Salvador prepara sistema integrado de transporte para a copa de 2014

quinta-feira, 15 de julho de 2010


A Salvador de 2014 se deslocará por sistema integrado de transporte. Ônibus, metrô, trem. Acessos exclusivos, sistema de bilhetagem externa, com cabines específicas para cobrança de passagens. Trânsito mais livre, menos engarrafamentos, deslocamentos mais rápidos. E para acelerar o transporte na nossa cidade, o novo veículo escolhido é o "BRT".
O processo de implantação já está em andamento e, se o projeto correr dentro do previsto estará tudo pronto em 2013, para a Copa das Confederações. A reportagem desta série sobre os desafios da copa trata de mobilidade urbana. E quem nos mostra as novidades é a repórter Luana Brito. Luana Brito.



Fonte: Aratu online
READ MORE - Salvador prepara sistema integrado de transporte para a copa de 2014

Salvador: Ônibus que passam pelo Viaduto da Gamboa terão itinerários alterados


A partir desta quinta-feira, 15, as linhas de ônibus que passam no Viaduto da Gamboa terão seus itinerários alterados. Segundo a Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador/Setin), a mudança será necessária por conta das obras de recuperação que estão sendo feitas no local.

A interdição vai durar 45 dias.As linhas provenientes do Campo Grande e do Politeama, com destino ao Comércio,farão o seguinte itinerário: Rua Visconde São Lourenço, Av. Sete de Setembro, Viaduto do Campo Grande, Av. Contorno e, a partir daí, deverão seguir o seu itinerário normal.
Para a realização das obras, o trânsito foi desviado do local na madrugada de hoje e permanecerá interditado até o final de agosto. A interdição da Rua Gamboa de Cima compreende o trecho entre a Rua Forte de São Pedro e a Rua Banco dos Ingleses.

Os motoristas que utilizavam a ligação para chegar até a Avenida Contorno (Av. Lafayete Coutinho) agora, como via alternativa, deverão seguir pela Avenida Sete de Setembro, passando pelo Passeio Público, até o Largo do Campo Grande, de onde devem seguir para a ligação Campo Grande- Vale do Canela e descer o viaduto até a Contorno.

Outros viadutos da capital também apresentam problemas consideráveis, como ferragens expostas, camadas de proteção de concreto degradadas, rachaduras, vegetações brotando nas estruturas, infiltração e umidade. Um estudo realizado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco), em 2008, apontou que os viadutos de Nazaré, Marta Vasconcelos, Fonte Nova, Ogunjá, dos Engenheiros (Avenida Bonocô) e Mascarenhas de Morais também precisam de obras emergenciais de recuperação.

De acordo com o engenheiro e presidente do Sinaenco na Bahia, Claudemiro Santos, a falta de manutenção em obras públicas é um problema nacional grave. “A manutenção constante de obras como essa pode gerar uma economia enorme para os cofres públicos, além de representar um benefício para a população que não terá que correr riscos ou sofrer com interdições”, afirmou.

Fonte: A Tarde
READ MORE - Salvador: Ônibus que passam pelo Viaduto da Gamboa terão itinerários alterados

Recife: Problemas parecem não ter fim na avenida Conde da Boa Vista


A principal avenida do centro do Recife é a Conde da Boa Vista. A avenida é referência para o comércio, para os estudos e também é onde muita gente mora. Os problemas parecem não ter fim.Barulho, sujeira, paradas de ônibus apertadas onde os passageiros não conseguem ver os coletivos que estão vindo.

Motoristas têm dificuldade em parar nos pontos. Noventa e uma linhas de ônibus passam pela avenida. As calçadas e abrigos estão quebrados e sem iluminação. Os ambulantes passeiam livremente na gigante de concreto, onde também falta de sinalização na pista de duas faixas e 1,7 quilômetro. Mais de 40 mil veículos e 11 mil pessoas circulam por dia na avenida.

Em 1756, era um terreno alagado por onde ninguém passava. Depois de aterrada, foi inicialmente batizada de rua Formosa, devido à beleza do local. Hoje, quase três séculos depois, basta olhar em qualquer parte para perceber que a formosura não se aplica à avenida, que o nome ficou no passado.

ÔNIBUS
Há dois anos, a Prefeitura do Recife inaugurou o Corredor Leste-Oeste, com trecho exclusivo para a circulação de ônibus e que custou quase R$ 15 milhões. A ideia era diminuir o tempo de espera e facilitar a vida dos passageiros, mas, para eles, a situação piorou.O espaço que serve como acesso dos pedestres para a calçada na Conde da Boa Vista está sem nenhuma sinalização. À noite, a situação é pior. Na volta para casa, para chegar aos pontos de ônibus, os pedestres precisam driblar os ambulantes e preparar os ouvidos. “Fica um tumulto muito grande. Todos eles ficam gritando, uma zuada arretada. É horrível”, reclamou o estudante Tiago Dantas.Paradas lotadas de passageiros e dificuldades. As tabelas que serve para identificar as paradas de ônibus estão quase sempre danificadas. Turistas têm dificuldade de pegar ônibus. “Faz até vergonha você trazer um turista para a Conde da Boa Vista”, disse a funcionária pública Marlúcia Andrade.

