacu-Pêssego, cuja ampliação foi entregue à população no mês passado. O novo trecho foi construído como via expressa - são três pistas de asfalto novo e sem semáforo. Mesmo assim, não foi descartada a adoção de um Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ou mesmo um monotrilho para cortar a região transversalmente.
O prazo para a obra sair, no entanto, deve ficar para o fim da gestão Alckmin, em meados de 2014, ano da Copa. "A Jacu-Pêssego funciona como um minianel viário e muitos caminhões devem ir para lá. Então, para o BRT começar a funcionar, o Trecho Leste do Rodoanel tem de estar pronto", afirmou Jurandir Fernandes, líder da equipe de transição do governo estadual. A estimativa é de que a construção do Trecho Leste demore 40 meses.
Melhorias. Para a mesma região, a Prefeitura de São Paulo aposta nas melhorias das ruas próximas do trecho antigo da Jacu-Pêssego como parte da Operação Urbana Rio Verde-Jacu, que visa a aumentar a oferta de empregos na zona leste. A parte mais antiga da avenida tem cruzamentos e semáforos. "Vamos estudar melhorias na transposição da Jacu-Pêssego para melhorar a ligação dos dois lados", adiantou o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Miguel Bucalem.
A operação urbana atinge uma área de 11 mil hectares e mais de 1 milhão de habitantes. Dentro desse perímetro, a Prefeitura pretende construir três polos, que seriam conectados por parques lineares. O Polo Institucional, ao lado do Metrô Itaquera e do futuro estádio do Corinthians, seria formado por uma rodoviária interestadual, um Fórum de Justiça, um Senai, uma Escola Técnica Estadual (Etec) e uma Faculdade de Tecnologia (Fatec) - estas, atualmente em construção. O espaço também teria uma incubadora, que serviria para alimentar o Parque Tecnológico, o segundo polo.
O terceiro equipamento público é o Polo Econômico, um espaço onde será incentivada a instalação de indústrias e empresas de tecnologia da informação e logística. Para atrair empresários, a Prefeitura pretende lançar, no primeiro semestre de 2011, editais da Lei de Incentivos Seletivos, que preveem descontos nos impostos municipais para quem instalar-se na área.

PARA ENTENDER
A previsão é de que as cidades-sede da Copa de 2014 receberão 20 projetos de BRT. Um dos grandes impulsionadores deve ser o PAC da Mobilidade Urbana do governo federal. Somente os projetos previstos para o Mundial deverão absorver investimentos de mais de R$ 4 bilhões.
Em média, o custo para adotar os VLTs é o dobro dos modelos de Curitiba e Bogotá. Um projeto para trens leves exige pelo menos R$ 37 milhões por quilômetro, enquanto um BRT sai por R$ 18,8 milhões/km. Os defensores de corredores exclusivos ainda argumentam que, a um custo de operação menor, conseguem transportar praticamente a mesma quantidade de pessoas dos VLTs.
Fonte: Estadão
READ MORE - São Paulo: Jacu terá um corredor de ônibus exclusivo

Ceará vai investir R$ 63 milhões para construir metrô em Sobral

O Governo do Estado vai investir mais de R$ 60 milhões para implantar o Metrô de Sobral, na região Norte, a cerca de 250 quilômetros de Fortaleza. A obra será iniciada logo no início do próximo ano e deve estar pronta em 18 meses. A novidade deve impulsionar ainda mais o ritmo em que o município se desenvolve em vários setores.

A licitação do Metrô de Sobral será aberta no dia 19. Segundo a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), as obras devem custar R$ 43,5 milhões. Mais R$ 20 milhões serão usados na compra de cinco veículos leves sobre trilhos, chamados de VLTs.

O metrô, com duas linhas e 11 quilômetros de percurso, deve ligar os bairros mais populosos de Sobral a pontos de grande circulação, como o polo industrial da Grendene e o Hospital Regional da Zona Norte - em construção.

A ordem de serviço deve ser dada em janeiro. A previsão é que a obra fique pronta em 2012, no fim do primeiro semestre. Nos seis meses seguintes o metrô deve operar em fase de testes. Logo em seguida começa a operação comercial.

