Em Recife, Blog Ambientalista luta contra ''Via Mangue'' expressa para automoveis

terça-feira, 20 de outubro de 2009


Um grupo de jovens ambientalista criou há uma semana o blog VIA MANGUE NÃO, um espaço para divulgar pensamentos, opiniões e dados reais contra o projeto. O blog luta contra o tempo, já que a Prefeitura do Recife está para começar a construção da primeira etapa do sistema viário, ou seja, a via na prática. Mesmo assim, o grupo não desiste e convida a população a deixar comentários, a interagir com o blog para demonstrar a insatisfação com o futuro corredor.

O biólogo recém-formado, Lúcio Flausino, lembra que a Via Mangue é totalmente voltada para o automóvel e, no lugar de resolver os problemas do trânsito, vai estimular mais pessoas a comprarem mais carros. Pondera que custará quase o dobro do Corredor Norte-Sul, linha expressa de ônibus proposta para ser implantada ligando o Norte ao Sul do Grande Recife, sem dar vez ao transporte de massa. “No lugar de investir quase R$ 500 milhões numa via expressa, só para carros, era mais interessante gastar na construção do corredor de ônibus. Até porque, o que precisamos é convencer as pessoas a deixarem seus carros em casa e isso só é possível com um transporte público de qualidade”, discursa o biólogo. Pela proposta apresentada ao governador Eduardo Campos, o Corredor Norte-Sul custará R$ 300 milhões, sendo que R$ 100 milhões seriam investimento em ônibus, assumido pelos empresários. O VIA MANGUE NÃO foi criado também pelos ambientalistas Paulo Lima, Davi Pires e Guilherme Carvalho. No blog, há textos de entidades contrárias ao projeto, questionamentos feitos por um grupo de estudantes do curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), e matérias relacionadas ao tema. “Queríamos um canal para expressar a opinião das pessoas que discordam da construção do futuro corredor. Gente preocupada com a mobilidade urbana, de forma sustentável”, diz Lúcio Flausino. Dêem uma olhada e tirem suas conclusões.
READ MORE - Em Recife, Blog Ambientalista luta contra ''Via Mangue'' expressa para automoveis

Em São Paulo, Linhas que utilizam a Ponte da Casa Verde terão itinerários alterados

A SPTrans informa que devido ao bloqueio parcial da Ponte da Casa Verde e ao bloqueio total das alças de acesso para a duplicação da Marginal Tietê, a partir das 23h desta segunda-feira, 19 de outubro, as 15 linhas de ônibus que trafegam pela região terão seus itinerários alterados durante o período das obras.
Para maiores informações sobre linhas e itinerários, ligue 156 ou acesse http://www.sptrans.com.br/.

Linhas e itinerários:

  • 9717/10 - Jardim Almanara - SantanaIda: normal até R. Antonio Nascimento Moura, R. Marambaia, R. Anita Malfati, R. Mello Nogueira, R. Braseliza Alves de Carvalho, Av. Olavo Fontoura, prosseguindo normal.Volta: normal até Av. Otaviano Alves de Lima, R. Atilio Piffer, R. Bernardino Fanganiello, R. Relíquia, R. Professora Ilda Kolb, prosseguindo normal.
  • 8538/10 - Freguesia do Ó - PaissanduIda: normal até R. Relíquia, R. Profa. Ilda Kolb, R. Horacio Vergueiro Rudge, R. Zanzibar, prosseguindo normal.Volta: normal até Av. Otaviano Alves de Lima, R. Atilio Piffer, R. Bernardino Fanganiello, R. Relíquia, prosseguindo normal.
  • 138Y/10 - Casa Verde Alta - Metrô Barra Funda
  • 9162/10 - Jardim Almanara - Praça do Correio
  • 9301/10 - Terminal Casa Verde - Paissandu
  • 148P/10 - Jardim Pery - Lapa
  • 175P/10 - Edu Chaves - Ana Rosa
  • 177H/10 - Casa Verde - Butantã/USP
  • 177P/10 - Casa Verde - Butantã/USP
  • 9166/10 - Jardim Santa Cruz - Praça do Correio
  • 967A/10 - Imirim - PinheirosIda: normal até R. Dr. César Castiglioni Júnior, R. do Havre, R. Zanzibar, prosseguindo normal.Volta: sem alteração.
  • 278A/10 - Penha - CeasaIda: normal até Av. Otaviano Alves de Lima, R. Zara, R. Zanzibar, Av. Brás Leme, Ponte da Casa Verde, prosseguindo normal.Volta: sem alteração.
  • 148P/31 - Jardim Pery - Lapa
  • 9352/10 - Pedra Branca - Terminal Correio
  • 9354/10 - Nossa Senhora de Fátima - Terminal CorreioSentido único: normal até R. Dr. César Castiglioni Junior, R. do Havre, R. Zanzibar, prosseguindo normal.
READ MORE - Em São Paulo, Linhas que utilizam a Ponte da Casa Verde terão itinerários alterados

