São Paulo: Alteração na mão de direção de via altera itinerários de ônibus na zona leste

sexta-feira, 9 de abril de 2010


Em virtude da alteração na mão de direção da rua Aricá-mirim, na zona leste, prevista para o dia 8 de abril, quinta-feira, a via passará a ser trecho de mão única entre a rua São Severo e avenida Antonio Fortunato. Com isso, será necessária a alteração no itinerário de três linhas de ônibus que trafegam na região.
Linhas e itinerários:
  • 2463/10 Burgo Paulista - Terminal AricanduvaIda: Pça. Aires de Souza, Av. Antonio Fortunato, Av. Calim Eid, Acesso e Rua Jarauara, prosseguindo normal.Volta: sem alteração.
  • 3903 /10 Jd. Vila Nova - PenhaIda: normal até a Av. Nicolau Jacinto, Rua Aricá-mirim, Av. Antonio Fortunato, Av. Calim Eid, Rua São Severo, Rua Arica-Mirim, R. João José de Queiroz , prosseguindo normal.Volta: sem alteração.
  • 2710/10 Burgo Paulista - Metrô Patriarca (circular)Sentido único: normal até a Rua Noel José da Silva, Pça. Regina Veiga, Rua João José de Queiroz, Rua Aricá-mirim, Av. Antonio Fortunato, Rua Sucupira do Norte, prosseguindo normal até a Av. Antonio Fortunato, Rua Carlos Coelho, Rua Caçapava, Rua João José de Queiroz, Pça. Regina Veiga, Rua Noel José da Silva, prosseguindo normal.
Linha de ônibus terá itinerário alterado em Pinheiros
A SPTrans alterará a partir deste sábado, 10 de abril, a linha,
  • 177Y Casa Verde - Pinheiros nas imediações de Pinheiros. A linha, que trafegava pelas ruas Simão Álvares, Artur de Azevedo e por um trecho da Cunha Gago até janeiro, agora irá circular pela Rua Cardeal Arcoverde.
Com a medida, haverá melhoria da fluidez no trânsito na região e menor tempo de deslocamento para os passageiros do serviço.
Para informações sobre os trajetos de linhas de ônibus consulte itinerários ou ligue 156.
Linha e itinerário:177Y Casa Verde - PinheirosIda: normal até a Rua Cardeal Arcoverde, Rua Cunha Gago, prosseguindo normal.
Volta: sem alteração.

Fonte: SPTrans

READ MORE - São Paulo: Alteração na mão de direção de via altera itinerários de ônibus na zona leste

Rio poderá ter Greve de ônibus na próxima segunda


Como se já não bastasse a tempestade que castiga a cidade desde o começo da semana, os cariocas terão que enfrentar outro problema na segunda-feira (dia 12 de abril). Grupos de rodoviários estão convocando uma greve do setor para esta data. Sem vinculação direta com o Sindicato dos Rodoviários do Rio de Janeiro, eles querem protestar contra as más condições de trabalho.

"Essa greve realmente está sendo convocada, mas não tem qualquer ligação com o sindicato. Estão usando o inconformismo de alguns trabalhadores para criar uma greve que não tem cunho jurídico, uma greve ilegal. Não houve qualquer convocação da nossa parte. Seria um caos se isso acontecesse", disse o diretor financeiro do Sindicato dos Rodoviários, Samuel Freire, ao SRZD.

Desde a última segunda-feira as redes de transporte da cidade estão passando por dificuldades em função das chuvas. Uma greve neste momento seria um golpe duro contra os próprios cariocas. Segundo Samuel Freire, a pessoa por trás deste movimento está buscando palanque político.

"Quem organizou esta greve é o Sebastião Nicope, que será candidato a deputado nas eleições. Ele está se movimentando para aparecer na mídia, quer usar os trabalhadores", garantiu o dirigente. Para ele, uma greve seria um tiro no pé da luta que o sindicato tem feito em prol dos direitos dos rodoviários.

"A verdade é que muitos realmente estão revoltados com as condições de trabalho impostas pelos empresários, mas nós sabemos que a greve é a última instância do trabalhador. Estamos com ações no Ministério Público buscando nossos direitos. Uma greve agora seria um suicídio", alertou.

