Investimento em transporte coletivo melhora a qualidade de vida, diz Serra

sábado, 24 de julho de 2010


Investimentos em transporte coletivo, estimulando o metrô nas cidades mais populosas e aperfeiçoando o sistema de ônibus, devem ser prioridade do futuro governo federal. A afirmação é do candidato à Presidência da República pela coligação O Brasil Pode Mais, formada pelo PSDB, DEM, PPS, PTB e PT do B, José Serra.
O candidato afirmou ter aplicado R$ 23 bilhões na ampliação do programa de expansão do metrô paulistano e na modernização da Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM), no período que governou São Paulo. Segundo ele, foi o investimento mais elevado no setor registrado no país.
Serra lembrou ainda que até dezembro será concluída a primeira fase do Plano de Expansão do Transporte Metropolitano – que se destina a melhorar o transporte público em São Paulo, Campinas e Baixada Santista.
O candidato passa o dia hoje (24) em visitas a cinco cidades do Paraná. Ele começa em Paranavaí, depois vai para Alto Paraná, Nova Esperança e Maringá. Desde de anteontem (22), Serra está no Sul do país. Na quinta-feira (22), ele visitou Porto Alegre e ontem (23), ele esteve em Florianópolis e Blumenau, em Santa Catarina.
Em todos os locais, o candidato disse ter sido abordado com as preocupações das pessoas em relação a alguns temas comuns – transportes, segurança, saúde e educação. Para ele, assuntos constantes e que serão tratados de forma diferenciada, se eleito.
No caso de Porto Alegre, Goiânia e Belo Horizonte, cidades que ele visitou nos últimos dias, Serra afirmou que vai trabalhar para ampliar as linhas atuais. Segundo ele, é necessário observar ainda que além de melhorar a qualidade de vida dos usuários, o incentivo ao transporte coletivo colabora também para a geração de empregos.
De acordo com Serra, apenas o programa denominado Expansão SP gera 40 mil empregos diretos. Ele afirmou que como é um plano de desenvolvimento integrado, favorece a circulação das pessoas por meio do transporte público, estimulando a abertura de novas frentes de comércio, empregos e renda.

Fonte: Agência Brasil
READ MORE - Investimento em transporte coletivo melhora a qualidade de vida, diz Serra

Metrô de Salvador sobe para os trilhos nesta semana


Enfim, parece que o Metrô de Salvador – após 11 anos de uma obra aparentemente interminável e em meio ao debate sobre a estadualização do sistema – começará a operar. Os trens finalmente subirão para os trilhos na próxima semana e o procedimento de elevação dos vagões deverá ser acompanhado pelo ministro das Cidades Márcio Fortes.

Nesta quinta-feira (22), inclusive, o prefeito João Henrique passou todas as informações ao titular da pasta. A informação foi passada ao Bahia Notícias, em primeira mão, pelo secretário municipal de Transportes e Infraestrutura, Euvaldo Jorge.

Ele indica que tudo está definido pelo Governo Federal e Prefeitura. “Só precisa da liberação de um documento pelo Governo do Estado. Isso deve acontecer até quarta-feira. No máximo em 15 dias será iniciada a fase de testes e ajustes, que vai demorar aproximadamente seis meses.

Esperamos começar a transportar as pessoas já em janeiro”, comemorou. A primeira etapa fará o percurso entre as estações do Acesso Norte e Lapa.

Conforme o titular, a União dividiu o projeto em duas fases e já há a projeção para que, logo após a conclusão do trecho inicial, se inicie a segunda, que levará o equipamento da Rótula do Abacaxi até a Estação Pirajá.

READ MORE - Metrô de Salvador sobe para os trilhos nesta semana

Bilhete Único terá venda suspensa neste domingo


A comercialização de créditos do Bilhete Único será suspensa neste domingo (25), no período das 8h às 14h. Segundo a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), a venda será interrompida para que CPFL Energia execute a manutenção da rede elétrica na Rua Onze de Agosto, e o serviço resultará no desligamento do sistema central da Transurc, associação responsável pela comercialização dos créditos.
Neste período, o posto da Transurc no Terminal Central permanecerá inoperante, assim como os postos de venda terceirizados instalados em toda a cidade.
A Emdec ressalta que a manutenção na rede vai impossibilitar, exclusivamente, a comercialização de créditos do Bilhete Único.
Os usuários que já possuem os créditos em seus cartões poderão utilizá-los normalmente em qualquer veículo da frota do Sistema InterCamp.