São Gabriel será utilizada como segundo terminal de BH


Nos grandes feriados, como os de fim de ano, ônibus com destino ao Nordeste sairão de estação de integração Para que a situação do último Carnaval não se repita e os usuários não tenham que esperar mais de seis horas pelos ônibus de viagem, no próximo grande feriado das festas de fim de ano, cerca de 40 ônibus com destino ao Nordeste do país e ao Norte de Minas podem sair da Estação São Gabriel, que integra ônibus urbano e metrô, desafogando a rodoviária da capital.
"Se percebermos que a capacidade da rodoviária será excedida, o que, pela experiência anterior, deve acontecer, vamos usar a Estação São Gabriel", afirmou o diretor de Ação Regional e Operações da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTRANS), Edson Amorim.Amorim explica que o Terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro tem um limite de 90 ônibus por hora.
"O excedente deve ser enviado ao São Gabriel. Daremos preferência aos ônibus que vão para o Nordeste porque a estação fica na saída da BR-381."Porém, a Estação São Gabriel deve ser oficialmente anunciada como segundo terminal rodoviário para os grandes feriados somente em novembro, quando a BHTRANS terá em mãos todos os estudos de viabilidade e uma estimativa da real demanda do fim de ano, já que as empresas de transporte começam a vender passagens 30 dias antes da viagem.
A decisão sobre onde será construído o novo terminal rodoviário de Belo Horizonte ainda não foi tomada. Segundo Edson Amorim, até o fim de outubro, a consultoria paulista contratada pela BHTRANS deve entregar o estudo da viabilidade da construção no bairro Calafate, na região Oeste da capital. "Mantemos a ideia do Calafate. Mas, se o estudo apontar que é inviável ter a rodoviária lá, vamos analisar outros locais potenciais para o novo terminal", afirmou Amorim.
READ MORE - São Gabriel será utilizada como segundo terminal de BH

Grande Recife inicia campanha de educação nos Terminais Integrados da Região Metropolitana do Recife


O Grande Recife Consórcio de Transporte inicia, em caráter permanente, as atividades do Projeto Educa Transporte Arte e Educação nos terminais (urbanos e integrados) da Região Metropolitana do Recife. O trabalho faz parte do conjunto de projetos com foco na melhoria da qualidade do serviço prestado pelo Sistema de Transporte Público de Passageiros (STPP/RMR). Com muita criatividade e bom-humor, os artistas desenvolverão um trabalho de orientação com os usuários, respeito aos idosos e às pessoas com deficiência, conservação dos coletivos, embarque e desembarque seguros nos terminais, e principalmente, o respeito às filas.

O trabalho é realizado nos terminais sempre nos intervalos de horário entre às 6h e 9h e 16h30 às 19h30. As atividades começaram, na ultima terça-feira, no Terminal Integrado da PE-15. Até o final do ano o trabalho será concentrado em outros seis terminais. As equipes de arte-educação trabalham de forma lúdica, repassando aos usuários orientações gerais sobre o respeito aos demais usuários e às regras do sistema.

Os outros sete terminais serão atendidos pelo projeto ao longo de 2010. O trabalho, concebido pela Gerência de Educação do Grande Recife é desenvolvido com o apoio de uma equipe composta por 22 arte-educadores. O grupo foi contratado através de uma licitação concluída no último mês. O certame é o primeiro do gênero no eixo Norte-Nordeste e vem sendo alvo de observações de instituições de várias cidades interessadas em aderir ao modelo.

Para garantir uma identificação fácil dos arte-educadores, foi criado um visual próprio para a ação. O figurino, composto por roupa, chapéu e outros adereços fazem referência ao ônibus do Sistema Estrutural Integrado, cujas cores padrão são verde, amarelo, azul, vermelho e branco.

O presidente do Grande Recife Consórcio de Transporte, Dilson Peixoto, o trabalho de arte-educação lembra que este tipo de trabalho produz uma resposta rápida e eficiente entre os usuários. “Os arte-educadores possuem uma forma toda especial de chamar a atenção de quem está desrespeitando as regras de boa utilização do transporte. E isso é muito importante na hora de uma abordagem. Muitas vezes, depois de presenciar uma repreensão, os demais usuários passam a repetir a postura do arte-educador, e quem está agindo errado, até por constrangimento, para de fazê-lo”, afirmou Dilson.

De acordo com a chefe da Divisão da Gerência de Educação e coordenadora do programa, Carla Cavalheira, os usuários ficam satisfeitos com esse tipo de ação. “Não só os passageiros, mas também os operadores ficam satisfeitos com o projeto. Quando chegamos aos terminais os operadores ficam alegres e satisfeitos, por que isso também facilita a relação com os usuários”.
READ MORE - Grande Recife inicia campanha de educação nos Terminais Integrados da Região Metropolitana do Recife

Mais de 15 mil vistorias em transporte público já foram realizadas este ano em Fortaleza


Indispensável para garantir maior segurança no transporte público de passageiros, a vistoria é um procedimento obrigatório para todos os permissionários que fazem deslocamento remunerado de pessoas em Fortaleza. A ação é feita pela Etufor, que, somente este ano, já realizou 15.471 vistorias em todas as categorias de transporte. No início desse mês, as vistorias no Sistema Complementar mudaram de formato.
Agora, o procedimento acontece no final do itinerário de cada veículo, facilitando o trabalho do permissionário e garantindo a permanência do serviço aos passageiros. Já foram realizadas cerca de 200 vistorias de vans nesse novo modelo. No ano, já foram rmais de 700.
A vistoria veicular é um procedimento obrigatório realizado com data prevista para cada categoria de transporte. Nela são avaliados itens relacionados a conforto, higiene, funcionamento e programação visual dos veículos, além de equipamentos mecânicos. Ao passar pela vistoria, o veículo recebe um selo verde que o autoriza a continuar circulando nas ruas. Um selo vermelho indica que o carro foi reprovado no procedimento, sendo liberado apenas para providenciar os reparos necessários.
READ MORE - Mais de 15 mil vistorias em transporte público já foram realizadas este ano em Fortaleza

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960