Estudantes protestam contra aumento de ônibus em Salvador

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010


Indignados com o aumento repentino da tarifa do transporte coletivo, estudantes de Salvador decidiram fazer uma manifestação na manhã da próxima quinta-feira (21/01). A concentração começa às 8h, na sede da Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB –Sindicato), em Nazaré, de onde, após uma plenária, os estudantes seguem em passeata até Estação da Lapa, a mais movimentada da cidade.

Lá acontece uma grande manifestação com faixas, apitos e cartazes.“Vamos mostrar a nossa insatisfação com o aumento da tarifa do transporte em Salvador, uma das muitas medidas autoritárias e abusivas do prefeito João Henrique, que mais uma vez mostra que está do lado dos grandes empresários e contra a população mais pobre de Salvador. Foi assim com a aprovação do PDDU, com o aumento do transporte nos últimos três anos e o reajuste de mais de 200% da tarifa do Elevador Lacerda”, declarou o vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE) na Bahia, Maurício Guimarães.

O protesto é contra a decisão da Prefeitura que, de forma unilateral, autorizou o reajuste da tarifa do transporte coletivo de R$ 2,20 para R$ 2,30, no último sábado. A medida pegou a população de surpresa e está sendo contestada também pela bancada de Oposição da Câmara Municipal, uma vez que o reajuste se deu sem a aprovação dos vereadores, conforme determina a Lei Orgânica do Município.

A manifestação está sendo organizada por entidades do movimento estudantil como a Associação Baiana de Estudantes Secundaristas (ABES), União de Estudantes da Bahia (UEB), União Baiana de Estudantes Secundaristas (UBES) e a UNE, que divulgaram um documento nesta terça-feira, criticando a postura do prefeito. Confira a íntegra do manifesto:
READ MORE - Estudantes protestam contra aumento de ônibus em Salvador

Recife terá Transporte Público de Primeiro Mundo

Corredor sob o Canal da Agamenom Magalhães

Até 2012 a mobilidade urbana na Região Metropolitana do Recife dará um salto histórico com a implantação dos três grandes corredores de tráfego: Leste-Oeste, Norte-Sul e o Corredor da Avenida Norte. O Norte-Sul terá 43 quilômetros de extensão e três trajetos. O primeiro ligará o Terminal de Integração de Igarassu, município da Região Metropolitana, ao centro do Recife pela avenida Cruz Cabugá. O outro vai de Igarassu e segue para o Terminal de Joana Bezerra, também no Recife, pela avenida Agamenon Magalhães. Em Joana Bezerra, o passageiro pode seguir para Cajueiro Seco, em Jaboatão dos Guararapes. Esse último trecho atende a Zona Sul da Região Metropolitana.

O projeto contará com vias e faixas exclusivas para o tráfego dos coletivos e implantação de estações de embarque/desembarque adequadas aos padrões internacionais de mobilidade e segurança. O corredor terá início na BR-101, a partir do Terminal de Integração de Igarassu, seguindo pela PE-15, Complexo Salgadinho até a bifurcação com a Avenida Cruz Cabugá,centro do Recife e Avenida Agamenon Magalhães, encerrando no Terminal de Joana Bezerra. Vai beneficiar diretamente os municípios do Recife, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Jaboatão, Igarassu, Araçoiaba, Itapissuma e Itamaracá, além de possibilitar a ligação de outras cidades da RMR interligadas ao SEI.

Já o Corredor Leste-Oeste, que completa dois anos de implantação em março deste ano e foi uma das obras mais polêmicas construídas na capital pernambucana, liga a Avenida Conde da Boa Vista à Caxangá. Integra também a Avenida Carlos de Lima Cavalcanti e a Rua Benfica. A obra recebeu investimentos de R$ 14,7 milhões. Cerca de 400 mil pessoas o utilizam diariamente. Mas o corredor precisará passar por uma requalificação nas estações. Também está previsto seu prolongamento em mais sete quilômetros ligando Timbi, em Camaragibe, à São Lourenço da Mata. A ampliação está prevista dentro das ações de mobilidade para a cidade da Copa
READ MORE - Recife terá Transporte Público de Primeiro Mundo

Rio: Você ainda não solicitou seu Bilhete Único?