Fonte: EPTV
READ MORE - Bilhete Único terá venda suspensa neste domingo

Em Campinas, Motoristas que se destacaram no transporte público serão premiados



Os motoristas do transporte público de Campinas que se destacaram em suas funções serão premiados neste sábado (24) no 2º Concurso Motorista Nota 10, promovido pela Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas.
Serão premiados 21 profissionais, sendo os três primeiros colocados de cada uma das sete categorias do concurso (ônibus convencional, administração pública, transporte escolar, transporte alternativo, táxi auxiliar, táxi permissionário e fretado). Neste ano, 92 motoristas foram habilitados a participar. O primeiro colocado receberá uma premiação de R$ 3 mil, o segundo R$ 2 mil e o terceiro R$ 1 mil.
O Concurso Motorista Nota 10 busca valorizar o papel dos motoristas profissionais para o dia a dia de Campinas e sua responsabilidade na condução diária de milhares de vidas, além de incentivar a melhoria da qualidade do serviço prestado.
Os 92 motoristas que participaram do concurso foram indicados pelas empresas, sindicatos ou cooperativas em que trabalharam. Para indicar esses profissionais, as entidades levaram em consideração critérios como o relacionamento interpessoal, direção defensiva, comprometimento com o sistema de transportes e a apresentação pessoal.
Para definir os premiados, a Emdec analisou os prontuários de cada motorista envolvido na disputa e realizou uma pesquisa de satisfação feita com seus usuários. Além disso, a comissão julgadora levou em consideração um vídeo com um minuto de duração, no qual os candidatos apresentavam as razões para serem considerados "motoristas nota 10".

Fonte: EPTV
READ MORE - Em Campinas, Motoristas que se destacaram no transporte público serão premiados

Prefeito de Cuiabá defende mais qualidade do transporte coletivo


Na entrevista que concedeu a Rádio Cidade, o prefeito Francisco Bello Galindo Filho falou sobre vários assuntos, entre os quais o aumento da tarifa do transporte coletivo, programa tapa-buracos, projeto para solução do córrego do gambá e o serviço de coleta de lixo.
Galindo disse que não vê problema na aprovação de aumento da tarifa do ônibus municipal, desde que os serviços prestados sejam de qualidade. “Comparado com a situação nacional o preço da tarifa em Cuiabá não é cara. Campo Grande, que é uma cidade menor, cobra R$ 1,50 dos usuários do transporte coletivo”, pontuou o prefeito, reconhecendo que o sistema de transporte público, assim como a qualidade dos ônibus, precisa melhorar e que isso será cobrado das empresas.
Em relação ao programa tapa-buracos, o gestor cuiabano acredita que a melhor solução é o recapeamento das ruas da Capital. “Nós já estamos fazendo isso”, enfatizou, acrescentando que acredita que “até 2012 o problema dos buracos nas ruas de Cuiabá estará solucionado”.
Quanto à coleta de lixo, Galindo garantiu que o serviço será normalizado a partir da semana que vem. Ele reafirmou que a prefeitura pagou rigorosamente em dia o que devia à Qualix e disse “estar satisfeito com o trabalho inicial realizado pela Delta”, empresa que atualmente realiza a coleta de lixo.
O prefeito Chico Galindo ainda interagiu com os ouvintes da rádio Cidade, respondendo a outras perguntas como a de uma solução para acabar com o mau cheiro do córrego do Gambá. Ele garantiu que abra está incluída no orçamento do PAC II e será iniciada no ano que vem. “Haverá um grande projeto de urbanização na cidade, que vai eliminar de vez o mau cheiro do córrego do Gambá”, ressaltou.

Fonte: O Documento
READ MORE - Prefeito de Cuiabá defende mais qualidade do transporte coletivo

Em Brasília, bilhetes de ônibus não terão reajuste


O Governo do Distrito Federal anunciou ontem que não haverá reajuste de passagem. A decisão foi tomada depois de auditoria realizada nas planilhas de custos do transporte coletivo do Distrito Federal. Os formulários foram cedidos pelos próprios empresários de ônibus. A análise, que durou 29 dias, foi feita por auditores e especialistas do GDF com apoio de técnicos da Secretaria de Transporte de São Paulo. Os detalhes do trabalho serão apresentados pelo governador Rogério Rosso na segunda-feira.

O aumento era dado como certo pelos empresários. Eles alegam operar com deficit (1) de 28%, uma vez que não há reajuste de tarifa há quatro anos e meio. O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do DF (Setransp-DF) disse que não irá se pronunciar enquanto não tiver mais informações sobre a conclusão da auditoria.

Apesar do anúncio, não há iminência de greve dos rodoviários, pelo menos por enquanto. Ontem, com três dias de atraso, os empresários da Viplan, da Planeta e da Riacho Grande depositaram na conta dos 8 mil rodoviários os 40% do adiantamento do salário e os R$ 112 da cesta básica, que deveriam ser pagos no último dia 20. Com isso, os motoristas e cobradores afastam a possibilidade de greve. A assembleia marcada para amanhã foi cancelada.

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do DF (Setransp-DF), os patrões conseguiram honrar os compromissos trabalhistas com empréstimos nos bancos, uma vez que eles declaram estar no vermelho. No entanto, já deixaram a entender que não terão dinheiro para pagar o restante (60%) do salário dos trabalhadores, no próximo dia 5. “Ficaremos no aguardo dos novos fatos. Por enquanto, a possibilidade de greve está descartada”, afirmou o presidente do Sindicato dos Rodoviários, João Osório.

READ MORE - Em Brasília, bilhetes de ônibus não terão reajuste

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960