Goiânia terá ônibus com hora marcada

sábado, 21 de novembro de 2009

Sistema permitirá a passageiro consultar por celular e internet o horário em que os veículos passarão em cada ponto Em vez de esperarem pelo ônibus no ponto, ansiosos para saber se ele vai demorar muito, passageiros de Goiânia vão poder, a partir de 19 de novembro, fazer a consulta antes mesmo de sair de casa ou do trabalho. O serviço de transporte urbano com horário marcado é a promessa das empresas de ônibus, que anunciam uma "pontualidade britânica".
Para saber a hora exata de quando o veículo passará em qualquer parada, bastar enviar um SMS gratuito para receber a resposta pelo celular. Ou, então, ligar para um telefone 0800, consultar um dos totens espalhados em terminais do transporte ou até a internet. Em segundos, exaltam as empresas, os passageiros poderão saber que determinada linha irá passar em determinado ponto dentro de 13 minutos, e não 18 minutos, por exemplo.
A exatidão do tempo de espera dos coletivos é baseada na instalação de GPS (localização via satélite) em toda a frota. Por ser um monitoramento instantâneo, possibilita identificar eventuais atrasos por congestionamentos ou acidentes. O uso dessa tecnologia não é novo no país. Já existe, inclusive, na cidade de São Paulo onde há painéis em alguns pontos de corredores de ônibus que exibem a previsão de espera.
A principal novidade anunciada em Goiânia, que também foi pioneira na implantação da bilhetagem eletrônica em 1998, é a ampliação da disponibilidade da informação aos passageiros."Se a gente ganhar 3% em produtividade, esse sistema se paga sozinho", afirma Décio Caetano Filho, diretor-superintendente do Setransp-GO (sindicato das empresas).
Embora os gastos de pouco mais de R$ 50 milhões para a implantação da rede de informações sejam bancados pelas viações, com base no contrato de concessão dos serviços, os usuários dos ônibus já têm sentido a diferença no bolso para andar no transporte coletivo. Conforme levantamento em 43 capitais e municípios com mais de 500 mil habitantes, baseado em dados colhidos pela ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos), Goiânia liderou os reajustes da tarifa acima da inflação no período de junho de 2005 a julho de 2009. A passagem saltou 50%, atingindo R$ 2,25 - no intervalo, a inflação aferida pelo IPCA se limitou a 20,16%.

READ MORE - Goiânia terá ônibus com hora marcada

Seja um Seguidor, Campanha do Blog Meu Transporte

Campanha do Blog Meu Transporte é chegar até o fim deste ano a pelo menos 50 seguidores, você caro leitor que estar vendo a serenidade, competência e disposição deste Blog em mostrar de fato o que acontece com um dos principais serviços públicos do país que é o Transporte Público, não pode ficar de fora desta campanha, por isso convidamos você a ser mais um seguidor deste Blog que vem mostrando dia a dia a situação do Transporte Público que você usa, clique em seguir este blog e convide seus amigos.

Abraços!!!
READ MORE - Seja um Seguidor, Campanha do Blog Meu Transporte

Piracicaba concederá os terminais de ônibus para iniciativa privada

A Prefeitura protocolou dia 18, na Câmara de Vereadores, o projeto de concessão administrativa dos seis terminais de ônibus de Piracicaba e dos serviços de transporte coletivo urbano e rural. O objetivo é conceder, pelo prazo de até 25 anos, um contrato entre a Prefeitura e iniciativa privada para a administração do sistema de transporte coletivo.
Atualmente o sistema é constituído por um conjunto de linhas de ônibus urbanos e rurais (operado por empresas privadas de transporte coletivo) e pelos Terminais de Ônibus Urbanos, que promovem a integração física e operacional das linhas (administrado, operado e mantido pela Prefeitura).
Após estudos técnicos e econômicos, buscando modelos mais adequados ao interesse público e menos dispendiosos à Prefeitura, foi protocolado o projeto, cuja proposta é fazer com que os seis terminais urbanos (Central De Integração, Vila Sônia, Piracicamirim, Pauliceia, São Jorge e Cecap/Eldorado) sejam administrados, operados e mantidos pela iniciativa privada. De acordo com o secretário de Trânsito e Transportes, Paulo Prates, a concessão dos serviços à iniciativa privada trará a desburocratização do funcionamento. "Quando um funcionário da Semuttran falta, há dificuldades em encontrar um substituto, o que traz problemas no atendimento à população. Com a iniciativa privada, há maior flexibilidade", destacou.
O secretário de Trânsito também realçou que, com a concessão, a Semuttran poderá focar seus serviços exclusivamente para a melhoria do transporte público. A remuneração dos concessionários será feita pelos próprios usuários do Sistema de Transporte Coletivo, por meio da Câmara de Compensação Tarifária, cuja gestão e fiscalização será exercida pela Semuttran.
O secretário disse ontem à Gazeta que está sendo elaborada uma planilha técnica que indicará os gastos para a manutenção dos terminais. Sem precisar o número de funcionários da Secretária de Trânsito Transportes que atuam nos seis terminais, o secretário garantiu que não haverá demissões. "Se algum deles quiser ir para outra secretaria, poderemos verificar, mas todos vão acabar integrando o processo e irão fiscalizar o trabalho da empresa que assumir os terminais". Os Terminais Urbanos da cidade funcionam diariamente, das 4h50 à 0h10. Recebem 2,8 milhões de passageiros por mês, sendo o Terminal Central de Integração o que recebe maior número de passageiros (cerca de 30 mil por dia).
Desde o início do ano estes espaços contam com câmeras de vigilância instaladas pela Semuttran, com o objetivo de auxiliar na segurança, bem como coibir atos de vandalismo e depredação.
READ MORE - Piracicaba concederá os terminais de ônibus para iniciativa privada