O Blog meu transporte estar fornecendo o link para cadastramento do bilhete único que entrará em operação a partir do dia 1º de Fevereiro, lembrando que o Rio Card que de acordo com a Lei 5.628/2009, todos os cartões RioCard também terão os benefícios da tarifa intermunicipal do Bilhete Único.
A entrega dos Cartões para quem já solicitou seerá a partir do dia 25 de Janeiro.
O que é preciso para se fazer o cadastramento?
O usuário tem que fornecer nome completo e o número do CPF. O cadastramento é gratuito e o usuário receberá uma senha, que será utilizada em caso de perda do cartão ou de compra de crédito. O cartão não tem custo para o usuário, que deverá carregá-lo posteriormente.
READ MORE - Rio: Você ainda não solicitou seu Bilhete Único?

Em São Paulo, Aumentam número de passageiros no Transporte Público


O governo de São Paulo comemora os resultados dos últimos anos no transporte público, depois de investimentos no setor como o aumento de corredores exclusivos, melhoramento da frota, fez com que muitas pessoas deixassem seus carros em suas garagens devido a estes avanços, pois para se deslocarem em certos pontos da cidade de carro, levaria mais tempo de carro do que de ônibus devido a estes corredores, para o metalúrgico Severino Deoclécio, relata que não é mais vantagem trabalhar com seu carro, ele relata que a perda de combustível nos engarrafamentos é impressionante e o ganho de tempo é insignificante, menos de 20 minutos, ele também relata que em alguns pontos os ônibus circulam e os veículos ficam semi-parados, referindo-se aos corredores exclusivos, completou, também está relacionado a este aumento o crescimento do emprego nas grandes cidades do estado.
O número de passageiros transportados ultrapassou 02 milhões em 2009, quase 14% a mais que em 2006, esse crescimento é continuo e os usuários esperam com certeza mais melhorias no Transporte Público da cidade.
READ MORE - Em São Paulo, Aumentam número de passageiros no Transporte Público

Em Natal, Motoristas ameaçam parar frota devido ao alto número de assaltos


Os motoristas e cobradores ameaçam paralisar as linhas do transporte coletivo de Natal, a fim de alertar o poder público sobre a necessidade de conter os assaltos a ônibus na capital. Outra alternativa é rodar somente até as 18 horas. A categoria já havia feito uma manifestação contra a violência na semana passada, na avenida Rio Branco, e já planeja outras formas de protesto, caso o Comando da Polícia Militar do Rio Grande do Norte não volte a debater o tema da insegurança nos coletivos que circulam na Grande Natal.

A expectativa do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado (Sintro/RN) é que os policiais voltem, pelo menos, a realizar as barreiras itinerantes que no ano passado ajudaram a reduzir em 70% os assaltos a ônibus e alternativos.O ofício pedindo uma reunião com a Polícia Militar foi enviado ontem pelo presidente do Sintro, Nastagnan Batista, que aguarda o quanto antes que a categoria seja chamada para discutir medidas de segurança.

“A situação está ficando insustentável e o que queremos é que, pelo menos, o assunto volte a ser discutido. Caso isso não aconteça, vamos ter que tomar algumas providências. Poderemos ter que recolher os ônibus às 18 horas nos domingos e feriados, mudar rotas ou fazer uma paralisação geral”, afirmou o presidente da categoria.

