Detro apreende 39 ônibus irregulares na Região Metropolitana do Rio e de Niterói

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Fiscais do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) apreenderam 39 ônibus em uma operação especial realizada nesta sexta-feira, nos principais terminais da Região Metropolitana do Rio. Também foram aplicadas 55 multas. Vinte e cinco veículos foram recolhidos em Niterói, dez na Central do Brasil, três na Praça XV e outro na Praça Mauá. Um coletivo da empresa Transmil, que circulava com documentação atrasada de 2004, foi levado para o depósito da Rodovia Washington Luiz.
A empresa com maior número de veículos apreendidos foi a Rio Ita, com 11 ônibus recolhidos, sendo a maior parte deles por apresentarem número de bancos a mais ou a menos do que o correto para aquele tipo de transporte. As principais infrações constatadas foram: problemas na documentação, falta de trocador, omissão do quadro de horários e falta de autorização para o transporte de passageiros.
As multas variam de R$ 900 a R$ 2.100 e os veículos recolhidos só podem voltar a circular após regularizarem as infrações.
- Se o cidadão é tratado com rigor, por que as empresas acham que podem tentar driblar a legalidade? Quem se dispõe a prestar serviço à população deve estar comprometido com a qualidade e a segurança deste. Não é admissível que os empresários teimem em tratar os passageiros do transporte público como gado - disse o presidente do Detro, Rogério Onofre.

READ MORE - Detro apreende 39 ônibus irregulares na Região Metropolitana do Rio e de Niterói

Com fim da greve dos metroviários, trens circulam normalmente nesta sexta

Após dois dias de greve, os metroviários voltaram ao trabalho na manhã desta sexta-feira (22/10). De acordo com a assessoria de imprensa da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF), o movimento é tranquilo e os 19 trens circulam normalmente.

O retorno aconteceu depois de uma reunião entre o Sindicato dos Metroviários do Distrito Federal (Sindmetro) e direção do Metrô-DF, mediada pelo Ministério Público do Trabalho, onde a empresa se comprometeu a convocar os 90 aprovados no último concurso público. O edital de convocação foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal desta sexta-feira. Confira a lista dos aprovados no site.

Por 90 dias, os metroviários vão ter redução da carga horária de 40h para 30h, sem redução salarial. Como anteriormente divulgado pelo Metrô, a diminuição do horário de trabalho, a partir de 1º de novembro, terá caráter experimental. Uma modificação na remuneração será avaliada por uma comissão ao fim do prazo.

Fonte: Correio Braziliense
READ MORE - Com fim da greve dos metroviários, trens circulam normalmente nesta sexta

São Paulo: Projeto põe ônibus e bicicleta na mesma faixa

O projeto de ciclofaixas em Moema, na zona sul de São Paulo, em estudo pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), prevê pistas compartilhadas entre ciclistas e ônibus. O modelo, comum em países europeus, é inédito no Brasil. Se for adotado, uma das pistas de carros terá de ser reservada para o corredor e as outras, estreitadas.
O projeto prevê a criação de uma rede completa de ciclofaixas no bairro, no lugar das vagas de Zona Azul, retiradas pela Prefeitura no início do ano, totalizando cerca de 15 km. Onde não passa ônibus, as ciclofaixas ficariam nas extremidades, obedecendo ao sentido de circulação. O plano foi feito pela consultoria TC Urbes e pelo Instituto CicloBR, com participação da CET. O traçado definitivo ainda não está definido e dependerá dos estudos de impacto e viabilidade da companhia. Moradores deverão ser consultados.
Segundo os técnicos responsáveis, as pistas compartilhadas entre bicicletas e ônibus vão dar prioridade tanto ao transporte não motorizado quanto ao público. A solução pode ser adotada em vias com fluxo de ônibus, como a Alameda dos Maracatins ou a Avenida dos Eucaliptos, por onde passam algumas linhas de ônibus. Questões como a velocidade dos ônibus e o embarque de passageiros também foram consideradas.
Para diminuir os atritos entre ciclistas e motoristas, estão previstas palestras e treinamento dos condutores de ônibus. As faixas exclusivas deverão ter 4 metros de largura - corredores de ônibus normais são menores, com pistas que variam entre 2,75 metros e 3,30 metros.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
READ MORE - São Paulo: Projeto põe ônibus e bicicleta na mesma faixa

