Em Niterói inauguração de corredor viário cria um novo modelo de mobilidade no município

sexta-feira, 19 de março de 2010

Foto Ilustrativa

Considerado fundamental para a reorganização do trânsito de Niterói, o Corredor Viário Metropolitano da Alameda São Boaventura e Avenida Feliciano Sodré será inaugurado neste sábado (20/3), às 9h, pelo governador Sérgio Cabral, pelo prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, e pelo secretário estadual de Transportes, Julio Lopes. Com seis quilômetros de extensão, esta é a primeira via expressa do estado do Rio dotada com faixas exclusivas para ônibus.

  • A obra, executada pela Secretaria de Transporte em parceria com a Prefeitura de Niterói, cria um novo modelo de mobilidade no município e garante acessibilidade total aos portadores de necessidades especiais. As intervenções contemplam ainda outras ruas importantes para o fluxo do trânsito na região central de Niterói, como Feliciano Sodré, Saldanha Marinho e Praça Renascença. As vias foram equipadas com um moderno sistema de sinalização, nova iluminação, recapeamento e ampliações de pistas.

Na Alameda São Boaventura, a principal intervenção foram as seis plataformas de embarque e desembarque para ônibus, construídas sobre o canal Dona Vicenza, que corta os 3,5 quilômetros da via. Com o novo sistema, os ônibus só poderão circular pela pista junto ao canal, que será segregada das demais faixas por tachões. As estações substituirão os pontos de ônibus distribuídos pela avenida. Cada baia tem capacidade para seis ônibus ao mesmo tempo. Tudo isso proporcionará maior fluidez do trânsito na via.

  • Além da Alameda e da Feliciano Sodré, o novo complexo viário também contou com importantes intervenções nas ruas Saldanha Marinho, Manuel Pacheco, Washington Luiz e Praça Renascença. Toda essa área recebeu nova sinalização semafórica. O novo sistema contempla 28 travessias, sendo 16 na Alameda São Boaventura, seis na Avenida Feliciano Sodré, seis na Rua Saldanha Marinho. O controle dos novos semáforos – 89 ao todo - será feito por meio de um sistema digital de monitoramento eletrônico, que permite sincronizar os fluxos das estações e da Alameda. As vias receberam ainda novas placas de trânsito e sinalização horizontal.

As ruas beneficiadas ganharam novos postes de luz, tiveram o meio-fio recuperado e ganharam asfalto novo. Mas a principal novidade fica por conta dos cuidados que foram tomados para garantir o padrão de mobilidade para portadores de necessidades especiais, como deficientes visuais e cadeirantes. Agora, para atravessar a Alameda, a Feliciano Sodré e a Saldanha Marinho com segurança, os deficientes visuais só precisarão acionar as botoeiras sonoras presas aos postes dos semáforos. Esses equipamentos emitirão um som alertando sobre o tempo que resta para a travessia. Todos os cruzamentos ganharam rampas para cadeirantes e faixas com pisos táteis.

  • A Alameda São Boaventura também passou por uma revitalização paisagística. Ao longo das obras, a Secretaria de Meio Ambiente de Niterói e a Secretaria Estadual de Transportes desenvolveram um amplo Plano de Compensação Ambiental, que contou com o plantio de 377 só na via principal e mais de oito mil mudas em diversas ruas do entorno e outros pontos da cidade.

A arquitetura das estações
Principais intervenções
Alameda São Boaventura
Ganhou seis estações: Getulinho, Riodades, Horto, Bairro Chic, João Brasil e Nossa Senhora das Mercês. Além das novas estações, a via recebeu novo recapeamento asfáltico, nova sinalização viária e semafórica, iluminação pública, e serviços de pavimentação, plantio de árvores e arbustos.

  • Avenida Feliciano Sodré
    Principal corredor viário utilizado pelos motoristas que vêm da Alameda, Rodovia Amaral Peixoto, Avenida do Contorno e Benjamim Constant, em direção ao Centro, a Avenida Feliciano Sodré tem agora quatro faixas no sentido Centro e duas faixas exclusivas para ônibus no sentido Ponte Rio-Niterói. Recebeu nova iluminação pública e da sinalização semafórica sincronizada com o sistema da Alameda. Nesta avenida há quatro estações de passageiros:
    Rodoviária Roberto Silveira, Moinho Atlântico, Mercado Municipal e Ponto Cem Réis.

Rua Saldanha Marinho
A rua será o acesso para os carros que seguem do Centro em direção a Ponte Rio-Niterói e que não poderão mais passar pela Feliciano Sodré. A via passou por ampla revitalização, recebendo recapeamento asfáltico, nova sinalização viária, modernização da iluminação pública e rampas para cadeirantes em todos os cruzamentos. Para evitar congestionamentos, está proibido o estacionamento ao longo da via.

