Estação de trem de Nilópolis ganha banheiro público

terça-feira, 14 de setembro de 2010

A partir desta quarta-feira (14/9) os passageiros que embarcam na estação de Nilópolis, na Baixada Fluminense, terão um novo banheiro gratuito. Cerca de 11 mil pessoas que embarcam todos os dias serão beneficiadas com este novo projeto.

Os passageiros já contam com esse serviço nas estações de Madureira e Engenho de Dentro. O próximo será em Deodoro, previsto para este mês, e posteriormente, em Japeri e Cascadura. Os sanitários ficam abertos das 6h às 20h nos dias úteis e das 6h às 18h aos sábados. Há sempre um profissional de prontidão para realizar a limpeza e a manutenção.

A iniciativa atende a solicitação da Secretaria de Transportes por melhorias e incrementos nas estações de trem, com vistas a oferecer mais conforto e comodidade às mais de 500 mil pessoas que fazem uso do transporte público ferroviário.

A SuperVia Concessionária de Transporte Ferroviário S/A havia inaugurado em junho um protótipo de banheiro na estação de Madureira, e a expansão deste projeto dependia da conservação e utilização dos equipamentos.

Após dois meses de inauguração, a empresa considerou os resultados positivos e decidiu ampliar para outras estações. A SuperVia entende que além de oferecer esse benefício aos clientes, os novos banheiros incentivam a população a preservar o patrimônio público.


READ MORE - Estação de trem de Nilópolis ganha banheiro público

Linhas metropolitanas da EMTU de Hortolândia, Monte Mor e Campinas recebem novos ônibus

As linhas metropolitanas que ligam os municípios de Hortolândia, Monte Mor e Campinas terão sua frota modernizada. Durante visita técnica do secretário adjunto dos Transportes Metropolitanos e presidente da EMTU/SP, João Paulo de Jesus Lopes ao Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira na sexta-feira, 10, foram apresentados 25 novos ônibus, equipados com total acessibilidade. Esse é o segundo lote de um total de 48 veículos adquiridos pela permissionária. Já circulam 13 veículos desde 20 de junho passado. O investimento realizado é de cerca de R$ 12 milhões.

Todos os veículos possuem quatro portas (esquerda e direita) de forma a atender adequadamente a operação no Corredor Sumaré-Campinas e também em vias não segregadas. Os ônibus contam com elevadores dos dois lados, espaço interno reservado para cadeirante e para deficiente visual com cão guia, assento para obeso, balaústre e corrimão adequados para deficiente visual e todos os itens de acessibilidade de acordo com especificações do Inmetro (NBR 15570).

Os 48 novos ônibus entrarão em operação gradativamente nos próximos 90 dias. A frota é composta por 38 ônibus de modelo convencional e dez ônibus articulados, com maior capacidade de transporte de passageiros (cerca de 80% a mais que os ônibus comuns).

A EMTU gerencia 174 linhas de ônibus na Região Metropolitana de Campinas, atendendo 19 municípios, com frota de 514 veículos. A idade média da frota, atualmente, é de 6 anos. Com a realização da concessão da operação do transporte metropolitano, a idade média da frota será reduzida.
 
Fonte: Governo de São Paulo
 
Share |
READ MORE - Linhas metropolitanas da EMTU de Hortolândia, Monte Mor e Campinas recebem novos ônibus

SPTrans altera itinerários de ônibus na Zona Sul


A SPTrans informa alterará os itinerários de 14 linhas de ônibus, em função da realização do evento IBM Fórum 2010, que acontecerá nos dias 16 e 17 de setembro, das 8h às 22h, no Transamérica Expo Center, localizado na Av. Mário Villas Boas Rodrigues, em Santo Amaro, Zona Sul da Capital.

Para informações sobre os trajetos de linhas de ônibus consulte itinerários ou ligue 156.

Linhas e itinerários:

677A/10 Term. Jd. Ângela – Metrô Ana Rosa
7710/10 Term. Guarapiranga – Metrô Ana Rosa
637A/10 Terminal Jd. Ângela – Pinheiros
637C/10 Jd. Jacira – Pinheiros
Ida: normal até Av. Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, Rua Adele, Av. Mário Lopes Leão, Avenida das Nações Unidas, prosseguindo normal.
Volta: sem alteração.