Fonte: Sidney Resende
READ MORE - Rio poderá ter Greve de ônibus na próxima segunda

DF: Estudantes pagam mais, mesmo com direito ao passe livre

Em Águas Claras, faltam ônibus para o Plano Piloto e, na maioria das vezes, estão lotados. O metrô é a principal opção, mas os estudantes precisam escolher entre os dois meios de transporte.
Fonte: DFTV
READ MORE - DF: Estudantes pagam mais, mesmo com direito ao passe livre

Novas baias em pontos de ônibus melhoram trânsito em Santa Maria

A Administração de Santa Maria está construindo 31 novas baias nas paradas de ônibus de toda a cidade. A primeira etapa, em execução, deve erguer 14 novas baias em diversos pontos da cidade.
Passageiros e motoristas terão mais conforto e segurança no embarque e desembarque de ônibus na cidade, que contará com um amplo espaço para a circulação dos transportes coletivos. A iniciativa visa ainda melhorar o trânsito em Santa Maria, pois os veículos farão suas paradas somente em lugares seguros, acabando assim com as filas duplas.

Fonte: Prefeitura de Santa Maria

READ MORE - Novas baias em pontos de ônibus melhoram trânsito em Santa Maria

Motoristas de ônibus do DF acumulam R$ 29 milhões em multas


De acordo com o DFTRANS, de 2003 até hoje, as empresas de ônibus do Distrito Federal acumulam uma dívida de R$ 29 milhões em multas. Disso tudo, até hoje, foram pagos apenas R$ 3.780.
De 5.960 motoristas cadastrados no Detran/DF, 155 tem 20 ou mais pontos na carteira até dezembro de 2009. No ranking dos campeões em infrações, 24 motoristas têm 40 pontos ou mais. 18 deles estão em plena atividade. A estimativa do DFTRANS é de que essa lista seja bem maior. Isso porque, ainda não recebeu as informações sobre todos os motoristas.
O 1º lugar chegou a 195 pontos. Por sorte dos passageiros, ele está fora do sistema. O 2º e o 3º lugares também. O 4º é de um motorista de ônibus para fretamento: tem 95 pontos. Em 5º, um motorista da empresa Viplan, com 90. Em 7º, um motorista da Cootransp, com 72 pontos. Também aparecem na lista, motoristas das empresas Coopertran, Rápido Brasília, MCS de microônibus, São José e Viva Brasília.
“Um motorista desse que tenha 40 pontos, 50 pontos, provavelmente ele infringiu várias regras de trânsito e está sendo penalizado por conta disso e, mesmo assim, continua transportando passageiro. Ou seja, um motorista comum, veículo particular se for parado numa blitz do Detran ou da PM, se tiver com mais de 20 pontos, imediatamente ele tem a habilitação retida e pode ser suspenso o direito dele de dirigir”, disse Ricardo Leite de Assis, fiscal do DFTRANS.

As empresas Cootransp, Coopertran e MCS fazem parte da Associação das Cooperativas de Transporte do DF. A associação vai fazer um levantamento e tomar as medidas necessárias para corrigir o problema. As empresas Viplan, Rápido Brasília, São José e Viva Brasília disseram que quem fala sobre o assunto é o Sindicato das Empresas de Transporte do DF. Por telefone, a assessoria informou que o sindicato não vai se manifestar.

Fonte: G1
READ MORE - Motoristas de ônibus do DF acumulam R$ 29 milhões em multas