  • Praça Renascença
    Adequações de espaço e remanejamento de postes, para implantação da quarta faixa de rolamento da Avenida Feliciano Sodré, além de melhorias urbanísticas, novo paisagismo, iluminação pública, e acesso para a Rua Manuel Pacheco de Carvalho e Rua Fróes da Cruz, em direção ao Centro.

Rua Washington Luiz
Via transversal à Rua Saldanha Marinho. Nela foi construída uma ponte com 10 metros de largura e 10 metros de comprimento sobre o canal, além dos serviços de recapeamento asfáltico, nova sinalização viária e iluminação pública.
Rua Manuel Pacheco de Carvalho
A Rua Manuel Pacheco de Carvalho é continuação da Rua Saldanha Marinho. Passa a contar com duas faixas de rolamento no sentido Praça Renascença. Receberá novo recapeamento asfáltico, nova sinalização viária e melhorias na iluminação pública.

  • Números
    Passageiros: 250 mil/dia
    Ônibus/hora: 240 na Alameda São Boaventura e 530 na Feliciano Sodré
    Linhas Municipais: 24
    Linhas Intermunicipais: 107
    Automóveis: 50mil/dia

Fonte: Governo do Rio de Janeiro

READ MORE - Em Niterói inauguração de corredor viário cria um novo modelo de mobilidade no município

UFPE oferece auxílio-transporte para alunos do Recife, Vitória e Caruaru


Estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), câmpus Recife, Vitória de Santo Antão e Caruaru, poderão solicitar a concessão do auxílio-transporte para os quatro meses do primeiro semestre e quatro meses do segundo semestre deste ano.

A seleção será feita atendendo a critério socioeconômico informado pelo candidato. As inscrições para as unidades do Caruaru e Vitória vão até a próxima terça-feira (23).

No Recife, o período vai de 29 de março a 9 de abril. Confira o edital.

Os candidatos do Recife devem residir na Região Metropolitana do Recife (RMR) e utilizar o sistema público de transporte urbano. Os alunos do Interior podem morar em Caruaru e Vitória de Santo Antão ou cidades vizinhas.

O pagamento do auxílio-transporte será realizado diretamente na conta bancária do selecionado durante o período letivo, sendo interrompido nas férias. No ato da inscrição, o estudante deverá descrever o percurso e as linhas utilizadas no deslocamento UFPE-residência-UFPE.

Todas as informações fornecidas pelo estudante estarão sujeitas à verificação. Se for comprovada a não veracidade da informação, o estudante perderá o direito ao benefício.O resultado será divulgado no dia 16 de abril. No Recife, 23 de abril.

Fonte: JC online
READ MORE - UFPE oferece auxílio-transporte para alunos do Recife, Vitória e Caruaru

Prefeitura e a BHTrans realizam a implantação de 680 abrigos de passageiros em pontos de ônibus em diversos bairros


Até o final de abril, a Prefeitura e a BHTrans finalizam a implantação de 680 abrigos de passageiros em pontos de ônibus em diversos bairros de todas as regiões da cidade, proporcionando mais conforto e segurança aos usuários.
Para esses novos abrigos foi elaborado outro modelo, baseado nos existentes no centro da cidade, a fim de manter a identidade do mobiliário urbano, porém com dimensões menores, adaptados para calçadas estreitas. “Como os passeios da maioria dos bairros fora do centro da capital são menores, foi necessário fazer adaptações para atender também a esses locais”, esclarece a diretora de Desenvolvimento e Implantação de Projetos da BHTrans, Jussara Bellavinha.
Os novos abrigos respeitam o Código de Posturas, que estabelece a reserva de 1,5 metro livre para a circulação de pedestres. Eles começaram a ser implantados em agosto de 2009 e contavam com uma barra de encosto, conforme tinham sido elaborados. Em função de pedidos da comunidade, o projeto inicial foi modificado e foram colocados assentos no lugar da barra de encosto.
Até o começo de março deste ano, foram trocados os encostos de 80 abrigos da região Oeste e 62 em Venda Nova. Até o final de abril, todos os 240 encostos já estarão substituídos.
Aprovação
Na avenida Cristiano Machado, no bairro Guarani, os usuários aprovaram a substituição do encosto pelo assento. É o caso de Leonardo Rodrigues, que aguardava a linha 62 (Estação Venda Nova/Savassi via Hospitais) no ponto de parada. “Vai ficar bem melhor, especialmente para os idosos”, disse. Outra passageira, Irani de Fátima Oliveira Domingos, também gostou da modificação e só expressa uma preocupação: “só espero que os vândalos não apareçam por aqui”.
Para realizar esse projeto, as solicitações dos usuários foram estudadas pelos técnicos da BHTrans, considerando-se as condições físicas dos locais e a movimentação de passageiros nos pontos de ônibus pesquisados. Um mobiliário simples e funcional foi a solução às demandas dos passageiros de ônibus, respeitando o pequeno espaço disponível nas calçadas.
O contrato de instalação dos abrigos, firmado após realização de concorrência pública, prevê ainda a recomposição das calçadas e instalação de piso tátil no local, de acordo com as normas de acessibilidade em vigor. “Nos lugares em que a calçada ainda é de terra, o contrato prevê a sua construção em um espaço de pelo menos 4 m2,” explica o analista da Gerência de Sinalização da BHTrans, Carlos Alberto Faria Gonzaga.

