São Paulo: Bilhete Único Escolar: cadastramento para segundo semestre

quinta-feira, 24 de junho de 2010


A SPTrans informa que está recebendo os pedidos de Bilhete Único Escolar, utilizado por estudantes e professores de São Paulo, para quem está ingressando no sistema de ensino no segundo semestre de 2010.
Os estudantes que já estavam em curso no 1º semestre do ano letivo, após a renovação semestral efetuada pela unidade de ensino, não precisam realizar nenhum tipo de procedimento e poderão adquirir normalmente as cotas de crédito escolar. O benefício será reativado sem custo adicional até o final deste ano, logo que a instituição de ensino envie a solicitação para a SPTrans.
Os estudantes que ingressaram no 2º semestre do ano devem informar ao estabelecimento de ensino no ato da matrícula a intenção de obter o bilhete, para que a instituição possa efetuar o cadastro. Após consultar a aprovação dos dados no site da SPTrans, o estudante deve se dirigir a um dos postos credenciados ou realizar o pedido via internet. Para concluí-lo serão necessários uma foto 3x4 e o pagamento do valor do tipo de bilhete escolar solicitado.
O Bilhete Único Escolar simples, que tem a foto do estudante e serve apenas para receber créditos a serem usados no transporte coletivo custa o equivalente a cinco tarifas, o que corresponde a R$ 13,50. O Bilhete Único Escolar conveniado, UMES ou UNE, que também serve como carteira de estudante, custa o equivalente a 13 tarifas, que atualmente correspondem a R$ 35,10.

Bilhete Único Escolar: Quem tem direito
Todo estudante que estiver matriculado em curso regular, reconhecido pela autoridade de ensino, cuja escola fique no município de São Paulo e que resida a pelo menos um quilômetro da instituição de ensino, tem direito ao benefício, que pode ser utilizado nas três modalidades de transporte coletivo oferecidas na cidade: ônibus, metrô e trem.
Atualmente existem 3,5 mil estabelecimentos de ensino cadastrados que enviam os dados de seus alunos e solicitam o Bilhete Único Escolar para a SPTrans. O número de estudantes beneficiados ultrapassa a marca de 800 mil e a expectativa é de que mais 100 mil solicitem o cartão ainda neste segundo semestre.

Fonte: SPTrans
READ MORE - São Paulo: Bilhete Único Escolar: cadastramento para segundo semestre

Salvador: Uma nova Paralela com sistema BRT já na primeira etapa


São apenas 21 quilômetros do Aeroporto até o Retiro, via Paralela, passando pelo Iguatemi, pela estação do Metrô no Acesso Norte até o Retiro. Esse é o trecho já aprovado e contemplado com recursos federais através de empréstimo assumido pelo Estado. O projeto geral do BRT Salvador vai ser iniciado dentro dos próximos dias e as obras começam ainda neste ano. Assim asseguram as autoridades do Estado e do município.
O sistema, criado em Curitiba na década de 1970 pelo então prefeito, o arquiteto Jaime Lerner, é conhecido, aprovado e foi copiado em metrópoles de todos os continentes. É o BRT, com ônibus articulados e biarticulados, com capacidade de transportar até 270 pessoas numa só levada, um transporte moderno, seguro, rápido, eficiente que trafega em canaletas exclusivas e param em estações com sistema de controle informatizado e alta tecnologia em todos os serviços.
Nesses 21,2 km precisos dessa primeira etapa, entre o Aeroporto e o Acesso Norte/ Retiro, via canteiro central da Paralela, pistas duplas de ida e vinda. Estão previstos 23 pontos de embarque e desembarque em novas estações, dez novas passarelas e 12 ampliações, 15 viadutos, três pontilhões e três mergulhos pelo itinerário. Um nova Paralela e novos costumes à vista. Tudo isso para garantir que o sistema reduza a média de espera por ônibus que é de 18 para três minutos; e o tempo de permanência do usuário no veículo que é de uma média de 35 para seguros 22 minutos. E isso é só a primeira etapa de um sistema previsto para 127 quilômetros de vias com a integração ao metrô, aos trens do Subúrbio, às praias atlânticas e ao Litoral Norte, contemplando num futuro toda a Região Metropolitana.
A opção pelo uso do BRT em Salvador se deu por causa da rapidez de implantação, a um custo bem mais baixo que outros sistemas, como o metrô, com fácil adequação da infra-estrutura física ao sistema viário. O BRT de Salvador virá com toda a tecnologia acrescida e bem aprovada nos sistemas implantados nas grandes metrópoles, como Londres. Terá portas duplas, automáticas e largas à esquerda dos carros; estações com pisos elevados garantindo o acesso fácil a todos, inclusive aos deficientes; a cobrança será antecipada, em guichês externos; e a circulação dos veículos se dará em vias expressas que permitirão ultrapassagens nas estações, acabando com as filas. Tudo previsto para oferecer o máximo de segurança e conforto.
Na rota Aeroporto/Iguatemi, por exemplo, teremos três tipos de operação dos veículos: o expresso, direto, mais rápido, sem paradas no trajeto; o semiexpresso, que fará poucas paradas intermediárias, apenas três ou quatro no trajeto; e o parador, que fará o pinga-pinga, fazendo parada em todos os pontos/estações do percurso.