“Todas as cidades de médio porte, como Sobral, têm que se preparar para o crescimento populacional e econômico. O VLT é um transporte caro, mas é eficiente, usado em várias outras cidades. Se você visa um planejamento para longo prazo, é imprescindível ter VLT”, aponta a professora de Economia da Universidade Federal do Ceará (UFC) em Sobral, Alessandra Benevides.

Mas a professora destaca a necessidade de o poder público subsidiar a passagem, por se tratar de um transporte caro. Já o diretor de Desenvolvimento e Tecnologia do Metrofor, Edilson Aragão, afirma que o Estado dará o subsídio, como faz nos trens de Fortaleza, Maracanaú e Caucaia e no Metrô do Cariri. As passagens custam R$ 1.

Crescimento
Sobral também está vendo a expansão da Universidade Federal do Ceará (UFC) e o crescimento industrial, além de obras do Governo do Estado. O valor dos imóveis, por exemplo, vem aumentando. “De cinco anos para cá está acontecendo isso. Aqui está uma cidade universitária. E tem ainda a Grendene, que emprega muita gente”, detalha o corretor de imóveis Fagus Feijão. 
 
O corretor aponta que, por conta da chegada de vários estudantes, o valor dos quitinetes está subindo. “O aluguel de um imóvel de um quarto em Sobral é o mesmo que o aluguel de um imóvel de dois quartos em Fortaleza”, endossa Alessandra. “O preço dos imóveis próximos às estações do metrô devem subir absurdamente de preço”, completa.
 
Fonte: O Povo Online
READ MORE - Ceará vai investir R$ 63 milhões para construir metrô em Sobral

Metrô mais longo da China entra em funcionamento no fim do ano

O metrô mais longo da China, em um total de 50 quilômetros, do sudoeste ao noroeste da capital chinesa, começará a sua operação de teste ao final de 2010, fontes da companhia de metrô informaram na quarta-feira.
A nova Linha 4 será estendida mais 22,5 quilômetros ao sul da atual Linha 4, que termina no quarto anel rodoviário do sul e onze estações de passageiro serão adicionadas.
A obra da extensão de linha já foi completa e engenheiros conduzirão um teste operacional importante na próxima segunda-feira, disseram funcionários da Companhia Limitada de MTR de Beijing.
A atual Linha 4, lançada no ano passado, tem 28,2 quilômetros de comprimento e 24 estações.
Os funcionários de transporte locais disseram que a Linha 4 estendida aliviará significativamente a pressão pesada em estradas na parte do sul da cidade.
As cidades no subúrbio de Beijing estão passando por rápida urbanização. Por enquanto, um número crescente de assalariados que escolhem viver em casas mais econômicas longe do centro da cidade têm tido uma demanda enorme por rápido trânsito.
Beijing está entre as cidades mais congestionadas no mundo, com mais de 4 milhões de carros privados nas ruas. Porém, as autoridades estão apressando construir mais metrôs para aliviar o tráfego.
Cinco novas linhas de metrô, incluindo a extensão da Linha 4, abrirão em 2010. Beijing planeja estender metrôs para atingir 561 quilômetros até 2015.

Por Agência Xinhua
READ MORE - Metrô mais longo da China entra em funcionamento no fim do ano