Para Nastagnam Batista, uma ideia que poderia voltar a ser trabalhada para diminuir a violência seria as barreiras policiais itinerantes. “Entre setembro e novembro, quando a PM realizou essas barreiras, diminuiu em cerca de 70% os assaltos, porque os bandidos não sabiam onde os policiais poderiam abordar os coletivos. Hoje, com apenas barreiras em pontos já conhecidos, como a da Ponte de Igapó, ficou muito fácil assaltar os ônibus e os alternativos”, afirmou.

A insegurança chegou a um ponto que não se registra mais os crimes. “Muitos motoristas de opcionais preferem nem ir a delegacia, pois ficam esperando horas para fazer o boletim de ocorrência que geralmente não dá em nada. Para eles, é melhor ficar circulando para diminuir o prejuízo. A insegurança está tanta, que temos a informação de que até mulheres estão assaltando ônibus em Felipe Camarão e nada acontece”, revelou.
READ MORE - Em Natal, Motoristas ameaçam parar frota devido ao alto número de assaltos

Curitiba: Obras de mobilidade com melhorias no trânsito e no transporte


O PAC, assinado por Ducci e pelo presidente Lula, em Brasília, garante a Prefeitura de Curitiba R$ 211,05 milhões para financiamento de obras de mobilidade urbana.

"Teremos obras de revitalização em setores fundamentais para o trânsito e o transporte da cidade, como Rodoviária; Terminal Santa Cândida; avenidas das Torres, Cândido de Abreu e Marechal Floriano; e Linha Verde Sul, além da implantação do Sistema Integrado de Mobilidade", afirmou Ducci.

A avenida Marechal Floriano terá investimento de R$ 20 milhões para a revitalização do trecho da Linha Verde até a divisa com São José dos Pinhais. Assim, a avenida, que já foi reformada pela Prefeitura no trecho da Linha Verde ao Centro, terá sua revitalização completada em toda a extensão.

A avenida das Torres será revitalizada para melhorar a ligação aeroporto/rodoviária. O investimento da Prefeitura neste projeto será de R$ 62,5 milhões, no trecho da Rodoferroviária à divisa com São José dos Pinhais.

O Sistema Integrado de Mobilidade (SIM), com investimento de R$ 58,2 milhões, prevê prioridade para os ônibus nos semáforos; uso de câmeras de circuito fechado de televisão para monitoramento do transporte coletivo e do trânsito em tempo real; painéis eletrônicos informando aos motoristas as condições das principais vias; mais rapidez em operações de emergência de trânsito, câmeras nos ônibus, estações-tubo, terminais e canaletas com um novo sistema de segurança no transporte coletivo; novo sistema de informação aos passageiros; aprimoramento das análises de tráfego e de condições ambientais, além de outros componentes.

A avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, será revitalizada para receber a passagem do novo ônibus Ligeirão Boqueirão/Centro Cívico e ganhará um calçadão para pedestres. O investimento será de R$ 4,85 milhões.

Na rodoviária, as obras abrangem a reforma da edificação e melhorias na acessibilidade do equipamento, com investimento de R$ 35 milhões.

A continuação da Linha Verde, num trecho ao sul, depois do Pinheirinho até o anel de contorno, garantirá a urbanização com a recuperação do pavimento e implantação de calçadas. Para esta obra, serão investidos R$ 18,5 milhões do PAC. Este projeto ainda conta com uma emenda parlamentar do deputado federal Eduardo Sciarra, no valor de 30 a 40 milhões de reais.

No Terminal Santa Cândida serão feitas obras de reforma e ampliação, com investimento de R$ 12 milhões.
READ MORE - Curitiba: Obras de mobilidade com melhorias no trânsito e no transporte

Em Belo Horizonte, Carteira de Identificação Especial facilita aquisição de passagem por idosos


Para agilizar os procedimentos de aquisição de passagem gratuita em viagens rodoviárias e ferroviárias interestaduais, a Prefeitura de Belo Horizonte elaborou a Carteira de Identificação Especial para Idosos. O documento identifica pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, com renda mensal igual ou inferior a dois salários mínimos.