Usuários de ônibus de Campo Grande têm mídia digital móvel


Os usuários do transporte coletivo de Campo Grande agora têm uma mídia digital móvel com informação, entretenimento e prestação de serviços. Hoje a capital possui mais de 750 mil habitantes e 1/3 dessa população utiliza esse meio de transporte. São estudantes, donas de casa, trabalhadores e aposentados, que se deslocam para atividades diversas, como escola, trabalho, ou estão a caminho das compras. Essa nova mídia é uma iniciativa inovadora especialmente criada para atender esse público, que permanece em média meia hora dentro dos ônibus.
São monitores de LCD de 19 polegadas, que foram posicionados de modo estratégico no interior dos ônibus de grande circulação, transformando os itinerários em uma forma de entretenimento com conteúdos variados. “A TVON pode proporcionar informações úteis para mim, como atualidades e conscientização, por exemplo. É um meio de fazer com quer a tempo passe mais rápido”, afirma Sílvia Lima, que utiliza o meio de transporte diariamente.
Segundo Bruno Xavier, Diretor da TV ON, foram realizadas pesquisas que apontaram como melhor alternativa o conteúdo exibido sem áudio, um diferencial que proporciona conforto aos passageiros, motoristas e cobradores. “A TV ON também respeita o direito que os passageiros têm de não serem incomodados, sem contar que é impossível a existência de um som de qualidade dentro de um ônibus urbano.”
Com uma média de 700 passageiros por dia em cada ônibus e com 20 veículos exibindo a TV ON, cerca de 420 mil usuários por mês podem acompanhar as principais manchetes do dia, assim como vinhetas de cultura, humor, cidadania, vagas de emprego, meio ambiente e saúde, conteúdo este atualizado diariamente. Parte da programação também é de conteúdo publicitário, sendo que a cada hora o comercial do anunciante é visto três vezes, resultando assim em um impacto mensal de 32.400 visualizações. Mais informações são encontradas no http://www.tvonmidia.com.br/.
Nestes tempos de grandes ofertas e concorrências acirradas o desafio do anunciante é atrair a atenção dos consumidores, e uma forma efetiva disso acontecer é quando se transmite a mensagem comercial em perfeita sintonia com a disponibilidade e acessibilidade deste público.
É um novo e eficaz canal de comunicação, com uma audiência cativa e atingida em um momento de mínima dispersão. Com uma grade de programação atrativa, a mensagem chega ao usuário de uma forma completa, assistindo exclusivamente o conteúdo apresentado pela TVON.Como Funciona - A TV ON circula em corredores de ônibus. Diariamente, os ônibus retornam à garagem para check-up e reabastecimento. É nesse momento que a programação é substituída por uma nova. Atualizada diariamente, a programação é de uma hora e é repetida durante as 18 horas que o ônibus circula na capital.
A cada dia a equipe de programação tem buscado dar mais dinamicidade aos conteúdos. Dicas de beleza, de concursos abertos, o desvendar dos mitos criados pela sociedade e variados vídeos fazem parte da programação.

Fonte: A Critíca
READ MORE - Usuários de ônibus de Campo Grande têm mídia digital móvel

Recife: Transporte Público é a solução para mobilidade urbana na capital


Recife está recebendo até esta sexta-feira o O Congresso Internacional de Tecnologia Aplicada para a Arquitetura & Engenharia Sustentáveis – CITAES, evento bienal criado para discutir a questão da sustentabilidade das sociedades. O congresso foi criado pela Regional Pernambuco do SINAENCO - Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva, que é composto por empresas que produzem e oferecem soluções inteligentes em arquitetura e engenharia no Brasil, abrangendo as empresas que prestam serviços de planejamento, estudos, planos, pesquisas, projetos, controles, gerenciamento, supervisão técnica, inspeção, diligenciamento e fiscalização de empreendimentos relativos à arquitetura e à engenharia.

Nesta quinta-feira, a palestra da tarde foi ministrada pelo engenheiro e professor da USP, Wagner Colombine, que falou sobre o Transporte do Futuro. Segundo Wagner, as classes C e D estão tendo um acesso maior a carros e isso amplia o problema de congestionamento nas grandes cidades.


“Para solucionar a questão, o caminho é investir no transporte público, mais especificamente no conceito de Transporte Rápido de Ônibus, onde o embarque é otimizado, e as viagens se tornam mais pontuais e previsíveis”. Esse conceito, chamado de (TRO), será colocado em prática nos corredores Norte, Sul, Leste e Oeste da Região Metropolitana do Recife (RMR) e corresponde a instalação de paradas climatizadas, onde os passageiros poderão esperar os coletivos com a passagem já paga, o que facilita o embarque.

Os ônibus também receberão GPS, e cumprirão horários pré-determinados em cada ponto, tornando a locomoção urbana mais segura e prática. “Temos que tornar o ônibus num concorrente interessante ao carro, fato que não ocorre nos dias atuais”, completou Colombine. Nesta sexta-feira, as palestras falarão sobre acessibilidade e habitações sustentáveis.