Rio de Janeiro: Bilhete Único Carioca começa a valer a partir de sábado

Mais de 1,6 milhão de pessoas já cadastradas poderão embarcar em dois ônibus municipais pagando R$ 2,40 num prazo de duas horas entre duas roletas, a partir de sábado, quando começa a valer o Bilhete Único Carioca (BUC). A mudança entra em vigor no mesmo dia em que os quatro consórcios vencedores da primeira grande licitação promovida pela prefeitura (Intersul, Internorte, Transcarioca e Santa Cruz) passam a operar o sistema de ônibus do Rio. Na estreia, 96 coletivos circularão com o novo padrão visual definido pela Secretaria de Transportes. De acordo com o Rio Ônibus (sindicato que reúne as empresas do setor), outros 104 coletivos, que estão sendo pintados ou aguardando emplacamento, estarão nas ruas nos próximos dias.
Edmundo Fornasari, diretor-executivo de negócios da RioCard, explica que não serão apenas aqueles que adquiriram o BUC que terão direito ao benefício do bilhete. Da família RioCard - empresa que confecciona cartões de ônibus - o único que ficará de fora é o Vale-Transporte Rápido, que não é recarregável nem pessoal. Para os demais, há necessidade de que o CPF do usuário esteja cadastrado, o que pode ser feito a qualquer momento pela internet ( http://www.riobilheteunico.com.br/) ou em oito postos.
- Acreditamos que, num prazo de um ano, o número de pessoas habilitadas a usar o bilhete único no município aumente entre 700 mil e um milhão - prevê Fornasari.
Para Paes, apenas o primeiro passo
Para o prefeito Eduardo Paes, a entrada em vigor do BUC e de operação dos consórcios será um marco na história do transporte do Rio. Paes assinala, no entanto, que este será apenas o primeiro passo no processo de transformação do sistema:
- Começamos pelo que mais impactava, que é o bolso das pessoas. Agora, vamos partir para a racionalização, colocando mais ônibus onde eles são escassos e menos coletivos onde eles estão em grande quantidade. No futuro teremos ainda veículos padronizados e qualificados. Espero que esse processo culmine com a implantação de BRTs (corredores expressos de ônibus).
Além do BUC, a família de seis integrada ao novo modelo é formada pelo Bilhete Único Intermunicipal, o Cartão Jovem versão feminina, o Cartão Jovem versão masculina, o Vale Transporte (oferecido por empregadores) e o Expresso (adquirido em lojas RioCard, agências do Banco Itaú e supermercados da rede Pão de Açúcar). O Vale Transporte Rápido, que ficará de fora, continuará sendo vendido, mas será debitado R$ 2,40 cada vez que o passageiro passar pela catraca.
- Como é hoje, quem adquirir o Rápido, quando não houver mais crédito, continuará podendo trocar o bilhete por uma passagem - esclarece Edmundo. - Já quem optar por cadastrar o Expresso não poderá trocá-lo nos ônibus.
Embora as mudanças sejam graduais, o coordenador de Controle Operacional da Secretaria de Transportes, Alberto Nygaard, diz que já amanhã o usuário notará diferenças no sistema. Os coletivos que não estiverem com a nova pintura deverão rodar a partir deste sábado com adesivos indicando o nome do consórcio da região. Junto ao número de ordem deverá constar a letra do respectivo consórcio (A, B, C ou D). Os veículos das seis empresas que deixarão de operar também deverão ter o nome das viações coberto.
- Neste primeiro momento não haverá racionalização da frota. A mesma quantidade de ônibus deve estar nas ruas - acrescenta Nygaard. - Vamos estar fiscalizando para que nenhuma linha deixe de funcionar e para que sejam cumpridas as exigências contratuais.

READ MORE - Rio de Janeiro: Bilhete Único Carioca começa a valer a partir de sábado