6049/10 Valo Velho – Santo Amaro
Ida: sem alteração.
Volta: normal até Av. Mário Lopes Leão, Avenida das Nações Unidas, Rua Dr. Rubens Gomes Bueno, Rua Acari, Rua Centro Africana, Av. João Dias, prosseguindo normal.

6007/10 Pq. Santo Antonio – Term. Santo Amaro
6013/10 Jd. Nakamura – Term. Santo Amaro
6043/10 Jd. Capelinha – Term. Santo Amaro
6065/10 Vila Calú – Term. Santo Amaro
Ida: sem alteração.
Volta: Term. Santo Amaro, Av. Pe. José Maria, Avenida das Nações Unidas, Rua Dr. Rubens Gomes Bueno, Rua Acari, Rua Centro Africana, Av. João Dias, prosseguindo normal.

6042/10 Jd. Três Estrelas – Santo Amaro
6036/10 Jd. Macedônia – Santo Amaro
6039/10 Valo Velho – Santo Amaro
Ida: sem alteração.
Volta: normal até Av. Mário Lopes Leão, Avenida das Nações Unidas, Rua Dr. Rubens Gomes Bueno, Rua Acari, Rua Centro Africana, Av. João Dias, prosseguindo normal.

746P/10 Paraisópolis – Santo Amaro
746P/31 Paraisópolis – Santo Amaro
Ida: sem alteração.
Volta: normal até Av. Mário Lopes Leão, Avenida das Nações Unidas, Rua Dr. Rubens Gomes Bueno, Rua Acari, Rua Centro Africana, Av. João Dias, prosseguindo normal.

Fonte: SPTrans

READ MORE - SPTrans altera itinerários de ônibus na Zona Sul

Metrô de SP bate novo recorde de passageiros


O Metrô de São Paulo bateu novo recorde de passageiros no dia 3 de setembro. Foram transportadas naquela sexta-feira 3,794 milhões de pessoas, segundo dados da própria companhia. O metrô paulistano é o segundo no mundo em número de passageiros transportados em relação à extensão da rede. O índice é de 11,5 milhões de passageiros transportados por quilômetro de linha. A liderança é do metrô de Tóquio, no Japão, com 11,9 milhões. São Paulo tem hoje 68,9 quilômetros de linhas metroviárias e 11 milhões de habitantes. Já a capital japonesa alcança 286,2 quilômetros de trilhos de metrô e 13 milhões de habitantes. Lá como aqui são duas as companhias que operam o sistema.

Fonte: Estadão

READ MORE - Metrô de SP bate novo recorde de passageiros

Mobilidade urbana é colocada em prática em Uberlândia e cadeirantes ganham tempo e qualidade de vida


Um ano depois da implantação pioneira em nível nacional da frota do transporte público totalmente acessível para pessoas com deficiência, o conceito de mobilidade urbana em Uberlândia começou a ser colocado em prática pelos usuários cadeirantes do Sistema Integrado de Transporte (SIT) em qualquer ponto de ônibus nos quatro cantos da cidade.

“A frota é 100% adaptada e a nossa vida melhorou 100%”, afirmou a dona de casa Luciélia Pereira Gomes, mãe da estudante Bruna Thais Gomes de Brito, 15 anos, deficiente física desde um ano de idade.

A história da estudante exemplifica a melhora na qualidade de vida das pessoas com deficiência que hoje podem usufruir da acessibilidade irrestrita no transporte público uberlandense, iniciada em agosto de 2009.

“Muita coisa mudou de lá para cá. Agora tenho mais chances de sair e de um jeito mais rápido. No lugar onde eu moro, não eram todos os ônibus que tinham elevador”, afirmou a estudante, que reside no bairro Morumbi, região leste de Uberlândia.

O tempo de espera no ponto de ônibus diminuiu e as oportunidades aumentaram para a garota que teve uma doença genética nos ossos que a impediu de andar. O período em que ela ficaria esperando na cadeira de rodas por um dos poucos ônibus com elevador, agora a estudante utiliza dentro da piscina do Uberlândia Tênis Clube (UTC) para treinar natação.

A espera no ponto do ônibus para fazer o deslocamento de mais de 10 quilômetros entre a rua do Facão até o clube em que treina no Centro de Uberlândia foi reduzida com todos os ônibus da linha Morumbi/Terminal Central, providos de elevadores.