Fonte: Diário de Pernambuco
READ MORE - Recife: Transporte Público é a solução para mobilidade urbana na capital

Em Vitória da Conquista: Transporte coletivo pode parar por causa dos assaltos


A onda de assaltos que vem ocorrendo contra os ônibus coletivos em Vitória da Conquista, voltou a preocupar a categoria e também usuários do serviço na cidade. Numa única noite, três ônibus foram assaltados, passageiros são humilhados, motoristas e cobradores chegam a ser agredidos e ameaçados.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários por causa desta situação os ônibus podem parar a qualquer momento. O presidente da entidade, Carlos Fernandes cobra das autoridades policiais um maior empenho no sentido de prender estes assaltantes antes que uma tragédia aconteça.

Fonte: Diário Oficial de Guanambi
READ MORE - Em Vitória da Conquista: Transporte coletivo pode parar por causa dos assaltos

Pinda: Melhoria no transporte coletivo agrada a população


A direção da Viva Pinda tem trabalhado intensamente para oferecer cada vez mais, um atendimento de qualidade aos seus usuários.
Dentro deste objetivo, diversas melhorias já foram e estão sendo implantadas no sistema de transporte urbano de Pindamonhangaba, que visam acima de tudo a satisfação dos clientes.
Atualmente, com toda a frota equipada com aparelhos de última geração que possibilitam o monitoramento total dos veículos, a direção da empresa tem se esforçado ao máximo para que horários e itinerários sejam cumpridos, clientes sejam bem informados diante de suas dúvidas e de uma forma geral a população seja bem atendida.
  • Maria Aparecida Ribeiro, moradora do bairro Pasim e usuária do sistema de transporte público, comenta as melhorias que tem notado, com relação a limpeza dos ônibus e o cumprimento de horários, e ressalta a educação no atendimento dos motorista e cobradores desta linha. ” Sempre que preciso pegar ônibus ele está dentro do horário ”.
  • Carmelita Dutra de oliveira, do Araretama, também usuária do sistema de transporte público faz ressalva ao atendimento que a VIVA tem prestado ao bairro, com ônibus dentro do horário com os motoristas e cobradores sempre prestativos, tem melhorado e muito termina a mesma dizendo. “ Das vezes que precisei, estavam dentro do horário e sempre fui bem atendida. Gosto do jeito dos motorista eles cumprimenta os passageiros”.
  • Jose Benedito Oliveira Monteiro, morador do distrito Moreira César, Mestre de obra, diz que tem visto melhoras no atendimento, pois ele usa ônibus todos os dias para ir trabalhar e sempre tem o ônibus no horário, e tem visto que no horário de pico a empresa tem colocado mais ônibus, pois ele mesmo não tem usado mais ônibus com super lotação, termina dizendo que o ônibus vem cheio, mas dentro do normal.
  • Orlando José Oliveira Monteiro, morador do bairro Feital, comerciário, utiliza o transporte coletivo todos os dias, e diz que tem visto melhorias; que a principal melhoria que ele tem visto é que agora tem tabela de horário, e que hoje tem informação isto para ele que vive no comércio e muito importante, termina pedindo a VIVA, que mantenha as melhorias e que não aumente a passagem.
Fonte: Pindavale.com
READ MORE - Pinda: Melhoria no transporte coletivo agrada a população