Tire suas dúvidas sobre o Bilhete Único Carioca

DINHEIRO: O passageiro que não possuir o cartão não poderá se beneficiar do Bilhete Único Carioca (BUC). Ou seja, se pagar em dinheiro, desembolsará R$ 2,40 por ônibus. A tarifa única, de R$ 2,35, deixa de existir amanhã.
QUEM PODE UTILIZAR: Os portadores do Bilhete Único Carioca, do Bilhete Único Intermunicipal, do Vale Transporte, do Expresso, do Cartão Jovem Masculino, do Cartão Jovem Feminino. O usuário terá de cadastrar o seu CPF. Só é permitido um CPF por cartão. Com o Vale Transporte Rápido, que não permite a recarga, o passageiro terá de pagar R$ 2,40 por ônibus.
MEIOS DE TRANSPORTE: Inicialmente, o bilhete único só vale em ônibus convencionais, sem ar condicionado. Está sendo negociada a integração dos coletivos com metrô, trens e barcas.
IDENTIFICAÇÃO: Conforme resolução da Secretaria de Transportes, à medida em que forem padronizados, os ônibus municipais serão todos branco-acinzentado, com alguns detalhes em outra cor, para identificar a região onde eles circularão. Amarelo identificará as linhas do consórcio Intersul (Zona Sul e Grande Tijuca); verde as do Internorte (Zona Norte); azul as do $(Jacarepaguá, Barra e Recreio); e vermelho as do consórcio Santa Cruz (Zona Oeste).
COMO UTILIZAR: Em cada utilização começa a contar o tempo no momento em que o passageiro passa o cartão pelo primeiro validador. Para que possa ter o benefício tarifário, o cartão terá de ser apresentado ao validador do segundo ônibus. É possível usar o bilhete único até duas vezes por dia, mantendo um intervalo de pelo menos uma hora.
CADASTRAMENTO: Pode ser feito pela internet, através do site www.riobilheteunico.com.br. O usuário pode ainda comparecer a um posto de cadastramento: no terminal Alvorada, na Barra da Tijuca; no shopping Bangu; na sede da Secretaria municipal de Transportes, na Rua Dona Mariana 48, térreo, em Botafogo; num quiosque instalado na Central do Brasil; na Rua da Ajuda 5, no Centro; no Terminal Rodoviário de Madureira; na Região Administrativa de Santa Cruz, na Rua Fernanda 155; e na Região Administrativa de Irajá, na Avenida Monsenhor Félix 512. O BUC também está à venda em agências credenciadas do Banco Itaú e na rede de recarga RioCard. Mas, neste caso, é necessário que o comprador faça o cadastramento através do site ou de um dos oito postos.
COMO RECEBER O CARTÃO: Os cartões solicitados pelo site podem ser retirados em qualquer agência do Banco Itaú ou entregue em casa. Neste caso, é cobrada uma tarifa de R$ 7, pelo serviço dos Correios. Ao solicitar o cartão pela internet, o interessado deve imprimir um boleto bancário, com o valor da carga a ser colocada e, se for o caso, os R$ 7 dos Correios. No futuro, a RioCard pensa em permitir o pagamento pelo próprio site, através de cartão de débito. O boleto pode ser pago em qualquer agência bancária ou através do site do banco em que é correntista.
CRÉDITO: Após receber o cartão, o valor pago é creditado no primeiro ônibus que for utilizado pelo usuário. Em caso de usuário que já tenha o cartão, 48 horas após o pagamento da recarga os validadores dos ônibus têm como fazer a leitura do novo crédito.
ROUBO E PERDA: Em caso de perda ou roubo, o cancelamento do cartão eletrônico pode ser feito pelo site www.riobilheteunico.com.br ou pelo telefone da Central de Relacionamento RioCard (2127-4000).
FALTA DE SALDO: Como é recarregável, pessoal e intransferível, o Bilhete Único Carioca não poderá $trocado por passagem quando houver insuficiência de saldo.
NOME: Sempre que for comprado pelo site, o BUC terá o nome do portador impresso.
BU INTERMUNICIPAL: Quem tem o Bilhete Único Intermunicipal usará o mesmo cartão em dois ônibus municipais por R$ 2,40. Já quando utilizar um coletivo municipal e um intermunicipal, pagará R$ 4,40, num intervalo de até 2h30m. Quem tem o BU pode também utilizá-lo no sistema intermunicipal, pagando R$ 4,40.
RECLAMAÇÕES: Podem ser feitas à Ouvidoria da Secretaria municipal de Transportes, através do telefone 2286 8010 ou do site www.rio.rj.gov.br/web/smtr.
REAJUSTES DA TARIFA: Os aumentos futuros serão fixados pela prefeitura.
VALIDADE: Os créditos adquiridos têm validade de um ano após a aquisição.

