Belém: Rodoviários aceitam acordo e não entrarão em greve

terça-feira, 4 de maio de 2010


O Sindicato dos Rodoviários acaba de decidir que a categoria não entrará em greve. Na assembleia realizada nesta terça-feira (4), ficou estabelecido o reajuste salarial de 6%, a estipulação de carga horária equivalente a sete horas e um aumento na contruibuição de saúde no valor de R$ 125 mil.

O valor do vale alimentação passou de R$ 250,00 para R$ 280,00. O sindicato comemorou ainda a conquista de um centro de formação pra categoria.Os reajustes vigoram a partir de maio e não foi cogitado nenhum aumento no valor das passagens. Mais informações em instantes.

Fonte: Diário Online
READ MORE - Belém: Rodoviários aceitam acordo e não entrarão em greve

Passageiros pedem melhorias no serviço dos ônibus no Rio


Enquanto a prefeitura e empresários divergem sobre a licitação das linhas de ônibus, os passageiros têm um discurso comum: querem a melhoria do serviço. As reclamações de quem depende do transporte de ônibus não são novas. Superlotação, longas esperas e falta de manutenção nos carros estão entre as principais queixas.
A Secretaria municipal de Transportes já anunciou uma nova concorrência para as linhas de ônibus de toda a cidade com a intenção de melhorar o serviço. O edital deve ser lançado até o final deste mês. As empresas vencedoras terão seis meses para começar a implantar o novo sistema.
Mas a proposta já criou polêmica com os empresários que operam o serviço. O Sindicato das Empresas de Ônibus (Rio Ônibus), apesar de afirmar que não é contra a licitação, diz que os empresários pretendem pedir indenização pelos investimentos na frota.
O prefeito Eduardo Paes, entretanto, não quer pagar e disse que está preparado para enfrentar ações na justiça. A prefeitura também quer uma nova tarifa, de R$ 2,40, que daria ao usuário direito de pegar dois ônibus.
A ideia da prefeitura é modernizar a frota até os Jogos Olímpicos de 2016. No dia 18 de maio será realizada uma audiência pública no auditório do Planetário, na Gávea, na Zona Sul do Rio, para a apresentação do modelo e discussão da proposta.



Fonte: G1
READ MORE - Passageiros pedem melhorias no serviço dos ônibus no Rio

Greve de ônibus em Manaus entra no quinto dia


A greve de ônibus rodoviários em Manaus entra nesta terça-feira (4) no quinto dia sem nenhum acordo entre prefeitura e empresas privadas que oferecem o transporte. A paralisação começou na sexta-feira (30) e os motoristas e cobradores pedem reajuste salarial de 10%.

A frota de ônibus continua operando com 40% dos veículos em horário normal e 60% em horário de pico.Em reunião com os trabalhadores nesta terça, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (SRTRM) decidiu pela paralisação total dos ônibus na quarta-feira (5).

Por volta das 17h, os trabalhadores se reuniam com o Ministério Público do Trabalho e com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do AM (Sinetran) para definir o rumo da paralisação. De acordo com Antônio Cavalcante Araújo, diretor do Sindicato, a greve deve continuar.

- Enquanto não tomarem uma providência, nós vamos continuar com a paralisação.Com a greve de todos os motoristas e cobradores, a população contaria apenas com o transporte executivo e alternativo a partir da quarta-feira.