Ônibus no Rio começam a circular com novo visual no dia 30

A Secretaria municipal de Transportes confirmou nesta quinta-feira que os quatro consórcios de empresas, vencedores de licitação promovida pela prefeitura, passarão a operar as linhas de ônibus da capital no próximo dia 30. O Bilhete Único Carioca (BUC), no entanto, só começará a valer no dia 6 de novembro. O prefeito Eduardo Paes decidiu adiar a implantação do BUC para o primeiro sábado após o segundo turno das eleições, a fim de não criar confusão e não atrapalhar o processo eleitoral.
A intenção da Rio Ônibus (sindicato que reúne as empresas de ônibus do Rio) é que, na estreia, 200 veículos novos comecem a circular já com a nova padronagem visual. Conforme resolução da Secretaria de Transportes, os ônibus municipais serão brancos, com alguns detalhes em outra cor, para identificar a região onde eles circularão. Amarelo identificará as linhas do consórcio Intersul (Zona Sul e Grande Tijuca); verde as do Internorte (Zona Norte); azul as do Transcarioca (Jacarepaguá, Barra e Recreio); e vermelho as do consórcio Santa Cruz (Zona Oeste).
O contrato da prefeitura com os quatro consórcios, para operar as linhas municipais pelos próximos 20 anos, foi assinado no dia 17 de setembro. Eles assumem sob a vigência de um Código Disciplinar mais rigoroso para as empresas e os motoristas de ônibus. Com o novo código, ações como não parar no ponto, circular com veículos em mau estado de conservação, usar celular ao volante dos ônibus e permitir o acesso de ambulantes aos coletivos poderão gerar multas que vão de 20 a 520 Ufirs-RJ (de R$ 40 a R$ 1.050 aproximadamente).

READ MORE - Ônibus no Rio começam a circular com novo visual no dia 30

Metrô DF: Metroviários decidem em assembleia por fim de paralisação

Parados há dois dias, o trabalhadores do Metrô-DF decidiram, em assembleia realizada na noite desta quinta-feira (21/10), pelo fim da greve e retorno às atividades. Já na manhã desta sexta-feira, todos os 19 trens devem circular normalmente. A categoria disse ter tido avanços na redução da jornada de trabalho.

O Sindicato dos Metroviários do Distrito Federal (SindMetrô) e a empresa entraram em acordo durante reunião mediada pelo Ministério Público do Trabalho, no início desta noite. A proposta, levada à votação pelos sindicalistas, teve a aprovação de 90% dos participantes da assembleia; 10% se posicionaram contra.

Por 90 dias, os metroviários vão experimentar a redução da carga horária de 40h para 30h, sem redução salarial. Como anteriormente divulgado pelo Metrô, a diminuição do horário de trabalho, a partir de 1º de novembro, terá caráter experimental. Uma modificação na remuneração será avaliada por uma comissão ao fim do prazo.

"Essa reunião de hoje se resume a um compomisso que tem valor. Nós avançamos em várias questões, como o Plano de Carreira", disse um dos diretores do SindMetrô, Luciano Soares Costa.

A empresa se comprometeu a chamar 90 aprovados no último concurso, referente ao cadastro reserva. Ao todo, serão 40 vagas para piloto e 50 para agente de estação. A categoria, no entanto, reivindicava 200. O Diário Oficial do DF (DODF) de amanhã (22/10) trará os nomes dos convocados. O órgão garante que a greve dos funcionários não influenciou nas convocações, que já estavam previstas.

READ MORE - Metrô DF: Metroviários decidem em assembleia por fim de paralisação

Salvador terá sistema Bus Rapid Transit '' BRT ''