Fonte: Bahia em Movimento
READ MORE - Salvador: Uma nova Paralela com sistema BRT já na primeira etapa

Nem a Copa salva metrô de BH


Os moradores de Belo Horizonte não vão poder usar o metrô para ver os jogos da Copa do Mundo de 2014, no Mineirão. O ministro das Cidades, Márcio Fortes, disse, ontem, na capital, durante discurso após assinatura de convênio para obras viárias, que as construções de novas linhas e estações do metrô "não são prioridades" no momento. A declaração praticamente põe fim às esperanças da cidade de contar com o transporte de massa até o Mundial, principalmente a linha 3, que prevê a ligação da Savassi /Pampulha.
"Eu disse claramente que nós aceitamos e discutimos projetos que tivessem cronogramas confortáveis para a Copa das Confederações, em 2013, e para a própria Copa de 2014. Então, trabalhamos aqui (na capital) com BRTs (Transporte Rápido por Ônibus) e obras viárias. Deixamos o metrô para a discussão do PAC 2, sem atropelos e com tranquilidade", afirmou o ministro.
Segundo Fortes, já no próximo mês haverá uma reunião entre representantes do ministério, da prefeitura e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) para discutir qual a melhor forma de construção das novas linhas e também de operação do metrô.
Apesar disso, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, segue otimista quanto às criações de novos ramais. Mas ele destacou que ainda precisam ser definidos qual o modelo de gestão e outros detalhes para que o processo volte a andar. "Estamos discutindo a concepção da expansão do metrô, os custos, quem vai operar e se será uma Parceria Público-Privada (PPP). Isso se resolverá nas próximas duas semanas", disse.

Fonte: O Tempo
READ MORE - Nem a Copa salva metrô de BH

Fortaleza: Greve de ônibus pode recomeçar a qualquer momento, diz sindicato


A greve pode recomeçar a qualquer momento, de acordo com declaração do setor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), na manhã desta quinta-feira (24).
"O movimento grevista cumpriu a determinação de 70% [de circulação da frota]. A base de dados confirma o cumprimento e foi fornecida pelas empresas. Ou seja, se alguém descumpriu o percentual foram as próprias empresas".

Os dirigentes do Sintro optam em caracterizar o retorno ao trabalho não com o fim da greve, mas como uma suspensão. Enquanto os empresários ofereceram um reajuste de 5,5%, o Sintro propôs um índice de 25%
Afinal, á decisão é motivada após o Tribunal Regional do Trabalho da 7 Região (TRT-CE)decretar a abusividade da greve, aplicar 7 multas e, ainda, acenar com a possibilidade de vir a considerar o movimento ilegal.