Segundo cálculos da Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran), este tempo de espera com a frota 100% adaptada não passa de 15 minutos, em média, para pessoas com deficiência pegarem um ônibus. “Hoje espero uns 10 minutos pelo ônibus aqui no Morumbi. Antes levava quase meia hora”, disse a estudante.

Na piscina, o tempo também diminuiu nos 50 metros livre no estilo de nado crawl. Nadadora paraolímpica, Bruna Thais expandiu sua mobilidade além dos limites de Uberlândia e acaba de chegar de São Paulo com duas medalhas de ouro e uma de prata no peito na primeira competição paraolímpica disputada pela estudante.

Ela participou das Paraolimpíadas Escolares, entre os dias 6 e 11 de setembro, em São Paulo (SP). Bruna venceu as provas de 100 metros e 50 metros livre, estilo crawl, e ficou em segundo lugar nos 50 metros peito. “Nos 50 metros livre fiz tempo de 1 minuto e 13 segundos. Quando eu comecei a treinar, o meu tempo era 1 minuto e 25 segundos”, afirmou Bruna Thais.

Licitação previa 100% de acessibilidade

Em agosto de 2009, após concluir o processo de licitação para a concessão do serviço de transporte público para novas empresas, Uberlândia foi a primeira cidade brasileira a ter toda a frota de ônibus acessível para pessoas com deficiência. A cidade saiu na frente das demais e se adaptou com antecedência à obrigatoriedade contida no Decreto Federal 5.296, que prevê a implantação de 100% de ônibus acessíveis em todo o país no transporte coletivo urbano até 2014.

Hoje são 64 bairros integrados em Uberlândia e cinco distritos, além de vilarejos, como a Tenda dos Morenos e Olhos D`água, atendidos por 395 veículos do Sistema Integrado de Transportes distribuídos em 108 linhas de ônibus totalmente acessíveis para pessoas com deficiência.

“Quando fizemos a licitação, houve a oportunidade de resolvermos dois problemas: ônibus velhos e falta de acessibilidade. Quanto mais novos os veículos, maior pontuação teria a empresa e quanto mais ônibus acessíveis com elevador, mais pontos a empresa alcançaria na licitação. Assim, atingimos em agosto de 2009, os 100% de frota acessível”, afirmou o secretário de Trânsito e Transportes (Settran), Paulo Sérgio Ferreira. “A quantidade de reclamações dos usuários diminuiu consideravelmente”, afirmou o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Triângulo Mineiro (Sindett), José Luiz Rissato.

Veículos com piso baixo são prioridade do SIT

Depois de implantada a integralidade do transporte coletivo acessível, o objetivo é aumentar a oferta de ônibus com piso baixo no Sistema Integrado de Transportes (SIT). Este tipo de veículo torna desnecessária a utilização do elevador. “O problema é o preço. Ele custa praticamente o dobro do convencional. Um ônibus normal custa R$ 300 mil, o outro com piso baixo custa R$ 600 mil.” A meta é ampliar, gradativamente, a oferta deste tipo de veículo. “Hoje são dois no corredor de ônibus da (avenida) João Naves de Ávila. Nos próximos corredores que iremos implantar - serão mais quatro corredores-, vamos aumentar a oferta de ônibus com piso baixo”, afirmou o secretário.

Sistema ainda requer aprimoramentos

Deficiente físico, mestre em Engenharia Civil na área de transporte pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e presidente do Conselho Municipal da Pessoa Portadora de Deficiência (Compod), Gilmar Rabelo, afirma que a posição de Uberlândia é de vanguarda no que tange à acessibilidade, no entanto, ainda há melhorias para serem implantadas.

“Não podemos pensar só nos ônibus quando falamos em transporte público. Temos que pensar o transporte como um todo. As calçadas são um complemento e hoje há muita dificuldade para o deficiente andar por elas”, afirmou Rabelo.

Para os deficientes visuais e auditivos, também há limitações quanto às orientações sobre os itinerários e horários. “Falta essa adequação com uma programação audiovisual para os deficientes auditivos e visuais”, afirmou o especialista.

A assistente social da Aparu (Associação dos Paraplégicos de Uberlândia), Denise Resende Faria, disse que outro problema é a única vaga para a cadeira de rodas nos ônibus do SIT. “Tem gente que trabalha e, quando há dois ou mais deficientes no ponto, só um embarca. Muitos que fazem atividades aqui na Aparu e que também trabalham acabam chegando atrasados no serviço quando isso acontece”, disse.

