Belo Horizonte: Antônio Carlos será inaugurada nesta quarta (09), e tem mais um trecho duplicado com novo viaduto

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009


A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTRANS, informa que no dia 9 de dezembro, a partir das 11 horas, será inaugurada mais uma etapa das obras de alargamento da Avenida Presidente Antônio Carlos. Serão entregues um trecho da Avenida, entre as Ruas dos Operários e Nova Friburgo, e o Viaduto dos Operários, que dará acesso aos bairros Aparecida e Cachoeirinha.No novo trecho, com extensão de aproximadamente 600 metros, será iniciada a operação dos ônibus e táxis na pista exclusiva (central).

Os pontos de ônibus das linhas do transporte coletivo também serão transferidos para pista central, sendo implantados seis pontos, três em cada sentido de circulação. Foram implantadas duas novas travessias de pedestres semaforizadas, além de gradis no local, para proporcionar mais segurança e tranquilidade à população.

Um ponto de ônibus será mantido na pista externa, no sentido Bairro/Centro, próximo ao cruzamento com Rua César George, para atender as linhas 4103 (Aparecida/Mangabeiras) e 4106 (São Cristóvão/Santo Antônio). Cartazes serão afixados nos pontos desativados e dentro dos ônibus para orientar os passageiros.

Os desvios serão indicados por faixas de pano e sinalização de obra para orientar os motoristas e garantir segurança aos passageiros, pedestres e condutores. A empresa alerta para a importância de os motoristas redobrarem a atenção à sinalização implantada, sobretudo na transição das pistas em obras e o novo trecho inaugurado.
READ MORE - Belo Horizonte: Antônio Carlos será inaugurada nesta quarta (09), e tem mais um trecho duplicado com novo viaduto

Para 71% das pessoas, cameras nos ônibus diminuiram os assaltos.

Já no fim de nossa enquete sobre segurança nos coletivos, este vídeo relata que realmente os passageiros estão se sentindo mais seguros com a instalação das cameras nos ônibus, até agora 200 pessoas já votaram, vejamos como está o resultado da enquete até o momento:
  • 143 pessoas (71%) acham que as cameras diminuiram os assaltos.
  • 40 pessoas (20%) ainda não acham que estão tão seguras.
  • 17 pessoas (8%) não tem opinião sobre o assunto.
READ MORE - Para 71% das pessoas, cameras nos ônibus diminuiram os assaltos.

Tarifa de ônibus ficará mais barata na terça-feira em Votorantim


O valor da tarifa de ônibus em Votorantim ficará, a partir da meia noite de terça-feira, mais barato. A redução será de R$ 0,30 centavos e a passagem passará a custar R$ 2. Entretanto, o subsídio será propiciado apenas aos usuários que possuírem o cartão eletrônico da Auto Ônibus São João. Para quem comprar o bilhete, o preço praticado continuará sendo o de R$ 2,30.
Aprovada por unanimidade na última sessão ordinária da Câmara de Votorantim, a lei n.º. 2101 foi sancionada e promulgada pelo prefeito Carlos Augusto Pivetta, conforme publicação no Diário Oficial do Município. Ainda ontem, o prefeito assinou o Decreto de n.º 3912, que fixa o subsídio à tarifa do transporte coletivo urbano no valor de R$ 0,30. Já que no mesmo documento, houve o reajuste na tarifa unitária do transporte coletivo em linhas urbanas de Votorantim de R$ 2,20 para R$ 2,30.
O prefeito indicou que quem possuir o cartão eletrônico, além de pagar o valor menor, tem direito a integração, no caso de quem usa a linha intermunicipal Votorantim/Sorocaba e vice-versa. Pivetta explicou que o transporte coletivo é um estruturante da economia, porque o dinheiro que irá sobrar no bolso do trabalhador será empregado no comércio do próprio município. Nós vamos criar condições para melhoria do comércio local. Já que as pessoas terão um valor mais barato para se descolarem até o centro da cidade e é um dinheiro que mantenho na mão das pessoas que estão mais consumindo hoje, que é o povo trabalhador, indicou.
READ MORE - Tarifa de ônibus ficará mais barata na terça-feira em Votorantim

Frota cresce, cria novos gargalos e trânsito de Bauru trava nos horários de pico


Uma corrida sem vencedor. É isso que se vê todos os dias, especialmente de segunda à sexta-feira, nas ruas de Bauru. Nos horários de pico, carros, motos, ônibus, caminhões e até bicicletas travam uma verdadeira batalha para garantir um espaço na via. Apesar do esforço, eles não conseguem se livrar dos congestionamentos e ainda contribuem para a ocorrência deles. A cada dia que passa mais veículos ganham as ruas da cidade sem que ocorra uma mudança significativa na estrutura viária para dar conta do fluxo cada vez mais intenso.

Foi-se o tempo em que era possível ir de um canto a outro da cidade em, no máximo, 20 minutos de carro. O trânsito ficou carregado e, se continuar crescendo no ritmo atual, pode parar nos próximos cinco anos, caso o poder público não tome medidas eficazes para desafogar o tráfego. Uma dessas medidas poderia ser a construção do anel viário (assunto tratado pelo JC em matérias anteriores), que possibilitaria o deslocamento entre os bairros sem passar pelo Centro da cidade.

De acordo com o engenheiro de tráfego Archimedes Raia Júnior, infelizmente, a tendência é que isso continue, ou seja, que novos problemas surjam sem que os velhos sejam solucionados. Na avaliação dele, isso ocorre, basicamente, por três motivos. Primeiro por causa do aumento constante da frota, ainda mais depois da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a compra de carros novos. Segundo porque o investimento em obras viárias é sempre baixo e não consegue acompanhar as necessidades provocadas pelo aumento da frota. Por último, a precariedade do transporte coletivo é apontada como outro responsável pelo inchaço de veículos nas ruas. Como ele não consegue atender as necessidades de deslocamento da maioria da população, as pessoas optam por carros e motos na hora de sair de casa.
READ MORE - Frota cresce, cria novos gargalos e trânsito de Bauru trava nos horários de pico

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960