ILUMINAÇÃO
Outro problema é a falta iluminação em boa parte dos abrigos, que diferentemente dos outros espalhados pela cidade não são mantidos pelo Consórcio Grande Recife e, sim, pela Emlurb. Por toda extensão da Conde da Boa Vista é fácil também encontrar partes quebradas da divisória das pistas.Essas partes quebradas acabam sendo usadas como passagem pelos pedestres, que correm risco de serem atropelados. O que no passado já foi um dos cartões postais do Recife, hoje é um retrato em cores do abandono. “Se você percorre o corredor, vai ver o mesmo cenário. É a decadência”, falou o estudante Josenildo Barros.



READ MORE - Recife: Problemas parecem não ter fim na avenida Conde da Boa Vista

Manaus: Prazo para renovação da frota de ônibus com mais de 10 anos é extinto


A Prefeitura extinguiu o prazo para as empresas de transporte coletivo de Manaus renovar a frota de ônibus do transporte coletivo superior a 10 anos. O prazo para as empresas renovarem toda a frota de ônibus com mais de 10 anos terminaria hoje (15), conforme previa o contrato de anuência assinado em julho do ano passado entre o prefeito Amazonino Mendes e os empresários.

De acordo com informações do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), cerca de 250 ônibus com 10 anos ou mais circulam atualmente nas ruas da capital, de uma frota equivalente a 1.305 ônibus em operação. De acordo com o IMTT, o motivo da extinção do prazo é a elaboração do projeto base de licitação do transporte coletivo de Manaus que deve ser apresentado até o final deste mês. A licitação do transporte coletivo deve ser lançada em até 90 dias.

O IMTT informou ainda que desde o ano passado, 71 ônibus novos começaram a circular em Manaus. A renovação da frota antiga deve continuar acontecendo de forma gradativa até o lançamento da nova licitação do sistema de transporte coletivo que permitirá a concorrência de novas empresas para a exploração do serviço na capital.

O diretor-presidente do Sindicato das Empresas de Transportes do Amazonas (Sinetram), César Tadeu Teixeira, afirmou que não há como cumprir a cláusula que prevê a renovação total da frota de ônibus com 10 anos ou mais. - A própria Prefeitura não tem cumprido esse contrato, então nós não podemos cumprir. Mesmo assim nós continuamos fazendo a renovação da frota com o dinheiro que nos resta das despesas. É interesse nosso cuidar do nosso patrimônio-, disse.

READ MORE - Manaus: Prazo para renovação da frota de ônibus com mais de 10 anos é extinto

Prefeitura de Divinópolis entrega mais 20 ônibus adaptados para deficientes


A Prefeitura entregou nesta quarta-feira, (14), durante solenidade no Terminal Rodoviário Joaquim Lara, mais 20 ônibus adaptados com elevador para deficientes físicos.
De acordo com o Gerente de Transporte da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte, Ronaldo Alves, a preocupação é sempre estar trabalhando em prol da acessibilidade. “O transporte coletivo é uma marca importante, então nos começamos a dialogar com as empresas e cobrar deles a exigência das adaptações para o usuário de cadeira de rodas”, disse.
Para esse ano a frota foi de mais 20 ônibus, já no ano passado foram 17. A meta é de que ate 2014 todos os ônibus estejam adaptados. O portador de necessidades especiais, João Paulo de Mendonça, acha que com mais ônibus, melhor o transporte. “Para o deficiente que depende do transporte publico é um grande avanço. O tempo que você fica esperando no ponto, agora vai diminui”.
O Diretor do Transporte Coletivo Cidade de Divinópolis, Carlos Eduardo Santos, a expectativa é muito boa. “Essas renovações são anuais. A Trancid atualmente tem 20% da frota trocada anualmente, isso é justamente para manter o padrão de serviços dos usuários”.
Para o Prefeito Vladimir, essas conquistas é um toque de qual governo ele quer mostrar. “Atualmente, nós temos 153 ônibus, 14 foram adaptados antes do meu governo, quando assumir o cargo, passamos para 17 ônibus, agora estamos colocando mais 20, interando 51 veículos”, diz.