Fonte: Diário do Nordeste
READ MORE - Fortaleza: Greve de ônibus pode recomeçar a qualquer momento, diz sindicato

São Paulo: Obras da Sabesp alteram itinerários de ônibus em Itaquera a partir deste sábado


Em virtude de uma obra no sistema adutora da Sabesp, na rua Sabbado D'Angelo com a rua Rio Canabrava, em Itaquera, na zona leste, a partir deste sábado, dia 26 de junho, a SPTrans informa alterações nos itinerários de seis linhas de ônibus que trafegam nas imediações.

Linhas e itinerários:
342A/10 Est. José Bonifácio - Term. Penha
3409/10 Inácio Monteiro - Term. Pq. D. Pedro II
3124/10 COHAB II - Term. Pq. D. Pedro II
Ida: normal até a Rua Sabbado D'Angelo, Rua Lagoa da Barra, Rua Imburana, Rua Alayde de Souza Costa, Rua Sabbado D'Angelo, prosseguindo normal.
Volta: normal até a Rua Sabbado D'Angelo, Rua Botuporã, Avenida Jacu-Pessêgo/Nova Trabalhadores, Travessa Teresa Diamante Sisto, Rua Sabbado D'Angelo, seguindo normal.

3712/10 Jd. São João - Metrô Itaquera
3712/41 Jd. São Pedro - Metrô Itaquera
Ida: normal até a Rua Sabbado D'Angelo, Rua Lagoa da Barra, Rua Imburana, Rua Alayde de Souza Costa, Rua Sabbado D'Angelo, prosseguindo normal.
Volta: normal até a Rua Sabbado D'Angelo, Rua Botuporã, Avenida Jacu-Pessêgo/Nova Trabalhadores, Travessa Teresa Diamante Sisto, Rua Sabbado D'Angelo, seguindo normal.

393C/10 Term. Amaral Gurgel - COHAB II (circular noturna)
Sentido Único: normal até a Rua São Francisco do Piauí, Rua Sabbado D'Angelo, Rua Botuporã, Avenida Jacu-Pessêgo/Nova Trabalhadores, Travessa Teresa Diamante Sisto, Rua Sabbado D'Angelo, seguindo normal até a Rua Virginia Ferni, Avenida Nagib Farah Maluf, Rua Jd. Tamoio, Rua Sabbado D'Angelo, Rua Lagoa da Barra, Rua Imburana, Rua Alayde de Souza Costa, Rua Sabbado D'Angelo, prosseguindo normal.

Fonte: SPTrans
READ MORE - São Paulo: Obras da Sabesp alteram itinerários de ônibus em Itaquera a partir deste sábado

Grande Recife inicia reforma no Terminal Integrado de Jaboatão


Em virtude da reforma do Terminal Integrado de Jaboatão, que inicia na próxima segunda-feira (28/06), o Grande Recife Consórcio de Transporte irá modificar provisoriamente, a partir deste sábado (28/06), a operação das 12 linhas que atendem os usuários nas plataformas de embarque e desembarque do TI.

A obra, que será concluída em 30 dias, está inclusa no pacote de melhorias iniciado pelo Grande Recife no último mês de abril - que também engloba mais nove terminais (urbanos e integrados) da Região Metropolitana do Recife.

No sábado o terminal sofrerá uma interdição na pista de rolamento, da área externa de estocagem e das plataformas próximas ao embarque do metrô. Com as alterações, cinco linhas sairão das suas áreas de embarque e passarão a compartilhar os pontos de embarque e desembarque com as outras sete linhas que operam no terminal.

Os usuários serão informados das mudanças através de cartazes, afixados nas linhas envolvidas, além do apoio de divulgadores, que farão a distribuição de panfletos. As dúvidas podem ser esclarecidas através da Central de Atendimento ao Cliente do Grande Recife pelo telefone 0800 081 01 58.