READ MORE - Tire suas dúvidas sobre o Bilhete Único Carioca

EMTU/SP terá linha Aeroporto Internacional - Autódromo no GP Interlagos

A EMTU/SP prolongará o itinerário da linha metropolitana E-437TRO-000-R Guarulhos (Aeroporto Internacional de São Paulo) – São Paulo (Itaim Bibi) nos dias 6 (sábado) e 7 de novembro (domingo) para agilizar a locomoção dos turistas que vão desembarcar no Aeroporto Internacional de São Paulo e seguir para o Autódromo de Interlagos para assistir ao GP Brasil de Fórmula 1.
Os oito veículos que compõem a frota da concessionária Internorte estenderão o percurso até as imediações do Autódromo (Avenida Jacinto Júlio x Avenida Feliciano Correia) e, na volta ao Aeroporto, o ponto inicial previsto é o cruzamento da avenida Rio Bonito com a Avenida Antonio B da Silva Sandoval. Não haverá paradas intermediárias. O itinerário estabelecido poderá sofrer adequações de acordo com as necessidades operacionais da CET/SP e SPTrans. A tarifa será a mesma cobrada no itinerário normal: R$ 31,00.
Tabela Horária
Partidas do Aeroporto Internacional de São Paulo, previstas para os dias 06 (sábado) e 07 (domingo):
06h00 – 07h00 – 08h00 – 09h00 – 10h00 – 11h00 – 12h00 – 12h30.
Partidas do Autódromo de Interlagos, previstas para os dias 06 (sábado) e 07 (domingo):
Para retornar ao Aeroporto, os ônibus da linha metropolitana 437TRO vão operar ao longo do dia, dentro da faixa horária definida pela organização do evento, sendo que o último veículo partirá às 17h no sábado e às 17h30 no domingo.

CPTM oferece opção sobre trilhos
Assistir ao GP de Fórmula 1 em Interlagos é ótimo programa. Assistir sem a preocupação de como ir e voltar para casa ou hotel é melhor ainda. Uma boa dica é a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que oferece trens de qualidade, estação próxima ao Autódromo e operação especial planejada para esse grande evento.
A Estação Autódromo (Linha 9-Esmeralda), que fica a 600 metros do portão de acesso ao setor G do Autódromo de Interlagos, atenderá, além dos moradores da capital, aos milhares de turistas que irão assistir à corrida.
Além de trens extras com ar-condicionado, haverá orientadores bilíngues identificados para prestarem informações aos turistas estrangeiros. A Estação Autódromo contará também com placas e avisos sonoros de orientação em inglês, distribuição de panfletos com o mapa do trajeto entre a estação e o portão de acesso ao setor G do autódromo.

De qualquer ponto de São Paulo
Com apenas R$ 2,65, o usuário pode se deslocar de diversos pontos da região metropolitana de São Paulo para o autódromo, utilizando as integrações gratuitas entre CPTM e Metrô e o sistema ORCA, da EMTU (especialmente disponibilizado para atendimento ao Grande Prêmio de Fórmula 1).
Além das sugestões abaixo, os usuários podem acessar o site www.cptm.sp.gov.br para traçarem sua rota até a Estação Autódromo. Na web é possível simular diversos trajetos, de diferentes pontos da região metropolitana de São Paulo.

Veja os roteiros disponíveis para acessar o autódromo partindo de diferentes regiões:

Avenida Paulista: os torcedores que moram ou estiverem hospedados nessa região, incluindo Sumaré e Perdizes, podem utilizar a Linha 2-Verde, do Metrô, desembarcando na Estação Vila Madalena. Dali, por meio de integração gratuita, embarcar na Ponte ORCA até a estação Cidade Universitária, na Linha 9-Esmeralda. De lá, seguir sentido Grajaú até a estação Autódromo.

Zona Norte: acessar o metrô por uma das estações da Linha 1-Azul, entre Tucuruvi e Tiradentes, e seguir no sentido Jabaquara até a estação Ana Rosa. Naquela estação, por meio de integração gratuita, embarcar na Ponte ORCA até a estação Vila Olímpia, na Linha 9-Esmeralda. Seguir, então, no sentido Grajaú até a estação Autódromo.