Os locais contemplados foram definidos a partir de demandas da comunidade, apresentadas às regionais nas Comissões Regionais de Transportes e Trânsito, às Gerências Regionais da BHTrans e por meio de vereadores. Até o início de março, 484 abrigos para passeios estreitos já haviam sido distribuídos por todas as regiões da cidade. Somente a regional Noroeste ganhou 121 abrigos, por ser área de maior malha viária de Belo Horizonte.
Fonte: Portal PBH
READ MORE - Prefeitura e a BHTrans realizam a implantação de 680 abrigos de passageiros em pontos de ônibus em diversos bairros

Em Campinas, Corredor de ônibus da Lix da Cunha entra em operação domingo


As linhas de ônibus metropolitanas e municipais que utilizam a Avenida Lix da Cunha, em Campinas, passam a utilizar, a partir de domingo (21), o corredor exclusivo para os ônibus implantado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

E o corredor finalizado este mês ganhou duas novas estações de paradas, uma no Balão do Tavares, nas proximidades da saída para a rodovia Anhanguera, e outra abaixo da ponte da Avenida Alberto Sarmento, no bairro Bonfim.

De acordo com a EMTU, passam pela Lix da Cunha diariamente 51 linhas intermunicipais, ligando Campinas aos municípios de Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, Monte Mor e Americana, além das linhas municipais. O horário de funcionamento do corredor é das 4h30 às 00h10.

O corredor Sumaré-Campinas tem no total 33 quilômetros de extensão e sete quilômetros de faixas exclusivas para ônibus. Três milhões e meio de passageiros utilizam o sistema mensalmente.

Fonte: EPTV
READ MORE - Em Campinas, Corredor de ônibus da Lix da Cunha entra em operação domingo

Frota em Feira de Santana será renovada este ano com 25 veículos zero quilômetro.


A frota de ônibus do transporte coletivo urbano em Feira de Santana será renovada este ano com 25 veículos zero quilômetro. Dez deles, já com a nova padronização e equipamentos que facilitam a acessibilidade e segurança dos passageiros, serão inseridos no Sistema Integrado de Transportes (SIT) na próxima sexta-feira (26), pela manhã.
Os ônibus vão compor a frota da empresa de ônibus Princesinha e já estão saindo da fábrica Mascarello, em Cascavel, no Paraná, com a nova padronização, valorizando as cores da bandeira de Feira de Santana. Além disso, também estão adaptados com equipamentos que facilitam a acessibilidade de cadeirantes, a exemplo de rampas hidráulicas, e também iluminação especial com LED e câmeras de segurança.
Participando do 71º Fórum Nacional de Secretários de Transportes e Trânsito, em Foz do Iguaçu, no Paraná, realizado quinta-feira (18) e sexta-feira (19), o secretário de Transportes e Trânsito, Flailton Frankles, aproveitou para inspecionar os ônibus montados na Mascarello que servirão à frota em Feira de Santana. “A nova padronização resultará em um visual mais operacional, facilitando a identificação dos veículos”, ressaltou.
Outros 15 ônibus, também da empresa Princesinha, devem chegar à cidade antes do dia 15 de abril, visando serem utilizados já para o período da Micareta, que ocorre entre os dias 15 a 18 do próximo mês. Ao todo, a frota de Feira de Santana conta com 188 ônibus urbanos.
Alguns dos novos ônibus, conforme o secretário Flailton Frankles, já estão na estrada vindo para Feira de Santana. “Gradativamente estamos renovando a frota de ônibus que serve à à cidade, diminuindo substancialmente a idade média dos veículos. No ano passado já substituímos 26 ônibus”, destacou.

Fonte: Prefeitura de Feira de Santana
READ MORE - Frota em Feira de Santana será renovada este ano com 25 veículos zero quilômetro.