Confira as modificações:
A linha 201-Moreno/Jaboatão que irá ocupar a baia que atualmente é da linha 261-Vila Piedade/Jaboatão.
A Linha 208-Nossa Senhora da Conceição/Jaboatão irá ocupar a baia que é hoje ocupada pela linha 274-Lote 56/Jaboatão.
Já as linhas 261-Vila Piedade/Jaboatão e 274-Loteamento 56/Jaboatão irão ocupar a segunda baia no sentindo de entrada do Terminal, onde atualmente é realizado o desembarque.
A linha 252-Vila Rica/Jaboatão irá ocupar a bandeira da linha 251-Santo Aleixo/Jaboatão (Rios).
A linha 272-Colônia/Jaboatão irá ocupar a bandeira da linha 220-Jaboatão/TI Cavaleiro.
Já as linhas que sairão de seus locais atuais e irão compartilhar bandeira com outras linhas, serão:
A linha 251-Santo Aleixo/Jaboatão (Rios) sairá de sua bandeira e passará a compartilhar a atual bandeira da linha 250-Santo Aleixo/Jaboatão (Luz).
A linha 220-Jaboatão/TI Cavaleiro sairá de sua bandeira e passará a compartilhar a atual bandeira da linha 219-Jaboatão/TIP (Sancho).

Fonte: CGRT
READ MORE - Grande Recife inicia reforma no Terminal Integrado de Jaboatão

"São Paulo tem espaço para mais e melhores corredores de ônibus"

O repórter Eduardo Reina do Estadão, entrevista Marcos Bicalho, diretor-superintendente da Associação Nacional das Empresas dos Transportes Urbanos (NTU)
Fonte: Estadão
READ MORE - "São Paulo tem espaço para mais e melhores corredores de ônibus"

São Paulo: Obra de 23 anos na construção de corredor de ônibus pode virar ação de dano moral


O promotor do Patrimônio Público e Social da capital, Saad Mazloum, vai entrar com uma ação na Justiça para cobrar do Estado uma indenização pelo atraso na conclusão da extensão do corredor de trólebus entre São Mateus, na zona leste, e o Brooklin, na zona sul, em obras há 23 anos. O trecho vai ligar o trajeto já existente, entre a zona leste e Diadema, passando por Santo André e São Bernardo do Campo, à zona sul da capital.
Mazloum afirma que pretende pedir uma indenização por danos morais, por causa do atraso das obras. "Se o governo do Estado não entregar o trecho até o dia 31 de julho, como o prometido, entrarei com uma ação por danos morais coletivos", afirma. "Um novo atraso não será admitido. A EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) me garantiu que está dentro do cronograma e vai terminar tudo no final de julho", explica o promotor. O corredor, que deveria utilizar trólebus, terá apenas ônibus a diesel. A Promotoria realizou quatro diligências para acompanhar o andamento das obras. A última foi no dia 28 de maio. "Acompanhamos tudo de perto para ver se será possível terminar essas obras", diz.
Inquérito. Já está em andamento inquérito civil para apurar responsabilidades sobre o atraso. Retomado em 2009, o contrato para a extensão de 12 quilômetros do corredor, entre Diadema e o Brooklin, na capital, é de R$ 22,9 milhões e foi assinado em 26 de novembro. Segundo informou a diretoria da EMTU ao Ministério Público, o corredor de ônibus estará pronto para uso em 31 de julho.
Serão 12 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus que deverão beneficiar cerca de 15 mil pessoas por dia, uma alternativa de integração entre a região do ABC e as zonas sul e sudoeste da capital. Em São Paulo, o corredor vai passar pelas Avenidas Cupecê, Vereador João de Luca, Professor Vicente Rao e Roque Petroni Jr.. O objetivo é integrar o corredor em seu final com a estação Morumbi, da Linha 9-Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).
A maior parte do corredor já está totalmente pronto, com asfalto, sinalização horizontal e com alguns pontos de ônibus já colocados. O trecho mais atrasado está localizado na Avenida Roque Petroni Jr., quase no cruzamento com a Chucri Zaidan e próximo do Shopping Morumbi. Nesse local, ainda há máquinas escavando e muito barro. Da futura parada Morumbi, por enquanto só existe a placa.
Moradores. Como grande parte do asfalto está pronto e inclusive há faixas pintadas no solo, muitos moradores da zona sul acreditam que dessa vez a obra será realmente inaugurada. "Parece que agora vai", diz a farmacêutica Eliane Aparecida Castellan, de 45 anos, que mora na altura do número 2.000 da Vicente Rao. Ela conta que mora no local desde 1981 e que poucos anos depois começou a ouvir comentários sobre o corredor. "Mas já vi tantas vezes eles quebrarem e refazerem essa obra que cheguei a acreditar que não sairia", afirma.

