São Paulo: Corredor Diadema-Morumbi confunde usuários e motoristas

terça-feira, 3 de agosto de 2010


Passageiros, motoristas e pedestres ficaram confusos ontem no primeiro dia útil de operação do corredor de ônibus Diadema-Morumbi, inaugurado no sábado.
Como não havia radares para detectar invasões, carros e motos transitavam na faixa exclusiva para os coletivos na manhã de ontem. Pedestres também se arriscavam pela via. Devido à falta de sinalização, veículos fechavam cruzamentos e faziam conversões proibidas.
Ao meio-dia, funcionários da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) ainda pintavam a sinalização na pista e trabalhadores consertavam o alambrado.
Ainda não adaptados, dezenas de ônibus paravam em antigos pontos à direita da avenida, em vez de trafegar ao lado do canteiro central, no corredor.
Devido à falta de critério, usuários não sabiam onde esperar. Diversas novas paradas ficam justamente em frente às antigas. "Acabei de perder o ônibus que ia tomar porque o motorista parou do outro lado, fora do corredor", diz a vendedora Ana Júlia Santos.

Fonte: Folha de São Paulo


READ MORE - São Paulo: Corredor Diadema-Morumbi confunde usuários e motoristas

Metrô de Salvador é entregue pelo Governo a Cidade


O Governo da Bahia transfere oficialmente nesta quarta-feira (4) para o município de Salvador os trens do metrô. O secretário de Desenvolvimento Urbano, Cícero Monteiro, entregará ao prefeito João Henrique o documento de transferência dos seis equipamentos em uma solenidade no Salão de Atos da Governadoria, às 15h.

Fabricados na Coréia pela empresa Rotem e fornecidos pela Mitsui & Co Ltda., cada trem é composto por quatro vagões com tração elétrica, carrocerias e estruturas em aço inoxidável. A capacidade de cada um é de 1.250 passageiros e a composição oferece ar condicionado e isolamento acústico. A prefeitura garante que essa semana as máquinas subirão aos trilhos e, no máximo em 15 dias, será iniciada a fase de testes e ajustes, que vai demorar aproximadamente seis meses.



READ MORE - Metrô de Salvador é entregue pelo Governo a Cidade

Curitiba: Urbs implanta mais uma Integração por cartão transporte


A partir de 3 de agosto, passageiros da Linha Verde poderão trocar de ônibus e de rota na estação São Pedro sem pagar nova tarifa. A Urbanização de Curitiba S/A está ampliando o projeto experimental de integração temporal – feita por cartão de transporte, com tempo determinado.

A medida da Urbs beneficia principalmente moradores da Vila São Pedro, que se descolam ao Pinheirinho, e também para quem está entre a Linha Verde e a canaleta da República Argentina e tenham interesse em ir para a região central da cidade de forma mais rápida. A integração temporária na estação São Pedro atende reivindicação da comunidade que participou das audiências públicas da Prefeitura.

Os passageiros que estão, por exemplo, em qualquer um dos alimentadores: Vila São Pedro, Gramados e Urano, e queiram ir para o Terminal do Pinheirinho, podem descer na estação São Pedro, atravessar a pista pela faixa de pedestre e entrar no tubo sentido bairro sem pagar nova passagem, passando o cartão de transporte pelo validador de integração que está instalado nos dois tubos da estação.

A integração temporal nesse ponto agilizará as viagens de bairro para bairro. Antes, os passageiros dos alimentadores tinham de desembarcam no Terminal do Capão Raso, aumentando a distância para a integração com outro ônibus.A integração temporária também traz vantagens para quem circula entre a Linha Verde e a República Argentina. “É mais uma opção de descolamento para o Centro, e para a quem quer ir para a região da avenida Marechal.

Fonte: URBS


READ MORE - Curitiba: Urbs implanta mais uma Integração por cartão transporte

Qualidade no transporte é o que importa para o usuário do Grande Recife


Pesquisa de opinião encomendada pelo Grande Recife Consórcio sobre o transporte público da Região Metropolitana do Recife revelou que os passageiros querem um serviço de qualidade mesmo que, para isso, tenham que abrir mão de uma passagem mais barata.
E que mais da metade dos usuários acredita que o sistema será modernizado com a execução de projetos prometidos pelo governador Eduardo Campos. É o caso do Corredor Norte-Sul, uma pista exclusiva de ônibus com 45 quilômetros de extensão que ligará o Norte ao Sul da Região Metropolitana; da implantação de um corredor de transporte na Avenida Norte, inclusive com uma pista elevada; e da requalificação e prolongamento do Corredor Leste-Oeste até São Lourenço da Mata, onde será erguida a arena da Copa do Mundo de 2014.

Dos 5 mil usuários de ônibus ouvidos na pesquisa nos 14 municípios da RMR, ano passado, a maioria definiu que o transporte público precisa urgentemente ampliar a frota de ônibus, reforçar a segurança nos coletivos, baixar o preço da passagem, melhorar o conforto nos veículos, reduzir os intervalos, criar mais linhas e ser fiscalizado com critério. Quase metade dos ouvidos (46,07%) considerou o sistema ruim e péssimo. Embora 53,93% classifiquem como regular, bom e ótimo, a avaliação negativa terminou prevalecendo sobre a positiva. Outro dado: quem anda de ônibus, em sua maioria, tem renda baixa (até 3 salários mínimos), usa a trabalho e acha a passagem muito cara.

Nessa ordem, essas são as principais exigências dos entrevistados. Pesquisas do tipo são periódicas nos sistemas de transporte sérios. No Brasil, são raras e, em Pernambuco, quase inéditas. O setor empresarial garante que faz análises do tipo com frequência, mas, se o faz, não divulga. Embora na prática revelem o que muita gente já sabe, elas têm que ser realizadas e é preciso saber tirar proveito dela. O Grande Recife garantiu que saberá. Promete que a partir da pesquisa vai traçar metas e redirecionar projetos no setor. Vamos esperar.

Fonte: JC Online


READ MORE - Qualidade no transporte é o que importa para o usuário do Grande Recife

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960