Fonte: R7.com
READ MORE - Greve de ônibus em Manaus entra no quinto dia

Passagem de ônibus volta a subir em Montes Claros


A tarifa do transporte coletivo urbano de Montes Claros volta a custar R$ 1,90 a partir de hoje. A decisão é da 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. O desembargador Silas Vieira concedeu efeito suspensivo no agravo de instrumento impetrado pelas empresas Alprino e Transmoc. A decisão saiu às 19 horas de sexta-feira, mas como o despacho chegou na tarde de segunda-feira (3), as empresas mudam o valor somente hoje. A liminar concedida pela juíza Rozana Siqueira Paixão, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Montes Claros, vigorou por sete dias, com a tarifa custando R$ 1,55.
Desde o dia 9 de abril de 2009 que a tarifa do transporte coletivo urbano foi modificada de R$ 1,55 para R$ 1,90, conforme decreto assinado na época pelo prefeito Luiz Tadeu Leite. O Ministério Público impetrou ação civil pública, no mesmo período, sob a alegação de que as empresas tinham descumprido o contrato de concessão determinado na licitação, que exigia ônibus com no máximo oito anos de fabricação.
No dia 7 de abril deste ano, quando se completou um ano da ação, a juíza Rozana Siqueira Paixão concedeu a liminar, por entender que as empresas descumpriram a licitação. No dia 20 de abril, ele determinou que o valor retornasse a R$ 1,55 no dia 27 de abril, sob risco de providências judiciais por descumprimento da ordem judicial.As duas empresas informaram nos autos que trocaram os ônibus conforme manda a lei e, portanto, as tarifas poderiam retornar a R$ 1,90. A juíza, no entanto, alegou que a sua decisão iria vigorar enquanto existissem ônibus com mais de oito anos. Levantamentos mostram que a cidade conserva ainda vários deles construídos em 2001 e, portanto, com nove anos.

No agravo de instrumento impetrado no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, os advogados das duas empresas entenderam que a juíza extrapolou dos autos, ao exigir todos os ônibus com oito anos, quando a lei determina que deve-se exigir apenas quando se fixar o novo valor da tarifa e isto não foi reivindicado.
Na segunda-feira (3) de manhã, a assessoria de imprensa do TJMG informou que o desembargador concedeu o efeito suspensivo requerido pelas duas empresas, enquanto aguarda o julgamento do mérito da ação. Só assim, segundo ela, poderá ser considerada a exigência apenas de substituir os ônibus de 2000, motivo da ação judicial, dispensando a troca dos ônibus de 2001. O desembargador salienta ainda que a Prefeitura de Montes Claros impetrou agravo declaratório que precisa ser julgado na comarca.

Fonte: Hoje em dia
READ MORE - Passagem de ônibus volta a subir em Montes Claros

Barueri Reforça Transporte Público Com Mais de 30 Coletivos


A Prefeitura de Barueri, por intermédio da Secretaria de Transportes e da Benfica (empresa concessionária do transporte público no município), esteve reforçando a frotra de coletivos no municipio, com o total de 36 novos veículos , 26 de substituição e 10 para o aumento da frota, atingindo hoje, 159 carros.
Todos os novos ônibus possuem plataforma para os cadeirantes, com acomodação (cinto de segurança), assim como outros 30 carros da frota do mesmo sistema, além dos assentos preferencias para portadores de deficiência física e gestantes, e pessoas obesas.
Os novos ônibus já estão circulando nas linhas municipais de barueri, A renovação e ampliação da frota são preocupações constantes da Secretaria de Transportes de Barueri e do prefeito Rubens Furlan, no ano de 2009, 10 ônibus já haviam sido adquiridos para o transporte público em barueri, e foram criadas novas linhas municipais para melhor atender outras localidades no minicípio.
O sistema
Barueri é atendida hoje por 22 linhas municipais. Quem fiscaliza o sistema de ônibus em barueri é a secretaria de trasnportes, e uma das condições de fiscalização para a empresa operar no trasnporte público é, que a equipe operacional passe por esse cosntante treinamento, resultando em maior qualidade em atendimento ao usuário.