São Paulo testa suporte para bicicleta em ônibus


A São Paulo Transportes (SPTrans) vai começar a testar nos ônibus um equipamento que possibilita aos usuários levar bicicletas. O bike rack é um suporte colocado na frente do coletivo e que pode carregar até três bicicletas. Na capital paulista, o projeto está sendo chamado de Bike Bus e deve começar a operar em caráter experimental em dez dias.
A proposta foi apresentada à SPTrans por diretores da Viação Sambaíba, responsável pelo transporte na zona norte. Representantes da empresa estiveram nos Estados Unidos e descobriram o equipamento, que é utilizado em cidades como Miami e Los Angeles. Técnicos da SPTrans vão analisar os aspectos de segurança. Se tudo der certo, a experiência começa no próximo fim de semana (dias 17 e 18).
Roubos. O equipamento funciona de maneira parecida aos suportes de bicicletas para automóveis. Quando o ônibus para, o motorista aciona um mecanismo que destrava o Bike Bus para que os usuários guardem as bicicletas. A trava é novamente acionada, para evitar roubos. A SPTrans estima que a operação dure cerca de um minuto.
Inicialmente, o Bike Bus deve funcionar somente nos fins de semana. A SPTrans pretende implantar o equipamento em poucas linhas que passem por parques. Os técnicos da empresa que administra o transporte na capital vão acompanhar esse período de testes, que ainda não tem duração determinada. Caso a experiência seja positiva, os equipamentos serão instalados em toda a frota da capital.
Dia a dia. A iniciativa foi elogiada por ciclistas e ativistas, já que possibilita combinação entre bicicletas e transporte público. Estudos apontam que as bicicletas são ideais para trajetos até sete quilômetros, o que dificulta a utilização como meio de transporte diário. "Com isso dá para fazer uma perna de bicicleta e utilizar os ônibus na maior parte do trajeto, em trechos de subida", diz o cicloativista e diretor do Instituto Ciclo BR, André Pasqualini.
Por outro lado, há reclamação de que o período de testes esteja sendo feito somente na região dos parques. O receio é que a Prefeitura desista da medida por considerar que não houve uma grande adesão. "Quem vai a um parque de bicicleta já está preparado para pedalar bastante e, por isso, pode não usar os ônibus. Por isso os testes deveriam ser feitos com quem utiliza as bicicletas para trabalhar, que é a maioria dos deslocamentos", diz Pasqualini.
Nos trilhos. O Metrô de São Paulo permite bicicletas fora do horário de pico. Além disso, foram instaladas ciclofaixas de lazer aos fins de semana, mas as ciclovias ainda são raras.

Fonte: Estadão
READ MORE - São Paulo testa suporte para bicicleta em ônibus

Ônibus oferece bicicletário aos passageiros em Bagé


Um dos veículos de uma linha urbana de Bagé, na Campanha, oferece aos passageiros um bicicletário. O serviço foi inaugurado no início desta semana. Por enquanto, a empresa Stadbus, responsável pela novidade, oferecerá o suporte em apenas um de seus carros, que faz a linha da Vila Damé à Vila São Pedro.

O veículo passa pela principal ciclovia da cidade, na Avenida Santa Tecla. O ônibus leva duas bicicletas de cada vez. A acoplagem é rápida, dura cerca de 15 segundos, e o passageiro não paga nada a mais por isso.

Fonte: ZERO HORA
READ MORE - Ônibus oferece bicicletário aos passageiros em Bagé

BH: Prefeitura estuda implantar o BRT em sete vias da capital


A prefeitura da capital estuda implantar o BRT em sete vias da capital. A medida é um dos pontos de melhoria na mobilidade urbana para atender as exigências da Fifa para a Copa do Mundo de 2014. Além da Nossa Senhora do Carmo, a adaptação do transporte coletivo nos moldes do chamado “trem sobre rodas” é estudada para ser implantada nas avenidas Pedro I e Antônio Carlos (que constituiriam um ramal), Cristiano Machado, Carlos Luz e Pedro II (linha conjunta) e Amazonas.

Mas, tanto a Nossa Senhora do Carmo quanto a Amazonas terão de esperar. Até agora, somente os outros corredores têm dinheiro assegurado. Por meio de uma linha de crédito do governo federal para obras de mobilidade nas 12 cidades-sede da Copa, a Caixa Econômica Federal vai liberar R$ 1 bilhão para a implantação do BRT na Antônio Carlos, Pedro I, Cristiano Machado e Pedro II-Carlos Luz e adaptação de vias no Centro.

O diretor de Planejamento da BHTrans, Célio Freitas, informou que a PBH vai buscar recursos na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) ou outra forma de financiamento.Em fevereiro, começaram os estudos para o ramal Antônio Carlos e Pedro I. Concluídos os projetos, será contratada empreiteira para execução das obras.

Em março, a BHTrans abriu concorrência para contratar empresa de engenharia para prestar os serviços de consultoria especializada para implantação do BRT na Cristiano Machado. As propostas foram abertas semana passada. Depois da seleção, o estudo deverá ser entregue em nove meses.

A expectativa da prefeitura é de que o contrato seja assinado em maio. Já os envelopes dos interessados no projeto da Pedro II-Carlos Luz serão abertos terça-feira que vem.

Fonte: UAI Notícias
READ MORE - BH: Prefeitura estuda implantar o BRT em sete vias da capital

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960