Porto Alegre garantirá acessibilidade nas lotações


A Capital será a primeira cidade do país a garantir acessibilidade no sistema seletivo de transporte (lotações). A reunião para tratar do assunto foi realizada na manhã de hoje, 17, na Secretaria Municipal de Acessibilidade e Inclusão Social (Seacis). "Porto Alegre é pioneira em vários projetos estruturantes de acessibilidade", disse o titular da Seacis, Tarcízio Teixeira Cardoso. "Em relação ao transporte seletivo, diferente de outras cidades, há a regulamentação municipal que nos possibilita um melhor planejamento para o benefício do cidadão", afirmou.
A proposta aprovada na reunião prevê elevador de acesso e um box para cadeirantes em todas as 403 lotações de Porto Alegre, que manteriam os atuais 21 lugares. Será encaminhada para os fabricantes das carrocerias, que vão elaborar um projeto para avaliação da Seacis e da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Após aprovação do projeto, as concessionárias do serviço começarão a tratar da substituição da frota.
Não houve a definição de prazos, mas a expectativa é iniciar os procedimentos até o final do ano. A premissa de que todo transporte que atende ao público precisa ser acessível é garantida pelo Decreto 5.296, de 2004. Atualmente, de uma frota com o total de 1.572 ônibus em Porto Alegre, 27% têm acessibilidade, percentual superior aos 10% exigidos pela legislação.
Participaram do encontro o secretário Tarcízio Cardoso e representantes da Subsecretaria Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), da Associação dos Transportadores de Passageiros por Lotação de Porto Alegre (ATL) e da EPTC.

Fonte: PMPA
READ MORE - Porto Alegre garantirá acessibilidade nas lotações

Ribeirão Preto: Equipamento vai controlar fluxo do transporte coletivo


As permissionárias e a Transerp irão controlar os horários dos ônibus, vans e micro-ônibus do transporte público de Ribeirão Preto, através do monitoramento por GPS (Sistema de Posicionamento Global) que será instalado nos veículos dentro de cinco meses.
O sistema permitirá controlar, em tempo real, o trajeto das viagens, as paradas e o atraso de cada linha. Serão quatro centrais instaladas - uma na Transerp e as outras nas três empresas responsáveis pelo transporte.
"Teremos mais agilidade no serviço, já que poderemos resolver os problemas na hora", diz o gerente do transporte coletivo de Ribeirão, Reynaldo Lapate.
O monitoramento hoje é feito por fiscais que controlam manualmente o itinerário das 80 linhas da cidade. Apenas 12 profissionais contratados pelas empresas fazem esse trabalho, que entregam um relatório diário com as informações de atraso, veículos que tiveram problemas, entre outras observações.
"Se um ônibus quebrar, podemos mandar outro na hora. Se ocorrer um comboio também podemos desfazer", explicou o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Ribeirão Preto (Sinfrepass), Luís Gustavo Vianna.
Para Lapate, as informações também serão mais precisas. "Chegam na hora e online. Nada de relatório manual mais", diz.
Esse sistema faz parte dos cinco investimentos que serão feitos pelas empresas, acertado na quarta-feira, através de um acordo com o Ministério Público Estadual.
O monitoramento via GPS custará às permissionárias R$ 430 mil. A manutenção mensal será de R$ 43 mil.
O sistema também permitirá monitorar a velocidade dos ônibus (60 km/hora) e a rotação do motor, o que pode trazer economia de combustível. "Havendo economia, a tarifa do transporte pode ter uma queda", afirma Vianna.
O modelo de monitoramento já existe nas principais capitais brasileiras, incluindo São Paulo.
Atendimento
O monitoramento da frota por GPS também irá contribuir com a central de atendimento da Transerp - o número de telefone 118 informa as pessoas sobre horários e pontos dos ônibus.
Seis atendentes anotam reclamações, sugestões e informam a população. "Recebemos cerca de 800 ligações por dia", comentou Reynaldo Lapate.
Segundo ele os usuários do transporte público terão informações corretas dos horários, até mesmo se estiver ocorrendo atrasos.
"Hoje apenas passamos as informações de horário conforme a tabela de cada linha, sem saber se há atrasos", disse o diretor da Transerp.

Fonte: A Cidade
READ MORE - Ribeirão Preto: Equipamento vai controlar fluxo do transporte coletivo

Cadê os Cobradores? Transporte coletivo pode parar em Londrina


A demissão de cobradores do transporte público de Londrina pode culminar com uma paralisação. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Coletivo de Londrina (Sinttrol), cerca de 350 cobradores foram demitidos nos últimos sete anos.

Em assembleia, ficou definido que haverá um dia de protesto por conta disso, porém, a data ainda não foi definida.

De acordo com o presidente do sindicato, João da Silva, uma cláusula da licitação do transporte coletivo prevê que os ônibus convencionais têm que ter motorista e cobrador.

Mas, segundo ele, isso não está sendo cumprido pelas empresas. Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Londrina (Metrolon) informou que as demissões das “linhas de baixa demanda são uma realidade que teremos que enfrentar”, pois isso representa um custo alto para as empresas, o que pode refletir no preço da tarifa.

Fonte: Paraná online

READ MORE - Cadê os Cobradores? Transporte coletivo pode parar em Londrina

Em João Pessoa, STTrans reativa linha de ônibus


Com o objetivo de melhorar o serviço do transporte coletivo e ampliar o atendimento aos moradores do bairro do Geisel e proximidades, a Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) reativará no próximo sábado (20) a linha 106 Geisel (via Cruz das Armas) e promoverá mudanças na linha 107 – José Américo. O objetivo é tornar o serviço de transporte coletivo mais eficiente no local, atendendo a demanda da crescente população da região próxima ao bairro do Geisel e a comunidade do loteamento Recanto Verde.