Fonte: Portalbarueri
READ MORE - Barueri Reforça Transporte Público Com Mais de 30 Coletivos

Urbes faz alterações nos horários de ônibus em Sorocaba


A Urbes – Trânsito e Transportes adotou algumas mudanças no transporte coletivo com o objetivo de melhorar o atendimento aos usuários. As alterações entraram em vigor nesta segunda-feira (3) e são válidas em dias úteis, conforme segue abaixo:
Linha 07 - Industrial / Vila Rica - deixou de atender a escola Flávio Gagliardi (Jd. Saíra), no horário de partida do Terminal São Paulo às 17h45.
Linha 20 - Carol – antecipação do horário de partida do Terminal Santo Antonio de 22h45 para 22h40.
Linha 28 - Mineirão – alteração dos últimos horários.
Partindo do Terminal Santo Antônio: de 23h26 para 23h30, de 23h42 para 23h50, de 23h58 para 00h10 e de 00h14 para 00h30.
Partindo do ponto final - de 22h56 para 23h, 23h12 para 23h20, de 23h28 para 23h40 e de 23h44 para 00h.
Linha 38 - Aparecidinha / via Éden – alteração do horário de partida do ponto final de 14h para 14h.
Linha 46 - Paineiras - alteração dos horários de atendimento ao Jd. Santa Lúcia.
Partindo do Terminal Santo Antônio: 6h18, 18h26, 19h29, 20h32, 22h36, 22h56 e 23h56.
Partindo do ponto final - 4h32, 5h04, 5h36, 6h32, 7h36, 19h14, 19h29 e 20h32.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul
READ MORE - Urbes faz alterações nos horários de ônibus em Sorocaba

Belém: Greve dos rodoviários pode ser definida a qualquer momento


A nona rodada de negociação entre Sindicato dos Rodoviários e Sindicato das Empresas de Transporte de Belém (Setrans-Bel), que ocorre hoje, na Superintendência Regional do Trabalho, deve dar um desfecho ao impasse que já dura algumas semanas.
A categoria, que está em estado de greve desde a última quarta-feira, afirma que pode paralisar as atividades caso não haja acordo. Segundo Edilberto Robson, vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários de Belém, a reivindicação é de reajuste salarial de 12%. No entanto, ele afirma estar disposto a negociar.
“Nós gostaríamos que o aumento de salário fosse atrelado ao aumento da tarifa de ônibus, porque eles teriam o aumento e seria automaticamente repassado para o salário do trabalhador”. Edilberto avalia que com o aumento do salário atrelado ao da tarifa, eles não teriam que ficar fazendo reivindicações ou ameaçar greve para conseguir o reajuste salarial.
O vice-presidente reclama que a prefeitura isentou várias tarifas e encargos para os empresários de transporte, mas estas vantagens não são repassadas para o trabalhador. Embora a categoria afirme não estar certa da greve, os próprios rodoviários já distribuíram documento com informações da possível paralisação no dia 5 de maio.

Fonte: Diário do Pará

READ MORE - Belém: Greve dos rodoviários pode ser definida a qualquer momento

Itabuna Amanceu sem ônibus


Pontos de ônibus lotados, gente chegando atrasada ao trabalho e aulas suspensas na rede estadual. Estes são os reflexos mais visíveis da paralisação do transporte coletivo em Itabuna. O movimento já dura cinco horas e atinge 100% da frota.
O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Itabuna (Sindirod), Joselito Paulo, o Pé de Rato, diz que a paralisação de advertência vai até as 14 horas. Os rodoviários dividiram-se em quatro grupos. Os protestos ocorrem em pontos de ônibus na praça Olinto Leone e Avenida Amélia Amado (ambos no centro), no Califórnia e no centro comercial.
A prefeitura informa que só entrará na mediação quando a Justiça do Trabalho definir qual o sindicato que negociará a pauta da campanha salarial dos rodoviários do transporte urbano de Itabuna. Um outro sindicato foi criado no ano passado, alegando que o Sindirod não possuía carta sindical. O documento foi divulgado pelo Sindirod neste final de semana.
AULAS
Por meio da assessoria de comunicação, o secretário de Educação de Itabuna, Gustavo Lisboa, disse que as aulas na rede municipal estão mantidas para esta tarde, já que 80% dos alunos estudam em escolas próximas às suas residências. Ao contrário do informado anteriormente, haverá aula no colégio Ciso-Estado, segundo a diretora Genilda Melo.

Fonte: Pimentanamuqueca

READ MORE - Itabuna Amanceu sem ônibus

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960