Fonte: Estadão
READ MORE - São Paulo: Obra de 23 anos na construção de corredor de ônibus pode virar ação de dano moral

"Transporte público deve ser prioridade no Rio de Janeiro"


O Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) recebeu hoje, dia 23 de junho, o presidente da Associação Nacional dos Transportadores de Turismo e Fretamento (ANTTur), Martinho Ferreira de Moura, e o ex-presidente do Conselho Estadual de Trânsito e subsecretário estadual de Transportes Arthur César de Menezes Soares.

Em debate, a questão da mobilidade e acessibilidade necessárias para a realização dos megaeventos programados para acontecer no País nos próximos anos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. O tema foi parte do painel "Estamos preparados para receber megaeventos?", um dos ciclos de palestras que integram o macrotema Infraestrutura Turística e Megaeventos, que se propõe a discutir a preparação da cidade para receber o fluxo turístico, que será incrementado nos próximos anos."Os grandes eventos internacionais esportivos atraem um turista diferente daquele que viaja para conhecer as cidades. São pessoas que se interessam especifica e primeiramente pelos eventos em si, e que se utilizam basicamente dos transportes públicos. As linhas regulares estão preparadas para transportar mais pessoas. O nosso ponto crítico está na capacitação da mão de obra", afirmou Martinho de Moura, acrescentando que o Ministério do Turismo pretende fazer parcerias para oferecer cursos e treinamentos para os motoristas.

Arthur César de Menezes Soares citou dados sobre os congestionamentos no trânsito carioca nos horários de maior movimentação. Em 2003, os engarrafamentos no Rio de Janeiro totalizavam 55 quilômetros. Em 2013, espera-se que cheguem a 133 quilômetros. "É preciso priorizar a utilização do transporte coletivo, em detrimento do individual", defendeu.

Soares falou também sobre a necessidade de se fazer uma ligação mais eficiente entre as quatro áreas do Rio de Janeiro que sediarão jogos durante os jogos olímpicos: Copacabana, Barra da Tijuca, Deodoro e Maracanã. Ele defendeu os chamados BRTs - ou Bus Rapid Transit, um sistema de transporte público que se utiliza de ônibus especiais, circulando em vias bloqueadas para outros tipos de veículos, para prover um serviço mais rápido e eficiente que as linhas tradicionais.

O sistema já é utilizado em vários países da América, Europa e Ásia, em cidades como Nova York, Paris e Beijing, entre outras. "O BRT é a alternativa com o melhor custoXbenefício, se considerarmos o tempo daqui até a Copa e o investimento necessário para a sua construção. Com um mesmo valor X constroem-se 7km de metrô, 14km de trem e 426km de BRT", explicou.