Zona Sul: nessa região, o torcedor que puder acessar diretamente a Linha 9-Esmeralda, da CPTM, embarcará no sentido Grajaú e descerá na estação Autódromo. Ou, se necessário, deve usar uma das duas linhas do Metrô: a Linha1-Azul, se estiver entre os bairros de Jabaquara e Liberdade; ou a Linha 5-Lilás, se estiver entre as regiões de Capão Redondo e Giovanni Gronchi. No primeiro caso, deverá seguir até a estação Ana Rosa, na Linha 1-Azul e dali, por meio de integração gratuita, embarcar na Ponte ORCA até a Estação Vila Olímpia, na Linha 9-Esmeralda. Seguir então no sentido Grajaú até a estação Autódromo. No caso da Linha 5-Lilás, fazer a integração para a Linha 9-Esmeralda na Estação Santo Amaro e, de lá, seguir sentido Grajaú.

Zona Leste: moradores de municípios vizinhos à capital, com divisa na região Leste, como Mogi das Cruzes, Suzano, Poá e toda a área do Alto Tietê, podem utilizar as linhas 11-Coral (Estudantes-Luz) e 12-Safira (Calmon Viana-Brás) da CPTM. Utilizando a Linha 11-Coral, desembarcar na Luz e fazer a integração gratuita para a Linha 1-Azul, do Metrô. Seguir então no sentido Jabaquara até a estação Ana Rosa. Em Ana Rosa, embarcar na Ponte ORCA, em integração gratuita, até a estação Vila Olímpia, na Linha 9-Esmeralda. De lá, seguir sentido Grajaú até a estação Autódromo. Quem utilizar a Linha 12-Safira, deve desembarcar na estação terminal Brás. Naquela estação, fazer a integração gratuita com a linha 3-Vermelha do Metrô até a Sé. A partir daí, embarcar em trem da Linha 1-Azul do Metrô no sentido Jabaquara, desembarcar em Ana Rosa, embarcar na Ponte Orca até a Estação Vila Olímpia, na Linha 9, e seguir o trajeto para o autódromo.

Zona Oeste: as regiões de Francisco Morato e de Itapevi são servidas por linhas da CPTM. Assim, quem sair de municípios vizinhos (Jundiaí, Várzea Paulista, Francisco Morato, Caieiras e Franco da Rocha) e bairros da Zona Oeste da Capital (Perus, Pirituba, Lapa), poderá acessar a rede por meio das estações da Linha 7-Rubi. Descer na estação Palmeiras-Barra Funda, fazer a integração gratuita para a Linha 8-Diamante sentido Itapevi, seguir até Presidente Altino e integrar-se, novamente, gratuitamente para a Linha 9-Esmeralda sentido Grajaú, descendo na estação Autódromo. Já quem vem de Itapevi e bairros atendidos pela Linha 8-Diamante deve seguir até as estações Osasco ou Presidente Altino e fazer a integração gratuita para a Linha 9-Esmeralda, sentido Grajaú, a fim de descer em Autódromo.

Grande ABC: quem estiver na região do ABC pode usar a Linha 10-Turquesa (Rio Grande da Serra-Luz) até a Luz e fazer a integração gratuita para a Linha 1-Azul, do Metrô, no sentido Jabaquara. Descer na estação Ana Rosa e embarcar gratuitamente na Ponte ORCA para o trajeto até a estação Vila Olímpia, na Linha 9-Esmeralda. Seguir então sentido Grajaú e descer na estação Autódromo.

Quem for de São Caetano do Sul, também pode utilizar a nova estação Tamanduateí, que integra gratuitamente com a Linhas10-Turquesa da CPTM e Linha 2-Verde do Metrô. A Estação Tamanduateí do Metrô ainda está em fase de testes, por isso, opera em horário reduzido, das 8h30 às 17h. No entanto, o usuário pode utilizar a estação da CPTM das 4h às 24h.

Outra opção é utilizar o sistema EMTU por meio do ônibus linha 376 - Diadema (Terminal Metropolitano de Diadema) / São Paulo (Morumbi), cujo terminal inicial é na Av. Presidente Kennedy/Av. Fabio Eduardo Ramos Esquivel e o terminal final: estação Berrini Linha 9-Esmeralda. Pegar nesta estação o trem sentido Grajaú até a estação Autódromo.