Para a emissão da Carteira de Identificação Especial é necessário o cadastramento do idoso na Secretaria Adjunta de Administração Regional de Serviços Sociais, em qualquer uma das nove Regionais da Prefeitura. O interessado deve solicitá-la pessoalmente junto às áreas de Apoio à Família e à Cidadania e Centros de Referência de Assistência Social ou ainda pelos Plantões Sociais localizados nas regionais.

A comprovação dos dados referidos durante o cadastro, a partir da avaliação técnica como também da visita domiciliar, quando necessário, permite a emissão da carteira. Em casos de urgência de aquisição do documento, o técnico pode emitir uma Declaração Temporária, que permite a retirada do "Bilhete de Viagem do Idoso". A Carteira tem validade de dois anos e a renovação é obtida exclusivamente por meio do requerimento do interessado, como também da comprovação das condições.
READ MORE - Em Belo Horizonte, Carteira de Identificação Especial facilita aquisição de passagem por idosos

Passageiros fazem menos queixas do transporte coletivo em Mogi das Cruzes


O número de reclamações dos usuários de ônibus em Mogi caiu 70% de um ano a outro. Em 2008, foram 1.084 queixas. No ano passado, 345. As informações constam de um balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Transportes. Em 2008, os usuários reclamavam mais de atrasos e horários suprimidos, que são os horários estipulados em uma tabela, mas que não são respeitados pelas empresas.

Em 2009, além das queixas sobre atrasos, os passageiros passaram a reclamar mais de veículos sem cobrador.De acordo com o secretário municipal de Transportes, Carlos Nakaharada, os números de 2008 refletem um grande problema que a cidade viveu na época: o péssimo serviço prestado pela empresa Mito Turismo, que tinha a concessão de 50% das linhas. "A cassação do contrato de concessão da empresa Mito, que ocorreu em janeiro do ano passado, teve uma explicação: a empresa descumpriu uma série de exigências contratuais e fez o pior, que foi não dar conta de suprir as linhas de sua responsabilidade", afirmou.

Apenas de reclamações referentes aos atrasos das linhas, que eram as mais comuns, foram 384 durante todo o ano de 2008. O mês que mais registrou esse tipo de reclamação foi fevereiro, totalizando 86 queixas. Em 2009, a soma das reclamações sobre atraso de todos os meses não ultrapassou ao menos o mês de maior reclamação de 2008. "Em todos os meses do ano passado, as reclamações sobre atraso somaram 72. Dessas, 48 foram registradas apenas em fevereiro, quando ainda estávamos resolvendo o problema com a Mito", disse.

"As reclamações sobre o comportamento do motorista implicam problemas como excesso de velocidade, mau atendimento, falta de cuidado ao passar por lombadas e buracos, entre outras", disse. "Quando constatamos tais problemas, notificamos a empresa, que dá uma advertência ao funcionário. Além disso, nossa coordenadoria de educação no trânsito ministra palestras e cursos aos operadores do sistema de trânsito das empresas concessionárias", concluiu.
READ MORE - Passageiros fazem menos queixas do transporte coletivo em Mogi das Cruzes

Horário especial de ônibus em VG vigora até fevereiro


A Superintendência de Trânsito e Transporte Urbano (STU) informa que, em virtude das férias escolares, as linhas de ônibus municipais estão com horário especial até a segunda quinzena de fevereiro. A mudança se estende também aos ônibus intermunicipais que ligam Várzea Grande a Cuiabá.
Segundo o superintendente do STU, Fernando Sé, os estudantes representam cerca de 25% dos usuários em dias normais. “Com a queda de fluxo de passageiros, é preciso adequar as linhas para otimizar o transporte”, frisa.
Com o início do ano letivo, previsto para a segunda quinzena de fevereiro, as linhas voltam ao horário normal.
READ MORE - Horário especial de ônibus em VG vigora até fevereiro

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960