BRT DA CHINA
A cidade se prepara para receber um sistema de ônibus chamado BRT – Bus Rapid Transit (Transporte Rápido por Ônibus) que circulará nas  avenidas mais movimentadas.
Trata-se de um esquema de transporte coletivo operado com ônibus de grande capacidade em vias exclusivas  segregadas em relação ao tráfego de veículos em geral, a ser instalado nas avenidas Paralela, ACM, Juracy Magalhães, Barros Reis e Vasco da Gama, pois já possuem espaço físico suficiente para implantação dessas vias, sem necessidade de vultosas desapropriações.
Este projeto irá proporcionar maior eficiência no transporte de passageiros de Salvador, através da redução significativa no tempo de viagem e dos custos de deslocamento, com mais confiabilidade e segurança para os usuários, melhor acessibilidade e agilidade no atendimento aos mesmos, bem como a minimização do consumo energético e emissão de poluentes, além de importantes melhorias urbanísticas, que se traduzirão numa melhor qualidade de vida da cidade.
A Etapa do Projeto BRT Salvador, prioritária para a Copa 2014, compreende os corredores Aeroporto-Acesso-Norte (Av. Paralela) e Iguatemi-Lapa (via Av.ACM e Vasco da Gama) que totalizam R$884 milhões, dos quais, já estão assegurados R$570 milhões de recursos federais, relativos à implantação do trecho Aeroporto –Acesso Norte. Os recursos para os trechos complementares estão sendo pleiteados junto ao Governo Federal pela Prefeitura de Salvador.
Estes corredores irão promover a articulação rápida, segura e confortável dos principais acessos da Região Metropolitana e de Salvador (Aeroporto e Estação Rodoviária ), com o Estádio da Fonte Nova e estádios complementares, os polos hoteleiro de turismo e negócios,  o Centro Histórico e o novo Centro do Iguatemi  e a rede hospitalar pública e privada, pois irá operar nos corredores estruturais de transporte da cidade, integrada com a linha de Metrô Acesso Norte-Lapa, e consolidar o principal eixo de expansão da cidade atualmente, representado pela Av. Paralela.  
Com resultados positivos em outras cidades do Brasil e do mundo, a exemplo de Curitiba (RIT), São Paulo (Interligado), Bogotá (Transmilenio), Quito (Metrobus), México (Metrobus),  este sistema de ônibus cada vez mais atrai os passageiros, inclusive nestes locais citados houve até migração de pessoas que possuem automóvel e hoje utilizam este transporte devido à eficiência do mesmo. E aqui em Salvador a expectativa é de que tenha a mesma aceitação já que o objetivo principal é o de resolver os graves problemas do trânsito e do transporte público existentes na cidade.

READ MORE - Salvador terá sistema Bus Rapid Transit '' BRT ''

SPTrans testa ônibus híbrido visando a melhora na qualidade do ar

A Secretaria Municipal de Transportes, por meio da São Paulo Transporte,  apresentou no dia 19 de outubro um novo protótipo de ônibus híbrido diesel/elétrico, desenvolvido pela Volvo, que será testado em São Paulo.
O novo ônibus híbrido tem tecnologia revolucionária e, segundo o fabricante, é a solução híbrida mais avançada já desenvolvida no mundo. Chamada de "Híbrida em Paralelo", foi projetada para um ônibus com dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente. O motor elétrico é utilizado para dar partida no veículo e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 km/hora, e também como gerador de
energia durante as frenagens.
O motor diesel entra em funcionamento em velocidades mais altas. A cada vez que se acionam os freios, a energia de desaceleração é utilizada para carregar as baterias. Quando o veículo está parado, seja no trânsito, em pontos de ônibus ou em semáforos, o motor diesel fica desligado. Estudos da Volvo demonstram que o tempo que o veículo fica parado pode representar até 50% do período total de operação do ônibus. Durante todo esse tempo, não há emissões de poluentes, pois o motor diesel se apaga completamente.
O modelo em teste ficará 15 dias na capital, depois segue para um teste no Rio de Janeiro. Em março de 2011, volta para testes definitivos com equipamentos "onboard".

Menor consumo, menos poluição
O fabricante garante que esta tecnologia tem duas vantagens principais: mais economia de combustível e grande redução no impacto ambiental. O sistema híbrido da Volvo proporciona uma redução no consumo de combustível de até 35%. Já a diminuição das emissões de poluentes que saem do escape pode variar de 80% a 90%, na comparação com motores a diesel convencionais.

Programa de Teste de Ônibus Híbrido
O propósito do programa de teste com ônibus híbridos, com financiamento a fundo perdido do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e coordenação da Fundação Clinton, é de possibilitar o desenvolvimento da tecnologia híbrida dentro da America Latina, a fim de que as cidades possam acelerar sua habilidade de incorporar tecnologias mais eficientes de combustíveis na frota de ônibus municipal e, com isso, produzir grande impacto na redução de emissão de gases do efeito estufa e de poluentes locais.
São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Bogotá fazem parte do programa de teste de ônibus híbrido, cujo objetivo principal será testar as diferentes tecnologias em operação urbana. A medição de poluentes será feita com a utilização de equipamentos de medição "onboard", ou seja, acoplados aos escapamentos dos ônibus para a medição em operação real.

Testes em desenvolvimento na capital
A Secretaria Municipal de Transportes já investe em combustíveis alternativos ambientalmente mais corretos.  Desde janeiro de 2009, os ônibus da capital estão operando com óleo diesel de S 50 (50 ppm de enxofre e com a adição de 5% de biodiesel). Este combustível com baixo teor de enxofre apresenta ganhos ambientais significativos  comparado ao  diesel utilizado anteriormente. Testa também um ônibus a etanol e um outro modelo que utiliza uma mistura de diesel com um biodiesel extraído  da cana-de-açúcar.