Fonte: EMTU-SP
READ MORE - EMTU/SP terá linha Aeroporto Internacional - Autódromo no GP Interlagos

Santo André reforça frota de ônibus nos dias de provas do Enem

A Prefeitura de Santo André, por meio da Santo André Transportes e da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, informa que parte da frota de ônibus municipal será reforçada nesse sábado (6) e domingo em virtude do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Entre 10h30 e 17h, as linhas trafegarão obedecendo aos intervalos de dias úteis.
B 21 - Cidade São Jorge/Bairro Campestre (atende Uniabc e Imes); I 01 - Jardim Alzira Franco/Fundação Santo André (Fundação e Uniabc); B 47 - Terminal Vila Luzita/Vila Palmares (Fundação); B 63 - Jardim Alvorada/Vila Palmares (Fundação); T 17 - Jardim Alvorada/Uniabc (Uniabc e Imes); T 25 - Vila Suíça/Uniabc (Uniabc e Imes); B 51 - Jardim Bom Pastor/Jardim Oriental.

A Linha B 64 - Terminal Oeste/Fundação Santo André, que também atende à Fundação, terá programação especial e intervalos de dez minutos. Os ônibus das linhas I 05 - Vila Rica/Estação de Utinga e TR 103 - Terminal Vila Luzita/Paço Municipal devem circular em operação reforçada.

Fonte: Clique ABC
READ MORE - Santo André reforça frota de ônibus nos dias de provas do Enem

Mais ônibus para a prova do Enem em Juiz de Fora

A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) vai disponibilizar ônibus extras para os estudantes devido à realização do Enem, nos próximos dias 6 e 7. A Settra ainda vai estender alguns percursos até a Faculdade Machado Sobrinho.
Mudanças no sábado, 06:
- o percurso da linha 213 - Bairu/Cruzeiro do Sul – será estendido até a Faculdade Machado Sobrinho nos horários de 11h45, 11h59, 16h39, 16h53 e 17h21. O percurso da 215 – Bairu/Cruzeiro do Sul também sofrerá a mesma mudança nos horários de 11h38, 12h06, 12h20, 16h46, 17h e 17h14;

- a Settra vai disponibilizar mais quatro ônibus extras na linha 214 – Bairu/Cruzeiro do Sul, com saídas do Bairu às 11h50, 11h55, 12h16 e 12h25, e mais cinco veículos na 221 – Bom Pastor/Santa Catarina – com saídas do Bom Pastor às 11h50, 12h10, 12h20, 12h25 e 12h30;
No domingo, 07:
- o percurso da linha 213 – Bairu/Cruzeiro do Sul - também se estende até a Faculdade Machado Sobrinho às 11h45, 12h10, 12h35, 17h35, 18h e 18h25, assim, como, nos horários de 11h58, 12h23, 17h48 e 18h13 da linha 215 – Bairu/Cruzeiro do Sul. Já a linha 214 – Bairu/Cruzeiro do Sul também ganha cinco ônibus extras neste dia, saindo do Bairu às 12h05, 12h15, 12h20, 12h25 e 12h30. E a 221 – Bom Pastor/Santa Catarina – vai disponibilizar seis veículos saindo do Bom Pastor às 11h57, 12h05, 12h10, 12h16, 12h20 e 12h25;

Serão disponibilizados também mais cinco ônibus extras, no próximo sábado, na linha 508 – Avenida Deusdedith Salgado, saindo do Centro, nos horários de 11h45, 11h50, 11h55, 12h05 e 12h15. Já no domingo, serão mais sete veículos nos horários de 11h40, 11h45, 11h50, 11h55, 12h05, 12h10 e 12h15.

READ MORE - Mais ônibus para a prova do Enem em Juiz de Fora

BHTrans disponibiliza informações sobre transporte coletivo para Enem

A BHTrans disponibiliza em seu portal www.bhtrans.pbh.gov.br , no ícone"enem 2010", e na Central de Relacionamento Telefônico da Prefeitura, 156, informações sobre o serviço de transporte coletivo para os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio 2010 (ENEM/ 2010) em Belo Horizonte. As provas serão realizadas sábado e domingo, dias 6 e 7, em 96 escolas da cidade. A relação das escolas e seus respectivos endereços estão disponíveis no portal da BHTrans, juntamente com as informações sobre as linhas de transporte coletivo que prestam atendimento aos locais, incluindo os pontos de embarque na Área Central e desembarque nos locais das provas.
As linhas que atendem as escolas serão reforçadas e Agentes da Unidade Integrada de Trânsito (BHTrans e PMMG) e da Guarda Municipal irão monitorar o tráfego na região dos locais de prova.