Fonte: Panrotas
READ MORE - "Transporte público deve ser prioridade no Rio de Janeiro"

Ônibus voltam a circular em Brasília depois de três dias de greve


A greve no transporte público do Distrito Federal (DF) terminou nesta quinta-feira (24). Reunidos em assembleia pela manhã, os rodoviários aceitaram o reajuste salarial de 9% proposto pelo governo local e pelos empresários do setor. Com isso, os ônibus voltaram a circular normalmente em Brasília e nas cidades-satélite depois de três dias de paralisação. Apesar do reajuste, as tarifas não serão alteradas.

Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, João Osório, a negociação foi muito complicada, mas terminou favorável à categoria. “Foi uma vitória porque na briga entre governo e empresários éramos o lado mais fraco, mas mesmo assim conseguimos um bom reajuste, além de manter o acordo coletivo”, afirmou após a assembleia.

Durante a negociação, que só foi fechada de madrugada, ficou decidido que o governo vai fazer uma auditoria nas planilhas de custos das empresas de ônibus para verificar se há necessidade de reajuste de tarifa. O resultado deve sair em um mês.Apesar do último aumento ter ocorrido em 2006, Brasília ainda tem a passagem mais cara do País, seguida de Florianópolis (SC), Campo Grande (MS) e Belo Horizonte (MG).

Com o fim da greve, os veículos piratas devem parar de rodar. Durante os três dias, o transporte ilegal foi uma das poucas alternativas que a população do DF teve para se locomover. “Se não fosse essa van pirata, eu não tinha conseguido voltar para casa”, disse o professor de informática, Alan Batista. “Teve gente que cobrou até R$ 20 em uma linha que custaria R$ 3 normalmente”, disse o cobrador de uma dessas vans, Rodrigo Molina.

A falta de ônibus provocou reflexos, principalmente, no comércio. O Sindicato do Comércio Varejista do Distrito Federal estima que cerca de 30% dos funcionários não conseguiram chegar ao trabalho nos três dias de greve. De acordo com a Secretaria de Transportes do DF, um milhão de pessoas usam os ônibus da capital do País.

Fonte: Abril.com
READ MORE - Ônibus voltam a circular em Brasília depois de três dias de greve

Uberaba: Usuário já pode consultar horário do ônibus em tempo real na Internet


Já está disponível na Internet o sistema de monitoramento do transporte coletivo urbano que permite ao usuário se informar em tempo real a localização e horário do ônibus que pretende utilizar. O link pode ser acessado pelo site da Prefeitura, na página do transporte coletivo, www.uberaba.mg.gov.br/transportecoletivo.
De acordo com o diretor de Operação e Fiscalização do Transporte Coletivo, Claudinei Donizette Nunes, que também é idealizador do programa de monitoramento do transporte público, o sistema facilitará a vida do usuário, possibilitando o acesso a informações precisas, desde o posicionamento até o horário que o ônibus passará.
O sistema pela Internet faz parte do programa de monitoramento do transporte público, que inclui a instalação de painéis eletrônicos, indicando o tempo de espera do ônibus desejado.
Um painel já está instalado em frente ao Centro Administrativo Municipal e mais 26 serão instalados em pontos estratégicos da cidade, como Subterminal rodoviário São Benedito (2), Praça Rui Barbosa (2), Avenida Leopoldino de Oliveira (13), Avenida Fidélis Reis (4), Avenida Nenê Sabino em frente à Uniube (1), Avenida Tutunas em frente à Fazu (1), Rua Manuel de Melo Resende em frente à Facthus (1), Avenida Dom Luis Maria de Santana em frente à Prefeitura (2) e na Praça Frei Eugênio (1).

Fonte: Prefeitura de Uberaba
Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
READ MORE - Uberaba: Usuário já pode consultar horário do ônibus em tempo real na Internet

Siga pede reajuste da tarifa do transporte coletivo em Blumenau


O Consórcio Siga protocolou no fim da tarde desta quarta-feira um pedido para reajustar a tarifa do transporte coletivo de Blumenau. O pedido foi feito à prefeitura e ao Seterb. De acordo com o Consórcio Siga, o valor requerido é de R$ 2,65. O reajuste, se ocorrer, cobrirá o custo atual do sistema e mais o prejuízo contabilizado em R$ 3,1 milhões. O Siga alega estar trabalhando no vermelho desde a suspensão do aumento.