Além disso, a Secretaria Municipal dos Transportes intensifica a renovação de 140 trólebus, dos 203 veículos elétricos, que percorrem 137 quilômetros de cabos, divididos em 12 linhas, a maioria na zona leste da cidade.
No momento, 11 veículos novos já estão operando. Os novos carros serão distribuídos de acordo com as necessidades identificadas  pela concessionária que opera com trólebus. Todos os novos veículos são totalmente acessíveis, com rampa para cadeirantes.

Fonte: SPTrans
READ MORE - SPTrans testa ônibus híbrido visando a melhora na qualidade do ar

BRT prevê espera de um minuto nas estações em Manaus

A espera dos usuários do transporte coletivo de Manaus nos pontos de ônibus será reduzida para um minuto após a implantação do Sistema de Transporte Público Bus Rapid Transit (BTR). A estimativa foi anunciada na manhã de hoje (01) pela empresa VTech Engenharia, contratada para fazer os estudos preliminares da implantação do sistema.

A obra está orçada em R$ 230 milhões e deve ser concluída em 24 meses a partir do início dos trabalhos. A audiência pública foi realizada pela Prefeitura de Manaus para discutir o projeto do sistema e apresentar os eixos de circulação do transporte na cidade.

De acordo com o diretor da VTech, Airton Mergulhão, a redução no tempo de espera dos usuários para 1 a 3 minutos é possível com base na estimativa de 80 veículos em circulação nas ruas. Caso o sistema opere com esse número, Mergulhão prevê o fim das longas filas nos pontos de ônibus. “O BRT é mais interessante que o monotrilho para a cidade de Manaus”, disse.

Valor da Tarifa
Segundo ele, o valor da tarifa do BRT ficará entre R$ 2,20 e R$ 2,25. A tarifa também foi confirmada pela Prefeitura de Manaus que pretende tornar o BRT a solução definitiva para o transporte coletivo da cidade. Para o arquiteto urbanístico da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Claudemir Andrade, o valor será mantido e não deve onerar o sistema.

Funcionamento

Os veículos que atuarão no sistema são do tipo articulado e bi-articulado. Segundo Mergulhão, os ônibus podem ser movidos a gás e eletricidade. O trajeto do BRT terá 19 quilômetros de extensão e o total de 20 estações e três terminais. A distância entre cada terminal de integração será de 800 metros.

O traçado inicial do anel viário interligará as zonas Norte, Leste Sul e parte da zona Centro Oeste e Centro da cidade. Entre os pontos de integração destacam-se a estação Grande São José Operário, estação Acariquara e Clube do Trabalhador, estação Grande Circular/ São José Operário, além do terminal da Manaus Moderna.

O sistema  vai funcionar 19 horas por dia e terá velocidade média de 25 quilômetros por hora. Cada veículo terá capacidade máxima de 270 passageiros. O sistema terá corredores exclusivos para melhorar a rapidez do trajeto dos ônibus.

Fonte: Portalamazônia
READ MORE - BRT prevê espera de um minuto nas estações em Manaus

Projeto prevê proibição de música alta nos ônibus de João Pessoa

Tramita nas comissões permanentes da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) um projeto de lei do vereador Welando Guedes (PPS) que dispõe sobre o uso de aparelhos sonoros no transporte coletivo da Capital.

De acordo com o projeto, ficará proibido aos usuários dos transportes coletivos da cidade ouvir músicas e similares através de aparelhos sonoros no “modo autofalante”. Os usuários só poderão utilizar fones de ouvidos, cabendo à Superintendência de Transporte e Trânsito (STTrans) sinalizar adequadamente o interior dos ônibus.

“Tem se tornado frequente por parte de alguns usuários de transportes coletivos de João Pessoa ouvir música através de aparelhos sonoros, principalmente celulares no “modo auto falante”. Esse comportamento tem incomodado e atrapalhado as outras pessoas presentes no mesmo espaço, violando a individualidade. Com esse projeto, objetivamos provocar o respeito e a consciência entre os munícipes e a garantia de um ambiente sem poluição nos transportes urbanos da nossa Capital”, justificou o vereador.
READ MORE - Projeto prevê proibição de música alta nos ônibus de João Pessoa