“Este foi um aspecto que fez com que a Settran nos procurasse para solucionar. A intenção é fazer com que haja mais de um local para a cadeira de rodas em linhas com demandas elevadas”, afirmou o presidente do Compod, citando o campus da Educação Física da UFU, como um dos destinos mais procurados pelos cadeirantes.

Fonte: Correio de Uberlândia

READ MORE - Mobilidade urbana é colocada em prática em Uberlândia e cadeirantes ganham tempo e qualidade de vida

Empresas de transporte coletivo de Florianópolis são multadas por greve


O Tribunal Superior do Trabalho (TST) negou recurso e manteve a multa de R$ 450 mil ao transporte coletivo de Florianópolis referente à não manutenção da frota mínima de ônibus durante a greve de maio de 2009. O julgamento ocorreu na manhã desta segunda-feira na seção especializada em Dissídios Coletivos, em Brasília.

A multa de R$ 450 mil foi aplicada aos sindicatos dos Trabalhadores em Transporte Coletivo Urbano (Sintraturb), às Empresas de Transporte de Passageiros no Estado de Santa Catarina (Setpesc) e Urbano de Passageiros de Florianópolis (Setuf). O valor será repartido em R$ 150 mil para cada sindicato. A pena foi aplicada pela juíza Marta Falcão Fabre, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT/SC).

Frota mínima

A ação foi promovida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT/SC) pelo não cumprimento da frota mínima do transporte coletivo, considerado essencial para a população, nos três dias de greve.

Após a publicação da decisão pelo TST no Diário Oficial Eletrônicos, as partes poderão entrar com pedido de Embargos de Declaração (esclarecimentos) no prazo de cinco dias. Caso não haja questão de omissão, contradição ou obscuridade no texto da decisão, o processo volta para o TRT/SC, onde será executada a cobrança da multa, que pode ser de 48h ou 10 dias.

O presidente do Setuf, Waldir Gomes, afirmou que a empresa vai aguardar o recebimento da decisão por escrito e assim verificar o motivo do recurso ter sido negado. Ele enfatiza ainda que, se tiverem chance, irão recorrer novamente.

O mesmo disse Elias Sombrio, diretor-superintendente do Setpesc:

— Vamos aguardar a redação da decisão. Precisamos primeiro conferir as razões da manutenção da multa para depois nos manifestarmos.

O representante do Sintraturb está em reunião na tarde desta segunda-feira.

Fonte: Diário Catarinense

READ MORE - Empresas de transporte coletivo de Florianópolis são multadas por greve

Prefeito de Manaus promete mil ônibus novos até 2011


O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, prometeu que até junho de 2011 mil, ônibus novos farão parte do sistema de transporte coletivo da capital. O estimativa foi feita durante anúncio da nova licitação do transporte público na última sexta-feira (10).

Amazonino afirmou que já assinou o documento para dar início ao processo licitatório para o sistema de transporte coletivo da cidade. O anúncio ocorreu durante o encerramento do programa “A Prefeitura Trabalha” no bairro Zumbi II, zona leste.

Segundo o prefeito, é chegada a hora de fazer uma mudança do transporte público, pois as empresas estão falidas e cheias de problemas, prejudicando a população. “O documento vai permitir fazer a concorrência para novas empresas de ônibus venham para Manaus. Vamos libertar a nossa cidade dessas empresas, que não souberam se comportar dignamente”, anunciou.

Ele afirmou que o sistema de transporte público será resolvido com ordenamento das paradas, ordenação do índice de passageiros por quilômetros e planejamento de linhas.

Fonte: Portalamazônia

READ MORE - Prefeito de Manaus promete mil ônibus novos até 2011

Cuiabá: SMTU informa mudanças em linhas de ônibus


A Secretaria Municipal de Transito e Transporte Urbano de Cuiabá informa que, para melhor atender a população usuária do transporte coletivo, apartir desta segunda-feira (13), haverá mudanças em algumas linhas do transporte coletivo da Capital.

As linhas 309 – Residencial Picolli (1º de Março) / Centro e 412 – Planalto /Centro, serão extintas, e em substituição entrará em operação a linha 350 1º de Março (Res. Picolli) / Centro via terminal do CPA III/Planalto. A linha será operada com 15 carros, incluindo dois micros, com um tempo estimado de dez (10) minutos de espera no pico. A linha 350 fará o retorno sentido bairro saindo da Praça Maria Taquara. A medida visa eliminar a sobreposição de linhas em um mesmo corredor, racionalizando o sistema com ganhos ao usuário.