A linha 106 terá seu terminal no Geisel (202) e fará o mesmo itinerário dentro do bairro, ampliando sua rota pelo loteamento Recanto Verde (Novo Geisel). A linha107 – José Américo permanecerá com o mesmo itinerário até a rotatória da Avenida Abelardo Targino da Fonseca (Cajueiro). A partir deste ponto, provisoriamente, ele seguirá pela Rua João Miguel de Souza até chegar à BR-230, com direção ao centro da Capital.
A medida foi definida após estudos realizados pela Assessoria de Planejamento da STTrans, que verificou a necessidade de ampliação do serviço, em virtude do crescimento populacional. "A demanda da região tem crescido nos últimos anos e novas medidas têm que ser adotadas para beneficiar estas novas localidades. A STTrans vem realizando diversas ações neste sentido e garantido a todos um serviço de transporte público de qualidade", afirmou a superintendente Laura Farias.

Fonte: Prefeitura de João Pessoa
READ MORE - Em João Pessoa, STTrans reativa linha de ônibus

São Paulo: Obras em vias da zona norte alteram itinerários de ônibus


Em virtude do trânsito intenso ocorrido diariamente por consequência das obras da Marginal Tietê nas avenidas Zaki Narchi e Santos Dumont, na zona norte, no período das 07h às 09h, a SPTrans informa que a partir de sábado, 20 de março, irá alterar o itinerário de linhas que trafegam na região neste horário, de forma que haja maior fluidez no trânsito e menor tempo de deslocamento para os usuários dos serviços.
Para informações sobre os trajetos de linhas de ônibus consulte itinerários ou ligue 156.

Linha e itinerários:

1721/10 Vila Ede – Metrô Carandiru
1728/10 Jd. Brasil – Metrô Tucuruvi
172N/10 Shop. Center Norte – Metrô Belém
1745/10 Vila Nova Cachoeirinha - Center Norte
1760/10 Cohab Antártica - Center Norte
971D/10 Jd. Damasceno - Center Norte
971V/10 Jd. Vista Alegre - Center Norte
Ida: sem alteração
Volta: normal até a av. Zaki Narchi, Rua Guilherme Paraense, Rua Antonio dos Santos Neto, Rua Urupiara, Rua Manuel dos Santos Neto, Av. Cruzeiro do Sul, prosseguido normal.

Fonte: SPTrans

READ MORE - São Paulo: Obras em vias da zona norte alteram itinerários de ônibus

Corredor Metropolitano de Niterói começa a funcionar neste sábado


A partir deste sábado, com a inauguração do Corredor Metropolitano, quem passa de ônibus pelo Centro de Niterói, deverá chegar mais rápido ao trabalho. Projetada há 15 anos, a via, com 6,5km, liga a Alameda São Boaventura ao terminal rodoviário vizinho à estação das barcas, na Avenida Visconde do Rio Branco, passando pela Avenida Feliciano Sodré. A obra, bancada pelo governo estadual, custou R$ 6,9 milhões e atenderá a 250 mil passageiros por dia.
Na Alameda, a faixa esquerda será exclusiva para ônibus. Na Feliciano Sodré, serão duas só para coletivos. Para evitar que os automóveis invadam a via, foram instalados 13 leitores de placas. Só ônibus e vans cadastradas pela Nittrans, empresa municipal responsável pelo planejamento de transportes, poderão circular por elas.
A Alameda São Boaventura ganhou baias sobre o canal que a divide. Os topiqueiros estão proibidos de parar ali, mas podem transitar pelo corredor. São dez estações de embarque e desembarque, que servirão a 770 ônibus de 107 linhas intermunicipais e 24 municipais. Um sistema de sinais foi instalado para garantir a fluidez no trânsito de ônibus e está proibido virar à esquerda para cruzar a Alameda.
- Simulações mostram que o tempo de viagem cai cerca de 20 minutos e a velocidade média dos ônibus aumenta de 9km/h para 20km/h - conta a diretora de planejamento da Nittrans, Elisabeth Poubel Grieco.

Fonte: O Globo

READ MORE - Corredor Metropolitano de Niterói começa a funcionar neste sábado

Estado de São Paulo terá mais trens de passageiros


O governo do Estado planeja expandir a malha ferroviária para trens de passageiros, ultrapassando os limites da região metropolitana e chegando a cidades como Sorocaba, São José dos Campos e a região da Baixada Santista. O passo inicial foi um decreto do governador José Serra que aumentou a competência da Secretaria dos Transportes Metropolitanos, que agora pode organizar políticas de transporte em todo o Estado.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos já deu início aos estudos de algumas linhas, na tentativa de concluí-los até o fim do ano para incluir no próximo Plano Plurianual de ações. Dependendo do andamento dos trâmites, as primeiras linhas podem sair do papel até 2014.