Maringá terá nova linha de ônibus a partir de novembro

A partir do dia 1º de novembro, Maringá passa a contar com uma nova linha de transporte coletivo com destino ao Shopping Catuaí.
De acordo com a Secretaria de Transportes, a linha 462, denominada Catuaí, fará a ligação entre o terminal e o shopping diariamente das 7h30 às 21 horas, com paradas a cada 25 minutos.
A proposta de uma linha de ônibus específica para o local partiu dos dirigentes do shopping que fizeram uma pesquisa de demanda com funcionários e consumidores. A solicitação foi acatada pela Transporte Coletivo Cidade Canção, que poderá ajustar os horários conforme a necessidade.
A nova linha fará os seguintes trajetos:
Sentido Terminal: Catuaí: Terminal; Av. Tamandaré; Rua Fernão Dias, Av. Cidade de Leiria, praça José Bonifácio, Av. Brasil, Praça 7 de Setembro, Av. Brasil, Av. Paranavaí, Rua Verde, Av. Harry Prochet, Rua externa Shopping Catuaí, Shopping Catuaí.
No sentido Catuaí: Terminal: Shopping Catuaí; Rua externa Shopping Catuaí; Av. Colombo; Av. Paraná; Av. Prudente de Moraes, Av. Tamandaré; Terminal.

READ MORE - Maringá terá nova linha de ônibus a partir de novembro

Aumento da tarifa do transporte coletivo em Rio Branco será em Novembro

Durante uma manifestação de centrais sindicais em frente ao Terminal Urbano, em Rio Branco, na manhã de ontem (19), o sindicalista Marcelo Jucá, representante da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras o Brasil (CTB), revelou que há uma previsão de reajuste na tarifa de ônibus cobrada em Rio Branco.

O sindicalista não soube informar para quanto pode ser reajustada a tarifa que atualmente está no valor de R$ 1,90.

A informação sobre o possível reajuste foi repassada por Marcelo Jucá quando ele e outros líderes sindicais participavam de um ato em defesa da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte de Passageiros e Cargas do Acre (Sinttpac), que foi demitida após uma greve que aconteceu entre maio e junho deste ano.

“Nós queremos uma solução para esse problema. Se for o caso, a prefeitura deverá abrir nova licitação para que venha uma empresa que respeite o usuário e o trabalhador. Nós não aceitamos essa justificativa da reposição salarial atrelada ao aumento da passagem”, afirmou o sindicalista.

No momento da manifestação, 30 sindicalistas deram as mãos e bloquearam as quatro plataformas do Terminal Urbano por aproximadamente 20 minutos. Os líderes sindicais fizeram discursos afirmando que a frota de ônibus existente é composta por veículos em péssimo estado e que os novos ônibus assemelham-se a micro-ônibus.

“Os empresários não se preocupam com os usuários que pagam para ter um serviço de qualidade. Eles trocaram os ônibus velhos por outros ônibus que são bem menores e que fazem com que o usuário ande como se fossem sardinhas, imprensados”, disse um dos representantes da CTB que estava no local.

Fonte: A Gazeta
READ MORE - Aumento da tarifa do transporte coletivo em Rio Branco será em Novembro

Vereadores exigem cobradores nos ônibus do transporte coletivo de Chapecó

O vereador Itamar Agnholetto disse na Câmara ontem (20) que as empresas do transporte coletivo de Chapecó devem ser cobradas nos itens que devem observar pela concessão do transporte público. Ontem a Vereadora Luciane Carminatti solicitou informações sobre obrigações das concessionários para prestar esse serviço, há poucos dias renovados por mais 20 anos. Problema dos cobradores foi novamente levantado.
Alegação para a falta de cobradores é não cumprimento de algumas exigências, como por exemplo, o ensino, o que tem dificultado conseguir esse tipo de trabalhador. Informação recebida por vereadores é que as empresas não estariam cumprindo com a presença de dois trabalhadores dentro dos ônibus. Luiz Antônio Agne disse que a legislação vem sendo cumprida porque não tem notado a falta dos cobradores.
Itamar Agnholetto disse que os vereadores tem obrigação de ser parceiro do Prefeito José Caramori que tem cobrado o que exige o contrato de concessão. Segundo ele as empresas estão abusando dos motoristas que são obrigados a trabalhar por dois, o que tem originado atrasos de cinco a 15 minutos em algumas linhas. Além disso o consumo a mais de Diesel é pago pelos motoristas, descontado do adicional que recebem pelo trabalho extra que fazem. Sérgio Badalotti destacou que o município tem cobrado bastante das empresas, pensamento compartilhado pelo líder de governo Ivaldo Pizzinatto.

READ MORE - Vereadores exigem cobradores nos ônibus do transporte coletivo de Chapecó

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960