Cachoeiro de Itapemirim com novos horários em Janeiro

Os moradores de Cachoeiro de Itapemirim começaram a conhecer as linhas e horários de ônibus de transporte coletivo público que vão ser modificados a partir de janeiro do próximo ano. A apresentação dos bairros, que devem ter os itinerários modificados foi feita, nesta quarta-feira (18), no Teatro Municipal Rubem Braga, pela Viação Flecha Branca, empresa responsável pelo serviço.
Ao todo, 31 bairros da cidade vão ser beneficiados com as alterações de linhas. Segundo a empresa, elas são necessárias devido ao crescimento da cidade e da frota de veículos que circulam todos os dias por Cachoeiro e pela atual dificuldade que alguns ônibus enfrentam para cumprir horários.
“Os horários praticados atualmente foram implantados há mais de 30 anos. Com o passar do tempo, a cidade de desenvolveu, há mais carros e motos nas ruas e os ônibus, na maioria dos casos, não conseguem cumprir os horários causando atrasos e reclamações de usuários”, explicou Carlos Renato Borges, diretor de tráfego da Viação Flecha Branca.
Com as mudanças, a empresa acredita que vai ser possível resolver 60% dos problemas. “É uma mudança que foi pedida desde 2003, mas os prefeitos anteriores não responderam à solicitação da empresa”, declarou Borges.
A Viação Flecha Branca apresentou as linhas que vão ser modificadas com acréscimo de horários e mudança nos itinerários. A empresa está elaborando um material imprenso com todos esses dados, que deve ser enviado às associações de moradores e também à imprensa em dezembro.
READ MORE - Cachoeiro de Itapemirim com novos horários em Janeiro

Rio: Mudanças no sistema de transporte coletivo

O projeto Urbano humano entrou em vigor hoje, alterando o sentido de diversas vias dos bairros Campos Elíseos e Comercial, além do Centro. Em virtude das adequações, a Diretoria de Transporte e Mobilidade definiu modificar o local de diversos pontos de embarque e desembarque de passageiros do sistema de transporte coletivo nessas localidades, a maioria pontos do transporte municipal e alguns para coletivos intermunicipais. Ontem, foi dia dos últimos acertos para o início do projeto, como a instalação de novos semáforos com setas indicativas, no Montese.Com o projeto, o itinerário dos ônibus que vão a Campos Elíseos, Paraíso e Barras será a Avenida Gustavo Jardim (Rodoviária Augusto de Carvalho), Ponte Tácito Viana Rodrigues, Rua Sebastião José Rodrigues e Avenida Marechal Castelo Branco.
Os pontos de embarque e desembarque estarão na praça em frente ao Supermercado Royal, diante do Edifício APM e em frente ao batalhão da Guarda Civil Municipal, no Montese.
Os coletivos com usuários oriundos da região do Paraíso e Barras terão trajeto na seguinte sequência: Avenida Marechal Castelo Branco, Ruas Luís Pistarini e Coronel Brasiel (Praça do Trenzinho); Avenida Presidente Getúlio Vargas (saída perto do túnel da Aman), Ponte Miguel Couto; Avenida Saturnino Braga (shopping), Rua Pintor Nunes de Paula (campo do Resende FC) e Gustavo Jardim (rodoviária). Sendo assim, os pontos de parada estarão instalados na Rua Dorival Marcondes Godoy (em frente à Guarda Municipal), Avenida Marechal Castelo Branco (em frente ao Castel Center), Rua Coronel Brasiel (Praça do Trenzinho) e Avenida Presidente Getúlio Vargas (em frente ao Hotel Avenida).
Segundo Roque Cerqueira, da Diretoria de Transporte e Mobilidade, os usuários que forem ao Manejo e à Grande Alegria, via Campos Elíseos, terão linhas pelo itinerário Rodoviária/Ponte Tácito Viana Rodrigues/Rua Sebastião José Rodrigues/Avenida Marechal Castelo Branco/Rua Luís Pistarini/Coronel Brasiel/Avenida Presidente Getúlio Vargas/Avenida Saturnino Braga e Rua João Ferreira Pinto, de onde seguem para o Manejo. “Naquela região teremos pontos para os passageiros na praça em frente ao Supermercado Royal, Rua Coronel Brasiel (Praça do Trenzinho), Avenida Presidente Getúlio Vargas (em frente ao Hotel Avenida), Avenida Saturnino Braga (em frente ao Shopping) e Avenida João Ferreira Pinto (próximo ao Supermercado Máximo)”, informa o diretor.

Para os usuários dos coletivos da Rodoviária Augusto de Carvalho direto para o Manejo e Grande Alegria, o novo trajeto será: Rodoviária/Avenida Presidente Kennedy (trecho em frente ao INSS)/Avenida Saturnino Braga e Rua João Ferreira Pinto, seguindo para a Avenida Tenente-Coronel Mendes, no Manejo. As opções antes da Coronel Mendes, para embarque e desembarque, serão as coberturas na Avenida Saturnino Braga (em frente ao shopping) e Rua João Ferreira Pinto (próximo ao Máximo).
READ MORE - Rio: Mudanças no sistema de transporte coletivo

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960