As novas linhas serão integradas à rede da Companhia Paulista dos Trens Metropolitanos (CPTM). Os projetos prioritários são as ligações entre São Paulo e Sorocaba, entre a capital paulista e a Baixada Santista e também com Campinas. "Existe uma grande demanda nessas regiões, tanto que muitas pessoas utilizam ônibus fretados para vir trabalhar na capital. Nosso projeto é transferi-los para os trilhos", diz o secretário José Luiz Portella, que afirma já haver negociações.

Alta velocidade. Há também o projeto para a inclusão de uma linha até São José dos Campos. No entanto, o governo paulista aguarda posição federal, uma vez que uma linha "paradora" também está contemplada no projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV), entre Rio e Campinas.

A ligação com Sorocaba é a mais fácil de ser concluída, uma vez que já existe uma linha desativada e em boas condições fazendo o trajeto entre as duas cidades. O ramal para Campinas será feito em grande parte por meio da linha da CPTM até Jundiaí, sendo necessário um ramal complementar até a outra cidade."A ligação com Santos será feita até a Estação Samaritá e depois a linha será integrada ao VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) da região", diz Portella.

A retomada dos trens regionais é elogiada por muitos especialistas, principalmente entre os críticos do movimento "rodoviarista". "Para um País que está entre as principais economias do mundo, é importante ter alternativas aéreas, em rodovias e ferrovias", diz o presidente da Associação Nacional de Transporte Público (ANTP), Aílton Brasiliense. Ele acrescenta que haverá um estímulo à substituição pelos trilhos. "Acabariam os congestionamentos nas estradas."PPP.

O governador assinou ontem a autorização para que a CPTM firme uma Parceria Público-Privada (PPP) para a manutenção de 36 trens do percurso entre a capital e Itapevi (Linha 8-Diamante). O contrato é de 20 anos. Hoje, uma parte da manutenção é feita pela própria CPTM e outra, terceirizada. A concessionária terá de fazer reparos diariamente, com financiamento de R$ 200 milhões por ano.

Também foi anunciado o fim das obras de vedação (instalação de muros ou grades) em todas as linhas da CPTM - serviço que só deve acabar mesmo no fim deste mês, ao custo de R$ 100 milhões. A iniciativa é uma tentativa de reduzir as mortes por atropelamento de trens, segundo o governador.

Fonte: Ultimo Segundo
READ MORE - Estado de São Paulo terá mais trens de passageiros

TV Globo expande projeto de TV no ônibus para todo o país


Nos próximos 20 dias, o sistema será expandido para as cidades do Rio de Janeiro, Porto Alegre, João Pessoa, Natal e Florianópolis. Porém, a Globo ainda enfrenta dificuldades para exibir sua programação ao vivo no transporte coletivo. Atualmente, a rede, em parceria com a Bus Mídia, disponibiliza sua programação ao vivo e digital em 30 ônibus de São Paulo, porém a queda do sinal é frequente, sobretudo em túneis e bairros mais altos.
Com isso, o projeto de transmissão das partidas da Copa do Mundo ao vivo dentro dos ônibus deverá ser adiado, sendo usado apenas em 2014, no mundial realizado no Brasil.
Fonte: O Estado de S. Paulo.

Fonte: Batalha do Ibope
READ MORE - TV Globo expande projeto de TV no ônibus para todo o país

Ministro vem inaugurar Metrô no Piauí; Passagem será grátis por 15 dias


O ministro das Cidades, Márcio Fortes, pediu e o governador Wellington Dias atendeu o pedido para a antecipação da data de inauguração da nova estação e novos trens do metrô de Teresina. A inauguração acontece amanhã e o presidente da Companhia Metropolitana, Marcos Silva, deu uma boa notícia aos usuários.

Durante o período de adaptação dos novos trens e fixação dos horários, os usuários poderão viajar de graça. Esse período deve durar cerca de 15 dias, segundo Marcos Silva. Ainda segundo o presidente, na chegada, os passageiros poderão desembarcar pelos dois lados do vagão e deixarão a estação por escada, elevador ou escada rolante.
Em média, a Companhia Metropolitana estima que o novo metrô deverá atender cerca de 30 mil passageiros por dia.

Os vagões são novos e possuem sistema de ar condicionado de 90 mil BTUs cada. Eles também são equipados com câmeras de segurança do lado de dentro de fora.
Amanhã, as autoridades convidadas chegarão à nova estação da Praça da Bandeira num desses vagões. A solenidade está marcada para as 8h. Eles sairão da Estação da Miguel Rosa e farão todo o percurso. Marcos Silva convida também a população para a viagem inaugural.