Fonte: BHTrans
READ MORE - BHTrans disponibiliza informações sobre transporte coletivo para Enem

Grande Recife reforça 28 linhas de ônibus para as provas do ENEM

Com o intuito de atender aos usuários de ônibus que irão realizar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) no próximo final de semana, dias 6 e 7 de novembro, o Grande Recife Consórcio de Transporte planejou uma programação especial de coletivos, incluindo o reforço de 28 linhas, das quais cinco serão reativadas, e a estocagem de coletivos nos Terminais Integrados da Macaxeira e de Igarassu. Ao todo, 87 veículos extras realizarão 579 viagens a mais que nos finais de semana comuns.

Durante todo o final de semana, 492 veículos estarão em circulação nas 28 linhas reforçadas especialmente para as provas do ENEM, realizando um total de 4.604 viagens.

No sábado, as linhas reforçadas irão operar com 256 ônibus, que realizarão 2.435 viagens, um aumento de 22 ônibus e 173 atendimentos. Além disto, a linha 424-CDU/Torrões (Via San Martin) será ativada, pois geralmente não opera nos sábados.

Já no domingo, 234 veículos circularão nas linhas reforçadas, somando 2.262 viagens. Com isso, serão 65 ônibus extras e 406 atendimentos a mais que um domingo comum. Para completar o reforço, as linhas 116-Circular (Príncipe), 330-Casa Amarela/CDU, 424-CDU/Torrões (Via San Martín), 431-Cidade Universitária e 469-Camaragibe/CDU serão ativadas, já que, geralmente, não operam nos domingos.
Outras quatro linhas terão seus itinerários modificados/reativados para atender ao interior do Campus Recife da UFPE. As linhas 060-Shopping/CDU, 303-Curado II/Caxangá (BR-232), 431-Cidade Universitária e 920-Rio Doce atenderão ao local, tanto no sábado quanto no domingo.

*Estocagem – o sistema de estocagem funciona como uma reserva especial de coletivos em um determinado local, geralmente um terminal de integração, preparado para atuar nas linhas que apresentarem maior demanda de passageiros. No caso deste reforço, serão dois ônibus, um deles no TI da Macaxeira e o outro no TI de Igarassu.

Os candidatos podem obter mais informações sobre os itinerários das linhas que levam até os locais de prova entrando em contato com a Central de Atendimento ao Cliente do Grande Recife através do telefone 0800 081 0158.

Linhas que farão parte do esquema especial:

032-Setúbal/Conde da Boa Vista
060-Shopping/CDU
061-Piedade
062-Jardim Piedade
100-Circular
115-Afogados/Aeroporto
116-Circular (Príncipe)
202-Barro/Macaxeira (Várzea)
207-Barro/Macaxeira (BR-101)
243-Vila Dois Carneiros
302-Curado II/Caxangá
303-Curado II/Caxangá (BR-232)
330-Casa Amarela/CDU
331-Totó Planalto
424-CDU/Torrões (Via San Martín)
431-Cidade Universitária
432-CDU/Várzea
450-Camaragibe (Conde da Boa Vista)
460-Camaragibe (Príncipe)
469-Camaragibe/CDU
490-Camaragibe/Macaxeira
520-Macaxeira/Parnamirim
522-Dois Irmãos (Rui Barbosa)
524-Sítio dos Pintos (Dois Irmãos)
645-Av. Norte (Macaxeira)
914-PE-15/Afogados
920-Rio Doce/CDU
977-Paulista (Conde da Boa Vista)
Fonte: CGRT
READ MORE - Grande Recife reforça 28 linhas de ônibus para as provas do ENEM

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960