Fonte: G37
READ MORE - Prefeitura de Divinópolis entrega mais 20 ônibus adaptados para deficientes

Serra defende uso do dinheiro de trem-bala em transporte coletivo

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, disse nesta quinta-feira, em entrevista à Rádio Tupi, não acreditar que o investimento na ordem de R$ 35 bilhões anunciado pelo governo Lula para a construção do Trem de Alta Velocidade (TAV) tenha origem exclusivamente privada. Para Serra, o dinheiro deveria, na verdade, ser aplicado na melhoria do transporte coletivo nas grandes cidades.
- O que o governo tem dito é que o trem-bala é privado, que não é dinheiro público, eu duvido. Tem dito que custa R$ 35 bilhões, eu duvido. Isso é para mais - afirmou Serra.
- Se o capital privado quiser fazer, tudo bem, desde que não seja com dinheiro público. Agora, com R$ 35 bilhões podíamos triplicar o metrô do Rio, podíamos fazer o metrô de Belo Horizonte que está parado, o de Salvador, o de Fortaleza, em São Paulo, que é onde tem mais metrô mas é insuficiente.
Podíamos fazer a Norte-Sul, a Ferronorte, a Transnordestina, que é muito importante para o nordeste, e ia sobrar muito dinheiro. Se tiver dinheiro público, prefiro transporte coletivo. É o problema número um de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Belo Horizonte, de Salvador, de Recife e de todas as grandes cidades brasileiras. O arco rodoviário do Rio, moleza fazer com este dinheiro. Com todo esse dinheiro, dá para fazer uma revolução no Brasil - completou o tucano.
O candidato afirmou ainda que o projeto não terá demanda suficiente, já que só são previstas duas estações no Rio:
- Não tem uma demanda garantida. Se você fizer o metrô até São Gonçalo, até Itaboraí, você sabe que vai estar superlotado, que vai ter gente. Mas, neste caso, não tem número de passageiros. Eles esperam que tendo o trem o pessoal vai ser estimulado a viajar.
Fonte: O Globo
READ MORE - Serra defende uso do dinheiro de trem-bala em transporte coletivo

São Paulo: Término de obras normaliza itinerário de ônibus na zona sul


Em função do término das obras da Subprefeitura do Campo Limpo, para a implantação de galeria de águas pluviais, na Rua Luis de Oliveira, entre as Ruas Colônia Sarmiento e Árvore da Vida, a SPTrans irá normalizar, a partir deste sábado, dia 17 de julho, o itinerário da linha de ônibus que circula pelo local.

Linha e Itinerário:6823/10 Jd. Guarujá – Term. CapelinhaIda: normal até a Rua Garcia Orta, Rua Bernardo Gomes de Brito, Rua Luis de Oliveira, Estr. de Itapecerica, prosseguindo normal.Volta: normal até a Estr. de Itapecerica, Rua Luis de Oliveira, Rua Bernardo Gomes de Brito, Av. Moenda Velha, prosseguindo normal.

  • SPTrans altera itinerários para quermesse na zona leste a partir deste sábado
Em função da realização da Quermesse da Paróquia São Marcos, nos próximos sábados, dias 17 e 24 de julho, e nos domingos, dias 18 e 25 de julho, das 14h às 22h, na Rua Lourenço Leite Penteado entre a Rua José Bento de Melo e Av. Baronesa de Muritiba, na zona leste, a SPTrans informa a alteração nos itinerários de duas linhas de ônibus que trafegam nas imediações.

Linhas e itinerários:

372R/10 Pq. São Rafael – Metrô Belém

Ida: normal até a Rua José Bento de Melo, Rua Francisco Aguiar Barros, Av. Baronesa de Muritiba, prosseguindo normal.Volta: normal até Av. Baronesa de Muritiba, Rua Francisco Aguiar Barros, Rua José Bento de Melo, prosseguindo normal.

3023/10 Pq. São Rafael – Shop. Aricanduva

Ida: Rua Manuel Botelho, Rua José Bento de Melo, Rua Francisco Aguiar Barros, Av. Baronesa de Muritiba, prosseguindo normal.Volta: normal até Av. Baronesa de Muritiba, Rua Francisco Aguiar Barros, Rua José Bento de Melo, prosseguindo normal.

  • SPTrans informa alteração no itinerário de ônibus no Jardim Araguaia

Em função da grande concentração de pessoas e automóveis na junção das ruas Cristovão de Camargo e João da Cunha Lobo, no Jardim Araguaia, na zona leste, aos sábados, domingos e feriados após às 18h, a SPTrans informa a alteração no itinerário da linha 2714/10 Metrô Vila Matilde – Vila Rui Barbosa a partir do dia 24 de julho, de modo que os usuários do serviço sejam atendidos sem causar transtornos para passageiros e frequentadores da região.

Para informações sobre linhas e trajetos de ônibus consulte itinerários ou ligue 156.

Linha e itinerário:

2714/10 Metrô Vila Matilde – Vila Rui Barbosa – Circular

Sentido único: normal até a Rua Periates, Rua Cristovão de Camargo, acesso a, Av. Gov. Carvalho Pinto, Rua Crubixa, prosseguindo normal.

Fonte: SPTrans
READ MORE - São Paulo: Término de obras normaliza itinerário de ônibus na zona sul

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960