Fonte: Cidadeverde.com
READ MORE - Ministro vem inaugurar Metrô no Piauí; Passagem será grátis por 15 dias

Metrô-DF: Guará ganha nova estação de metrô em abril


Dentro de um mês, a nova estação de metrô do Guará, localizada em frente à QE 24, vai estar pronta. A informação foi dada pelo diretor técnico do Metrô-DF, Celso Lucena, durante visita ao canteiro de obras nesta quarta-feira (10). A inauguração deve acontecer durante as festividades do aniversário de Brasília, que completa 50 anos no dia 21 de abril.
Batizado de Estação Guará, este será o segundo ponto de embarque e desembarque da cidade, que já conta com a Estação Feira. Construída em uma região central, irá atender aos moradores do Guará I, Guará II e da Colônia Agrícola Águas Claras. A previsão é de que 20 mil pessoas passem pelo local diariamente quando estiver em pleno funcionamento.
O administrador do Guará, Joel Santana, participou da visita às obras. Segundo ele, os trabalhos caminham rapidamente e o prazo de entrega será cumprido. “Em breve a comunidade vai poder contar com mais essa facilidade de transporte”, concluiu.
A nova estação será integrada ao sistema de ônibus e à bilhetagem única. Quem optar por ir de carro até o local terá à disposição um amplo estacionamento. Outra novidade será a ampliação da frota em mais um trem. Segundo diretor do Metrô-DF, serão, ao todo, 12 novos veículos até fevereiro de 2011. Esse número poderá atender a uma demanda de 300 mil passageiros por dia em todo o DF.


Modernidade e praticidade
Em breve começará a ser construída a parte metálica superior da estação. A maior etapa da construção foi composta por obras subterrâneas, realizadas em volta da linha existente, com o metrô em funcionamento. Por questões de segurança, parte da obra teve que ser feita no período da madrugada.
A Estação Guará terá uma estrutura moderna acompanhada de um centro de comércio e serviços em seus arredores, conforme definido no Plano Diretor Local da cidade. O projeto prevê a melhoria das condições de acessibilidade e do tratamento paisagístico da área, com a construção de acessos em vidro, bicicletários, cinco escadas rolantes, três elevadores e outros benefícios. O investimento é de cerca de R$ 28 milhões.
Para o presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial do Guará (Acig), Nilton Soares, a nova estação vai beneficiar também o comércio local, melhorando tanto a locomoção dos clientes quanto dos funcionários que trabalham na região.
O administrador ressalta que a cidade tem recebido muitos investimentos para melhorar a locomoção dos moradores, como a ampliação dos viadutos nas entradas da cidade, criação de novas saídas, construção de estacionamentos.

Fonte: Metrô-DF
READ MORE - Metrô-DF: Guará ganha nova estação de metrô em abril

Bilhete Único do Idoso entra em vigor a partir desta segunda em Guarulhos


Começa a valer, a partir da próxima segunda-feira (22), em Guarulhos, o Bilhete Único do Idoso. O benefício de gratuidade no transporte público pode ser pedido pelos moradores do município com idade igual ou maior a 60 anos.
A estimativa da prefeitura é que cerca de 8% dos passageiros que utilizam o transporte público na cidade vão se beneficiar da medida. Para solicitar o bilhete único, o idoso precisa comparecer, das 8h30 às 16h30, à sede da Guarupas (Associação das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Guarulhos e Região), localizada no número 136 da avenida Silvestre de Vasconcelos Calmon, no bairro de Vila Moreira. É necessário estar com documento de identidade e comprovante de residência.
A primeira via do bilhete único é gratuita. Em caso de perda ou extravio, será cobrada taxa de R$ 12,50 para nova emissão do documento. Quem já possui o cartão do idoso pode continuar a utilizá-lo normalmente até a data do recadastramento obrigatório anual, quando será feita a substituição.

Fonte:R7.com
READ MORE - Bilhete Único do Idoso entra em vigor a partir desta segunda em Guarulhos

Presidente da Etufor diz que Sistema de Integração Temporal pode ser melhorado


O presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Ademar Gondim, reconhece que o Sistema de Integração Temporal em Fortaleza é confuso, mas lembra que se trata ainda de um projeto piloto. Segundo ele, há um estudo em andamento para melhorar o sistema integrado na Capital. ``Estamos criando alguns cenários para ver o que pode ser feito``, adianta o gestor.

Uma das possibilidades seria criar um modelo semelhante ao que é adotado em São Paulo, onde a integração é livre. Lá, o passageiro pode fazer até quatro viagens com um único bilhete. Não há combinações de linhas. O usuário pode subir em qualquer ônibus ou até mesmo no metrô. ``Estamos estudando as alternativas. Mas isso tem que ser feito com cautela. Liberar a integração como foi feito em São Paulo é arriscado.