Na mesma data, entrará em operação a linha 340 – Altos da Glória / Chopão (via terminal CPA I/ Morada do Ouro-frente), com oito carros e tempo de espera estimado de 15 quinze minutos na faixa horária das 05h00m às 20h00m. Tal medida fará com que os moradores do altos da Glória e proximidades não precisem fazer o trasbordo no terminal do CPA I. A linha 340 torna-se mais uma opção para os moradores do CPA para a região do Chopão.

Com a finalidade de melhor servir a região das instituições de ensino superior na Avenida Beira Rio, a linha 313 deixará de retornar no Senai/Porto e terá seu itinerário prolongado até a Unic em todas as viagens programadas.

Por fim, a linha 315 que possui seu início no terminal do CPA I, passará para o terminal do CPA III, porém continuando a passar no CPA I. A medida visa beneficiar os moradores da região, que não precisarão deslocar-se para outro bairro para ter acesso ao transporte coletivo.

Fonte: Gazeta Digital

READ MORE - Cuiabá: SMTU informa mudanças em linhas de ônibus

Siemens IT lança tarifador de transporte público

A Siemens IT Solutions and Services acaba de lançar no Brasil um pacote de soluções para operação e gestão de venda, coleta e distribuição de tarifas de transporte público.

A novidade é uma das apostas da empresa para obter, nos próximos cinco anos, um crescimento anual composto de aproximadamente 20% no país.

“Com a atuação no segmento de mobilidade esperamos conquistar de 10 a 20% do mercado de tecnologia para sistemas de transporte somente em negócios voltados à infraestrutura urbana de megacidades brasileiras e para receber os megaeventos esportivos", afirma Fernando Simões, gerente geral de Marketing Estratégico da Siemens IT.

O executivo se refere, por exemplo, à Copa de 2014 e às Olimpíadas de 2016, que ocorrerão no país, tendo o transporte público como um dos focos de investimento.

Segundo Simões, a empresa acumula experiência no desenho e execução de projetos em toda América Latina, em cidades como Santiago do Chile, Cali, na Colômbia, Buenos Aires, Cordoba, Mendoza e Salta, na Argentina.

O pacote focado no transporte público inclui software, hardware, bilhetes eletrônicos (token) e controle de billing, sistemas de pagamento que combinam cartões multimodais e magnéticos, equipamentos de bordo GPS/GPRS para rastreamento de frota em tempo real, soluções de segurança com gerenciamento integrado e operação de recuperação do sistema de transporte, controle de contas, entre outros.

Fornecedora de soluções e serviços de TI com mais de 800 clientes em todo o mundo, a Siemens IT oferece desde consultoria e integração de sistemas até o gerenciamento de infraestruturas e aplicações de TI.

A empresa tem faturamento anual de aproximadamente € 5 bilhões e emprega mais de 35 mil colaboradores.

Fonte: Baguete.com

READ MORE - Siemens IT lança tarifador de transporte público

Prefeitura de Embu realiza inspeção veicular do transporte municipal


A Secretaria de Trânsito e Transportes da Prefeitura de Embu das Artes iniciou nesta segunda-feira, 13/9, no Parque do Lago Francisco Rizzo, a inspeção veicular do transporte público municipal. Até o dia 4 de outubro, os 157 lotações, que atendem à população embuense, passarão pelo procedimento.

Segundo o secretário da pasta, Francisco Carlos Pereira (Cal), a ação tem o intuito de medir a emissão dos poluentes por parte dos veículos e também visa os preparativos para a Semana Nacional do Trânsito, que acontecerá de 18 a 25 de setembro. Aqueles que apresentarem irregularidade durante a inspeção serão orientados a resolver o problema e posteriormente um novo teste será realizado para verificar se o condutor realmente regularizou a situação.

O secretário ainda disse que um laudo comprovando que o automóvel não emite poluente em excesso no meio ambiente será necessário por parte do permissionário durante a inspeção regular - que ocorrerá no final do segundo semestre.

Fonte: Prefeitura de Embu

READ MORE - Prefeitura de Embu realiza inspeção veicular do transporte municipal

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960