Em fevereiro a prefeitura fez o reajuste da tarifa de R$ 2,30 para R$ 2,55 e implantou a tarifa embarcada de R$ 2,95. Na mesma semana o juiz da Vara da Fazenda Pública de Blumenau, Osmar Tomazoni, expediu uma liminar suspendendo os efeitos do decreto que determinou o aumento. Apesar dos inúmeros recursos da prefeitura, Seterb e Siga na tentativa de derrubar a liminar no Tribunal de Justiça, a decisão do juiz segue em vigor.

Fonte: Jornal de Santa Catarina
READ MORE - Siga pede reajuste da tarifa do transporte coletivo em Blumenau

Solidariedade: Ônibus serão pontos itinerantes de donativos em Maceió


As empresas de transportes coletivos de Maceió e a Transpal também manifestaram apoio às vítimas da enchente e vão realizar, no próximo dia 30, o dia do transporte solidário, transformando os próprios ônibus em posto itinerante de coleta.
A idéia, segundo explicou o presidente da Transpal, Sérgio Rodrigues da Rocha, é viabilizar comodidade no processo de arrecadação de donativos.
“Qualquer pessoa pode contribuir, mas infelizmente muitos são os que adiam essa atitude por que acham inconveniente se deslocarem até um ponto de coleta. Ciente disso, os empresários do transporte decidiram fazer um dia de ação solidária usando os veículos como instrumentos facilitadores das doações”, frisou Sérgio, acrescentando que no dia 1º de julho todo o volume arrecadado será entregue às comunidades atingidas, sob coordenação da Defesa Civil.
O presidente da Transpal estima que será a maior estrutura de arrecadação já vista, uma vez que houve adesão unânime (Piedade, Veleiro, São Franscisco, Real Alagoas, Massayó e Cidade Sorriso) à campanha. “Com todas as linhas envolvidas, significa que o posto de coleta passará por todos os bairros. Os usuários de ônibus podem deixar os donativos (alimentos, água e roupas) nos terminais ou no interior dos coletivos, onde serão reservadas duas cadeiras próximas ao cobrador para a caixa de doações”.
Por motivo de segurança, e também para dar a devida transparência ao trabalho, haverá escolta policial no transporte que vai levar os donativos até as principais comunidades desabrigadas, em Rio Largo, Branquinha e União dos Palmares.
Os itens doados pela população serão juntados às doações feitas internamente pelos funcionários das empresas de transportes, e da própria Transpal, bem como com as doações feitas pelos empresários, para seguirem ao destino final. “Apelamos aos alagoanos, de modo geral, que colaborem, entendendo que é um dever moral contribuir para minimizar o sofrimento dos que se encontram em situação de calamidade”, concluiu Sérgio.

Fonte: Alagoas 24 Horas
READ MORE - Solidariedade: Ônibus serão pontos itinerantes de donativos em Maceió

Fim da greve de ônibus em Brasília


Os rodoviários decidiram, em assembleia na manhã desta quinta-feira (24/6), terminar com a greve de ônibus. A categoria aceitou, por unanimidade, a proposta do governo de reajuste salarial de 9%.
Depois de quatro dias de paralisação e muito transtornos à população, que deixou as paradas lotadas hoje, os rodoviários acataram a proposta apresentada ontem (23/06) que concede reajuste de 9% em cima do salário e dos benefícios, como cesta básica e tíquete alimentação.

O acordo coletivo também está mantido e, com isso, os grevistas serão abonados dos dias de paralisação.

READ MORE - Fim da greve de ônibus em Brasília

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960