Estamos avaliando os prós e contras``, comenta Ademar Gondim. O risco, segundo ele, seria a queda na arrecadação, que acabaria levando ao aumento da tarifa. ``Em São Paulo, a Prefeitura injeta R$ 90 milhões de reais para cobrir o sistema livre. Mesmo assim, a passagem custa R$ 2,70``, argumenta o presidente da Etufor.

Em Fortaleza, o valor da passagem é R$ 1,80. ``A gente não dá subsídio direto, mas reduz alguns tributos para conseguir manter esse valor``, diz ele. Ademar lembra ainda que a Integração Temporal é apenas uma das medidas tomadas pela Prefeitura para melhorar o sistema de transporte público.

``Na verdade, a integração maior é feita nos terminais de ônibus. Esse é o nosso diferencial. Além disso, temos a tarifa social aos domingos, a gratuidade para os portadores de deficiência. Nenhuma cidade tem todos esses aspectos``.

Fonte: O Povo online

READ MORE - Presidente da Etufor diz que Sistema de Integração Temporal pode ser melhorado

Vândalos quebram os abrigos de ônibus e deixam a população prejudicada

Usuários do transporte coletivo em Uberaba reclamam da atual situação da maioria dos abrigos de ônibus. Grande parte da estrutura de muitos está danificada, o que impede até mesmo o assento do usuário. De acordo com o diretor de operação e fiscalização do transporte coletivo do município, Claudinei Nunes, os abrigos estão assim devido à ação de vândalos, e medidas já foram tomadas.
A equipe de reportagem do JORNAL DE UBERABA esteve em alguns locais nesta semana. Na avenida Fidélis Reis, no centro, onde há intenso fluxo de ônibus, dois abrigos estavam em situação deplorável. Em frente ao Condomínio Jockey Park, o ocorrido também era presente.O uberabense Bruno Pessato utiliza o transporte coletivo urbano diariamente. Sua indignação é intensa com a situação. "Em todos os lugares os pontos estão assim. Com isso, as pessoas idosas são desrespeitadas. Se você vai a uma cidade do lado, como Uberlândia, não há isso", diz Bruno.
Segundo Claudinei, o município está com um projeto encaminhado de recuperação e manutenção dos abrigos, além da instalação de 100 novos. "Já foi feito um levantamento dos pontos e devemos manter um cronograma de manutenção. O processo está em licitação e por conta do secretário de planejamento, Karim Abud Mauad", revela o diretor de operação e fiscalização do transporte coletivo em Uberaba.
A expectativa é que até o mês de junho os novos abrigos sejam instalados na cidade. "As avenidas Abílio Borges, Elias Cruvinel, João XXIII e Edílson Lamartine Mendes também ganharão novos abrigos", garante Claudinei, que lamenta em relação à destruição. "A população destrói os equipamentos urbanos em geral. Além dos abrigos, lixeiras também são alvos de vândalos", finaliza.

Fonte: Jornal de Uberaba

READ MORE - Vândalos quebram os abrigos de ônibus e deixam a população prejudicada

Cubatão terá nova concessionária de Transporte Coletivo

A Viação Trans Líder Transportes Rodoviários e Logística LTDA foi a vencedora do certame licitatório para operacionalização do transporte público de passageiros em Cubatão. O prazo de concessão é de 10 anos, prorrogáveis por mais cinco, e a nova empresa deverá entrar em operação até o final de março. O atual sistema implantado desde a contratação emergencial da Bom Jesus, e que foi plenamente aprovado pela população, será mantido, sem que haja aumento da tarifa. Conforme o previsto no Edital, a nova operadora do sistema, entre outras exigências, deverá manter os cobradores e aumentar, de imediato, de 14 para 20 o número de veículos adaptados, até atingir a totalidade da frota, em 2012, dois anos antes do prazo estipulado pela legislação, que estabelece que isto ocorra até 2014.
Além das exigências operacionais, de comprovação técnica e de qualidade do serviço, o Edital também previa a apresentação de preço para implantação futura de proposta de projeto básico de um novo sistema integrado de transporte. Para isso, a Trans Líder apresentou o menor custo: cerca de R$ 2,48. No entanto, como o projeto básico de transporte integrado será implementado ao longo do contrato, essa tarifa não será colocada em prática imediatamente. Segundo o superintendente da Companhia Municipal de Trânsito (CMT), Silvano Lacerda, Cubatão, por conta do processo de substituição da Piracicabana e contratação emergencial da Bom Jesus, teve as tarifas congeladas. “Com isso, a cidade saiu lucrando, pois não tivemos nenhum aumento nos últimos dois anos. Atualmente, temos o melhor transporte e o menor custo da região. E, pelo novo contrato, qualquer reajuste terá que ser discutido com o poder público”, disse.

Fonte: Prefeitura de Cubatão

READ MORE - Cubatão terá nova concessionária de Transporte Coletivo

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960